Blog do Saber, Cultura e Conhecimento!
COMPORTAMENTO: A MENTIRA A CADA DIA TEM AS PERNAS MAIS CURTAS

A cada dia a mentira tem pernas mais curtas e fica impossível de encobri-la. O exemplo de Putin é patente e irrefutável. Os números da Covid-19 na Rússia acaba de vir a tona. E ninguém sabe se reflete realmente a realidade. O mais importante é que ficou muito claro a tentativa de manipulação dos números. O mesmo vai acontecer com a China. Vamos aguardar!

SAÚDE29/DEZ/2020 ÀS 11:30

Número oficial de mortos por Covid-19 na Rússia passam de 55 mil para 186 mil

Putin coronavírus
Putin

Rússia revisa dados de Covid e divulga número de mortes três vezes maior. Foram 186 mil óbitos causados pelo coronavírus, mais que o triplo dos 55 mil divulgados até então. Com isso, país é o terceiro com mais mortes pela doença, atrás dos EUA e do Brasil

A Rússia revisou os dados relacionados ao coronavírus e divulgou nesta segunda-feira (29) um número de mortes mais de três vezes maior do que o relatado anteriormente, tornando-se o país com o terceiro maior número de mortes. Foram 186 mil mortes por coronavírus, mais que o triplo das 55 mil registradas até então.

Os números contradizem o discurso do presidente russo Vladimir Putin que dizia ter controlado a pandemia de forma mais efetiva que os países ocidentais.

Segundo o Rosstat, o número de mortes “a mais” (excesso de mortalidade) registradas entre janeiro e novembro deste ano chegou a 229,7 mil pessoas, na comparação com o mesmo período de 2019. As informações são da BBC.

E “mais de 81% da alta da mortalidade neste período se deve à Covid-19, ou às consequências da doença”, afirmou a vice-primeira-ministra, Tatiana Golikova.

Esses dados tornam a Rússia o terceiro país com maior número de mortos por coronavírus no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos (mais de 335 mil mortos) e Brasil (mais de 191 mil).

Os dados atualizados da Rússia ainda não foram computados no ranking da universidade norte-americana Johns Hopkins, que monitora os casos e mortes por Covid-19 registrados pelos órgãos oficiais de diversos países.

Fonte: Pragmatismo político

Deixe uma resposta

Fechar Menu
×

Carrinho