DEVIDO A PANDEMIA ESTOQUE DE LEITE MATERNO ESTÁ BEM  ABAIXO DA MÉDIA NA MATERNIDADE JANUÁRIO CICCO

Por Inter TV Cabugi

 

Maternidade Januário Cicco, em Natal — Foto: Ayrton Freire/Inter TV CabugiMaternidade Januário Cicco, em Natal

A Maternidade Escola Januário Cicco, a maior do Rio Grande do Norte, amanheceu nesta segunda-feira (27) com três litros de leite materno no estoque, nível considerado reduzido pela direção da unidade. Essa quantidade não consegue suprir sequer a necessidade diária na maternidade, que é de 10 litros.

Com o baixo estoque, a enfermeira chefe da Divisão de Gestão do Cuidado da unidade, Magda Lúcia Leadebal, faz um apelo para que as mães que produzem leite possam doá-lo como forma de ajudar os bebês prematuros e também melhorar o estoque, que já é considerado zerado atualmente.

“Esse leite não vai fazer falta. A gente sempre lembra que quando a mãe amamenta, se a mama ficar incomodando alguma coisa, esse leite deve ser retirado e pode ser doado. A quantidade que vai para um bebê prematuro é uma quantidade muito pequena. Então o que quiser doar pra gente é importante”, explicou.

“Até a mama que começa a pingar quando a outra está amamentando e libera ceca de 10 ml, por exemplo. Essa quantidade amamenta de duas a três crianças prematuras. Então viemos solicitar o empenho das pessoas que possam doar. O banco está totalmente com o estoque reduzido”.

Segundo a enfermeira, a maternidade Januário Cicco funciona como central para essas coletas, que são distribuídas sob demanda. “O banco de leite da Maternidade Januário Cicco é referência no estado, então é ele quem faz a coleta do leite. Esse leite é processado e é distribuído de acordo com as demandas que chegam aqui para o banco”.

Deixe uma resposta