POLÍTICA: RODRIGO MAIA ESTÁ SE DESPEDINDO DA PRESIDÊNCIA DA CÂMARA EM GRANDE ESTILO

Os bastidores da guerra entre o governo Bolsonaro e a turma do Baleia pela presidência da Câmara

Imagem em destaque

Rodrigo Maia está se despedindo da presidência da Câmara dos Deputados, pelo que parece, em grande estilo, esbanjando dinheiro público.

Desde a posse do presidente Bolsonaro, o ‘Botafogo’, como é conhecido no esquema de propina da Odebrecht, tem engavetado mais projetos do que nunca e deixado caducar medidas importantes para o crescimento do país.

Mas, caro leitor, se você pensa que Maia largou o osso do poder, está muito enganado! Ele uniu a esquerda para eleger seu sucessor na presidência, Baleia Rossi, deputado federal por São Paulo e presidente nacional do MDB.

Isso mesmo, PT e MDB unidos – a narrativa do golpe que teria derrubado Dilma Rousseff foi esquecida.

Na próxima edição da revista A Verdade, que vai ao ar às 15h desta segunda-feira, 18, revelaremos os bastidores da guerra pela presidência da Câmara.

A turma do Baleia vem com tudo para tentar paralisar o país até 2022.

Mas o governo Bolsonaro sabe disso, e já preparou seu arpão!

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo POLÍTICA: RODRIGO MAIA ESTÁ SE DESPEDINDO DA PRESIDÊNCIA DA CÂMARA EM GRANDE ESTILO

POLÍTICA: PRÓXIMA SEXTA FEIRA ARTHUR LIRA ESTARÁ EM NATAL PARA PEDIR APOIO A BANCADA DOS DEPUTADOS POTIGUARES

Candidato Arthur Lira estará em Natal na próxima sexta-feira

12 jan 2021

Toffoli 'trava' abertura de ação penal contra Arthur Lira (PP) - 24/11/2020 - UOL Notícias

O deputado federal Arthur Lira (PP-AL), candidato à presidência da Câmara dos Deputados, fará uma visita ao Rio Grande do Norte, na sexta-feira (15), para pedir o apoio da bancada dos deputados potiguares, em meio ao recesso. A visita terá início em Natal, com uma coletiva para imprensa em um café da manhã no Restaurante Mangai, às 8h30. O deputado Beto Rosado (PP-RN), em conjunto com os demais integrantes da bancada federal, coordena a visita do candidato ao Estado.

Logo após a coletiva para imprensa, Arthur Lira fará visitas ao prefeito Álvaro Dias e ao presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira. A agenda será finalizada em um almoço do candidato com a participação do Ministro das Comunicações Fábio Faria, dos deputados federais Beto Rosado, João Maia, General Girão, Carla Dickson, além de outros líderes potiguares.

Em 1.º de fevereiro, os 513 deputados federais vão escolher o novo presidente da Câmara. Nesse dia, também estarão em jogo os cargos de vice-presidentes da Casa, de secretários e suplentes desses cargos. A apuração dos votos começa pelo cargo de presidente da Câmara. Para ser eleito em primeiro turno, o deputado precisa ter a maioria absoluta, isto é, 257 votos. Caso isso não ocorra, os dois mais votados disputam o segundo turno.

O deputado Arthur Lira exerce o terceiro mandato consecutivo como deputado federal. É líder do PP na Câmara. Já foi vereador em Maceió (AL) e deputado estadual. Participa das frentes parlamentares da Agropecuária e da Evangélica.

Fonte: Política em Foco
Continuar lendo POLÍTICA: PRÓXIMA SEXTA FEIRA ARTHUR LIRA ESTARÁ EM NATAL PARA PEDIR APOIO A BANCADA DOS DEPUTADOS POTIGUARES

POLÍTICA: DEVIDO A SAÍDA DA FORD DO BRASIL, MAIA FAZ DURAS CRÍTICAS A BOLSONARO E É DESMENTIDO PELO CHEFE DA SECOM

Maia “mente” sobre a saída da Ford do Brasil e é desmascarado por chefe da Secom

FotomontagemFotomontagem

Parece que o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ainda não aceitou muito bem a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de proibir a sua reeleição à presidência da casa. A poucos dias de “entregar” o lugar. possivelmente para o favorito do pleito, Arthur Lira (PP-AL), o deemista tem feito duras e inacreditáveis críticas ao Governo Bolsonaro.

A mais recente “tacada” de “Botafogo” veio após o anúncio do fechamento de fábricas da Ford no Brasil. No Twitter, Maia comentou a determinação da empresa americana e disse que era o reflexo da “falta de credibilidade” do governo em segurança jurídica e sistema tributário.

Em resposta, o chefe da Secretaria Especial de Comunicação (Secom), Fábio Wajngarten, disse que Maia busca holofotes e que a deliberação da marca não tem relação com a situação atual do país.

“O fechamento da Ford é uma demonstração da falta de credibilidade do governo brasileiro, de regras claras, de segurança jurídica e de um sistema tributário racional. O sistema que temos se tornou um manicômio nos últimos anos, que tem impacto direto na produtividade das empresas”, alegou Maia.

E continuou:

“Espero que essa decisão da Ford alerte o Governo e o parlamento para que possamos avançar na modernização do Estado e na garantia da segurança jurídica para o capital privado no Brasil”.

Fábio Wajngarten não deixou “passar em branco” a publicação de Maia e acusou o atual presidente da Câmara de mentir sobre o assunto.

“A verdade dos fatos: a Ford mundial fechou fábricas no mundo porque vai focar sua produção em SUVs e picapes, mais rentáveis. Não tem nada a ver com a situação política, econômica e jurídica do Brasil. Quem falar o contrário mente e quer holofotes”, disparou o secretário de comunicação, também no Twitter

A decisão de encerrar a produção de veículos de passeio é global e foi tomada há dois anos. A Ford concluiu que reina absoluta na venda entre as picapes e utilitários. A “F-Series” é um fenômeno comercial e há vários anos emplaca a menor caminhonete da linha, a F-150, como o veículo mais vendido dos Estados Unidos. Porém, com os veículos leves, não acontece o mesmo. Além de não serem os modelos preferidos nas Terras do Tio Sam, vêm sofrendo fortíssima concorrência das montadoras europeias e asiáticas.

Assim, a matemática da montadora tem sido clara: ao invés de investir milhões de Euros no desenvolvimento de carros elétricos, como faz as concorrentes, a empresa resolveu apostar todo o seu conhecimento em caminhonetes, SUVs e o lendário Mustang.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo POLÍTICA: DEVIDO A SAÍDA DA FORD DO BRASIL, MAIA FAZ DURAS CRÍTICAS A BOLSONARO E É DESMENTIDO PELO CHEFE DA SECOM

POLÍTICA: DEPUTADO QUE APALPOU SEIOS DE PARLAMENTAR, PODE SER EXPULSO PELO PARTIDO

Conselho de Ética do Cidadania pretende expulsar deputado que apalpou seio de parlamentar

Fernando Cury assediando Isa PennaFernando Cury assediando Isa Penna

O Conselho de Ética do Cidadania decidiu, por unanimidade, neste domingo (10), expulsar o deputado estadual Fernando Cury (SP) do partido. Ele é alvo de um procedimento interno, depois que foi flagrado, em dezembro do ano passado, pelas câmeras de segurança da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), passando a mão no seio da parlamentar Isa Penna, do Psol.

O relatório e o parecer da comissão serão encaminhados ao diretório nacional da sigla, que poderá acatar ou não a decisão. Mas, em nota, o Cidadania adiantou que “a importunação sexual sofrida pela deputada fere frontalmente o Código de Ética do Cidadania em seu artigo 3º, inciso I”.

Fernando Cury segue afastado de suas funções desde 18 de dezembro.

“As imagens do plenário por si conferem clareza ao acontecimento. Com nitidez, câmeras flagraram um comportamento descabido, rasteiro e incongruente por parte do deputado Fernando Cury contra a deputada Isa Penna. O fato é grave e insolente. Não nos permite outra interpretação que não a de estarmos diante de um acontecimento desrespeitoso e afrontoso, que deve ser combatido”, pontuou Mariete de Paiva Souza, relatora do procedimento.

E completou:

“…Cidadania tem em seu programa o compromisso assumido com as bandeiras feministas contra a violência e a exclusão. Por isso, nada menos que sermos exemplares”, concluiu.

A psolista Isa Penna comentou a decisão nas redes sociais.

“Aguardo o posicionamento de Cauê Macris dentro da Alesp. Na última semana, eu e minha equipe enviamos um email para todos os deputados da casa, convocando uma assembleia extraordinária antes de fevereiro. Infelizmente, o presidente da casa não se pronunciou nenhuma vez desde o assédio”, criticou.

“Eu, minha equipe e toda a sociedade estamos estupefatos que até agora a maior assembleia legislativa do país e seu presidente, do mesmo partido do governador João Doria ainda esteja ignorando o fato e não agindo com celeridade”, concluiu.

Em nota, o deputado Fernando Cury, se defendeu das acusações, alegando que está sendo submetido a um “julgamento ilegal”.

“Não tenho dúvidas de estar sendo submetido a um julgamento ilegal, sumário e de exceção, que viola o Código de Ética do próprio partido e a Constituição Federal”, afirmou.

E justificou que:

“Dentro da Assembleia Legislativa de São Paulo, onde respeita-se o direito de defesa e o devido processo legal, irei demonstrar que não violei o decoro parlamentar; bem como jamais assediei nem tive, em nenhum momento, a intenção de constranger a nobre deputada Isa Penna, a quem respeito e sempre respeitei”.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo POLÍTICA: DEPUTADO QUE APALPOU SEIOS DE PARLAMENTAR, PODE SER EXPULSO PELO PARTIDO

POLÍTICA: ALEGANDO APOLOGIA À TORTURA, PT APRESENTA NOVO PEDIDO DE IMPEACHMENT CONTRA BOLSONARO

PT apresenta novo pedido de impeachment contra Bolsonaro por ‘apologia à tortura’

 POLÍTICA

Foto: Adriano Machado/Reuters 

O PT apresentou nessa quinta-feira, 7, novo pedido de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados. Desta vez, a bancada mencionou a ocasião em que o presidente ironizou e levantou dúvidas sobre as sessões de tortura às quais a ex-presidente Dilma Rousseff foi submetida durante a ditadura militar. Em conversa com apoiadores no dia 28 de dezembro, Bolsonaro riu e disse querer ver um raio X que prove que a mandíbula da ex-presidente sofreu uma fratura.

O pedido de impeachment é assinado pelos deputados federais Rogério Correia (PT-MG) e Rui Falcão (PT-SP) e pela ex-ministra Eleonora Menicucci. É o 60º pedido protocolado para retirar Bolsonaro do cargo – todos seguem em análise, com exceção de três que foram arquivados. Cabe ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), abrir e dar seguimento formal aos pedidos ou arquivá-los.

O ato de apologia a crime é tipificado no artigo 287 do Código Penal. Já a tortura é crime hediondo, imprescritível e inafiançável de acordo com a Constituição. “Ao ofender a presidenta Dilma, duvidar da tortura, dar gargalhada, coisa que ele já tinha feito no passado, como deputado, ele o fez agora como presidente da República e, como presidente, esse crime hediondo é também crime de responsabilidade, passivo de impeachment”, disse o deputado Rogério Correia, em nota.

O pedido será protocolado na Mesa Diretora da Câmara. De acordo com o PT, o documento terá também assinaturas de presas e presos políticos, além de entidades de defesa dos direitos humanos.

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo POLÍTICA: ALEGANDO APOLOGIA À TORTURA, PT APRESENTA NOVO PEDIDO DE IMPEACHMENT CONTRA BOLSONARO

POLÍTICA: MAIS UMA VEZ A ‘MÍDIA DO ÓDIO’ FOI DESMENTIDA, DESTA VEZ POR ALEXANDRE GARCIA

Alexandre Garcia desmente narrativa da “mídia do ódio” sobre a frase: “O Brasil está quebrado” (veja o vídeo)

Fotomontagem: Jair Bolsonaro e Alexandre GarciaFotomontagem: Jair Bolsonaro e Alexandre Garcia

Jair Bolsonaro é alvo frequente de ataques insanos e criminosos da ‘extrema imprensa’.

Na última semana, o presidente teve novamente sua fala deturpada e sofreu com falsas informações propagadas a seu respeito.

A frase “o Brasil está quebrado” foi incansavelmente divulgada pela “mídia do ódio”, alegando que Bolsonaro estivesse falando de um apanhado geral sobre a economia do País, o que não é verdade.

O jornalista Alexandre Garcia fez questão de mostrar, com detalhes, a incoerência da imprensa:

“Todo mundo omitiu a pergunta! O que provocou… Alguém [disse]:

‘Presidente, o senhor disse que ia corrigir a tabela do imposto de renda para pessoa física.’

E ele respondeu:

‘Olha, não dá! O País está quebrado.’

O que ele quis dizer com isso? As contas públicas não comportam isso”, declarou Alexandre Garcia.

E prosseguiu:

“Não dá para abrir mão. Já se abriu mão de uns 20 ou 30 Bilhões de arrecadação por causa da Covid, [pois] se dispensou impostos de muita coisa, voltada ao tratamento.”

Confira:

Continuar lendo POLÍTICA: MAIS UMA VEZ A ‘MÍDIA DO ÓDIO’ FOI DESMENTIDA, DESTA VEZ POR ALEXANDRE GARCIA

POR COMPRAR CLOROQUINA PARA DAR ESPERANÇA A POPULAÇÃO, MINISTROS SERÃO INVESTIGADOS PELA PGR À PEDIDO DA DEPUTADA (PT) NATÁLIA BONAVIDES

Deputada Natália Bonavides(PT-RN) pede que PGR investigue ministros por comprar cloroquina ‘para dar esperança’

 JUDICIÁRIOPOLÍTICASAÚDE

Foto: Pablo Jacob / Agência O Globo

A deputada Natália Bonavides, do PT do Rio Grande do Norte, pediu que a PGR investigue se Eduardo Pazuello, ministro da Saúde, e Fernando Azevedo, ministro da Defesa, cometeram crime de responsabilidade após o Exército afirmar ao TCU que comprou cloroquina, sem eficácia comprovada, para dar “esperança” à população contra a Covid-19.

“Se a própria manifestação do comandante é de que não há tratamento consagrado da Covid-19, a mencionada esperança pelo Exército não passa de pura propaganda. Desse modo, o laboratório, que deveria ser usado para produzir medicamento eficaz, foi usado pelo Exército e pelo ministro da Defesa como ferramenta de propaganda político-partidária, para homologar o discurso negacionista do governo federal”, escreveu Bonavides no pedido apresentado contra os dois generais e ministros.

Em um documento enviado ao TCU em julho e tornado público nesta segunda-feira, disse o Exército sobre a compra recorde de cloroquina, substância defendida publicamente por Jair Bolsonaro:

“Não poderia ser exigível comportamento diverso do Laboratório Químico Farmacêutico do Exército, senão a busca dos insumos necessários e o pronto atendimento às prementes necessidades de produção da cloroquina que, por seu baixíssimo custo, seria o equivalente a produzir esperança a milhões de corações aflitos com o avanço e os impactos da doença no Brasil e no mundo”, escreveu o comandante da 1ª Região Militar, com nome mantido em sigilo, embora seja público que se trata do general André Luiz Silveira.

No mesmo ofício, o Exército desprezou a falta de comprovação científica da substância contra a Covid e admitiu:

“Até a presente data não há tratamento consagrado pela comunidade científica para a Covid-19”.

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo POR COMPRAR CLOROQUINA PARA DAR ESPERANÇA A POPULAÇÃO, MINISTROS SERÃO INVESTIGADOS PELA PGR À PEDIDO DA DEPUTADA (PT) NATÁLIA BONAVIDES

POLÍTICA: MAIA CONSULTA NOME DA ESQUERDA PARA DISPUTA CONTRA CANDIDATO DE BOLSONARO

Bloco cobra para esta segunda nome para disputar contra candidato de Bolsonaro; Maia consulta esquerda

O bloco de partidos que discute um candidato à sucessão do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), cobra uma definição para esta segunda-feira (14) do nome que vai disputar contra Arthur Lira (PP-AL), candidato do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Partidos do bloco, como MDB e PSL, temem que, quanto mais tempo sem definição, melhor para a candidatura de Lira, que já está em campo em articulações há algumas semanas.

Maia promete a aliados que definirá o nome nesta segunda – e, segundo o blog apurou, a disputa está entre Aguinaldo Ribeiro (PP-BP) e Baleia Rossi (MDB-SP).

O entrave é saber qual nome os partidos de esquerda – fiel da balança na disputa – apoiarão com mais facilidade.

Está prevista para a tarde desta segunda uma reunião de partidos para bater o martelo sobre o nome.

Bolsonaro e Temer

Entre os acenos do governo ao MDB, em busca de votos para Arthur Lira, está a relação cada vez mais próxima de Bolsonaro com Michel Temer – cacique do MDB.

Os candidatos à sucessão da Câmara já procuraram Temer em busca de apoio.

Por ora, Temer defende Baleia Rossi, por ser do seu partido, mas está aberto a conversas se o emedebista for preterido, por exemplo.

De olho nisso, fontes do governo têm dito nos bastidores que Temer pode ajudar o governo nas relações exteriores, como uma ponte com Joe Biden, com quem o ex-vice de Dilma Rousseff manteve boa relação no período do governo Barack Obama (2009 a 2017).

Assessores de Temer, no entanto, descartam a ida dele para um ministério de Bolsonaro.

Na terça-feira (15), em São Paulo, Bolsonaro e Temer devem se encontrar em um evento para homenagear o embaixador do Líbano no Brasil.

Continuar lendo POLÍTICA: MAIA CONSULTA NOME DA ESQUERDA PARA DISPUTA CONTRA CANDIDATO DE BOLSONARO

POLÍTICA: ELEIÇÕES NA CÂMARA PODE TE UM NOVO RUMO DEPOIS DA REVELAÇÃO INUSITADA DE JEFFERSON

Jefferson faz inusitada revelação e eleição na Câmara pode ter novo rumo

Roberto JeffersonRoberto Jefferson

O ex-deputado Roberto Jefferson garante que o PTB – partido a qual preside – na eleição da Câmara dos Deputados, para a sucessão de Rodrigo Maia, irá apoiar o candidato do presidente Jair Bolsonaro.

E muito tem se falado no deputado Arthur Lira, do PP de Alagoas.

Porém, na visão extremamente astuta de Jefferson, pode surgir um novo nome, forte e praticamente imbatível.

“Há na casa um grande movimento, poderoso movimento, pela ministra Tereza Cristina, que é deputada federal. Ela é quase maioria absoluta.”

E o presidente do PTB complementa:

“Há um sentimento na casa que é crescente, em favor da candidatura de Tereza Cristina (…). Ela é quase 60%”.

Jefferson, como já provou inúmeras vezes, sabe o que

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo POLÍTICA: ELEIÇÕES NA CÂMARA PODE TE UM NOVO RUMO DEPOIS DA REVELAÇÃO INUSITADA DE JEFFERSON

POLÍTICA: O PEQUENO DITADÓRIA É CONFRONTADO POR AUGUSTO NUNES SOBRE COMEMORAÇÕES DE FINAL DE ANO

Augusto Nunes perde a paciência e bate de frente com o pequeno ditador :“Vai ter festa, sim!” (veja o vídeo)

Fotomontagem: Augusto Nunes e João DoriaFotomontagem: Augusto Nunes e João Doria

No programa Jovem Pan News, Augusto Nunes deu sua opinião, sempre forte e coerente, sobre as comemorações de fim de ano.

O assunto está virando polêmica em razão da pandemia e das regras de isolamento social impostas por diversos governadores. Em São Paulo, o governador João Doria disse diz que aumentará a fiscalização para coibir as festas de fim de ano. Já no Rio Grande do Sul, o governador Eduardo Leite adotou medidas restritivas, e impôs um limite máximo de participantes nas comemorações.

A população, já cansada após vários meses de isolamento e restrições que oscilam a rotina de todos, não tem aceitado de bom grado as imposições que visam controlar uma festa tão tradicional quanto o réveillon.

Augusto Nunes acabou por dar voz à revolta da maioria e diz que “vai ter festa, sim”.

“Agora voltamos ao autoritarismo. Eu quero me declarar aqui, e não é brincadeira, não, em desobediência civil. Eu vou festejar o réveillon em casa. Eu vou, depois se quiser eu passo o endereço para os órgãos competentes”, disse ele, verbalizando o que muitos estão pensando.

E prosseguiu, lembrando que a propriedade privada é garantida pela Constituição Federal, e a menos que em caso de flagrante delito, inviolável.

“Eu só quero um mandado, uma autorização, para invadir a propriedade. Eu quero que provem que eu represento algum perigo à saúde da sociedade. Eu quero que provem que eu estou ameaçando alguém, porque eu não vou deixar de festejar o réveillon por causa de uma ordem que não se sustenta em nenhuma lei”.

Assista ao vídeo na íntegra e acompanhe o comentário:

 

FONTE: Jornal da Cidade online

Continuar lendo POLÍTICA: O PEQUENO DITADÓRIA É CONFRONTADO POR AUGUSTO NUNES SOBRE COMEMORAÇÕES DE FINAL DE ANO

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar