COOPERATIVA RETOMA CIRURGIAS ELETIVAS APÓS ACORDO COM GOVERNANTES

Cirurgias eletivas são retomadas em Natal após acordo de cooperativa com prefeitura e governo

Redação / Portal da Tropical

Atualizado em:

Foto: Internet

As cicurgias eletivas para usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) de Natal serão retomadas. A ocorrência ocorrida após reunião, nesse sábado (13), entre a Cooperativa dos Médicos Anestesiologistas do RN (Coopanest) e a Prefeitura de Natal. Até então, apenas o Governo do Estado tinha negociado com uma cooperativa  e faltava a posição da gestão municipal. Os anestesistas estavam paralisados ​​desde o dia 1 ° de novembro, por falta de pagamento.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS), durante uma reunião, ficou acordado que o Município irá colocar em dia os meses de repasses atrasados ​​durante novembro, dezembro e janeiro. Segundo a pasta, o atraso nos repasses para os profissionais ocorridos anteriormente devido ao “quadro econômico enfrentado pelo município”, além de “aumento das despesas com saúde” em razão da pandemia.

Suspensas from the last day 1st of November by the Coopanest, as cirurgias eletivas podem ocorrer após quebra do Termo de Cooperação Técnico Financeira (TCTF) assinado anteriormente por Estado, União e Município.

A parcela da gestão estadual foi acordada em reunião na última quinta-feira (11). O Estado selou um acordo com as cooperativas médicas e diretores de hospitais conveniados garantindo o pagamento mensal e, até o próximo dia 30, o repasse da parcela do acordo.

Também foi feito o pagamento da contrapartida do Estado para os municípios de Natal e Mossoró, possibilitando o retorno das atividades contratadas. Nesse encontro, a Secretaroa de Estado da Saúde Pública (Sesap) também assegurou o pagamento do acordo para regularização de dívidas.

Cirurgias ortopédicas de urgência

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) informou que as cirurgias ortopédicas de urgência, com prioridade para os idosos, estão sendo retomadas, em parceria entre o Estado, os prestadores privados e a Cooperativa dos Médicos Anestesiologistas do RN (Coopanest). Em nota, uma Sesap explicou que o núcleo de regulação da Ortopedia iniciado um levantamento da situação dos pacientes mais prioritários e que serão encaminhados para os prestadores o mais rápido possível.

“A ação, que visa desafogar a rede pública de saúde, em especial o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, é o resultado da negociação conduzida pela Sesap junto à Coopanest e hospitais privados da capital contratualizados pelo município de Natal do Termo de Cooperação Técnico Financeira (TCTF ), que é de responsabilidade dos dois entes, estadual e municipal “, destacou.

A secretaria explicou ainda que os prestadores de serviço aceitaram um retomada emergencial a partir do pagamento feito pelo Governo do Estado e o acerto para quitação do passivo. O retorno do atendimento oferece que sejam feitas cirurgias, com foco na parte de ortopedia.

Fonte: Portal da Tropical _ Notícias

Deixe uma resposta