PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEXTA-FEIRA NO G1

Por G1

 


Lockdown em Fortaleza, regras mais rígidas no rodízio em São Paulo e as novas determinações de João Doria para os paulistas. O Assunto debate o teatro de Bolsonaro no STF. Maia na GloboNews. Como traçar planos para os idosos que trabalham? Lojas de carros ameaçadas pela crise. A MP que confronta ambientalistas e ruralistas. As lives de hoje e uma boa ajuda online.

Lockdown em Fortaleza

Fortaleza entra no regime de isolamento social rígido a partir de sexta (8)

Fortaleza entra no regime de isolamento social rígido a partir de sexta (8)

Com as redes pública e particular no limite, Fortaleza entra no regime de isolamento social rígido hojeSó pode circular quem estiver a caminho do trabalho ou trabalhar em um serviço essencial. Quem for parado pela fiscalização vai ter que explicar por que está na rua e se estiver desrespeitando a quarentena vai ser orientado a voltar para casa. Se desobedecer, pode ser responsabilizado criminalmente. O Ceará tem mais de 13.800 casos de Covid-19 e 903 mortes.

Quarentena em SP

Covas no cemitério Vila Nova Caichoeirinha, em São Paulo. Novas valas estão sendo abertas devido ao aumento de mortes por coronavírus. — Foto: Rogério Galasse / Estadão Conteúdo

Covas no cemitério Vila Nova Caichoeirinha, em São Paulo. Novas valas estão sendo abertas devido ao aumento de mortes por coronavírus. — Foto: Rogério Galasse / Estadão Conteúdo

O governador João Doria (PSDB) divulga hoje quais cidades poderão flexibilizar a quarentena no estado. Mas o governo paulista está preocupado, pois classifica o risco de contágio pelo coronavírus como grave e preocupante nas regiões da Grande São Paulo, Campinas e Baixada Santista.

A região metropolitana de São Paulo tem 39 cidades, a Baixada Santista, 9, e a região de Campinas, 24. entenda a preocupação das autoridades.

Já a capital vai endurecer as regras do rodízio na segunda-feira (11) e tirar das ruas metade dos carros até nos fins de semana. A prefeitura quer ampliar o isolamento social e evitar uma sobrecarga ainda maior no sistema de saúde.

Cidade de São Paulo amplia isolamento social e vai tirar metade dos carros de circulação

Cidade de São Paulo amplia isolamento social e vai tirar metade dos carros de circulação

O Assunto: o teatro de Bolsonaro no STF

O presidente atravessou a pé a Praça dos Três Poderes e bateu na porta – de maneira inesperada – do presidente do Supremo, Dias Toffoli. Para entender o que queria o presidente, Renata Lo Prete conversa com Merval Pereira e Valdo Cruz, dois jornalistas com experiências de décadas em Brasília. Valdo relata a reação de empresários que estavam com Bolsonaro, e qual o papel do ministro Paulo Guedes na cena de ontem. Merval explica o simbolismo desta visita surpresa e qual foi a reação do presidente do STF. Ouça:

Rodrigo Maia: ‘ato quase criminoso’

Maia: ‘Queremos sempre manter o diálogo que possa somar esforços’

Maia: ‘Queremos sempre manter o diálogo que possa somar esforços’

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse ontem à GloboNews, que entende a preocupação com a retomada das atividades econômicas, mas que a pressão com esse objetivo neste momento é um ato “quase criminoso”. Clique aqui e leia a entrevista.

Idosos, um ponto delicado

Setores com mais idosos — Foto: Economia / G1

Setores com mais idosos — Foto: Economia / G1

No momento em que a quarentena começar a ser flexibilizada, o Brasil terá um ponto delicado a endereçar: o país tem 7,7 milhões de trabalhadores ocupados com mais de 60 anos, ou seja, que estão no grupo de risco para o novo coronavírus.

O cenário é bastante difícil para essa faixa da população porque 4,7 milhões de idosos atuam no setor de serviços, portanto, em atividades como o comércio, de difícil distanciamento social. Os números foram compilados pela consultoria IDados com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) trimestral do IBGE.

“O setor de serviços tem naturalmente uma demanda maior por idosos, e, por outro lado, esse grupo de trabalhadores se adequa muito bem a essas atividades”, afirma o pesquisador do IDados, Bruno Ottoni.

Concessionárias de carros ameaçadas

Imagem de arquivo de uma concessionária em SP — Foto: Fábio Tito / G1

Imagem de arquivo de uma concessionária em SP — Foto: Fábio Tito / G1

Com o tombo histórico nos emplacamentos durante a pandemia, o futuro das concessionárias de veículos no Brasil é incerto. Das 7.300 lojas existente no país, cerca de 2,2 mil – 30% – podem fechar definitivamente em até 15 dias, de acordo com a associação das concessionárias, a Fenabrave. O setor emprega 315 mil pessoas.

Ambientalistas x Ruralistas

Bolsonaro assina MP para simplificar e modernizar a regularização da propriedade de terrasBolsonaro assina MP para simplificar e modernizar a regularização da propriedade de terras

Divergências entre deputados ambientalistas e ruralistas podem barrar a votação na Câmara da medida provisória 910/2019 sobre regularização fundiária, que amplia a área legalizada por autodeclaração em ocupações de terras da União.

A avaliação é de líderes ouvidos pelo G1. Se o texto não for votado até 19 de maio, perderá a validade. A MP foi enviada em dezembro de 2019 pelo presidente Jair Bolsonaro – uma medida provisória entra em vigência desde a publicação no “Diário Oficial da União”, mas perde a validade se não for votada em 120 dias pelo Congresso.

Redução salarial na Alesp

Tribunal de Justiça de São Paulo derrubou liminarmente parte da resolução aprovada pelos deputados da Assembleia Legislativa de São Paulo que garantia o corte de 10 a 20% dos salários dos funcionários comissionados da casa.

Falta consciência

Enfermeira Mara Santos — Foto: Arquivo Pessoal

Enfermeira Mara Santos — Foto: Arquivo Pessoal

Faz pouco mais de um mês que a enfermeira Mara Santos passou a atender apenas pacientes com coronavírus na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular em São Paulo. Há vinte dias ela conversou com o G1 e contou como estava sendo a adaptação à nova rotina. Algumas semanas depois, Mara afirma que os casos estão ainda mais graves que no passado, mas que a população ainda não tomou consciência da dimensão da pandemia.

‘Só queria que acreditassem mais, porque ainda acham que é exagero’, diz enfermeira sobre mortes por coronavírus em UTI. ‘Estou dez vezes mais cansada física e psicologicamente. A gente anda saindo dos plantões com uma sensação assim de não dei conta’, acrescenta.

Ajuda online

Universidade oferece sessões de terapia online e gratuitas feitas por estudantes e professores — Foto: Arquivo Pessoal

Universidade oferece sessões de terapia online e gratuitas feitas por estudantes e professores — Foto: Arquivo Pessoal

Cenário cheio de incertezas, dificuldades e medo. Esta é a realidade que muitas pessoas estão enfrentando diante da pandemia do coronavírus. Por isso, alunos e professores do curso de Terapia Ocupacional de uma universidade em Sorocaba (SP) resolveram ajudar com sessões de terapia online e gratuitas, abertas para todos os públicos.

Lives de hoje

Luisa Sonza, Latino, Naiara Azevedo e Banda Eva fazem transmissões nesta sexta-feira (8) — Foto: Divulgação

Luisa Sonza, Latino, Naiara Azevedo e Banda Eva fazem transmissões nesta sexta-feira (8) — Foto: Divulgação

Luísa Sonza, Latino, Naiara Azevedo, Banda Eva, Emicida e Toquinho fazem transmissões nesta sexta-feira. Veja horários.

Inflação

Sai hoje o Índice de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15) de abril. O indicador, considerado uma prévia da inflação oficial, ficou em 0,02% em março, a menor taxa para o mês desde o início do Plano Real, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Curtas e Rápidas:

Previsão do tempo

Veja como fica o tempo nesta sexta (8) em todo o Brasil

Veja como fica o tempo nesta sexta (8) em todo o Brasil

Fonte: G1

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEXTA-FEIRA NO G1

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEGUNDA-FEIRA NO G1

Por G1

 


Começam os saques em dinheiro da poupança digital do auxílio emergencial de R$ 600. Bolsonaro pode nomear Jorge Oliveira para o Ministério da Justiça e Alexandre Ramagem para chefiar a Polícia Federal. Executivos da Embraer falarão sobre o acordo fracassado da venda da sua divisão comercial para a Boeing. O podcast O Assunto traz a vida em quarentena de Selminha Sorriso e Claudinho, porta-bandeira e mestre-sala da Beija-Flor. E hoje tem a final do “BBB20”. Quem ganha: Manu, Rafa ou Thelma?

Saques em dinheiro

Auxílio emergencial de R$ 600 reais para trabalhadores informais — Foto: CAIO ROCHA/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

Auxílio emergencial de R$ 600 reais para trabalhadores informais — Foto: CAIO ROCHA/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

A Caixa começa a liberar nesta segunda-feira (27) os saques em dinheiro do auxílio emergencial depositados nas poupanças digitais. Elas foram criadas para quem não recebe o Bolsa Família e não possui conta em nenhum banco.

A liberação dos saques em dinheiro segue um calendário, que começa hoje e vai até 5 de maio e depende da data de nascimento do beneficiário. Veja como sacar o auxílio de R$ 600.

Novo coronavírus

O Brasil registra 4.286 mortes e 63.100 casos confirmados da doença em todo o país, segundo balanço do G1 com as secretarias estaduais de Saúde. Veja as cidades com as maiores incidências de vítimas e infectados e a taxa de ocupação de leitos de UTI nos estados.

No mundo, são mais de 206 mil mortes e mais de 2,9 milhões de casos confirmados, segundo levantamento da universidade norte-americana Johns Hopkins. Os Estados Unidos são o país com mais vítimas (54 mil) e infectados (965 mil). Veja as últimas notícias sobre o impacto da pandemia pelo mundo.

Substituto de Moro

Jorge Oliveira atualmente é ministro da Secretaria-Geral da Presidência do governo de Jair Bolsonaro — Foto: Marcos Corrêa/PR

Jorge Oliveira atualmente é ministro da Secretaria-Geral da Presidência do governo de Jair Bolsonaro — Foto: Marcos Corrêa/PR

O atual ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira, deve ser o substituto de Sergio Moro no Ministério da Justiça. Já a diretoria-geral da Polícia Federal deve ser ocupada por Alexandre Ramagem, atual chefe da Abin (Agência Brasileira de Inteligência). Ambos são próximos dos Bolsonaros e trabalharam para a família.

O Assunto

O casal mestre-sala e porta-bandeiras Selminha Sorriso e Claudinho desfila junto há quase três décadas – há 25 anos só na Beija-Flor. Agora, em tempos de isolamento social, foram obrigados a dançar separados, cada um em sua casa. Em conversa com Renata Lo Prete, a dupla relata como faz para dançar junto, mesmo de longe. Selminha Sorriso e Claudinho contam como está a vida onde moram, o que querem fazer quando o isolamento acabar e o que esperam para o Carnaval de 2021. Ouça o podcast:

Boeing x Embraer

Unidade da Embraer em Eugênio de Melo, em São José dos Campos, foi ampliada e passará a ter 4 mil funcionários — Foto: Embraer/Divulgação

Unidade da Embraer em Eugênio de Melo, em São José dos Campos, foi ampliada e passará a ter 4 mil funcionários — Foto: Embraer/Divulgação

Um negócio frustrado de US$ 5,2 bilhões. Após a Boeing comunicar no sábado (25) que desistiu de comprar 80% da divisão comercial da Embraer, a empresa brasileira fará uma teleconferência nesta segunda (27) para dizer quais medidas tomará após o fracasso da venda.

De um lado, a Boeing afirma que a Embraer não cumpriu com as “condições necessárias” para o acordo. De outro, a brasileira diz que foi pega de surpresa pela decisão e acusa a americana de rescindir “indevidamente” o negócio, “fabricando falsas alegações”. Entenda toda a polêmica do acordo que não deu certo.

Ontem, a fabricante brasileira de aviões anunciou que trabalha para ajustar os seus níveis de produção e de despesas de capital para economizar recursos, a primeira medida após o rompimento do acordo.

Final do “BBB20”

Thelma, Babu, Rafa, Mari e Manu foram os cinco primeiros colocados do 'BBB20' — Foto: Reprodução/TV Globo

Thelma, Babu, Rafa, Mari e Manu foram os cinco primeiros colocados do ‘BBB20’ — Foto: Reprodução/TV Globo

Manu, Rafa ou Thelma: quem vai ganhar o prêmio de R$ 1,5 milhão? Enquanto a grande final do ‘BBB20’ não chega, relembre 10 momentos desta edição. O reality show deste ano ficou marcado por brigas, revelações, famosos (participando e torcendo), lives e recorde de votos no paredão.

Por falar em recorde de votos, a Globo abriu pela primeira vez o local onde votos são computados. O Data Center da Globo é capaz de receber até 1 milhão de votos por minuto; conheça.

BBB 20: Globo abre pela primeira vez local onde votos são computados; conheça o local

BBB 20: Globo abre pela primeira vez local onde votos são computados; conheça o local

Respirador econômico

Respirador econômico criado por engenheiros da USP pode ajudar no tratamento de pacientes com Covid-19 — Foto: Reprodução/Poli USP

Respirador econômico criado por engenheiros da USP pode ajudar no tratamento de pacientes com Covid-19 — Foto: Reprodução/Poli USP

Um respirador criado na USP foi aprovado em testes com humanos. O protótipo foi testado em pacientes do Hospital de Clínicas, e o projeto será enviado para aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O aparelho é feito em 2 horas e é 15 vezes mais barato do que o modelo mais barato do mercado, segundo a USP.

Rotina na quarentena

Jovens do Vidigal falam sobre o que sentem falta durante isolamento social

Jovens do Vidigal falam sobre o que sentem falta durante isolamento social

Moradores da favela do Vidigal, na Zona Sul do Rio, contam ao G1 sobre o que estão sentindo falta durante o isolamento social. Atividades simples — como um abraço nos amigos ou um passeio na praia — foram valorizadas pelos entrevistados.

O cantor e compositor Marcelo Camelo — Foto: Divulgação / Caroline Bittencourt

O cantor e compositor Marcelo Camelo — Foto: Divulgação / Caroline Bittencourt

Marcelo Camelo faz live direto de Portugal nesta segunda. O cantor do Los Hermanos faz transmissão em seu perfil no Instagram às 18h.

#Nem1praTrás

A mobilização #Nem1praTrás ganha mais reforços para o debate sobre a importância da educação amanhã, terça-feira (28), quando é comemorado o Dia da Educação. Várias atividades gratuitas serão transmitidas pela internet ou pela TV, já que o evento será online devido à pandemia do novo coronavírus. No total, 185 instituições e empresas fazem parte da mobilização.

Fonte: G1

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEGUNDA-FEIRA NO G1

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEXTA-FEIRA NO G1

Por G1

 


O presidente Jair Bolsonaro exonerou o diretor-geral da PF, Maurício Leite Valeixo, levado ao cargo pelo ministro Sérgio Moro, que ontem ameaçou pedir demissão. Crise do coronavírus: mais 1,9 milhão de brasileiros recebem hoje o auxílio emergencial de R$ 600. O INSS começa a pagar a primeira parcela do 13º salário para aposentados e pensionistas. O podcast O Assunto explica o plano pós-pandemia do governo para recuperar a economia e analisa o “sumiço” do ministro Paulo Guedes. “Como fazer pão?” O G1 ouviu padeiros para responder à pergunta que bateu recorde de pesquisas no Google durante a quarentena. E as lives desta sexta.

Bolsonaro exonera diretor-geral da PF

diretor-geral da Polícia Federal (PF), Maurício Leite Valeixo, levado ao cargo pelo ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro, foi exonerado do cargo. O decreto foi assinado pelo presidente Jair Bolsonaro – também contém o nome de Moro – e publicado no Diário Oficial da União.

Não há ainda um substituto para o comando da PF.

Moro afirmou na quinta ao presidente que deixaria o governo se o diretor-geral da PF fosse demitido, segundo informaram as colunistas do G1 e da GloboNews Cristiana Lôbo, Andreia Sadi e Natuza Nery.

Auxílio emergencial

Auxílio emergencial de R$ 600 reais para trabalhadores informais — Foto: Caio Rocha / FRAMEPHOTO / ESTADÃO CONTEÚDO

Auxílio emergencial de R$ 600 reais para trabalhadores informais — Foto: Caio Rocha / FRAMEPHOTO / ESTADÃO CONTEÚDO

A Caixa Econômica Federal paga hoje mais R$ 1,2 bilhão da 1ª parcela do Auxílio Emergencial para 1,9 milhão do total de pessoas elegíveis ao benefício, que se inscreveram pelo site e aplicativo. Até a noite de ontem, 45,9 milhões de cidadãos já se haviam se cadastrado para receber o benefício.

A Caixa informou que, desde o dia 9 de abril, quando teve início o pagamento do Auxílio Emergencial de R$ 600, até as 9h de ontem já creditou R$ 23,5 bilhões para 33,2 milhões de brasileiros.

Aposentados e pensionistas

 — Foto: Marcos Santos / USP Imagens

— Foto: Marcos Santos / USP Imagens

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começa a pagar nesta sexta-feira a primeira parcela do 13º salário para aposentados e pensionistas. O pagamento, que em geral costumava ocorrer em julho, foi antecipado neste ano como uma medidas para reduzir o impacto da pandemia do novo coronavírus no país.

Para aqueles que recebem 1 salário mínimo, o depósito da antecipação será feito entre os dias 24 de abril e 8 de maio, de acordo com o número final do benefício, sem levar em conta o dígito verificador. Segurados com renda mensal acima do piso nacional terão seus pagamentos creditados entre 4 e 8 de maio, conforme a Tabela de Pagamento 2020.

A economia e o sumiço de Guedes

O governo apresentou novas medidas econômicas nesta semana em meio à pandemia de Covid-19. Na cerimônia, faltou Paulo Guedes, ministro da Economia antes todo-poderoso do governo. Para explicar o conteúdo – ou a ausência de detalhes – do plano, Renata Lo Prete conversa com Carlos Alberto Sardenberg, comentarista de economia da Globo. Participa também o jornalista Thomas Traumann, autor de um livro sobre a trajetória de outros 14 ministros da Fazenda. Traumann responde onde está Guedes e como o ambiente político mudou para o ministro. Ouça:

Um mês de quarentena em SP

Isolamento social em São Paulo volta a ficar abaixo dos 50%

Isolamento social em São Paulo volta a ficar abaixo dos 50%

Epicentro da pandemia de coronavírus no Brasil, o estado de São Paulo completa hoje um mês de quarentena com uma taxa de isolamento social abaixo da ideal. Até ontem, foram registradas 1.345 mortes e 16.740 casos confirmados da doença em terras paulistas.

Em 24 de março, o governador João Doria (PSDB) decretou o isolamento social como medida para evitar a propagação do vírus. O comércio em geral foi obrigado a fechar, mas o funcionamento dos serviços essenciais foi mantido, como saúde, alimentação e segurança.

Apesar disso, a última atualização do índice de isolamento mostra que menos da metade da população aderiu às recomendações dos órgãos de saúde para ficar em casa e evitar sair às ruas sem necessidade. Mesmo assim, o governador anunciou a flexibilização da quarentena a partir de 11 de maio.

Linha de frente no divã

Profissionais de saúde do Hospital Raul Sertã, em Nova Friburgo, no RJ — Foto: Divulgação / Prefeitura

Profissionais de saúde do Hospital Raul Sertã, em Nova Friburgo, no RJ — Foto: Divulgação / Prefeitura

Enfrentar a rotina de UTIs lotadas, lidar com a falta de equipamentos de proteção nos hospitais, o medo de contágio, horas de plantão e o isolamento da família têm deixado muitos profissionais de enfermagem que atuam no front do tratamento contra o coronavírus com a saúde mental debilitada. A cada 11 minutos, um profissional de enfermagem busca atendimento psicológico.

Veja dados exclusivos que o G1 obteve com o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) e leia o relato dos profissionais que atuam nas unidades de saúde públicas e privadas no Rio de Janeiro.

Falta de equipamento em SP

Profissionais de saúde fazem ato contra falta de equipamentos de proteção em SP — Foto: Foto: Cecília Figueiredo/Sindsep

Profissionais de saúde fazem ato contra falta de equipamentos de proteção em SP — Foto: Foto: Cecília Figueiredo/Sindsep

Conselhos que representam os profissionais de medicina e de enfermagem de São Paulo registraram 1.639 queixas que vão da falta de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) às condições de trabalho em unidades de saúde públicas, privadas e filantrópicas do estado em tempos de coronavírus. Também foram feitas denúncias sobre “‘fluxo inadequado” de pacientes, falta de funcionários, casos de violência contra eles, entre outras.

  • Após morte do irmão com Covid-19, empresário de SP arrecada R$ 21 mil para fabricar e doar máscaras a profissionais de saúde

Adiou a aposentadoria para ajudar

Cícero Romão era enfermeiro há mais de 20 anos. — Foto: Reprodução / Redes sociais.

Cícero Romão era enfermeiro há mais de 20 anos. — Foto: Reprodução / Redes sociais.

O enfermeiro Cícero Romão de Souza, de 51 anos, morreu na quarta-feira (22) após complicações provocadas pelo novo coronavírus. Ele pretendia se aposentar depois que a pandemia passasse. Souza atuava no Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e há mais de 20 anos na Santa Casa de Mogi das Cruzes. Veja vídeo de homenagem de amigos dos bombeiros e do Samu.

  • Copeiro do hospital Albert Einstein se emociona com festa surpresa ao receber alta depois de 11 dias internado com Covid-19

Pão na pandemia

Zeca Ferreira, chefe padeiro do Zona Zen, ensina a fazer o brioche — Foto: Arquivo pessoal / Zeca Ferreira

Zeca Ferreira, chefe padeiro do Zona Zen, ensina a fazer o brioche — Foto: Arquivo pessoal / Zeca Ferreira

Pão francês, pão de forma, focaccia, brioche, pão árabe, pão australiano, pão de fermentação natural… A lista é extensa. E os brasileiros que estão em casa não querem abrir mão do pão fresquinho, tradicional no café da manhã. Neste mês, durante o isolamento social, a pergunta “Como fazer pão?” bateu recorde de pesquisas no Google. Por isso, o G1 conversou com os padeiros Iara Manin, da “Árvore do Pão”, e Zeca Ferreira, do “Zona Zen”, e pediu dicas e receitas fáceis para aprender a fazer pão em casa – sem necessidade de comprar qualquer máquina.

Fato ou Fake?

Coronavírus: fato ou fake — Foto: Arte / G1

Coronavírus: fato ou fake — Foto: Arte / G1

É #FAKE que chá com mistura de jambu, limão, alho e paracetamol cura a Covid-19. Mensagem circula principalmente em Manaus, onde o número de casos e de mortes desafia a capacidade de atendimento do sistema público. Especialistas dizem que bebida pode aliviar sintomas em pessoas com quadro leve da doença, mas não curá-la. Governo do AM diz que informação de que pacientes têm sido tratados com o chá é falsa.

Lives

Ludmilla, Simone e Simaria e Felipe Araújo fazem lives nesta sexta-feira (24) — Foto: Divulgação

Ludmilla, Simone e Simaria e Felipe Araújo fazem lives nesta sexta-feira (24) — Foto: Divulgação

Hoje tem Ludmilla, Simone e Simaria, Felipe Araújo e mais shows para ver em casa. Funk, sertanejo, música gospel, pagode e rap estão entre transmissões on-line. Veja horários.

  • TV de quarentena: programas de entretenimento voltam à ativa com gravações caseiras e sem luxo

Curtas e Rápidas – Coronavírus:

BBB 20

Manu Gavassi se classificou para a final após vencer prova com quiz — Foto: Reprodução / TV Globo

Manu Gavassi se classificou para a final após vencer prova com quiz — Foto: Reprodução / TV Globo

Manu Gavassi é a primeira finalista do ‘BBB 20’. A cantora venceu ontem a prova de perguntas e respostas sobre momentos marcantes da temporada. Babu, Rafa e Thelma formam o último paredão desta edição do reality show. O mais votado deixa o programa amanhã. Os outros dois disputarão a final com Manu na segunda-feira (27).

Custos da energia

O Ministério de Minas e Energia e a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) estudam recorrer a um empréstimo bancário para cobrir custos extras bilionários que levariam à alta das contas de luz em 2020. Objetivo da operação seria antecipar recursos para distribuidoras, que sofrem com redução de caixa devido à pandemia. Custos extras de 2020 seriam financiados em cinco anos.

Curtas e Rápidas:

  • “Predator: Hunting Grounds” coloca jogadores nos papéis de caçador alienígena e dos soldados do filme
  • Blog do Altieres Rohr: como baixar programas e jogos legítimos no computador

Previsão do tempo

Veja a previsão do tempo nesta sexta-feira (24) em todo o Brasil

Veja a previsão do tempo nesta sexta-feira (24) em todo o Brasil

Fonte: G1

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEXTA-FEIRA NO G1

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA QUINTA-FEIRA NO G1

Por G1

 


Estudo da Fiocruz mostra aumento expressivo nas internações por síndromes respiratórias neste ano e indica subnotificação dos casos de Covid-19 no Brasil. O governo recua e não vai mais antecipar a segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600. Suspensão de contratos e redução de salários e jornada já dominam convenções e acordos coletivos, mostra pesquisa. O podcast O Assunto discute o rastreamento de pessoas pelo celular para combater o novo coronavírus: quais os tipos de monitoramento e até onde a coleta de dados pode ir. E as lives de hoje.

Subnotificações

Estudo da Fiocruz mostra um aumento expressivo, fora dos padrões, de internações por síndromes respiratórias e, ao mesmo tempo, indica subnotificação da Covid-19. O número de internações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) é o maior desde 2010.

Até 4 de abril, o Brasil teve 33,5 mil internações por SRAG. O número está muito acima da média de 3,9 mil casos desde 2010. Supera em muito o surto de H1N1 em 2016, quando foram registrados 10,4 mil casos no mesmo período do ano.

Número de internações por síndromes respiratórias é muito maior neste ano, o que indica uma subnotificação de casos de Covid-19 — Foto: Guilherme Gomes / G1

Número de internações por síndromes respiratórias é muito maior neste ano, o que indica uma subnotificação de casos de Covid-19 — Foto: Guilherme Gomes / G1

O Assunto: rastreamento de pessoas

Como a tecnologia pode ser aliada no controle do novo coronavírus e ajudar na saída do isolamento social? Para falar sobre como governos estão discutindo o uso do rastreamento para a reabertura da economia e a volta gradual à normalidade, Renata Lo Prete conversa com Ronaldo Lemos, advogado e diretor do Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro. Lemos fala quais são os tipos de monitoramento e coleta de dados e até onde eles podem ir. Participa também o colunista do G1 Altieres Rohr, que explica como a coleta de dados é feita e fala sobre a privacidade dos usuários. Ouça:

Auxílio emergencial: segunda parcela

Governo não vai antecipar segunda parcela do auxílio de R$ 600

Governo não vai antecipar segunda parcela do auxílio de R$ 600

Segundo o ministério, como muitas pessoas nem sequer receberam a primeira parcela, seria necessária a abertura de crédito suplementar para garantir a antecipação.

Ajuda de R$ 600: filas e incertezas no DF

Tatiane das Neves com os três filhos — Foto: Arquivo pessoal

Tatiane das Neves com os três filhos — Foto: Arquivo pessoal

Mães que criam filhos sozinhas esperam pelo auxílio-emergencial durante pandemia no Distrito Federal. Elas relatam problemas com cadastro e no recebimento do benefício, a única chance de pagar as contas e comprar comida. Creches e escolas estão fechadas, e as mulheres dizem não ter onde deixar crianças.

Redução de salário e jornada

 — Foto: Economia G1

— Foto: Economia G1

Redução de jornada e salário e suspensão de contratos já dominam convenções e acordos coletivos. Pesquisa mostra que empresas estão recorrendo aos mecanismos autorizados pelo governo para evitar demissões durante a crise provocada pelo coronavírus.

Dificuldade para obter seguro-desemprego

Aplicativo da Carteira de trabalho digital — Foto: Divulgação

Aplicativo da Carteira de trabalho digital — Foto: Divulgação

Trabalhadores que perderam o emprego em plena pandemia do novo coronavírus estão relatando dificuldades para conseguir o seguro-desemprego. Com o fechamento das Superintendências Regionais do Trabalho, os desempregados estão tendo que fazer o pedido online.

Entre as queixas estão impossibilidade de concluir o pedido no site e aplicativo “Carteira de Trabalho Digital” e de obter informações pela central 158.

Política em tempos de pandemia

O presidente Jair Bolsonaro  — Foto: Ueslei Marcelino / Reuters

O presidente Jair Bolsonaro — Foto: Ueslei Marcelino / Reuters

Em meio à crise do novo coronavírus, Bolsonaro decidiu mudar o rumo da articulação política do governo e tem se aproximado do “Centrão”, tentando antecipar as negociações sobre a sucessão de Rodrigo Maia (DEM-RJ) no comando da Câmara. Entenda no blog do Gerson Camarotti.

Indígenas em perigo

Um enawenê nawê, em Mato Grosso; índios são mais suscetíveis a morrer em uma epidemia do que população não-índia — Foto: Vincent Carelli/Vídeo nas Aldeias/Divulgação

Um enawenê nawê, em Mato Grosso; índios são mais suscetíveis a morrer em uma epidemia do que população não-índia — Foto: Vincent Carelli/Vídeo nas Aldeias/Divulgação

81 mil indígenas têm vulnerabilidade crítica em caso de exposição a Covid-19, aponta estudo. Povos indígenas não tiveram o mesmo contato com vírus que não-indígenas e, por isso, são mais suscetíveis à doença. Grupos com mais idosos e que estão mais distantes de UTIs têm maior vulnerabilidade.

Máscaras no Rio

Estátua do apresentador Chacrinha, na Zona Sul do Rio, usando máscara — Foto: Divulgação/ Prefeitura do Rio

Estátua do apresentador Chacrinha, na Zona Sul do Rio, usando máscara — Foto: Divulgação/ Prefeitura do Rio

Começa a valer decreto do prefeito do Rio, Marcelo Crivella, que obriga uso de máscaras no Rio de Janeiro. Para conscientizar a população, as estátuas de Chacrinha, Bellini e Gandhi receberam o adereço nesta quinta-feira (24). O item também passou a ser compulsório em Niterói, Duque de Caxias e Magé.

Erros e acertos ao usar máscaras

Os erros mais comuns no uso de máscaras para se proteger do coronavírus – e como usar corretamente. Uso inadequado da máscara pode aumentar risco de infecção. Cobrir completamente a boca e o nariz é essencial para a proteção.

Erros e acertos no uso da máscara de proteção contra o coronavírus — Foto: Arte/G1

Erros e acertos no uso da máscara de proteção contra o coronavírus — Foto: Arte/G1

Relaxamento na quarentena

retomada das atividades econômicas e cotidianas durante a pandemia precisará ser gradual, monitorada e acompanhada de medidas preventivas, como distanciamento social, limpeza das mãos e uso de máscaras em ambientes aglomerados, como o transporte público, segundo infectologistas ouvidos pelo G1. A transmissão do coronavírus ainda não está contida e poderá continuar infectando mais pessoas e pressionando o serviço público de saúde, que ainda não tem leitos e respiradores suficientes para tratar os pacientes. Entenda.

Lives de hoje

Maiara e Maraisa, Thiaguinho e Alexandre Carlo, do Natiruts, fazem lives nesta quinta-feira (23)  — Foto: Reprodução / Redes Socias / Divulgação

Maiara e Maraisa, Thiaguinho e Alexandre Carlo, do Natiruts, fazem lives nesta quinta-feira (23) — Foto: Reprodução / Redes Socias / Divulgação

Maiara e Maraisa, Thiaguinho, Thiago Brava, Fernanda Abreu, Céu e Alexandre Carlo, vocalista do Natiruts, estão entre as principais lives desta quinta-feira (24). Veja os horários e como assistir.

Dennis DJ

Dennis DJ — Foto: Divulgação

Dennis DJ — Foto: Divulgação

Se a live sertaneja é o maior fenômeno pop do Brasil na quarentena, Dennis DJ vem logo depois. O veterano do funk que já fazia o circuito de rodeios do país agora virou do DJ oficial do “after” das transmissões online. O G1 falou com DJs e foi a uma balada no Zoom para saber sobre a música eletrônica na quarentena.

‘Gatonet’ de lives

Lives de Bruno & Marrone, copiadas da transmissão original, listadas no YouTube — Foto: Reprodução

Lives de Bruno & Marrone, copiadas da transmissão original, listadas no YouTube — Foto: Reprodução

“Gatonet” de lives engana fãs de sertanejos e rouba doações de combate ao coronavírus. Donos de canais com transmissões fake divulgaram QR codes e contas falsas para recebimento de doações que deveriam ser destinadas a famílias afetadas pela pandemia.

Dia de São Jorge

Dia de São Jorge com igreja lotada, em Quintino, em 2019 — Foto: Nathália Castro / TV Globo

Dia de São Jorge com igreja lotada, em Quintino, em 2019 — Foto: Nathália Castro / TV Globo

A pandemia de coronavírus provocou uma grande mudança nas homenagens a São Jorge, hoje, nas igrejas do Rio. Neste feriado, ao invés de paróquias lotadas, as portas estarão fechadas e as missas serão virtuais.

A Igreja Matriz de Quintino, na Zona Norte, que recebe todos os anos centenas de fiéis, desta vez ficará vazia. Mas haverá uma bênção virtual especial pela saúde dos devotos.

“Este ano, São Jorge vai abençoar os devotos em suas casas. Façam de suas casas a Igreja de São Jorge. Essa doença é muito perigosa, não saiam de casa, vamos demonstrar toda a devoção sem sair às ruas. O presente mais valioso que Deus nos deu foi a vida. Então, vamos valorizar esse presente. Quem ama cuida e São Jorge vai cuidar de todos, em seus lares”, disse padre.

Curtas e Rápidas:

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA QUINTA-FEIRA NO G1

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA QUARTA-FEIRA NO G1

Por G1

 


Trabalhadores habilitados a receber o auxílio de R$ 600 ainda não conseguiram o benefício. A Caixa promete pagar hoje a ajuda para 7,2 milhões. Passam de 2,7 mil o número de mortes pelo coronavírus no Brasil. Os enterros diários triplicam em Manaus, e os corpos são armazenados em contêineres e sepultados em valas comuns. Com os hospitais no limite, o Rio já manda pacientes para outras cidades. Em SP, 73% das UTIs estão ocupadas na rede pública. No podcast O Assunto, os acertos de Alemanha e Portugal no combate à Covid-19. E, de Belo Horizonte, as alternativas de um grupo de amigas idosas para driblar a saudade sem prejudicar o isolamento.

Auxílio emergencial

Imagem ilustrativa do aplicativo Auxílio-Emergencial, da Caixa Econômica Federal, que proporciona o direcionamento do benefício R$ 600 a trabalhadores informais e pessoas de baixa renda para contas de outros bancos. — Foto: LUCAS TAVARES/ZIMEL PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Imagem ilustrativa do aplicativo Auxílio-Emergencial, da Caixa Econômica Federal, que proporciona o direcionamento do benefício R$ 600 a trabalhadores informais e pessoas de baixa renda para contas de outros bancos. — Foto: LUCAS TAVARES/ZIMEL PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Milhões de brasileiros já receberam o auxílio emergencial do governo, mas muita gente que está habilitada no cadastro ainda não viu o dinheiro na conta. A Dataprev afirma que espera concluir o processamento de quase dez milhões de cadastros feitos entre os dias 7 e 10 deste mês. Diz também que a concessão do auxílio depende do cumprimento dos critérios, mesmo no caso das famílias inscritas no Cadastro Único ou no Bolsa Família.

A Caixa afirmou que o sistema está sobrecarregado pelos usuários que não têm direito ao auxílio emergencial, mas que acessam o aplicativo mesmo assim. O banco diz que a análise dos beneficiários do Bolsa Família e do Cadastro Único é automática e que as pessoas que tiveram o auxílio negado podem contestar a decisão no próprio aplicativo.

Nesta quarta-feira (22), serão creditados os pagamentos para mais cerca de 7,2 milhões de brasileiros: o lote inclui 1,2 milhão de beneficiários do Cadastro Único que não recebem Bolsa Família e 4,1 milhões de cadastrados via aplicativo e site. Além deles, vão receber os pagamentos 1,9 milháo de beneficiárias do Bolsa Família.

Até as 8h de terça-feira, a Caixa tinha pagado R$ 16,3 bilhões para 24,2 milhões de brasileiros.

Avanço do coronavírus

Média diária de enterros triplica em Manaus, e prefeitura abre valas comuns em cemitérios públicos — Foto: Reprodução/TV Globo

Média diária de enterros triplica em Manaus, e prefeitura abre valas comuns em cemitérios públicos — Foto: Reprodução/TV Globo

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as 19h40 desta terça-feira (21), 43.368 casos confirmados de infectados pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil, com 2.761 mortes pela Covid-19.

As mortes estão concentradas nos estados de São Paulo (1.093), no Rio de Janeiro (461) e em Pernambuco (260) e crescem em ritmo acelerado: quase mil ocorreram nos últimos sete dias.

Balanço divulgado pelo Ministério da Saúde no fim da tarde de terça (21) indicava 43.079 casos e 2.741 mortes no país.

No estado do Rio de Janeiro, em quatro semanas, mais pessoas foram internadas por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) que em todo o ano de 2019, segundo levantamento do G1 com base em dados da Fiocruz. Os dados, segundo especialistas, apontam para a subnotificação dos casos do novo coronavírus.

As unidades de terapia intensiva (UTI) de Manaus já chegavam ao seu limite de atendimento. Por falta de vagas e de pessoal, os hospitais já não conseguem atender todos os pacientes. O governo do estado declarou que o sistema de saúde do Amazonas está entrando em colapso. A Prefeitura de Manaus abriu valas comuns em cemitério para enterrar vítimas de coronavírus.

Em São Paulo, por outro lado, a fila de testes de Covid-19 que aguardam análise caiu de mais de 20 mil na semana passada para 4,1 mil nesta nesta segunda-feira (20), segundo informações do Instituto Butantan.

O governo de João Doria deve anunciar hoje o plano do estado para reabrir a economia a partir de 11 de maio, quando termina o prazo da quarentena decretada desde o fim de março.

O Assunto

Enquanto a Europa amarga uma taxa média de mortalidade superior a 8% entre os infectados pelo coronavírus, no país mais rico e populoso do bloco ela é inferior a 3%. E está pouco acima disso em Portugal, que vem conseguindo conter os danos da pandemia apesar da vizinhança com a devastada Espanha.

Muita testagem, reforço do sistema hospitalar, coordenação das autoridades e adesão da sociedade a medidas de distanciamento social: Renata Lo Prete discute as circunstâncias e as ações que levaram a resultados positivos em conversas com dois jornalistas brasileiros. Silvia Bittencourt vive na Alemanha há quase 30 anos. Leonardo Monteiro está há quatro em Portugal. Ouça abaixo:

Relatos da pandemia

O grupo cultural Meninas de Sinhá surgiu na favela do Alto Vera Cruz há mais de 20 anos — Foto: Lígia Nassif/Divulgação

O grupo cultural Meninas de Sinhá surgiu na favela do Alto Vera Cruz há mais de 20 anos — Foto: Lígia Nassif/Divulgação

“Hoje eu ouvi Jovem Guarda a manhã toda. Dancei, espantei a tristeza”, disse Sueli Avelino, de 64 anos, moradora da favela do Alto Vera Cruz, na Região Leste de Belo Horizonte. Ela está isolada com o marido em casa e não vê os filhos e os cinco netos há dois meses por causa da pandemia do novo coronavírus.

“Eu fico na janela e eles passam na porta rapidinho. Uma saudade que eu tô! Mas não pode. Ainda mais eu que passei pro transplante de medula óssea”.

Sueli é uma das 22 mulheres que fazem parte do grupo cultural Meninas de Sinhá. Criado em 1996, no Alto Vera Cruz, ele resgata antigas cantigas de roda e a tradição da oralidade.

Temporários na quarentena

Levantamento da Associação Brasileira do Trabalho Temporário (Asserttem) mostra que o movimento de contratações temporárias em meio à pandemia do novo coronavírus ocorre, especialmente, na prestação de serviço para as áreas da saúde, indústria de suprimentos, alimentos, supermercados e serviços essenciais.

Segundo a presidente da entidade, Michelle Karine, na área da saúde, as contrações são grandes nas redes hospitalares para reforçar quadro de enfermeiros, técnicos de enfermagem e profissionais de manutenção, copa e recepção, por exemplo.

Lives ‘proibidonas’

Pk Delas (centro) e Gabriel do Borel (topo e abaixo) reagem enquanto mulheres dançam em lives no Instagram — Foto: Reprodução/Instagram/pkdelas/djgabrieldoborel

Pk Delas (centro) e Gabriel do Borel (topo e abaixo) reagem enquanto mulheres dançam em lives no Instagram — Foto: Reprodução/Instagram/pkdelas/djgabrieldoborel

Enquanto mulheres dançam e, em alguns casos, tiram a roupa, funkeiros como Gabriel do Borel e PK Delas incentivam, comemoram e atuam como DJs em lives no Instagram.

São transmissões ao vivo na rede social, em que os artistas e seus amigos aparecem em uma janela, fazendo um DJ set. Na outra janela, eles adicionam fãs, que estão dispostas a rebolar e até se masturbar ou receber sexo oral do parceiro ao som da live.

As “lives proibidonas” começaram no início deste mês, durante o isolamento social por causa da pandemia da Covid-19. A “expulsão” das participantes da live demora ao menos um minuto após o início da cena de sexo e nudez.

“Comportamento é jeito de extravasar”, diz DJ Gabriel do Borel ao G1. A assessoria de PK Delas fala que “é difícil controlar”. Contas com “repetidas violações” podem ser removidas, segundo o Instagram.

Mistério na Coreia do Norte

Última aparição pública de Kim Jong-un, ditador da Coreia do Norte, é uma fotografia em que aparece vistoriando aviões militares datada de 12 de abril — Foto: KCNA/via Reuters

Última aparição pública de Kim Jong-un, ditador da Coreia do Norte, é uma fotografia em que aparece vistoriando aviões militares datada de 12 de abril — Foto: KCNA/via Reuters

O verdadeiro estado de saúde do ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-un, continua cercado de mistérios. A imprensa norte-americana noticiou na segunda-feira (20) que o norte-coreano estava em estado grave após uma cirurgia cardiovascular.

Além das fontes do governo americano, um site mantido por desertores da Coreia do Norte também publicou que o ditador teve a saúde agravada devido à obesidade e ao hábito de fumar. Oficialmente, Donald Trump disse na terça-feira (21) que “ninguém confirmou que o presidente da Coreia do Norte está doente”.

Mega-Sena

 Aposta única da Mega-Sena custa R$ 4,50 e apostas podem ser feitas até às 19h — Foto: Marcelo Brandt/G1

Aposta única da Mega-Sena custa R$ 4,50 e apostas podem ser feitas até às 19h — Foto: Marcelo Brandt/G1

O concurso 2.254 pode pagar um prêmio de R$ 24 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h desta quarta-feira (22) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. A aposta mínima custa R$ 4,50 e pode ser feita até as 19h (de Brasília).

Motos

Protótipo de moto elétrica da Kawasaki estava no Salão de Milão 2019 — Foto: Rafael Miotto/G1

Protótipo de moto elétrica da Kawasaki estava no Salão de Milão 2019 — Foto: Rafael Miotto/G1

Sem alarde, a Kawasaki está desenvolvendo a primeira Ninja elétrica de sua história. O caminho está sendo percorrido pelas grandes montadoras, como a Harley-Davidson. O modelo terá transmissão manual de 4 marchas e tem visual similar ao da família Ninja atual, com carenagens esportivas.

Hoje é dia de…

  • Dia do Descobrimento do Brasil
Fonte: G1
Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA QUARTA-FEIRA NO G1

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEGUNDA-FEIRA NO G1

Por G1

 


A semana começa com a tensão entre Bolsonaro e o Congresso. Ontem o presidente discursou durante um ato em Brasília que defendia intervenção militar, o que não está previsto na Constituição, e pedidos de fechamento do Congresso e do STF. Em meio a esse clima, vence hoje o prazo da medida provisória que criou o contrato Verde e Amarelo, projeto do governo que visa estimular a geração de empregos, principalmente entre os jovens. O texto está em vigor, mas precisa ser aprovado pelo Congresso. O Brasil chegou a 2.462 mortes por coronavírus com uma letalidade de 6,4%. A Caixa paga mais um lote do auxílio emergencial de R$ 600.

Bolsonaro em ato

Bolsonaro discursa em Brasília para manifestantes que pediam intervenção militar

Bolsonaro discursa em Brasília para manifestantes que pediam intervenção militar

O presidente Jair Bolsonaro discursou ontem durante um ato em Brasília que defendia uma intervenção militar, o que não está previsto na Constituição, e também o fechamento do Congresso e do STF.

Dezenas de simpatizantes se aglomeraram para ouvir o presidente, contrariando as orientações de isolamento social da Organização Mundial da Saúde (OMS) para evitar a propagação do coronavírus. Durante o discurso, Bolsonaro tossiu algumas vezes, sem usar a parte interna do cotovelo, conforme orientação das autoridades sanitárias.

Do alto de uma caminhonete, Bolsonaro disse que ele e seus apoiadores não querem negociar nada e voltou a criticar o que chamou de “velha política”.

“Nós não queremos negociar nada. Nós queremos é ação pelo Brasil. O que tinha de velho ficou para trás. Nós temos um novo Brasil pela frente. Todos, sem exceção, têm que ser patriotas e acreditar e fazer a sua parte para que nós possamos colocar o Brasil no lugar de destaque que ele merece. Acabou a época da patifaria. É agora o povo no poder.”

Reação

Políticos e entidades criticam discurso de Bolsonaro em ato a favor da intervenção militar

Políticos e entidades criticam discurso de Bolsonaro em ato a favor da intervenção militar

Políticos e entidades se posicionaram sobre a participação do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), em um ato em Brasília que defendia medidas ilegais, como a intervenção militar. Ministros do STF, governadores e entidades repudiaram o discurso.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), publicou em uma rede social, mensagem na qual repudia “todo e qualquer ato que defenda a ditadura, atentando contra a Constituição”.

Maia: 'Temos que lutar contra o corona e contra o vírus do autoritarismo"

Maia: ‘Temos que lutar contra o corona e contra o vírus do autoritarismo”

Contrato Verde e Amarelo

E em meio a esse clima de tensão entre o presidente e o Congresso, perde validade hoje a medida provisória (MP) que criou o contrato Verde e Amarelo, texto editado pelo governo em novembro do ano passado, com o intuito de reduzir encargos trabalhistas de empresas e, dessa forma, estimular a geração de empregos, principalmente entre os jovens.

A medida está em vigor desde a edição pelo Executivo, mas precisa ser aprovada pelo Congresso para se transformar em lei. O prazo para a análise de uma MP pelo Legislativo é de 120 dias. Se o texto não for votado nesta segunda e perder a validade, caberá ao Congresso aprovar um projeto de decreto legislativo para regulamentar o que acontecerá com os contratos firmados durante a vigência da MP.

Neste domingo, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), sugeriu ao presidente Jair Bolsonaro que reedite a MP. “Para ajudar as empresas a manter os empregos dos brasileiros, sugiro ao presidente @jairbolsonaro que reedite amanhã (20) a MP 905, do Contrato Verde e Amarelo. Assim, o Congresso Nacional terá mais tempo para aperfeiçoar as regras desse importante programa”, escreveu Alcolumbre em uma rede social.

Seguro obrigatório

A medida provisória (MP) que extinguiria, a partir de 2020, o seguro obrigatório Dpvat e o Dpem perderá a validade nesta segunda-feira (20). Não houve acordo entre os parlamentares para a votação do texto editado pelo governo federal em novembro do ano passado.

O Dpvat é pago todos os anos por proprietários de veículos e indeniza vítimas de acidente de trânsito. O Dpem assiste vítimas de danos causados por embarcações. Do total arrecadado com o Dpvat, 45% deve ser destinado para o Ministério da Saúde, para custear o atendimento hospitalar de vítimas; 5% para programas de prevenção de acidentes; e o restante, para indenizações.

O texto também foi questionado no Supremo Tribunal Federal pelo partido Rede Sustentabilidade. Em dezembro do ano passado, a Corte suspendeu a medida provisória. Com a suspensão, a cobrança do DPVAT prosseguiu em 2020.

Coronavírus

O Ministério da Saúde divulgou neste domingo (19) o mais recente balanço dos casos de coronavírus no Brasil. Os principais dados são:

  • 2.462 mortes – no sábado, eram 2.347 (aumento de 4,9%)
  • 38.654 confirmados – no sábado , eram 36.599 (aumento de 5,6%)
  • 6,4% é a taxa de letalidade
  • em 7 dias foram 1.239 mortes a mais (aumento de 101%)
  • São Paulo tem 1.015 mortes e 14.267 casos

Os estados com mais mortes confirmadas são:

  • São Paulo – 1.015
  • Rio de Janeiro – 402
  • Pernambuco – 216
  • Ceará – 186
  • Amazonas – 182

No mundo, a Nova Zelândia mantém restrições mesmo com número baixo de casos, a Alemanha se prepara para reabrir parte do comércio e a Índia registra o pico de casos desde o início da doença. Leia as últimas sobre o coronavírus.

Um funcionário da segurança limpa carrinhos de compras na entrada de uma loja de jardinagem em Munique, na Alemanha, nesta segunda-feira (20) — Foto: Matthias Schrader/AP

Um funcionário da segurança limpa carrinhos de compras na entrada de uma loja de jardinagem em Munique, na Alemanha, nesta segunda-feira (20) — Foto: Matthias Schrader/AP

Pesquisa Datafolha

Pesquisa realizada pelo instituto Datafolha e divulgada pelo jornal “Folha de S. Paulo” neste domingo (19) mostra que 89% dos entrevistados avaliam que os políticos deveriam deixar para os médicos a avaliação sobre o uso da cloroquina.

A pesquisa mostra que 7% consideram melhor os políticos incentivarem o uso da cloroquina e 4% declararam não saber.

O levantamento foi feito na sexta-feira (17). Foram ouvidas 1.606 pessoas por telefone em todas as regiões do país. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Exclusivo Fantástico

"É um vírus ruim, perigoso", alerta Nobel de Medicina sobre coronavírus

“É um vírus ruim, perigoso”, alerta Nobel de Medicina sobre coronavírus

O novo coronavírus é o atual pesadelo da humanidade, mas a nossa história está marcada por outras pandemias que também foram causadas por vírus.

O repórter Álvaro Pereira Júnior, do Fantástico, conversou com o Prêmio Nobel de Medicina que desvendou como o nosso organismo reage ao ataque de um vírus.

“É um vírus ruim, perigoso”, afirmou o Dr. Peter Doherty. Assista acima

Auxílio emergencial

A Caixa Econômica Federal segue com o calendário de pagamentos do auxílio emergencial de R$ 600. Nesta segunda-feira (20), serão creditados os pagamentos para 6.154.392 pessoas, entre beneficiários do Bolsa Família e inscritos via aplicativo e site, que vão receber por meio de poupança digital da CEF. Até as 21h de sexta-feira, já haviam sido pagos R$ 11,36 bilhões para 16,6 milhões de brasileiros.

O Assunto

Eles trabalham juntos há mais de duas décadas, em variados estádios, estúdios, cidades e países. Agora, a parceria virou remota e ganhou um novo objeto: a retransmissão de jogos históricos do futebol brasileiro. No quarto episódio da série sobre as transformações causadas no cotidiano pelo isolamento social, Renata Lo Prete conversa com o narrador Galvão Bueno e o comentarista Walter Casagrande JrOuça abaixo:

Violência contra a mulher

Levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FSBP) em parceria com a empresa de pesquisas Decode Pulse mostra que os relatos de terceiros sobre brigas de casais na internet aumentaram desde o início do isolamento social provocado pela pandemia do coronavírus.

No total, foram analisadas 52.315 menções no Twitter. Segundo o Fórum, a pesquisa foi feita após vários países registrarem aumento nos casos de violência contra as mulheres, desde que a pandemia do novo coronavírus se espalhou pelo mundo.

Reinvenção do teatro

'Pluft, o Fantasminha' se apresenta no Teatro Isabel nos dias 20 e 21 de julho — Foto: Costa Neto/Divulgação

‘Pluft, o Fantasminha’ se apresenta no Teatro Isabel nos dias 20 e 21 de julho — Foto: Costa Neto/Divulgação

Com o fechamento dos teatros na quarentena, cerca de 12 mil profissionais do setor tiveram que parar, só no Rio e em São Paulo. A estimativa da Associação dos Produtores de Teatro (APTR) é que, nas duas capitais, as temporadas de quase 350 peças tenham sido interrompidas pela pandemia do coronavírus.

Segundo a entidade, pelo menos 70% desses espetáculos não tinham patrocínio – ou seja, suas rendas dependiam exclusivamente da bilheteria. “Nosso setor vive de aglomeração. A música tem os direitos autorais. O audiovisual ainda pode ser exibido em plataformas de streaming. Já o teatro é feito ao vivo”, diz Eduardo Barata, presidente da APTR.

Live do Rei

Roberto Carlos pede uso de máscaras — Foto: Reprodução/GloboPlay

Roberto Carlos pede uso de máscaras — Foto: Reprodução/GloboPlay

O cantor Roberto Carlos se apresentou ao vivo neste domingo (19), direto de seu estúdio no Rio de Janeiro, para comemorar o aniversário de 79 anos, em show transmitido pelo Globoplay.

Entre sucessos como “Emoções”, o rei aproveitou para reforçar um pedido durante a pandemia de Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus: “Fique em casa”. Ele ainda mostrou a máscara que estava usando antes de começar a cantar e ressaltou a importância do uso.

“Só tirei porque preciso cantar, cantar de máscara é estranho”, justificou.

“Quero dizer para vocês que estava usando essa máscara, ela está usada. Vocês têm que usá-la com certeza. Isso é uma defesa muito grande contra tudo isso que está acontecendo neste momento, que eu não gosto nem de falar o nome”, disse Roberto.

Roberto Carlos comemora aniversário de 79 anos com live

Roberto Carlos comemora aniversário de 79 anos com live

Fonte: G1

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEGUNDA-FEIRA NO G1

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEXTA-FEIRA NO G1

Por G1

 


economia da China encolheu 6,8% no primeiro trimestre. Nelson Teich, o novo ministro da Saúde, toma posse. A demissão de Mandetta e o futuro da saúde no país é o tema do podcast O Assunto. E saiba quem é novo comandante das ações contra a pandemia do coronavírus, que já matou quase 2 mil e infectou mais de 30 mil no Brasil. A Câmara aprova projeto que amplia alcance da ajuda de R$ 600 e derruba exigência de CPF. E fique por dentro das lives que agitam o final de semana na quarentena.

Economia encolheu na China

Economia da China encolhe pela primeira vez desde 1976

Economia da China encolhe pela primeira vez desde 1976

A economia da China contraiu-se no primeiro trimestre deste ano. O Produto Interno Bruto (PIB) do gigante asiático caiu 6,8% no período, confirmando os efeitos causados pela pandemia do novo coronavírus que parou o país no início de 2020.

No último trimestre de 2019, o crescimento foi de 6% em relação ao ano anterior.

Nelson Teich, o novo ministro da Saúde

Saiba quem é Nelson Teich, novo ministro da Saúde

Saiba quem é Nelson Teich, novo ministro da Saúde

O novo ministro da Saúde, Nelson Teich, toma posse hoje. Ontem, ao ser anunciado por Jair Bolsonaro no lugar de Luiz Henrique Mandetta, afirmou que não haverá uma “definição brusca” em relação às orientações sobre o isolamento social, mas que está alinhado ao presidente. Saiba mais sobre o novo titular da pasta que comanda o combate à epidemia de Covid-19.

O Assunto: A troca de ministro e o futuro da Saúde

A saída de Mandetta era questão de tempo – e se concretizou. Depois de semanas de discordâncias públicas, o presidente Jair Bolsonaro demitiu o ministro e colocou Nelson Teich na vaga. Em conversa com Renata Lo Prete, o colunista do G1 Helio Gurovitz analisa como fica agora o combate à Covid-19 e fala dos erros e acertos do ex-ministro. Helio discute também a situação de Bolsonaro após demitir o ministro em meio à pandemia. Ouça:

Ajuda de R$ 600

Câmara aprova fim da exigência de CPF ou título de eleitor para ajuda de R$ 600

Câmara aprova fim da exigência de CPF ou título de eleitor para ajuda de R$ 600

A Câmara dos Deputados aprovou ontem projeto de lei que estende o auxílio emergencial de R$ 600 pago a trabalhadores informais por três meses a outros grupos sociais, incluindo mães adolescentes. Pais solteiros que sejam chefes de família receberão em dobro o auxílio, criado como forma de compensar a perda de renda de trabalhadores informadores em razão da crise do coronavírus. A proposta aprovada também permite que recebam o auxílio pessoas que não têm CPF ou título de eleitor.

Mortes na linha de frente

 — Foto: Susana Vera / Reuters

— Foto: Susana Vera / Reuters

Brasil registra ao menos 30 mortes de profissionais de enfermagem causadas pela Covid-19, de acordo com balanço do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen). Os dados retratam o impacto das infecções do novo coronavírus entre enfermeiros, técnicos e assistentes até quarta-feira (15). Outros 4 mil profissionais estão afastados pela doença, sendo 552 com diagnóstico confirmado e mais de 3,5 mil em investigação. E mais: já são mais de 4,8 mil denúncias por falta de equipamentos de proteção individual (EPIs) para trabalhar.

Máscaras obrigatórias em BH

 — Foto: Heloise Hamada / G1

— Foto: Heloise Hamada / G1

A partir de quarta-feira (22), quem passar pelas ruas e estabelecimentos de Belo Horizonte vai ter que usar máscara. A proteção passa a ser obrigatória. De acordo com o documento, a medida é válida para todo o espaço público, transporte coletivo e para o comércio.

Linguagem de favela em BH

Moradores do Morro do Papagaio em BH fazem rap para conscientizar comunidade

Moradores do Morro do Papagaio em BH fazem rap para conscientizar comunidade

Um carro de som, alugado por R$ 20 a hora, circula pelas ruas e vielas do Morro do Papagaio, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, tocando um rap que já virou hit na comunidade. Rap “Corona, cerol fininho” e grupo de WhatsApp ajudam a conscientizar moradores.

Ideia surgiu da necessidade de fazer as pessoas se identificarem com a letra e, assim, entenderem a importância das medidas de prevenção.

“Pra favela é complicado mudar suas ações. Mas, na medida do possível, sigam as orientações”. Este é um trecho de “Corona, cerol fininho”, composto pelo líder comunitário Júlio Fessô em parceria com o MC Jhonata. “É a linguagem da favela”, diz um dos autores da composição.

Canto na janela virou show no Rio

Cantora faz shows na janela do apartamento no Flamengo, na Zona Sul do Rio

Cantora faz shows na janela do apartamento no Flamengo, na Zona Sul do Rio

O isolamento social devido ao novo coronavírus transformou a janela da cantora Chrystal Faini em uma espécie de palco. Uma vez por semana, ela tem dado shows para seus vizinhos no Condomínio Residência, no Flamengo, Zona Sul do Rio.

“Eu resolvi ir para a janela do meu prédio levar um pouco de amor para meus vizinhos através do canto. Eu nunca iria imaginar que o prédio todo iria parar para assistir, aplaudir e muito menos cantar junto”, disse a cantora. “A minha primeira reação foi arrepio, seguido de choro e gritos de alegria. Essa foi a primeira vez que eu fiz algo tão ousado e que deu uma resposta tão linda.”

Rei na TV e Globoplay

Roberto Carlos — Foto: Natália Clementin/G1

Roberto Carlos — Foto: Natália Clementin/G1

Roberto Carlos vai comemorar seu aniversário de 79 anos nesse domingo (19), com a TV Globo e o Globoplay. O cantor estará em seu estúdio, na Urca, no Rio de Janeiro, e o Domingão do Faustão exibirá, ao vivo, às 19h45, as duas primeiras músicas.

O público poderá cantar todos os sucessos com o Rei e acompanhar a apresentação completa, com duração prevista de 45 minutos, no Globoplay e no canal de Roberto Carlos no Youtube.

Lives desta sexta-feira

Maiara e Maraisa, Marília Mendonça e Zé Neto e Cristiano participam do WorkShow Live — Foto: Divulgação

Maiara e Maraisa, Marília Mendonça e Zé Neto e Cristiano participam do WorkShow Live — Foto: Divulgação

Hoje tem Marília Mendonça, Fresno, Maiara e Maraisa, Zé Neto e Cristiano, João Neto & Frederico, Dilsinho, Paulo & Nathan, Diego & Victor Hugo, Luísa & Maurílio, Léo Santana, Mariana Fagundes e mais.

US$ 900 para cada japonês

O governo do Japão pagará US$ 900 a cada um de seus cidadãos para compensar as perdas econômicas causadas pela pandemia de coronavírus. Não está claro, porém, se pagamento serão feitos independentemente de renda ou idade, e se, além dessa parcela, o governo planeja continuar com esses desembolsos se a pandemia de coronavírus continuar.

Curtas e Rápidas – Coronavírus:

Educação

Site do Enem — Foto: Reprodução site do Enem

Site do Enem — Foto: Reprodução site do Enem

Termina às 23h59 desta sexta-feira o prazo para pedir isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020. O participante que deseja solicitar o direito de não pagar a taxa e estiver dentro dos critérios do edital deve acessar a página do Enem 2020 e se inscrever. O resultado será divulgado no dia 24 de abril.

Morre cantor francês Christophe

Christophe em imagem de 11 de dezembro de 2019 em Paris — Foto: Joel Saget / AFP Photo

Christophe em imagem de 11 de dezembro de 2019 em Paris — Foto: Joel Saget / AFP Photo

Daniel Bevilacqua (seu verdadeiro nome), deu entrada em um hospital de Paris no dia 26 de março com enfisema, sendo transferido posteriormente para Brest (oeste). Família não citou a Covid-19.

Curtas e Rápidas:

  • Blog do Altieres: Como saber se você está baixando um aplicativo legítimo ou oficial

Fonte: G1

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEXTA-FEIRA NO G1

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA QUINTA-FEIRA NO G1

Por G1

 


Justiça derruba exigência de regularizar o CPF para receber a ajuda de R$ 600, barreira que estava provocando filas e aglomerações pelo Brasil. Mapa de Prefeitura de SP mostra que as mortes por coronavírus estão concentradas na periferia. A provável substituição de Mandetta no Ministério da Saúde é tema do podcast O Assunto, com Renata Lo Prete e Natuza Nery. Os EUA têm 2.569 mortes em 24 horas, maior nº já registrado na pandemia. E o Monitor da Violência, ferramenta exclusiva do G1, mostra que o número de pessoas mortas pela polícia cresceu no Brasil em 2019.

Ajuda de R$ 600, filas e o CPF

O juiz federal Ilan Presser, do Tribunal Regional Federal da Primeira Região (TRF-1), suspendeu a exigência de regularização do Cadastro de Pessoa Física (CPF) para que a pessoa possa receber o auxílio emergencial de R$ 600. A regularização do CPF é uma das exigências da Receita Federal para a pessoa receber o pagamento. A Justiça entendeu que a exigência tem provocado aglomerações, o que contraria orientações das autoridades de saúde.

Calendário de pagamentos

A Caixa Econômica Federal começa a pagar hoje a primeira parcela do Auxílio Emergencial para os beneficiários do Bolsa Família e para os trabalhadores que se inscreveram no programa emergencial por meio do aplicativo e do site.

Mortes da periferia de São Paulo

Mortes suspeitas ou confirmadas de coronavírus se concentram na periferia da cidade de São Paulo, aponta estudo. — Foto: Divulgação / Secretária Municipal de Saúde

Mortes suspeitas ou confirmadas de coronavírus se concentram na periferia da cidade de São Paulo, aponta estudo. — Foto: Divulgação / Secretária Municipal de Saúde

A cidade de São Paulo registrou, entre os dias 23 de fevereiro e 11 de abril, 1.207 mortes confirmadas ou suspeitas de coronavírus, segundo a Secretaria Municipal da Saúde. Os dados fazem parte de um mapa divulgado pela pasta que mostra a distribuição dos óbitos por distrito. O mapa da prefeitura mostra concentração de vítimas na periferia.

Segundo o mapa, até o último sábado (11), a cidade tinha 1.207 mortes potencialmente causadas pelo coronavírus, entre óbitos confirmados e suspeitos. Na mesma data, a Secretaria Estadual da Saúde anunciou 422 mortes confirmadas por coronavírus na capital. Portanto, das 1.207 mortes apresentadas no mapa, 785 são suspeitas. A diferença dos números oficiais com o mapa se deve, em grande parte, ao atraso no processamento dos exames pelos laboratórios credenciados no estado.

  • Jovens da periferia arrecadam R$ 120 mil para ajudar famílias carentes na Zona Sul de SP durante pandemia

Monitor da violência

 — Foto: Amanda Paes / G1

— Foto: Amanda Paes / G1

O Brasil teve ao menos 5.804 pessoas mortas por policiais no ano passado – um dado maior que em 2018. No mesmo período, 159 policiais foram assassinados – número bem menor que o do ano anterior. É o que mostra um levantamento feito pelo G1 com base nos dados oficiais de 25 estados e do Distrito Federal. Apenas Goiás se recusa a passar os dados. A pesquisa mostra que o número de pessoas mortas pela polícia cresceu em 2019 e o assassinatos de policiais caíram pela metade.

Mandetta até quando na Saúde?

Mandetta reconhece divergência com Bolsonaro e admite sair; saiba o que disse o ministro

Mandetta reconhece divergência com Bolsonaro e admite sair; saiba o que disse o ministro

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou ontem que ele e os secretários que o auxiliam entraram juntos no ministério e sairão juntos. Mais cedo, seu secretário de Vigilância em Saúde Wanderson de Oliveira chegou a pedir demissão em razão da provável saída de Mandetta do ministério devido às divergências com o presidente Jair Bolsonaro. Mandetta não aceitou o pedido.

Durante entrevista, Mandetta falou em tom de adeus do Ministério da Saúde. Ele reconheceu divergência com Bolsonaro, e admitiu sair. Saiba o que disse o ministro.

Hoje, Mandetta deve ser o centro do noticiário outra vez, pois é provável que ele se reúna com o presidente.

O Podcast “O Assunto” fala hoje sobre a provável substituição de Mandetta. Para entender a queda-de-braço com Bolsonaro, Renata Lo Prete conversa com Natuza Nery, comentarista da GloboNews. Ouça:

Servidores sem reajustes

O projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2021, enviado ontem pelo governo ao Congresso Nacional, não prevê reajustes para servidores públicos no próximo ano. O PLDO foi apresentado pelo Ministério da Economia e, segundo o secretário de Orçamento Federal, George Soares, o texto prevê somente a transformação de cargos e de funções, sem alterações na remuneração.

A tragédia dos números nos EUA

Profissionais de saúde socorrem mulher com dificuldades de respirar, um dos sintomas da Covid-19, em Nova York (EUA) nesta quarta-feira (150 — Foto: Lucas Jackson / Reuters

Profissionais de saúde socorrem mulher com dificuldades de respirar, um dos sintomas da Covid-19, em Nova York (EUA) nesta quarta-feira (150 — Foto: Lucas Jackson / Reuters

Os Estados Unidos registraram ontem um novo recorde, com quase 2.600 mortes provocadas pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, o pior boletim diário para um país em todo o mundo. São 2.569 pessoas morreram de Covid-19 entre as 20h30 local de terça e o mesmo horário de quarta. Já são 28.325, mais do que qualquer outro país.

Desviando o foco

Anúncio de Trump sobre a suspensão do financiamento da OMS desencadeia corrente de crítica

Anúncio de Trump sobre a suspensão do financiamento da OMS desencadeia corrente de crítica

No meio da pandemia, o presidente Donald Trump cumpriu uma ameaça feita na semana passada e anunciou que os EUA congelarão a contribuição à Organização Mundial da Saúde (OMS). Mas o que significa a suspensão do financiamento dos EUA para a OMS e para Trump? Entenda no blog da Sandra Cohen.

Transmissão comunitária nas Américas

No mundo, já são mais de 2 mi de infectados e 137 mil mortos pela Covid-19

No mundo, já são mais de 2 mi de infectados e 137 mil mortos pela Covid-19

O mundo tem atualmente 24 países em que a transmissão do novo coronavírus é considerada comunitária. Metade dos integrantes deste grupo estava nas Américas até ontem, de acordo com a OMS. Transmissão comunitária é a fase do contágio em que a origem da transmissão não pode ser identificada e é considerado que o vírus circula de forma sustentada naquele território.

Há um mês, a primeira morte no Brasil

Mãe do 1ª brasileiro que morreu com Covid-19 está preocupada com o marido e filhos

Mãe do 1ª brasileiro que morreu com Covid-19 está preocupada com o marido e filhos

primeira morte por Covid-19 no Brasil completa um mês nesta quinta-feira. Desde então, o Brasil já registrou mais de 1.700 mortes e mais de 28 mil casos.

A vítima foi um homem de 62 anos que estava internado no Hospital Sancta Maggiore, da Rede Prevent Sênior, no Paraíso, Zona Sul de São Paulo. Ele tinha histórico de diabetes e hipertensão, além de hiperplasia prostática — um aumento benigno da próstata que não é uma doença, mas uma condição comum em homens mais velhos e que pode causar infecções urinárias.

Na época, o infectologista David Uip, coordenador do Centro de Contingência para o coronavírus no estado de São Paulo, informou que a vítima teve os primeiros sintomas da doença no dia 10 de março, sendo internada quatro dias depois, dia 14, e morrendo às 16h03 de segunda-feira, 16 de março.

Certo e errado em tempos de pandemia

Coronavírus: veja jeito certo e errado de gestos do dia a dia durante a pandemia

Coronavírus: veja jeito certo e errado de gestos do dia a dia durante a pandemia

Alguns gestos e comportamentos do dia a dia precisam ser repensados para ficarem de acordo com as medidas de higiene necessárias para conter a pandemia. Vídeo mostra alguns bons hábitos para se proteger da contaminação.

Anticorpos

Coleta de sangue de dedo de paciente com suspeita de coronavírus em drive-thru de Florianópolis — Foto: Diórgenes Pandini /NSC

Coleta de sangue de dedo de paciente com suspeita de coronavírus em drive-thru de Florianópolis — Foto: Diórgenes Pandini /NSC

Entenda nova proposta do Butantan para tratamento com anticorpos de pacientes curados. Método tem pontos em comum com a terapia de plasma já utilizada no Brasil, mas estudo demanda mais tempo por ter uma seleção de genes que garante produto específico contra o vírus.

17 horas de fila e oferta de emprego

Desabafo de mestre de obras provoca a união de vizinhos em rede de solidariedade

Desabafo de mestre de obras provoca a união de vizinhos em rede de solidariedade

A busca do mestre de obras Raimundo Nonato de Souza, de 56 anos, por um emprego pode finalmente chegar ao fim. Após ser entrevistado pelo Bom Dia Rio, uma empresária ofereceu emprego ao homem, que há dez anos busca uma oportunidade de trabalho.

Ele foi ouvido enquanto tentava regularizar o número de CPF e, assim, conseguir dar entrada no auxílio emergencial de R$ 600 disponibilizado pelo governo devido à pandemia do novo coronavírus. O homem passou a noite na porta de um posto da Receita Federal em Madureira, na Zona Norte do Rio, até, enfim, conseguir corrigir as informações no cadastro. Foram 17 horas na fila.

Relatos da pandemia

Emprego: videoentrevista

Videoentrevista se tornou rotina nos processos seletivos para vagas de emprego — Foto: Reprodução / TV Globo

Videoentrevista se tornou rotina nos processos seletivos para vagas de emprego — Foto: Reprodução / TV Globo

Com pandemia, videoentrevista ganha destaque nas seleções de emprego. Entrevista online é tão formal quanto a presencial, por isso, o candidato deve ter o mesmo cuidado que teria se fosse até o escritório da empresa. Confira dicas e os cuidados a serem tomados.

‘Just Dance’

Daya Luz e Pâmella Ribeiro dão dicas para 'Just Dance' em casa

Daya Luz e Pâmella Ribeiro dão dicas para ‘Just Dance’ em casa

“Just Dance” é boa opção de exercícios em casa. A cantora Daya Luz, que é ex-bailarina do Faustão, e e a vice-campeã mundial e bicampeã brasileira do jogo Pâmella Ribeiro ajudam iniciantes. Repórter do G1 tentou seguir passos.

Lives

Di e Gee, ex-colegas de NX Zero, e Fresno fazem lives com 'emo raiz' nesta quinta (16) e sexta (17) — Foto: Divulgação

Di e Gee, ex-colegas de NX Zero, e Fresno fazem lives com ‘emo raiz’ nesta quinta (16) e sexta (17) — Foto: Divulgação

Curtas e Rápidas – Coronavírus:

Casamento no hospital

Gabriela com o pai, Glauco Palheta, no dia do casamento. Cerimônia aconteceu dentro do Hospital Alemão Oswaldo Cruz — Foto: Arquivo pessoal

Gabriela com o pai, Glauco Palheta, no dia do casamento. Cerimônia aconteceu dentro do Hospital Alemão Oswaldo Cruz — Foto: Arquivo pessoal

A cama de hospital onde estava o piloto de avião Glauco Palheta, de 56 anos, foi escoltada por enfermeiros pelos corredores do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo. Dessa vez, o trajeto não era para realizar algum exame de emergência. Ao lado da cama, estava a filha de Glauco, a estudante Gabriela, de 22 anos, de vestido branco e com um buquê na mão.

Assim, pai e filha entraram na cerimônia de casamento que ocorreu num quarto do hospital no último dia 5 de abril. A cerimônia original estava marcada para o final de maio, mas teve de ser adiantada para que Glauco, que estava em estágio terminal de câncer, pudesse participar da celebração. Ele morreu na manhã seguinte ao casamento.

Previsão do tempo

Veja como fica o tempo nesta quinta (16)

Veja como fica o tempo nesta quinta (16)

Fonte: G1Ciência, dire

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA QUINTA-FEIRA NO G1

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA QUARTA-FEIRA NO G1

Por G1

 


Dados apontam que casos graves de Covid-19 pode ser o dobro. Com primeira morte no Tocantins, todos os estados do país têm vítimas por coronavírus. O Amazonas em colapso. Vírus avança na Rocinha. Na economia, veja quais impostos, tributos e contribuições foram adiado, suspenso ou reduzido, e o cargos que estão em alta. O medo de ir ao hospital já afeta o tratamento de pacientes cardíacos e com câncer. O compositor e escritor Aldir Blanc está internado em estado grave. A tragédia no Equador. A onda de máscara fashion e as homenagens a Moraes Moreira.

Casos graves podem ser o dobro

O número de casos graves de Covid-19 que exigiram internação no Brasil é pelo menos o dobro do registrado, segundo estimativa feita pelo Núcleo de Dados do Jornalismo da Globo com base em informações do Infogripe da Fiocruz. O total de pacientes hospitalizados pode chegar a 13 mil.

De acordo com o Ministério da Saúde, 6.043 pessoas foram internadas com Covid-19 até ontem. Esses pacientes foram testados e o coronavírus foi confirmado.

Mas havia ao menos 15 mil testes aguardando resultado no país, segundo dados do Infogripe. Desses, entre 7 mil e 11 mil devem testar positivo para a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2), segundo estimativa do Núcleo.

Primeira morte no Tocantins

Secretaria de Saúde de Palmas, TO, registra primeira morte por Covid-19

Secretaria de Saúde de Palmas, TO, registra primeira morte por Covid-19

Palmas registrou na noite de ontem a primeira morte pelo novo coronavírus no Tocantins. A vítima é a funcionária da Secretaria Municipal de Saúde da capital Francisca Romana Sousa Chaves, de 47 anos. Ela estava internada desde o dia 18 de março na UTI de um hospital particular. Segundo a prefeitura, Dona Romana, como era conhecida, trabalhava na prefeitura desde 2005. Com a notícia, todos os estados brasileiros passam a ter registro de mortes pelo novo coronavírus.

Amazonas em colapso

Com mais de 1.200 casos, o Amazonas tem a maior proporção de confirmações de coronavírus por número de habitantes no país. Neste cenário, a UTI do hospital referência para tratar Covid-19 está lotada e faltam profissionais da área da saúde para tratar dos doentes. Para falar da situação limite no estado, Renata Lo Prete conversa com o repórter da TV Globo Alexandre Hisayasu. Ele relata como estado chegou a esse ponto e qual era a situação antes da pandemia. Participa também o enfermeiro Michel Lemos, que fala como é trabalhar em hospitais do Estado que atendem pacientes com a doença. Ouça:

Vírus avança na Rocinha

Moradores da Rocinha falam sobre aumento de 400% no número de diagnosticados com Covid-19

Moradores da Rocinha falam sobre aumento de 400% no número de diagnosticados com Covid-19

Número de infectados com novo coronavírus (Sars-CoV-2) na Rocinha aumentou de 6 para 34 em 4 dias, segundo secretaria municipal de Saúde. Moradores estudam centro de tratamento na comunidade.

“A gente sabe que os próximos dias serão bem difíceis para as favelas. Não só para a Rocinha, mas para as favelas do Rio de Janeiro. É por isso que agora a gente está batendo nessa tecla de medidas concretas. Que o estado pense, junto com a prefeitura, de que forma ele pode mitigar essa proliferação da Covid-19”, afirma morador.

Economia

Impostos, tributos e contribuições: veja o que foi adiado, suspenso ou reduzido durante a pandemia. Mudanças beneficiam não só empresas, mas também pequenos negócios, microempreendedores individuais, empregadores de trabalhadores domésticos e pessoas físicas

Trabalho em tempo de epidemia

Profissional de TI — Foto: Reprodução / EPTV

Profissional de TI — Foto: Reprodução / EPTV

A epidemia de coronavírus está provocando onda de contratações de profissionais de tecnologia. Veja cargos em alta. Empresas buscam executivos para acelerar projetos de infraestrutura, reforçar segurança de dados e ampliar suporte técnico.

Medo de hospital

medo de ir ao hospital devido ao coronavírus está afetando o tratamento de pacientes cardíacos e com câncer. A comunidade médica aponta números: houve alta no número de mortes por ataque cardíaco em casa em Nova York e, em São Paulo, uma queda de 45% nos atendimentos do Instituto do Coração (Incor).

Aldir Blanc

Aldir Blanc — Foto: Reprodução

Aldir Blanc — Foto: Reprodução

O compositor e escritor Aldir Blanc está internado em estado grave no Centro de Emergência Regional do Leblon, na Zona Sul do Rio. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, ele deu entrada na sexta-feira (10) com quadro de infecção generalizada, de origem urinária, e pneumonia. Os últimos exames indicaram suspeita de coronavírus e Aldir Blanc foi transferido para o CTI da unidade, na noite de ontem.

Achatando a curva?

O estado de São Paulo encerrou a terça-feira com o registro de 695 mortes causadas pelo coronavírus, metade do número de óbitos previsto pelo governo estadual há uma semana. Especialistas ouvidos pelo G1 apontam que há indícios de que o estado está conseguindo “achatar a curva” de propagação do coronavírus, isto é, retardar o pico de mortes e contaminações pela doença. Eles destacam, no entanto, que o número abaixo do previsto, e o consequente achatamento da curva, são resultados de uma combinação de pelo menos três fatores: sucesso das medidas de isolamento socialsubnotificação das mortes e dos casos de coronavírus no estado e atraso no diagnóstico, já que mais de 20 mil amostras ainda aguardam resultado em SP. Entenda.

Tragédia no Equador

Coronavírus: Equador recolhe 700 corpos de pessoas que morreram em casa

Coronavírus: Equador recolhe 700 corpos de pessoas que morreram em casa

Entenda por que o sistema hospitalar e os necrotérios entraram em colapso no Equador. Ausência de monitoramento dos casos, falta de testes, demora na tomada de decisões e violações da quarentena amplificaram tragédia no país. Leia no blog da Sandra Cohen.

Máscara fashion

Marca paulistana Irrita vem produzindo máscaras com retalhos de tecidos nesta quarentena — Foto: Acervo Pessoal / Irrita

Marca paulistana Irrita vem produzindo máscaras com retalhos de tecidos nesta quarentena — Foto: Acervo Pessoal / Irrita

Estilistas criam peças cheias de cores e estilo. Tecidos de acervo e retalhos viram matéria-prima. Marcas da moda sofrem com quedas nas vendas e usam produção de máscaras para agradar clientes e dar trabalho a costureiras.

Curtas e Rápidas – Coronavírus:

Papai Noel usa redes sociais e manda mensagens para crianças na quarentena de coronavírus

Papai Noel usa redes sociais e manda mensagens para crianças na quarentena de coronavírus

Contrato Verde e Amarelo

Câmara aprova texto-base da medida provisória do Contrato Verde e Amarelo

Câmara aprova texto-base da medida provisória do Contrato Verde e Amarelo

A Câmara dos Deputados aprovou ontem em sessão remota o texto-base da medida provisória (MP) que cria o chamado Contrato Verde e Amarelo. O programa foi criado pelo governo federal para reduzir encargos trabalhistas para empresas e, assim, estimular a geração de empregos, principalmente entre jovens.

A MP tem validade até o próximo dia 20 e ainda precisa ser aprovada pelo Senado para seguir para sanção do presidente Jair Bolsonaro. Se o texto não for aprovado pelos senadores até o dia 20, perderá validade.

BBB20

Gizelly no 'BBB20' — Foto: Reprodução / TV Globo

Gizelly no ‘BBB20’ — Foto: Reprodução / TV Globo

Gizelly foi a eliminada do “BBB20” ontem à noite, com 54,79% dos votos. Ela foi a 14ª participante a deixar a casa. Com isso, Mari e Babu, que também estavam no paredão, continuam no reality show. Ele recebeu 41,33% dos votos. Ela levou 3,88%.

Homenagens a Moraes Moreira

Fausto faz homenagem a Moraes Moreira — Foto: Divulgação / Fausto

Fausto faz homenagem a Moraes Moreira — Foto: Divulgação / Fausto

Moraes Moreira é homenageado por cartunistas em exposição virtual. Um dos maiores nomes da música brasileira, cantor morreu na segunda-feira (13) aos 72 anos, após sofrer um infarto agudo do miocárdio. Veja as imagens.

Mega-Sena

 Aposta única da Mega-Sena custa R$ 4,50 e apostas podem ser feitas até às 19h — Foto: Marcelo Brandt / G1

Aposta única da Mega-Sena custa R$ 4,50 e apostas podem ser feitas até às 19h — Foto: Marcelo Brandt / G1

O concurso 2.252 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 17 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h deste quarta-feira no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. A aposta mínima custa R$ 4,50.

Fonte: G1

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA QUARTA-FEIRA NO G1

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA TERÇA-FEIRA NO G1

Por G1

 


Cerca de 9,4 milhões de pessoas recebem a partir de hoje a primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600. Dados mostram que em apenas três semanas mais pessoas foram internadas por síndrome respiratória em São Paulo que em todo o ano de 20191. Podcast O Assunto fala sobre Cloroquina e o que os estudos indicam até agora. Juntos, mas separados: como casais afastados por causa do isolamento lidam com isso. Na Nicarágua, que não adotou isolamento, o presidente sumiu da mídia. Veja relatos de profissionais da saúde e como a periferia encara a quarentena em algumas partes do país.

Auxílio de R$ 600

Caixa começa a pagar nesta terça mais R$ 4,7 bilhões em Auxílio Emergencial

Caixa começa a pagar nesta terça mais R$ 4,7 bilhões em Auxílio Emergencial

Cerca de 9,4 milhões de pessoas recebem a partir de hoje a primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600 anunciado pelo governo para trabalhadores informais. A expectativa da Caixa é pagar cerca de R$ 4,7 bilhões até o final da semana para beneficiários do Bolsa Família e inscritos no Cadastro Único.

Até segunda-feira, a Caixa já havia liberado mais de R$ 1,5 bilhão para mais de 2,5 milhões de beneficiários. Os primeiros a receber, já na última quinta-feira (9), foram aqueles que estão no Cadastro Único do governo federal, mas não recebem Bolsa Família, e que têm conta no Banco do Brasil ou poupança na Caixa.

Recorde de síndrome respiratória em SP

Em todo o ano de 2019, foram registradas 9.701 internações por SRAG no estado de São Paulo, segundo o sistema de monitoramento Infogripe. Em 2020, 9.759 pessoas foram internadas somente entre 8 e 28 de março.

Cloroquina: o que dizem os estudos

Sem vacina nem tratamento específico para a Covid-19, uma droga que já havia sido usada contra outros vírus, com resultados limitados, passou a integrar o coquetel prescrito a pacientes hospitalizados e, no Brasil, virou objeto de disputa política. Neste episódio, Renata Lo Prete conversa com Natália Pasternak, pós-doutora em microbiologia, pesquisadora do Instituto de Ciências Biomédicas da USP e diretora do Instituto Questão de Ciência. Ela explica a diferença entre cloroquina e hidroxicloroquina, esclarece erros e acertos dos testes já feitos com a substância e fala da importância de obter conclusões científicas sobre eficácia e segurança. Ouça:

Testes rápidos em desenvolvimento

Rodolfo Giunchetti coordena pesquisa para desenvolvimento de teste da Covid-19 — Foto: Júlia Duarte / UFMG / Divulgação

Rodolfo Giunchetti coordena pesquisa para desenvolvimento de teste da Covid-19 — Foto: Júlia Duarte / UFMG / Divulgação

Pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) começaram a desenvolver um teste rápido para diagnosticar a Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. Pode ser o primeiro a ser criado no país. Mas eles precisam de R$ 1,5 milhão e pedem doações.

Doações

Itaú Unibanco anuncia doação de R$ 1 bilhão para financiar ações de combate ao coronavírus

Itaú Unibanco anuncia doação de R$ 1 bilhão para financiar ações de combate ao coronavírus

Itaú e mais empresas farão doações para combater a pandemia. Banco prometeu R$ 1 bi. Bradesco, Santander, Gerdau, Ambev, Petrobras, Vale e outras grandes companhias já haviam anunciado iniciativas.

Ajuda a estados e municípios

Câmara aprova projeto que repõe a estados e municípios perdas com ICMS e ISS

Câmara aprova projeto que repõe a estados e municípios perdas com ICMS e ISS

A Câmara dos Deputados aprovou um projeto que recompõe durante seis meses as perdas de estados e municípios com a arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS, estadual) e com o Imposto Sobre Serviços (ISS, municipal). O objetivo da proposta é reduzir os efeitos na economia da crise do novo coronavírus. O texto segue para o Senado.

Juntos, mas separados

Casal faz conferência virtual para conversar — Foto: Frédéric Cirou / AltoPress / PhotoAlto / via AFP / Arquivo

Casal faz conferência virtual para conversar — Foto: Frédéric Cirou / AltoPress / PhotoAlto / via AFP / Arquivo

Como casais afastados por causa do isolamento lidam com isso.

Terapeuta de casal e família também dá dicas para superar a situação e fala sobre a importância de se lembrar sempre que ‘essa é uma situação transitória’.

  • Tinder no isolamento: brasileiros usam ‘app de paquera’ para conhecer pessoas e praticar idiomas

Pandemia

Familiares e amigos acompanham funeral no bairro de Brooklyn, em Nova York, Nova York (EUA), neste sábado (11) — Foto: Jeenah Moon/ Reuters

Familiares e amigos acompanham funeral no bairro de Brooklyn, em Nova York, Nova York (EUA), neste sábado (11) — Foto: Jeenah Moon/ Reuters

Levantamento da Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos, mostra que o número de casos confirmados de Covid-19 passou de 2 milhões ontem. Ao todo, pouco mais de 119 mil pessoas morreram com a doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2). Isso significa que o número de casos confirmados no mundo dobrou em menos de duas semanas.

Presidente da Nicarágua sumiu

Homem com máscara caminha em frente a um muro com a figura do presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, em 30 de março — Foto: Oswaldo Rivas / Reuters

Homem com máscara caminha em frente a um muro com a figura do presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, em 30 de março — Foto: Oswaldo Rivas / Reuters

A Nicarágua não adotou isolamento para conter coronavírus, e seu presidente não aparece há um mês. Sumiço alimenta rumores sobre o estado de saúde de Daniel Ortega, alvo de protestos desde 2018. Com o presidente fora de cena, a primeira-dama – que também é vice-presidente – dá notícias sobre o governo por meio de notas à imprensa oficial.

Dicas para economia de energia no RJ

A distribuidora de energia elétrica do RJ dá dicas de como economizar durante isolamento, pois a recomendação para ficar em casa e ‘home office’ podem aumentar consumo de energia.

Diário do profissional de saúde

Relato de ‘plantões terríveis’ em UTI

Enfermeira Mara Santos com os equipamentos de proteção que utiliza para cuidar de pacientes na UTI. — Foto: Arquivo Pessoal

Enfermeira Mara Santos com os equipamentos de proteção que utiliza para cuidar de pacientes na UTI. — Foto: Arquivo Pessoal

A enfermeira Mara Santos, de 40 anos, trabalha há 18 anos na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular localizado na Zona Sul de São Paulo. Ela relata plantões terríveis. Pacientes em estado grave e lotação dos leitos sempre fizeram parte do dia a dia da profissional de saúde. Entretanto, há 20 dias a UTI em que trabalha passou a atender apenas pacientes com coronavírus. Em entrevista ao G1, a enfermeira relata que a pandemia do COVID-19 deixou sua rotina ainda mais intensa, o que abalou, principalmente, o seu psicológico.

Pandemia na periferia

Escola Municipal Novo Mangue fica no Coque, comunidade na região central do Recife — Foto: Reprodução / Google Street View

Escola Municipal Novo Mangue fica no Coque, comunidade na região central do Recife — Foto: Reprodução / Google Street View

  • Minas Gerais – Doação de cestas básicas ameniza fome de famílias em ocupação de Belo Horizonte durante crise do coronavírus. Muitas pessoas que vivem na Rosa leão são autônomas e, devido ao isolamento e à quarentena, estão sem condições de faturar. Prioridade de entrega são aqueles que estão em situação de extrema necessidade.
  • Distrito Federal – Catadores do DF enfrentam isolamento social dependentes de doações e sem saneamento e renda. Região de Santa Luzia, comunidade na Estrutural, abriga trabalhadores que dependem de doações após serem afastados da coleta de lixo por medidas de prevenção contra o coronavírus.
  • Pernambuco – Falta de cestas básicas prejudica alunos de escola municipal no Coque. Foram afetados 18 estudantes da Escola Municipal Novo Mangue, na região central do Recife. Prefeitura disse que situação deve ser regularizada nesta terça-feira.

Curtas e Rápidas – Coronavírus

Emprego

Veja cargos que tiveram maior alta em vagas de emprego em março. Cargos relacionados às áreas da saúde, supermercadista, farmácia e logística foram os que mais apresentaram crescimento desde o início do isolamento social.

Previsão do tempo

Veja como fica o tempo nesta terça-feira (14)

Veja como fica o tempo nesta terça-feira (14)

Fonte: G1

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA TERÇA-FEIRA NO G1

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar