OPINIÃO: A VISÃO DE DELTAN DALLAGNOL SOBRE A PROVÁVEL INTERFERÊNCIA DE BOLSNARO NA PF

Caro(a) leitor(a),

No programa Pânico desta quinta-feira perguntaram ao Procurador Deltan Dallagnol se Bolsonaro interferiu na PF. Apesar de não ser uma pergunta fácil para alguém na posição dele responder a resposta foi muito inteligente, mais do que satisfatória e deixa muito claro a ingerência e inércia do presidente sobre as ações contra a corrupção que foram amplamente prometidas durante sua campanha eleitoral. Assista ao vídeo completo a seguir, analise e tire suas conclusões!

Fonte:

Continuar lendo OPINIÃO: A VISÃO DE DELTAN DALLAGNOL SOBRE A PROVÁVEL INTERFERÊNCIA DE BOLSNARO NA PF

POLÍTICA: A INGERÊNCIA DE ALGUNS GOVERNANTES QUE LEVAM PÂNICO A POPULAÇÃO, PARA TIRAR PROVEITO

A quarentena e a ingerência de alguns canalhas, que alimentam o pânico e tiram proveito da situação

Felipe Fiamenghi

Vamos esclarecer o básico: O objetivo da quarentena nunca foi que as pessoas não ficassem doentes; foi apenas para que as pessoas não ficassem doentes TODAS AO MESMO TEMPO e, assim, colapsassem o sistema de saúde. “Achatamento da curva”, lembram? Imunização sem contágio somente com a vacina. E esta, na mais otimista das hipóteses, só fica pronta em Dezembro. Acredito que qualquer pessoa com o mínimo de sanidade mental concorda que é IMPOSSÍVEL manter o país parado até dezembro.

Pois bem, estamos hoje no 125º dia do primeiro caso confirmado; a arrecadação caiu 26%, mais de um milhão de empresas fecharam e temos mais desempregados do que podemos calcular. O quadro econômico ainda tende a piorar (e muito). Grande parte dos milhares de empresários que estão contraindo dívidas, para manter seus negócios abertos, acabarão fechando as portas. A crise que nos espera não vai ser brincadeira. E quanto mais demorarmos para retornar à normalidade, maior será o impacto.

Moro em uma cidade de serra, que tem no turismo a sua principal fonte de arrecadação. São milhares de empregos gerados em uma rede com dezenas de hotéis. Como qualquer localidade montanhosa, nossa principal estação é o inverno. O prefeito tucano, então, decidiu que só reabrirá a cidade em 01 DE AGOSTO, depois do fim da temporada!

Se economicamente, hoje, já somos a cidade mais afetada do Sul de Minas, com 5 mortes e 3.000 DESEMPREGADOS, imaginem como será depois de um inverno sem turistas. Além dos hotéis de portas fechadas, bares, restaurantes e comércios em geral sentirão profundamente as consequências da cidade vazia na época de maior lucratividade.

Cidades com o mesmo perfil, como Gramado e Campos do Jordão, já reabriram. Poços de Caldas, com uma taxa de infecção de 0,1% e somente 10% dos leitos ocupados, continua fechada, com barreiras em todas as saídas e estradas vicinais bloqueadas com manilhas de concreto e montes de terra, além de obrigatoriedade do uso de máscaras até para andar nas ruas praticamente vazias.

Assim como a minha cidade, sei que muitas outras estão sofrendo as consequências da ingerência destes CANALHAS, que estão alimentando o pânico no povo e tirando proveito da situação.

A culpa da crise não será do Presidente. No dia 15 de Abril, inclusive, o STF deu toda a autonomia para os prefeitos e governadores ignorarem as diretrizes federais e tomarem atitudes locais. Se os municípios, as menores células da Federação, não estiverem funcionando bem, é IMPOSSÍVEL que o país funcione.

Por isso, deixo aqui o apelo: Nestas eleições, PENSEM MUITO BEM antes de elegerem os próximos prefeitos e vereadores. Lembrem-se do estrago que um DESPREPARADO pode fazer no comando de uma cidade, principalmente quando é fiscalizado por legisladores OMISSOS e CONIVENTES.

LAVEM AS MÃOS E ABRAM OS OLHOS.

“Nenhum homem é bom o bastante para governar os outros sem seu consentimento.” (LINCOLN, Abraham)

Continuar lendo POLÍTICA: A INGERÊNCIA DE ALGUNS GOVERNANTES QUE LEVAM PÂNICO A POPULAÇÃO, PARA TIRAR PROVEITO

OPINIÃO: A MENTIRA, A CARA DE PAU E A HIPOCRISIA DA FAMÍLIA BOLSONARO

Caro(a) leitor(a),

A hipocrisia e a cara de pau dos nossos políticos é algo bizarro. Se você assistir o vídeo a seguir, com o comentário muito imparcial e comprometido com a verdade de Felipe Moura Brasil que exibe em detalhes o curioso caso da família Bolsonaro, que se dizia contra o foro privilegiado até o filho 01 precisar dele; e contrasta a decisão do TJ do Rio, que beneficiou Flávio, com a jurisprudência do STF. Então, meu cor(a) leitor(a), lhe convido a assistir o brilhante comentário do jornalista para que possa refrescar a memória e concluir que o nosso presidente de hombridade não tem nada, absolutamente nada! 

Fonte:

Continuar lendo OPINIÃO: A MENTIRA, A CARA DE PAU E A HIPOCRISIA DA FAMÍLIA BOLSONARO

OPINIÃO: WASSEF, WEINTRAUB E OS JEITINHOS BRASILEIROS

Nesta quinta-feira a nossa coluna OPINIÃO trás o comentário do jornalista Felipe Moura Brasil sobre as alegações de Frederick Wassef acerca do paradeiro de Fabrício Queiroz e a carteirada dada  por Abraham Weintraub para entrar nos Estados Unidos. Assista o vídeo completo a seguir entenda os fatos, reflita e tire suas conclusões!

Fonte:

Continuar lendo OPINIÃO: WASSEF, WEINTRAUB E OS JEITINHOS BRASILEIROS

OPINIÃO: NESTE MOMENTO SÓ O SENADO PODE PARAR A ESCALADA AUTORITÁRIA DITATORIAL DO STF

Caro(a) leitor(a),

O ex-senador Magno Malta faz uma séria denúncia do vídeo a seguir publicado no Jornal da Cidade Online sobre a omissão do Senado com relação a escalada autoritária do STF e os crimes que os ministros togados estão cometendo dia após dia sem que ninguém tome uma atitude. Os senhores senadores não foram eleitos para isso. Magno Malta tem razão, nesse momento a única Instância capaz de, constitucionalmente, deter o autoritarismo ditatorial do STF é o senado E se assim não agir ele também será engolido pela fúria desenfreada de poder dos ministros togados e em breve a tão sonhada democracia brasileira se transformará em fascismo. Portanto, peço que divulguem essa postagem com força, pois só o conhecimento liberta!

Maioria do Senado é omissa e conivente em relação ao STF, afirma Magno Malta (veja o vídeo)

Youtube/JCO

Impossível você não entender o que está acontecendo depois de ver esse vídeo que o ex-senador Magno Malta divulgou em seu canal. De forma contundente, ele cobra um posicionamento dos senadores com relação às últimas ações dos ministros do Supremo Tribunal Federal.

“Todas as ações do senhor Alexandre de Moraes são assinadas também pelo Senado, todas as ações do senhor Celso de Mello, o deboche, chamando os brasileiros de nazistas, são assinadas pelo Senado, porque os senhores estão calados, omissos, eu não sei se por má fé, malandragem ou rabo preso! Quero fazer uma ressalva, de que existe um grupo de senadores que se movimenta, que estão se movimentando inquietos com toda essa situação, mas vejo uma maioria calada, que decepciona a nação brasileira”, lamentou Magno Malta.

Soltam bandidos e prendem inocentes

O ex-senador criticou duramente a maioria dos senadores, que não pedem explicações sobre possíveis abusos de poder e arbitrariedades cometidas pelos ministros togados.

“Eu vejo o Senado calado, um senador não levanta a voz, não cita o nome de Alexandre Moraes, Celso de Mello, que chame atenção deles, do presidente do STF, Dias Toffoli, não os convoca. Convoquem eles, vocês têm poder para isso, para que ele venha se explicar, por que a prisão de inocentes, que nunca roubaram, assaltaram, que não são traficantes? E por que vocês soltaram traficantes, por que soltaram o braço direito de Marcola? Qual a justificativa para isso?!”, questiona o ex-senador.

STF intervém em outros poderes?

Malta lembrou o episódio ocorrido em 2016, quando o ministro do STF, Marco Aurélio Mello, deferiu um pedido de liminar para afastar Renan Calheiros da presidência do Senado.

“Renan pode ter cometido erro… eu não tomo conto da vida do Renan, eu sei da minha vida, mas eles pediram a prisão do Renan. Não é intervenção em outro poder? Onde estão os processos de Rodrigo Maia, que não são julgados?”, indagou o ex-senador.

Veja o vídeo:

da Redação

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo OPINIÃO: NESTE MOMENTO SÓ O SENADO PODE PARAR A ESCALADA AUTORITÁRIA DITATORIAL DO STF

OPINIÃO: O TEMPO DA IMPUNIDADE JÁ ACABOU. MARCO AURÉLIO NÃO ESTÁ SOZINHO NEM FALANDO PARA AS PAREDES

Caro(a) leitor(a),

Eu fico imaginando com que cara o presidente do STF, Dias Toffoli, ficou depois dessa magnífica aula de direito constitucional que ministro Marco Aurélio deu no seu voto sobre esse bizarro inquérito das Fake News. Provavelmente, deve ter achado muita graça, sendo ele um cara de pau e gozador da cara da sociedade brasileira. Mas a hora dele há de chegar, pois a justiça divina nunca falha. E em tempos de transição planetária, em que a consciência coletiva começa a despertar, essa justiça está sendo feita aqui mesmo nesse plano. Toda maldade será justiçada ainda nessa materialidade. Aguardemos!

Marco Aurélio, surpreende. É o único lúcido: “Estamos diante de um inquérito natimorto” (veja o vídeo)

O ministro Marco Aurélio Mello deu uma verdadeira aula de direito para todos os seus pares.

Detonou o malfadado inquérito das fake news nesta quinta-feira (18) durante seu voto.

“É um inquérito do fim do mundo, sem limites”, afirmou o ministro.

E prosseguiu:

“Estamos diante de um inquérito natimorto”, afirmou.

Marco Aurélio pontuou ainda que o inquérito é “uma afronta ao sistema acusátorio do Brasil” e que “magistrados não devem instaurar [inquéritos] sem previa percepção dos órgãos de execução penal”

Veja o vídeo:

da Redação

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo OPINIÃO: O TEMPO DA IMPUNIDADE JÁ ACABOU. MARCO AURÉLIO NÃO ESTÁ SOZINHO NEM FALANDO PARA AS PAREDES

OPINIÃO: EDSON FACHIN NÃO PODE TER NOÇÃO DO QUE É A SUPREMA CORTE DOS EUA

O que o ministro Fachin falou sobre a Suprema Corte Americana no proferimento do seu voto sobre o Inquérito das Fake News não pode ser consciente. É como falar o nome de Deus em vão. Um verdadeiro pecado cometido pelo relator do Inquérito surreal. Ele usou cerca de 1/3 do tempo em citações à justiça americana. Então vale a pena ler a crítica que o renomado jornalista Plínio Lins tece sobre esse voto esdruxulo!

No seu quilométrico voto no inquérito sobre as Fake News, o ministro-relator Edson Facchin usou cerca de 1/3 do tempo em citações à justiça americana.
Faltou fazer também algumas comparações: os 9 juizes da Suprema Corte dos EUA ganham um salário fixo que lhes permite uma vida bastante digna e confortável, e mais nada.
Cada um deles tem direito a 4 (isso mesmo, somente quatro) assessores, assim mesmo, temporários, com “mandato” de 1 ano.
Não há auxílios para moradia, paletó ou combustível.
Só o presidente da Corte tem carro oficial com motorista, enquanto os demais têm direito apenas ao uso de uma vaga na garagem do Tribunal.
Uso de jatinhos? Nem pensar!
Discutem apenas temas relacionados às leis federais, incluindo a Constituição americana, algo facilitado por ter apenas 7 artigos e se manter inalterada  há 233 anos, exceto pela inclusão de 27 emendas, inclusive a que proíbe o Congresso de votar leis com qualquer tipo de censura à imprensa ou à liberdade de expressão e de manifestação.
Os julgamentos obedecem a uma severa rotina: ouvidas as partes e  testemunhas e cotejadas as provas, os juízes se reúnem a portas fechadas, sozinhos, proibindo-se até os assessores de entrar para oferecer água.
Obtido o consenso, o lado vencedor fica encarregado de redigir o Acórdão, só então anunciado em plenário.
É simples assim o funcionamento da Corte Suprema da mais rica potência democrática do mundo!
Não se discutem Habeas Corpus a políticos ou empresários, até porque na América nem o presidente da República tem foro privilegiado.
Todos são julgados pela justiça comum e podem ser detidos logo após a decisão em primeira instância, aguardando presos o julgamento de recursos.
A imensa maioria do povo americano não conhece os rostos desses ministros nem sabe seus nomes, até porque juiz lá não dá entrevistas, fica longe dos holofotes, não fala fora dos autos e jamais se manifesta sobre assuntos ou pessoas, justamente pela possibilidade de que um dia possa vir a julgá-los.
Raríssimas são as decisões monocráticas e não se aplicam a temas que afetem direta e profundamente a vida dos cidadãos.
Por esse conjunto admirável de características positivas, principalmente o distanciamento seguro da política, é uma Corte extremamente respeitada, inexistindo motivos para manifestações contrárias à sua existência.
No Brasil, já tivemos oito Cartas Magnas e somente a última, de 1988, já sofreu 53 emendas!
Mudou-se a jurisprudência exclusivamente para soltar corruptos condenados em segunda instância.
Manifestações legítimas e ordeiras em Brasília, com as famílias vestindo verde e amarelo, a favor de Bolsonaro, foram taxadas, inclusive no voto de Facchin, de antidemocráticas e inconstitucionais por exibirem cartazes pedindo o fechamento do STF e do Congresso.
Já os quebra-quebras em São Paulo e Curitiba, onde inclusive foi rasgado, pisado e queimado o nosso maior símbolo, a bandeira nacional e houve dezenas de ofensas ao presidente, além de faixas incitando o golpe para tirar Bolsonaro de um dos poderes constituídos da República, foram consideradas democráticas pela mídia e mereceram um sonoro silêncio de todos os membros da Suprema Corte.
POR QUE?
Segundo o voto do relator Facchin, eu posso ser processado se uma das excelências julgar este texto ofensivo, mas o decano Celso de Mello pode taxar de nazistas os bolsonaristas que sempre se manifestam dentro da lei e da ordem.
Só se pode manifestar para elogiar?
Plinio A. V. Lins
Continuar lendo OPINIÃO: EDSON FACHIN NÃO PODE TER NOÇÃO DO QUE É A SUPREMA CORTE DOS EUA

OPINIÃO: KENNEDY ALENCAR SE ACHA O REI DA COCADA PRETA E DETONA LUCIANO HUCK. O SUJO FALANDO DO MAL LAVADO!

Caro(a) leitor(a),

Luciano Huck é detonado pelo jornalista Kennedy Alencar: “Canalha, você apoiou Bolsonaro”

 JORNALISMOPOLÍTICATELEVISÃO

  

O renomado jornalista Kennedy Alencar, que é especializado em economia e política com passagens pelo SBT, RedeTV!, o jornal Folha de S.Paulo, entre outros veículos de comunicação, usou o seu perfil no twitter para atacar o apresentador Luciano Huck por questões políticas.

Com uma série de posts no micro blog, Kennedy se mostrou muito irritado após ver os comentários políticos feito por Huck em que ele cita o escritor britânico Oscar Wilde para refletir sobre o progresso da humanidade e suas utopias.

“Você é um babaca oportunista. Não merece participar do debate público. Canalha!, como diria Tancredo, avô do seu comparsa. Canalha! Você apoiou Bolsonaro”, acusou Kennedy Allencar, em publicação no Twitter, como resposta a uma postagem de Luciano Huck. Já em outro tweet, ele dispara: “Canalha!”.

No sábado (13), Luciano havia postado diversas críticas à atuação do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, após a publicação de medida provisória que permite ao governo nomear reitores de universidades. Na sequencia, Kennedy Alencar retrucou a postagem.

“Um mapa mundi que não inclua a utopia, nem vale a pena ser visto, pois deixa de fora o único país onde a Humanidade está sempre aportando. E quando a Humanidade chegar lá, olha para o horizonte e, ao avistar outro país melhor, parte. O progresso é a realização de utopias”, compartilhou Luciano Huck na web, em trecho atribuído a Oscar Wilde.

Alencar voltou a citar o comunicador neste domingo (14), com mais publicações na rede social. “Brasil está com uma safra de democratas de pandemia. Figuras que usaram seu poder de influência sem o menor pudor para colaborar com a eleição de Bolsonaro usam a ocasião para reescrever biografia. Huck e Moro são exemplos mais gritantes, mas praça tá cheia dos que sabiam quem era Bolsonaro”.

“Essas figuras causaram mal ao país, mas fingem que não têm nada a ver com o abismo no qual atiraram o Brasil. Demonizaram política, colaboraram para eleger um genocida e agora posam de defensores da democracia. Hipocrisia tem limite. O Google tá aí pra quem quiser conferir o que fizeram”, concluiu ele.

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo OPINIÃO: KENNEDY ALENCAR SE ACHA O REI DA COCADA PRETA E DETONA LUCIANO HUCK. O SUJO FALANDO DO MAL LAVADO!

OPINIÃO: O QUE HÁ POR TRÁS DOS PROTESTOS ANTI-RACISTAS QUE SE ESPALHAM PELO MUNDO

Há muito mais por trás dos protestos anti-racistas que se espalham pelo mundo do que a sua vã filosofia possa imaginar e é algo que não dá para explicar apenas nessa postagem, mas dá para que você desperte, tenha noção e possa pesquisar mais sobre o assunto. Junte as três coisas: protestos, censura e perseguição à direita e entenda o que está acontecendo. Por isso lhe convido a ler o artigo completo a seguir, refletir e tirar suas conclusões!

O que há em comum entre os protestos, a censura e a perseguição à direita?

Redação

Publicado em 

Por   

 

Imagem: Reprodução

O que há em comum entre os protestos, a censura e a perseguição à direita?

Eventualmente, faz-se necessária uma visita aos fóruns de pensamentos progressistas a fim de estar a par da disseminação das atuais ideias revolucionárias. Um exemplo é o Global Transition Initiative (GTI). Paul Raskin, um dos principais responsáveis pela criação do GTI em 1995, é conhecido como pai de uma teoria chamada “eco-comunalismo”, espécie de comunismo libertário (pesquisem sobre essa palavra), e criador do certificado Global Reporting Initiative (GRI). Trata-se de uma organização filiada à ONU, cujo objetivo é monitorar os índices de sustentabilidade das corporações; em outras palavras, é um mecanismo pelo qual se mede o nível de adoção da agenda globalista por parte de uma empresa. Curiosamente, Paul é membro do Clube de Roma, também frequentado por Fernando Henrique Cardoso.

No editorial de 2020 do GTI, publicado em janeiro, uma das articulistas clama pela reorganização da esquerda mundial sob a égide de um comitê global. Sua ideia é a criação de um “partido mundial”, organizado verticalmente nos moldes das Internacionais Comunistas anteriores, todavia, com o envolvimento de novos grupos progressistas (como, por exemplo, o grupo feminista, LGBTQI+ etc.). Essa nova formação envolveria todos os partidos progressistas do globo. Na ocasião, isto é, em janeiro de 2020, o intuito da autora era clamar por uma espécie de Primavera Árabe, entretanto, agora com o objetivo muito claro de que o movimento tenha proporções mundiais; ou seja, desestabilização para uma nova proposta de “estabilização”. Tal documento encerra com a notícia de que uma “nova esquerda global” ressurge nos jovens.

O mês no qual o editorial foi publicado passou, o ano seguiu, e em março, o mundo foi posto em estado de alerta, a crise econômica bateu em nossas portas e entrou em nossos lares, mas foi apenas no dia 25 de maio que o mundo começou a acompanhar o que seria uma onda de protestos violentos nos EUA, e que rapidamente vem se espalhando para o Brasil, Inglaterra, França, Austrália, etc. Não obstante o tema do protesto varie de acordo com o local, o plano de desestabilização global está em curso, como se existisse um cardápio de opções direcionado para a desordem.

No Brasil, de um lado, temos lutado verdadeiramente contra as investidas do controle da liberdade de expressão e do direito de ir e vir e contra a perseguição aos veículos de comunicação de conteúdos conservadores (desde a limitação do alcance das postagens em redes sociais e seu engajamento até a interrupção das receitas através de denúncias e bloqueio de apoio financeiro); enquanto isso, do outro lado, observamos a grande mídia divulgando protestos violentos intitulados “democráticos”. Além disso, temos visto nos últimos dias artistas e “jovens” influenciadores iniciarem uma cruzada contra os produtores de conteúdos e professores de direita.

Quando analisamos o que há em comum entre todos os últimos acontecimentos, podemos chegar à conclusão de que a intenção da censura transpassa o controle da liberdade de expressão e revela-se determinante no impedimento do combate à doutrinação ideológica. Resumindo: a guerra, hoje, não é mais por controle de territórios, mas sim por controle das mentes (especialmente daquelas cujo primeiro voto será nas próximas eleições) – estamos numa verdadeira cruzada aberta pela mente e a educação do jovem.

Continuar lendo OPINIÃO: O QUE HÁ POR TRÁS DOS PROTESTOS ANTI-RACISTAS QUE SE ESPALHAM PELO MUNDO

OPINIÃO: O INQUÉRITO DAS FAKE NEWS E O SHOW DE CAIO COPPOLLA

Caro(a) leitor(a),

Nesta quarta-feira a noite tivemos mais show de Caio Coppolla no Grande Debate, programa da CNN, que com muita perspicácia e argumentos fundamentados mostro que esse inquérito é, como já venho falando aqui, uma aberração do juridiquê e que, mais uma vez, o STF extrapola  suas prerrogativas constitucionais e autoritariamente, desta vez ao que tudo indica, unanimemente, externalizando o perfil político e degradante da atual suprema corte. Vale a pena assistir a esse debate para entender com clareza a quem a sociedade brasieira, infelizmente, está entregue. As consequências dessa bizarrice podem ser imprevisíveis, mas também desastrosas! 

Fonte:

Continuar lendo OPINIÃO: O INQUÉRITO DAS FAKE NEWS E O SHOW DE CAIO COPPOLLA

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar