ESTUDOS TEOLÓGICOS: A CABALA, AS LEIS ESPIRITUAIS E A CRIAÇÃO DO UNIVERSO

Nesta segunda-feira estamos de volta com a nossa coluna ESTUDOS TEOLÓGICOS trazendo esclarecimentos sobre a CABALA. O seu conceito, o que é, onde surgiu, quem a pratica, sua importância para a humanidade e seu significado. Lendo o artigo completo a seguir você vai adquirir um conhecimento mais profundo sobre essa crença e saber a sua relação com o Judaísmo e outras religiões.

Cabala

Mulher com as mãos unidas ao lado de uma vela
sparkbadaboom / 123RF

A cabala é, essencialmente, uma sabedoria que remete ao conhecimento existente desde antes da criação do Universo, que esteve sob os cuidados e domínio de Adão, no Jardim do Éden. A cabala explica desde a formação do Universo até em como funcionam as energias e leis espirituais estabelecidas aqui na Terra, bem como responde às nossas perguntas mais profundas e fundamentais, tais como o porquê de os bons e justos sofrerem e qual o sentido da vida.

Etimologicamente, a palavra cabala origina-se do hebraico e significa, literalmente, “receber”. Trata-se, portanto, de uma sabedoria que é passada pelos mestres, sendo “recebida” pelos seus alunos ou discípulos, o que pode ser comparado também como a transmissão da Luz espiritual aos que assim estejam aptos a receber.

Com o passar dos tempos, essa sabedoria foi transmitida por diversas escolas e líderes espiritais, como Noé, Abraão, Moisés e, mais recentemente, rabinos justos e ilustres como Rav Isaac Luria, o santo ARI, que fundou sua escola na cidade de Tzfat, Israel, no século XVI E.C. O santo ARI proporcionou uma abertura incomensurável desses estudos ao grande público leigo, sendo antes restritos a pequenos grupos eleitos.

Livro antigo aberto

balazschristina / 123RF

Sendo os judeus os guardiães da lei, da Torá e seus preceitos, a cabala acabou sendo associada a esse povo ou mesmo à sua religião, o judaísmo. A cabala, porém, é anterior ao judaísmo e possui diversas vertentes.

Em síntese, a cabala procura desvendar os códigos ocultos da Torá (os cinco primeiros livros da Bíblia, ou pentateuco, sendo eles Gênesis, Êxodo, Levítico, Números, Deuteronômio), entregue por escrito nas mãos de Moisés há aproximados 3200 anos. Segundo os mestres cabalistas, a Torá não deve ser lida literalmente, sendo que possui todas as orientações de vida e todas as respostas aos dilemas e perguntas da humanidade, sobre o modo que devemos viver para alcançar a vida plena.

Atualmente, como previsto pelos grandes cabalistas, chegou o momento de essa sabedoria ser disseminada às massas, de forma simples e direta, para que a época do Messias possa se estabelecer. Em tempos de escuridão e desafios cada vez maiores que precisamos enfrentar, é maior o potencial para a Luz do Criador ser revelada, de forma irrestrita.

Escolha a vida e revele a Luz do Criador!

Denis Schaefer
Escrito por Denis Schaefer

Fonte: Eu Sem Fronteiras

Deixe uma resposta