EDUCAÇÃO: PROFESSORES DA REDE ESTADUAL DE ENSINO DO RN APROVARAM INDICATIVO DE GREVE PARA DIA 14 DE FEVEREIRO

Professores governamentais aprovam indicativo de greve em protesto sexta

Redação/Portal da Tropical

 Atualizado em:

Foto: Internet

Os professores da Rede Estadual de Ensino aprovam um indicativo de greve para o dia 14 de fevereiro, dados previstos para a retomada das aulas no estado. O movimento grevista deve acontecer caso o Governo do Rio Grande do Norte não apresentou, até lá, uma proposta para implementação de 33,24% referente ao Piso Salarial 2022. Já nesta sexta-feira (04), a categoria realiza um ato público, às 9h, em frente à Governadoria. Também nesse dia está agendada uma nova audiência com a gestão estadual.

As deliberações oferecidas em Assembleia- RN virtual pelo Sindicadores em Educação Pública do RN De acordo com a leitura do Sinte-RN, programado uma audiência, estava programado para uma leitura, com a administração e o governo para a agenda de Educação, com a administração do governo e o encontro foi divulgado ontem da Fátima, mas o encontro foi divulgado ontem com os representantes Bezerra na mensagem para os representantes Assembleia Legislativa.

Sem propostas parte do Executivo, a categoria de projeto para o indicativo de greve. Os professores cobram a apresentação de uma proposta para atualizar o Piso Salarial 2022 que contemple os ativos e aposentados. Eles reivindicam a implementação dos 33,24% em fevereiro, retroativo ao mês de janeiro. A cobrança do Sindicato está amparada pela Lei 11.738/2008 e a portaria interministerial do Ministério da Educação (MEC) publicada em dezembro passado.

Durante a abertura do ano legislativo, a governadora Fátima Bezerra voltou a afirmar que pagará o Piso Salarial Nacional do Magistério. A declaração foi feita na leitura da mensagem anual do Governo, na Assembleia Legislativa. Diante dessa nova mensagem, o Sinte-RN destacou que a informação esperada da chefe poderá ser aprimorada quando a mensagem for reajustada e que formará a saída que vai acontecer.

Segundo o Sinte-RN, uma nova audiência com o Governo do Estado deve acontecer nesta sexta-feira (04). A classificação da categoria que nessa determinação é necessária.

Deixe uma resposta