POESIA: BRÁULIO BESSA_ AS COISAS SIMPLES DA VIDA

Te convido a curtir mais uma das  maravilhosas poesias do inigualável Bráulio Bessa. Que  ficou famoso após postar vídeos na internet para resgatar a tradicional literatura de cordel. Foi desta forma que seus vídeos com declamações já ultrapassaram 250 milhões de visualizações, tendo como marcas registradas o sotaque e o inseparável chapéu. Ele também é o criador do projeto ‘Nação Nordestina’, que divulga a cultura do Nordeste na internet e que tem mais de um milhão de fãs/seguidores, o que o consagrou como ativista. Por tudo isso, Bráulio ganhou a alcunha de “embaixador do Nordeste. Seus videos na internet fizeram tanto sucesso que ele ganhou um quadro semanal no programa Encontro com Fátima Bernardes, da TV Globo, no qual ele apresenta a Cultura Nordestina sob um olhar poético.Bráulio foi o primeiro cearense a palestrar na sede do Facebook. Suas palestras já foram assistidas por mais de 100 mil pessoas.

  Fonte:

Continuar lendo POESIA: BRÁULIO BESSA_ AS COISAS SIMPLES DA VIDA

POESIA: JESSIER QUIRINO, SOU DOS BARES O MENOR

Neste Domingo o destaque, aqui na coluna POESIA é o maravilhoso e inigualável Jessier Quirino recitando, de sua autoria, “Sou dos bares o menor” é uma brincadeira poética com sinônimos de “bar” e a respectiva narrativa de acontecidos e bebidos dentro do estabelecimento. Então vamos curtir e apreciar o talento único desse artista.

Fonte:

Continuar lendo POESIA: JESSIER QUIRINO, SOU DOS BARES O MENOR

POESIA: SE AME E SEJA AMOR. SE PERMITA ERRAR, POR BRÁULIO BESSA

Na coluna POESIA desta terça-feira vamos rememorar uma das mais lindas apresentações do incrível Bráulio Bessa no programa Encontro com Fátima Bernardes da Rede Globo, quando ele declamou “Se ame e seja amor. Se permita errar”, 24 de novembro de 2017. Então se acomode na sua poltrona, se concentra para se emocionar!

Fonte:

Continuar lendo POESIA: SE AME E SEJA AMOR. SE PERMITA ERRAR, POR BRÁULIO BESSA

POESIA: JESSIER QUIRINO- EM, DE DOMINGO AGORA A OITO

Nada melhor do que um domingo para apreciar essa bela e divertida POESIA do incrível Jessier Quirino. “De domingo agora a oito” é um poema alfinetada. Publicado em 2006 no livro Bandeira Nordestina pela Editora Bagaço, busca, explicitamente, o humor, para expor as mazelas políticas nacionais e os pisões nos nossos pisados. Se gostar, aperte no pitoco! Curta, compartilhe e se inscreva no nosso canal.

Fonte:

Continuar lendo POESIA: JESSIER QUIRINO- EM, DE DOMINGO AGORA A OITO

POESIA: HEN HEM… QUE COISA MAIS LINDA, POR JESSIER QUIRINO

Hoje tem POESIA de primeira com o incomparável e incrível Jessier Quirino recitando “Hen hem, que coisa mais linda”. É desses poemas que surgem da necessidade de se usar uma palavra do nosso linguajar e que pedem até alguma inflexão na fala, para obter o sentido. O texto carinhoso provoca esse entendimento: Hen hem! Então assista ao vídeo e divirta-se com o talentoso poeta!

Fonte:

Continuar lendo POESIA: HEN HEM… QUE COISA MAIS LINDA, POR JESSIER QUIRINO

POESIA: NUNCA VAI EXISTIR A PERFEIÇÃO, PRINCIPALMENTE PARA QUEM IDEALIZA EM ALGUÉM

Neste sábado vamos de POESIA com o extraordinário Allan Dias Castro Revisitando o texto “Imperfeitos”, direto da página 94 do livro Voz ao verbo, onde o próprio Allan declama essa obra prima de poema. eNTÃO feche os olhos e faça essa viagem insólita!

Fonte:

Continuar lendo POESIA: NUNCA VAI EXISTIR A PERFEIÇÃO, PRINCIPALMENTE PARA QUEM IDEALIZA EM ALGUÉM

POESIA: UM MATUTO EM NEW YORK – BRÁULIO BESSA

Quinta-feira é dia de POESIA no Blog do Saber e hoje vamos de Bráulio Bessa nas américas. O consagrado poeta declama mais uma de suas muitas obras de arte diretamente da Time Square, em Nova York e mais uma vez da um show, mesmo tremendo que nem vara verde. Assista a mais essa imperdível apresentação desse incrível talento!

Continuar lendo POESIA: UM MATUTO EM NEW YORK – BRÁULIO BESSA

POESIA: A LIÇÃO QUE A MORTE DEU, POR BRÁULIO BESSA

Nesta quarta-feira a coluna POESIA deste blog tem o prazer de publicar mais uma obra prima do inigualável Bráulio Bessa, que você vai amar de ver. A lição que a morte deu, declamado num cenário mais do que original, a paisagem seca e desolada do sertão nordestino. O lugar de onde veio esse ícone da arte brasileira. Então assista ao vídeo a seguir e pasme com tanto talento e desenvoltura!

Fonte:

Continuar lendo POESIA: A LIÇÃO QUE A MORTE DEU, POR BRÁULIO BESSA

POESIA: VOCÊ QUER UMA AMOR PRA VIDA INTEIRA?

POESIA: VOCÊ QUER UMA AMOR PRA VIDA INTEIRA?
Allan Dias Castro, como nasce um poema

Vamos começar a semana com muita alegria, entusiasmo sensibilidade com um poema de Allan Dias Castro, aqui na coluna POESIA. Desta vez ele declama “Diariamente”, do seu livro de poesias Voz ao verbo 145. Então assista ao vídeo e se delicie com as pérolas desse artista sensacional.

Fonte:

Continuar lendo POESIA: VOCÊ QUER UMA AMOR PRA VIDA INTEIRA?

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar