FIERN PREPARA ETAPA DO MAIS RN QUE PREVÊ AÇÕES APLICÁVEIS NA ECONOMIA POTIGUAR PÓS-PANDEMIA

Fiern prepara etapa do programa Mais RN para o pós-pandemia

Iniciativa prevê ações aplicáveis para o pós-pandemia na economia potiguar

Por Redação – Publicado em 09/08/2020 às 23:35

José Aldenir

A Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (Fiern) prepara uma nova etapa do programa Mais RN. A iniciativa prevê ações aplicáveis para o pós-pandemia na economia potiguar.

“É um plano que deixou de ser da Fiern para ser de toda a sociedade, que não é para o Governo, mas para o desenvolvimento planejado do Rio Grande do Norte”, afirma o presidente da entidade, Amaro Sales.

Sobre o novo projeto, chamado de Mais RN em Ação, o coordenador José Bezerra Marinho pontuou a atuação e trajetória da Fiern, por meio do Mais RN, desde o início da pandemia do novo coronavírus com o lançamento do Mais RN 4.0 – a criação do Painel de Observação da Covid-19 no RN, com levantamento de dados e dashboards, além da Sala de Situação – até a flexibilização das regras de isolamento social e implementação do Plano de retomada Gradual da Economia do RN, elaborado pela Fiern associada a outras federações e adotado pelo governo do estado.

Ele ressaltou que o projeto tem, nesta nova etapa, o objetivo de colocar o empresário no centro do processo de desenvolvimento, atuando junto com entes públicos e academia. “O empresário é quem dá a sustentação, gera receita, paga imposto, gera emprego, movimenta riqueza, agrega valor, realiza os potenciais, empreende, gera oportunidade, faz desenvolver o Estado”, disse Marinho.

Para isto, acrescenta ele, é preciso assumir o protagonismo para realizar um pacto empresarial. “Este pacto está em aberto e temos o dever de levá-lo a uma realidade. O modelo que propomos é que, no centro, sai o governo e entra o Mais RN, um instrumento de agregação entre os empresários do setor produtivo, as universidades, como geradoras de conhecimento, e os entes públicos Executivo, Legislativo e Judiciário, nas esferas municipal, estadual, judicial”, afirma.

O assessor técnico de Economia da Fiern, Pedro Albuquerque, explica que o Mais RN atua em duas frentes: o de ações de Inteligência e no de estratégias de construção de uma política industrial. E, com base nos dados estatísticos e informações, nesta nova fase, a equipe do Mais RN passa a reunir os atores específicos, traçar ações conjuntas no intuito de atrair novos investimentos econômicos, sanar gargalos estratégicos e atuar na realidade econômica do RN, servindo ao próprio Sistema Fiern, aos Sindicatos e empresários.

Deixe uma resposta