“Haddad perdeu a linha”, diz Bolsonaro após petista agredir líder evangélico (Veja o Vídeo)


Alguém disse para a cabeça insensata de Fernando Haddad que ele deveria de alguma forma tentar buscar o voto dos católicos.
Não avisaram que para pleitear votos de católicos, não há nenhuma necessidade de agredir evangélicos.
Haddad e sua vice Manuela D’Ávila foram a missa nesta sexta-feira (12).
No local, o candidato ainda acabou discutindo com uma fiel, enraivecida com sua oportunista presença na igreja.

Por serem declaradamente favoráveis ao aborto, nem Haddad, nem Manuela, poderiam receber a hóstia sagrada, razão da indignação da mulher.

Na sequência, dando sequência a sua nefasta campanha eleitoral, o petista agrediu com extrema veemência o líder da Igreja Universal do Reino de Deus, a quem chamou de “charlatão”.Para Bolsonaro, o posicionamento é clara demonstração de que o poste de Lula “perdeu a linha”.
É verdade. O iminente vareio nas urnas está deixando Fernando Haddad completamente desnorteado.
Veja o vídeo:

Veja agora o vídeo em que Fernando Haddad Poste falou essas asneiras:

Deixe uma resposta