DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: CONHEÇA O JAPAMALA E O SIGNIFICADO DO NÚMERO 108

Quando comecei a falar sobre exercícios de mentalização e meditação para a minha audiência sugeri que cada frase ou mantra fosse repetida, pelo menos 30 vezes, duas vezes ao dia. Ao despertar pela manhã e a noite, antes de dormir. Algumas pessoas questionaram como eu havia chegado a esse número de repetições. Na ocasião eu justifiquei, afirmando que, na verdade não existe um número de repetições definida. Pessoalmente, repito muitas vezes mais, pois é uma forma de o nosso subconsciente gravar mais rápido aquele mantra como uma verdade e materializar aquele desejo. Eu sugeri um mínimo de 30 vezes para que as pessoas não tivessem preguiça de começar a fazer ou desistissem, até mesmo antes de começar se a quantidade de repetições fosse muito alta. O ser humano é naturalmente muito preguiçoso devido a força do seu ego. Como eu sempre repeti inúmeras vezes, independentemente de haver um número mágico, sempre obtive bons resultados nos meus exercícios de mentalização e obtive muitas curas. Mas, na verdade, existe um número mágico sim, através do qual se consegue uma mudança de padrão mental. É o número 108. Por isso selecionei o artigo a seguir que fala tudo sobre esse número e também sobre o JAPAMALA, uma espécie de colar de contas semelhante ao terço da igreja católica que possui 108 contas. Então, convido você a ler o texto completo a seguir, que está repleto de conhecimento e sabedoria!

SAIBA O QUE É JAPAMALA, SEU SIGNIFICADO E SUAS FUNÇÕES

6 minutos para ler

Um japamala é uma guirlanda espiritual usado em práticas meditativas para contar mantras, orações ou intenções da pessoa. O artefato tem uma simbologia importante para os indianos, que o enxergam como um objeto sagrado.

Utilizado por muitos praticantes de yoga e hindus, o japamala vem se popularizando também no ocidente. Atualmente, é possível encontrá-lo facilmente para venda em lojas, que comercializam as contas em diferentes anatomias e materiais.

Continue acompanhando e saiba o que é e quais são os maiores benefícios do japamala. Confira a seguir!

O que é japamala?

O japamala é um cordão de contas utilizado nas práticas de meditação indiana para contar mantras, desejos, intenções ou apenas orações de quem manuseia o objeto. Na religião católica, por exemplo, o objeto é similar aos terços.

A palavra “japa” significa rezar, sussurrar, enquanto que “mala” significa terço, cordão. Já em sânscrito, “mala” apresenta o significado de guirlanda. Apesar da variedade de formas de uso do japamala, ele é considerado um item sagrado para diferentes religiões.

Existe uma crença de que o cordão é capaz de reunir as energias espirituais de quem o carrega. Sua origem baseia-se, sobretudo, na religião hinduísta e no budismo, que consideram o japamala uma ferramenta eficiente para manter a mente focada e livre de pensamentos negativos.

São diversas as técnicas de manuseio de um japamala, por exemplo, a pessoa pode usá-lo para fazer a contagem das pedras ao mesmo tempo que entoa um mantra. Ou ainda intercalar o japamala com uma meditação de respiração clássica, um método que ajuda a diminuir a taxa de respiração e concentração, promovendo maior relaxamento para a mente.

Quais são as partes do japamala?

O japamala pode ser feito de inúmeros materiais, sendo que os mais comuns são de madeira, sementes ou pedras. A depender do tipo de elemento, as propriedades das contas também promove efeitos energéticos na pessoa que o manuseia.

Na Índia, por exemplo, as contas são feitas principalmente de sementes de sândalo, tulsi e rudraksha. Já no Nepal e no Tibete, os cordões são feitos com bodhi, lótus e osso. Para segurar as pérolas de contagem, geralmente utilizam-se fios de algodão ou nylon, mas também é comum encontrar japamalas em fios trançados e revestidos para que tenha maior durabilidade.

Uma curiosidade é que o objeto tem sempre 108 contas. Este número, nos costumes indianos, tem um significado importante e bastante poderoso. O primeiro deles é que existem 108 letras no alfabeto sânscrito. Do mesmo modo, a deusa Krishna do hinduísmo apresenta 108 nomes diferentes.

Já na yoga de linha tântrica, são relatadas 108 linhas de energia por todo o corpo humano, sendo que todas convergem e se conectam ao chakra do coração. Assim, acredita-se que a repetição de 108 vezes entoando um mantra ou uma oração pode potencializar os benefícios da meditação.

Quais são os benefícios do japamala?

Embora existam diversas tradições e estilos para ter uma vida mais saudável e equilibrada, o uso do japamala, de fato, diferencia-se devido às suas vantagens para o praticante regular. Isso porque o cordão de pedras ou sementes transmite poderes de cura que beneficiam seu corpo, mente e coração.

De certo modo, é preciso fazer uso do japamala com intenção e propósito, tendo conhecimento e acreditando em seus efeitos curativos para todo o corpo. Veja, a seguir, outra funções do artefato para a saúde.

Auxilia no controle do movimento respiratório durante a meditação

Realizando a contagem com o japamala durante a meditação, é possível ter um melhor controle dos seus batimentos cardíacos, diminuindo, com isso, a pressão arterial e a frequência cardíaca. A técnica de meditação é simples. No entanto, é preciso ter foco e concentração redobrada para conseguir respirar, entoar o mantra, tocar o objeto e movimentar as contas na mão.

É utilizado na prática de contemplação de gratidão

O Ho’ponopono é uma prática de contemplação e gratidão que se utiliza do japamala para a repetição da oração. O mantra é um conjunto de frases que desenvolve a aceitação, o perdão, a gratidão e o amor em quem o entoa, e deve-se repetir 108 vezes com as contas do cordão.

A mão direita deve segurar o objeto entre os dedos médio e polegar. O polegar movimenta as contas e deve-se evitar ao máximo tocar o dedo indicador no cordão, pois na tradição yogi o indicador representa o ego.

Gera emoções positivas

Praticando com frequência a meditação, a pessoa tem mais propensão a elevar seu nível de compaixão e empatia do que não praticantes, gerando emoções positivas. Muitas áreas do cérebro estão associadas diretamente com tais emoções e a meditação é capaz de favorecer a mente, os bons pensamentos e, também, a paz interior.

Diminui pensamentos negativos e melhora o humor

Você sabia que mais da metade dos nossos pensamentos são negativos? Isso mesmo, a repetição de padrões de pensamentos negativos na mente fortalece e aumenta os sentimentos de tristeza, raiva e solidão. O japamala, por exemplo, é uma ferramenta capaz de trazer novos padrões positivos ao cérebro, por meio de orações ou práticas meditativas orientadas e diárias.

Funciona como acessório

Algumas pessoas também utilizam o japamala como um acessório de proteção, no pescoço ou enrolado no pulso. Estando sempre com o objeto, inclusive, é possível manter a mente mais focada e absorver energias positivas em seu cotidiano.

Quando você exercita bons sentimentos, é possível atingir níveis mais elevados de consciência, eliminando karmas e atraindo mais prosperidade. As palavras devem ser ditas sempre em voz alta, fazendo o seu cérebro assimilar e se conectar mais rapidamente com o seu objetivo.

A Índia tem uma série de costumes interessantes, não é mesmo? O mais bacana disso tudo é que você mesmo pode confeccionar o seu japamala, apenas lembre-se de realizar a limpeza do cordão com um bom incenso após finalizar as orações. Assim, você poderá aproveitar todos os benefícios desse item sagrado!

Fonte: Casa da Índia

Deixe uma resposta