Conselho de Segurança da ONU fará reunião na segunda (7) sobre a crise humanitária na Ucrânia

No mesmo dia, os membros do Conselho também farão uma outra sessão, mas desta vez, com portas fechadas

Refugiados da Ucrânia em direção à fronteira com a Polônia

£UKASZ GAGULSKI /EFE – 28.02.22

O Conselho de Segurança da ONU realizará uma reunião de emergência na segunda-feira (7), às 17h (horário de Brasília), para avaliar a crise humanitária provocada pela invasão russa da Ucrânia, a pedido dos Estados Unidos e da Albânia, segundo fontes diplomáticas consultadas nesta sexta-feira (4).

Após a sessão pública, haverá uma outra a portas fechadas entre os 15 membros do Conselho de Segurança, esta a pedido do México e da França, para discutir o projeto de uma possível resolução, informou um diplomata à AFP sob condição de anonimato.

A proposta do México e da França visa pedir o fim das hostilidades na Ucrânia e dos obstáculos ao fluxo de ajuda humanitária e proteção de civis.

O esboço do texto encontrou barreiras, pois os Estados Unidos alertaram que não o apoiariam se não dissesse explicitamente que a Rússia causou a crise humanitária, segundo outro diplomata.

A França originalmente queria uma votação na terça-feira, mas isso não aconteceu.

Diplomatas dizem agora que a França, diante da relutância dos Estados Unidos, reverteu sua posição e não está pressionando por uma votação tão rápida quanto antes.

Qualquer projeto de resolução que critique a Rússia está fadado ao fracasso porque a Rússia tem poder de veto no Conselho de Segurança.

Deixe uma resposta