PONTO DE VISTA: SE A PF CHEGOU ONDE CHEGOU COM ESSE CASO É MUITO PROVÁVEL QUE TENHAMOS UM DOS MAIORES BANDIDOS QUE ESSE PAÍS JÁ PRODUZIU. UM TAL DE DIAS TOFFOLI!

Caro(a) leitor(a),

Tenho dito e repetido aqui que a mentira a cada dia tem as pernas mais curtas e que, muito em breve estará andando de cadeira de rodas, pois não terá mais pernas. O ministro Dias Toffoli, vez por outro tem os holofotes da notícia voltados para si. Várias denúncias envolvendo-o em corrupção já rondaram o ministro por diversas vezes e sempre envolvendo também a sua esposa e seu escritório de advocacia, como foi o caso dos repasses de R$ 50 mil mensais da conta dela para a sua, como se fosse um mensalão. Existe um ditado que diz: “Quando o povo diz, ou foi, ou é, ou será e outro que diz: “Onde há fumaça há fogo” e isso nunca dá errado. Por isso, não acho estranho, nem fora de propósito a Polícia Federal investigar um ministro do STF. Até porque para a PF chegar até o STF pedindo algo assim é porque as evidências devem ser muito fortes e se assim for esse ministro é um dos maiores bandidos e mau caráter que esse país já produziu. E só merece mofar na cadeia. 

PF pede ao STF para investigar Toffoli por suspeita de venda de decisões

Publicado em 11.05.2021

Marcelo Camargo | Agência Brasil

A Polícia Federal (PF) encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido de autorização para investigar supostos repasses ilegais ao ministro Dias Toffoli.

O pleito da PF tem como base o acordo de colaboração premiada de Sérgio Cabral, ex-governador do Rio de Janeiro.

De acordo com a coluna Painel, Cabral acusa Toffoli de receber R$ 4 milhões para favorecer dois prefeitos fluminenses em processos no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Vale lembrar que Toffoli foi ministro da Corte eleitoral de 2012 a 2016, tendo exercido o cargo de presidente do Tribunal entre maio de 2014 a maio de 2016.

Ainda segundo o ex-governador, as propinas foram pagas nos anos de 2014 e 2015 e operacionalizados por Hudson Braga, ex-secretário de Obras do estado.

Os repasses ilegais ainda teriam sido feitos no escritório da mulher de Toffoli, a advogada Roberta Rangel.

É a primeira vez na história que a PF solicita ao STF abertura de apuração que envolve um ministro da própria Suprema Corte.

A ação faz parte de um novo pacote de inquéritos que serão instaurados a partir da análise da delação de Sérgio Cabral, condenado a mais de 300 anos de prisão por diversos crimes relacionados à corrupção.

OUTRO LADO

A assessoria de Dias Toffoli rechaçou a acusação e garantiu que o ministro não tem conhecimento dos fatos mencionados pelo ex-mandatário do Rio de Janeiro.

Ainda de acordo com a equipe, o ministro jamais atuou para favorecer qualquer pessoa no exercício de suas funções enquanto magistrado.

Continuar lendo PONTO DE VISTA: SE A PF CHEGOU ONDE CHEGOU COM ESSE CASO É MUITO PROVÁVEL QUE TENHAMOS UM DOS MAIORES BANDIDOS QUE ESSE PAÍS JÁ PRODUZIU. UM TAL DE DIAS TOFFOLI!

PONTO DE VISTA: O BRASILEIRO NÃO PODE CONTINUAR ASSISTINDO O HUMOR NEGRO CIRCENSE DA CPI DA COVID. É SIMPLESMENTE FÉTIDO E INTRAGÁVEL

Caro(a) leitor(a),

Diante do comentário político, conciso, eloquente e convincente do jornalista Carlos Junior a seguir, não me resta muito a acrescentar, pois suas palavras são muito claras e cristalinas, para qualquer pessoa, até mesmo a da mais incipiente cognição entender o que está havendo no nosso congresso nacional. O circo que foi armado com o único objetivo de sangrar o governo Bolsonaro até a sua completa inanição é muito nítido e óbvio. Você me acompanha, aqui no Blog do Saber sabe que não estou nenhum pouco satisfeito com a postura de Bolsonaro diante dos políticos do Centrão e das negociações feitas para se manter no cargo a todo custo. Um custo muito alto, cuja fatura já começa a ser cobrada e o resultado nós já sabemos que será péssimo para o Brasil e os brasileiros. Mas não é tentando destituí-lo do cargo ou mesmo destruindo a sua imagem com o objetivo de inviabilizá-lo como candidato às eleições de 2022 que teremos um Brasil melhor no próximo ano. Muito pelo contrário. Toda a energia que está sendo empregada com esse objetivo vai deixar um rastro de destruição, caos e calamidade não na imagem de Bolsonaro, mas na economia, na educação, na saúde e principalmente na dignidade do povo brasileiro. Quando os gananciosos que só pensam no poder terminarem o seu confronto não restará muita coisa para governar, pois teremos uma economia quebrada, uma taxa de desemprego como nunca vista antes, um número de mortos pela covid muito maior do que se poderia imaginar até mesmo depois de terem sido ceifadas 420 mil vidas e a educação que há muito tempo anda na sarjeta, estará nos subterrâneos dos esgotos povoados por ratazanas, vermes e fedor. Pode ser muito forte o que estou falando, mas é iminentemente REAL. Venho clamando que você que lê este Blog  compartilhe estas informações com o máximo de pessoas que você ama e do seu conhecimento, pois não temos outra forma de lutar contra essa podridão que avança e só aumenta dia a dia na nossa sociedade. Por isso eu peço: compartilhe, compartilhe, compartilhe e compartilhe!

COLUNA: CPI da Covid tem objetivo político-eleitoral muito claro

Publicado em 07.05.2021

Conexão Política conteúdo ®

Enquanto Europa e Estados Unidos presenciavam um aumento no número de casos e óbitos provocados pelo coronavírus em meados de setembro e outubro, prefeitos e governadores no nosso país desativavam hospitais de campanha e leitos para o atendimento de pacientes com a doença. Todos os sinais de que a segunda onda iria acontecer por aqui eram claros. Não via quem não queria. Os resultados estão aí para o leitor tirar suas próprias conclusões.

Parte importante do dinheiro enviado pelo governo federal aos estados e municípios acabou indo parar no bolso dos amigos do rei – e dos próprios reis. Não sou que digo isso: é a Polícia Federal (PF). O dito ‘Covidão’ colocou inúmeros gestores na mira da Justiça, com dois deles perdendo seus respectivos mandatos – os governadores Wilson Witzel (PSC-RJ) e Carlos Moisés (PSL-SC), mas este último conseguiu retornar ao cargo nesta sexta-feira (7).

Em um país sério – que não é evidentemente o caso do Brasil – e com pessoas sérias, tais fatos seriam motivos para banir da vida pública seus respectivos protagonistas, além de colocá-los no xilindró.

Temos no Senado Federal uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instalada para supostamente investigar práticas e omissões do poder público no combate à pandemia. Os supracitados serão os alvos prioritários? Não. Quem irá sangrar e ter o dedo apontado na cara é o governo Bolsonaro.

A narrativa apresentada pelo establishment é a seguinte: o governo foi omisso ao não decretar um lockdown nacional, demorou para comprar vacinas e distribuiu remédios sem eficácia comprovada cientificamente. Vira e mexe a tragédia de Manaus (AM) é colocada na conta. Para os antibolsonaristas, tais fatos são mais do que suficientes para a instalação da CPI – muitos deles têm um juízo completamente formado da questão e não escondem o desejo de ver o presidente da República no banco dos réus.

Pois bem, a realidade mostra que (I) prefeitos e governadores tiveram liberdade para decretar medidas restritivas após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), (II) a vacina Oxford/AstraZeneca foi comprada em agosto de 2020 pelo governo federal, em uma época que a sua equivalente da Pfizer/BioNTech sequer era lembrada e (III) há inúmeros estudos comprovando a eficácia de remédios como cloroquina e ivermectina – o uso de ambos não é e nunca foi obrigatório. Não me espanta que tais fatos sejam alardeados como crueldades do governo Bolsonaro, mas dá preguiça. Como dizia Nelson Rodrigues, nada é mais difícil e cansativo do que defender o óbvio. É um truque besta que não engana rigorosamente ninguém.

Se o governo Bolsonaro não tem culpa no cartório, por que temer a CPI? A resposta deve levar em consideração o presente estado de coisas no país. Ele demonstra a canalhice contida nessa farsa megalomaníaca vestida com trajes moralizantes.

Em primeiro lugar: essa CPI tem um objetivo político-eleitoral muito claro. Dos onze membros, apenas quatro são considerados governistas – e nem mesmo são. Uma investigação contra o Executivo conduzida por seus adversários declarados é uma piada de péssimo gosto. Ninguém é tonto o bastante para não admitir que a instalação dessa CPI visa desgastar Bolsonaro e minar a sua reeleição em 2022. O que querem os senhores Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Renan Calheiros (MDB-AL), Humberto Costa (PT-PE) e tutti quanti é um palanque eleitoral antes do tempo. Além, é claro, tentar emplacar algum factoide para complicar a vida do governo na Justiça.

Cabe lembrar que não vivemos em uma democracia normal, muito menos em uma República. O atual regime de governo vigente no país é a juristocracia, no qual o Poder Judiciário governa, legisla e julga, ou seja, tem o poder absoluto nas mãos e não deve satisfações a ninguém. O inquérito do fim do mundo, conduzido pelo ministro Alexandre de Moraes, violou de modo irreversível as normas do Direto e do Código de Processo Penal, instaurando o relativismo jurídico a bel-prazer de quem julga. Se não há confiança no Judiciário – e ele se transformou em um poder onipotente e ilimitado –, a democracia morre. E como se pode confiar no Supremo com as repetidas declarações políticas de seus membros contra o chefe do Executivo?

A origem dessa CPI é autoexplicativa: decisão monocrática de um ministro do STF. O mesmo que disse que o presidente defendeu a tortura e a ditadura. Não há dúvidas de que esse circo foi montado contra o governo. A inclusão de prefeitos e governadores na investigação foi um prêmio de consolação muito chinfrim – além de ilegal, pois essa responsabilidade é das Câmaras Municipais e Assembleias Legislativas.

Se a preocupação fosse mesmo para com os responsáveis pela pandemia, o establishment estaria clamando por uma união do Brasil com as grandes nações em uma resposta conjunta contra a China. A ditadura comunista chinesa omitiu informações, perseguiu médicos e censurou jornalistas que nada mais fizeram do que o seu trabalho em alertar sobre a gravidade da doença enquanto era tempo. Isso sem falar na suspeita de o vírus ter sido criado em laboratório – eu não acredito nessa hipótese, mas o estudo de uma cientista embasa a possibilidade. Ao invés disso, a classe política abaixa as calças para a China e aponta o dedo em riste a Bolsonaro.

Não é pela saúde. É política pura e simples. Essa CPI da COVID é canalhice e nada mais.


Referências:

1.https://noticias.r7.com/prisma/augusto-nunes/os-larapios-do-covidao-03032021

2.https://www.poder360.com.br/coronavirus/medica-diz-que-coronavirus-foi-criado-em-laboratorio-chines-governo-nega/

Jornalista. Escreve sobre politica brasileira e americana com análises não vistas na grande mídia.

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo PONTO DE VISTA: O BRASILEIRO NÃO PODE CONTINUAR ASSISTINDO O HUMOR NEGRO CIRCENSE DA CPI DA COVID. É SIMPLESMENTE FÉTIDO E INTRAGÁVEL

PONTO DE VISTA: BÁRBARA E A SUA POLÍTICA COM HUMOR

A nossa coluna PONTO DE VISTA deste domingo abre uma exceção para dar passagem a política com humor e a irreverente Bárbara, já que o seu último vídeo está repleto de novidades incríveis da nossa política e você vai ver: Mandetta, Globo em situação constrangedora, o abandono da mídia para Doria e outros assuntos de relevância. Então, prepara a pipoca, senta na poltrona e vamos lá!

Fonte:

Continuar lendo PONTO DE VISTA: BÁRBARA E A SUA POLÍTICA COM HUMOR

PONTO DE VISTA: UM INSULTO SEM NOME, RENAN CALHEIROS RELATOR DA CPI DA COVID

Caro(a) leitor(a),

Diante dos últimos fatos políticos eu me pergunto e pergunto a você: até quando vamos assistir e engolir toda essa bosta passivos e imóveis? 

Peço perdão pela má palavra, mas não tenho como nominar de forma mais educada toda essa verborragia que vem lá do planalto central1 Porque chamar de palhaçada eu chamei em infindáveis e inúmeras publicações, aqui nesse blog. Assistir um bandido como Renan Calheiros assumir o cargo de relator de uma CPI que vai investigar atos corruptos e de improbidade administrativa, onde o seu próprio filho estaria sendo investigado e ele, na cara de pau, se diz suspeito quando a investigação atingir o seu filho, como se ele como relator pudesse, na conclusão final da CPI separar as coisas. Além de toda a palhaçada ainda somos considerados completos idiotas. São tantos insultos a nossa dignidade, sanidade menta e honra que não existem adjetivos para ou seja lá qual tipo de palavra para designar tanta falta de respeito, consideração e compaixão com o povo brasileiro. Não podemos mais ficar inertes diante de tanta barbaridade. Por isso eu peço a você que lê esse artigo, compartilhe com o máximo de pessoas do seu conhecimento para que possamos mudar essa triste realidade.

CPI da Covid é instalada e Renan Calheiros é confirmado relator

Decisão é vista como desfavorável ao governo federal.

Publicado em 27.04.2021

Fábio Rodrigues Pozzebom | Agência Brasil

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), confirmou a indicação de Renan Calheiros (MDB-AL) como relator dos trabalhos.

Com isso, o emedebista será o responsável por produzir o relatório que atribui responsabilidades tanto relacionadas ao governo Bolsonaro como a estados e municípios.

A nomeação de Renan tem sido considerada uma clara derrota contra o governo federal, que buscou resistir e atuou nos bastidores para reverter a situação.

Ainda nesta terça-feira (27), o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) derrubou a liminar concedida pela primeira instância da Justiça Federal, na noite de ontem (26), para barrar a indicação de Calheiros (MDB-AL) como relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia.

O vice-presidente do TRF1, desembargador Francisco de Assis Betti, agiu neste sentido por considerar uma interferência indevida “na autonomia e no exercício das funções inerentes ao Poder Legislativo”.

Assis Betti destacou que, pelo regimento interno do Senado, a escolha do relator de uma CPI cabe exclusivamente ao presidente da comissão.

O desembargador escreveu que “tal ato não se submete ao controle jurisdicional em virtude da necessária manutenção da autonomia do Parlamento”.

Ele atendeu a um recurso protocolado pela Assessoria Jurídica do Senado Federal.

Em nota, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, disse que a escolha do relator de uma CPI é questão interna, que “não admite interferência de um juiz”.

Jornalista, professor e comentarista político. Cobre os bastidores de Brasília no Conexão Política.

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo PONTO DE VISTA: UM INSULTO SEM NOME, RENAN CALHEIROS RELATOR DA CPI DA COVID

PONTO DE VISTA: UMA SÁBIA DECISÃO DE MORO, CASO SE CONFIRME A INFORMAÇÃO

Caro(a) leitor(a),

Apesar de toda a especulação e de ser muito cedo ainda para um posicionamento do ex-juiz Sergio Moro quanto a uma possível candidatura política, vejo com bons olhos e como uma sábia decisão, caso se confirme, a de se filiar ao Podemos. Um Partido Político que defende a unhas e dentes a Lava Jato e o combate a corrupção. Um partido comandado por um dos poucos políticos de decência e vergonha na cara, que facilmente conseguimos contar nos dedos das palmas das mãos nessa atual formação do Congresso Nacional. Caso essa decisão venha a se confirmar combina com a estratégia, que venho prevendo nesta coluna há tempos, de Moro com relação entrar definitivamente na vida pública, que é: silêncio, paciência e surpresa. Essas, as melhores armas de um grande estrategista!

O partido escolhido por Sergio Moro para disputar as eleições 2022

Decisão colide com cenário de suspeição no âmbito da Lava Jato.

Publicado em 23.04.2021

Marcelo Camargo | Agência Brasil

 

O cenário político segue movimentado em torno da disputa eleitoral de 2022.

O ex-juiz e ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, terá que decidir se entra ou não para a política.

Segundo a coluna Radar, da Veja, Moro conversou com aliados nos últimos dias e apresentou algumas percepções sobre o futuro.

Ele teria definido o mês de outubro para confirmar ou não a sua candidatura ao Palácio do Planalto ou algum outro cargo político.

Ainda de acordo com a coluna, se o nome de Moro for realmente lançado, o partido será o Podemos, liderado pelo senador Álvaro Dias, que é um dos principais parlamentares em defesa da Lava Jato.

Raul Holderf Nascimento

Jornalista, professor e comentarista político. Cobre os bastidores de Brasília no Conexão Política.
Continuar lendo PONTO DE VISTA: UMA SÁBIA DECISÃO DE MORO, CASO SE CONFIRME A INFORMAÇÃO

PONTO DE VISTA: O POVO BRASILEIRO É COMO AQUELA RÂ NA PANELA EM BANHO MARIA E MORRENDO POR INANIÇÃO

O destaque desta quarta-feira aqui na coluna PONTO DE VISTA é o meu grande amigo e colaborador desta coluna Ricardo Araújo, que mostra toda a sua indignação com a letargia e passividade do povo brasileiro diante dos descalabros e desmandos que estão se sucedendo, um atrás do outro, patrocinados pelo STF no nosso pobre Brasil. Então convido você a ler o artigo ácido e provocante deste talentoso comentarista político!

AME-RIO: SELAMAT DATANG MUSIM BUNGA !

De que adianta “aguardar sinalização” com o povo covarde e sem atitude que temos? Que acha que passeata de família em domingos ensolarados resolve? A Praça dos Três Poderes e a frente do Congresso Nacional são muito pequenos para um país de 211 milhões de habitantes. Bastariam 500 mil pessoas tomando aqueles espaços, só saindo de lá depois que o Presidente e as forças armadas atendessem à vontade do povo, expressa no Art. 1º da Constituição. Se o povo está (estrategicamente) desarmado, que fosse às ruas com foice, faca ou inchada. Para lutar, se preciso fosse! Mas temos povo para isso? O pobre se acomoda e se contenta com “auxílios” (mentalmente condicionado a isto!). A classe média vive numa ilusão de “estabilidade”, em especial os servidores públicos, pagando prestação de AP, carro, TV e geladeira, presa dentro de condomínios, protegidos por cerca elétrica e monitorados por câmeras, para escapar de bandidos (armados e protegidos pelos parceiros do STF), iludidos com seus pequenos confortos materiais, churrasquinhos com amigos nos finais de semana e futebol toda quarta e domingo. E a classe rica, ou faz parte do “sistema” que sabota e explora a pátria e os cidadãos ou indiretamente se beneficia deste sem qualquer sentimento de culpa. Vivendo nesse mundo paralelo de “conforto e segurança”, quem das classes média e alta vai se arriscar a “quebrar o pau” para transformar o Brasil num país justo, de homens dignos e honrados? Num país sério, de povo educado, forte e produtivo, respeitado pela comunidade internacional? Me diga aí, quem?

Por Ricardo Araújo

Continuar lendo PONTO DE VISTA: O POVO BRASILEIRO É COMO AQUELA RÂ NA PANELA EM BANHO MARIA E MORRENDO POR INANIÇÃO

PONTO DE VISTA: CPI COMANDADA SÓ POR INIMIGOS! É PRA RIR OU PRA CHORAR?

Caro(a) leitor(a),

Não concordo com esse nosso presidencialismo de coalisão, que favorece o concluiu, o amancebo e consequentemente a corrupção. Por causa disso chegamos onde chegamos na política brasileira. Um grau de corrupção nunca visto antes em país nenhum no mundo. O sistema de governo onde quem manda é o sistema e não o povo, como deveria ser em qualquer democracia que se preze. Um país onde se abre uma CPI para investigar os atos do Governo Federal numa pandemia, como a que vivemos, e os comandantes da mesma são os opositores deste governo e como se não bastasse, dentre eles existe pelo menos um investigado em mais de 20 processos e é réu em pelo menos dois, como o Renan Calheiros, corrupto de carteirinha, sabido por  toda a população brasileira que tem um filho governador de estado que, teoricamente, será investigado por essa CPI, soa como se para o congresso nacional o povo brasileiro fosse totalmente imbecilizado e ignorante. Mesmo que fosse essa a verdade, se os políticos tivessem um mínimo de decência, vergonha na cara e soubesse o que é gratidão jamais agiria assim. Afinal de contas só estão ali, gozando de todas as regalias que um parlamentar brasileiro tem graças a esse imbecil que o colocou lá para representá-lo. Portanto, no Brasil a mentalidade de quem se elege é a mesma de 100 anos atrás, acobertada pelo sistema e não há o menos sinal de que irá mudar. A velha política ainda continua comandando a política nacional porque, mesmo as velhas raposas que foram pegas pela lei ou pela Lava Jato voltam ao poder, através dos seus filhos, esposas e parentes que são apenas “laranjas” obedecendo ao comando dessas “velhas raposas”. Portanto a situação ainda vai piorar muito antes de começar a melhorar. Infelizmente, a conclusão que eu chego é que, ainda serão necessárias várias gerações, muita dor e sofrimento para que esse país possa deixar de ser terceiro mundista e se livrar da opressão do comunismo e do socialismo.

Se você tem consciência de que o que estou falando faz sentido pra você, por favor, divulgue, socialize e viralize essa postagem!

Randolfe Rodrigues, Omar Aziz e Renan Calheiros vão comandar CPI da Pandemia

Acordo foi fechado nesta sexta-feira (16).

Marcos Rocha

Publicado

em

Imagens: Agência Senado

Um acordo entre parlamentares que vão compor a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia no Senado, responsável por investigar as ações do governo federal e o uso de verbas federais transferidas a estados e municípios para combater a Covid-19, definiu que o colegiado será presidido por Omar Aziz (PSD-AM).

A vice-presidência terá o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), autor do requerimento de instalação da CPI.

Ao senador Renan Calheiros (MDB-AL), que era o mais cotado para ficar com o comando na comissão, caberá a relatoria do colegiado.

Renan teve que abrir mão da presidência da CPI depois que passou a ser considerado “impedido” por colegas por ser pai do governador de Alagoas, Renan Filho (MDB).

Enquanto o presidente da CPI é o responsável por conduzir os trabalhos de investigação e por determinar as fases que o colegiado vai seguir e o ritmo dos trabalhos, o relator prepara o parecer final, após os trabalhos. É ele, por exemplo, o responsável por sugerir indiciamentos ou não.

Conforme noticiado pelo Conexão Política, a comissão será composta por 11 titulares e sete suplentes, que já foram indicados por líderes partidários e, a partir de agora, ela já pode ser instalada. Na primeira reunião, serão eleitos o presidente, o vice-presidente e o relator da CPI.

Como membro mais idoso entre os titulares da comissão, o senador Otto Alencar vai comandar a instalação da CPI e a formalização da eleição do trio que vai comandar o grupo.

Por decisão do presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), essa reunião terá que ser presencial. A data da ainda não foi definida, mas Randolfe Rodrigues diz que há disposição para seja na próxima quinta-feira (22).

Com informações, Agência Brasil.

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo PONTO DE VISTA: CPI COMANDADA SÓ POR INIMIGOS! É PRA RIR OU PRA CHORAR?

PONTO DE VISTA: AS AUTORIDADES NÃO TÊM CACIFE PARA COBRAR ORDEM SE NÃO DÃO O EXEMPLO

A nossa coluna PONTO DE VISTA desta quarta-feira faz uma  singela homenagem ao amigo, palestrante, empresário e mentor Nélio Wanderley, que escreveu um texto irretocável sobre a sua visão na nossa atual realidade política e econômica, chegando a conclusão que “o vírus mais letal é um povo dividido”. Que visão precisa, realista e franca da nossa situação atual em meio a maior pandemia da história da humanidade que já ceifou as vidas de mais de 350 mil brasileiros. É sabido por todos que a união faz a força e a desunião causa a destruição. Vale a pena insistir nesse cabo de guerra? Então convido você a ler esse texto magnífico, refletir, tirar as suas conclusões e tomar uma atitude!

E se deputados e senadores andarem armados no Congresso? | Ruth de Aquino - O Globo

O vírus mais letal é um povo dividido

Quando se vê o poder Executivo:
 – Reprimindo uso de medicamentos para tratamento precoce.
– Permitindo que a população se aglomere em ônibus lotados, sem tomar nenhuma providência.
– Sucateando o setor de saúde e fazendo obras faraônicas em outros setores.
– Aglomerando pessoas e sem fazer uso de máscara protetora.
– Fazendo Lockdown indiscriminado destruindo empresas, empregos e renda.
– Perseguindo ambulantes e abandonando a população a própria sorte sem renda para sobreviver.
– Fazendo licitações a toque de caixa e posteriormente sendo apurado desvios, comissões e produtos impróprios para uso ou não entregues.
– Puxando o tapete do outro mesmo sabendo que quem vai perder é o povo.
– Colocando a polícia para prender o cidadão de bem que precisa trabalhar.
– Usando as polícias para perseguir o povo e largando o mesmo nas mãos dos bandidos por falta de ação ostensiva ao crime.
– Fazendo jogo de força, criando uma crise por dia através de palavras, atos e ações.
Quando se vê o poder Legislativo:
– Colocando pautas bombas para enfraquecer outro poder sob a proposta de criar dificuldade para gerar facilidade.
– Não fazendo o seu papel de melhorar as leis existentes, facilitando a vida de todos através da tranquilidade, transparência e segurança das empresas.
– Não agindo em de forma contundente para prorrogação das eleições municipais para mais 2 anos, momento em que a população já estaria vacinada.
– Fazendo jogo de força, criando uma crise por dia através de palavras, atos e ações.
Quando se vê o poder Judiciário:
– Insistindo em fazer uma eleição municipal no momento mais perigoso em que já se começava a queda da curva de contaminação e mortes.
– Priorizando decisões que elevam o nível de instabilidade política, enfraquecendo o comando central e transferindo o poder em época de crise.
– Julgando soltura de bandidos e quando era o momento prioritário para reprimir os bandidos da máfia da verba da saúde que estão dando risada do povo.
– Aliviando uso de provas legais para alguns e autorizando uso de provas ilegais para outros.
– Abrindo investigação, julgando, prendendo e em um futuro próximo condenado em uma só instância.
– Fazendo jogo de força, criando uma crise por dia através de palavras, atos e ações.
Quando se vê a População:
– Aglomerado em festas clandestinas seja em praias paradisíacas ou favelas.
– Denunciando pequenos atos como por exemplo: Três crianças tomando banho em uma piscina de um condomínio as 21hs, provocando um aparato policial para reprimir essa “aglomeração”.
– Difundindo Fakenews indiscriminadamente, sem olhar a fonte, o contexto ou a veracidade dos fatos.
Quando falta Exemplo de cima, não se pode exigir o cumprimento pela parte de baixo!
Nélio Wanderley
Continuar lendo PONTO DE VISTA: AS AUTORIDADES NÃO TÊM CACIFE PARA COBRAR ORDEM SE NÃO DÃO O EXEMPLO

PONTO DE VISTA: SÓ O IMPEACHMENT DE MINISTROS DO STF ACABA COM ESSA INSEGURANÇA JURÍDICA

Caro(a) leitor(a),

Hoje, gostaria de contextualizar uma situação altamente esdruxula e surreal que vem ocorrendo no nosso país e com a nossa mais alta corte do judiciário, o STF. Já se tornou hábito corriqueiro os ministros desta corte tomarem decisões monocráticas. Mas o pior de tudo não são as decisões monocráticas em si, que as vezes, em alguns casos se tornam necessárias, como remédio temporário, para sanar algum vício de outra instância. O pior de tudo é a qualidade dessas decisões que, em sua maioria, tem causado desastres irreparáveis, gerando uma instabilidade jurídica jamais experimentada pelos brasileiros em toda a existência dessa corte. O exemplo citado no artigo a seguir explicita o que acabo de afirmar. Portanto, algo precisa ser feito urgentemente para corrigir essa grave falha na mais alta cote do judiciário, que pode num curto espaço de tempo levar o país a um caos insolúvel. E, neste momento, só o povo tem essa autoridade e esse poder para executar essa correção de rumo. A meu ver a forma mais rápida e precisa para fazer essa correção é provocar o impeachment de pelo menos dois ministros da corte. Gilmar Mendes e Alexandre de Moraes. Então, é imprescindível começarmos um movimento de assinaturas para pressionar o Senado a fazê-lo em forma de ORDEM a ser cumprida sem mais delongas, pois todo o poder emana do povo! Por favor, divulguem essa postagem!

Nunes Marques lidera divergência e manda de volta para o “xilindró” três investigados que Gilmar havia soltado

Fotos: Agência Brasil/STFFotos: Agência Brasil/STF

É como diz o ditado: às vezes, perdemos uma batalha, mas não a guerra… Apesar de ter saído derrotado no julgamento de liberação dos cultos religiosos durante a pandemia da Covid-19 que, por sinal, se alastra por mais de um ano no Brasil, o ministro Kássio Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), conseguiu vencer o ‘poderoso’ Gilmar Mendes, na Segunda Turma da Corte após reverter decisões que soltaram presos pelo juiz da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, Marcelo Bretas.

Até o momento, três habeas corpus (157.972, 191.068 e 176.004) referente a investigados em operações da Polícia Federal foram revistos. Os investigados haviam sido presos e, depois, Gilmar, generosamente, mandou soltar.

O julgamento dessas questões foi online. Mendes deu o primeiro voto e argumentou pela manutenção da soltura dos investigados. Ricardo Lewandowski concordou com ele. Em seguida, Nunes Marques abriu a divergência e foi seguido por Carmen Lúcia e Edson Fachin.

Assim, os empresários Arthur Pinheiro (investigado na “Operação Rizoma”, que apura irregularidades nos fundos de pensão dos Correio e Serpro), Josemar Pereira (alvo da “Operação Lava Jato”, que apura o pagamento de propina a conselheiros do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro) e Luiz Arthur Andrade Correia (também investigado a respeito de manipulação no mercado para favorecer os interesses do empresário Eike Batista) terão que voltar para a prisão.

A relação entre os ministros do Supremo tem se deteriorado, nos últimos meses, e piorou quando Kássio Nunes Marques tentou, no sábado (3), reabrir as igrejas de todo o país com as devidas medidas de segurança sanitária, mas foi impedido no Plenário da Casa. Porém, o clima já vinha “esquentando” bem antes, quando a Segunda Turma do STF decidiu que o ex-juiz Sergio Moro foi parcial na condução de investigações contra o ex-presidente e ex-presidiário, Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

No julgamento, Mendes foi desaforado com seu colega de Corte e chegou a “mandar o recado”:

“Atrás da técnica de não conhecimento de habeas corpus, se esconde um covarde”.

Nunes Marques tinha acabado de discordar dele no quesito “parcialidade” de Moro. Ainda durante a mesma sessão, Mendes foi, novamente, mal educado com Kássio e falou que garantismo “nem aqui, nem no Piauí”, em alusão ao estado natal de Nunes Marques.

Após ser atacado e menosprezado, seguidamente, Nunes Marques respondeu à altura dos “lords” e, humildemente, pediu desculpas caso tivesse ofendido alguém com seu voto.

Mas, quando teve a palavra, Nunes Marques afirmou que a fala de Gilmar poderia ser interpretada como um menosprezo ao estado do Piauí.

“Isso pode ser interpretado e mal utilizado entendendo que talvez, além de um menoscabo à opinião de um colega, seria uma forma de desprezar um estado pequeno. Sei, conheço vossa excelência, que não teve essa intenção”, disse o ministro, deixando claro que conhece a forma de agir de Mendes.

De qualquer forma, mesmo diante das agressões e do destempero de Gilmar, o ‘novato’ acaba de impor-lhe três derrotas consecutivas.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: SÓ O IMPEACHMENT DE MINISTROS DO STF ACABA COM ESSA INSEGURANÇA JURÍDICA

PONTO DE VISTA: ESTAMOS NA IMINÊNCIA DE VIVER A FÁBULA DO SAPO E DO ESCORPIÃO COM LULA E CIRO GOMES

Caro(a) leitor(a),

O Brasil já é de longe o país das bizarrices e do surrealismo, já que os atores políticos perderam até o senso do ridículo, visto que, personagens como o jurássico Ciro Gomes continuam em cena vociferando barbaridades, antes, jamais imagináveis, como a que ele propõe nesse momento, visando única e exclusivamente materializar o seu projeto particular de poder acalentado há mais de 30 anos pelo seu ego. Propor ao meliante Lula, a quem já acusou publicamente e por diversas vezes de ser o maior ladrão do mundo e ter levado o Brasil a situação em que está, como repete em seu último discurso: “Imaginem vocês uma campanha em 2022, o Bolsonaro querendo se recuperar da impopularidade, a lembrar da esculhambação do Palocci, a esculhambação do Zé Dirceu, a esculhambação não sei de quem”. Mas mesmo explicitando toda a “esculhambação” do governo Lula, ele o quer ao seu lado, como vice-presidente numa chapa, onde vale tudo, até se unir a bandido condenado pelo poder e para o poder. Eu pergunto, meu caro leitor: Alguém em sã consciência é capaz de acreditar que há espaço para dois egos tão inflados num único pedestal? Alguém tem dúvidas que um governo tendo Ciro Gomes como Presidente e Lula como Vice, não duraria seis meses? Eu só consigo imaginar aquela fábula do sapo e do escorpião que pede carona no lombo do sapo para atravessar o rio e termina os dois se afogando. Então, precisamos enterrar definitivamente esses atores da velha política que jamais irão mudar o seu projeto de poder em prol de um Brasil melhor e mais desenvolvido. Parar de se iludir é a única e melhor coisa que os brasileiros podem e devem fazer nesse momento tão delicado!  

Para derrotar Bolsonaro, Ciro sugere que Lula concorra como vice em 2022

Publicado em 06.04.2021

Por  

 

Marcelo Camargo | Agência Brasil

 

O ex-ministro e ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT), sugeriu ao ex-presidente Lula (PT) que ele dispute as eleições de 2022 como vice-presidente, em prol de uma aliança contra Jair Bolsonaro, atual mandatário. A declaração foi proferida nesta última segunda-feira (5), durante debate sobre a proposta de reforma administrativa.

Para o político, o ex-presidiário deve se espelhar no exemplo de Cristina Kirchner, na Argentina, que topou ser vice na chapa de Alberto Fernández.

“A gente devia pedir generosidade a quem já teve oportunidade, como o Lula, que é um grande líder da história brasileira, mas a gente devia pedir a ele que se compenetrasse e que não imitasse o exemplo desastrado do Maduro na Venezuela ou o exemplo desastrado do Evo Morales na Bolívia. E que olhasse o que a Cristina Kirchner fez na Argentina, em que, tendo uma força grande, deu um passo pra trás e ajudou a Argentina a se reconciliar”, afirmou.

Para justificar a estratégia, Ciro mencionou a corrupção que marcou as gestões do PT. Segundo ele, os escândalos poderiam minar uma eventual campanha de Lula.

“Imaginem vocês uma campanha em 2022, o Bolsonaro querendo se recuperar da impopularidade, a lembrar da esculhambação do Palocci, a esculhambação do Zé Dirceu, a esculhambação não sei de quem. Eu não digo nem que seja verdade ou que seja mentira, eu estou dizendo é o que eu estou vendo pela minha experiência. […] É fazer de novo a campanha antipetista em cima dos exemplos”, declarou.

E acrescentou:

“Derrotar Bolsonaro é muito importante, não por ódio a ele, mas para derrotar o desastre que ele está produzindo, na saúde, na economia, na relação internacional, em que o Brasil está desmoralizado. […] Quem vai operar esse novo projeto nacional é a política, uma nova e ampla aliança, generosa aliança que vai permitir ao Brasil se reconciliar consigo mesmo.”

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo PONTO DE VISTA: ESTAMOS NA IMINÊNCIA DE VIVER A FÁBULA DO SAPO E DO ESCORPIÃO COM LULA E CIRO GOMES

PONTO DE VISTA: A VERDADEIRA FACO DE JOÃO DORIA ESTÁ ESTÁ SE REVELANDO

Caro(a) leitor(a),

Você que acompanha as publicações do Blog do Saber e desta coluna, sabe do nosso compromisso em mostrar a verdadeira face de um personagem da política nacional que engana o eleitor há muito tempo. Esse personagem se chama João Doria e, a meu ver, é a mente mais doente da política nacional. Por isso a minha preocupação em impedir que esse crápula alcance seu objetivo maior que é ser presidente da república. O artigo a seguir é mais uma evidência e constatação do que venho falando aqui. O cara é capaz de tudo para chegar ao poder. Desde se aliar e usar o nome de Bolsonaro em 2018 para se eleger governador de São Paulo, como se aliar ao maior bandido e ladrão que a história da humanidade já conheceu, o meliante Lula. Portanto, peço a você que está consciente dessa verdade que me ajude a divulgar essa postagem!

Doria diz que aceita “sentar com Lula” e revela sua verdadeira face

Foto: Arquivo/Agência BrasilFoto: Arquivo/Agência Brasil

Em entrevista ao site esquerdista “Revista Fórum”, o deputado federal Orlando Silva, do PCdoB-SP, fez uma revelação bombástica: ele disse que o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), chegou a apelar para ele, em certa ocasião, e afirmar que toparia conversar com o ex-presidente e ex-presidiário, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), na tentativa de unir forças contra a reeleição do atual presidente, Jair Bolsonaro.

Em vídeo, o esquerdista detalhou o encontro com o tucano.

“Lá pelas tantas, ele (Doria), falando de política, falou a seguinte frase: “em 2022, para derrotar o Bolsonaro, eu sento até com o Lula”. Eu falei: “vai muito bem por aí. É um bom caminho”. Eu disse ainda para ele que fiquei com a frase na cabeça e, quando tivesse chance, ia falar sobre isso para um jornalista. E ele me respondeu: “pode falar”, contou em conversa com Cynara Menezes.

Sobre a tal “Frente Ampla”, que congrega artistas e adversários políticos de diversas vertentes contra Bolsonaro, Orlando Silva foi enfático ao dizer que apoiaria qualquer pessoa contra o chefe do Executivo, em um eventual segundo turno.

“Eu sou muito contra Bolsonaro. Eu e todo mundo que seja razoável. O que ele está fazendo no Brasil é inacreditável. Esse cara é tão perverso quanto esses ditadores que exerceram poder no Brasil. Ele equivale a Emílio Gastarrazu Médici”, acredita.

A afirmação de João Doria contrasta com a narrativa para se eleger, em 2018. Durante aquele ano, o tucano utilizava o slogan “BolsoDoria” e fazia duras críticas à corrupção e ao ex-presidente Lula, que era investigado na Operação “Lava Jato”, da Polícia Federal. Doria tentou de todas as formas vincular o próprio nome à imagem de Jair Bolsonaro, que era visto como político confiável, crível, sincero e empático. Mas, depois de eleito às custas da “onda Bolsonaro”, virou as costas pro atual presidente, tornando-se opositor ferrenho do Planalto.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: A VERDADEIRA FACO DE JOÃO DORIA ESTÁ ESTÁ SE REVELANDO

PONTO DE VISTA: AS FORÇAS ARMADAS ESTÃO VACINADAS CONTRA ARROUBOS DITATORIAIS

Caro(a) leitor(a),

Não é preciso ser expert em política, filosofia e história para perceber que, desde o início, a intenção maior do presidente Bolsonaro é dar um golpe e assumir o poder sozinho. Com um perfil explicitamente autoritário, Bolsonaro, assim como todo autoritário usa pee de cordeiro para camuflar a sua verdadeira intensão. O movimento dos últimos dias com as profundas mudanças nos cargos de primeiro escalão e a demissão coletiva do comando das forças armadas deixa a coisa mais explícita ainda. Há muito que ele tenta fazer o que Lula tentou, mas não conseguiu. Subjugar as forças armadas a sua ideologia, pois só assim teria condições de promover o tão sonhado golpe. Ocorre que as Forças Armadas estão vacinadas quanto a uma nova empreitada ditatorial. Madura o suficiente para dar o explícito e claro recado com a demissão coletiva da sua cúpula. A verdade é que, para não passar por vexame Bolsonaro se antecipou e demitiu a todos, já que as cartas de demissão já estavam prontas. As Forças armadas Brasileira jamais se submeterá a ideologia ditatorial de quem quer que seja. Em última análise, se a corda esticar demais a ponto de romper, o máximo que vai acontecer é uma intervenção sob o comando da vontade do povo. E tenho dito!

AO VIVO: Bolsonaro muda comando das Forças Armadas (veja o vídeo)

Jair Bolsonaro (Reprodução)Jair Bolsonaro (Reprodução)

A mudança no comando das Forças Armadas deixou os militantes de esquerda muito preocupados, no entanto, o que há, de fato, por trás disso?

A notícia veio na sequência da troca de seis ministros.

Para comentar esses assuntos, o Jornal da Noite, da TV Jornal da Cidade Online, de hoje recebe Renato Gomes, mestre em Direito Público, e Frederico Rodrigues, analista político.

Em pauta ainda a doação, em um primeiro momento, de US$ 300 mil (aproximadamente R$ 1,7 milhão) feita pela China para centrais sindicais brasileiras.

Qual a intenção do Partido Comunista Chinês e de seu líder, Xi Jinping?

Destaque também para a aposentadoria do ministro Marco Aurélio, do STF, marcada para 5 de julho.

Imperdível!

Assista AO VIVO e compartilhe:

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: AS FORÇAS ARMADAS ESTÃO VACINADAS CONTRA ARROUBOS DITATORIAIS

PONTO DE VISTA: GILMAR MENDES É O PIVÔ DO FIM DA LAVA JATO E DA LIBERDADE DE LULA

Caro(a) leitor(a),

O artigo a seguir faz a linha do tempo de uma armação, tal qual uma peça de teatro muito bem ensaiada, da história mais tenebrosa da nossa débil e frágil república, orquestrada por um personagem malévolo, mal caráter e sombrio, que atende pelo nome Gilmar Mendes. Ao ler o artigo você vai relembrar dos fatos que, aos poucos, paulatinamente, materializaram a deprimente situação que todos os brasileiros dobem estão vivenciando neste exato momento. Ao ler o artigo completo a seguir é muito fácil perceber que o principal responsável pelo desmonte da Lava Jato e a libertação do meliante Lula é esse personagem tenebroso, mau caráter, sem princípios nem honra que pauta seu discurso e decisões de acordo com os interesses dos amigos, comparsas, sócios e por que não dizer: de acordo com quem paga mais. Apesar de não termos provas de atos de corrupção envolvendo dinheiro por esse crápula, qualquer que tenha pelo menos dois neurônios, tico e teco, sabe que um jogo pesado como esse só acontece com muito, mas muito dinheiro por trás. E se não rolar dinheiro, rola ameaças de vida, como foi o caso do ex-ministro Joaquim Barbosa. Querer fazer-nos acreditar que isso não existe é subestimar a nossa inteligência. Que o diga a atitude da ministra Carmen Lúcia ao mudar o seu voto no julgamento sobre a suspeição de Sergio Moro. Tenho dito!

O papel de Gilmar Mendes na desestabilização da Lava Jato e na elegibilidade de Lula

Foto: Marcelo Camargo/Agência BrasilFoto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Analisar a atitude do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), empenhado em acabar com a “Operação Lava Jato”, não é tarefa fácil nem para os principais juristas do Brasil.

Isso porque as ações tomadas, nos últimos meses, contrastam, totalmente, com o Gilmar do passado.

Em 2016, por exemplo, quando o ex-presidente e ex-presidiário, Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, foi preso coercitivamente; o ministro fez piada durante uma palestra para estudantes em Fortaleza.

“Antes, batiam à nossa porta e a gente sabia que era o leiteiro, não a polícia”, ironizou.

Em outra ocasião, ele anulou a nomeação de Lula como ministro da ex-presidente Dilma Roussef (PT), que tinha o claro objetivo de obter a proteção do malfadado foro privilegiado. E, em seguida, minimizou uma outra queixa dos advogados de Lula relacionada aos grampos; dizendo que o ex-juiz federal Sérgio Moro “justificou” a “confusão” que resultou na quebra de sigilo da linha telefônica usada pela banca que defende o petista.

Ainda em 2016, após a votação de impeachment de Dilma Roussef, Gilmar se mostrava plenamente satisfeito com o curso das investigações, no centro do programa Roda Viva, da TV Cultura. Até fez elogios à condução da “Lava Jato”, citando o procurador Deltan Dallagnol como exemplo de que “as instituições brasileiras estão funcionando” e que a operação se desenrolava bem “graças a Deus e graças ao juiz Moro”.

“Eu acho que ele (Moro) está conduzindo um processo extremamente complexo, sofrendo uma pressão imensa, e tem conduzido muito bem”, afirmou o ministro no programa.

E completou:

“Eu não vejo essa transformação de magistrados em justiceiros“, destacou, acrescentando que a “carência de liderança” no país transformava Moro em herói.

Porém, passados cinco anos desses eventos, eis que surge um “novo” Gilmar e um novo Supremo, prontos a fulminar a “Lava Jato”, por uma suposta “parcialidade” do ex-juiz federal e em virtude de “práticas autoritárias” de um “modelo soviético” de persecução penal adotado pela “República de Curitiba”.

O início da “guerra” de Gilmar contra a “Lava Jato” coincide, exatamente, com a queda do PT do poder e o avanço das investigações sobre empresários e políticos que são próximos do ministro, como o ex-presidente Michel Temer, o senador José Serra e o deputado Aécio Neves, no segundo semestre de 2016.

Gilmar é considerado o mais político dos membros do Supremo e sustenta uma narrativa de que a operação é “autoritária”, teoria desmentida pelos fatos.

Hoje, ele é o líder da oposição à “Lava Jato” no Judiciário e para proteger os amigos e a si próprio – o patrimônio da família de Gilmar chegou a ser alvo de uma apuração da Receita Federal –, o ministrou não se furtou a usar o caso de Lula como emblema de sua nova guerra particular.

Em dezembro de 2018, o placar do julgamento estava 2 a 0 contra a suspeição de Moro, quando Gilmar pediu vista do processo e levou o habeas corpus impetrado pela defesa de Lula para o seu gabinete. Mas, havia um entrave: o voto do decano Celso de Mello. Por isso, Gilmar só voltou a cogitar retomar o julgamento depois que as mensagens roubadas dos telefones celulares da força-tarefa começaram a ser divulgadas, em junho de 2019. Celso de Mello aposentou-se em 2020 e o aval de Ricardo Lewandowski para que a defesa de Lula tivesse acesso formal ao acervo de mensagens, no início deste ano, fez com que Gilmar agendasse o julgamento, novamente.

Mesmo com provas roubadas por hackers, Gilmar sinalizava que estava prestes a retomar o julgamento após mais de dois anos. Fachin fez a sua parte: anulou todas as decisões da 13ª Vara Federal de Curitiba envolvendo os casos do ex-presidente, inclusive as condenações nas ações do tríplex e do sítio de Atibaia e determinou a remessa dos casos para a Justiça Federal de Brasília, conferindo ao novo juiz a possibilidade de usar as provas produzidas contra o petista no Paraná e extinguiu o habeas corpus que pedia a suspeição de Moro.

Beneficiar Lula e não punir Moro não era o que Gilmar esperava. O voto do ministro foi carregado com uma série de diálogos hackeados na tentativa de desqualificar toda a operação; imputando crimes aos procuradores e a Moro. Ricardo Lewandowski fez o mesmo.

Apesar do ensaio orquestrado, usar provas ilícitas no processo judicial não convenceu o ministro Kassio Marques Nunes, que rechaçou o uso das mensagens roubadas. Mas, a ministra Cármen Lúcia “salvou a pátria” de Mendes e alterou o voto de dois anos atrás para julgar Moro parcial, alegando que o “cenário” que se tinha em 2018 mudou.

Há novas batalhas nessa guerra e e já ficou claro pra todos que ela é controlada por Gilmar.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: GILMAR MENDES É O PIVÔ DO FIM DA LAVA JATO E DA LIBERDADE DE LULA

PONTO DE VISTA: O JOGO NOS BASTIDORES DO STF É PRA LÁ DE PESADO

Caro(a) leitor(a),

Até a hora do fechamento da edição que publicou o artigo a seguir no Jornal da Cidade Online o voto de Nunes Marques sobre a suspeição do ex-juiz Sergio Moro havia imposto uma fragorosa derrota ao ministro falastrão Gilmar Mendes, presidente da 2ª Turma, desempatando a favor de Sergio Moro o julgamento. Gilmar ficou louco e tão inconformado com esse voto que não se conteve, pôs-se a tagarelar, estrebuchar e espernear. Usou de toda a sua persuasão, poder e pressão psicológica até conseguir que Cármen Lúcia muda-se o seu voto inicial e virou a mesa. O que nós estamos vendo no Supremo Tribunal Federal á a coisa mais deprimente, degradante, constrangedora e bizarra que alguém já imaginou testemunhar. O constrangimento de Cármen Lúcia era absolutamente visível. Ela estava pálida e quase sem ação. Eu gostaria muito de ser uma mosca para entrar nas dependências do STF e ver o que acontece entre eles na intimidade. Penso que talvez deva haver muita pressão psicológica e até ameaças de morte para justificar o comportamento de alguns ministros, como foi o caso de Joaquim Barbosa. Muito sinistro e estranho a sua saída do tribunal. O que sei e tenho certeza é que o jogo é terrivelmente pesado. Como a verdade está vindo a tona cada vez mais rápido, não tenho dúvida de que saberemos muito em breve o que se passa nos bastidores desse fétida formação de ministros! 

Gilmar se desespera após voto de Nunes Marques e desanda a “discursar” e agredir (veja o vídeo)

Gilmar Mendes - Reprodução/STFGilmar Mendes – Reprodução/STF

Inacreditável.

O ministro Nunes Marques, em voto brilhante, impôs cruel derrota aos ministros Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski.

Gilmar, que é o presidente da 2ª turma, após o voto que decidiu a questão, desandou a discursar, demonstrando um incompreensível desespero pelo resultado.

O magistrado mato-grossense parece não aceitar a decisão da maioria.

Algo bastante incomum está acontecendo em nosso Supremo Tribunal Federal.

Gilmar chegou a atacar o ministro Nunes Marques, dizendo “Nem aqui, nem no Piauí (terra do ministro)”.

Veja o vídeo:

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: O JOGO NOS BASTIDORES DO STF É PRA LÁ DE PESADO

PONTO DE VISTA: “O PODER EMANA DO POVO”, ISSO É FATO, NÃO É UTOPIA. ACORDA BRASIL!

Caro(a) leitor(a),

Parece que quase ninguém percebeu a “coincidência” dos fatos quando o comentarista político Caio Coppolla teve a atitude de iniciar um abaixo assinado pelo Impeachment do Ministro Alexandre de Moraes. Um dia antes o ex-Ministro da Justiça Sergio Moro havia se manifestado no Tweeter afirmado que quem não estivesse satisfeito com a atitude do ministro Fachin que se manifestasse formalmente como manda a lei, através de uma ação judicial. Mas o Caio Coppolla entendeu o recado sim. Um dia depois ele elaborou um abaixo assinado e fez um vídeo pedindo a colaboração da sociedade. A resposta foi mais do que imediata. Em apenas 24 horas o abaixo assinado já tinha mais de 2 milhões de assinaturas. Um fato inédito na breve história das redes sociais, que, também, parece ter finalmente se perpetrado como o mais novo foro de debate para as resoluções dos complexos problemas de uma nação continental como o Brasil. Há tempos eu venho dizendo que o povo, como detentor maior do poder precisa e deve intervir através das redes sociais para por ordem e impor a sua vontade perante seus pseudos “representantes”, que insistem em priorizar os seus interesses particulares em detrimento dos interesses coletivos do seu patrão maior: O POVO!

Espero que essa ação evolua, que o senado receba e acate a petição de Impeachment e que o famigerado “Xerife” Alexandre de Moraes seja devidamente punido, para que sirva de lição para os seus pares. Que suas fichas caiam e eles entendam que são tão mortais quanto cada um de nós. Que estão lá única e exclusivamente porque permitimos e que devem lealdade ao Povo.

Quero deixar ainda a minha concordância geral com o artigo publicado no Jornal da Cidade Online, o qual reproduzo a seguir e que precisa ser divulgado o máximo possível. Por isso peço a sua colaboração nesse sentido. Só assim conseguiremos conscientizar o povo brasileiro do poder que está em suas mãos!

Dois tartufos, um homem e a liberdade

Fotomontagem reproduçãoFotomontagem reprodução

“Pois que adianta ao homem ganhar o mundo todo e perder sua alma?” (Marcos, 8.36 – Bíblia).

Daniel Silveira, Danillo Gentili, Caio Copolla. Três nomes conhecidos. Três funções distintas: o primeiro é político, o segundo é apresentador e humorista, o terceiro analista político. Os três se notabilizaram por fazer críticas ácidas ao poder indiscriminado das mais diferentes “autoridades” do Brasil.

Daniel Silveira, Deputado Federal (PSL-RJ), é um fortão que foi eleito prometendo aos eleitores um duro combate às injustiças e roubalheiras no Brasil. Dizia nada temer. Fez um vídeo onde proclamou aos quatro ventos:

– “O que acontece, Fachin, é que todo mundo tá cansado dessa tua cara de filha da puta, que tu tem, essa cara de vagabundo, né? […] Por várias e várias vezes já te imaginei levando uma surra”. No vídeo, Silveira afirmou que os 11 ministros do Supremo “não servem para p… nenhuma para esse país”, “não têm caráter, nem escrúpulo, nem moral” e deveriam ser destituídos para a nomeação de “11 novos ministros”.

Foi preso injustamente. A ordem de prisão partiu de outro Ministro do Supremo que foi chamado de Xerife pelo Ministro Marco Aurelio. Na prisão chorava todos os dias, segundo notícias publicadas nos jornais. Quando teve oportunidade de se defender, mudou o discurso e manso como um cordeirinho disse:

– “Reconhecendo, sempre reconheci, a importância do Supremo Tribunal Federal. É uma instituição muito importante. Outrora, em ataques, por exemplo — não estou atacando os ministros aqui de maneira alguma — mas já me contrapus a decisão de vários ministros. São ministros que decidem realmente toda a jurisprudência, mas que às vezes tomam uma decisão que nós não entendemos, não vemos a ilegalidade do fato, ou às vezes caímos ali no campo da discussão totalmente ideológica. E muitas vezes somos movidos pela raiva, mas em nenhum momento isso me torna um criminoso.”

Todos nós ficamos atônitos. Onde estava o homem fortão? Onde o defensor dos fracos e oprimidos? Por que não sustentou o discurso que o elegeu? Por que não gritou contra a forma injusta pela qual foi preso? Dizia defender os injustiçados, e quando foi injustiçado ao invés de se revoltar rastejou e bajulou seus verdugos! Por que não reafirmou todos os crimes cometidos pelos Ministros? Chorou como um menor abandonado, pedindo ajuda e implorando perdão…Como acreditar em um homem desses?

Que belo exemplo teria dado Daniel Silveira aos que votaram nele e aos que não votaram, se não tivesse se acovardado!

Mas agora conhecemos seu coração!

Danillo Gentili, o apresentador-humorista, um homem-grande de um metro e noventa, que também afirmava para todo Brasil que era corajoso e indomável, atacou pelas redes sociais:

– “Eu só acreditaria que esse País tem jeito se a população entrasse agora na câmara e socasse todo deputado que está nesse momento discutindo PEC de imunidade parlamentar”.

A Procuradoria Parlamentar da Câmara dos Deputados pediu ao ministro Xerife-Alexandre de Moraes a decretação da prisão do humorista. Na peça, os advogados alegam violação à Lei de Segurança Nacional, comparam a publicação à invasão do Capitólio americano, em janeiro, e pedem abertura de inquérito.

De novo, incrédulos, assistimos o outro defensor dos oprimidos, com medo de ser preso, escrever no Twitter bajulações aos deputados e covardemente afirmar:

– “Eu fiz um tuíte que foi alvo de justas críticas por alguns deputados. Quem me segue sabe que sempre defendi as instituições. Aliás, minha briga com bolsonaristas foi justamente pelo fato de eu ser contrário aos pedidos criminosos de fechamento do STF e do Congresso”.

Como acreditar em um sujeito desses? Na primeira batida de pé sai correndo e pedindo arrego… Por que não aproveitou e esfregou na cara dos deputados todas as malandragens cometidas por eles? Por que não serviu de porta-voz aos oprimidos e preferiu se acovardar? Que tipo de homem é esse?

Também este abriu seu coração para nós!

Caio Copolla, jovem e brilhante comentarista, nunca prendeu ninguém, não é fortão, não vive contando vantagens e todos os dias na CNN abre sua metralhadora giratória e com inteligência detona Ministros do Supremo criticando suas arbitrariedades. Cansado de só falar, o jovem Caio resolveu agir e fez um vídeo em que pede aos brasileiros apoio para o Impeachment do Ministro-Xerife-Alexandre de Morais, protocolado pelo Senador Jorge Cajuru.

Mostrando toda indignação e revolta do povo brasileiro, em menos de 24 horas o abaixo-assinado já atingiu a incrível marca de quase dois milhões e quinhentas mil assinaturas, rumando à casa dos 3 milhões. É surpreendente a participação da população brasileira. É notável sua repulsa ao Ministro-Xerife e a todos os seus atos, que são referendados, diga-se de passagem, por todos os outros Ministros. E é um fato que a posição tomada pelo povo, apoiando o Impeachment, respinga em todos os 11 ministros.

Somos homens livres, conservadores, racionais, não com a liberdade aludida por Danillo Gentili, que disse…” minha briga com bolsonaristas foi justamente pelo fato de eu ser contrário aos pedidos criminosos de fechamento do STF e do Congresso”. Nenhum homem livre pede o fechamento do Congresso ou do STF, mas pede que saiam das instituições maiores do país aqueles homens que a estão deslustrando, desonrando, que se apossaram dessas instituições e agem como Deuses. A parte mínima não pode ser tomada pelo todo.

Somos homens livres, racionais, conservadores, não como Daniel Silveira, que se acovardou frente ao primeiro desafio. Acovardou-se frente a primeira montanha em seu caminho, a qual precisava fazer uma amarga escolha: “Sobe ou perece!” Acovardou-se frente à selva que precisava limpar. Acovardou-se perante o deserto que estava à sua frente e que gritava a ele: vença-me!

Somos homens livres, racionais, conservadores como Caio Copolla, que não fugiu da batalha. Lutamos por um Supremo constituído por verdadeiros sábios e que seja um núcleo irradiador de verdade e justiça.

Exigimos que os Senadores aceitem o pedido de Impeachment, pois é o povo que os elegeu que está demandando. Você que é livre, racional e conservador assine também. Eis o link para o abaixo-assinado:

https://bit.ly/30Q5qTW

Este texto foi inspirado na escritora americana Ângela Morgan e seu poema “Se a Natureza quer fazer um Homem” (When Nature Wants a Man) e concluo com os versos da canção de Raul Seixas:

“Oh morte, tu que és tão forte/ Que matas o gato, o rato e o homem/ Vista-se com a tua mais bela roupa quando vieres me buscar/ Que meu corpo seja cremado e que minhas cinzas alimentem a erva/ E que a erva alimente outro homem como eu/ Porque eu continuarei neste homem/ Nos meus filhos, na palavra rude/ Que eu disse para alguém que não gostava/ E até no uísque que eu não terminei de beber aquela noite” (Canto Para Minha Morte – Raul Seixas).

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: “O PODER EMANA DO POVO”, ISSO É FATO, NÃO É UTOPIA. ACORDA BRASIL!

PONTO DE VISTA: SALIM MATTAR NÃO É O PRIMEIRO NEM O ÚLTIMO A RECONHECER QUE FOI TRAÍDO POR BOLSONARO

Caro(a) leitor(a),

Acho que a reputação do sr. Salim Mattar, ex-secretário especial da desestatização é incontestável. Todos sabemos que este senhor é um mega empresário, dono da maior locadora de carros do Brasil, a LOCALIZA. Portanto, alguém que não precisa de maneira nenhuma de um cargo público para garantir a sua sobrevivência. É antes de tudo, um liberal patriota, que veio a fazer parte do governo Bolsonaro para ajudar a tirar o país do buraco em que, ainda, se encontra e recolocá-lo nos trilhos do progresso e da prosperidade. Quando ele deixou o governo, saiu discretamente. Assisti várias entrevistas com ele onde, ao ser questionado sobre o motivo da sua saída, sempre falava que por motivos particulares. Dizia que a sua missão já estava cumprida e outras amenidades. Agora, veio a público expor o real motivo da sua dissidência, aproveitando os últimos fatos políticos e a mudança de comportamento do presidente Bolsonaro com relação as políticas públicas liberais. Muita gente critica Moro pela forma como saiu do governo, lavando a roupa publicamente, mas a verdade é que, tanto ele como o sr. Salim Mattar foram traídos por Bolsonaro, que mostra sua verdadeira face agora. A face de quem nunca foi um liberal e que a sua real intenção é permanecer no poder tanto quanto Lula e o PT queriam. O título do artigo a seguir, publicado em O Antagonista diz tudo: “O governo não é liberal e eu acreditei no candidato Bolsonaro”. É o mesmo sentimento de Moro ao ser traído por Bolsonaro quando deixou o seu projeto ser totalmente desfigurado no texto final aprovado pelo Congresso Nacional e quando, também não fez nada sobre a questão do juiz de garantias, assim com tantas outras promessas feitas a Moro e não cumpridas. Portanto, como venho dizendo há um bom tempo, Bolsonaro não é confiável, enganou o seu eleitorado e os que acreditaram nele. Mas, como diz aquele velho jargão “me engana que eu gosto”, parece que é assim que o povo gosta mesmo!

Mattar: “O governo não é liberal e eu acreditei no candidato Bolsonaro”

Mattar: “O governo não é liberal e eu acreditei no candidato Bolsonaro”
Foto: Edson Lopes Jr./G5 Partners/Ministério da Economia

Salim Mattar, ex-secretário especial de Desestatização, também criticou a escolha de um general para o comando da Petrobras.

Me desculpe, estamos militarizando demais o país”, disse em entrevista à CNN Brasil. “O militar é para quartel. Temos que colocar um homem de mercado na Petrobras. Um homem que saiba o que é um departamento de relações com os investidores. Esse é o tipo de pessoa que precisamos em uma empresa listada. O governo brasileiro está mostrando que não é confiável.”

Afirmou ainda que a decisão de substituir Roberto Castello Branco no comando da empresa mostra mais uma vez que o governo Jair Bolsonaro não é liberal.

O governo não é liberal e eu acreditei no candidato Bolsonaro. No candidato que falava em privatizar a “TV da Dilma”, que é a EBC, a empresa do trem bala, que é a EPL. Ele falava em tirar o estado do cangote do cidadão. Mas foi um discurso de campanha. Eu deixei todos os meus negócios para ir para o governo. Fui motivado pelo desafio espetacular, que era um projeto de Brasil e não do governo.”

Fonte: O Antagonista

Continuar lendo PONTO DE VISTA: SALIM MATTAR NÃO É O PRIMEIRO NEM O ÚLTIMO A RECONHECER QUE FOI TRAÍDO POR BOLSONARO

PONTO DE VISTA: LUGAR DE PALHAÇO É NO PICADEIRO E NÃO NA ARQUIBANCADA. QUEM OS POLÍTICOS PESSAM QUE SÃO?

Caro(a) leitor(a),

Ao ler o artigo completo a seguir a vontade que dá é desenterrar o antigo jargão do personagem Tavares de Jô Soares, no programa Viva o Gordo, que dizia: “Tem pai que é cego”. Já que o que se viu no episódio do julgamento do deputado Daniel Silveira pela Câmara dos deputados foi mais um espetáculo teatral, com tudo previamente combinado, inclusive essa patética PEC “Daniel Silveira” que de maneira nenhuma tem o intuito de se vingar do STF, pois a hora da vingança era justamente no julgamento do deputado, que poderia ter sido solto, para desmoralização do STF, e em seguida ter sido aplicada uma punição, que poderia variar de suspensão por um determinado período até a cassação do mandato. Essa trup de bandidos do Centrão estão pensando que são o quem, para subestimar assim a inteligência do povo brasileiro? E o autor desse artigo é inocente ou faz parte desse teatro? Na verdade, o que essa bandidagem que teoricamente nos representa no Congresso Nacional quer mesmo é a impunidade ampla, irrestrita e geral. Já estava tudo combinado. O deputado Silveira já era persona non grata para a maioria dos deputados, precisavam de um motivo para criar algo que os blindassem totalmente. Então uniram o útil ao agradável. Se livraram do deputado usando-o como boi de piranha e para evitar abrir precedentes futuros inventaram essa PEC com ares de “vingança”. Uma fuleragem maior do que essa eu nunca vi! 

Congresso se “vinga” do Supremo com ‘Emenda Daniel Silveira’

Foto: Antonio Cruz/Agência BrasilFoto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Congresso se “vinga” do Supremo com ‘Emenda Daniel Silveira’

Câmara, sob o comando de Arthur Lira (PP-AL), decide votar em primeiro turno a PEC que ampliará a imunidade parlamentar, pelo menos, no quesito opiniões, palavras e votos. O texto, apelidado de ‘Emenda Daniel Silveira’, é a resposta do Congresso ao Supremo, após a prisão do deputado.

O texto da PEC garante que deputados e senadores são “invioláveis civil e penalmente por quaisquer de suas opiniões, palavras e votos, cabendo, exclusivamente, a responsabilização ético-disciplinar por procedimento incompatível com o decoro parlamentar”.

A PEC reafirma também o foro privilegiado de parlamentares, que não podem ser alcançados por decisões judiciais de primeira e segunda instâncias, por crimes relacionados ao atual mandato. Somente o Supremo poderá autorizar busca e apreensão envolvendo deputados e senadores.

Apenas crimes inafiançáveis poderão levar um parlamentar à prisão.

“No caso da prisão em flagrante, prevista no § 2º, o membro do Congresso Nacional deverá ser encaminhado à Casa respectiva logo após a lavratura do auto, permanecendo sob sua custódia até o pronunciamento definitivo do Plenário.”

O deputado Celso Sabino (PSDB-PA) concordou com a nova PEC e avaliou que “não se ignora a gravidade dos fatos perpetrados pelo deputado. Ocorre que os valores envolvidos neste e em outros casos que envolvem as imunidades parlamentares são por demais caros ao regime democrático.”

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: LUGAR DE PALHAÇO É NO PICADEIRO E NÃO NA ARQUIBANCADA. QUEM OS POLÍTICOS PESSAM QUE SÃO?

PONTO DE VISTA: O PONTO FORA DA CURVA NO DISCURSO DE ARTHUR LIRA É SINÔNIMO DE SUCUMBÊNCIA

Caro(a) leitor(a),

O discurso moderado, conciliador e de permissividade do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, quando fala em “ponto fora da curva” prevendo o resultado final do julgamento do deputado Daniel Silveira pelos seus pares, mostra para onde está caminhando a nossa frágil e imberbe democracia. Desta vez os pesos e contrapesos, dispositivo tão importante da nossa Constituição, não funcionou e deu ao STF um poder desproporcional, confirmando a tendência que vinha se delineando nos últimos episódios políticos desta débil democracia. Depois deste último episódio a tirania e a soberba do STF vai se exacerbar cada vez mais. Foi assim que começou na Venezuela e veja onde foi parar a democracia lá. Na lata do lixo. Portanto, há a necessidade de o povo, através das suas prerrogativas como detentor do poder intervir, já que o Congresso nacional não cumpriu com suas prerrogativas no episódio do deputado Daniel Silveira sucumbindo a uma decisão nitidamente inconstitucional do STF ao prender o deputado por flagrante delito. Não estou aqui concordando com a atitude de Silveira, mas analisando a letra fria da lei, que estabelece ser algo bem diferente o flagrante delito, bem como a imunidade parlamentar e a liberdade de expressão. Também da inconstitucional prisão preventiva de ofício por um integrante do STF. Eleprecisa ser provocado pela PGR. O que só ocorreu horas depois da prisão decretada de ofício. Portanto, se o povo brasileiro não tomar as rédeas, agora, da situação o que ainda nos resta de democracia terminará de correr para o ralo!

Prisão de Daniel Silveira pelo STF foi intervenção extrema, diz Arthur Lira

Publicado em 19.02.2021

Por  

 

Luis Macedo | Agência Câmara

Durante a abertura da sessão de julgamento da prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), nesta sexta-feira (19), o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), afirmou que o episódio foi uma “intervenção extrema” do Supremo Tribunal Federal (STF).

“Essa intervenção extrema sobre as prerrogativas parlamentares deve ser o que foi: um ponto fora da curva, sob o risco de banalizarmos excessos que, pelo caminho oposto, ultrapassariam o plano do razoável e passariam a orbitar também a atmosfera da irresponsabilidade”, disse.

O comandante da Casa Legislativa, contudo, lembrou que a inviolabilidade da atividade parlamentar não pode estar acima da “mais sagrada das inviolabilidades”, a do regime democrático.

VEJA O DISCURSO DE ARTHUR LIRA NA ÍNTEGRA:

Minhas Senhoras e Meus Senhores,

Fiz questão de trazer para esta sessão histórica um documento também histórico: a primeira versão da Constituição promulgada por esta Casa há 33 anos. Este é o símbolo da nossa Democracia, das liberdades e da cidadania, o guia que todos aqui assumimos o juramento de respeitar, honrar e defender.

Esta Constituição é uma obra viva que vem sendo aperfeiçoada e modernizada pelo esforço contínuo desta Casa e do Senado da República, pelo Executivo e também pelo seu guardião maior, o Supremo Tribunal Federal, no decorrer das últimas três décadas, o maior período de estabilidade democrática da história do pais.

Os momentos de turbulência são da própria natureza da Democracia, mas uma Democracia sólida é e será sempre mais forte do que todas as turbulências.

O que estaremos deliberando aqui hoje?

O que está em discussão são exclusivamente dois princípios e sua aplicabilidade: o da livre manifestação do pensamento e o da inviolabilidade do mandato parlamentar.

Antes de mais nada, como representante deste Poder, quero expressar posição que tenho certeza é da maioria desta Casa e desta Instituição.

Foi o Congresso Nacional, com poderes constituintes, que definiu e desenhou o atual arcabouço constitucional e que, portanto, conferiu as atuais atribuições do Supremo Tribunal Federal.

Tenho certeza de que a grande maioria desta Casa, entre os quais me incluo, respeita a instituição máxima do Poder Judiciário brasileiro.

Todos aqui temos diferentes formas e diferentes maneiras de expressar nossas diferenças e, muitas vezes, divergimos sobre o modo e o conteúdo sobre como as opiniões de cada um são enunciadas. Mas todos, também, historicamente, sempre reconhecemos que acima de qualquer disparidade todos aceitamos o sagrado direito de manifestação do outro.

Mas ao mesmo tempo, mesmo que discordando, sempre procuramos encontrar um grau de tolerância em relação àqueles ou àquelas que exercem suas prerrogativas de modo diverso, baseado no princípio do artigo 53 de nossa Constituição.

Agora, coloca-se diante de nós um julgamento, antes de tudo, de nós sobre nós mesmos.

Sou ferrenhamente defensor da inviolabilidade do exercício da atividade parlamentar. Mas, acima de todas as inviolabilidades, está a inviolabilidade da Democracia. Nenhuma inviolabilidade pode ser usada para violar a mais sagrada das inviolabilidades, a do regime democrático.

Portanto, o que está em discussão hoje não é a inviolabilidade do mandato parlamentar exclusivamente. Mas até que ponto essa inviolabilidade pode ser considerada se ela fere a Democracia, pondo em risco a sua inviolabilidade.

É essa avaliação que vossas excelências irão realizar.

Neste momento de enorme aflição do povo brasileiro, clamo para que superemos o quanto antes este impasse, que é pontual, um ponto fora da curva, como já declarei.

Um ponto fora de curva que precisa estar muito bem definido para todos. Fora da curva dentro do Parlamento, quando ultrapassa o plano do razoável e passa a orbitar a atmosfera da irresponsabilidade, sim.

Mas também um ponto fora da curva para aqueles e aquelas que tem res-pon-sa-bi-li-da-de.

Repito: aos que tem responsabilidade, essa intervenção extrema sobre as prerrogativas parlamentares deve ser o que foi: um ponto fora da curva, sob o risco de banalizarmos excessos que, pelo caminho oposto, ultrapassariam o plano do razoável e passariam a orbitar também a atmosfera da irresponsabilidade

Foi esta Casa que aprovou a Lei de Abuso de Autoridade. Não poderia ser ela a tolerar o abuso das prerrogativas. Estamos, aqui, dando o nosso exemplo.

Esse episódio servirá também como um ponto de inflexão para o modo de comportamento e de convivência internos, que trarão de volta maior urbanidade, respeito e empoderamento do Conselho de Ética para que o ambiente da democracia nunca se contamine a ponto de se tornar toxico.

Mas, em nome da responsabilidade, o alicerce da Democracia, quero anunciar a criação de uma Comissão Extraordinária pluripartidária para propor alterações legislativas para que, nunca mais, Judiciário e Legislativo corram o risco de trincarem a relação de altíssimo nível das duas instituições, por falta de uma regulação ainda mais clara e específica do artigo 53 da nossa Carta.

A inviolabilidade do mandato foi inscrita de forma cabal no mesmo texto Magno – no mesmo! – pelos mesmos constituintes, que definiram o papel do poder Judiciário. Respeitar a Constituição é respeitá-la por inteiro. E vamos zelar por isso.

Temos de dirigir nossas energias políticas para os problemas urgentes que aguardam soluções imediatas, no tocante à superação dos efeitos dramáticos da pior crise social e econômica causada pela maior pandemia em um século.

Não podemos perder o nosso foco. O povo brasileiro exige de nós que tomemos decisões que podem significar a vida ou a morte de milhões de brasileiros. Vamos ultrapassar o tema de hoje, vamos seguir em frente e nos concentrar em nossa missão maior.

O parlamento é o coração da democracia. Daqui nunca saíra qualquer ação institucional que fragilize ou apequene a Constituição. Somos, fomos e sempre seremos a Casa vital e pulsante da Democracia.

Muito obrigado!

Editor-chefe do Conexão Política; residente e natural de Campo Grande/MS | FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo PONTO DE VISTA: O PONTO FORA DA CURVA NO DISCURSO DE ARTHUR LIRA É SINÔNIMO DE SUCUMBÊNCIA

PONTO DE VISTA: O SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL É UM PICADEIRO CUJO PALHAÇO MOR SE CHAMA ALEXANDRE DE MORAES

Caro(a) leitor(a),

Nos vivemos um grande e interminável teatro, ou seria um circo?, na política nacional, neste país. É vergonhoso ver como a nossa mais alta corte é formada por palhaços circenses da melhor qualidade, mas que para o cargo que ocupam são totalmente e absolutamente incompetentes. O arroubo de hoje do Palhaço Mor Alexandre de Moraes ordenando a prisão do Deputado Federal Daniel Silveira é algo que beira o tragicômico. Os erros são tão primários que o palhação mandou prender sem ter combinado com o PGR para fazer a denúncia, que só veio a executá-la horas depois de o parlamentar ser preso, ou seja, eles não sabem nem como funciona o devido processo legal. Ele jamais poderia ter decretado a prisão de ofício. Isso é primário! Na visão da Procuradora Thamea Damelon o inquérito desde a sua origem já nasceu com vício por ser inconstitucional e sendo assim todos os atos desse processo são ilegais. Neste caso o palhaço Mor Alexandre de Moraes violou pelo menos 3 direitos do deputado. Mostrou todas as formas pelas quais o STF poderia ter tomado satisfações  com o deputado, mas nunca com a prisão do parlamentar. Mais uma vez o STF, através de uma decisão monocrática de um dos seus integrantes rasgou a Constituição e a jogou no lixo. Até quando vamos ter que aturar esse tipo de tirania? O Congresso Nacional tem que dar uma resposta a altura a esse crime contra a democracia e se não o fizer vai estar dando uma procuração ao STF para da próxima vez prender até o presidente do Congresso Nacional. E nós somos obrigados a assistir essa lambança toda calados!

URGENTE: PGR denuncia Daniel Silveira ao STF por coação, agressões verbais e ameaças

Publicado em 17.02.2021

Luis Macedo | Câmara dos Deputados

A Procuradoria-Geral da República acaba de denunciar ao Supremo Tribunal Federal o deputado federal Daniel Silveira (PSL/RJ).

Ele é acusado de praticar agressões verbais e graves ameaças contra ministros da Corte.

Segundo a denúncia da PGR, o parlamentar cometeu crimes enquadrados nos artigos 344 do Código Penal (por três vezes) e do artigo 23, inciso II (uma vez) e inciso IV (por duas vezes) da Lei nº 7.170/1983 – este último combinado com o artigo 18 da mesma lei.

Assinada pelo vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques de Medeiros, a manifestação da PGR frisa que Silveira desferiu agressões verbais e graves ameaças, nas redes sociais, contra os ministros.

“Em três ocasiões, o deputado incitou o emprego de violência para impedir ou tentar impedir o livre exercício do Poder Legislativo e do Poder Judiciários”, escreve Humberto Jacques.

“As expressões ultrapassam o mero excesso verbal, na medida em que atiçam seguidores e apoiadores do acusado em redes sociais, de cujo contingente humano, já decorreram até ataques físicos por fogos de artifício à sede do Supremo Tribunal Federal”, acrescenta.

Matéria em atualização 

Professor, cristão, colunista, e redator. Amo ciências políticas, sou conservador e nordestino com orgulho.

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo PONTO DE VISTA: O SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL É UM PICADEIRO CUJO PALHAÇO MOR SE CHAMA ALEXANDRE DE MORAES

PONTO DE VISTA: AS MÁSCARAS VÃO CAIR CADA VEZ MAIS RÁPIDO

Caro(a) leitor(a),

Hoje vou ser curto e grosso. Declarações como a que o ex-prefeito de Salvador, ACM Neto deu nesta segunda-feira ao rebater a fala do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, só realça e explicita o que venho declarando sobre a mentira. A mentira tem pernas curtas e estão ficando cada vez mais curtas. A verdade está vindo a tona, a cada dia, mais rapidamente em tudo que se vê e ouve. A verdade revelada por ACM Neto sobre o candidato oculto de Rodrigo Maia à presidência da Câmara, normalmente só viria à tona muito tempo depois que todo esse imbróglio tivesse passado. Mas com a mudança comportamental que a humanidade está vivendo atualmente as meias verdades se transformarão em verdades completas, cada vez, bem mais rápido. Então, aguardemos as cenas dos próximos capítulos que serão cada vez mais surpreendentes! 

ACM Neto desmascara Maia e revela quem era o candidato a presidente da Câmara, antes de Baleia

Foto: ValorFoto: Valor

Depois do governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM-GO) desmentir Rodrigo Maia (DEM-RJ), foi a vez do ex-prefeito de Salvador e presidente do Democratas, ACM Neto, contradizer, nesta segunda-feira (8), as declarações dadas pelo ex-presidente da Câmara ao site “Valor Econômico”.

ACM Neto disse: “(ele) procura culpados por erros que ele cometeu”.

Maia teria afirmado em entrevista que ACM Neto “entregou nossa cabeça numa bandeja para o Palácio do Planalto”, numa referência à movimentação do presidente do DEM em favor da neutralidade da sigla na disputa pela presidência da Câmara.

De acordo com as projeções de Maia, a suposta “neutralidade” do partido ajudou a eleger Arthur Lira (PP-AL), no comando da Casa.

ACM Neto negou e rebateu as acusações:

“Ele (Maia) está sendo péssimo perdedor e está saindo menor do que entrou. Deixou o poder subir à cabeça”, disparou.

E completou:

“Na verdade, ele sempre teve um candidato a presidente da Câmara, que era ele mesmo, Rodrigo Maia”, finalizou.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: AS MÁSCARAS VÃO CAIR CADA VEZ MAIS RÁPIDO

PONTO DE VISTA: A TIRANIA DO CABEÇA DE OVO JÁ PASSOU DE TODOS OS LIMITES

Caro(a) leitor(a),

Como é que esse cabeça de ovo pode falar em democracia?

Como é que esse cabeça de ovo, bundão pode falar em constitucionalidade, quando ele próprio, a cada canetada que dá rasga mais uma vez a Constituição a qual esse incompetente jurou defender?

Ter um ministro como esse bundão no nosso STF é simplesmente vergonhoso, vexatório e humilhante para todos os cidadãos brasileiros. Nós não merecemos isso, o Brasil não merece esse insulto e muito menos aqueles que estão sendo perseguidos pela tirania desse imbecil que brinca de ministro do Supremo Tribunal Federal.

O jornalista Gonçalo Mendes Neto, autor do artigo a seguir, tão indignado quanto eu exige uma explicação técnica e lógica deste dublê de juíz. Por isso, venho até você, meu(minha) caro(a) leitor(a) pedir seu engajamento nesta indignação coletiva e nos ajudar a divulgar, denunciar e requerer o impeachment desse excremento humano. Então envie essa publicação para o máximo de pessoas que puder!

A deprimente e inadmissível situação como Eustáquio foi devolvido para a sua família: na cadeira de rodas e “mudo”

Foto reproduçãoFoto reprodução

Oswaldo Eustáquio já está em casa.

Foi devolvido para a sua família e ninguém sabe até o momento por qual motivo foi mantido preso e, pasmem, continua preso e sob vigilância, em prisão domiciliar.

A Polícia Federal enviou ao ministro Alexandre de Moraes, responsável pela prisão do jornalista, um relatório informando que, ao término de dezenas de diligências realizadas, não encontrou elementos suficientes para indiciar pessoas pela realização ou financiamento dos tais atos antidemocráticos.

Na prisão, Eustáquio perdeu o movimento das pernas.

A responsabilidade é do Estado, que exerceu toda a sua tirania sobre esse homem.

A decisão que deu a possibilidade de Eustáquio sair detrás das grades, para cumprir a prisão em casa é de absolutamente tirânica e absurda.

Eis o item “3” do despacho de Alexandre de Moraes:

Imagem em destaque

Esse caso não pode ficar assim e nem cair na vala do esquecimento.

Um homem sem qualquer acusação saiu caminhando de sua casa e foi devolvido em uma cadeira de rodas e “mudo”.

Oswaldo Eustáquio é hoje, possivelmente, um homem mais vigiado do que qualquer bandido no Brasil.

Sem condenação. Sem acusação ou crime.

Até quando vamos ver isso?

Porque Eustáquio não pode falar?

Moraes precisa se explicar…

Gonçalo Mendes Neto. Jornalista.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: A TIRANIA DO CABEÇA DE OVO JÁ PASSOU DE TODOS OS LIMITES

PONTO DE VISTA: ATÉ QUANDO OS BRASILEIROS VÃO SER FEITOS DE IDIOTAS?

Caro(a) leitor(a),

Depois de tudo que presenciamos nesses últimos 10 meses, após o STF ter retirado a responsabilidade do governo federal de gerir e comandar o combate à Covid-19 nos estados brasileiros e este ter sido praticamente obrigado a distribuir toda a verba para os governantes estaduais gerirem esse processo e a partir de então o que se viu foi a maior e mais descarada roubalheira da história dessa república. Os governadores, com raras exceções, meteram a mão com força, sem dó nem piedade, no dinheiro público destinado a salvar vidas. No estado do Amazonas a coisa foi tão descaradamente escancarada que a Secretária da Saúde foi presa em operação da Polícia Federal que apura fraudes e desvio na compra de respiradores sem licitação pública, de uma importadora de vinhos, ou seja, algo absolutamente bizarro, pois desde quando uma importadora de vinhos comercializa respiradores? É querer achar que o cidadão e até mesmo a justiça brasileira são completamente idiotas e inéptos. E num momento como esse que culminou com o colapso total da saúde no Amazonas a nossa complacente e incompetente justiça ainda está pedindo explicações, não se pode admitir que esses larápios ainda estejam absolutamente livres. Cadeia neles, cadeia neles, cadeia neles!

STJ dá 48h para autoridades do Amazonas se explicarem sobre estoque de oxigênio e gastos com pandemia

Publicado em 20.01.2021

Por  

 

Divulgação | Governo do Amazonas

O vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Jorge Mussi, determinou nesta última terça-feira (19) que o governo estadual e os municípios do Amazonas prestem em 48 horas esclarecimentos sobre o exato momento em que tiveram conhecimento do risco de desabastecimento de oxigênio em unidades de saúde.

Mussi ordenou que os esclarecimentos sejam “detalhados”. Ele também quer ser informado sobre o recebimento e o uso de verbas federais para o combate à pandemia de covid-19. O vice-presidente do STJ está responsável pelo plantão da Corte, até o fim de janeiro, e pode decidir nos casos que julgar urgentes.

O ministro recebeu um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) no sábado (16) para investigar a condução de crise no sistema de saúde pelas autoridades estaduais e municipais do Amazonas, sobretudo em relação à falta de oxigênio nas unidades hospitalares.

Ao atender ao pedido da PGR, ele requisitou ainda informações sobre as ações adotadas no combate à pandemia; o número de leitos clínicos e de UTI à disposição; o número de profissionais envolvidos nas ações de combate à pandemia, entre outras informações técnicas sobre as ações de saúde pública desenvolvidas pelo Sistema Único de Saúde.

As apurações correrão no âmbito de um inquérito que já havia sido aberto no STJ para investigar desvios na instalação de um hospital de campanha em Manaus. Na decisão de terça (19), Mussi escreveu que o Ministério Público Federal (MPF) demonstrou haver a suspeita de “ilegalidades diversas no emprego de recursos federais destinados ao enfrentamento da pandemia”.

OUTRO LADO

Em nota, o governo do Amazonas disse que prestará os esclarecimentos pedidos ao STJ em tempo hábil.

No texto, o Executivo estadual confirma que foi notificado em 7 de janeiro pela empresa White Martins, fornecedora de oxigênio para o estado, sobre o risco de desabastecimento diante de uma alta repentina na demanda.

“Assim que foi comunicado pela empresa da dificuldade de atender a demanda, no dia 7 de janeiro, o Governo do Amazonas reportou a situação ao Ministério da Saúde e iniciou uma força-tarefa para solucionar o problema, contando com o apoio das Forças Armadas no transporte de oxigênio de plantas da própria White Martins em outros estados para Manaus”, diz o texto enviado pela administração do Amazonas, segundo informações da Agência Brasil.

Editor-chefe do Conexão Política; residente e natural de Campo Grande/MS | FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo PONTO DE VISTA: ATÉ QUANDO OS BRASILEIROS VÃO SER FEITOS DE IDIOTAS?

PONTO DE VISTA: O ILUSIONISTA JOÃO DORIA É O MAIOR ILUDIDO NESSA PARCERIA COM A CHINA

Caro(a) leitor(a),

Um compromisso meu assumido aqui, na coluna PONTO DE VISTA é onde acompanhar todos os movimentos desse impostor chamado João Dória. Há coisas que vagam no imaginário da população, que todos sabem, mas que não temos como provar. Uma delas é que esse impostor é, antes de mais nada, um homem de negócios inescrupuloso e que por trás dessa negociação com a coronavac existe enorme interesse financeiro. Qualquer um que tenha um pouco de cognição consegue juntar as peças desse quebra cabeça e entender que o Doria, sem sombra de dúvidas deve sair dessa negociação com os bolsos cheios de dinheiro para fazer uma campanha para presidente da república bilionária. Outra coisa muito óbvia e ululante é que o governo chinês tem um forte interesse nessa parceria porque tudo que Xi Jinping mais quer é colocar o seus tentáculos na América Latina e não existe país melhor para ele fazer isso do que o Brasil. Esse plano já vem sendo implementado há anos com a aquisição de muitas áreas imensas para a agricultura e também através da compra de várias empresas estratégicas, como é o caso da BAND TV e agora da GLOBO. Essa escalada não pode continuar. Mas se Doria se eleger presidente do Brasil nos estamos ferrados de vermelho, cor da bandeira do Partido Comunista Chinês. Se o Partido Comunista Chinês colocar os dois pés aqui dentro não vai ter pra ninguém. Nem mesmo para o iludido do Doria, que acha que vai ter vez. Não vai ter não! Então gente vamos abrir o olho e divulgar artigos como esse a seguir, o máximo possível para o povo se conscientize que a ameaça é real e iminente! 

Dados da Coronavac relatados à Anvisa não estão claros, diz médico

Publicado em 

Divulgação | O Estado de São Paulo

 

Em entrevista à CNN neste domingo (10), o diretor do Laboratório de Imunologia do Instituto do Coração (Incor), Jorge Kalil, frisou que faltaram informações sobre a Coronavac nos documentos divulgados pelo governo de São Paulo à Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa).

“Deve ter alguma razão para essa lacuna, pois os dados requisitados pela Anvisa são simples. Esses esclarecimentos são fundamentais para que recebamos a vacina de forma tranquila”, disse Kalil.

De acordo com ele, falta transparência.

“Pode ser que não existam algumas confirmações e tudo bem. Mas isso precisa ser dito, tudo precisa ser claro e não está”, completou.

Conforme noticiamos, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) informou neste sábado (9) que está incompleta a documentação entregue pelo Instituto Butantan no pedido para uso emergencial da vacina contra coronavírus.

A substância foi desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, em São Paulo.

“Após a triagem de todos os documentos fornecidos, os técnicos da Anvisa verificaram que ainda faltam dados necessários à avaliação da autorização de uso emergencial”, disse a Anvisa, em nota.

Veja a declaração do diretor do Laboratório de Imunologia do Instituto do Coração (Incor), Jorge Kalil, na íntegra!

Secretário de Saúde de SP

O secretário estadual da Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, disse na noite de sábado (9) que, para ele, as exigências da Anvisa causaram “estranhamento”.

“O instituto Butantan passou dossiê para a Anvisa com 10 mil páginas. Dessas constam todos os dados de todos os voluntários envolvidos. O que me causa um espanto tremendo [a solicitação de documentos que faltam]“, disse o secretário, em entrevista à GloboNews.

“Isso faz parte dos registros do cabeçalho antes de começar cada um dos estudos. Sabemos quem são os indivíduos, quem recebeu a vacina e quem recebeu o placebo”, completou.

Documentação entregue 

Entre a noite de sábado e a manhã deste domingo (10), o Instituto Butantan enviou para a Anvisa os novos dados.

A documentação já foi incluída no processo de aprovação emergencial da Coronavac.

Até às 09h de hoje (10), o percentual de documentos considerados insuficiente caiu de 59,63% para 53,01%. .

Professor, cristão, colunista, e redator. Amo ciências políticas, sou conservador e nordestino com orgulho.

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo PONTO DE VISTA: O ILUSIONISTA JOÃO DORIA É O MAIOR ILUDIDO NESSA PARCERIA COM A CHINA

PONTO DE VISTA: DAVI ALCOLUBRE PROMOVE ATO COVARDE E ANTIPATRIÓTICO PERANTE SEUS REPRESENTADOS

Caro(a) leitor(a),

Fim de ano, juntamente com a festa do nascimento do menino Jesus é um momento de reflexão, de perdão e do mais sincero arrependimento, visto que sem essas duas coisas os nós não se desatam. Mas, como tudo na vida é uma questão de interpretação, os egocentrismo humano, naturalmente hipócrita aproveita esse momento para colocar todos no mesmo plano, onde as diferenças desaparecem e as portas das cadeias são abertas até para os piores bandidos, seja dos crimes de colarinho branco ou dos crimes comuns. É o presidente da república que lança mão desse argumento para dar o indulto natalino e nessa mesma esteira o presidente do congresso resolve fazer algo semelhante com os maiores criminosos, responsáveis pelo atual caos político, econômico e sanitário que o país ora está mergulhado. Eis  que o senhor Alcolumbre em sua última canetada do ano decide arquivar para sempre todos os processos de Impeachment contra os ministros do STF. Um ato além de covarde, antipatriótico. Sepultando todas as chances de termos um dia um bandido desses realmente punido, já que a única forma de pararmos os desmandos do STF e a instabilidade jurídica neste país é através de um ato desse para que esses bandidos da capa preta parem de se achar deuses. Enquanto o povo não tomar consciência e der um basta nisso o país vai continuar mergulhado no caos, na lama, e na insegurança jurídica. Resumindo: sem esperança!

O presente de Natal de Alcolumbre para os ministros do STF

Davi AlcolumbreDavi Alcolumbre

Silenciosamente e no último dia do ano legislativo, o presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre, arquivou todos os pedidos de impeachment contra ministros do STF.

Literalmente, jogou na lata do lixo.

Aproveitou o embalo e também pôs no lixo dois pedidos de impeachment contra o procurador-geral da República.

Foram 38 pedidos de impeachment contra os magistrados e o PGR.

O principal alvo dos pedidos era o ministro Alexandre de Moraes, 17.

“O aceno de paz garante aos ministros do Supremo e a Aras que, independentemente de quem assumir o comando do Senado, não haverá na gaveta um único pedido de impeachment que possa ser despachado rapidamente”, noticiou Lauro Jardim.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: DAVI ALCOLUBRE PROMOVE ATO COVARDE E ANTIPATRIÓTICO PERANTE SEUS REPRESENTADOS

PONTO DE VISTA: CASO OSWALDO EUSTÁQUIO LEVADO ÀS ÚLTIMAS CONSEQUÊNCIAS POR ALEXANDRE DE MORAES

Caro(a) leitor(a),

Precisamos de mais parlamentares e cidadãos com a coragem do deputado Daniel Silveira que luta pela verdade dos fatos sem temer os poderosos da capa preta. Eu endosso suas duras palavras culpando o ministro Alexandre de Moraes pelo “dito acidente” ocorrido com o jornalista investigativo Oswaldo Eustáquio. Se existe algum responsável por todos os danos e tragédias na vida o jornalista ele se chama Alexandre de Moraes, que empreendeu uma implacável perseguição até as últimas consequências. Uma história mal contada que, sem dúvida ainda será esclarecida, porque a verdade está vindo a tona cada vez mais rápido. É só ver o caso de Crivella, prefeito do Rio de Janeiro, que já está começando a pagar seus crimes antes do encerramento do mandato e também do governador Wilson Witzel. Não é coincidência não, pode crer! Gente, vamos viralizar essa publicação para que todos tenham a oportunidade de tomar conhecimento das atrocidades que estão acontecendo no Brasil pelas mãos dos políticos e ministros do STF.

Em duras palavras, deputado desabafa sobre ‘acidente’ de Eustáquio: “Moraes é integralmente culpado”

Fotomontagem: Daniel Silveira e Alexandre de MoraesFotomontagem: Daniel Silveira e Alexandre de Moraes

O deputado federal, Daniel Silveira (PSL-RJ), publicou, no Twitter, na manhã desta terça-feira (22), que o jornalista investigativo, Oswaldo Eustáquio, preso na sexta-feira (18), por determinação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), tentava consertar o banheiro da cela que havia inundado; quando caiu e bateu o pescoço na pia, lesionando a quinta vértebra.

“Situação real do Oswaldo Eustáquio: o encanamento de sua cela estourou e começou a inundar a sala. Ele subiu no vaso sanitário para tentar consertar, escorregou e bateu o pescoço na pia, lesionando uma vértebra, foi um acidente, mas que alguém causou, pois não era para estar lá”, disse o deputado.

E continuou:

“Ele foi vítima de ações ilegais e arbitrárias de um marginal da lei chamado @alexandre, que é integralmente culpado por este fato que pode deixar o Oswaldo paraplégico. Isso mesmo, o ministrinho é culpado por isso e deve pagar por seus reiterados crimes”, disparou.

O jornalista investigativo, Oswaldo Eustáquio, foi preso, na sexta-feira (18), após sair de casa e ir ao Ministério dos Direitos Humanos para reunir-se com a chefe da pasta, Damares Alves.

Ele estava em prisão domiciliar, com tornozeleira eletrônica, depois que Alexandre de Moraes o acusou de “instigar uma parcela da população a impulsionar o extremismo do discurso de polarização e antagonismo, por meios ilegais, a Poderes da República”, no inquérito que investiga supostos atos antidemocráticos.

Confira:

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: CASO OSWALDO EUSTÁQUIO LEVADO ÀS ÚLTIMAS CONSEQUÊNCIAS POR ALEXANDRE DE MORAES

PONTO DE VISTA: ENQUANTO O MP ESPERNEIA O BANDIDO AÉCIO NEVES CONTINUA SOLTO. E VIVA A CEGUEIRA DA JUSTIÇA!

Caro(a) leitor(a),

Esse caso já está mais do que esmiuçado e comprovado, através de delações premiadas diretores das próprias empresas envolvidas na obra e não deveria mais estar em discussão. O que já deveria ter acontecido, isso sim e há muito tempo, era a condenação e prisão definitiva do bandido Aécio Neves cuja culpa e criminalidade é pública e notória desde que foi pego numa gravação pedindo 2 milhões de reais ao outro bandido Joesley Batista para pagar honorários advocatícios. Essa uma daquelas coisas que todos sabemos que é verdade e que acontece, mas que a venda da justiça não deixa que a justiça seja feita. Tudo isso é muito triste, deprimente, bizarro e surreal. Só resta a nós, cidadãos brasileiros o esperneio, a indignação e a revolta!

MP denuncia Aécio Neves e mais 15 por supostos crimes de peculato, corrupção e lavagem de dinheiro

Publicado há em 20.12.2020

Valter Campanato | Agência Brasil

O Ministério Público de Minas Gerais denunciou, nesta sexta-feira (18), o deputado federal Aécio Neves (PSDB).

Além do ex-senador, outras 16 pessoas também foram denunciadas pelos crimes de peculato, corrupção e lavagem de dinheiro nas obras da Cidade Administrativa, sede do governo estadual.

As investigações apontam que as irregularidades ocorreram entre 2007 e 2010. Porém, tudo só teria sido descoberto apenas seis anos depois após uma delação premiada durante a Operação Lava Jato.

Segundo o MP, prejuízos sofridos pelo cofres públicos teriam superado o valor de R$ 50 milhões.

Três executivos de duas empresas confirmaram os crimes em 2017, que teriam acontecido durante a gestão de Aécio Neves.

Ainda de acordo com o MP, ao todo, nove empresas empreiteiras se uniram “para fraudar a licitação e repartir ilicitamente os contratos para a execução das obras”.

Parte do dinheiro teria sido paga por “meio de contratos fictícios e, ainda, por valores entregues a terceiros, em evidente conduta de ocultação e lavagem de dinheiro”.

O outro lado

Em nota, a defesa de Aécio Neves diz que “lamenta a precipitação e o absurdo da denúncia apresentada pelo Ministério Público. A obra citada, concluída há mais de 10 anos, foi realizada de forma exemplar, com os preços apresentados na licitação considerados abaixo dos de mercado pelo próprio MP à época e considerada correta por todos os órgãos de controle como TJ, TCE. O edital foi aprovado pela AGE e submetido previamente ao MP. Por isso a denúncia é insustentável. A defesa confia que a Justiça irá demonstrar a injustiça e o absurdo da falsa acusação”.

Professor, cristão, colunista, e redator. Amo ciências políticas, sou conservador e nordestino com orgulho.

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo PONTO DE VISTA: ENQUANTO O MP ESPERNEIA O BANDIDO AÉCIO NEVES CONTINUA SOLTO. E VIVA A CEGUEIRA DA JUSTIÇA!

PONTO DE VISTA: UMA BELA OPORTUNIDADE PRA FAZER UMA FAXINA NO ESGOTO FÉTIDO DO STF

Caro(a) leitor(a),

Sabe as aquelas coisas cabeludas que povoa o imaginário do povo brasileiro, que temos certeza que acontece, mas ninguém fala porque não consegue provar? Então, o povo brasileiro sabe que acontecem fatos escabrosos, surreal e bizarros nas entranhas do Supremo Tribunal Federal. Entretanto como não temos provas esses fatos vão passando e caindo no esquecimento. Por exemplo, Todos sabemos que a saída de Joaquim Barbosa do STF não foi meramente porque ele resolveu se aposentar e ir curtir a família. A verdade é que ele foi ameaçado de morte e/ou seus familiares e ele preferiu se afastar do que arriscar a própria vida ou a de seus familiares. Um dia essa verdade completa virá a tona, pois ela sempre vem. Da mesma forma é muito provável que esses ministros sofram esse tipo de assedio. Como sabemos a advogada do André do Rap, que conseguiu a soltura do bandido é sócia de ex-assessor do ministro Marco Aurélio, que concedeu o Habeas Corpus. É muita ingenuidade nossa acreditar que isso é só uma mera coincidência. Dá até pra imaginar as ameaças do bandido através da advogada sobre o ministro Marco Aurélio. Então minha gente, o que o ministro Barroso revelou no artigo a seguir só confirma o que estou falando. O jogo é pesadíssimo e esses togados, para sobreviverem e/ou se darem bem dançam conforme a música da bandidagem, pode crer! É muito importante que esse artigo a seguir seja divulgado com força, pois é uma revelação do presidente do STF que, em função da pressão que a população fizer pode vir muitas outras verdades a tona e acabarmos fazendo uma faxina no esgoto porco e nojento do STF.

Barroso abre o jogo e diz que dois ministros mudaram voto sobre prisão em 2ª instância, por pressão das forças da corrupção e aliados

Luis Roberto BarrosoLuis Roberto Barroso

O ministro Luis Roberto Barroso afirma textualmente que dois ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), que antes votaram pela prisão de condenados em segunda instância, mudaram de posição após pressão “dos que pretendem que tudo permaneça como sempre foi”.

A afirmação é estarrecedora, pois admite, pela primeira vez na história, que ministros da suprema corte brasileira estão suscetíveis a pressões externas de forças nocivas ao país, gente poderosa e corrupta.

“A corrupção contra-atacou com todas as suas forças e aliados, até conseguir desfazer a medida”, diz Barroso.

A declaração do magistrado é parte do conteúdo do livro de sua autoria denominado “Sem data venia: um olhar sobre o Brasil e o mundo”.

Barroso não cita o nome dos tais ministros, mas deixa claro suas identidades ao revelar que ambos apoiaram a prisão em 2ª instância em 2016, e mudaram de posição em 2019, ao votarem para que o cumprimento da pena fosse iniciado apenas após o trânsito em julgado.

Enquadram-se no caso os ministros Gilmar Mendes e Dias Toffoli, que votaram em 2016 pela prisão após a condenação em segunda instância, e, em 2019, mudaram de posição.

A situação no STF, que já anda bastante conturbada, deve agravar-se.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: UMA BELA OPORTUNIDADE PRA FAZER UMA FAXINA NO ESGOTO FÉTIDO DO STF

PONTO DE VISTA: CASO STF AUTORIZE A REELEIÇÃO DE RODRIGO MAIA E ALCOLUMBRE, CAJURU AMEAÇA RENUNCIAR O MANDATO

Caro(a) leitor(a),

É importante que existam parlamentares como Kajuru que esperneiam diante das abominações que acontecem no dia dia do Congresso Nacional. Essa reeleição de Alcolumbre e de Maia é totalmente fora de propósito e inconstitucional. O pior é que os caras insistem na cara de pau. O presidente do Congresso jurou cumprir a Constituição, mas isso quando é para beneficiar o povo brasileiro. Quando é para  seu próprio benefício passa-se um rolo compressor por cima dela. Isso, por si só, já mostra a falta de caráter de caras como Maia e Alcolubmre e serve para o povo brasileiro ver quem são os caras que estão defendendo os nossos interesses. Precisamos votar certo da próxima vez. Homens de honra fazem como Kajuru. Renunciam ao mandato. A única coisa ruim é que é menos um na frente de batalha pra combater esses canalhas!

Kajuru ameaça renunciar ao mandato caso STF autorize reeleição de Maia e Alcolumbre

Marcos Rocha

Publicado  

em

Pedro França | Agência Senado

O senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) afirmou nesta sexta-feira (27) que avalia renunciar ao mandato de congressista se o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizar as reeleições de Davi Alcolumbre (DEM-AP) e Rodrigo Maia (DEM-RJ) às presidências do Senado e da Câmara.

Em seu Twitter, o parlamentar publicou uma matéria do Poder360 que afirma que a Suprema Corte já possui maioria para chancelar a manutenção dos atuais comandantes do Congresso Nacional.

“Veja, Brasil, o quanto a CPI da [Lava] Toga vale ouro. Se isto acontecer será a confirmação do toma lá da cá mais escandaloso dos últimos tempos! Se o meu eleitor concordar em sua maioria eu quero renunciar desse chiqueiro logo após essa votação do Supremo”, escreveu.

O julgamento está previsto para acontecer em 4 de dezembro. O relator do caso é o ministro Gilmar Mendes.

POSIÇÃO DO GOVERNO

A Advocacia-Geral da União (AGU) divulgou, em setembro, uma nota à imprensa a fim de esclarecer sua posição na ação que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a reeleição dos presidentes da Câmara e do Senado.

O processo, que foi movido pelo PTB (Partido Trabalhista Brasileiro), visa impedir uma nova ascensão de Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre aos comandos das Casas Legislativas.

A Constituição não permite a reeleição do mandato de dois anos na mesma legislatura. No entanto, Alcolumbre articula para mudar o entendimento e se manter como presidente do Senado.

Maia, por sua vez, afirma publicamente que não trabalha para isso, mas acredita que teria apoio para ser reeleito.

Na nota da AGU, o órgão evitou tomar posição sobre o tema e disse que o assunto é “interna corporis”, ou seja, de propriedade exclusiva do Congresso Nacional, apesar da vedação trazida pela Constituição.

LEIA A ÍNTEGRA DA NOTA

“Em sua manifestação na ADI 6524, cumprindo o papel constitucional de curador da presunção da constitucionalidade das leis (art. 103, par. 3o., da Constituição), o Advogado-Geral da União defende a constitucionalidade das normas regimentais do Senado e da Câmara impugnadas.

A seguir, destaca que, segundo o próprio STF, a Constituição não esgota as possibilidades de recondução.

Portanto, para além disso, sem entrar em nenhum caso concreto, como é próprio a uma Ação Direta, o que cabe é decisão ‘interna corporis’ das Casas parlamentares.

A AGU é absolutamente respeitosa à autonomia de cada uma das Casas.

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo PONTO DE VISTA: CASO STF AUTORIZE A REELEIÇÃO DE RODRIGO MAIA E ALCOLUMBRE, CAJURU AMEAÇA RENUNCIAR O MANDATO

PONTO DE VISTA: O PROJETO DE PODER DA ESQUERDA ESTÁ EM PLENO CURSO

Caro(a) leitor(a),

O artigo a seguir escrito pelo advogado Sergio Alves de Oliveira tem muita coerência com os fatos reais que pouca gente tomou conhecimento e que precisam ser divulgados. Concordo com ele até certo ponto, mas não no que tange ao rótulo de Sergio Moro como candidato de esquerda. Sergio Moro nunca foi, não é e não será de esquerda. O perfil de Sergio Moro é conservador e liberal. Portanto não se coaduna com uma ideologia socialista. Entretanto a história muito bem contada no artigo sobre o funesto projeto de poder da esquerda progressista é a mais pura verdade. Muita gente se enganou pensando que Fernando Henrique Cardoso é homem de centro. Eu confesso que passei um bom tempo acreditando nisso. Mas quando você vai analisar o seu comportamento e os detalhes de sua história facilmente se encontra os pontos  de convergência com a ideologia do PT. Portanto FHC enganou a maioria dos brasileiros que votou nele por duas vezes, que não foi o meu caso. E quando paramos para analisar melhor a conjuntura política atual no Brasil, constatamos que não existe direita neste país. É só observar o resultado das urnas desta eleição. Então vamos abrir o olho minha gente, pois a coisa tá ficando preta!

A esquerda está renovando a “estratégia das tesouras” para as eleições de 2022

Foto Reprodução/InternetFoto Reprodução/Internet

Um segredo que a esquerda conseguiu esconder do povo durante muitos anos, mas que finalmente veio à tona, chama-se “Pacto de Princeton”, assinado entre o “tucano” Fernando Henrique Cardoso, representando o “Diálogo Interamericano”, e Lula da Silva, o ”deus” do Partido dos Trabalhadores-PT, em nome do “Foro San Pablo”, na cidade de Princeton, Estados Unidos, em 1993.

No citado “Pacto de Princeton”, essa dupla “dinâmica” inspirou-se na chamada “Estratégia (ou política)-das- Tesouras”, uma artimanha político-eleitoral concebida nas filosofias dialéticas de Hegel (1770-1831) e Karl Marx (1818-1883), que teve o seu apogeu através da ação do líder “bolchevique” Vlademir Lenin, na Revolução Russa de outubro de 1917.

Essa “genial” artimanha esquerdista consistia numa política “faz-de-conta”, em que dois “cumpanheros”, da mesma linha ideológica, passam a disputar uma determinada eleição, um dos quais declaradamente representando os interesses esquerdistas/progressistas/socialistas/comunistas, e o outro, de idêntica linha ideológica, se passando, falsamente, ”fingidamente”, por direitista/conservador/ “moderado”.

A esquerda já vinha dominando a política brasileira, mesmo que aos “trancos-e-barrancos”, desde 1985, fim do Regime Militar, oportunidade em que os derrotados no contragolpe cívico-militar de 31 de março de 1964 se reaglutinaram para retomada do poder com mais “apetite” que um bando de urubus esfomeados quando se deparam com alguma carniça “apetitosa”.

Quem “escancarou” as portas para retorno da esquerda em 1985 foi aquela “praga” política que jamais esteve afastada do poder, e que teve importante destaque na “maldição” que contaminou a política brasileira, ”chamado” José Sarney, que era “vice” de Tancredo Neves, o Presidente eleito em 1984, que não chegou a tomar posse porque faleceu antes, e acabou sendo substituído, primeiro ”temporária”, depois “definitivamente”, pelo seu “vice”, José Sarney, numa “manobra” que muitos consideram até hoje um “golpe” (militar), engendrado pelo então Ministro do Exército, General Leônidas Pires Gonçalves.

A “estratégia das tesouras”, na versão “tupiniquim” do “Pacto de Princeton”, acabou consolidando o domínio político da esquerda, que já vinha acontecendo desde 1985, porém com muito mais “tecnologia” política. E funcionou tão bem que o primeiro presidente “parido” pelo “Pacto de Princeton” foi justamente o “tucano” FHC, um dos subscritores do referido “pacto”, ao lado de Lula, e que tomou posse em janeiro de 1995. A partir daí, até 2018, a esquerda sempre venceu as eleições, invariavelmente “polarizadas” entre o PSDB e o PT. Todos sabiam de antemão que ganharia um ou outro. FHC teve dois mandatos presidenciais (1995 a 2003), Lula outros dois (2003 a 2010), Dilma uma mandato e meio (2010 a 2016), sendo o segundo mandato completado por Michel Temer, em virtude do impeachment de Dilma.

As linhas gerais da nova “Estratégia das Tesouras” da esquerda par as eleições presidenciais que se avizinham (2022) já estão no “ar”. Mudaram, na verdade, alguns “atores”. Deverão surgir novamente dois candidatos fortes de esquerda, com alguns outros candidatos “fracotes” também de esquerda somete para “tapear”, dando a impressão de uma “verdadeira” democracia, e satisfazer a vaidade pessoal de alguns em “concorrer” e poder “aparecer”.

Pessoalmente acredito que Lula será liberado pelo “seu” STF para concorrer pelo PT. Os Ministros “de Lula” estariam só aguardando o momento mais oportuno, na “última hora”.

Seria o candidato da esquerda “radical”.

Enquanto isso, o candidato da esquerda “moderada” já começou a ser desenhado na luta à “ tapas” entre João Doria, Luciano Huck e Sérgio Moro, todos com algum “cheiro” de FHC/PSDB. O primeiro contaria com o “patrocínio” chinês, o segundo da “mamãe Globo”, o terceiro talvez dos “lavajajistas”. E tudo leva a crer que Jair Bolsonaro será o candidato à reeleição pelo “conservadorismo”.

E a “estória” se repetirá? O povo brasileiro cairá novamente nessa armadilha nada original e muito cretina montada pelos “bandoleiros” da esquerda?

Foto de Sérgio Alves de Oliveira

Sérgio Alves de Oliveira

Advogado, sociólogo,  pós-graduado em Sociologia PUC/RS, ex-advogado da antiga CRT, ex-advogado da Auxiliadora Predial S/A ex-Presidente da Fundação CRT e da Associação Gaúcha de Entidades Fechadas de Previdência Privada, Presidente do Partido da República Farroupilha PRF (sem registro).

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: O PROJETO DE PODER DA ESQUERDA ESTÁ EM PLENO CURSO

PONTO DE VISTA: NO BRASIL NÃO EXISTE DIREITA

Caro(a) leitor(a),

O resultado das urnas na maior cidade brasileira é um retrato perfeito da política no país como um todo. É triste constatar que no Brasil não existe Direita. A esquerda continua comandando o destino dessa grande nação. A boca de urna em São Paulo aponta para uma disputa no segundo turno entre COVAS e BOULOS. Ambos são do espectro de esquerda. E se olharmos para o 3º colocado temos Marcio França, mais um socialista. Se formos para o Rio de Janeiro deveremos ter uma disputa entre Eduardo Paes (DEM) e Crivella (Republicanos). É público e notório que o DEM é centro-esquerda e o Republicanos, oficialmente é de Centro-direita, mas no agir não passa de um centro-esquerda. Em Belo Horizonte o Kalil do PSD deverá ser eleito no primeiro turno e não precisa explicar porque o PSD é um partido de esquerda, não é mesmo? Em Curitiba o Rafael Greca do DEM já está eleito em primeiro turno com quase 60% dos votos válidos. Em Salvador o Bruno Reis do DEM também já está eleito com mais de 60% dos votos e o segundo colocado é a Major Denice do PT. Em Porto Alegre a disputa no 2º turno será entre Sebastião Melo do MDB e Manuela do PC do B, dois partidos de esquerda. Creio que essa amostragem seja suficiente para mostrar que a hegemonia da esquerda em todo o país é patente. Portanto, não existe direita no Brasil. Na verdade, o indivíduo genuinamente de direita precisa ser liberal e eu pergunto: quem é realmente liberal neste país? BOLSONARO? Se fosse Paulo Guedes não estaria sozinho, falando para as paredes, não é mesmo? Pare, pense, reflita e tire suas conclusões!

Boca de urna em São Paulo aponta segundo turno entre Covas e Boulos

Publicado em 

Por  

 

Reprodução

O Ibope divulgou, neste domingo (15), pesquisa de boca de urna sobre a eleição para a Prefeitura de São Paulo/SP.

De acordo com o instituto, o segundo turno será disputado entre os candidatos Bruno Covas (PSDB) e Guilherme Boulos (PSOL).

Vale lembrar que, diferentemente das pesquisas convencionais ao longo do período eleitoral, as pesquisas de boca de urna historicamente acertam o resultado do pleito.

Isso também ocorreu em 2018. Na ocasião, o Ibope afirmou que o segundo turno da disputa presencial seria vencido por Jair Bolsonaro com 56% dos votos válidos, ante 44% de Fernando Haddad.

O resultado oficial da apuração terminou em 55,1% para o então candidato do PSL, e 44,8% para o petista.

É com essa pesquisa de boca de urna acertando quase sempre que os principais institutos de pesquisa mantêm seus resquícios de credibilidade.

BOCA DE URNA PARA SÃO PAULO | Votos válidos 

Bruno Covas (PSDB): 33%

Guilherme Boulos (PSOL): 25%

Márcio França (PSB): 13%

Arthur do Val Mamãe Falei (PATRIOTA): 8%

Celso Russomanno (Republicanos): 8%

Jilmar Tatto (PT): 8%

Joice Hasselmann (PSL): 2%

Andrea Matarazzo (PSD): 1%

Levy Fidelix (PRTB): 1%

Marina Helou (REDE): 1%

Antônio Carlos (PCO), Orlando Silva (PCdoB) e Vera (PSTU) tiveram menos de 1%.

Indecisos, brancos e nulos somaram 13%, mas não foram somados aos votos válidos apresentados acima.

DADOS DA PESQUISA

Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos

Data de realização: 15/11/2020

Entrevistados: 6.000 eleitores

Solicitante: Ibope

Registro no TRE: Nº SP-00742/2020.

Nível de confiança: 99%

Método de voto válido: O percentual de votos válidos de cada candidato corresponde à proporção de votos do candidato sobre o total de votos, excluídos os votos brancos, nulos e indecisos.

Editor-chefe do Conexão Política; residente e natural de Campo Grande/MS | FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br

Continuar lendo PONTO DE VISTA: NO BRASIL NÃO EXISTE DIREITA

PONTO DE VISTA: MOURÃO SEMPRE LIMPANDO A SUJEIRA DEIXADA NO RASTRO DE BOLSONARO

Caro(a) leitor(a),

Uma pessoa como o Presidente Jair Bolsonaro não respeita nada nem a ninguém e não tem a menor consideração pelos seus colaboradores e assessores. Fala pelos cotovelos e está sempre fazendo declarações incrivelmente desastrosas. Como se não bastasse as consequências das suas bravatas sempre sobra pra alguém. Como é o caso do nosso Vice-Presidente Hamilton Mourão que a cada acesso de loucura de Bolsonaro tem que sair dando explicações à imprensa que não deixa barato. Explicar os devaneios de um louco sem poder considerá-lo louco é muito complicado e altamente constrangedor. Da forma como provoca Mourão dá a entender que quer que seu vice perca o rebolado e fale o que não deve, apesar de não poder demiti-lo. Então, fico me perguntando onde ele pretende chegar? Será loucura mesmo?

Declaração de Bolsonaro sobre ‘pólvora’ foi ‘figura de retórica’, diz Mourão

Publicado em 11.11.2020

Por  

 

Marcelo Camargo | Agência Brasil

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, afirmou nesta quarta-feira (11) que é “figura de retórica” a declaração do presidente Jair Bolsonaro sobre uso “pólvora” quando a “diplomacia” e a “saliva” não são suficientes.

“Acho que não causa nada, isso aí tudo é figura de retórica”, declarou o general ao responder se a fala do chefe do Executivo pode trazer consequências ao Brasil.

“Vamos aguardar, dê tempo ao tempo”, completou Mourão.

De acordo com o vice-presidente, Bolsonaro se referiu a “aforismo antigo que tem aí, que diz que, quando acaba a diplomacia, entram os canhões”.

Continuar lendo PONTO DE VISTA: MOURÃO SEMPRE LIMPANDO A SUJEIRA DEIXADA NO RASTRO DE BOLSONARO

PONTO DE VISTA : APÓS DEMISSÃO DA JOVEM PAN, CONSTANTINO TAMBÉM FOI EXCLUÍDO DO QUADRO DE FUNCIONÁRIOS DA RECORD TV

Caro(a) leitor(a),

Essa semana foi bombástica na vida do prestigioso comentarista político Rodrigo Constantino que até, quarta-feira atuava nas também prestigiosas redes de rádio e televisão Jovem Pan e Record News. De uma pernada só foi demitido das duas emissoras por uma simples declaração acerca do caso Mariana Ferrer que tomou conta das mídias brasileiras nesta semana. Independentemente de vivermos num país democrático ou não as palavras têm um poder fenomenal e quando não sabemos dosá-las coisas catastróficas podem acontecer na nossa vida, principalmente quando a sua ferramenta de trabalho é a palavra. Com o evento do “politicamente correto” quem trabalha com a comunicação precisou redobrar a sua vigilância em si mesmo, no que tange a liberdade de expressão, já que ela não está vinculada a democracia em si, mas a ética, a moral e aos costumes. Vale lembrar que antes da tão sonhada liberdade democrática vem esses valores fundamentais em qualquer sociedade. Não é que o que Rodrigo Constantino falou  esteja certo ou errado, mas sim a forma como ele falou. Portanto que o que importou ai não foi o conteúdo em si, mas a forma. Portanto, conclui-se mais uma vez que temos dois ouvidos e uma boca para escutar mais e falar menos!

Demitido da Jovem Pan, Constantino também é dispensado pela Record

Marcos Rocha

Publicado  

em

Por  

 

Após ser demitido da rádio Jovem Pan na quarta-feira (4), Rodrigo Constantino foi excluído do quadro de funcionários da Record TV.

O comentarista escrevia no portal R7 e fazia análises na Record News.

Em nota oficial, a emissora afirmou que “a decisão foi tomada em virtude das posições que o profissional assumiu publicamente sobre violência contra a mulher, em canais que não têm nenhuma vinculação com nossas plataformas. O jornalismo dos veículos do Grupo Record tem acompanhado com muita atenção o caso de Mariana Ferrer e o Grupo não poderia, neste momento, deixar qualquer dúvida de que justiça não se faz responsabilizando ou acusando aqueles que foram vítimas de um crime.”

Ainda de acordo com o comunicado da Record, “apesar de ter garantias de liberdade editorial e de opinião, julgamos que o posicionamento adotado por Constantino não compactuou com o nosso princípio de não aceitar nenhum tipo de agressão, violência, abuso, discriminação por questões de gênero, raça, religião ou condição econômica.”

No Twitter, Constantino comentou a decisão da emissora de Edir Macedo: “A Record foi mais um veículo que não aguentou a pressão. O departamento comercial pede ‘arrego’, pois recebe pressão de fora, dos chacais e hienas organizados, dos ‘gigantes adormecidos’. Sim, perdi mais um espaço, mas sigo com minha total independência e com minha integridade”, escreveu.

Na mesma sequência de publicações, o analista explicou como funcionou a estratégia daqueles que pediram sua demissão: “Como funciona a tática: pega algo dito, tire do contexto, deturpe e espalhe; use a militância para viralizar e marcar os veículos empregadores; faça a pressão em cima dos ANUNCIANTES; esses, querendo fugir da polêmica, pedem a demissão do “pária”; as empresas não resistem e cedem”.

Continuar lendo PONTO DE VISTA : APÓS DEMISSÃO DA JOVEM PAN, CONSTANTINO TAMBÉM FOI EXCLUÍDO DO QUADRO DE FUNCIONÁRIOS DA RECORD TV

PONTO DE VISTA: UMA PROVA CONCRETA DA OBCESSÃO DA GLOBO EM DESTRUIR O GOVERNO BOLSONARO, QUE DÁ COM OS BURROS N’ÁGUA

Caro(a) leitor(a),

Não é de hoje que o jornalismo da Globo se atem única e exclusivamente em atacar e desconstruir a imagem do governo Bolsonaro. Veja, não estou aqui defendendo Bolsonaro nem o seu governo. Apenas evidenciando uma obsessão insana da rede Globo de televisão de tentar destruir a imagem de um governo que foi democraticamente eleito com os votos de mais de 57 milhões de brasileiros, que não teve um minuto de sossego para governar em paz e mostrar a que veio, pois o maior veículo de comunicação do país resolveu atacar de todas as formas possíveis e imaginárias um governo legítimo. Ao ponto de passar vários vexames explícitos ao vivo e em cores. A última malversada e malograda tentativa de desconstrução. O artigo a seguir e as imagens no vídeo dizem tudo e sem mais delongas convido você a assistir, refletir e fazer o seu juízo devalor!

Jornalista da GloboNews tenta fustigar presidente da Anvisa e é desmentida ao vivo (veja o vídeo)

Fotomontagem: Mônica Waldvoguel e Antônio Barra Torres Mônica Waldvoguel e Antônio Barra Torres

A entrevista do diretor-presidente da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Antônio Barra Torres, a GloboNews.

Barra Torres foi questionado pela jornalista Mônica Waldvogel sobre uma suposta ‘nova diretora da Anvisa’ que teria promovido uma festa, e, que ela e outros teriam declarado “apoio incondicional ao governo Bolsonaro”.

O presidente da Anvisa foi firme e fez questão de desmentir a jornalista ao vivo:

“Mônica, eu lamento profundamente a assessoria errada que você teve. […] Sua assessoria errou fragorosamente, cometeu esse engano”.

Imediatamente, o apresentador do programa interrompeu Barra Torres, porém, ele não deixou barato:

“Me desculpe, mas você me cortou. […] Mas ela [Mônica] erra ao dizer que fizemos um ‘juramento’ ao presidente. Nós fizemos uma reunião pública que foi transmitida a milhões de espectadores.”

Visivelmente ‘sem graça’ com a situação, a jornalista teve que pedir desculpas.

Isso é o retrato da Rede Globo.

Confira:

Fonte: Jornal da cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: UMA PROVA CONCRETA DA OBCESSÃO DA GLOBO EM DESTRUIR O GOVERNO BOLSONARO, QUE DÁ COM OS BURROS N’ÁGUA

PONTO DE VISTA: GUEDES DIZ QUE ENGRENAGEM POLÍTICA DIFICULTA PRIVATIZAÇÕES

Caro(a) leitor(a),

Quando se fala que o presidente da república não governa sozinho é a pura verdade. Principalmente quando se tem um Congresso Nacional como o que nós temos, com poderes quase ilimitados par os presidentes da Câmara e do Senado. Que podem, por exemplo, receber 30 ou 40 pedidos de Impeachment, tanto para o presidente da república como para os ministros do STF, e sentam em cima desses processos sem dar a menor satisfação para os autores desses pedidos de impeachment, que muitas vezes é o próprio povo, e só colocam na pauta para serem apreciados se houver algum interesse de sua parte. É o caso dos projetos de reformas, do Governo Federal, que tramitam no Congresso Nacional, de crucial importância para o futuro do país, mas que não prosperam, só porque os senhores Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre não querem. Ai o governo fica a ver navios, assim como a sociedade brasileira!

Engrenagem política não tem permitido privatizações’, afirma Paulo Guedes

O ministro da Economia garantiu que o presidente da República tem cobrado a diminuição de empresas estatais

Marcos Rocha

Publicado 5 horas atrás

em

Por Marcos Rocha

Acordos políticos dificultam as privatizações, disse nesta última segunda-feira (26) o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Em evento promovido pela Academia Brasileira de Direito Constitucional, ele declarou que o presidente Jair Bolsonaro tem cobrado privatizações de empresas estatais, mas que a “engrenagem” dificulta os avanços nessa pauta.

“Não conseguimos até agora privatizar empresas. Há acordos políticos que dificultam, há uma mentalidade cultural equivocada”, declarou o ministro.

“O presidente tem cobrado [privatizações]. Por alguma razão, a engrenagem política não tem permitido que essas privatizações aconteçam”, acrescentou.

Segundo Guedes, as privatizações não foram prioridade no início do mandato porque o governo concentrou esforços na aprovação da reforma da Previdência e mantinha o foco na reforma do pacto federativo.

Com o início da pandemia do vírus chinês, o governo passou a dedicar-se no enfrentamento da doença.

Apesar dos atrasos provocados pelo coronavírus, Guedes disse que o governo conseguiu aprovar projetos que pretendem destravar o investimento, como o novo marco regulatório do saneamento.

Ele destacou iniciativas em tramitação no Congresso, como a liberalização dos mercados de gás natural, petróleo, cabotagem, setor elétrico e ferrovias.

Para o economista, a recuperação do consumo, em boa parte propiciada pelo auxílio emergencial, conseguiu segurar a economia, mas o Brasil só voltará a crescer com uma onda de investimentos.

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo PONTO DE VISTA: GUEDES DIZ QUE ENGRENAGEM POLÍTICA DIFICULTA PRIVATIZAÇÕES

PONTO DE VISTA: DÓRIA TALVEZ SEJA O MAIOR AGENTE DO PARTIDO COMUNISTA NO BRASIL

Caro(a) leitor(a),

Como eu sempre digo, mais cedo ou mais tarde a verdade sempre vem a tona. Nos últimos tempos essa verdade infalível está vindo a tona cada vez mais cedo e mais rápido. A matéria de capa da Revista A Verdade, em sua última edição, trás a foto do governador de São Paul, João Doria, vestido de enfermeira, com a manchete: VACHINAÇÃO OBRIGATÓRIA. O artigo detalha os bastidores e a artimanha do governo chinês em parceria com Doria para espalhar a vacina chinesa no Brasil. Infelizmente não tivemos acesso ao conteúdo da publicação e não tenho como aprofundar mais o meu comentário. Mas, como diz o velho ditado: “Onda há fumaça há fogo”! Então fiquem atentos!

Dossiê: Doria, Partido Comunista Chinês e vaCHINA obrigatória

Foto Divulgação - Revista A VerdadeFoto Divulgação – Revista A Verdade

“A solução pro nosso povo eu vou dá / negócio bom assim nunca ninguém viu/ tá tudo pronto aqui é só vim pegar… A SOLUÇÃO É ALUGAR O BRASIL”, já dizia, há muito tempo, Raul Seixas.

Parece que João Doria levou essa ideia ao pé da letra e começou alugando São Paulo.

Doria, talvez o maior agente do Partido Comunista Chinês em atuação no Brasil, conseguiu ser o porta-voz dos governadores do país na mesma bandeira pró-China e organizou reuniões como se fosse o presidente da República.

Eis alguns dos assuntos tratados no incrível e revelador dossiê feito pela Revista A Verdade que promete chocar o país com revelações jamais vistas em toda a mídia:

Capachos da ditadura asiática

VaCHINA no ozônio do paulista é refresco

Mandetta, Maia e o embaixador chinês

O Episódio Pazuello, outro militar “inocente”

Um breve parênteses para mostrar quem é Yang Wanming

Na Constituição não existe autorização para vacina obrigatória

Anvisa bate de frente com governo federal

Doria e os milhões da vacina chinesa

Nem o Tribunal de Contas do Estado gostou da ideia

O perigo das vacinas criadas em tempo recorde

O passado duvidoso de um politiqueiro

Roubalheira na Embratur?

Doria e o Grupo Lide

Os R$ 951 mil reais da APEX

A artista Bia Doria e o uso de dinheiro público

Doria no Panama Papers

Carnaval e propaganda irregular

Traições e mais traições

Propaganda é a alma do negócio

Seria todo esse circo macabro e totalitário mais uma demonstração de poder do Partido Comunista Chinês no Brasil, comungando com os ‘João Doria da vida’, seduzidos pelo poder e pelas yuans (moeda chinesa)?

Imagem em destaque

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: DÓRIA TALVEZ SEJA O MAIOR AGENTE DO PARTIDO COMUNISTA NO BRASIL

PONTO DE VISTA: O GRANDE DITADOR (DÓRIA) TORNA VACINA OBRIGATÓRIA EM SÃO PAULO E PROMETE MEDIDAS LEGAIS CONTRA QUEM DESOBEDECER

Caro(a) leitor(a),

Há muito tempo eu disse que estaria na cola dos mascarados que tentassem iludir e enganar o povo brasileiro e avisei que um desses atores mascarados era o excelentíssimo senhor governador do Estado de São Paulo, João Dória. Eu disse: Prestem atenção a esse mago das ilusões. O único objetivo dele é o seu projeto de poder. Ele não enxerga mais nada além disso. Então passei a publicar aqui, todas as notícias que mostrassem os seus deslizes, que por vezes são sutis, travestidos de boas ações, mas no fundo mostram a sua verdadeira face. Volto a repetir, prestem atenção agora! Vejam o que ele acaba de decretar quanto a vacina contra Covid-19. Obrigatoriedade para todos, banindo da sociedade todo aquele que não for vacinado e tem que ser a vacina chinesa que ele está desenvolvendo em São Paulo em parceria com o Instituto Butantan. Sabemos que o Instituto Butantan é um órgão de credibilidade, mas também sabemos que é um órgão que depende de verbas públicas para sobreviver e vai obedecer a quem der mais recursos. Lembrem-se que essa vacina é chinesa e falando em credibilidade a da China, no que tange a pandemias está no chão. Portanto alerto a todos que não caiam nessa armadilha e façam valer o seu direito de ir e vir, de escolher qual vacina tomar e até mesmo o direito de não tomar. Tenho dito!

Doria diz que vacina será obrigatória em SP e promete ‘medidas legais’ contra quem recusar

Marcos Rocha

Publicado  

em Por  

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que a vacina contra covid-19 será obrigatória no estado.

O tucano já vinha sinalizando nas últimas semanas que achava correta a obrigatoriedade do imunizante.

No entanto, a medida ainda não havia sido anunciada pelo Executivo estadual.

De acordo com Doria, somente as pessoas que apresentarem atestado médico serão liberadas de receber a vacina.

ASSISTA

 

“Eu já garanti que aqui [em SP], os 45 milhões de brasileiros serão vacinados. A vacinação será obrigatória, exceto se o habitante ou cidadão tiver orientação médica e atestado que não pode tomar. E adotaremos medidas legais se houver contrariedade nesse sentido. […] Não faz sentido vacinar alguns e não vacinar outros […] Enquanto tivermos pessoas não vacinadas em larga escala, continuaremos tendo a presença do vírus, contaminação e mortes”, disse.

A declaração foi proferida em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, na tarde desta sexta-feira (16).

Continuar lendo PONTO DE VISTA: O GRANDE DITADOR (DÓRIA) TORNA VACINA OBRIGATÓRIA EM SÃO PAULO E PROMETE MEDIDAS LEGAIS CONTRA QUEM DESOBEDECER

PONTO DE VISTA: A INCOMPETENTE ESQUERDA PROGRESSISTA DEPENDE DA IGNORÂNCIA DO POVO PARA SOBREVIVER

Caro(a) leitor(a),

Há coisas que são tão claras quanto a água mais cristalina das nascentes dos rios ainda não poluídos. Uma dessas coisas, que o brasileiro médio já sabe é a resistência dos “maus” políticos a materialização do marco do saneamento básico, já que obra que está enterrada e ninguém vê não dá voto. Esse não é apenas um raciocínio retrogrado da velha política, é também da esquerda progressista que quer manter a população ignorante para sempre, pois só assim eles podem se perpetuar no poder. Mas você pode estar perguntando: o que tem a ver saneamento com educação? Eu respondo que tem tudo a ver, pois quando há saneamento em uma determinada cidade as doenças e epidemias são facilmente controladas e sendo assim as crianças adoecem bem menos e não faltam às aulas. Uma das principais causas da evasão escolar é por motivo de doenças. Portanto resolvendo o problema do saneamento resolve-se também o da saúde pública e sendo assim vai sobrar dinheiro na saúde para investir na educação. Eis o motivo pelo qual Rodrigo Constantino afirma que “esquerda prefere deixar pobres no esgoto”, no artigo e no vídeo a seguir.

Constantino detona: “Esquerda prefere deixar pobres no esgoto” (veja o vídeo)

Segundo levantamento do projeto Trata Brasil, 73,3% da população das 100 maiores cidades do Brasil tem acesso à coleta de esgoto, mas apenas 32% dos habitantes de municípios médios contam com o serviço.

A disponibilidade de água tratada também reflete essa diferença, com mais de 90% da população tendo acesso ao serviço nas maiores cidades contra apenas 76,6% nas cidades menores.

No vídeo a seguir, Rodrigo Constantino expõe a realidade dessa situação e explica como o gerenciamento desses serviços pela iniciativa privada pode ser a solução para que os mais pobres tenham acesso ao saneamento e acabar com o descaso.

Uma excelente e interessante análise!

Assista:

Fortaleça o jornalismo independente do Jornal da Cidade Online.

Faça agora a sua assinatura e tenha acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: A INCOMPETENTE ESQUERDA PROGRESSISTA DEPENDE DA IGNORÂNCIA DO POVO PARA SOBREVIVER

PONTO DE VISTA: FUX ASSUME PRESIDÊNCIA FAZENDO MUDANÇAS REGIMENTAIS IMPORTANTES PARA ESPERNEIO DE MENDES

Caro(a) leitor(a),

Infelizmente não encontrei um vídeo que vi há aproximadamente 1 ano, onde o Ministro Luiz Fux dava um recado, informando que as coisas iriam mudar bastante quando ele assumisse a presidência do STF. Mas os dois artigos a seguir retratam um novo senário na mais alta corte brasileira e o importante é que ele começou, de imediato, a cumprir com o que havia prometido. E sua primeira grande atitude foi uma modificação importantíssima no regimento interno que soa como uma vitória da Lava Jato, como alguns jornais estão noticiando. Realmente, transferir das turmas para o plenário inquéritos e ações penais nos dá uma certa tranquilidade e esperança com relação ao debate sobre prisão em segunda instância e principalmente sobre a suspeição de Sergio Moro na sentença que condenou Lula no caso do tríplex. O asqueroso Gilmar Mendes esperneou e vai espernear muito nos próximos 2 anos. Então, vamos aguardar, pois deverão vir grandes atuações do novo presidente do STF para o bem dos brasileiros. Ele que é o único juiz de carreira dessa atual composição da Suprema Corte! 

STF transfere das turmas para o plenário inquéritos e ações penais

Publicado   em 07.10.2020

Agência Brasil

Atualmente analisados pelas turmas do Supremo Tribunal Federal (STF), o julgamento de inquéritos e ações penais passarão a ser uma atribuição do plenário da Corte.

Sugerida pelo presidente do Supremo, ministro Luiz Fux, a alteração regimental foi acatada pelos demais integrantes do tribunal.

A mudança tem aplicação imediata.

A partir de agora, todos os processos em curso, incluindo os da Operação Lava Jato, que são analisados pela Segunda Turma, serão julgados pelos 11 ministros do STF e não mais por apenas 5 magistrados.

Gilmar Mendes esbraveja contra alteração regimental no STF

Apesar da crítica, proposta que muda competência de julgamento de inquéritos e ações penais foi aprovada por unanimidade

Publicado em 07.10.2020

Por  

 

REUTERS/Ueslei Marcelino

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), não ficou contente com a forma de apresentação da alteração regimental feita pelo presidente da Corte, ministro Luiz Fux, na tarde desta quarta-feira (7).

Conforme noticiado pelo Conexão Política, o julgamento de inquéritos e ações penais passarão a ser uma atribuição do plenário no STF, deixando de ser uma competência das turmas.

Isso significa que, a partir de agora, todos os processos em curso, incluindo os da Operação Lava Jato, que são analisados pela Segunda Turma, serão julgados pelos 11 ministros do STF e não mais por apenas 5 magistrados.

Durante a sessão administrativa que analisava o tema, Gilmar Mendes criticou Luiz Fux pela falta de aviso prévio sobre a proposta.

A discussão marcou o primeiro embate de Fux como presidente da Suprema Corte.

“Não faz sentido a gente chegar do almoço e receber a notícia de que tem uma reforma regimental que será votada”, disparou Gilmar.

Fux, por sua vez, rebateu: “Vossa Excelência, me perdoe, mas eu sempre fui de prestigiar os presidentes [do STF], inclusive quando [fui] vice-presidente votei inúmeras propostas regimentais num momento imediato”.

Ao tomar novamente a palavra, Mendes defendeu ‘tratamento igualitário’ para todos os ministros do tribunal.

“Devemos sempre lembrar que o presidente [do STF] é um coordenador de iguais. Isso é fundamental. Todos nos habituamos a isso. […] É preciso tomar o mesmo cuidado com relação aos colegas, porque senão… Então vamos fazer um ato institucional e passar a fazer dessa forma. Não é assim que se procede”, declarou.

ASSISTA

Apesar do esbravejo, a mudança regimental foi aprovada por unanimidade.

O efeito da aplicação é imediato.

Editor-chefe do Conexão Política; residente e natural de Campo Grande/MS | FALE COMIGO: contatomarcosrocha@icloud.com

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo PONTO DE VISTA: FUX ASSUME PRESIDÊNCIA FAZENDO MUDANÇAS REGIMENTAIS IMPORTANTES PARA ESPERNEIO DE MENDES

PONTO DE VISTA: O EXTREMISMO NÃO ESTÁ À DIREITA NEM À ESQUERDA, ESTÁ NA ESTUPIDEZ

Caro(a) leitor(a),

O artigo a seguir é altamente deprimente, com palavras de baixo calão, sem categoria e extremamente ofensivo. Quando alguém escreve algo assim e se refere as pessoas que não pensam como ele dessa forma, está demonstrando que faz parte da pior estirpe ideológica que existe o extremismo. E ai, jã não faz mais diferença se é de esquerda ou de direita, porque os dois polos estão juntinhos, colados um no outro. Só estou publicando esse devaneio aqui para ficar registrado, aqui nesse blog, que hoje, terça-feira, 06/10/2020, esse bobão falou toda essa verborragia e que num futuro bem próximo voltaremos a falar do assunto, quando a realidade do nosso país for outra e Bolsonaro tiver mostrado  a sua verdadeira face. Ai eu quero ver o que esse otário vai ter para dizer. Bolsonaristas fiéis como, Rodrigo Constantino e Bárbara já começam a mudar o tom e ficar com um pé atrás. Já não defendem cegamente o bolsonarismo como há meses atrás. Então, meu caro Marcelo Babaca Rates Quaranta, talvez você vire uma avestruz e enfie essa sua lisa cabecinha  num buraco!

As viúvas do Moro estão “menstruadas”

Rosângela Moro e Sérgio Moro

Antes de entrarmos no assunto, deixe-me esclarecer: Se você ficou desapontado pela escolha de Bolsonaro pelo nome do Kassio Nunes para Ministro do STF, entretanto não deixou de apoiar o Presidente, esse artigo NÃO é endereçado a você.

Não concordar com alguma coisa é perfeitamente normal e eu afirmo que até salutar dentro de uma democracia. Agora, abandonar o barco por causa disso é coisa para ratos.

Lutamos pela vitória de Bolsonaro acreditando num projeto de governo. Depois que vencemos as eleições pegamos um país falido, com obras superfaturadas e inacabadas, com estatais deficitárias e praticamente quebradas, com privilégios sendo concedidos aos filhotes dos antigos governos… ou seja, uma baderna só.

Levamos porrada de tudo o que é lado: Imprensa maldita, esquerdistas, extremistas, artistas mamadores e sofremos toda a sorte de covardia por parte dos que perderam suas boquinhas, e continuamos levando.

Isso sem contar com um Congresso cheio de garotos de programa eleitos POR VOCÊ, e que estavam acostumados a vender apoios e que não viviam sem o michê.

A cada porrada que levamos foi uma batalha que ganhamos pra tentar corrigir não tudo, mas o máximo possível dentro do tempo que temos. E corrigir mais de 20 anos de assaltos, saques e desmandos que ocorreram no país não é tarefa fácil. Só por um milagre conseguiríamos arrumar tudo no país que vergonhosamente tem o “jeitinho” como uma norma de conduta.

Lembre de uma coisa: Fazer o certo num país de corruptos é remar contra a corrente, e nós estamos remando já com dor nos braços porque a corrente é mais forte do que imaginávamos.

Conseguimos concluir obras e fazer das estatais deficitárias e moribundas empresas já produzindo lucros, e lucros significam riquezas. Continuamos a levar porrada assim mesmo, e agora também de um monte de viúvas menstruadas que acham que o governo existe para fazer tão somente suas vontades.

Tivemos erros e acertos? Sim! É claro que tivemos. Mas o histórico do governo mostra que tivemos mais acertos do que erros. E um dos maiores acertos foi entender a saída de Sérgio Moro do governo.

Pronto… Para os idólatras do morismo – as viúvas do Moro, os puxa-sacos da Joice, os grudadinhos do Olýmpio, as tietes do MBL ficaram nervosinhas e viraram as costas para Bolsonaro. “Perdeu meu apoio” gritam histéricas as moçoilas de TPM que na verdade nunca tiveram uma posição política verdadeiramente de direita e conservadora, e sim o foco em seus ídolos que se mostraram verdadeiros cânceres dentro do governo.

Soldados fracos.

O Bolsonaro não indicou quem você queria? DANE-SE! Quem você acha que é? Só porque deu seu voto acha que o Bolsonaro tem a obrigação de ligar para sua casa e perguntar se você deixa ou não ele indicar alguém?

Ora, vá pro inferno!

Pare de fazer cara de quenga contrariada no pole-dance, tire essa tua calcinha de renda e vire homem! Não está em Brasília, não sabe o que está acontecendo, não faz ideia do inferno que é aquilo lá, e fica de casa, por trás de um computador enchendo a porra do saco!

Toma vergonha nessa cara, seu frouxo!

Se antes eu te chamei de tolo, agora é pior: Você é um maricas chiliquento que não sabe o que é manter a unidade por um bem maior.

É o primeiro a tentar provocar uma cisão na direita e a fortalecer a esquerda que não queremos de volta! Você não é de direita e nem direito! E tem mais em matéria de saber manter a união e fazer prevalecer o espírito de corpo, qualquer esquerdopata, por mais ignorante que seja, é bem melhor que você.

Eu também não achei a melhor coisa do mundo a indicação que ele fez, mas paciência! Ele sabe o que está fazendo!

Você já pensou quantos “acordões” Bolsonaro teria que fazer e o que teria que ceder pra poder colocar o bonitinho que você queria lá? Acha que ele mesmo não tinha outra vontade? Claro que sim! Mas ele está num jogo pesado, e para que nós não saíssemos perdendo, teve que achar um meio termo nessa história toda.

– Você que sempre sonhou com o seu ídolo Moro – aquele mesmo que no mesmo dia que pediu demissão foi beijar os pés da Globo – agora ficou brabinho. Só falta falar em “neutre, fumar maconha e passar a chamar o Bolsonaro de “Bozo”. Você é um bunda mole!

Queria o Bretas? Queria o Gandra? Ia fazer eles passarem pelo Senado como? E a que custo? Além de ser chiliquento é burro e sem a mínima capacidade enxergar um palmo à frente do nariz!

É falta de respeito minha? Dane-se o que você acha! É assim mesmo que eu falo com vermes da tua estirpe. E nem pense vir em minha página no Facebook falar gracinha porque eu vou mandar você, teu pai e tua mãe pra puta que os pariu e vou dar o block na mesma hora. Não vou nem me dar ao trabalho de discutir porque eu não discuto com merda.

O Brasil, a direita e a sociedade não precisam de gente como você! De soldados que desertam! De covardes! E antes que eu me esqueça, sim, sou agressivo mesmo quando escrevo e não me importo se machuquei seus coraçõezinhos sensíveis de vedete apaixonada, viuvinhas do Moro. O mal de vocês é hemorragia menstrual pelo desejo de vocês que não fecundou.

“Ainnnn como ele é mau educado! Ainnn como ele foi grosseiro! Ainnn como ele foi desrespeitoso….” Sou mesmo! Tá lendo isso aqui porque quer.

Já te mandei? E não foi porquê?

Ahhh… e escrevam aí: Se passamos por cima dos nossos inimigos como tratores, vamos passar por cima de vocês também, traíras!

Fortaleça o jornalismo independente do Jornal da Cidade Online.

Faça agora a sua assinatura e tenha acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Continuar lendo PONTO DE VISTA: O EXTREMISMO NÃO ESTÁ À DIREITA NEM À ESQUERDA, ESTÁ NA ESTUPIDEZ

PONTO DE VISTA: APESAR DE JOVEM E INEXPERIENTE, BÁRBARA FICA COM UM PÉ ATRÁS COM RELAÇÃO ÀS CENAS DOS PRÓXIMOS CAPÍTULOS DA GESTÃO BOLSONARO

Caro(a) leitor(a),

Eu gosto tanto dessa menina, que por ser tão jovem se acha muito experiente. Experiente para analisar politicamente os fatos, fazer juízo de valor e dar suas opiniões sobre os fatos políticos mais relevantes. A Bárbara, com certeza e sem sombra de dúvidas é uma influenciadora digital. Simplesmente porque se preocupa, reflete e manifesta suas reflexões publicamente. Mas, infelizmente não tem uma coisa que se chama experiência. Pelo fato de ser muito jovem, ainda não desenvolveu a sua percepção sensorial, a Intuição, suficientemente para prever o futuro e principalmente o futuro político da nossa nação com tanta eficiência. Ela é super inteligente. Isso não posso negar. Concluir que o presidente sempre tem uma informação a mais que acaba sempre acertando suas previsões é muito inteligente. Ficar com um pé atrás para depois não pagar mico, também é muito inteligente. Ela só não percebeu, assim como Rodrigo Constantino que, lá atrás começaram defendendo ferrenhamente o presidente Bolsonaro em suas atitudes tresloucadas baseados justamente nessa suposta intuição do presidente, mas que ao longo do tempo está ficando, a cada dia mais difícil sustentar essa defesa e ai começam a ficar com o pé atrás quando dizem: “vou ficar observando”. Na verdade, a minha intuição, do alto dos meus 56 anos, que são muito mais do que os prováveis trinta e poucos anos da Bárbara, diz que o Bolsonaro já está sem bala na agulha e sem carta na manga para iludir os seus correligionários. No momento que optou por defender seus filhos irresponsáveis em detrimento do bem estar e do fim da crise institucional neste país para selar a paz e a prosperidade, selou o seu próprio melancólico destino. Quanto ao Sergio Moro, está só assistindo de camarote essa triste e lamentável derrocada do El Capitan!

Fonte:

Continuar lendo PONTO DE VISTA: APESAR DE JOVEM E INEXPERIENTE, BÁRBARA FICA COM UM PÉ ATRÁS COM RELAÇÃO ÀS CENAS DOS PRÓXIMOS CAPÍTULOS DA GESTÃO BOLSONARO

PONTO DE VISTA: GLORIA MARIA AFIRMA QUE O POLITICAMENTE CORRETO É UM PORRE!

Caro(a) leitor(a),

Fazia tempo que eu não via alguém, independentemente de ser raça, cor, sexo ou ideologia política e com tanta influência falar tão sobriamente bem sobre racismos e assédio moral. A Glória Maria resumiu numa frase o sentimento da maioria das pessoas de bem e de bom senso: “o politicamente correto é um porre”. Não tem quem aguente mais essa chatice, essa idiotice, essa babaquice, essa fuleiragem, enfim, essa ignorância cognitiva sem tamanho do tal politicamente correto. O mais relevante e foi ótimo ser assim, foi esse desabafo vir de uma figura pública e famosa de cor negra. Um branco falando isso não chamaria a atenção nem causaria impacto nos intragáveis politicamente corretos. Mas sendo como foi, a pancada foi maior do que uma trombada de frente com uma locomotiva a 200 km/h nessa turma imbecil, chata e retrograda. Com certeza estão todos tontos, ainda tentando entender e anotar a placa do veículo que os atropelou. Potanto, minha gente, vamos viralizar esse vídeo da Glória Maria enviando-o principalmente para essa galera sem noção!

Fonte:

Continuar lendo PONTO DE VISTA: GLORIA MARIA AFIRMA QUE O POLITICAMENTE CORRETO É UM PORRE!

PONTO DE VISTA: FHC FAZ JOGO DE CENA E INSISTE EM PERMANECER SOB OS HOLOFOTES DA POLÍTICA BRASILEIRA

Caro(a) leitor(a),

Sobre a fala do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso fazendo um ‘mea culpa’ sobre o tema reeleição, reconhecendo que foi um erro ter permitido  esse expediente no seu governo, vejo como mais um jogo de cena, mais uma jogada de mestre do enxadrista político FHC, que blefa mais uma vez para iludir a sociedade brasileira. Fernando Henrique devia se aposentar, sair de cena, pois perdeu uma excelente oportunidade de ficar calado. Essa insistência em permanecer sob os holofotes da política brasileira só desgasta cada vez mais a sua já tão combalida imagem pública!

Mais uma vez, o “pega na mentira” em FHC (veja o vídeo)

Em um artigo publicado no Estadão, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou que a reeleição criada em 1997, por ele mesmo, foi “historicamente” um erro.

“Cabe aqui um ‘mea culpa’. Permiti, e por fim aceitei, o instituto da reeleição. Verdade que, ainda no primeiro mandato, fiz um discurso no Itamaraty anunciando que ‘as trevas’ se aproximavam: pediríamos socorro ao Fundo Monetário Internacional (FMI). Não é desculpa. Sabia, e continuo pensando assim, que um mandato de quatro anos é pouco para ‘fazer algo’…”, diz o artigo de FHC.

E prosseguiu:

“Tinha em mente o que acontece nos Estados Unidos. Visto de hoje, entretanto, imaginar que os presidentes não farão o impossível para ganhar a reeleição é ingenuidade.[…] Devo reconhecer que historicamente foi um erro: se quatro anos são insuficientes e seis parecem ser muito tempo, em vez de pedir que no quarto ano o eleitorado dê um voto de tipo ‘plebiscitário’, seria preferível termos um mandato de cinco anos e ponto final.”

Este discurso um tanto ‘estranho’, denota total oportunismo de FHC, na medida em que algumas questões ficaram nas “entrelinhas”:

Porque demorou tanto tempo para dizer tal coisa?

Será que ele precisou de 23 anos para descobrir que estava errado e justamente no mandato de um ‘verdadeiro’ conservador de direita ele resolveu manifestar-se?

Por que na era PT, de Lula e Dilma – que também se reelegeram – ele calou-se?

Um vídeo que circula na web, mostra um FHC totalmente diferente deste “arrependido”.

É o “pega na mentira”!

Confira:

Com todas as questões expostas, agora só resta uma…

Qual é a trama da vez?

Continuar lendo PONTO DE VISTA: FHC FAZ JOGO DE CENA E INSISTE EM PERMANECER SOB OS HOLOFOTES DA POLÍTICA BRASILEIRA

PONTO DE VISTA: TÃO RICA E TÃO POBRE A AMAZÔNIA É COBIÇADA POR TODAS AS NAÇÕES DO MUNDO

Caro(a) leitor(a),

A hipocrisia é, talvez, a pior falha de caráter que um ser humano pode carregar e infelizmente está forjada na maior parte da classe política mundial e da grande imprensa com viés de esquerda. O que estão fazendo com o Brasil e os brasileiros no que concerne ao meio ambiente é algo imperiosamente criminoso. O que o Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, diz sobre a dicotomia Riqueza e Pobreza na região amazônica é triste de ouvir, fácil de constatar e difícil de solucionar, principalmente quando se tem uma parte dos próprios brasileiros na torcida do quanto pior melhor, tentando a todo custo voltar ao poder em detrimento da destruição do governo e por tabela, mundialmente a imagem do Brasil. Portanto, mais do que nunca, é hora de vestirmos a camisa verde e amarela, nos imbuirmos do patriotismo latente em nosso peito varonil e começarmos a gritar alto nas redes sociais que o Brasil é nosso e da Greta Tumberg ou do Leonardo Dicaprio e somos nós que decidimos o que é melhor para a nossa biota. Tenhamos coragem e atitude. Eu estou fazendo a minha parte e você?

Mesmo sendo região mais rica do Brasil, Amazônia tem pior IDH e maior pobreza, afirma Ricardo Salles

Publicado em 23.09.2020

Geraldo Magela/Agência Senado

Durante a Audiência Pública promovida pelo Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o Fundo Clima, na última segunda-feira (21), o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, reforçou a necessidade de desenvolver a região amazônica.

“A Amazônia é a região mais rica do Brasil, com a população mais pobre do Brasil e com o pior IDH do nosso país”, relatou.

Ele destacou a ineficiência dos titulares anteriores, que receberam ao longo das últimas décadas muitos prêmios, mas a população da região continuou sendo a mais pobre e com o pior IDH. “Portanto, isso não significou uma melhoria de qualidade de vida das pessoas”, frisou.

“Lembrando sempre que a Amazônia é a região mais rica do Brasil em termos de recursos naturais, não só minerais, mas também florestais, de biodiversidade e água-doce”, disse Salles.

Na visão do ministro, ao longo dos últimos anos ocorreu a ‘política do avestruz’ na região, “que é enfiar a cabeça num buraco e fazer de conta que os problemas não existem, que o Brasil já não tinha diversas centenas de garimpos ilegais em terras indígenas antes do presidente Bolsonaro assumir, que o Brasil já não tinha desmatamento ilegal, que o Brasil já não tinha roubo de madeira e que as pessoas já não viviam na região mais miserável do Brasil, com pior IDH, em qualquer aspecto, saneamento, educação, moradia, etc”, definiu.

Salles afirmou que ambientalistas e ativistas dizem defender a preservação do local, mas esquecem das mais de 20 milhões de pessoas que lá vivem. Ele ainda lembrou a fala do ministro da Economia, Paulo Guedes, de que “a miséria é o pior inimigo do meio ambiente”. A fala foi proferida por Guedes no Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça. “Basta verificar que os países ricos não têm problemas ambientais significativos, e eles estão não só em países mais pobres, mas em regiões mais pobres de países mais pobres.” completou Salles.

“O que se verifica, quando se vê o fato, é que aquela narrativa do desmonte, do retrocesso, da não preservação, do não cuidado, não se sustenta, o que pode haver são visões diferentes de como fazê-lo”, defendeu.

“Nós entendemos que é agregar setor privado, fomentar mercado, gerar mecanismo de mercado, seja na parte de clima, seja crédito de carbono ou florestas, [esses] são instrumentos necessários para tirarmos o Brasil, principalmente a Amazônia, dessa situação de pobreza e de IDH baixo na região mais rica do país”, completou.

Ricardo Salles ainda finalizou reforçando qual a visão de sua gestão: “Monetizar a floresta, que é algo importantíssimo, mantendo aquela lógica de a floresta em pé tem que valer mais do que a floresta devastada. Mas, este tem que valer, tem que chegar aos 23 milhões de brasileiros que estão na Amazônia, senão para eles isso é um discurso meramente virtual e que os confronta diariamente coma as suas necessidades pessoais”.

Fundo Amazônia

Outro tema abordado pelo ministro durante a audiência no STF foi a narrativa de que o governo teria paralisado o Fundo Amazônia.

Ricardo Salles apresentou uma carta da Embaixada da Noruega, demonstrando que foi o próprio país que requereu que não mais houvesse desembolso do fundo.

O titular da pasta do Meio Ambiente lembrou que o Fundo Amazônia utilizou nos seus 10 anos cerca de 1 bilhão e meio de reais. Desse valor, segundo ele, quase metade foram para entidades sem fins lucrativos e a outra parte para governos, não havendo nenhum desembolso para o setor privado, seja para o fornecimento de serviços, ou apoiamento a projetos; o que para o ministro denota uma visão avessa à participação do setor privado nessas ações, que cobrará um preço elevado em termos de não desenvolvimento bioeconômico.

“Porque, quem pode desenvolver a bioeconomia investindo, criando emprego, é o setor privado. Não querer o setor privado na Amazônia acaba trazendo essa consequência de não haver oportunidade de renda para as pessoas, que assim, por sua vez, passam a ser mais suscetíveis de serem cooptadas por atividades ilegais, dentre elas, a mineração ilegal, roubo de madeira, grilagem de terra, etc”, lembrou.

Ao final da fala de Salles, o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), concordou com a visão apresentada. “Em última análise, todas as políticas públicas visam mesmo é tornar a vida das pessoas melhor, se não puder produzir esse impacto evidentemente é uma política pública que não esta funcionando bem”, disse.

Gestora Pública, paisagista e assessora de imprensa.

Continuar lendo PONTO DE VISTA: TÃO RICA E TÃO POBRE A AMAZÔNIA É COBIÇADA POR TODAS AS NAÇÕES DO MUNDO

PONTO DE VISTA: O DRAGÃO CHINÊS AVANÇA E SORRATEIRAMENTE SE APODERA DA NOSSA SOBERANIA NACIONAL

Caro(a) leitor(a),

Venho, a tempos falando aqui da grande ameaça que a China representa, não apenas para o Brasil, mas para o mundo todo. Não é a toa que países como Estados Unidos, França, Alemanha e Japão já começaram a retirar suas bases operacionais de solo chinês. A china, que foi a origem do coronavírus já se recuperou do impacto da pandemia, sua economia voltou a crescer e suas companhias estão comprando empresas em apuros pelo resto do mundo. No Brasil já comprou várias empresas importantes e estratégicas e continua comprando, inclusive áreas imensas para agricultura. Então, minha gente, é hora de dar um basta nisso.Precisamos abrir o olho parar essa expansão chinesa no nosso país. E isso não só pode, como deve ser feito por nós cidadão através das redes sociais mandando recados aos nossos políticos que estão facilitando as regras e a legislação para dar esse acesso ao governo Chinês. Portanto você que ler o corajoso texto a seguir, do  Cláudio Hellmeister, não deixe que ele corra todo esse risco em vão.Vamos ajudar a divulgar para o máximo de cidadãos brasileiros, pois isso é conscientização, é expansão da consciência e só quando todo cidadão brasileiro tiver acesso ao conhecimento conseguiremos mudar o rum desse país! 

Australianos veem com preocupação crescente influência da China no país - 20/11/2017 - Mundo - Folha de S.Paulo

A INVASÃO SILENCIOSA DO IMPÉRIO CHINÊS QUE NINGUÉM ESTÁ PERCEBENDO

Enquanto o povo se preocupa só com o covid-19 vendo na Globo esquecem que a China já comprou através do Dória:

SABESP- CPTM – COMGAZ – ANEL – MINERADORA DE EXTRAÇÃO DE FERRO EM MINAS GERAIS – TV BAND
CNN
NO PARANÁ COMPRARAM TODA A OPERAÇÃO DE CONTAINERS DO PORTO DE PARANAGUÁ
VAI COMPRAR E PAGAR TODA DIVIDA DA GLOBO
ESTÁ DE OLHO NO NORDESTE ONDE NINGUÉM DA ATENÇÃO VAI COMPRAR MUITAS TERRAS NO NORDESTE PARA PRODUZIR ALIMENTOS PARA SI MESMA ESTA DE OLHO NOS PORTOS QUE SÃO A SAÍDA  DE ALIMENTOS PARA ELES, PRINCIPALMENTE O PORTO DE SANTOS O MAIOR PORTO DA AMÉRICA LATINA  !!
REALIDADE É QUE A CHINA ESTÁ LEGALMENTE COMENDO PELAS BEIRADAS O BRASIL INTEIRO ENQUANTO O POVO SE DISTRAI.
A CHINA VAI TOMAR CONTA DE ÁREAS PRODUTIVAS E NÃO PRODUTIVAS E TRANSFORMA-LAS EM TERRITÓRIO COMUNISTA LEGALIZADO.
ACORDA FORÇAS ARMADAS NOSSA SOBERANIA ESTÁ INDO PRA CHINA MESMO !!
A ÍNDIA  EXPULSOU TODAS AS EMPRESAS CHINESAS QUE LA ESTAVAM, TIVERAM QUE USAR DINHEIRO DE SUAS RESERVAS PARA COMPRAR AS EMPRESAS.
A CHINA ESTÁ COMPRANDO TODAS AS EMPRESAS NÃO ARREMATADAS POR EMPRESAS BRASILEIRAS QUE QUEBRARAM NO BRASIL A PREÇO DE BANANA !!
Com certeza só estão ajudando a prorrogar esta Pandemia no Brasil pra que os empresários chineses venham e comprem todas as empresas quebradas junto com políticos corruptos, e que toda esquerda tem camuflada no Brasil através de promessas comunistas façam e já fazem como nosso Governador DÓRIA está vendendo o Estado mais rico do Brasil para os chineses.
QUANDO O POVO ACORDAR  SERÁ TARDE !!!
Por Cláudio Hellmeister
Continuar lendo PONTO DE VISTA: O DRAGÃO CHINÊS AVANÇA E SORRATEIRAMENTE SE APODERA DA NOSSA SOBERANIA NACIONAL

PONTO DE VISTA: O MUNDO DÁ MUITAS VOLTAS E A VERDADE SEMPRE VEM A TONA

Caro(a) leitor(a),

Infelizmente num país ainda com um analfabetismo que beira os 10% da população brasileira e uma massa de 38 milhões de analfabetos funcionais, fica difícil e muito lento conseguirmos livrar o país de bandidos picaretas como o Cristiano Zanin. Principalmente quando a o legislativo e o judiciário de tudo faz para manter essa massa na ignorância. Mesmo assim, mais cedo ou mais tarde, a verdade sempre vem à tona e não tem exemplo melhor do que a condição de réu desse picareta. E, com certeza, será condenado.Mais uma prova de que a Lava Jato nunca esteve tão viva. Então vamos ficar alertas, acompanhar esse processo e exigir a condenação desse bandido!

O cinismo, a “cara de pau” e o choro de lamentação de Cristiano Zanin

A nota de Cristiano Zanin sobre as investidas que sofreu da Justiça é repleta de hipocrisia e recheada de mentiras.

O advogado inicia o seu ‘choro’ atacando o juiz Marcelo Bretas. Aliás, atacar magistrados parece ser a sua especialidade.

Na sequência, Zanin diz que a sua atuação na advocacia desmascarou as arbitrariedades praticadas pela Lava Jato e as relações espúrias de seus membros com autoridades públicas e privadas.

Nada mais ridículo.

Zanin é quem foi totalmente desmascarado.

Agora é réu.

E certamente será condenado criminalmente. Da mesma forma que o seu principal cliente.

Quanto a Lava Jato, ainda neste final de semana, o próprio ministro Edson Fachin, relator dos processos no Supremo Tribunal Federal, afirmou em relatório enviado ao ministro Luiz Fux, que é pautada na ‘legalidade constitucional’ e combate a impunidade.

Assim, com Fux a frente do STF, a Lava Jato será valorizada e processos como esse de Zanin deverão avançar com mais agilidade.

Por outro lado, o próprio Fux já garantiu que a prisão em 2ª instância deverá ser novamente colocada em discussão.

Com isso, quem sabe, Lula e Zanin não tenham um encontro futuramente em Curitiba.

E esse encontro certamente não será entre o advogado e o réu’.

Que a Justiça seja feita, para que esse advogado que, segundo o Ministério Público, ganha milhões sem oferecer nenhuma contrapartida, seja punido na forma da lei.

Gonçalo Mendes Neto. Jornalista.

Leia abaixo a infame nota do advogado:

NOTA DE CRISTIANO ZANIN MARTINS

1. Atentado à advocacia e retaliação. A iniciativa do Sr. Marcelo Bretas de autorizar a invasão da minha casa e do meu escritório de advocacia a pedido da Lava Jato somente pode ser entendida como mais uma clara tentativa de intimidação do Estado brasileiro pelo meu trabalho como advogado, que há tempos vem expondo as fissuras no Sistema de Justiça e do Estado Democrático de Direito.

É público e notório que minha atuação na advocacia desmascarou as arbitrariedades praticadas pela Lava Jato, as relações espúrias de seus membros com entidades públicas e privadas e sobretudo com autoridades estrangeiras. Desmascarou o lawfare e suas táticas, como está exposto em processos relevantes que estão na iminência de serem julgados por Tribunais Superiores do país e pelo Comitê de Direitos Humano da ONU.

O juiz Marcelo Bretas é notoriamente vinculado ao presidente Jair Bolsonaro e sua decisão no caso concreto está vinculada ao trabalho desenvolvido em favor de um delator assistido por advogados ligados ao Senador Flavio Bolsonaro. A situação fala por si só.

2. Comprovação dos serviços. De acordo com laudo elaborado em 2018 por auditores independentes, todos os serviços prestados à Fecomércio/RJ pelo meu escritório entre 2011 e 2018 estão devidamente documentados em sistema auditável e envolveram 77 (setenta e sete) profissionais e consumiram 12.474 (doze mil, quatrocentas e setenta e quatro) horas de trabalho. Cerca de 1.400 (mil e quatrocentas) petições estão arquivadas em nosso sistema. Além disso, em 2018, a pedido da Fecomércio-RJ, entregamos cópia de todo o material produzido pelo nosso escritório na defesa da entidade, comprovando a efetiva realização dos serviços que foram contratados. Os pagamentos, ademais, foram processados internamente pela Fecomércio/RJ por meio de seus órgãos de administração e fiscalização e foram todos aprovados em Assembleias da entidade — com o voto dos associados.

3. Natureza dos serviços prestados. Nosso escritório, com 50 anos e atuação reconhecida no mercado, foi contratado a partir de 2012 para prestar serviços jurídicos à Federação do Comércio do Rio de Janeiro (Fecomércio-RJ), que é uma entidade privada que representa os milhares de empresários e comerciantes daquele Estado. A atuação do escritório em favor da Fecomércio/RJ e também de entidades por ela geridas por força de lei — o Sesc-RJ e do Senac- RJ —, pode ser constatada em diversas ações judiciais que tramitaram perante o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, do Superior Tribunal de Justiça, do Supremo Tribunal Federal, e também em procedimentos que tramitam no Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro e perante outros órgãos internos e externos à entidade. Em todos os órgãos judiciários houve atuação pessoal e diligente do nosso escritório.

A atuação do nosso escritório deu-se um litígio de grandes proporções, classificado como uma “guerra jurídica” por alguns veículos de imprensa à época, entre a Fecomércio/RJ e a Confederação Nacional do Comércio (CNC), duas entidades privadas e congêneres de representação de empresários e comerciantes. Cada uma delas contratou diversos escritórios de advocacia para atuar nas mais diversas frentes em que o litígio se desenvolveu.

4. Abuso de autoridade. Além do caráter despropositado e ilegal de autorizar a invasão de um escritório de advocacia e da casa de um advogado com mais de 20 anos de profissão e que cumpre todos os seus deveres profissionais, essa decisão possui claros traços de abuso de autoridade, pois: (a) o seu prolator, o Sr. Marcelo Bretas, é juiz federal e sequer tem competência para tratar de pagamentos realizados por uma entidade privada, como é a Fecomercio/RJ, e mesmo de entidades do Sistema S por ela administrados por força de lei; a matéria é de competência da Justiça Estadual, conforme jurisprudência pacífica dos Tribunais, inclusive do Superior Tribunal de Justiça; (b) foi efetivada com o mesmo espetáculo impróprio a qualquer decisão judicial dessa natureza, como venho denunciando ao longo da minha atuação profissional, sobretudo no âmbito da Operação Lava Jato; (c) foi proferida e cumprida após graves denúncias que fiz no exercício da minha atuação profissional sobre a atuação de membros da Operação Lava Jato e na iminência do Supremo Tribunal Federal realizar alguns dos mais relevantes julgamentos, com impacto na vida jurídica e política do país. Ademais, foge de qualquer lógica jurídica a realização de uma busca e apreensão após o recebimento de uma denúncia — o que mostra a ausência de qualquer materialidade da acusação veiculada naquela peça.

Esse abuso de autoridade, aliás, não é inédito. A Lava Jato, em 2016, tentou transformar honorários sucumbenciais que nosso escritório recebeu da Odebrecht, por haver vencido uma ação contra a empresa, em valores suspeitos — e teve que admitir o erro posteriormente. No mesmo ano, a Lava Jato autorizou a interceptação do principal ramal do nosso escritório para ouvir conversas entre os advogados do nosso escritório e as conversas que eu mantinha com o ex-presidente Lula na condição de seu advogado, em grave atentado às prerrogativas profissionais e ao direito de defesa. Não bastasse, em 2018 a Lava Jato divulgou valores que o nosso escritório havia recebido a título de honorários em decorrência da prestação de serviços advocatícios.

Todas as circunstâncias aqui expostas serão levadas aos foros nacionais e internacionais adequados para os envolvidos sejam punidos e para que seja reparada a violação à minha reputação e à reputação do meu escritório, mais uma vez atacadas por pessoas que cooptaram o poder do Estado para fins ilegítimos, em clara prática do lawfare — fenômeno nefasto e que corroeu a democracia no Brasil e está corroendo em outros países.

São Paulo, 9 de setembro de 2020

Cristiano Zanin Martins

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: O MUNDO DÁ MUITAS VOLTAS E A VERDADE SEMPRE VEM A TONA

PONTO DE VISTA: ENQUANTO NÃO FOR FEITA A LIMPEZA NO ESGOTO DOS TRIBUNAIS DE JUSTIÇA NADA MUDARÁ NESSE PAÍS

Caro(a) leitor(a),

A notícia reveladora do dia, nesta quarta-feira foi a ação da Polícia Federal pela Lava Jato nos escritórios advocatícios em Brasília, que trouxe a tona o sub-mundo da corrupção nos Tribunais de Justiça. Há de ser coincidência demais o filho do presidente do STJ, Eduardo Martins ter sido alvo de mandado de busca e apreensão, bem como o Cristiano Zanin, advogado de defesa do meliante Lula ladrão. Há de ser coincidência demais essa operação ter como alvo um esquema de corrupção no Sistema S. Há de ser coincidência demais que esses escritórios de advocacia estejam a margem e sempre rondando esses Tribunais de 3ª Instância. Tenho certeza que se for a fundo vai chegar não apenas no presidente do STJ, mas em muitos outros membros desse Régio Tribunal. Todos encalacrados em conluio com esses advogados. E é mais do que necessário trazer todo esse esgoto a tona, pois só assim conseguiremos fazer a faxina necessária para por fim a esse desmantelo que é a nossa nação!

Quem diria… PF apreende 800 mil reais, em dinheiro e cheque, no escritório do filho do presidente do STJ

Eduardo Martins e seu pai Humberto Martins

A ação da Polícia Federal (PF) na operação batizada de ‘E$QUEMA S’, que tem como finalidade desarticular estrutura irregular de pagamento a escritórios de advocacia que atuavam em conluio com o ex-gestor da Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio/RJ), Orlando Diniz, tomou conta dos noticiários na manhã desta quarta-feira 09.

Os investigados responderão pelos crimes de tráfico de influência, exploração de prestígio, peculato, estelionato, corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Porém no meio de toda essa operação uma coisa chamou a atenção…

Em brasília, no Lago Sul, foram encontrados e apreendidos R$ 100 mil em espécie e um cheque de R$ 700 mil no escritório do advogado Eduardo Martins, filho do presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Humberto Martins.

Eduardo é investigado pela Operação Lava Jato por suposto desvio de dinheiro no Sistema S.

Segundo informações, as cédulas de R$ 50 e R$ 100 estavam em uma sacola de papel, modo normalmente utilizado para pagamentos ocultos em locais públicos.

O advogado disse que seriam honorários pagos em dinheiro.

A denúncia ofertada pela Lava Jato do Rio contra Eduardo Martins aponta que ele teria sido contratado para “tentar influir em atos da corte” pelo advogado de Lula, Cristiano Zanin.

De acordo com o documento, ele teria recebido R$ 5,5 milhões para atuar no STJ.

Fonte: R7

da Redação

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: ENQUANTO NÃO FOR FEITA A LIMPEZA NO ESGOTO DOS TRIBUNAIS DE JUSTIÇA NADA MUDARÁ NESSE PAÍS

PONTO DE VISTA: A HISTÓRIA SE REPETE PARA APRENDERMOS A CORRIGIR OS NOSSOS ERROS. A VELHA POLÍTICA CONTINUA PORQUE CONTINUAMOS ERRANDO

Caro(a) leitor(a),

Não tenho muito a acrescentar ao que está dito no artigo a seguir, sobre a fala do ex-presidente da república, Fernando Henrique Cardoso, mas é necessário acrescentar que, é sempre assim. Parece que ao se alcançar o poder, invariavelmente o contemplado age da mesma maneira, seja ele de direita, de esquerda ou de centro-esquerda. Não foi apenas o FHC que mudou de discurso com relação a reeleição. O próprio Bolsonaro, muito mais recentemente, ali ainda em 2018, na véspera das eleições afirmava tacitamente que não era a favor da reeleição. Creio que qualquer brasileiro é capaz de se lembrar disso. O FHC também pensava, ou pelo menos, nos fazia crer que não concordava com a reeleição, mas depois que assumiu o poder não foi isso que nós vimos, não é mesmo? E o mesmo se repete agora com Bolsonaro. Depois, o depois, é como diz o ditado popular: “o futuro a Deus pertence”. O que foi dito pode ser desdito, sem que precise ss dar muita explicação. Mas nós temos como acabar com essa velha prática da política.Podemos guardar todas essas imagens para rever a cada eleição e nos lembrarmos do que esses verdadeiros bandidos disseram e assim julgarmos quem pode e/ou deve voltar a nos representar. Portanto mude de atitude para as próximas eleições que está ai para exercitar a sua memória!

Temeroso e antevendo nova vitória de Bolsonaro, FHC diz que criação da reeleição foi um “erro” (veja o vídeo)

Fernando Henrique Cardoso

Em um artigo publicado neste sábado, 05, no Estadão, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou que a reeleição criada em 1997, por ele mesmo, foi “historicamente” um erro.

“Cabe aqui um ‘mea culpa’. Permiti, e por fim aceitei, o instituto da reeleição. Verdade que, ainda no primeiro mandato, fiz um discurso no Itamaraty anunciando que ‘as trevas’ se aproximavam: pediríamos socorro ao Fundo Monetário Internacional (FMI). Não é desculpa. Sabia, e continuo pensando assim, que um mandato de quatro anos é pouco para ‘fazer algo’…”, diz o artigo de FHC

E prosseguiu:

“Tinha em mente o que acontece nos Estados Unidos. Visto de hoje, entretanto, imaginar que os presidentes não farão o impossível para ganhar a reeleição é ingenuidade.

[…] Devo reconhecer que historicamente foi um erro: se quatro anos são insuficientes e seis parecem ser muito tempo, em vez de pedir que no quarto ano o eleitorado dê um voto de tipo ‘plebiscitário’, seria preferível termos um mandato de cinco anos e ponto final.”

Entretanto, algumas questões curiosas no meio de todas as afirmações do ex-presidente chamaram a atenção…

Porque demorou tanto tempo para dizer tal coisa?

Será que ele precisou de 23 anos para descobrir que estava errado e justamente no mandato de um ‘verdadeiro’ conservador de direita ele resolveu manifestar-se?

Por que na era PT, de Lula e Dilma – que também se reelegeram – ele calou-se?

Qual é a trama da vez?

Como já nos alertou recentemente o presidente do PTB, Roberto Jefferson:

“FHC é o homem mais perigoso da República. […] Eu o comparo ao diabo”.

Confira:

Fernando Henrique já percebeu que tudo se encaminha para a reeleição de Jair Bolsonaro.

Fonte: Jornal da Cidade OnLine

Continuar lendo PONTO DE VISTA: A HISTÓRIA SE REPETE PARA APRENDERMOS A CORRIGIR OS NOSSOS ERROS. A VELHA POLÍTICA CONTINUA PORQUE CONTINUAMOS ERRANDO

SE NÃO TIVER MEDO DA VERDADE LEIA E IDENTIFIQUE OS VERDADEIROS GENOCIDAS

Leia se não tiver medo da verdade e identifique os verdadeiros genocidas

LER NA ÁREA DO ASSINANTE

Foto Ilustrativa

Eu antipatizo com pessoas. Às vezes, gratuitamente. Falha minha? Pode ser. Por isso, reconheço o direito de qualquer um antipatizar também. Principalmente com políticos. Bolsonaro não é uma pessoa fácil.

É do tipo ame-o ou deixe-o. Transparente, sincero, sem papas na língua e, às vezes, grosso (aliás, como todos nós), pode facilmente levar uma pessoa mais sensível ou avessa às suas ideias a não gostar dele. Tranquilo.

É de Lei e faz parte do jogo democrático. O que não admito, de jeito algum, é, por conta dessa antipatia – seja pessoal, seja política – , deixar subir à cabeça uma desonestidade intelectual que não lhe permita ver tudo que Bolsonaro e sua equipe estão fazendo de bom pelo Brasil.

Ao final dessa pandemia você verá que Bolsonaro tinha razão, tanto em relação à medicação precoce quanto ao isolamento vertical. A própria OMS está reconhecendo isso.

O elevado número de mortes se deve à estultice de governadores oposicionistas, que – apenas com o intuito de confrontar Bolsonaro – negaram tratamento precoce aos doentes, mandando-os ficar em casa até que seu pulmão estivesse comprometido. Esse sim foi o verdadeiro ato genocida.

A gestão federal da crise pandêmica – apesar de tolhido pelo STF – no que lhe coube foi simplesmente perfeita, com o governo provendo recursos a Estados e Municípios e a mais de 80 milhões de brasileiros o que, além de tratar dos mais pobres, ainda deu novo alento à economia, a primeira a se recuperar da queda brutal causada pela doença.

Os recursos e planos dedicados às pequenas empresas, aos informais e aos trabalhadores formais também foram dignos de nota.

O que Bolsonaro está fazendo pelo Nordeste, nenhum governante, desde a Proclamação da República, fez. A ideia sempre foi deixar os nordestinos sem dinheiro, sem água e sem informação, para manter seu voto de cabresto a troco de esmolas, dentaduras, camisetas.

Bolsonaro está abrindo os olhos do povo nordestino, levando água, melhorando a rede social de atendimento público, às escolas e o Bolsa Família, que vai mudar de nome, subir de patamar e oferecer uma porta de saída, sendo este o ponto mais importante do programa.

O Ministro Tarcísio é um verdadeiro achado nessa fauna de gente incompetente que passou por Brasília ao longo dos últimos cinquenta anos. Modesto, discreto, trabalhador e extremamente competente, está dando um banho de modernidade em nossa infraestrutura, olhando simultaneamente para ferrovias, portos, hidrovias e estradas como nunca algum ministro olhou.

Os planos dos novos modais de transporte são de encher os olhos de qualquer cidadão do mundo. E Tarcísio não fica só nos planos. As obras, mesmo com poucos recursos, estão a pleno vapor.

A despeito das críticas mundiais plantadas pela mídia de esquerda, a Amazônia nunca mereceu tanta atenção de um governo. O vice Mourão, à frente de uma equipe do Exército, está enfrentando a rede criminosa que, desde sempre lá se instalou para grilar terras, tirar madeira e promover o confronto.

Não é fácil, faltam recursos, mas o governo vai vencer essa batalha, que nem é nem sombra do que os críticos querem fazer crer.

Na economia, Paulo Guedes também dá um banho, tendo aprovado a tão difícil Reforma da Previdência, baixado os juros a níveis inéditos, mantido a inflação sob controle e tendo diversos projetos importantes, da Reforma Administrativa à Reforma Tributária, prontas, apenas esperando a boa vontade do Congresso.

Todo o dinheiro gasto excepcionalmente na pandemia esteve disponível simplesmente porque não havia gente corrupta no governo a desviar esses recursos. Imagine se num governo do PT, DEM, REDE, PSOL, MDB ou PSDB esse dinheiro apareceria… E, mesmo assim, governadores e prefeitos aproveitaram a pandemia para fazê-lo desaparecer em contratações misteriosas.

A PF vai tratar de achar os culpados pelo Covidão.

Nossa agricultura bate recordes a cada safra e é um exemplo a ser seguido – e invejado – pelo mundo. Essa é a razão das críticas à Amazônia, querendo que importadores parem de comprar do Brasil.

O Brasil não se utiliza de terras amazônicas para plantar. Nunca usou pelo simples motivo de que não são adequadas. O resto é conversa furada.

Usamos apenas uma pequena porcentagem de nossas terras para plantar e nossas reservas florestais são as maiores do mundo, com um índice invejável de aproveitamento.

A Educação e Cultura estão sendo severamente prejudicadas pelo histórico aparelhamento de seus ministérios e secretarias, ocupados por radicais de esquerda que se acostumaram às mamatas e à implantação do caos promovidas por seus sindicatos.

Aos poucos o governo Bolsonaro vai tomando conta da situação. Mas não é fácil.

Agora, quanto ao Congresso, você há de convir que também não é fácil o relacionamento. Bolsonaro depende dele para governar. Sem o congresso nenhum presidente consegue fazer nada, mover uma palha.

Então Bolsonaro, inteligente como é, resolveu cortar as asinhas do “primeiro “ministro” Rodrigo Maia, que manda e desmanda naquele antro. Por isso Bolsonaro encetou conversações com o pessoal do Centrão.

Não foi toma lá, dá cá. Bolsonaro não deu Ministérios de porteira fechada, bancos estatais, etc., como faziam outros governos. Apenas aceitou indicações para vagas em cargos de segundo e terceiro escalão que preenchessem os requisitos técnicos e estivessem com a ficha limpa.

Super normal numa democracia, não vejo o motivo de tanta chiadeira. Bolsonaro não “fechou” com o Centrão. Apenas conversa, como em qualquer Democracia civilizada. A coisa não pode ser feita a ferro e fogo.

Quanto ao STF, cujos ministros incompetentes estão deslumbrados com a hipótese de governar como tiranetes, atazanando o governo Bolsonaro como podem, só o tempo pode dar jeito.

O tempo e João de Deus, que parece resolveu botar a boca no trombone para entregar alguns deles envolvidos em orgias até com menores.

Infelizmente Bolsonaro nada pode fazer que não esteja dentro do processo democrático. Fechar STF e Congresso – apesar de que em momentos de raiva muitos de nós temos vontade – traria prejuízos enormes para o Brasil junto ao resto do mundo e não é recomendável.

Por isso, volto a dizer, aceito que você antipatize com a pessoa do Presidente. Pode achá-lo grosso, mal-educado, etc. Agora, acusá-lo de crimes que não cometeu (o caso Queiroz é uma piada), de homofóbico, racista, de ameaças por querer dar um soco em quem ofendeu sua esposa, ou por ir comer pão de queijo sem máscara, meu amigo, é forçar um pouco demais a barra, não acha?

Deixe isso para os Dorias, Witzels, Serras, FHCs, Lulas, da vida, que vivem do Poder, da corrupção, e passam por crise de abstinência das mamatas estatais. E para a imprensa, comunista desde o princípio dos tempos, e mentirosa como nunca foi, que teve seus interesses interrompidos pela honestidade de Bolsonaro.

Seja crítico, mas seja honesto. Essa história de que votou em Bolsonaro, mas ele o traiu, não cola.

Se você realmente votou em Bolsonaro e agora está contra ele, o traidor é outro…

Percy Castanho Jr.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo SE NÃO TIVER MEDO DA VERDADE LEIA E IDENTIFIQUE OS VERDADEIROS GENOCIDAS

PONTO DE VISTA: ESSA INSISTÊNCIA DA EXTREMA-IMPRENSA SÓ GERA CAOS POLÍTICO, ECONÔMICO E SOCIAL

Caio Coppolla é o destaque da nossa coluna PONTO DE VISTA desta segunda-feira com a sua participação no programa da sexta-feira da semana passada do Grande Debate da CNN. Com sempre impecável, ele realmente colocou a extrema-imprensa em seu devido lugar. Está ficando muito cansativo essa perseguição sem fim ao presidente Bolsonaro. Uma verdadeira mídia do ódio. Chega a ser ridículo e patético de tão pernóstico. Eu pergunto minha gente : o que o nosso país, o povo brasileiro ganha com essa perseguição? Ao não se conformar e não querer deixar o presidente Bolsonaro governar essa imprensa maldita não apenas atrapalha o governo, mas principal, atrasa o desenvolvimento do país em todos os sentidos. Gera caos político, econômico e social, ou seja, cria a anarquia! O Caio Coppolla é uma voz quase solitária, de bom senso e da sobriedade  no cenário político nacional. É muito importante que seja ouvida pelo maior número de pessoas possível. No artigo a seguir veja os detalhes e o vídeo da fala do exímio comentarista político e ajude a divulgar o nosso protesto a essa imprensa extremista de esquerda.

Coppolla coloca a “mídia do ódio” em seu devido lugar e rechaça crise “inventada” entre Bolsonaro e Guedes (veja o vídeo)

Caio Coppolla

Mais uma vez, o brilho de Caio Coppolla resplandece na tela da TV.

Em noite de grande inspiração, o comentarista político colocou a extrema-imprensa em seu devido lugar.

Para Caio, essa turma está demitindo o ministro Paulo Guedes há 20 meses, desde o início do governo. E ele adverte:

“O pior é que se esse jornalismo de torcida finalmente confirmar as suas previsões, eles ainda vão contar vitória. (…) Até um relógio quebrado acerta hora duas vezes ao dia.”

E prossegue o comentarista:

“Nós já somos acostumados a veículos de comunicação ou mesmo jornalistas, que adotam políticos e partidos de estimação”.

Para tanto, Caio lembra uma matéria publicada recentemente em O Globo:

“É hora de perdoar o PT”.

Na sequência, ele demonstra que da mesma forma, que essa imprensa adotou agora um político de ‘estigmatização’. E explica o que é estigmatizar:

“É aviltar. É condenar. É rotular. Existe hoje no Brasil uma autoridade pública que canaliza da frustração coletiva da alta intelectualidade das redações. E que se tornou uma espécie de judas do noticiário. Todo mundo malha. O seu nome, claro, é Jair Bolsonaro. (…) Críticas negativas ou destrutivas se tornaram obrigatórias. Críticas construtivas, cada vez mais raras. E comentários elogiosos estão terminantemente proibidos.”

Veja o vídeo:

da Redação

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: ESSA INSISTÊNCIA DA EXTREMA-IMPRENSA SÓ GERA CAOS POLÍTICO, ECONÔMICO E SOCIAL

PONTO DE VISTA: EM SITUAÇÃO CONSTRANGEDORA, DÓRIA SAI EM DEFESA DE WILSON WITZEL

Caro(a) leitor(a),

A reação de Dória ao afastamento de Witzel do governo do Rio de Janeiro é tipicamente constrangedora. Pense numa situação difícil! Principalmente depois que os dois participaram de self juntos!

Só para pontuar, essa é uma situação em que podemos dizer que o feitiço age contra o feiticeiro. Essa reação mostra claramente o temor de Dória de acontecer o mesmo com ele. É aquela situação em que o governador nem poderia ficar calado e ignorar o ocorrido e ao mesmo tempo, ao falar sobre não poderia condenar o governador do Rio de Janeiro, pois sua consciência sabe o que o próprio Dória fez no verão passado. E isso, por si só já o denuncia. Infelizmente a justiça brasileira usa vendas, justamente para acobertar  e defender bandidos. Enquanto não tirarem a venda dos olhos da justiça brasileira nunca sairemos desse caos formado!

Dória sai em defesa de Witzel e diz que decisão é “no mínimo estranha” (veja o vídeo)

João Doria e Wilson Witzel

O governador de São Paulo, João Doria, saiu em defesa do governador afastado do Rio e seu amigo pessoal, Wilson Witzel, nesta sexta-feira 28.

Doria afirmou que a decisão monocrática do STJ (Superior Tribunal de Justiça) foi “no mínimo estranha” e que uma decisão dessa magnitude deveria ser avaliada por um “colegiado” e não apenas por “um juiz”.

“Eu não estou aqui para fazer juízo de valor e nem de mérito. Mas eu defendo sempre que investigações e esclarecimentos de denúncias sejam feitos. Porém, quero registrar como governador do estado de São Paulo, que uma decisão desta dimensão, monocrática e não de um colegiado, é no mínimo estranha”, afirmou Doria, em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes.

E prosseguiu:

“Uma decisão como essa, a meu ver, deveria ser adotada por um colegiado e não por um único juiz. Repito, não faço juízo de valor e de mérito e defendo que todas as investigações sejam feitas e concluídas. Mas também enfatizo que uma decisão desta natureza, desta dimensão, tomada por um único juiz e não por um colegiado, não representa um fator de responsabilidade de um fator dessa ordem”, disse.

A rigor, o calo de Dória deve estar começando a apertar…

Bateu o medo!

Confira:

 

da Redação

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: EM SITUAÇÃO CONSTRANGEDORA, DÓRIA SAI EM DEFESA DE WILSON WITZEL

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar