Blog do Saber, Cultura e Conhecimento!

CULTURA: CONHEÇA AS DIVERSAS EXPRESSÕES USADAS NOS ESTADOS DO NORDESTE

Por Pedro Alves, g1 PE 
Dia do Nordestino: veja o significado das gírias faladas na região - Portal T5

Gil e Pocah se desentenderam no BBB 21 e o pernambucano chamou a carioca de ‘basculho’ — Foto: Reprodução/TV Globo

Apesar de próximos geograficamente, os nove estados da região Nordeste têm uma infinidade de variedades linguísticas e culturais. Nesta sexta-feira (8), quando é celebrado o Dia do Nordestino, o g1 reuniu uma lista de regionalismos típicos de cada estado, para comemorar a data.

No início do ano, Gil, Juliette e Lumena, três participantes nordestinos do Big Brother Brasil 2021, levaram para a rede nacional o jeito nordestino de falar.

Apesar de os três serem de Pernambuco, Paraíba e Bahia, respectivamente, estados geográfica e culturalmente próximos, foi possível perceber as inúmeras especificidades culturais de cada um.

“Alagoanos e pernambucanos, por exemplo, têm um jeito próprio de colocar os artigos ‘o’ e ‘a’. Juliette, Gil e Lumena protagonizaram várias cenas em que é possível perceber o quanto, mesmo no Nordeste, falamos diferente”, apontou o pesquisador da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), Cleber Ataíde, ex-presidente do Grupo de Estudos Linguísticos e Literários do Nordeste e membro do Projeto Atlas Linguístico do Brasil (ALiB).

Um exemplo foi quando Gil, durante uma discussão com a funkeira Pocah, recorreu ao regionalismo para tirar satisfação. “Eu não vim do lixo para perder para basculho”, disse o pernambucano. A cantora, nascida no Rio de Janeiro, não entendeu a gíria e o caso viralizou nas redes.

A expressão é um regionalismo antigo, pouco conhecido pelos jovens, inclusive pelo próprio Gilberto. Basculho significa tudo aquilo que é mais desprezível que o lixo.

Juliette, por sua vez, foi criticada pelo sotaque carregado. A “mulinga”, expressão de espanto ou surpresa, foi inúmeras vezes utilizada pela advogada e maquiadora que venceu o programa. Já a psicóloga Lumena, além de recorrer a termos acadêmicos, introduziu os “brothers” ao “barril grandão”, para se referir a problemas.

Ataíde apontou que algumas palavras assumem diferentes significados em cada estado, como no caso da palavra “pirangueiro”.

“No Ceará, designa uma pessoa que se veste mal: ‘ele é o maior pirangueiro, só vive com aquele boné’. Em Pernambuco, significa muquirana, mão fechada, avarento: ‘cabra pirangueiro! Não me deu um centavo!’. Na Paraíba, a expressão é utilizada para se referir à pessoa desprezível que se aproveita dos outros”, explicou o pesquisador.

Confira expressões comuns em cada estado

Alagoas

  • Avalie: imagine, veja só;
  • Azogado: pessoa inquieta ou ansiosa;
  • Biboca: lugar distante ou esquisito;
  • Catenga: lagartixa;
  • Chimbra: bola de gude;
  • Lomba: algo engraçado;
  • Peidado: revoltado, indignado ou satisfeito.

Bahia

  • Barril ou barril dobrado: algo difícil, tenso ou que provavelmente vai dar errado;
  • Bater um baba: jogar uma pelada de futebol;
  • Boca de me dê: alguém que constantemente pede coisas;
  • Boca de zero nove: alguém eficiente, mas também pode significar algo ruim;
  • Ó paí: corruptela de “olha para isso”;
  • Parta a mil: ir depressa;
  • Queixar: convidar para um encontro amoroso.

Ceará

  • Bregueço: algo velho ou ultrapassado;
  • Canelau: alguém pobre ou ignorante;
  • Ceroto: sujeira;
  • Chei dos pau: alguém que está bêbado;
  • Gastura: azia ou mal estar, tanto físico quanto psicológico;
  • Magote: aglomeração de pessoas.

Maranhão

  • Brocado: com muita fome;
  • Égua: expressão dita em situação de surpresa ou espanto;
  • O raio: esperto, rápido, ágil;
  • Pior: verdade;
  • Piqueno/Piquena: menino ou menina;
  • Triscar: cutucar;
  • Vai pra caixa prego: “sai daqui” ou “vai para longe”.

Paraíba

  • Abilobado: alguém sem juízo;
  • Arribar: sair, ir embora;
  • Avoar: jogar fora, arremessar;
  • Chapéu de touro: alguém que mantém relacionamento com uma pessoa infiel;
  • Encarcar: fazer pressão;
  • Miolo de pote: coisa sem importância.

Piauí

  • Botar catinga: atrapalhar;
  • Budejar: falar muito;
  • Desdrobo: enganar alguém, levar na conversa;
  • Espancar a lôra: tomar cerveja;
  • Caxaprego: lugar distante;
  • Isturdia: corruptela de “estes dias”;
  • Moiado: feio;
  • Rebolar no mato: jogar fora.

Pernambuco

  • Abestalhado: abobado, ignorante;
  • Arretado: alguém bravo ou algo bom;
  • Buliçoso: alguém que mexe nas coisas sem permissão;
  • Fuleiro: de baixa qualidade ou não confiável;
  • Gabiru: rato grande;
  • Mangar: rir de alguém;
  • Pantim: criar caso, dificuldade;
  • Tabacudo: bobo.

Rio Grande do Norte

  • Bagana: ponta de cigarro ou charuto;
  • Balaio de gato: desordem, confusão ou encrenca;
  • Bexiga taboca: utilizada por alguém que está com muita raiva;
  • Eita píula: usada para demonstrar surpresa;
  • Galado: designa uma pessoa engraçada;
  • Gangueiro: alguém que participa de uma gangue ou que usa calças largas;

Sergipe

  • A migué: à toa, ao acaso;
  • A morte é cega: refere-se a alguém muito feio;
  • Fumbambento: sem cor, fraco, desbotado;
  • Pentcha: expressão de admiração;
  • Pungar: entrar num veículo em movimento;
  • Quem gaba o sapo é jia: refere-se a alguém que elogia pessoas próximas a si.

Fonte: G1

Continuar lendo CULTURA: CONHEÇA AS DIVERSAS EXPRESSÕES USADAS NOS ESTADOS DO NORDESTE

PEÇA ‘A INVENÇÃO DO NORDESTE’ VOLTA AO PALCO DA CASA DA RIBEIRA EM SETEMBRO

Por G1 RN

 

Espetáculo 'A Invenção do Nordeste' volta à Casa da Ribeira em setembro — Foto: DivulgaçãoEspetáculo ‘A Invenção do Nordeste’ volta à Casa da Ribeira em setembro — Foto: Divulgação

Após um ano e meio sem ser apresentada presencialmente, a peça ‘A Invenção do Nordeste’, do Grupo Carmin, volta ao palco da Casa da Ribeira em setembro. A apresentação será realizada entre os dias 3 e 5, a partir das 19h.

A peça será realizada com todos os cuidados de segurança bio-sanitária recomendados pelo decreto do governo estadual. A entrada do público acontecerá sem aglomeração e mediante uso de máscaras PFF2 ou descartável de tripla proteção (esta última será disponibilizada no local).

As vendas dos ingressos acontecerão exclusivamente online, pelo www.sympla.com/teatrocarmin.

“Esse retorno com ‘A Invenção do Nordeste’ segue o nosso movimento de aposta na volta do teatro presencial. Os procedimentos que o Grupo Carmin e a Casa da Ribeira seguiram para as apresentações de ‘Jacy’ deram confiança ao público e também pra gente poder apresentar ‘A Invenção’, que tem um público maior e ansioso para ver ou rever”, conta Quitéria Kelly, fundadora do Carmin e diretora da peça.

No início de agosto deste ano, o Grupo reabriu a Casa da Ribeira com duas apresentações do seu espetáculo anterior, ‘Jacy’, com ingressos esgotados uma semana antes.

‘A Invenção do Nordeste’

Um diretor é contratado por uma grande produtora para realizar a missão de selecionar um ator nordestino que possa interpretar com maestria um personagem… nordestino. Depois de vários testes e entrevistas, dois atores vão para a final e o diretor tem sete semanas para deixá-los prontos para a última fase. Durante a preparação, os atores refletem sobre identidade, cultura, história pessoal e descobrem que ser e viver um personagem nordestino não é tarefa simples.

‘A Invenção do Nordeste’ aborda o surgimento e a trajetória histórica da região nordeste, propondo a desconstrução da imagem estereotipada do nordestino. Motivada por reações xenófobas, manifestadas na internet durante as eleições de 2014, a atriz Quitéria Kelly e os dramaturgos Henrique Fontes e Pablo Capistrano encontram, na obra de Durval Muniz de Albuquerque Júnior, um ponto de partida para refletir as divisões sociais brasileiras. Durval é historiador e autor do livro: ‘A Invenção do Nordeste e Outras Artes’.

A obra brasileira foi a mais premiada em 2019 (prêmios Shell, Cesgranrio, Do Humor, APTR, Botequim Cultural, Questão de Crítica).

Continuar lendo PEÇA ‘A INVENÇÃO DO NORDESTE’ VOLTA AO PALCO DA CASA DA RIBEIRA EM SETEMBRO

CULTURA: LIVE COM ILUSTRALU SERÁ REALIZADA NESTE SÁBADO PELA FEIRA DE LIVROS E QUADRINHOS DE NATAL

Feira de Livros e Quadrinhos de Natal realiza neste sábado live com Ilustralu

Evento online será gratuito e já está com inscrições abertas

Redação 13/08/2021 | 11:16

Feira de Livros e Quadrinhos de Natal realiza neste sábado live com Ilustralu

As ilustrações da potiguar estão reunidas em livro. Foto: Reprodução/Twitter A Feira de Livros e Quadrinhos de Natal (FLiQ Natal) realizará neste sábado 14, a partir das 11h, uma live com a ilustradora e escritora potiguar Luiza de Souza, a Ilustralu, que fará um bate papo com os participantes sobre sua mais recente obra: Arlindo. O bate papo será coordenado pelo também escritor e ilustrador Aureliano. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas através do link. O evento será gratuito e o participante, após realizada a inscrição, receberá um link por e-mail que dará acesso ao evento. Luiza participa do evento online. Foto: Arquivo Sobre a 10ª FliQ A FliQ completa este ano 10 anos. Uma década de muita cultura, promovendo e estimulando os quadrinhos, a leitura e a produção literária e buscando sempre novas formas de potencializar a arte e a educação no Rio Grande do Norte. A edição de 2021 vai acontecer de forma presencial e on-line, com foco central na literatura potiguar. O evento será realizado de 26 a 29 de agosto no Parque das Dunas, das 8h às 17h horas e contará com mais de 50 horas de atividades culturais gratuitas. Serão palestras, debates, cordel, oficinas, lançamentos de livros, quadrinhos, sessões de autógrafos e apresentações artísticas. Participarão ainda as editoras locais Jovens Escribas, Cooperativa Cultural da UFRN, Artbook, Sebo Vermelho, Cata Livro, Cuscuz HQ e CJA. Toda programação será aberta ao público e gratuita. A Feira de Livros e Quadrinhos de Natal tem o patrocínio do Governo do Estado-Lei Câmara Cascudo, Prefeitura de Natal-Lei Djalma Maranhão, Unimed Natal, Arena das Dunas, 3 Corações-Santa Clara, e apoio do IDEMA-Parque das Dunas, Funcarte e Fundação José Augusto. Escritor Aureliano. Foto: Caroline Macedo

Fonte: Agora RN

Continuar lendo CULTURA: LIVE COM ILUSTRALU SERÁ REALIZADA NESTE SÁBADO PELA FEIRA DE LIVROS E QUADRINHOS DE NATAL

CULTURA: ESTÃO ABERTAS MAIS DE 400 VAGAS PARA 13 CURSOS NA ESCOLA DE ARTES DE MOSSORÓ

Por G1 RN

 

Escola de Artes de Mossoró abre mais de 400 vagas para 13 cursos — Foto: Wilson Moreno/PMMEscola de Artes de Mossoró abre mais de 400 vagas para 13 cursos — Foto: Wilson Moreno/PMM

A Escola de Artes de Mossoró abriu 410 vagas em 13 cursos nas áreas de teatro, música, dança e artesanato para o segundo semestre de 2021. Os agendamentos para realização das matrículas podem ser feitos a partir desta segunda-feira (2).

As vagas são para os cursos de Teatro, Teatro infantil, Violão infantil, Técnica Vocal para Cantores, Melhor Canto, Violão (Iniciantes), Prática Instrumental (Iniciantes), Flauta (Iniciantes), Saxofone (Iniciantes), duas turmas de Artesanato, Taekwondo e Introdução ao audiovisual.

As aulas serão iniciadas na segunda quinzena de agosto. Inicialmente as aulas serão remotas, com previsão de retomada para modalidade presencial após a conclusão da vacinação dos professores contra a Covid-19. A previsão da Escola é que, ainda no segundo semestre, as atividades voltem ser realizadas de forma presencial.

Os interessados devem ligar para o telefone (84) 3315-4963 até o dia 9 de agosto, das 8h às 17h, para realizar o agendamento do dia e horário para fazer a matrícula. As matrículas presenciais serão feitas entre 9 e 13 de agosto. Podem participar dos cursos pessoas a partir dos sete anos de idade.

Vagas

  • Teatro: 5
  • Teatro infantil: 40
  • Violão infantil: 30
  • Técnica Vocal para Cantores: 30
  • Melhor Canto: 30
  • Violão (Iniciantes): 40
  • Prática Instrumental (Iniciantes): 20
  • Flauta (Iniciantes): 20
  • Saxofone (Iniciantes): 20
  • Artesanato: 60
  • Artesanato: 60
  • Introdução ao audiovisual: 20
  • Taekwondo: 35
Fonte: G1 RN
Continuar lendo CULTURA: ESTÃO ABERTAS MAIS DE 400 VAGAS PARA 13 CURSOS NA ESCOLA DE ARTES DE MOSSORÓ

CULTURA: DECRETO QUE REGULAMENTA APOIO A CULTURA É ASSINADO POR BOLSONARO

Bolsonaro assina decreto que regulamenta o Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac), conhecido como Lei Rouanet

Foto: © Isac Nóbrega/PR

O presidente Jair Bolsonaro assinou o decreto que regulamenta o Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac), conhecido como Lei Rouanet. A norma, publicada nesta terça-feira (27) no Diário Oficial da União, incentiva o desenvolvimento de projetos culturais no país capitalizando e distribuindo recursos para o setor cultural. “Assinamos o decreto que regulamenta o Programa Nacional de Apoio à Cultura. O instrumento objetiva uma gestão eficiente, com controle de prestação de contas — e traz inédita valorização de Belas Artes e Arte Sacra”, comentou Bolsonaro hoje no Twitter.

 

Além de incentivar às Belas Artes, envolvendo a arquitetura, pintura, escultura, música, dança, teatro e literatura, o programa terá um plano anual que será desenvolvido pela Secretaria especial de Cultura, chefiada hoje por Mario Frias.

Entre os tipos de projetos listados como os que podem receber apoio do programa estão os que fomentam atividades culturais “com vistas à promoção da cidadania cultural, da acessibilidade artística e da diversidade”. Também podem ser apoiados os que desenvolvem atividades que fortaleçam e articulem as cadeias produtivas e os arranjos produtivos locais que formam a economia da cultura.

A lista inclui ainda iniciativas que promovam a difusão e a valorização das expressões culturais brasileiras no exterior, assim como o intercâmbio cultural com outros países. Ações com vistas a valorizar artistas, mestres de culturas tradicionais, técnicos e estudiosos da cultura brasileira, também são elegíveis.

O Pronac prevê ainda apoio as atividades culturais de caráter sacro, clássico e de preservação e restauro de patrimônio histórico material, tombados ou não. Também pode ser acionado para impulsionar festejos, eventos e expressões artístico-culturais tradicionais, além daquelas já tombadas como patrimônio cultural imaterial.

A Secretaria Especial de Cultura do Ministério do Turismo poderá escolher, mediante processo público de seleção, os programas, projetos e ações culturais a serem financiados e poderá designar comitês técnicos para essa finalidade.

Recursos

Segundo o decreto, o montante dos recursos destinados aos processos públicos de seleção e a sua respectiva distribuição serão definidos pelo ministro do Turismo e publicado no Diário Oficial da União, com base em proposta elaborada pelo Secretário Especial de Cultura do Ministério do Turismo, observado o estabelecido no plano anual do Pronac.

As empresas patrocinadoras interessadas em aderir aos processos seletivos promovidos pela Secretaria Especial de Cultura do Ministério do Turismo deverão informar, previamente, o volume de recursos que pretendem investir, bem como sua área de interesse, respeitados o montante e a distribuição dos recursos definidos pela Secretaria Especial.

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo CULTURA: DECRETO QUE REGULAMENTA APOIO A CULTURA É ASSINADO POR BOLSONARO

CULTURA: GOVERNADORA FÁTIMA BEZERRA SANCIONOU LEI QUE INSTITUI DIA ESTADUAL DO FORRÓ

Sancionada lei que institui o Dia Estadual do Forró

FOTO: ASSECOM/RN – SANDRO MENEZES

Na abertura do mês em que o nordestino celebra os festejos juninos, a governadora Fátima Bezerra sancionou hoje, 1º de junho, a Lei 10.908/21, “Lei Elino Julião”, que institui o 13 de novembro como o “Dia Estadual do Forró”. A iniciativa é uma homenagem ao cantor e compositor de forró, nascido em Timbaúba dos Batistas em 13 de novembro de 1936, e que ao longo do tempo se tornou referência em relação à música e cultura popular Nordestina.

Autor do projeto que tramitou na Assembleia Legislativa e agora é lei, o deputado Francisco do PT lembrou que Elino entrou para a história do forró como um de seus mais importantes representantes. “Como seridoense, fiquei muito feliz de participar deste momento. A proposta por nós apresentada na Assembleia foi aprovada por unanimidade, num reconhecimento à trajetória e à contribuição que ele deu para a cultura do RN e do nosso país. Não poderíamos ter uma data mais apropriada do que aquela em que se comemora o aniversário de nascimento de Elino Julião.”

A governadora Fátima Bezerra disse que, além da amizade e o carinho que tinha pelo cantor, é fã e apaixonada pela obra de Elino. E cantarolou dois de seus grandes sucessos: “Na Sombra do Juazeiro” e “Na Minha Rede Não”. “Elino é da mesma escola dos grandes mestres do forró – Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Marinês. O que a obra dele tem de mais bonito é a irreverência, o humor. Ao mesmo tempo, traz o lado generoso e toca muito forte o coração de todos nós.”

Fátima Bezerra destacou a importância da iniciativa para a cultura popular: “temos uma luta em curso para inserir o forró pé de serra, o forró raiz, como patrimônio nacional. Nossa luta é para colocá-lo no patamar que merece. Por que o forró não pode ter o mesmo tratamento que o frevo pernambucano? É isso que queremos para o forró raiz, tão bem representado por Elino Julião.”

A viúva Maria Veneranda e o filho Araken Julião acompanharam a solenidade de forma virtual. “Gostaria de elogiar a iniciativa do deputado Francisco, o apoio da Assembleia e também agradecer a generosidade, o reconhecimento, o carinho que a governadora Fátima Bezerra tem pela cultura do estado. O esforço de vocês em colocar esse dia na nossa memória, no calendário oficial, é um marco inesquecível”, agradeceu Araken.

Presente à solenidade na Governadoria, o prefeito Ivanildo Albuquerque lembrou que Timbaúba dos Batistas prestou homenagem a Elino no dia 10 de maio, data de emancipação política do município, e convidou a governadora para participar das comemorações na terra natal do cantor, no dia 13 de novembro, caso as condições sanitárias do estado permitam a realização de eventos.

O presidente da Fundação José Augusto, jornalista e poeta Crispiniano Neto, listou Elino como um dos cinco pilares da música nordestina, ao lado de Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Sivuca e João do Vale. “Quero lembrar que este ano o Brasil comemora o centenário de nascimento de Ademilde Fonseca, a rainha do chorinho; 100 anos do escritor Homero Homem e 100 anos do grande folclorista Veríssimo de Melo. Com a homenagem a Elino, o Rio Grande do Norte tem muito o que comemorar.”

Também participaram da solenidade o vice-governador Antenor Roberto, as secretárias Ana Maria Costa (Setur) e Iris Oliveira (Sethas), a adjunta do Gabinete Civil, Socorro Batista; Fábio Henrique (FJA) e Donizete Lima (FJA).

Continuar lendo CULTURA: GOVERNADORA FÁTIMA BEZERRA SANCIONOU LEI QUE INSTITUI DIA ESTADUAL DO FORRÓ

CULTURA: GOVERNO DO RN SANCIONA LEI QUE RECONHECE O GRUDE DE EXTREMOZ COMO PATRIMÔNIO CULTURA IMATERIAL DO ESTADO.

Grude de Extremoz é reconhecido como patrimônio cultural imaterial do RN

Foto: ALRN

Não é por acaso que o grude batiza quase tudo em Extremoz, onde há a Casa do Grude, a Praça do Grudeiro, a estátua do “Menino do Grude” e até mesmo a linha de trem urbano é conhecida como o “Trem do Grude”.  Trata-se de uma das iguarias mais tradicionais do Rio Grande do Norte e que, nessa quarta-feira (19), tornou-se patrimônio cultural imaterial.

A lei que reconheceu o grude como tal é a 10.903, sancionada pela governadora Fátima Bezerra (PT). A proposta foi apresentada pelo deputado estadual Hermano Morais (PSB) ainda em 2019 na Assembleia Legislativa, com o objetivo de assegurar a permanência da cultura do grude, “meio de vida de muitos em Extremoz e traço marcante da nossa identidade”.

Feito com goma de mandioca e coco ralado, o grude faz link direto com a herança indígena potiguar, como registrado na literatura por Luís da Câmara Cascudo, e se tornou símbolo da gastronomia Norte-rio-grandense. Para Hermano, “Precisamos reconhecer o quanto o que é nosso tem valor e garantir a sua sobrevivência”.

De acordo com a prefeita Jussara Sales (PROS), “quem é de Extremoz sabe da importância do grude. Que representa quem somos e faz sucesso entre potiguares e turistas. A lei é de suma importância para fortalecer a iguaria, pois muita gente em Extremoz sobrevive do grude”, disse a gestora municipal.

Dona Sônia é uma das extremosenses que faz da iguaria o seu ofício. “É uma tradição nossa, de onde várias famílias tiram o pão. É importante não só na minha vida, mas também na de vários conterrâneos. E por isso mesmo tem de ser para sempre”. Palavras da fazedora de grude, que há anos mantém viva a tradição e que agora prepara com as mãos um patrimônio do RN.

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo CULTURA: GOVERNO DO RN SANCIONA LEI QUE RECONHECE O GRUDE DE EXTREMOZ COMO PATRIMÔNIO CULTURA IMATERIAL DO ESTADO.

CULTURA: O VERDADEIRO ARTISTA TRANSFORMA ALGO SEM VALOR EM OBRA DE ARTE

O verdadeiro artista é aquele que transforma algo que ninguém deu valor em obra de arte. Por isso o destaque da nossa coluna nesta terça-feira é o incrível artista de plástico bolha que desenvolveu uma nova escola de pintura injetando tinta em cada bolha e criando obras de arte incríveis. Por isso você não pode deixar de ver a postagem a seguir! 

O incrível artista de plástico bolha cria obras-primas ao injetar tinta em cada bolha

O que é mais viciante do que espirrar plástico-bolha e ouvir aquele som “pop-pop-pop” satisfatório? Para um pintor radicado em Nova York, a resposta é usá-lo para criar uma arte realmente incrível.

Existem muitas escolas de arte famosas: os impressionistas, os surrealistas e os cubistas, só para citar alguns. Mas embora o trabalho de Bradley Hart espelhe mais de perto os pontilhistas – ele até mesmo recriou a famosa pintura de George Seurat “Um domingo no Grande Jatte” usando sua técnica única – Hart pode ser mais apropriadamente denominado um “injecionista”.

A última criação de Hart é uma homenagem à lenda do rap Notorious BIG “Eu carrego milhares de seringas com tinta na preparação para começar a injeção”, disse ele em uma entrevista ao  programa Localish da ABC  , “Eu fiz retratos de pessoas como Marilyn Monroe, Kurt Cobain Michael Jackson, David Bowie, John Lennon. ”

Inventado em 1957, o plástico-bolha foi originalmente planejado para ser comercializado como papel de parede texturizado. O que acabou sendo uma falha grave do ponto de vista do decorador acabou sendo uma bênção para a indústria naval – e para Bradley Hart.

“Pesquisar a história do plástico-bolha e perceber que era para ser papel de parede me trouxe a essa grande ideia”, disse Hart ao Art Insider . “O que é uma pintura – exceto o significado cultural e o valor histórico que pode obter ao longo do tempo? É ostensivamente um revestimento de parede. ”

Até o momento, Hart completou pouco mais de cem pinturas por injeção. O processo meticuloso envolve preencher fileiras e mais fileiras de minúsculas células de plástico-bolha com diferentes tons de tinta acrílica para criar uma imagem. Ele estima que leva quatro ou cinco dias para pré-carregar as 1.800 a 2.500 seringas que suas pinturas exigem de uma paleta contendo 116 cores.

Cada projeto produz duas pinturas separadas – a imagem pixelizada na frente e uma imagem impressionista renderizada pelos pingos de trás – e leva de três semanas a um mês para ser concluída.

Quando ele começou, Hart só foi capaz de injetar algumas células por vez antes de ter que dar um passo para trás para revisar seu progresso. Desde então, ele inventou um algoritmo de computador que lhe dá uma visão aérea funcional. Embora torne o processo mais rápido, ainda é demorado.

E o tempo é um bem precioso para Hart. Em 2003, quando ele foi diagnosticado com esclerose múltipla, aos 31 anos, seu futuro parecia menos do que uma bela imagem. Hart admite que sentiu como se sua vida tivesse acabado.

Parte de seu regime de tratamento envolvia auto-injeções. Inicialmente, ele recusou a ideia de se furar com agulhas. Ele credita sua musa artística por finalmente mostrar a ele a ironia de sua relutância.

“Eu percebi, ‘Oh meu Deus, quão perverso é isso? Você não se injetaria por uma década, mas está sentado aqui com milhares de seringas à sua frente, injetando tinta em plástico bolha! ‘”, Disse ele ao correspondente da CBS News, Lee Cowan, no domingo de manhã .

A filosofia de Hart é simples. “Cada gota de tudo é potencialmente arte”, disse ele a  Localish . “Tive muita sorte e estou muito grato pela sorte que me foi concedida. O mundo da arte meio que me envolveu e me ajudou a me erguer … Foi realmente uma grande bênção. ”

Durante a crise do COVID-19, Hart passou a ver o plástico-bolha não apenas como um meio, mas também como uma metáfora.

Para citar o poeta John Donne, “Nenhum homem é uma ilha inteira; cada homem é um pedaço do continente, uma parte do continente. ” Pode ser um sentimento difícil de manter para as pessoas que estão tentando lidar com o isolamento induzido pela pandemia. Não é assim para Bradley Hart.

“Eu brinco com as pessoas que vivo em uma bolha”, disse o  Sunday Morning . “Nós escolhemos quem deixamos entrar em nosso círculo. Todos nós fomos forçados agora a criar micro-bolhas. Mas adivinhe? Todas essas pequenas micro-bolhas se juntam, fazem uma bela pintura. ”

E isso é o que chamamos de obra-prima de pintura por injeção.

Fonte: Good News Network

Continuar lendo CULTURA: O VERDADEIRO ARTISTA TRANSFORMA ALGO SEM VALOR EM OBRA DE ARTE

CULTURA: JOVEM ESCRITORA POTIGUAR LANÇA SEU SEGUNDO LIVRO DESCULPE, ESQUECI O PARAQUEDAS

 É com prazer e satisfação que apresento, aqui na coluna CULTURA o segundo livro da jovem escritora potiguar Kalliny Moura, “Desculpe, esqueci o paraquedas, que você pode adquirir através do blog da autora www.kallinymoura.com.br. Uma obra romance de ficção que aborda uma assunto altamente relevante na atualidade: a depressão. Então não perca tempo, acesse o blog da Kalliny, adquira esta incrível obra e prestigie o talento da nossa terra!

A seguir a apresentação do livro e um comentário da nossa psicóloga colaboradora Sarita Cesana.

capa do livro desculpe esqueci o paraquedas

Ler é fazer amor com palavras

Sarita Cesana

Rubem Alves

Que tal mergulhar no mundo das emoções com uma leitura  dinâmica. .Apresento abaixo uma escritora potiguar, que merece nosso respeito, e prestígio, já que é um talento da nossa terra.

Abordando temas do nosso cotidiano, com foco nas relações, relata de maneira leve as oscilações de humor, dores e desafios de uma personagem que pode ser qualquer um de nós!!!

‘Eu sou Kalliny Moura, apaixonada por livros desde criança. Advogada de formação, mas a minha paixão é literatura.

Há quatros anos, num impulso, criei um blog denominado “Dicas (in)falíveis sobre o amor”. A pretensão era apenas extravasar o estresse do trabalho e dos estudos. Mas, quando recebi o primeiro comentário – quero a continuação –, foi o incentivo que eu precisava para continuar escrevendo. A partir daí passei a publicar um texto por semana que, posteriormente, resultaria no meu primeiro livro o “Miga, querem roubar meu crush”.

Em setembro de 2020 publiquei minha segunda obra: “Desculpe, esqueci o paraquedas”. Romance narrado em primeira pessoa pela personagem Chélia. Chélia e não Célia, devido a família paterna dela ter obsessão por H. Uma tradição baseada em “se no nome dele tem, no meu também vai ter”. E assim surgiu Shelma, Mhaurício, Chélia…

Chélia sempre teve uma preocupação excessiva com a opinião dos outros. Seus objetivos eram agradar, passar despercebida e não entrar em conflitos. Quando ainda era criança, sua autoestima subiu numa bicicleta sem freios e a partir daí só desceu ladeira abaixo.

Ela está com depressão, ansiedade, frequentando clínicas psiquiátricas e tomando remédios estranhos, classificados como psicotrópicos. Após sucessivos fracassos na tentativa de ingressar num curso superior, durante uma intensa discussão com seu pai, ela toma uma decisão impensada.

As cortinas do quarto escuro de Chélia se abrem e ela cai sem paraquedas em um mundo novo. Sorrisos, tristezas, superações e amores improváveis serão seus companheiros em terras desconhecidas.”

Se interessou? Mais informações no insta @kallinymoura_ ou kallinymoura.com.br

Fonte: .kallinymoura.com.br

Continuar lendo CULTURA: JOVEM ESCRITORA POTIGUAR LANÇA SEU SEGUNDO LIVRO DESCULPE, ESQUECI O PARAQUEDAS

CULTURA: A MISSÃO DE COLOCAR UM SORRISO NO SEU ROSTO É FOCO DO PRIMEIRO MUSEU DA FELICIDADE DOMUNDO

Um museu diferente e irreverente foi inaugurado em plena pandemia em Copenhagen, capital da Dinamarca. Este é o nosso destaque da coluna CULTURA desta sexta-feira e também é o primeiro museu da felicidade do mundo. Uma obra no mínimo inusitada, já que a felicidade não é algo que você esperaria encontrar pendurado em um museu, não é mesmo? Então lhe convido a ler o artigo completo a seguir para entender o que é isso e como funciona?

O primeiro museu da felicidade do mundo foi inaugurado em Copenhagen e está fadado a colocar um sorriso no seu rosto

 

 

A felicidade, como a arte, geralmente é subjetiva, mas, ao contrário da arte, a felicidade não é algo que você esperaria encontrar pendurado em um museu. Ou, pelo menos, não foi até que um museu inteiro dedicado à felicidade foi inaugurado em Copenhagen em julho passado.

Happiness Research Institute – sim, isso realmente existe – é a força motriz por trás do novo projeto. De acordo com sua declaração de missão, o objetivo do think tank independente ao explorar por que algumas sociedades são mais felizes do que outras “é informar os tomadores de decisão sobre as causas e efeitos da felicidade humana, tornar o bem-estar subjetivo parte do debate de políticas públicas e melhorar [a] qualidade geral de vida dos cidadãos em todo o mundo. ”

 

 

“Acho que as pessoas imaginam que o Instituto é como um lugar mágico”, brincou o CEO Meik Wiking em uma entrevista à CNN , “uma sala cheia de cachorrinhos ou sorvete – mas somos apenas oito pessoas sentadas na frente de computadores olhando os dados. ”

Depois de receber vários pedidos públicos para visitar seus escritórios nada mágicos, a “Equipe da Felicidade” foi atingida por uma ideia: se as pessoas realmente queriam um lugar onde pudessem compreender melhor o que impulsiona a felicidade humana, por que não dar a eles 1?

“Nós pensamos, por que não criamos um lugar onde as pessoas possam experimentar a felicidade de diferentes perspectivas e dar a elas uma exposição onde elas possam se tornar um pouco mais sábias em torno de algumas das questões que tentamos resolver?” Wiking explicou.

Em 14 de julho de 2020, com estritos protocolos COVID-19 em vigor, o museu de 2.585 pés quadrados fez sua estreia. Com uma capacidade máxima atual de 50, os visitantes são convidados a explorar a felicidade a partir de uma perspectiva global que inclui percepções históricas sobre como o conceito de felicidade evoluiu ao longo dos tempos e as maneiras pelas quais diferentes culturas regionais definem o termo.

O museu abriga uma vasta coleção de artefatos doados que representam felicidade para pessoas de todo o mundo. “Podemos ser dinamarqueses, mexicanos, americanos ou chineses, mas somos, antes de mais nada, pessoas”, disse Wiking à CNN. “São as mesmas coisas que impulsionam a felicidade, não importa de onde viemos, e espero que as pessoas vejam isso na exposição.”

 

 

É seguro dizer que Wiking, que escreveu o best-seller internacional “O Pequeno Livro de Hygge: A Maneira Dinamarquesa de Viver Bem”, sabe mais do que uma ou duas coisas sobre felicidade. E ele tem algumas palavras de esperança para todos nós na pandemia.

“Quando acompanhamos as pessoas ao longo do tempo”, observou ele, “podemos ver que elas são notáveis ​​na superação dos desafios que lhes acontecem … Claro, é necessário ser otimista na minha profissão, mas acho que podemos superar esses tempos como bem.”

Continuar lendo CULTURA: A MISSÃO DE COLOCAR UM SORRISO NO SEU ROSTO É FOCO DO PRIMEIRO MUSEU DA FELICIDADE DOMUNDO

CULTURA: FOTÓGRAFO AMADOR DE PAISAGENS FLAGRA IMAGENS DE PÁSSAROS HIPINOTIZANTES

CULTURA: FOTÓGRAFO AMADOR DE PAISAGENS FLAGRA IMAGENS DE PÁSSAROS HIPINOTIZANTES
These mesmerising photo montages show the movement of murmurations of starlings. See SWNS story SWSCbirds. Sean Hepburn, 55, has photographed starlings and other birds, including gannets and ravens, flocking on the Isle of Portland, Dorset for the past six years. The amateur landscape photographer, from Weymouth, Dorset, took an interest in starlings after being amazed by the birds flocking habits. Murmurations are the flocking of starlings, which can involve thousands of birds flying in complex aerial formations. Sean uses multiple exposures, taking around 200 pictures in just five seconds, to create his interesting pictures, which include the Portland Bill Lighthouse and the scenic the Jurassic Coast.

Na coluna CULTURA desta segunda-freira temos um show na arte de fotografar do fotógrafo amador Sean Hepburn, com fotos hipnotizantes de pássaros que se aglomeram na Ilha de Portland, Dorset. Leia o artigo completo a seguir e aprecie as imagens deslumbrantes.

Fotos hipnotizantes mostram os padrões criados por murmúrios de estorninhos

Sean Hepburn tem fotografado pássaros, como gansos e corvos, que se aglomeram na Ilha de Portland, Dorset, nos últimos seis anos. Mas não há nada como a murmuração de estorninhos para inspirar admiração em quem os observa.

O fotógrafo amador de paisagens da vizinha Weymouth se interessou por estorninhos depois de se surpreender com os hábitos de bando de pássaros.

Murmurações são movimentos de bando de estorninhos, que podem envolver milhares de pássaros voando em formações aéreas complexas, aparentemente em sincronia.

Para criar suas fotos interessantes, o homem de 55 anos usa múltiplas exposições, tirando cerca de 200 fotos em apenas cinco segundos.

Suas fotos, que incluem o Farol de Portland Bill e a cênica Costa do Jurássico, mostram formas espirais atraentes enquanto a trajetória de vôo dos pássaros é capturada.

“Eu me concentro nos estorninhos porque eles fazem fotos espetaculares”, disse o avô de três.

Sean Hepburn – SWNS 

No entanto, ele afirmou que é preciso coordenação e pode ser bastante complicado acertar os tiros. “Sou fotógrafo de paisagens há 20 anos e queria obter essas imagens com pontos de referência ao fundo.

Sean Hepburn – SWNS

“Você pensaria que seria fácil, mas pode ser muito difícil levá-los perto de marcos.

“Eles criam ilusões de ótica e hélices, como uma escada em espiral – parecem absolutamente etéreos.”

Vista para o mar multi exposição por Sean Hepburn – SWNS 

Sean passa três horas em Portland por um ou dois dias por semana para obter as melhores fotos.

Fonte: Good News Network

Continuar lendo CULTURA: FOTÓGRAFO AMADOR DE PAISAGENS FLAGRA IMAGENS DE PÁSSAROS HIPINOTIZANTES

CULTURA: CONHEÇA A ANTIGA ARTE TURCA DE “EBRU” E FIQUE HIPNOTIZADO(A) COM MAGNÍFICOS DESENHOS NA SUPERFÍCIE DA ÁGUA

Uma arte milenar criada na Turquia é o destaque da nossa coluna CULTURA desta quarta-feira. Você vai conhecer o “ebru” ou “marmoreio de água”, em inglês, que é o processo de pintura, não em tela, mas na superfície da água. Convido você a ler o artigo completo a seguir, entender como é essa técnica e depois assistir ao vídeo do artista Garip Ay fazendo desenhos deslumbrantes que vai deixá-lo hipnotizado!

Fique hipnotizado ao ver este artista turco pintar desenhos deslumbrantes na superfície da água

Você já viu pessoas pintando obras de arte em telas, mas e os artistas que podem pintar obras de arte na água? É exatamente o que Garip Ay faz em seu estúdio todos os dias.

O artista de Istambul é especialista na antiga arte turca de “ebru” – ou “marmoreio de água” em inglês.

Ay cria cada um de seus projetos distribuindo corantes coloridos na água que foi tratada com umectantes para fazer os pigmentos flutuarem. Depois disso, ele usa ferramentas especiais para mover os corantes para imagens e padrões de tirar o fôlego na superfície da água.

Embora o processo seja muito reconfortante de assistir, Ay diz que não é um trabalho fácil de fazer sozinho – mas os resultados finais são magníficos.

ASSISTA ao vídeo abaixo)

Tenha certeza e compartilhe esta história encantadora com seus amigos nas mídias sociais…

Fonte: Good News Network

 

Continuar lendo CULTURA: CONHEÇA A ANTIGA ARTE TURCA DE “EBRU” E FIQUE HIPNOTIZADO(A) COM MAGNÍFICOS DESENHOS NA SUPERFÍCIE DA ÁGUA

CULTURA: A BIOGRAFIA DO POTIGUAR MURILO MELLO FILHO POR ALEXANDRE GARCIA

Caro(a) leitor(a),

Na nossa coluna CULTURA desta quarta-feira faço uma singela homenagem a um grande potiguar que nos deixou na semana passada aos 92 anos de idade. O inenarrável Murilo Mello Filho, que teve uma trajetória profissional de quase 80 anos e deixou um enorme legado para o povo potiguar. Muitos não o conheceram, devido a sua maior virtude, a humildade e também, nos últimos anos, devido a idade e as debilidades esteve recolhido, mas eu tive a honra e a oportunidade de conhecê-lo na sua própria casa. Então para quem não o conheceu e não sabe da sua história assista o breve vídeo a seguir onde o extraordinário jornalista Alexandre Garcia faz um breve relato da trajetória e dos feitos dessa excepcional criatura humana.

Continuar lendo CULTURA: A BIOGRAFIA DO POTIGUAR MURILO MELLO FILHO POR ALEXANDRE GARCIA

CULTURA: REGINA DUARTE IRÁ COMANDAR A CINEMATECA NACIONAL EM SÃO PAULO

Finalmente uma saída honrosa para Regina Duarte da Secretaria de Cultura. Ela agora irá comanda a Cinemateca Brasileira em São Paulo. Ela alega que sentia falta de estar perto da família. Agora o problema está solucionado.

Regina Duarte deixa comando da Secretaria de Cultura

Por Basília Rodrigues
 Atualizado 20 de Maio de 2020 às 10:52

A atriz Regina Duarte vai deixar o comando da Secretaria de Cultura. A informação foi divulgada pela analista de política Basília Rodrigues, da CNN, na manhã desta quarta-feira (20) e confirmada pelo presidente e pela própria atriz por meio das redes sociais de Bolsonaro. A artista se encontrou com o presidente nesta manhã e acertou um “tom de saída honrosa”. Conforme a CNN antecipou, o nome mais forte para substituir Regina é o do ator Mário Frias.

Segundo a atriz, ela ganhou um presente, que é comandar a Cinemateca Brasileira em São Paulo. De acordo com o presidente, a Regina Duarte sente falta da família em São Paulo e participará da transição.

A deputada federal Carla Zambelli também esteve na reunião e disse à CNN que Bolsonaro gosta muito da atriz, que Regina está sentindo falta da família, o que é apontado como razão para a mudança.
Com a saída do comando da secretaria, ela poderia voltar a morar em São Paulo.

Após uma entrevista exclusiva à CNN, no dia 7 de maio, a então secretária de Cultura recebeu críticas da classe artística por minimizar a ditadura afirmando que “sempre houve tortura e que não quer arrastar um cemitério”.

Após a fala na entrevista, Regina Duarte desconversou sobre o tema, cantando trecho do jingle da Copa de 1970. Na oportunidade, a atriz afirmou que descartava a demissão e que pretendia permanecer no governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). A entrevista foi interrompida pela secretária após a exibição de um depoimento enviado nesta quinta à CNN pela atriz Maitê Proença (clique aqui para assistir à íntegra).

Fonte: CNN

Continuar lendo CULTURA: REGINA DUARTE IRÁ COMANDAR A CINEMATECA NACIONAL EM SÃO PAULO

CULTURA: QUAL O SIGNIFICADO DA PALAVRA “COISA”?

Em CULTURA desta segunda-feira temos um texto muito legal sobre uma curiosidade da lígua portuguesa chamada “coisa”. É uma dessas palavras que serve para invocar e definir tudo ou quase tudo. O bombril do idioma. Então leia o brilhante texto a seguir sobre a curiosa palavra “coisa”!

Resultado de imagem para coisa o bombril da língua portuguesa

“COISA” – O BOMBRIL DA LÍNGUA PORTUGUESA. . .

A palavra “coisa” é um bombril do idioma. Tem mil e uma utilidades. É aquele tipo de termo-muleta ao qual a gente recorre sempre que nos faltam palavras para exprimir uma ideia.
“Coisas” do português.
Gramaticalmente, “coisa” pode ser substantivo, adjetivo, advérbio.
Também pode ser verbo: o Houaiss registra a forma “coisificar”. E no Nordeste há “coisar”: Ô, seu “coisinha”, você já “coisou” aquela coisa que eu mandei você “coisar”?
Na Paraíba e em Pernambuco, “coisa” também é cigarro de maconha.
Em Olinda, o bloco carnavalesco Segura a Coisa tem um baseado como símbolo em seu estandarte. Alceu Valença canta: Segura a “coisa” com muito cuidado / Que eu chego já.”
Já em Minas Gerais , todas as coisas são chamadas de trem. (menos o trem, que lá é chamado de “coisa”). A mãe está com a filha na estação, o trem se aproxima e ela diz: “Minha filha, pega os trens que lá vem a “coisa”!.
E, no Rio de Janeiro? Olha que “coisa” mais linda, mais cheia de graça…
A garota de Ipanema era coisa de fechar o trânsito! Mas se ela voltar, se ela voltar, que “coisa” linda, que “coisa” louca. Coisas de Jobim e de Vinicius, que sabiam das coisas.

Coisa não tem sexo: pode ser masculino ou feminino.
Coisa-ruim é o capeta. Coisa boa é a Juliana Paes. Nunca vi coisa assim!
Coisa também não tem tamanho.
Na boca dos exagerados, “coisa nenhuma” vira um monte de coisas…

Mas a “coisa” tem história mesmo é na MPB. No II Festival da Música Popular Brasileira, em 1966, a coisa estava na letra das duas vencedoras: Disparada, de Geraldo Vandré: Prepare seu coração pras “coisas” que eu vou contar…, e A Banda, de Chico Buarque: pra ver a banda passar,cantando “coisas” de amor… Naquele ano do festival, no entanto, a coisa tava preta (ou melhor, verde-oliva). E a turma da Jovem Guarda não tava nem aí com as coisas:”coisa” linda, “coisa” que eu adoro!

Para Maria Bethânia, o diminutivo de coisa é uma questão de quantidade afinal, são tantas “coisinhas” miúdas. E esse papo já tá qualquer “coisa”. Já qualquer “coisa” doida dentro mexe…
Essa coisa doida é um trecho da música “Qualquer Coisa”, de Caetano, que também canta: alguma “coisa” está fora da ordem! e o famoso hino a São Paulo: “alguma coisa acontece no meu coração”!

Por essas e por outras, é preciso colocar cada coisa no devido lugar.
Uma coisa de cada vez, é claro, afinal, uma coisa é uma coisa; outra coisa é outra coisa. E tal e coisa, e coisa e tal.

Um cara cheio de coisas é o indivíduo chato, pleno de não-me-toques.
Já uma cara cheio das coisas, vive dando risada. Gente fina é outra coisa.
Para o pobre, a coisa está sempre feia: o salário-mínimo não dá pra coisa nenhuma.

A coisa pública não funciona no Brasil. Político, quando está na oposição, é uma coisa, mas, quando assume o poder, a coisa muda de figura.
Quando elege seu candidato de confiança, o eleitor pensa: Agora a “coisa” vai…Coisa nenhuma! A coisa fica na mesma. Uma coisa é falar; outra é fazer. Coisa feia! O eleitor já está cheio dessas coisas!

Se as pessoas foram feitas para serem amadas, e as coisas, para serem usadas, por que então nós amamos tanto as coisas e usamos tanto as pessoas? Bote uma coisa na cabeça: as melhores coisas da vida não são coisas. Há coisas que o dinheiro não compra: paz, saúde, alegria e outras cositas más.

Mas, deixemos de “coisa”, cuidemos da vida, senão chega a morte, ou “coisa” parecida… Por isso, faça a coisa certa e não esqueça o grande mandamento:

“AMARÁS A DEUS SOBRE TODAS AS “COISAS”.

Entendeu o espírito da coisa?

Autor: Francicarlos Diniz
(jornalista e escritor, pós-graduado em Comunicação pela USP)

Fonte: Procob

 

Continuar lendo CULTURA: QUAL O SIGNIFICADO DA PALAVRA “COISA”?

CULTURA: O NATAL LUZ EM MÃE LUÍZA É UMA GRANDE PEDIDA NESTE PERÍODO FESTIVO

Na nossa coluna CULTURA desta quarta-feira temos a 3ª edição do Natal Luz em Mãe Luíza que acontece de 20 a 21/12, cuja principal atração é a Banda Filarmônica de Mãe Luíza composta por adolescentes residentes em Mãe Luíza e faz parte de um frande projeto de inclusão do Centro Sócio-pastoral Nossa Senhora da Conceição. Tive a oportunidade de acompanhar de perto esse trabalho maravilhoso e verificar o seu sucesso. Participe dos eventos e confira você mesmo(a) o resultado!

*Natal Luz em Mãe Luiza*

A 3° edição do “Natal Luz em Mãe Luiza” acontece de 20 à 21 de dezembro, às 19h, nesse ano de 2019 em duas localidades: sexta-feira, 20, na sede da Escola de Música de Mãe Luiza (EMML), e sábado 21, na Praça Edgar Borges (poeta Blackout).
No primeiro dia de evento a comunidade é convidada para o “Recital de Encerramento anual da EMML”. Foi mais um ano muito rico para a Escola de Música, os jovens aprenderam muito, apresentaram-se por todo o Estado do RN, e nada mais justo que encerrar o ano mostrando o que foi aprendido e conquistado ao longo de 2019.
No segundo dia, teremos uma programação rica com muitos convidados. Juntam-se aos jovens musicistas da Banda Filarmônica de Mãe Luiza, a cantora Mara do Morro, referência em samba no bairro, o Quarteto Potiguara com o seu show “Baile do Zé Rabequeira” e as jovens idosas do Grupo Flor de Jacarandá, com o seu tradicional pastoril.

O “Natal Luz em Mãe Luiza” é uma ação do Centro Sócio-pastoral Nossa Senhora da Conceição, ONG que atua em Mãe Luiza há mais de 30 anos, e já faz parte do calendário natalino da cidade e da comunidade.

 

Fonte: Escola de Música de Mãe Luíza

Continuar lendo CULTURA: O NATAL LUZ EM MÃE LUÍZA É UMA GRANDE PEDIDA NESTE PERÍODO FESTIVO

POESIA: BRÁULIO BESSA DECLAMA DE SUA AUTORIA “LÁ NAS REDES SOCIAIS”

Na coluna POESIA deste sábado você vai assistir e curtir mais Bráulio Bessa declamando mais um de suas lindas poesias: “Lá nas redes sociais”. Mais um show desse fantástico cordelista que representa tão bem a nossa cultura de raiz!

Fonte: 

Publicado em 16 de fev de 2018

Continuar lendo POESIA: BRÁULIO BESSA DECLAMA DE SUA AUTORIA “LÁ NAS REDES SOCIAIS”

MÚSICA DE QUALIDADE: DJAVAN AO VIVO INTERPRETANDO “FALTA UM PEDAÇO DE MIM”

Na coluna MUSICAL desta sexta-feira vamos apreciar Djavan, voz e violão, interpretando “Falta um pedaço”.

Extraído do DVD Ária, gravado ao vivo no grande teatro do palácio das artes, Belo Horizonte, Abril 2011.

Fonte: 

Continuar lendo MÚSICA DE QUALIDADE: DJAVAN AO VIVO INTERPRETANDO “FALTA UM PEDAÇO DE MIM”

AGENDA CULTURAL: CULTURA, LAZER, CIRCO, MUSICA, SHOWS, BALADAS E MUITO MAIS

Agenda Natal Logo

NA NOSSA AGENDA CULTURAL DESTA SEXTA-FEIRA TEMOS UMA VASTA PROGRAMAÇÃO PARA VOCÊ CURTIR, SE DIVERTIR E RELAXAR. VEJA AQUI AS PRINCIPAIS ATRAÇÕES OU CLIQUE NO ÍCONE E CONHEÇA TODA A PROGRAMAÇÃO.


CIRQUE AMAR

EVENTO

Capim Macio
Possui Estacionamento
A partir de R$ 20
16/08/2019 às 20:30

Após três anos, está de volta a Natal o Cirque Amar. Com nova estrutura e um novo espetáculo, o circo abre temporada na noite desta sexta-feira (5), às 20h30, no estacionamento do supermercado Hiper Bompreço, em Ponta Negra, na Zona Sul da cidade. A arquibancada tem capacidade para até 2.500 pessoas, e o show dura 2 horas.

PROGRAMAÇÃO

  • De terça a sexta-feira: 20h30;
  • Sábados e domingos: 16h, 18h e 20h30;
  • Bilheterias abrem de terça a domingo, das 10h às 22h.

Mais informações: clique aqui.


CAROL SANT’ANNA

EVENTO

Ponta Negra
Possui Música Ao Vivo
A partir de R$ 15
16/08/2019 às 21:30

CAROL SANT’ANNA natural de MG, carismática, com uma voz deliciosa e empolgante presença de palco, arrastou multidões pelos bares e grandes shows de Belo Horizonte – MG e no Carnaval de Natal em 2019, e ainda foi finalista do programa “Astros” do SBT, quando levantou a platéia em cada apresentação e extraiu elogios rasgados dos jurados!

Agora em Natal, e com uma super banda, faz sua temporada na Taverna Pub com um show muito especial para curtir e cantar junto, como também para dançar muito!

No repertório: Beyonce, Lady Gaga, Ana Carolina, Marisa Monte, Vanessa da Mata, Pitty, Cássia Eller, Alok, Lulu Santos, Maria Gadu, Elis Regina, Rita Lee, Paula Toller, Anitta, Ivete Sangalo, Claudia Leite, Gloria Gaynor, Justin Bieber, Bruno Mars, Tim Maia, Anitta, Iza, Ferrugem, e mais!

ENTRADA

  • Coloque seu nome na lista pelo aplicativo ou site até ás 21h e entre até 23h para pagar valor promocional de R$20
  • Meias entradas (R$15,00) devem ser reservadas nesta mesma lista. O benefício será concedido até o início do show, 23h.
  • Você pode inserir até quatro nomes na lista!

Mais informações: clique aqui.


ENCONTRO DE AUTOMÓVEIS CLASSICOS

EVENTO

Lagoa Nova
Possui Estacionamento
Gratuito
17/08/2019 às 09:00

Encontro de Automóveis Clássicos do RN, ocorre desde 2010 e está em sua 10 edição.

Mais informações: clique aqui.


FESTA ANOS 80

EVENTO

Candelária
Possui Música Ao Vivo
R$ 10
17/08/2019 às 21:00

Festa Anos 80 com DJ Ilton.

Mais uma vez o DJ Ilton volta ao Raimundo’s Pub para animar a noite de todos com seu setlist anos 80.

Muito David Bowie, The Cure, The Smiths, REM, Paralamas do Sucesso e todos aqueles hits que nos fazem sentir nos anos 80 mais uma vez!

Mais informações: clique aqui


Fonte: Agenda Natal


Continuar lendo AGENDA CULTURAL: CULTURA, LAZER, CIRCO, MUSICA, SHOWS, BALADAS E MUITO MAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESTA QUINTA-FEIRA

Por G1

 


Bolsonaro quer ouvir ministros antes de decidir se veta o projeto sobre abuso de autoridade. O texto, aprovado em votação simbólica na Câmara, define punições para o crime e prevê prisão para juízes e investigadores. A Noruega bloqueia verba de R$ 133 milhões para a proteção da Amazônia. Gilmar Mendes suspende ação da Lava Jato no RJ até que STF julgue caso Coaf. A PRF ordenasuspensão imediata de radares em estradas federais. Bovespa sai do patamar dos 100 mil pontos com temor de recessão global. Guedes ameaça deixar o Mercosul se a Argentina travar acordo com a União Europeia.

NACIONAIS

Punições a autoridades

Bolsonaro afirmou que ouvirá ministros antes de decidir se vetatrechos do projeto de lei que define 30 tipos de abuso de autoridade e estabelece prisão para integrantes dos três poderes, inclusive investigadores e juízes.

A proposta foi aprovada ontem pela Câmara em votação simbólica, o que evitou a exposição direta dos parlamentares.

Juízes, investigadores e policiais criticaram pontos do projeto. O presidente do STJ, João Otávio de Noronha, disse que juízes não podem se ‘intimidar’.

O ministro da Justiça, Sergo Moro, afirmou que o governo vai analisar o texto para verificar se há alguma inconstitucionalidade ou trecho que prejudique o trabalho de juízes, procuradores e policiais.

Preocupação com desmatamento

Ola Elvestuen, ministro do Clima e Meio Ambiente da Noruega — Foto: Monika Skolimowska/dpa-Zentralbild/dpa Picture-Alliance/AFP/Arquivo

Ola Elvestuen, ministro do Clima e Meio Ambiente da Noruega — Foto: Monika Skolimowska/dpa-Zentralbild/dpa Picture-Alliance/AFP/Arquivo

Principal doadora do Fundo Amazônia, a Noruega bloqueou repasse de R$ 132,6 milhões que seriam usados para preservação da floresta e desenvolvimento de projetos na região.

O ministro do Meio Ambiente norueguês Ola Elvestuen disse que o Brasil rompeu o acordo que tinha com a Noruega e a Alemanha ao fechar a diretoria do Fundo, o que impede o envio de recursos.

“O que o Brasil fez mostra que eles não querem mais parar o desmatamento”, afirmou o ministro norueguês ao jornal DN.

O ministro do meio ambiente, Ricardo Salles, após a reunião dos ministros dos Brics em São Paulo nesta quinta-feira (15) — Foto: Bruno Rocha/Fotoarena/Estadão Conteúdo

O ministro do meio ambiente, Ricardo Salles, após a reunião dos ministros dos Brics em São Paulo nesta quinta-feira (15) — Foto: Bruno Rocha/Fotoarena/Estadão Conteúdo

O ministro Ricardo Salles disse que não se surpreende com a decisão“porque o fundo está suspenso”, e Bolsonaro ironizou: ‘A Noruega não é aquela que mata baleia?’. O presidente ainda sugeriu que o dinheiro seja usado para reflorestar a Alemanha, que também suspendeu repasse de R$ 155 milhões em razão do forte aumento do desmatamento na Amazônia.

C’est fini

O ministro do STF Gilmar Mendes suspendeu uma das ações da Operação C’est Fini, um desdobramento da Lava Jato no Rio, até que a Corte julgue se restringe ou não o compartilhamento de dados do Coaf, órgão de combate à lavagem de dinheiro. A operação apura se houve propina em obras no RJ, e segundo um dos réus, o processo inclui informações detalhadas do Coaf, liberadas sem autorização judicial.

Sem radar

Bolsonaro determina a suspensão do uso de radares móveis nas rodovias federais

Bolsonaro determina a suspensão do uso de radares móveis nas rodovias federais

A Polícia Rodoviária Federal determinou a suspensão imediata da fiscalização por radares móveis nas estradas federais. A medida atende a uma ordem de Bolsonaro e não vale para radares fixos e nem para rodovias estaduais e municipais, que não são de responsabilidade da PRF.

Segundo o governo, a suspensão é para evitar “desvirtuamento do caráter educativo” e “a utilização meramente arrecadatória dos aparelhos”.

Alerta nos mercados

O temor de uma recessão global continuou movimentando os mercados financeiros nesta quinta, e a Bovespa saiu do patamar dos 100 mil pontos pela 1ª vez desde junho. O principal índice da Bolsa de SP fechou em queda de 1,2%, a 99.056 pontos. As bolsas europeias também caíram pelo 2º dia consecutivo. Já o impacto no dólar foi amenizado, após o BC anunciar a venda da moeda à vista.

Brasil e Argentina

O ministro da Fazenda, Paulo Guedes participa de evento do Santander em São Paulo — Foto: Aloisio Mauricio/Estadão Conteúdo

O ministro da Fazenda, Paulo Guedes participa de evento do Santander em São Paulo — Foto: Aloisio Mauricio/Estadão Conteúdo

O ministro Paulo Guedes afirmou que o Brasil pode deixar o Mercosul se uma eventual vitória da oposição argentina travar o acordo entre o bloco e a União Europeia, assinado após 20 anos de negociações.

“O Mercosul é um veículo para a gente abrir a economia. E, se a Kirchner entrar e quiser fechar, a gente sai do Mercosul”, afirmou Guedes. “Vamos abrir (a economia) de qualquer jeito.”

Mercado de trabalho

Números do mercado de trabalho mostram que 3,3 milhões de desempregados procuram trabalho há pelo menos 2 anos, segundo o IBGE. Os números são os maiores para um trimestre desde 2012.

Decreto das armas

O Exército Brasileiro vetou a compra de fuzis por cidadãos comuns, mas liberou o acesso a pistolas que antes eram de uso restrito das forças de segurança, como a 9mm e a .4, ao regulamentar um dos decretos sobre armas do presidente Jair Bolsonaro, que foi publicado em junho. Entidades de direitos humanos criticaram a decisão e temem aumento na letalidade.

Também teve isso…

Imagem de satélite do dia 12 de agosto de 2019 mostra veículos das forças armadas da China dentro do centro esportivo de de Shenzen Bay, que faz limite com Hong Kong — Foto: Maxar Technologies/AP

Imagem de satélite do dia 12 de agosto de 2019 mostra veículos das forças armadas da China dentro do centro esportivo de de Shenzen Bay, que faz limite com Hong Kong — Foto: Maxar Technologies/AP

 

‘Se Kirchner quiser fechar, a gente sai do Mercosul’, diz Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, cogitou nesta quinta-feira, a saída do Brasil do Mercosul caso o candidato da ex-presidente Cristina Kirchner vença as eleições e queira fechar o bloco, atrapalhando o acordo com a União Europeia. “E se a Kirchner quiser fechar (o Mercosul para acordos externos)? Se quiser fechar, a gente sai do Mercosul. E se quiser abrir? Então vou dizer ‘bem-vinda moça, senta aí’”, afirmou o ministro, em evento do banco Santander em São Paulo.

Guedes minimizou um agravamento da crise no país vizinho e seu impacto para o Brasil. Segundo ele, a indústria automotiva só é tão afetada porque a economia brasileira é muito fechada. “Nosso foco é recuperar a nossa dinâmica de crescimento. Desde quando o país, para crescer, precisou da Argentina? Quem disse que esse é o modelo que a gente quer, queremos ter indústria competitiva”, disse.

O ministro afirmou que a guerra comercial entre Estados Unidos e China não vai afetar o PIB brasileiro e poderia, no máximo causar, alterações cambiais, que foram minimizadas por ele. Na sua avaliação, há muito espaço para a disputa entre os dois gigantes econômicos se estender porque as duas potências medem forças para mostrar qual “tem o chifre mais comprido”. Para ele, os EUA vencem esta guerra porque a economia ocidental é mais descentralizada que a oriental.

Estadão Conteúdo

Comments

Às vésperas de liberação de PIS e FGTS, hackers tentam invadir sistema da Caixa

O sistema da Caixa sofreu uma tentativa de invasão de hackers na noite da última quarta-feira, 14, que obrigou o banco a tirar do ar o sistema que contém dados de beneficiários de programas sociais, como o Bolsa Família, e trabalhadores.

O ataque foi feito no banco de dados do NIS (Número de Identificação Social). De acordo com informações do site do próprio banco, devem ser cadastrados no NIS trabalhadores da iniciativa privada, beneficiários de programas sociais (o cadastro é feito pelo gestor do programa) e beneficiários de políticas públicas (o cadastro é feito pelos ministérios).

Ainda segundo o site, para os trabalhadores, este número é usado para identificá-los no recolhimento e recebimento do FGTS, seguro-desemprego, abono salarial e também no ato da aposentadoria.

Procurada pelo Estadão/Broadcast, a Caixa confirmou a tentativa de invasão. Em nota, o banco diz que “identificou, na noite de 14 de agosto de 2019, tentativa de acesso indevido ao sistema corporativo que possui informações cadastrais de cidadãos” e que tomou as medidas necessárias para “impedir a concretização de possíveis fraudes e garantir a segurança dos dados dos cidadãos”. Segundo a Caixa, o ataque não atingiu o sistema que armazena informações do FGTS.

O Estadão/Broadcast apurou com fontes a par do assunto que o sistema foi derrubado ainda na noite de quarta, na tentativa de conter a invasão. Até o momento, o sistema segue fora do ar.

Em nota, a Caixa afirmou que utiliza as “melhores práticas” e ferramentas especializadas em segurança cibernética e atua constantemente na prevenção de eventuais ocorrências de fraudes. O banco diz ainda que realiza o monitoramento das operações e dos acessos aos sistemas que custodiam as informações dos seus clientes e dos cidadãos brasileiros que utilizam seus serviços.

O governo anunciou no dia 27 de julho a liberação de R$ 42 bilhões do FGTS de contas ativas (dos contratos atuais) e inativas (de contratos anteriores), a partir de 13 de setembro, e do Fundo PIS-Pasep, a partir de 19 de agosto. Os trabalhadores poderão sacar até R$ 500 de cada conta que possuírem no FGTS, ativa ou inativa. A partir de 2020, os trabalhadores poderão fazer saques anuais de suas contas no FGTS. O valor do saque anual será um porcentual do saldo da conta do trabalhador. Os trabalhadores poderão fazer os saques inclusive em lotéricas, apenas com identidade, sem necessidade de cartão e senha, apenas com RG e CPF, desde que o valor seja inferior a R$ 100.

“É importante enfatizar que o cidadão deve manter seus dados cadastrais atualizados e que o Cartão do Cidadão e a senha são pessoais e intransferíveis, não devendo ser fornecidos para outra pessoa. O titular do cartão deve guardá-lo em local seguro e deve ser evitada a prática de se anotar senhas em papéis, especialmente aquelas que possibilitam transações financeiras”, recomendou o banco, em nota.

Estadão Conteúdo

 

Municípios querem fatia maior de tributos para apoiar reforma tributária

A CNM (Confederação Nacional de Municípios) quer alterar a proposta de reforma tributária que tramita na Câmara dos Deputados (PEC 45) para aumentar a fatia das prefeituras na arrecadação nacional.

Serão apresentadas cerca de dez emendas à PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que estão sendo elaboradas pela entidade e por parlamentares. Algumas se referem a tributos que não estão incluídos na reforma, que trata apenas daqueles ligados ao consumo.

Os prefeitos querem, por exemplo, obrigar a União a compartilhar, com estados e municípios, a arrecadação da CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido) e também de todos os tributos que vierem a ser criados pelo governo federal após a reforma.

“Concordamos com esse imposto único [sobre bens e serviços], porque vai haver uma simplificação, mas estamos apoiando uma proposta em que os municípios possam ter uma maior participação no bolo tributário”, afirma o presidente da CNM, Glademir Aroldi.

“Pelas responsabilidades que temos hoje na prestação de serviços à população, teríamos de estar com no mínimo 24% no bolo tributário”, disse Aroldi.

Em 2018, os municípios ficaram com 18% de participação, incluindo arrecadação direta, principalmente com ISS e IPTU, e repasses de parcelas do Imposto de Renda, do IPI e do ICMS, por exemplo.

A PEC 45 prevê a criação do IBS (Imposto sobre Bens e Serviços), que irá substituir cinco tributos: os federais PIS, Cofins e IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), o estadual ICMS (imposto sobre circulação de mercadorias e serviços) e o municipal ISS (Imposto sobre Serviços).

Haveria ainda um imposto seletivo federal sobre bens como cigarros e bebidas. Os municípios também reivindicam uma fatia desse tributo.

A Confederação discutiu as mudanças na PEC em reuniões com parlamentares em Brasília na terça (13) e quarta-feira (14). Entre os participantes dos encontros estão o autor da proposta, deputado Baleia Rossi (MDB-SP), o relator do texto, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), e o deputado Júlio César (PSD-PI).

Júlio César apresentou nesta quarta-feira a emenda que trata da CSLL e prevê o compartilhamento de 49% do tributo com as mesmas destinações já previstas para o IR e o IPI. Pela proposta, o dinheiro deverá ser aplicado com o mínimo de 50% em investimentos e até 50% na quitação de débitos com a União, precatórios e dívidas com bancos oficiais.

Se a norma estivesse em vigor no ano passado, segundo o parlamentar, a distribuição estimada da arrecadação da CSLL teria sido de R$ 40 bilhões para União, R$ 16,9 bilhões para os estados, R$ 19,2 bilhões para os municípios e R$ 2,4 bilhões para os fundos de desenvolvimento regional. Para as prefeituras, isso representa um acréscimo de 30% nas receitas tributárias.

“Importante salientar que a presente emenda está alinhada ao programa de governo, que tem como um de seus lemas ‘Mais Brasil, menos Brasília’”, diz o deputado na justificativa da emenda, em referência à frase repetida pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.

Essa é a terceira emenda à PEC 45. O deputado Capitão Alberto Neto (PRB-CE) apresentou proposta para manter os incentivos fiscais da Zona Franca de Manaus. O presidente do PSL, Luciano Bivar (PE), quer criar o imposto único sobre movimentações financeiras, nos moldes da antiga CPMF.

Folhapress

 

CNPq suspende oferta de 4,5 mil bolsas ociosas

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), órgão ligado ao Ministério da Ciência e Tecnologia, informou nesta quinta-feira, 15, a suspensão da indicação de bolsistas. Com a medida, bolsas que estão neste momento ociosas em universidades e instituições de pesquisa deixarão de ser ocupadas.

A medida afeta bolsas de iniciação científica, mestrado e doutorado que são concedidas a estudantes de graduação e pós por meio de instituições de ensino superior e de pesquisa. No total, haverá a suspensão de cerca de 4,5 mil dessas bolsas (de um total de mais de 50 mil oferecidas nessa modalidade).

Bolsas ociosas podem ser aquelas que, por exemplo, aguardam processos seletivos dentro das universidades para serem ocupadas. Segundo o CNPq, a medida foi tomada porque o órgão recebeu indicação de que “não haverá recomposição do orçamento de 2019”. O CNPq é a principal agência de fomento à ciência do governo federal.

O CNPq informou que bolsas concedidas diretamente pela agência aos pesquisadores, como aquelas de pós-doutorado e de produtividade em pesquisa, não serão afetadas por esta suspensão. Bolsas já destinadas, ocupadas pelos pesquisadores nas instituições, também não serão suspensas.

“Reforçamos o compromisso com a pesquisa científica, tecnológica e de inovação para o desenvolvimento do País, e continuamos nosso esforço de buscar a melhor solução possível para este cenário”, informou o órgão.

O CNPq teme que as restrições orçamentárias afetem a concessão de todas as bolsas oferecidas a pesquisadores brasileiros a partir de setembro. No total, são 80 mil. Em entrevista ao Jornal da USP, o presidente do CNPq, João Luiz Filgueiras de Azevedo, disse que a folha de pagamento de agosto zera completamente o orçamento da agência.

No fim de julho, o órgão anunciou a suspensão da concessão de novas bolsas de pesquisa enquanto o governo federal não liberar crédito suplementar. O edital interrompido foi lançado em junho do ano passado e previa duas chamadas de pesquisadores selecionados, uma no início e outra no meio deste ano. No total, estava prevista a liberação de R$ 60 milhões para doutorandos, pós-doutorandos e professores visitantes.

Ministro tenta convencer Paulo Guedes a ‘pegar leve’
Conforme informou a Coluna do Estadão, a equipe econômica já avisou aos ministros que a Lei Orçamentária do próximo ano, que deve ser encaminhada ao Congresso até o dia 31, virá apertada. Com o corte no orçamento deste ano, só há recursos para pagar as bolsas em andamento no CNPq até setembro. “Gasto com MCTI é retorno de investimento”, disse o ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, na tentativa de convencer Paulo Guedes a pegar leve.

Cientistas fazem abaixo-assinado contra cortes

Nesta terça-feira, a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), junto com outras 65 entidades científicas e acadêmicas, lançou uma petição online em defesa do CNPq. O abaixo-assinado alerta para a situação crítica em que se encontra a agência.

Segundo o texto, o governo “precisa urgentemente recompor o orçamento do CNPq” aprovado para 2019, com um aporte suplementar de recursos da ordem de R$ 330 milhões para que a agência possa cumprir seus compromissos deste ano.

Até as 20 horas desta quinta-feira, a petição já havia sido assinada por 94 mil pessoas.

Estadão Conteúdo

Comments

Planos de saúde do tipo ‘falso coletivo’ crescem 58%

Planos de saúde conhecidos como “falsos coletivos”, que trazem garantias mais frágeis para usuários e são ofertados para grupos com menos de 30 pessoas, cresceram 58% em cinco anos, mostra uma pesquisa inédita obtida pelo Estado. Preparado pelo Grupo de Estudos sobre Planos de Saúde da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), o trabalho revela que entre 2014 e 2019 o número de pessoas vinculadas a esse tipo de contrato saltou de 3,3 milhões para 5,2 milhões.

Hoje, a modalidade representa 11% do mercado. Há cinco anos, o porcentual era de 6,6%.

“Com o fim da oferta de planos individuais pelas empresas, usuários acabam sendo empurrados para esse tipo de produto, na esperança de ter garantia de atendimento médico quando necessário”, conta o coordenador do estudo, o professor Mário Scheffer. O crescimento dos planos “falsos coletivos” ganha ainda maior destaque quando se analisa o mercado como um todo. No mesmo período, o número de pessoas com planos de saúde caiu de 50 milhões para 47,3 milhões. “Essa foi a única modalidade de contrato que registrou crescimento”, completa o professor.

Além da expansão no mercado, os “falsos coletivos” estão mais fragmentados. A média de pessoas em cada plano caiu de forma expressiva no período analisado. Passou de 6,2 pessoas por contrato para 4,5.

Scheffer avalia que a mudança do mercado levou a outro fenômeno, também acompanhada pela Faculdade de Medicina da USP: o aumento de ações na Justiça dos usuários contra planos de saúde. “Essa era uma bomba que havia tempos sabíamos que ia estourar. O processo começou.” A proporção de ações propostas contra planos de saúde a cada 10 mil usuários passou de 4,18 para 12,73 entre 2011 e 2018. As queixas cresceram num ritmo muito mais alto do que o universo de pessoas com planos.

Para fazer um contrato batizado de “falso coletivo”, basta que alguém do grupo com menos de 30 pessoas tenha um CNPJ. Geralmente composto por familiares, conhecidos ou pequenos empreendedores, o plano tem como atrativo inicial uma cobertura médica considerada aceitável e um preço mais reduzido. As dificuldades, no entanto, se instalam com os reajustes.

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) determina que os reajustes são únicos para essa modalidade de contrato. O porcentual é definido pela operadora, aplicado uma vez por ano. “O problema é que a ANS não faz um controle de como esse reajuste é realizado”, conta Scheffer.

Num documento oficial, a própria autarquia reconhece falhas na forma do reajuste. De acordo com a nota, de 2017, a ANS observa que determinadas operadoras usavam fatores estatísticos para impulsionar os reajustes “mesmo que a sinistralidade do período seja inferior à meta de sinistralidade estipulada pela operadora.”

Em 2019, o reajuste médio dos falsos coletivos foi de 14,74%. Bem acima dos 10% determinados para reajustes individuais e da variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) no período, que foi de 4,66%.

“Grande parte do aumento das ações na Justiça é provocada por pessoas que consideram abusivos os reajustes”, avalia Renata Vilhena, especializada na área de planos de saúde. Ela conta que na Justiça costuma requisitar as justificativas contábeis das empresas para os aumentos aplicados a seus clientes. “Nunca recebemos essas informações.”

O estudo da USP traduz em números a experiência de Renata. Das 5,2 milhões de pessoas vinculadas a contratos falsos coletivos, 4,4 milhões (o equivalente a 86%) sofreram reajuste superior ao aumento das mensalidades de planos individuais. Uma das operadoras, que concentra 20% dos clientes, o reajuste foi de 18,9% – 8,9% a mais do que o reajuste do plano individual.

Estadão Conteúdo

Comments

Bovespa fecha queda e perde patamar de 100 mil pontos

O principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, a B3, fechou em queda nesta quinta-feira (15), abaixo do patamar de 100 mil pontos, acompanhando as praças internacionais em meio às crescentes preocupações de uma recessão global.

O Ibovespa recuou 1,20%, a 99.056 pontos. Na abertura, o índice chegou a operar em alta. No melhor momento, foi a 101.014 pontos. Na mínima, marcou 98.200 pontos. Veja mais cotações.

É o menor patamar de fechamento do Ibovespa desde 17 de junho (97.623 pontos). A bolsa não encerrava uma sessão abaixo dos 100 mil pontos desde 18 de junho.

Na semana, a bolsa acumula queda de 4,75%. No ano, no entanto, já subiu 12,71%.

G1

Comments

Gilmar Mendes suspende ação contra Cabral até que STF decida sobre uso de dados do Coaf

Foto : Carlos Moura/SCO/STF

O ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), suspendeu nesta quarta-feira (14) uma ação penal contra o ex-governador Sérgio Cabral (MDB-RJ) com base na decisão do ministro Dias Toffoli sobre uso de dados detalhados do Coaf (Conselho de Controle das Atividades Financeiras).

É o primeiro processo decorrente da Operação Lava Jato interrompido com base na decisão de Toffoli, tomada no mês passado a pedido do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ).

Gilmar deu a decisão atendendo a pedido de Lineu Castilho ex-chefe de gabinete da presidência do DER (Departamento Estadual de Rodagem), acusado de recolher propina para Cabral junto a empreiteiras com contrato no órgão estadual.

A defesa de Lineu afirmou que dados detalhados do Coaf foram usados na investigação contra ele antes de decisão judicial autorizando a quebra de sigilo bancário.

Diferentemente do caso de Flávio Bolsonaro, a apuração contra Lineu começou com base na delação premiada de executivos da empresa União Norte. O relatório do Coaf foi produzido após o depoimento do colaborador.

Em julho, Toffoli determinou a suspensão de investigações criminais e processos pelo país que usem dados detalhados de órgãos de controle —como Coaf, Receita Federal e Banco Central— sem autorização judicial.

A decisão foi dada a pedido do senador contra a investigação da promotoria fluminense aberta contra ele e seu ex-assessor Fabrício Queiroz. Ele alegou ter sofrido quebra de sigilo bancário de forma ilegal por meio de dados repassados pelo Coaf.

Toffoli concordou com a tese do filho do presidente Jair Bolsonaro e estendeu sua decisão não apenas para paralisar a investigação contra ele como todos os inquéritos e processos com dados detalhados do Coaf fornecidos sem autorização judicial.

Segundo o ministro, o plenário do STF já decidiu anteriormente que “o acesso às operações bancárias se limita à identificação dos titulares das operações e dos montantes globais mensalmente movimentados, ou seja, dados genéricos e cadastrais dos correntistas, vedada a inclusão de qualquer elemento que permita identificar sua origem ou a natureza dos gastos a partir deles efetuados”.

A decisão provocou críticas de membros da Operação Lava Jato, entre eles o procurador Eduardo El Hage,

coordenador da Lava Jato do Rio, responsável pelas ações contra Cabral.

Gilmar tomou a decisão por ser o relator da Lava Jato do Rio no Supremo. A decisão atinge apenas uma das 30 ações contra Cabral decorrentes da Lava Jato.
“No caso dos autos, porém, observa-se que o referido RIF [relatório de inteligência financeira] apresentava, além dos detalhamentos bancários, informações sobre a origem, a natureza e o destino das operações realizadas pelos investigados. Por todos esses motivos, resta claro o descumprimento da decisão proferida por este Supremo Tribunal Federal, de modo que a reclamação deve ser provida”, escreveu Gilmar.

Contudo, a Folha apurou que há recursos semelhantes de outros corréus de Cabral no gabinete do ministro. O ex-governador ainda não apresentou recursos do tipo.

A decisão foi dada na véspera do interrogatório do emedebista no processo sobre o DER.

Ele confessou o recebimento de propina a partir de contratos do órgão. Desde o início do ano o ex-governador decidiu assumir os crimes que lhe são atribuídos.

Folhapress

Comments

Bolsonaro analisará possíveis vetos a projeto de abuso de autoridade

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (15) que analisará junto com seus ministros o projeto de lei (PL) de abuso de autoridade, aprovado na Câmara ontem. O projeto depende apenas da sanção presidencial para virar lei. “[O projeto] vai chegar na minha mesa semana que vem. Os ministros vão, cada um, dar sua opinião, sua sugestão de sanção e alguns vetos. E vamos tomar a decisão de forma bastante tranquila e serena”, disse o presidente após evento no Clube Naval de Brasília.

Questionado sobre sua opinião a respeito do tema, o presidente concordou que há abuso de autoridade, e exemplificou com o processo a que respondeu por ter dito à deputada Maria do Rosário (PT-RS), em 2014, que ela “não merecia ser estuprada”. “Tem autoridade que pratica abuso. Eu sou réu por apologia ao estupro. Alguém me viu alguma vez [dizer] que se deve estuprar alguém no Brasil?”, disse.

“Existe abuso, somos seres humanos. Logicamente não se pode cercear os trabalhos das instituições, mas a pessoa tem que ter responsabilidade quando faz algo e fazer baseado na lei”, acrescentou.

Radares móveis

O presidente e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, também comentaram sobre a suspensão do uso de radares móveis nas rodovias, determinada pelo presidente. Bolsonaro afirmou que se fizesse parte do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), não haveria “mais nenhum radar móvel no Brasil”.

A determinação, publicada no Diário Oficial, suspende o uso de radares “estáticos, móveis e portáteis” até que o Ministério da Infraestrutura “conclua a reavaliação da regulamentação dos procedimentos de fiscalização eletrônica de velocidade em vias públicas”.

O ministro esclareceu que existem alguns pontos das estradas onde os radares vão permanecer. O governo fez um acordo com a Justiça para manter radares em transições de áreas de rodovia rural para rodovia urbana, em seguimentos com grande incidência de acidentes, em pontos de transição de velocidade e onde exista a sinalização.

Segundo ele, são nesses pontos em que o radar cumpre seu papel que, ressalta o presidente, é salvar vidas.

Agênia Brasil

Comments

Aplicativo de sucesso entre adolescentes é usado para divulgar pornô e golpes de diversos tipos

Golpes no TikTok direcionam usuário para sites adultos e contas falsas — Foto: Divulgação/TikTok

O TikTok, aplicativo de vídeos e dublagens para Android e iPhone (iOS), tem sido usado por criminosos para aplicar golpes de diversos tipos, como redirecionamento para sites de conteúdo adulto e compra de seguidores. A informação consta em relatório divulgado pela empresa de cibersegurança Tenable nesta quarta-feira (14). Segundo o documento, o app também está repleto de contas falsas de famosos.

“Dada a ascensão meteórica de popularidade do TikTok, não é surpresa nenhuma que golpistas tomassem conhecimento [dele]”, disse Satnam Narang, pesquisador da Tenable. Ele conta que começou a rastrear golpes no TikTok em março, quando o app ultrapassou a marca de um bilhão de instalações, superando redes sociais como Facebook e Instagram. Vale lembrar que a plataforma é muito popular, principalmente, entre crianças e adolescentes — nos EUA, por exemplo, 60% dos 500 milhões de usuários do aplicativo são de 16 a 24 anos. “Até o momento, porém, esses golpes parecem estar em estágio inicial”, atestou.

A ByteDance, empresa responsável pelo TikTok, disse que removeu todas as contas mencionadas no relatório da Tenable, mas não informou o número de perfis apagados ou o quão predominantes são os golpes descritos no documento.

“O TikTok tem práticas rígidas de proteção do usuário contra conteúdos falsos, fraudulentos ou enganosos. Marcamos e removemos a maior parte das contas de spam antes que elas cheguem ao feed dos usuários, e continuamente aprimoramos nossas medidas de segurança, até mesmo quando agentes maliciosos trabalham para escapar de nossas proteções”, afirmou uma porta-voz da empresa.

Entenda os golpes

Segundo o relatório da Tenable, um dos golpes envolvia o roubo de vídeos que mostravam mulheres dançando de biquíni ou fazendo exercícios físicos, publicados originalmente no Instagram ou Snapchat. As filmagens redirecionavam o usuário do TikTok para uma conta do Snapchat, prometendo fotos e vídeos de nudez.

Mais tarde, usando esses mesmos perfis, os golpistas levariam os espectadores a sites de conteúdo pornográfico por assinatura, ganhando dinheiro a cada clique e cadastro de novos membros “premium”. De acordo com o documento, essas contas fraudulentas teriam, em média, 650 seguidores e receberiam mais de 1,7 mil curtidas em seus vídeos. O perfil mais popular descoberto por Narang, por exemplo, tinha mais de 12,3 mil seguidores.

Outra tática usada pelos criminosos consistia em se passar por influenciadores do TikTok ou celebridades para aplicar golpes. Promessas de um rápido aumento de seguidores em troca de dinheiro também estavam entre as fraudes recorrentes no app.

Globo, via Techttudo, CNET e MediaKix

 

LOCAIS

ADEPOL/RN repudia a aprovação do “Projeto de Lei da impunidade”

A Associação dos Delegados de Polícia Civil (Adepol) manifestou repúdio contra a chamada Lei da Impunidade. Na visão da Associação, o projeto irá ampliar a impunidade dos criminosos.

Confira nota na íntegra

NOTA DE REPÚDIO

A Associação dos Delegados de Polícia Civil do RN (Adepol) vem a público manifestar-se contra o projeto de lei nº 7.596/2017, aprovado ontem, na calada da noite, sem votação nominal, pela Câmara dos Deputados, e que criou trinta novas hipóteses de crimes de abuso de autoridade. O novo projeto indiscutivelmente irá ampliar a impunidade aos criminosos, reduzir a elucidação de crimes e promover uma inaceitável intimidação aos profissionais que conduzem as investigações policiais e a atividade jurisdicional.

No momento em que a sociedade clama por maior celeridade e eficiência das investigações policiais; por um sistema de persecução penal menos leniente, permissivo e burocrático; em que o nosso país alcançou o maior número de homicídios do globo, permanecendo grande parte impune; em que os policiais trabalham sem a necessária segurança jurídica, com um sistema de leis que não os ampara, sem estrutura e condições de trabalho adequadas; os parlamentares elegem como prioridade a criação de uma lei focada em intimidar e inviabilizar a atividade policial, bem como a atividade de persecução penal como um todo.

O projeto de lei é manifestamente contrário aos anseios da população que clama por mais segurança jurídica para os policiais, mais eficiência e celeridade das investigações criminais e a valorização daqueles que realizam o trabalho de combate à criminalidade organizada.

Dentre os vários tipos abusivos e imprecisos, o indigitado projeto de lei considera abuso de autoridade o policial que cumpre mandado de busca e apreensão “mobilizando veículos, pessoal ou armamentos de forma ostensiva”; ainda pune o policial que ao cumprir um mandado de prisão, algeme o preso, incentivando que o policial coloque a própria vida em risco. Além da criação de diversos crimes com tipos penais abertos e abstratos, o que certamente irá tumultuar o andamento de investigações mais complexas, colocar o policial eternamente sob suspeita, além de criar constrangimentos injustos aos profissionais que já trabalham com tanta dificuldade e pressão.

Diante desta total inversão de valores, por se tratar de uma legislação preconceituosa em relação ao policial, e ainda por caminhar na contramão dos anseios sociais, a ADEPOL/RN vem a público REPUDIAR a aprovação do projeto de lei nº 7.596/2017, e SOLICITAR ao presidente da República, Jair Bolsonaro, que o projeto NÃO SEJA sancionado da forma que se encontra.

Cláudio Henrique Amorim
Presidente Interino da ADEPOL/RN

 

Microcrédito da AGN beneficia 467 empreendedores de oito cidades do RN

A Agência de Fomento do Rio Grande do Norte entregou nesta quinta-feira (15), nas cidades de Apodi e Upanema, o financiamento para 467 empreendedores de oito municípios do Rio Grande do Norte a partir de um investimento de R$ 1,39 milhão através do programa do Microcrédito do Empreendedor Potiguar.

A primeira entrega foi realizada na cidade de Apodi, na região Oeste potiguar. Na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, 231 empreendedores de Apodi, Caraúbas, Itaú, São Francisco do Oeste e Rodolfo Fernandes foram recebidos pela equipe técnica da Agência de Fomento para assinar seus contratos e receber os recursos para investir em seu negócio. Um total de R$ 760 mil foram injetados na economia da região.

À tarde, Upanema recebeu a caravana do Microcrédito no Ginásio Poliesportivo Wilneran Cabral dos Santos. Lá, 236 empreendedores distribuídos em Upanema, Janduís e Campo Grande foram beneficiados pelo programa gerido pela AGN e que resultou num investimento de R$ 609 mil na economia dos três municípios da região.

Os dois eventos contaram com a participação da diretora-presidente da AGN-RN, Márcia Maia, e da governadora do RN, Fátima Bezerra, que comemoraram a oportunidade de fomentar o desenvolvimento econômico a partir do empreendedorismo regional. O Microcrédito gera ocupação e renda nos diferentes setores e ajuda a desenvolver a economia do Estado.

“Quero destacar que em meio a essa crise nacional, o Governo do Estado abraça os pequenos empreendedores e movimenta a economia no plano local, contribuindo para fortalecer a cidadania. Temos trabalhado, junto com a diretora da AGN, Márcia Maia, e sua equipe, para que o programa chegue a todos os municípios do RN. O governo é para governar para todos e todas, mas sobretudo, é para olhar para os pequenos, para os que compõem a maior camada da população brasileira”, disse a governadora

Para a diretora-presidente da AGN, o programa oferece oportunidade a pessoas para que elas possam desenvolver seus projetos e abraçar o empreendedorismo. “É, sem dúvida, um dos programas mais exitosos do estado. Não apenas pelo aspecto econômico, a partir da injeção de recursos na economia das cidades e regiões, mas principalmente por permitir que as pessoas possam empreender, desenvolver seus próprios negócios e realizar seus sonhos. É uma iniciativa, acima de tudo, voltada para as pessoas”, afirmou Márcia Maia.

De janeiro até a primeira semana de agosto, o programa Microcrédito do Empreendedor já injetou R$ 9,5 milhões na economia potiguar e beneficiou mais de 2,9 mil empreendedores dos mais variados segmentos em todas as regiões do Rio Grande do Norte.

Comments

Câmara Municipal de Parnamirim define programação com foco ao combate à violência contra mulher

Fotos: Divulgação

Nos próximos dias 20 e 21 de agosto, das 8h às 17h, a Câmara Municipal de Parnamirim realizará uma programação alusiva a Semana de Combate à Violência contra a Mulher. A sede da casa legislativa abrigará diversas ações, como palestras educativas, atendimentos jurídicos, psicológicos e sociais.

O evento compõe a programação do Agosto Lilás,e além da Câmara, através da Frente Parlamentar em Defesa das Mulheres, conta com a parceria do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM) e do Ministério Público. “De forma histórica, estaremos também abrindo as dependências da Câmara para abrigar as ações voltadas ao combate à violência contra a mulher. Então, é de fundamental importância a participação da população no engajamento dessa causa”, convocou o presidente da Câmara, vereador Irani Guedes.

De acordo com a presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos das Mulheres da Câmara, vereadora Ana Michele, o Brasil é o quinto país com mais vítimas de feminicídio do mundo, enquanto o Rio Grande do Norte e Sergipe lideram o ranking nacional. “Após esta programação vamos continuar nos reunindo para elaborar políticas públicas de apoio a estas mulheres”, afirmou.

A programação contará com diversas atividades na casa legislativa, como Seminário, Exposição fotográfica, rodas de conversa e oficinas, ação conjunta com o Projeto Se cuida Parnamirim, além de visitas técnicas da Frente Parlamentar ao CREAS, DEAM, Maternidade Divino Amor e ao Juizado da Violência Contra Mulher.

Confira a programação:

· Dia 20/08/19 – Manhã

· Seminário “Vire a página: seja autora de uma nova história” – 08h às 12h.

Ø Coffee Break.

Ø Exposição fotográfica intitulada “Ele não te ama” – Fotógrafa Kalina Veloso.

Ø Exposição de Artesanato – CCAPAR (Cooperativa de Costureiras e Artesãs de Parnamirim).

Ø Apresentação Cultural – “A Carne” – Célia Bombom.

Ø Abertura oficial do Seminário.

Ø Mesa Redonda 1: Sociojurídico. – 09h às 10h.

Coordenadoras da Mesa: Vereadora Kátia Pires e Vereadora Rhalessa Cledylane Freire dos Santos.

· “Racismo e Violência Contra à Mulher” – Elizabeth Lima da Silva, Assistente Social, Mestre em Políticas Pública e uma das fundadoras do Movimento Negro do RN.

· “O Fortalecimento da Rede de Proteção à Mulher no Município de Parnamirim” – Andréia Farias, Pedagoga e Coordenadora do Centro de Referência de Assistência Social (CREAS) de Parnamirim/RN.

Mesa Redonda 2: Emprego, Renda, Empreendedorismo e Empoderamento Feminino. 10h às 11h.

Coordenadoras da Mesa: Vereadora Ana Michele de Farias Cabral e Vereadora Raimunda Nilda da Silva Cruz.

· “O Empreendedorismo e o Empoderamento Feminino: expectativas e desafios” – Maria Betânia Valladão de Sousa, Engenheira de Alimentos, Advogada, Mestre em Direito Constitucional pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Especialista em Gestão Pública e Advogada do Gabinete da Vereadora Kátia Pires.

· “Pacto Brasil Mais Empreendedor” – Larissa Marques, Mestre em Gestão da Inovação e Diretora de Inovação da CDL Jovem Natal.

Ø Mesa Redonda 3: Saúde. 11h às 12h.

Coordenadoras da Mesa: Vereadora Vandilma Maria de Oliveira e Vereadora Fativan Alves Moura de Paula.

· “O Acolhimento à Mulher Vítima de Violência” – Ângela Cristina Oliveira Pinto, Profª Mestre em Serviço Social.

· “Violência Contra às Mulheres e O Impacto do Racismo na Saúde: Desafios na Rede de Enfrentamento” – Profª. Mariah da Apresentação Nascimento da Silva, Coordenadora do Curso de Enfermagem da UNINASSAU de Parnamirim.

· “Humanização, Dignidade e Acesso aos Serviços de Saúde às Mulheres Vítimas da Violência” – Profª. Juliana Raquel Silva Souza, Doutoranda em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Especialista em Enfermagem do Trabalho e Coordenadora de Graduação em Enfermagem do Centro Universitário do Rio Grande do Norte (UNI-RN).

Dia 20/08/2019 – Tarde:

Ø Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS) – 14h.

Acolhimento e atendimento às mulheres colaboradoras da Câmara Municipal de Parnamirim.

Dia 21/08/19:

Manhã – 09h às 12h. / Tarde – 14h às 17h.

Ø Rodas de Conversa:

· “O que é violência doméstica?”.

Facilitadora: Mítia Costa Montenegro, Psicóloga, Arquiteta e idealizadora do Projeto Social Doe Amor.

· “Empoderamento Feminino”.

Facilitadora: Andréia Farias, Coordenadora do CREAS de Parnamirim.

· “Os desafios da Mulher Negra no Brasil”.

Facilitadora: Silvana dos Anjos – Coordenadora Municipal da Igualdade Racial, Giselma Omilê – Coordenadora Estadual de Igualdade Racial, Elizabeth Lima da Silva – Assistente Social, Mestre em Políticas Públicas e uma das fundadoras do Movimento Negro do RN e Mãe Lúcia de Nanã.

Ø Atendimentos Jurídicos, Sociais e Psicológicos.

· Plantão Psicológico e Social;

>Realização das Práticas Integrativas Complementares em Saúde (PICS);

· Orientação Jurídica;

· Ação de Vacinação de acordo com o Calendário Vacinal do adulto;

· Realização da Glicemia Capilar e Aferição da Pressão Arterial;

· Estrutura anatômica para abordar a Saúde da Mulher;

· Unidade Móvel da Polícia Civil.

 

Por G1 RN

 


Radares móveis (arquivo) — Foto: PRF/Divulgação

Radares móveis (arquivo) — Foto: PRF/Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Rio Grande do Norte seguiu a determinação do Governo Federal e suspendeu a partir desta quinta-feira (15) o uso de radares móveis em rodovias federais. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União.

Segundo a PRF, a suspensão vale até que seja concluída uma revisão das normas sobre a fiscalização eletrônica de velocidade, que deverá ser feita pelo Ministério da Infraestrutura. A pasta controla o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e o Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que definem regras sobre o assunto.

De acordo com o despacho assinado pelo presidente Jair Bolsonaro, a suspensão tem como objetivo “evitar o desvirtuamento do caráter pedagógico e a utilização meramente arrecadatória” dos equipamentos.

Na segunda-feira (12), Bolsonaro havia afirmado que pretendia acabar com os radares móveis no país já na semana que vem. Na ocasião, ele disse que se tratava de uma decisão dele próprio e que era “só determinar à PRF [Polícia Rodoviária Federal] que não use mais”. O presidente, no entanto, afirmou que poderia voltar atrás se alguém “provar que esse trabalho é bom”.

A suspensão se aplica aos seguintes radares:

  • Estático: instalado em veículo parado ou sobre suporte
  • Móvel: instalado em veículo em movimento
  • Portátil: direcionado manualmente para os veículos

Fonte: G1

 

Por G1 RN

 


Fest Bossa & Jazz acontece pelas ruas de Pipa — Foto: Divugalção

Fest Bossa & Jazz acontece pelas ruas de Pipa — Foto: Divugalção

A primeira etapa da 10ª edição do Fest Bossa & Jazz começou nesta quinta-feira (15) na praia de Pipa, no litoral Sul potiguar. A programação no local vai até o próximo domingo (18) e reunirá atrações musicais gratuitas pelas ruas da praia, além de oficinas.

As palestras, oficinas, workshops e rodas de conversa para crianças e jovens estudantes da rede pública acontecem durante o dia. À noite, haverá pocket shows gratuitos entre ruas, galerias e praças, distribuídos em cinco polos ao longo da Baia dos Golfinhos, avenida principal da praia(veja as principais atrações no fim).

No total, são 22 bandas, em 48 apresentações durante os quatro dias de evento, além das Jam Sessions, realizadas ao final da noite, quando músicos e público se unem para improvisar e cantar.

Após passagem por Pipa, o festival, que completa 10 anos em 2019, segue para Mossoró, de 19 a 21 de setembro e, por fim, São Miguel do Gostoso, de 10 a 13 de outubro.

Vejas as atrações

  • Lan Lanh
  • The Cinelli Brothers.
  • Banda Terráquea & Cacá Magalhães (BA),
  • Brazuka Jazz (RN)
  • Indiana Nomma (Honduras e RJ)
  • Duetto Cabroso (RN)
  • Darlan Marley Quarteto (RN)
  • Gabriel Yang (CE)
  • Arthur Philipe & Quintessence (PE)
  • Chico Bethoven & Regional Choro do Elefante (RN)
  • Macumbia (PB)
  • Clara Menezes (RN)
  • Duo Rock Cello & Piano (RN)
  • Gumbo Blues (CE)
  • Duo Jubileu Filho & Cacá Velloso (RN)
  • Jammin” (RN)
  • Blues Sinners (PE/RN)
  • Pablo Osta (ARG)
  • Fernanda Fialho (CE)
  • Quarteto da Pipa (URU/ SP/CE/ BA)
  • Bossa & Jazz Street Band (RN)

Fonte: G1RN

 

Por G1 RN

 


Sanfona está entre produtos leiloados eletronicamente pela Receita Federal em Natal — Foto: Receita Federal/Divulgação

Sanfona está entre produtos leiloados eletronicamente pela Receita Federal em Natal — Foto: Receita Federal/Divulgação

A Delegacia da Receita Federal em Natal vai fazer um leilão pela internet para venda de 84 lotes de mercadorias como equipamentos eletrônicos, de informática, relógios, celulares e cosméticos, entre outros. O prazo para recebimento de propostas está aberto até às 21h do dia 28 de agosto. Veja aqui.

Bebidas alcoólicas como uísques, além de instrumentos musicais como sanfona, teclado e até equipamentos de DJ, estão entre os produtos oferecidos. Os preços dos lotes variam de R$ 50 a R$ 150 mil.

Segundo a Receita Federal, os interessados podem fazer visitas e examinar as mercadorias até esta sexta-feira (16), bem como dos dias 19 a 23 e 26 a 28 (das 13h às 16h30), na sede da Receita em Natal.

A data de realização da sessão pública para classificação e ordenação de propostas será no dia 29 de agosto de 2019, às 14h. Já a sessão pública para lances será nesta mesma data, às 15h, sempre considerando o horário oficial de Brasília.

Interessados podem visitar Receita Federal em Natal para avaliar produtos — Foto: Receita Federal/Divulgação

Interessados podem visitar Receita Federal em Natal para avaliar produtos — Foto: Receita Federal/Divulgação

Conforme a Receita, a visitação dos Lotes deverá ser agendada previamente através do telefone (84) 3220-2200.

Os interessados em participar do Leilão Eletrônico não poderão ter pendências com a Receita Federal e com a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN). Ainda deverão acessar o site da RFB, Portal (e-CAC), mediante a utilização de Certificado Digital válido, e escolher a opção de atendimento “Sistema de Leilão Eletrônico” (SLE).

Fonte: G1RN

Continuar lendo ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESTA QUINTA-FEIRA

DUETOS FANTÁSTICOS: FERNANDA TAKAI & ERASMO CARLOS INTERPRETAM “DO FUNDO DO MEU CORAÇÃO”

Na coluna MUSICAL desta quinta-feira você vai curtir muito mais um DUETO FANTÁSTICO com Erasmo Carlos e FernandaTakai, interpretando “Do fundo do meu coração”, no Som Brasil da Globo. Um show que vale a pena conferir!

Fonte: 

Publicado em 12 de nov de 2009

Continuar lendo DUETOS FANTÁSTICOS: FERNANDA TAKAI & ERASMO CARLOS INTERPRETAM “DO FUNDO DO MEU CORAÇÃO”

FILOSOFIA: SABEDORIA ESTOICA – O SÁBIO É IMUNE AOS INFORTÚNIOS

Na coluna FILOSOFIA desta quinta-feira temos mais uma mini-palestra do filósofo Leandro Karnal. Desta vez ele fala sobre a Sabedoria Estoica: O sábio é imune aos infortúnios. Uma palestra que vale a pena conferir!

Fonte: 

Publicado em 29 de set de 2017

Continuar lendo FILOSOFIA: SABEDORIA ESTOICA – O SÁBIO É IMUNE AOS INFORTÚNIOS

ENTREVISTA: O ESCRITOR WAGNER BRAGA É ENTREVISTADO NO BOM DIA CIDADE DA 94 FM

Caro(a) leitor(a),

No dia de ontem estive sendo entrevistado pelos brilhantes jornalistas da Rádio 94 FM, Jener Tinôco e Raissa Melo, no programa Bom Dia Cidade, bem cedinho, pra falar da minha obra, se é que posso denominar assim, pois já são dois livros publicados e mais um vindo por ai, muito em breve. Os dois primeiros livros publicados pela Editora Sarau das Letras, dos amigos Clauder Arcanjo e Davi Leite, ambos de Mossoró, são Eu Cósmico, A Essência e Crer ou Não Crer, Eis a Questão! O primeiro publicado em 2017 e o segundo em março deste ano. O terceiro, cujo título será “Coração, Intuição e Gratidão está planejado para ser lançado até novembro. Reproduzo a seguir o conteúdo completo da entrevista, que foi muito boa, o Jener Tinôco, um conhecido de longa data, é uma pessoa fantástica, foi muito cortês e me deixou muito a vontade. Também adorei conhecer a jornalista Raissa Melo, pessoa maravilhosa e bastante cativante por que tive grande empatia logo de cara. Agora que sei é sobrinha de um grande amigo meu, passei a admirá-la ainda mais. No mais só tenho a agradecer pela oportunidade e pela grande receptividade dos dois.

Fonte: 

Transmitido ao vivo em 13 de ago de 2019

Continuar lendo ENTREVISTA: O ESCRITOR WAGNER BRAGA É ENTREVISTADO NO BOM DIA CIDADE DA 94 FM

BOAS NOTÍCIAS: UMA QUANTIDADE DE OPÇÕES IMENSA DE ESTUDAR NO EXTERIOR!

Na coluna BOAS NOTÍCIAS desta quarta-feira temos um show de opções para quem quer estudar e morar no exterior. Veja a reportagem completa a seguir e conheça todas as opções disponíveis, da Austrália aos EUA, do Canadá ao Japão e a Europa. Não deixe de conferir ou poderá estar perdendo a maior oportunidade da sua vida!

Quer estudar na Austrália, Europa, Canadá, EUA ou Japão? Bolsas abertas

Foto: Pixabay

Foto: Pixabay

Notícia boa para quem sonha em estudar fora do Brasil. Universidades de vários países estão com bolsas abertas e as inscrições já começaram. Algumas são para este ano e outras para 2020.

Há opções para graduação, mestrado e doutorado nos Estados Unidos, Austrália, Holanda e França, entre outros.

O portal Estudar Fora selecionou as 20 melhores, e nós reproduzimos pra você de acordo com os países e as datas para inscrições:

Nova Zelândia

A Universidade de Canterbury, na Nova Zelândia, aceita candidaturas para suas bolsas de graduação até 15 de agosto. Trata-se de um auxílio financeiro concedido a alunos do primeiro ano dos cursos oferecidos na instituição. Para se inscrever, é necessário submeter a applicationonline.

Ao todo, serão até 25 bolsas concedidas, por meio do programa UC International First Year Scholarship. O prêmio dado aos alunos selecionados vai de 10 a 20 mil dólares neozelandeses (o que dá cerca de R$ 25.700 a R$ 51.400 na cotação atual).

Austrália

Já pensou em estudar na Austrália? A Universidade de Melbourne, situada na capital cultural do país, abriu inscrições para bolsas de graduação e pós em Melbourne. São diversas modalidades de bolsas, que vão desde aportes únicos até bolsas integrais com auxílio ao candidato durante a duração do curso. As inscrições vão até 30 de outubro.

Entre as bolsas para alunos de graduação, a principal é a Melbourne International Undergraduate Sholarship. Ela vai desde um valor de AU$ 10 mil no primeiro ano da graduação até o valor total do curso do candidato, de acordo com o seu desempenho acadêmico.

Já para pós-graduação, há as Graduate Research Scholarships, que cobrem odos os tuition feesdo curso e oferecem um valor anual de AU$ 30.600 para que o candidato se mantenha na Austrália.  Elas têm duração máxima de até dois anos, para programas de mestrado, ou até três anos e meio, para doutorado.

Canadá

Localizado em Toronto, maior cidade do Canadá, o Humber College é uma das principais instituições de ensino superior do país. Ao todo, são mais de 150 cursos full-time disponíveis. Os interessados em estudar por lá podem concorrer a bolsas de estudo para graduação no Canadá.

As inscrições estão abertas até 27 de setembro para as turmas que iniciam o curso em janeiro de 2020. Nesse caso, estão disponíveis sete bolsas: três de 5 mil dólares canadenses ao ano, uma de 3 mil dólares por um ano e três de mil dólares por um ano.

Canadá, em Winnipeg

A Universidade de Winnipeg está com inscrições abertas para o programa de bolsas President’s Scholarship for Young Leaders. Trata-se de um programa de bolsas de estudo no Canadá que contempla desde intercâmbios de inglês até cursos de graduação, pós-graduação e aperfeiçoamento profissional oferecidos pela universidade. As inscrições vão até 30 de setembro.

O valor das bolsas vai de 3.500 dólares canadenses para os intercâmbios de inglês (English Language Programs) e programas de aperfeiçoamento profissional (PACE), até 5.000 dólares canadenses para os programas de graduação e pós-graduação.

Isso corresponde a cerca de 25% a 100% dos custos dos estudos (de acordo com o programa escolhido). Programas intensivos de inglês, por exemplo, têm valor inferior ao da bolsa. Já os cursos de graduação têm anuidade de até 17 mil dólares canadenses. Alunos que necessitem de auxílio financeiro adicional também podem, após a admissão, pleitear mais auxílio financeirooferecido pela universidade.

EUA 

A Organização de Estados Americanos (OEA) está com inscrições abertas para três programas de bolsas de graduação nos EUA. Os programas oferecem bolsas para universidades na Carolina do Sul, Colorado e Kentucky, a saber: a University of South Carolina Aiken (USC Aiken), a Colorado State University (CSU) e a Western Kentucky University (WKU). Cada um deles tem seu próprio prazo de inscrição, mas todos estarão abertos o

Em todos os casos, é necessário primeiro ser aceito pela universidade para, em seguida, concorrer às bolsas de graduação nos EUA da OEA. Mais informações sobre as oportunidades podem ser vistas neste link.

Alemanha

O serviço alemão de intercâmbio acadêmico (DAAD) está com inscrições abertas para bolsas de estudo na Alemanha em uma série de programas relacionados ao desenvolvimento econômico. As bolsas são parte do programa EPOS, criado com foco no aperfeiçoamento de profissionais de destaque de países em desenvolvimento. As inscrições variam de 31 de agosto de 2019 a até 31 de março de 2020.

No total, são 40 cursos de mestrado e doutorado, com duração entre um e dois anos, ministrados em inglês ou alemão em diversas instituições de ensino superior do país. Uma lista completa dos cursos participantes pode ser vista neste documento.

Alemanha

O Munich International Property Law Center (MIPLC) está recebendo inscrições para bolsas de mestrado em Direito na Alemanha. As bolsas de estudo são oferecidas pelo serviço de intercâmbio alemão (DAAD), e as inscrições vão até 15 de outubro.

O curso, que seleciona 38 alunos anualmente, inclui discussões baseadas em Common Law e Civil Law, além de disciplinas como economia e administração de empresas, e é ministrado totalmente em inglês. O MIPLC, por sua vez, é um centro de pesquisa comandado por quatro instituições diferentes: o Max Planck Institute for Innovation and Competition, a Universidade de Augsburg, a Universidade Técnica de Munique e a George Washington University.

Os bolsistas escolhidos receberão um valor mensal de 750 a 1.000 euros durante os 12 meses de duração do curso. A bolsa também cobre despesas com passagem aérea e com seguro de saúde do bolsista na Alemanha. Saiba mais.

Alemanha

O serviço alemão de intercâmbio acadêmico (DAAD) está oferecendo até oito bolsas de estudo para mestrado na Alemanha, na área de ecologia e conservação. As bolsas são para o programa de mestrado em Ecologia da Paisagem e Conservação da Natureza (ou LENC na sigla em inglês) oferecido pela Universidade de Greifswald, no nordeste da Alemanha. As inscrições vão até 15 de dezembro.

As bolsas de estudo para mestrado na Alemanha do DAAD oferecem um valor mensal de €750 (cerca de R$ 3.300) e subsidiam os custos de estudo e pesquisa do candidato, além de suporte para a família do bolsista. Cobrem também as despesas com passagem aérea, seguro de saúde na Alemanha, e um curso de alemão de dois meses antes do início dos estudos (em agosto de 2020, segundo o edital).

Alemanha

O Serviço alemão de intercâmbio (DAAD) está recebendo inscrições para bolsas de mestrado em planejamento urbano na Alemanha. As bolsas de estudo são para o programa de M.Sc. em “Regional Development Planning and Management” ministrado pela escola de planejamento espacial (SPRING) da TU Dortmund. As inscrições vão até 1 de outubro.

Os bolsistas selecionados receberão um valor mensal de €850 (cerca de R$) por mês para se manter durante a duração do curso. A bolsa também inclui seguro-saúde e passagem aérea de ida e volta para o Brasil.

Alemanha

Estão abertas até 1 de outubro as bolsas de estudo para MBA na Alemanha, como parte do programa EPOS, criado pelo Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD, na sigla em alemão). O EPOS foca cursos de pós-graduação no país que se relacionem ao desenvolvimento sustentável e, nesse caso, a formação oferecida pela Universidade de Leipzig dedica-se às pequenas e médias empresas.

A formação recebe o nome de SEPT, sigla que significa “Small Enterprise Promotion and Training”(ou, em tradução livre, “promoção e treinamento para pequenas empresas”). O programa foca em pequenas empresas, analisando casos de sucesso na Alemanha e as medidas que lhes renderam esse sucesso.

Alemanha

A Universidade de Frankfurt, na Alemanha, abriu inscrições para o programa “Goethe Goes Global”, que oferta bolsas de mestrado a alunos internacionais. A proposta é atrair jovens que tenham bom desempenho acadêmico e que se interessem por pesquisa. Para se inscrever às bolsas para a Universidade de Frankfurt, é necessário submeter a candidatura até 31 de agosto.

Os selecionados pela iniciativa recebem auxílio mensal de mil euros, durante os dois anos de duração do curso. As bolsas estão disponíveis para todos os programas de mestrado oferecidos pela Universidade de Frankfurt. Para concluir a formação, os alunos podem escolher entre redigir uma dissertação ou fazer um estágio supervisionado na unidade de pesquisa da universidade correspondente ao seu curso.

Alemanha

A Alexander von Humboldt Foundation está recebendo inscrições para a German Chancellor’s Fellowship para líderes do amanhã. Trata-se de um programa de bolsas de pesquisa na Alemanhaque tem o objetivo de recrutar jovens líderes do Brasil, China, Índia, Rússia e Estados Unidos que possam atuar como mediadores entre a Alemanha e seus países de origem no futuro. As inscrições vão até 15 de setembro.

Durante a fellowship, os bolsistas receberão mentoria individual de um mentor de sua escolha para desenvolver um projeto de pesquisa de um ano. Participarão também de uma study tour da Alemanha, passando por diversas instituições de ensino e eventos de networking com outros fellows e representantes de empresas e organizações alemãs. A fundação também apoia os fellows a manterem esse contato durante toda a sua carreira.

Alemanha

O Georg Eckert Institute, um instituto alemão dedicado à pesquisa em materiais didáticos, está recebendo inscrições para bolsas para pesquisa em livros didáticos e mídias educativas. Estão abertos dois programas: o Georg Eckert Institute Fellowship Programme e o Otto Bennemann Grant, ambos voltados a esse mesmo tema. As inscrições para os dois vão até 15 de setembro.

Os selecionados para o Fellowship Programme receberão um aporte mensal de €1.000 pela duração do programa. A duração varia de acordo com o projeto de pesquisa do candidato. O tempo mínimo, no entanto, é de duas semanas. E, usualmente, as bolsas têm duração de um mês a um mes e meio.

Já o Otto Bennemann Grant oferece um valor mensal de €2.000 por até dois meses. A ideia dela é promover pesquisas sobre livros didáticos que tenham (as pesquisas) abordagens metodológicas inovadoras. Tanto a Fellowship quanto a Grant também permitem que os escolhidos solicitem auxílio nas despesas com passagens aéreas. Nesse caso, o instituto cobre 50% das despesas de viagem, até o valor máximo de €500.

Alemanha

O Deutsches Museum, um museu localizado em Munique, na Alemanha, está recebendo inscrições para o Scholar-in-Residence Program 2019. O programa oferecerá bolsas de pesquisa na Alemanha até €30.000 para pesquisadores que queiram desenvolver projetos de pesquisa de nível de doutorado ou pós-doutorado relacionados ao acervo do museu. As inscrições vão até 11 de outubro.

Os projetos podem ter seis ou 12 meses de duração. Projetos de nível de doutorado receberão uma bolsa de €7.500 (caso sejam de seis meses de duração) ou €15.000 (para 12 meses). Projetos de nível pós-doutorado, por sua vez, receberão bolsa de €15.000 (seis meses) ou €30.000 (12 meses). Além dos valores, os bolsistas também terão seu próprio espaço de trabalho no museu, com computador e telefone, e terão a oportunidade de morar temporariamente em apartamentos subsidiados pelo museu.

Argentina

Para quem pensa em estudar na América Latina: está aberto um edital para bolsas de estudo e pesquisa na Argentina, oferecido pelo próprio governo do país. As bolsas são oferecidas para uma seleção de cerca de 30 programas de mestrado diferentes, em 15 universidades e escolas diferentes da Argentina. As inscrições vão até 5 de setembro.

A lista completa de programas contemplados pode ser vista neste link. No caso de bolsas de pesquisa, não há uma lista fechada de programas elegíveis. Todas as universidades argentinas de gestão estatal podem oferecer as bolsas, contanto que o candidato consiga um convite de um pesquisador da instituição para realizar seu trabalho por lá recebendo a bolsa.

Índia

A Anant University está recebendo inscrições para o programa Anant University Fellowship. Com o subtítulo de “Solutionaries for the Built Environment”, o programa oferecebolsas de estudo para pós-graduação na Índia a estudantes de áreas como Design, Arquitetura, Urbanismo, Engenharia Civil e Ciências Ambientais. Não há um prazo limite para as inscrições mas a universidade ressalta que candidatos interessados nas bolsas de pós-graduação na Índia devem se inscrever o quanto antes.

A Fellowship é o principal programa da Anant University, segundo a própria universidade. Trata-se de um programa multidisciplinar de um ano de duração que aborda áreas como urbanismo verde, técnicas de construção baseadas na terra e, ao mesmo tempo, disciplinas como Antropologia e Sociologia.

A universidade oferece bolsas de 80% dos custos do programa com habitação e alimentação, que são de 1 milhão de rúpias (cerca de R$ 55 mil). Estudantes com renda familiar anual inferior a 800.000 rúpias (cerca de R$ 44 mil) também podem pleitear bolsas integrais que cobrem os custos de tuition, alimentação e moradia durante o ano de curso.

Japão

Estão abertas até 29 de novembro as inscrições para a fellowship Keizo Obuchi, uma iniciativa da UNESCO para pesquisadores de até 40 anos. O programa, desenvolvido em parceria com o governo do Japão, recrutará dez estudiosos para receber um aporte de US$ 10.000 aos seus projetos de pesquisa, que podem ser realizados ao longo de 3 a 9 meses em quaisquer países.

Embora as bolsas sejam para qualquer país, terão preferência os candidatos que desejarem realizar pelo menos parte de seus estudos no Japão. Mulheres e cidadãos de países em desenvolvimento também terão preferência no processo de seleção das bolsas.

Singapura

O Governo de Singapura abriu inscrições para bolsas para PhD nas áreas de Ciências Biomédicas, Engenharia e temas ligados às Ciências Físicas (como Química, Física e Astronomia), pelo programa Singapore International Graduate Award (SINGA). É possível se candidatar até 1 de dezembro para o programa voltado a alunos de doutorado, que tem início em maio de 2020.

A bolsa cobre integralmente os valores de anuidade por até quatro anos de duração do programa. Há ainda um valor mensal de cerca de 2 mil dólares (que aumenta para 2,5 mil depois que o candidato faz a qualificação), auxílio financeiro de mil dólares para instalação no país e 1.500 dólares para passagens aéreas. Saiba mais.

Austrália

Universidade de Sydney recebe, todos os anos, pesquisadores do mundo todo para seus programas de mestrado e doutorado. Por meio de suas bolsas de estudo internacionais, a instituição oferece apoio financeiro para quem deseja desenvolver pesquisa na Austrália. As inscrições vão até 31 de agosto.

Vale lembrar que não há uma application separada para as bolsas de estudo. Os candidatos devem submeter seus dados e documentos exigidos por seu curso de escolha, para serem avaliados por uma série de critérios. Entre eles, estão o desempenho acadêmico na graduação e a experiência prévia em pesquisa. Como benefício, o programa cobre o valor da tuition e manutenção no país por um período de até três anos.

Austrália

Um programa financiado pela Universidade de Newcastle e pelo Governo do Commonwealth oferece bolsas para mestrado e PhD na Austrália. São duas rodadas de candidatura por ano, e a próxima encerra inscrições em 1 de setembro.

A bolsa inclui um auxílio de custo anual de 27 mil dólares australiana, cobre o valor da anuidade da universidade e ainda oferece seguro saúde. Os benefícios têm duração máxima de quatro anos para doutorado e de dois anos para mestrado em pesquisa. Confira aqui a lista de PhDs e Mestrados oferecidos pela instituição.

Austrália

Universidade de Flinders, universidade pública localizada em Adelaide, na Austrália, está com inscrições abertas para suas Bolsas Internacionais de Pesquisa em Pós-Graduação. Como parte do Australian Government Research Training Program (AGRTP) Scholarship, serão oferecidas até 10 bolsas para pós-graduação na Austrália. as inscrições vão até 9 de agosto.

As bolsas para pós-graduação na Austrália do programa têm duração de até três anos e cobrem todos os custos de anuidade da instituição, além de um auxílio no valor anual de 27.596 mil dólares australianos (cerca de R$ 74 mil). Gastos do candidato com passagens aéreas também poderão ser reembolsados, e os bolsistas receberão um auxílio instalação de até 1.485 dólares australianos (R$ 4.000 aproximadamente) ao chegar no país. Saiba mais.

Áustria

Estão abertas as inscrições para o Helmut Veith Stipend, um programa de bolsas de estudo de pós-graduação na Áustria para mulheres da área de tecnologia da informação. As bolsas de estudo são voltadas para mulheres que queiram realizar um dos programas de mestrado em Ciências da Computação da Universidade Técnica de Vienna (TU Wien) ministrados em inglês. As inscrições vão até 30 de novembro.

As bolsistas selecionadas terão todos os custos de tuition cobertos. Receberão também um valor de €6.000 (cerca de R$ 26.100) por ano durante a duração do programa para auxiliar com o custo de vida em Vienna, na Áustria. Veja mais informações.

Canadá

O fundo de pesquisas do Québec para natureza e tecnologias está recebendo inscrições para o Merit Scholarship Program for International Students. Trata-se de um programa de bolsas de estudo para doutorado no Canadá, mais especificamente na região do Québec. Há também bolsas de pós-doutorado e de pesquisas de curta duração ou aperfeiçoamento profissional. As inscrições vão até 1 de outubro.

Os bolsistas de doutorado receberão uma bolsa de 25 mil dólares canadenses (cerca de R$ 71.900) por ano, com duração máxima de três anos. É possível pedir uma extensão da bolsa ao fim desse prazo, de até 12 meses. Nesse caso, o bolsista receberá mais mil dólares canadenses (R$ 2.800 aproximadamente) por mês.

Canadá

O governo canadense está com inscrições abertas para o programa Banting Postdoctoral Fellowships. O programa contemplará 70 pesquisadores com uma bolsa de 70 mil dólares canadenses por ano (aproximadamente R$ 209.000), por até dois anos. As inscrições para as bolsas de pesquisa no Canadá vão até 18 de setembro!

O programa é voltado tanto para pesquisadores canadenses quanto estrangeiros. No caso dos pesquisadores estrangeiros (que é o que nos interessa), é necessário que a pesquisa seja realizada em uma instituição canadense. A escolha da instituição fica a cargo do candidato, e a bolsa contemplará pesquisadores nas áreas de humanas, exatas, biológicas e saúde.

Canadá

O Programa Vanier Canada Graduate Scholarships é promovido pelo governo do Canadá para incentivar estudos de doutorado no país. Anualmente, são oferecidas mais de 160 bolsas de estudo no valor de 50 mil dólares canadenses para estudantes das áreas de ciências sociais, humanas, ciências da natureza, engenharia e saúde.

As inscrições para a próxima edição vão até 6 de novembro. Já os cursos, por sua vez, começam em maio ou setembro de 2020. Veja aqui mais informações.

China

Estão abertas até o dia 26 de setembro as inscrições para o programa Schwarzman Scholars, que oferece bolsas de estudo integrais para cursos de mestrado na Universidade de Tsinghua, localizada em Pequim e considerada a melhor universidade entre os países emergentes.

O mestrado tem a duração de um ano e é possível escolher entre três áreas de estudo: Políticas PúblicasEconomia e Negócios, e Estudos Internacionais. Não é necessário ter formação prévia em nenhuma dessas áreas para concorrer, nem dominar mandarim, já que todas as aulas serão em inglês.

As bolsas de estudo cobrem todos os custos do mestrado e incluem também passagens áreas para a China, moradia, alimentação, seguro-saúde, um computador pessoal e uma quantia mensal para gastos pessoais de U$ 4.000. Todos os aprovados deverão morar no campus universitário de Tsinghua.

EUA

Universidade Stanford oferece um programa de bolsas de estudo para seus cursos de pós-graduação, disponível para todas as áreas. O Knight-Hennessy Scholars disponibiliza um total de US$ 750 milhões em apoio financeiro – sendo o maior programa de bolsas já financiado por doações. As inscrições para as bolsas para Stanford vão até 09 de outubro.

As bolsas para Stanford cobrirá todas as despesas do estudante durante seu período de estudos em Stanford, incluindo os custos de anuidade da instituição; alojamento e alimentação dentro do campus; livros e equipamentos de pesquisa e estudos; seguro saúde; despesas de viagem de ida e volta para Stanford; transporte local e um valor para despesas pessoais.

EUA

A universidade estadunidense Johns Hopkins inaugurou recentemente a bolsa de estudos em homenagem a Marielle Franco, vereadora assassinada em março de 2018 no Rio de Janeiro. O apoio financeiro foi disponibilizado graças a uma doação anônima recebida em nome de Marielle.

O valor ainda não foi divulgado, mas o fato é que a bolsa vai custear parte das despesas do mestrado em relações internacionais com foco na América Latina. O curso faz parte do Programa de Estudos Latino-Americanos (LASP) da School of Advanced International Studies (SAIS) na Johns Hopkins. Candidatos a qualquer curso do SAIS da Johns Hopkins serão considerados para receber a bolsa Marielle Franco, desde que sua área de concentração na pesquisa sejam os estudos latino-americanos. A lista de cursos disponíveis pode ser acessada nessa página.

EUA

LAIOB (Latin American Institute of Business) está oferecendo 12 bolsas de estudo para os cursos de Marketing, Management, Sales Management & Negotiation e Innovative Project Management. As bolsas para cursos de negócios são da University of Akron, em Ohio, nos Estados Unidos, e têm duração de duas semanas, com carga horária de 64 horas. Eles acontecerão em fevereiro de 2020. As inscrições vão até 25 de agosto podem ser feitas por meio deste link.

Para cada um dos quatro cursos, o LAIOB oferecerá uma bolsa integral e duas bolsas de 70%, totalizando 12 bolsas para cursos de negócios. Além delas, o instituto também concederá bolsas de 50% e 30% a outros candidatos selecionados durante o processo seletivo.

EUA

O National Endowment for Democracy (NED), um fundo estadunidense voltado ao fortalecimento de instituições democráticas, está recebendo inscrições para a Reagan-Fascell Democracy Fellowship. Trata-se de um programa de bolsas para projetos nos Estados Unidos voltado para ativistas, jornalistas, pesquisadores e líderes da sociedade civil que lhes permite passar cinco meses em residência em Washington D.C. fazendo pesquisa. As inscrições vão até 1 de outubro.

Os “fellows” receberão um valor mensal (não especificado) para cobrir “os custos de um aluguel de apartamento, alimentação, transporte local e outras necessidades” na cidade. O auxílio financeiro também cobre passagens aéreas e seguro saúde. Além disso, os bolsistas terão um escritório totalmente equipado e um orçamento limitado para ligações internacionais e viagens profissionais dentro dos Estados Unidos.

EUA

A Getty Foundation está recebendo inscrições para o programa Getty Scholar Grants, que oferece bolsas para pesquisas nos Estados Unidos. O programa contemplará pesquisadores ou escritores que atuem nas áreas das artes, humanidades ou ciências sociais. As inscrições vão até 1 de outubro.

É possível se candidatar para residências com três, seis ou nove meses de duração, entre setembro de 2019 e junho de 2020. As bolsas para residência de três meses são de US$ 17.200. Para as residências de seis meses, as bolsas são de US$ 42.000. E para residências de nove meses, as bolsas são de US$ 65 mil por todo o período.

Além dos valores, os “scholars” também terão direito a um apartamento no complexo residencial da Getty e de um escritório no Getty Research Institute, na Califórnia. A bolsa também cobre despesas com passagens aéreas até Los Angeles e seguro saúde.

Europa

Comissão Europeia dará quase €300 milhões em bolsas a pesquisadores experientes

Estão abertas as inscrições para as Individual Fellowships das Marie Skłodowska-Curie Actions. O programa, que aceita candidaturas até 11 de setembro, foi criado pela Comissão Europeia, o órgão executivo do bloco europeu. Ele apoia pesquisadores de qualquer lugar do mundo, e conta com um orçamento de €294,49 milhões para o ano de 2019.

O foco da iniciativa são áreas da ciência: Ciências Ambientais e Geociências, Ciências Biológicas, Ciências da Informação e Engenharia, Ciências Econômicas, Ciências Sociais e Humanidades, Física, Matemática e Química. A única restrição de temas refere-se à pesquisa sobre energia nuclear, contemplada por outros editais na Europa.

Europa

Se você pensa em fazer mestrado na Europa e já quer se programar com antecedência, fique ligado. O site educations.com está oferecendo a Study a Master’s in Europe Scholarship, uma bolsa de mestrado na Europa no valor de €5.000 (cerca de R$ 22.000) para cursos que se iniciam no segundo semestre de 2020. As inscrições vão até 13 de abril de 2020.

O valor pode ser usado pelo bolsista para cobrir os custos de tuition de qualquer curso de mestrado de sua escolha na Europa. Como o valor é pago diretamente à universidade, ele não pode ser usado para outros fins. No entanto, a bolsa não tem cláusula de exclusividade: ou seja, você pode se candidatar a outra bolsa de mestrado na Europa para ajudar a custear seus estudos, se quiser.

Itália

A Scuola Normale Superiore (SNS) está com inscrições abertas para bolsas integrais de PhD na Itália, tanto para estudantes italianos como para alunos internacionais. O processo seletivo é relativamente simples, e as inscrições serão recebidas até o dia 29 de agosto!

São oferecidas, no total, 68 bolsas de estudos nas seguintes áreas: Estudos Clássicos, Ciência de Dados, Ciências Políticas e Sociologia, Filosofia, Governança Transnacional, Filosofia, FísicaMatemática, Matemática Financeira, Métodos e Modelos para Ciências Moleculares, Nanociência, Neurociência, Ciências Políticas e Sociologia.

México

A Organização de Estados Americanos (OEA) e o Conselho Nacional Mexicano de Ciência e Tecnologia (CONACYT) estão recebendo inscrições para bolsas para pós-graduação no México. As bolsas de estudo são para programas de mestrado e doutorado em instituições de ensino superior mexicanas, ministrados em inglês ou espanhol. As inscrições vão até outubro.

Os bolsistas receberão um valor mensal que vai de 10.274 pesos mexicanos (cerca de R$ 2.060) para especializações até 15.411 pesos mexicanos (R$ 3.090) para doutorado. Além disso, terão direito a seguro de saúde básico enquanto estiverem no México e descontos das taxas de estudo de determinadas universidades. Os melhores colocados receberão ainda um valor de US$ 1.200 (cerca de R$ R$ 4.580) para auxiliar na sua instalação no país.

Suíça

Já pensou em fazer mestrado na Suíça? A Universidade de Lausanne está com inscrições abertas para bolsas de estudo da instituição. Há opções de cursos em francês e em inglês, e as inscrições podem ser feitas até o dia 1 de novembro. Para concorrer, os candidatos devem escolher um dos programas de mestrado oferecidos pela UNIL. Vale lembrar que alguns deles não são elegíveis: o Mestrado em Medicina, o Mestrado em Direito e o Mestrado em Educação.

A bolsa é de 1600 francos suíços (cerca de R$ 6.280) por mês, entre os meses de setembro e julho. Os selecionados também terão uma taxa reduzida de semestralidade para o mestrado na Suíça. Com isso, pagarão 80 francos suíços, em vez de 580.

Suíça

Estão abertas até 30 de setembro as inscrições para bolsas de MBA para mulheres, no International Institute for Management Development (IMD), Localizado em Lausanne, na Suíça. Será concedida uma bolsa no valor de 25 mil francos suíços, equivalente a aproximadamente 95 mil reais.

A iniciativa surgiu em 1997, quando ex-alunos do instituto uniram-se para estimular a presença feminina na escola suíça. Por isso, o foco são as candidatas de países em desenvolvimento, como é o caso do Brasil.

Hungria

Estão abertas até 8 de agosto as inscrições para a quarta edição do Legal Empowerment Leadership Course. A iniciativa foca profissionais de Direito que tenham papel de liderança e usem a área para causar mudança social. O curso curto na Hungria acontecerá entre os dias 1 e 6 de dezembro, em Budapeste.

De acordo com o programa, o curso de “empoderamento legal” tem o objetivo de “capacitar pessoas para entender, usar e moldar a lei”. Sua meta é “cultivar um grupo global de líderes comprometidos com o empoderamento legal e que compartilham um entendimento comum desse campo, incluindo história, metodologia e evidências”.

Alemanha

O DAAD, Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico, está com inscrições abertas para o programa de bolsas de estudo Winterkurs, em que os estudantes realizam seis semanas de aulas de língua e cultura alemã na Alemanha. O prazo de candidatura termina no dia 15 de agosto.

O Winterkurs é realizado em parceria com universidades alemãs, como Düsseldorf, Köln, Aachen, Berlim e Leipzig. As aulas, por sua vez, ocorrem nos meses de janeiro e fevereiro de 2020.

Genebra

A ONU está recebendo inscrições para o OHCHR Indigenous Fellowship – 2020 Training Programme. Lançado em 1997 pelo Escritório do Alto Comissariado de Direitos Humanos (OHCRH) da ONU, o programa tem o objetivo de apresentar a pessoas de povos indígenas os sistemas e mecanismos da ONU para a proteção dos Direitos Humanos em geral e dos Direitos dos Povos Indígenas em particular. As inscrições para o curso curto da ONU vão até 30 de agosto.

Os participantes escolhidos poderão realizar o programa de treinamento da ONU com tudo pago. Receberão passagens aéreas de ida e volta para Genebra, um valor diário ou mensal para cobrir despesas de acomodação, alimentação e transporte, e um plano básico de seguro de saúde durante a viagem. Os únicos custos não contemplados são despesas com emissão de visto e seguro de viagem.

Dubai

Existente desde 2017, o programa Crossroads Emerging Leaders é oferecido por institutos e clubes de professores e alunos da Harvard University. Trata-se de um programa de liderança da Harvard University de uma semana de duração que acontece no Dubai International Financial Centre, em Dubai, e os estudantes selecionados participam com todas as despesas pagas. As inscrições vão até 30 de agosto.

Na sua próxima edição, o programa será composto por duas etapas. A primeira delas será aberta a todos os candidatos elegíveis, e incluirá cursos online criados pela HarvardX, uma divisão da universidade dedicada a educação a distância. Os estudantes que completarem os cursos dentro de determinado prazo poderão realizar testes de aptidão e concorrer à segunda etapa, que consiste em uma experiência de uma semana em Dubai com tudo pago.

Itália

O International Institute for Humanitarian Law (IIHL) está com inscrições abertas para o centésimo International Refugee Law Course. Trata-se de um curso de direito na Itália com uma semana de duração. O curso é sobre Direito Internacional voltado a refugiados e ações humanitárias, e acontecerá entre 22 e 26 de outubro em Sanremo, na Itália. As inscrições vão até 6 de setembro.

Entre os temas abordados estarão os elementos legais de proteção de refugiados e os princípios, objetivos e programas de ações estabelecidos pelo Pacto Global de Refugiados da ONU. De acordo com o programa do curso, os 25 candidatos escolhidos poderão realizar o curso com todas as despesas pagas, graças ao apoio do Alto Comissário das Nações Unidas para Refugiados (UNHCR).

EUA

Desde 2012, a Universidade Harvard oferece bolsas de estudo anuais para o programa Knight Visiting Nieman Fellowship. Para participar, os fellows devem comprovar como suas ideias de pesquisa contribuirão para o futuro do jornalismo. As inscrições para edição de 2020 já estão abertas e vão até dia 27 de setembro.

Até hoje, foram 42 participantes escolhidos ao redor do mundo. O programa não exige que se tenha formação acadêmica mínima, nem experiência jornalística prévia. Os únicos requisitos dizem respeito ao nível de proficiência em inglês (que deve ser avançado) e à possibilidade de morar em Cambridge durante a fellowship.

Sem local fixo

Wellcome Trust, uma instituição de pesquisa voltada para a saúde pública, está com inscrições abertas para seu programa International Master’s Fellowships. As bolsas de mestrado em saúde pública apoiarão jovens pesquisadores da área de saúde pública, clínicos ou não, a realizar um mestrado sobre temas importantes de saúde pública para países de renda baixa ou média. As inscrições vão até 30 de agosto.

No total, as bolsas de estudo têm um valor de £120.000 (cerca de R$591.800) para 30 meses de duração. Desses 30 meses, 12 deverão ser dedicados a um “taught master’s degree” (um programa de mestrado focado em aulas) e os outros 18 dedicados a um projeto de pesquisa. Os 12 primeiros meses podem ser realizados em qualquer instituição de ensino superior do mundo; os demais 18 meses, no entanto, devem ser focados num país de renda baixa ou média, incluindo o Brasil. A lista completa de países considerados de renda baixa ou média pela Wellcome pode ser vista aqui.

Jovens Embaixadores

Estão abertas as inscrições ao Programa Jovens Embaixadores 2020 – programa promovido pela Embaixada EUA Brasil que leva anualmente 50 estudantes da rede pública para um intercâmbio de três semanas nos Estados Unidos. É possível se candidatar à primeira fase do processo até 11 de agosto!

Para participar, é preciso ter entre 15 e 18 anos até 10 de janeiro de 2020; cursar o ensino médio na rede pública, ter excelente desempenho escolar, bom nível de domínio do inglês, nunca ter viajado aos Estados Unidos, ter uma boa relação com sua escola e comunidade e realizar algum trabalho voluntário há pelo menos um ano.

Com informações do EstudarFora

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: UMA QUANTIDADE DE OPÇÕES IMENSA DE ESTUDAR NO EXTERIOR!

DICA DE LIVRO: SAPIENS, UMA BREVE HISTÓRIA DA HUMANIDADE DE YUVAL NOAH HARARI

Na nossa coluna DICA DE LIVRO estou indicando um livro sensacional, Best-seller internacional, de autoria de Yuval Noah Harari que nos trás alguns questionamentos como, o que possibilitou ao Homo sapiens subjugar as demais espécies? O que nos torna capazes das mais belas obras de arte, dos avanços científicos mais impensáveis e das mais horripilantes guerras?  Faz afirmações como: Chegamos a isso por nossa capacidade imaginativa. Somos a única espécie que acredita em coisas que não existem na natureza, como Estados, dinheiro e direitos humanos. A partir dessas idéias, o autor, doutor em história pela Universidade de Oxford, aborda em Sapiens a história da humanidade sob uma perspectiva inovadora. Ele explica, com muita mestria, que o capitalismo é a mais bem-sucedida religião, que o imperialismo é o sistema político mais lucrativo e que nós, humanos modernos, apesar de sermos muito mais poderosos que nossos ancestrais, provavelmente não somos mais felizes. Um relato eletrizante sobre a aventura de nossa extraordinária espécie de primatas insignificantes a senhores do mundo. Um livro que deve fazer parte de todas as bibliotecas do país.

Foto: Amazon

Continuar lendo DICA DE LIVRO: SAPIENS, UMA BREVE HISTÓRIA DA HUMANIDADE DE YUVAL NOAH HARARI

HISTÓRIA & POLÍTICA: A LEI DAS 12 TÁBUAS NO IMPÉRIO ROMANO, POR JILENE AUGUSTO

Na coluna HISTÓRIA & POLÍTICA desta quarta-feira o nosso historiador Jilene Augusto dá uma mini-palestra sobre as Leis das Doze Tábuas, que foram as 12 leis instituídas em Roma para por ordem na sociedade. Assista ao vídeo ganhe mais conhecimento.

Fonte: 

Publicado em 13 de ago de 2019

Continuar lendo HISTÓRIA & POLÍTICA: A LEI DAS 12 TÁBUAS NO IMPÉRIO ROMANO, POR JILENE AUGUSTO

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESTA QUARTA-FEIRA

Por G1

 


MP que muda regras trabalhistas e reduz a burocracia no Brasil sofre alterações e deve ser votada hoje. Atos contra os cortes do governo e em defesa da educação são registrados em 85 cidades de todos os estados e do DF. Conselho mantém processo contra Deltan Dallagnol por criticar ministros do STF. PSL expulsa Alexandre Frotaapós o deputado subir o tom contra Bolsonaro. A Justiça manda Roger Abdelmassih voltar para a cadeia. Polícia reprime manifestantes em Hong Kong. Rússia retira moradores de vila após aumento de radiação. E agência diz que o Facebook também transcreveu áudios de conversas de usuários.

NACIONAIS

MP da liberdade econômica

A medida provisória da liberdade econômica, que muda regras trabalhistas e pode reduzir a burocracia no Brasil, deve ser votada ainda hoje na Câmara após sofrer alterações em alguns pontos. A proposta voltou a prever pelo menos um domingo de folga por mês. Antes, o texto previa uma folga em até sete semanas para quem trabalhasse aos domingos.

Atos pela educação

Manifestantes participam de ato em defesa da educação — Foto: Allan Carvalho/AM Press & Images/Estadão Conteúdo

Manifestantes participam de ato em defesa da educação — Foto: Allan Carvalho/AM Press & Images/Estadão Conteúdo

Cidades brasileiras registraram atos em defesa da educação e contra a reforma da Previdência. Até as 20h, 85 cidades de todos os estados e do Distrito Federal haviam tido protestos pacíficos. Em São Paulo, a manifestação contra os cortes de verba do governo bloquearam a Avenida Paulista. No Rio, alunos e professores se reuniram na Candelária.

Processo contra Dallagnol

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) rejeitou um recurso do coordenador da força-tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol, e manteve um processo contra ele por criticar ministros do STF. A ação foi movida por Dias Toffoli.

Em entrevista à CBN em 15 de agosto de 2018, Dallagnol criticou uma decisão da 2ª Turma do STF que determinou a transferência de termos da delação da Odebrecht da Justiça Federal e Curitiba para a Justiça Eleitoral e Federal do DF.

Dallagnol disse que os ministros que votaram a favor da decisão (Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski) formavam uma “panelinha” e mandavam uma mensagem “muito forte de leniência a favor da corrupção”.

Entre as punições que Dallagnol pode receber estão: advertência, censura, suspensão, demissão.

Frota expulso

O deputado federal Alexandre Frota foi expulso do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro. Eleito com 155 mil votos, o parlamentar tem criticado publicamente o governo e se absteve no 2º turno da votação da reforma da Previdência.

Nas redes sociais, Frota subiu o tom contra Bolsonaro nos últimos meses e o parlamentar apagou suas páginas. Em entrevista à revista “Época”, ele afirmou que está cansado e que sai da vida digital porque “esses eleitores são da época Bolsonaro”.

Abdelmassih de volta à prisão

Roger Abdelmassih tem prisão domiciliar suspensa — Foto: Reprodução/GloboNews

Roger Abdelmassih tem prisão domiciliar suspensa — Foto: Reprodução/GloboNews

A Justiça mandou o ex-médico Roger Abdelmassih de volta para a cadeia. Condenado pelos estupros de 37 mulheres, ele cumpria prisão domiciliar e é suspeito de mentir sobre a própria saúde para aliviar a pena. Abdelmassih deve ficar em hospital penitenciário por pelo menos 30 dias.

Alexandre Nardoni

Condenado a 30 anos de prisão por matar a filha, Alexandre Nardoni, também voltou a ficar preso em regime fechado. Ele cumpria pena no semiaberto desde abril, mas Justiça entendeu que só cumprir o tempo exigido para a progressão de pena não seria suficiente, e determinou que ele seja submetido a teste para avaliar o perfil psiquiátrico.

Revolta em Hong Kong

Polícia usa spray de pimenta para dispersar os manifestantes dentro do aeroporto de Hong Kong nesta terça-feira (13). — Foto: Thomas Peter/Reuters

Polícia usa spray de pimenta para dispersar os manifestantes dentro do aeroporto de Hong Kong nesta terça-feira (13). — Foto: Thomas Peter/Reuters

A polícia de Hong Kong foi acionada para agir contra os manifestantes que transformaram o aeroporto internacional em um palco de protestos diários desde a semana passada. Spray de pimenta foi usado contra os manifestantes depois que o terminal voltou a suspender a realização de check-in por causa dos protestos.

A onda de turbulência que abala Hong Kong entrou em sua 11ª semana e não dá sinais de que vá diminuir. As manifestação começaram em junho em resposta a um projeto de lei que previa que pessoas acusadas de crime contra a China poderiam ser extraditadas da região especial. O projeto foi suspenso, mas os manifestantes exigem que seja cancelado por completo.

Alerta de radiação

O campo de testes de Nyonoksa remonta aos tempos soviéticos — Foto: Reuters

O campo de testes de Nyonoksa remonta aos tempos soviéticos — Foto: Reuters

Autoridades russas recomendaram que 500 moradores abandonem temporariamente a vila de Nyonoksa por causa do aumento da radiação.

Uma explosão numa plataforma marítima militar matou 5 cientistas na semana passada. Logo após o acidente, o nível de radiação na região aumentou 16 vezes.

Especialistas ocidentais suspeitam que foi um teste fracassado de um novo míssil movido a energia nuclear. Segundo o governo russo, o acidente foi durante um teste no motor de um foguete.

Tenor suspeito de assédio

Plácido Domingo durante apresentação no Teatro Nacional de Santiago de los Caballeros, na República Dominicana, em janeiro de 2004 — Foto: AP Foto/Miguel Gómez/Arquivo

Plácido Domingo durante apresentação no Teatro Nacional de Santiago de los Caballeros, na República Dominicana, em janeiro de 2004 — Foto: AP Foto/Miguel Gómez/Arquivo

Plácido Domingo está sendo acusado de assédio sexual por nove mulheres, segundo a agência internacional Associated Press. Oito cantoras e uma dançarina alegaram que foram assediadas sexualmente pelo tenor espanhol. Os assédios teriam iniciado na década de 1980.

Em um comunicado, Plácido Domingo afirmou que “as alegações dessas pessoas anônimas datadas de mais de 30 anos atrás são profundamente perturbadoras, e como apresentadas, imprecisas”.

Privacidade em risco

O Facebook pagou funcionários terceirizados para transcrever arquivos de áudio dos usuários do aplicativo Messenger. A agência Bloomberg afirmou que recebeu a informação de pessoas que foram contratadas para realizar o serviço.

A rede social confirmou ao G1 que estava transcrevendo o áudio das conversas dos usuários e disse que abandonou a prática. “Assim como a Apple e o Google, interrompemos a revisão humana de áudios”, disse o Facebook em posicionamento.

Também teve isso…

O ator João Carlos Barroso — Foto: Globo/Estevam Avellar

O ator João Carlos Barroso — Foto: Globo/Estevam Avellar

 

Justiça vive fase de parcialidade, politicagem e bajulação, dizem juristas

Bajulação, corporativismo, politicagem e parcialidade foram alguns dos adjetivos atribuídos por juristas consultados pelo UOL à atual fase da Justiça no Brasil. Nos últimos dias, a população soube pelo noticiário que ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) arquivaram todos os pedidos de suspeição contra seus pares; que o então juiz Sergio Moro orientou a Lava Jato a não apreender celulares do ex-deputado Eduardo Cunha; e até a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, retardou investigações contra o presidente Jair Bolsonaro.

A semana começou com o jornal Folha de S.Paulo revelando que o STF engavetou todos os pedidos de impedimento ou suspeição que já foram analisados contra seus ministros em mais de 30 anos. Uma decisão que violou o próprio regimento do tribunal, que orienta levar esse tipo de caso ao plenário da Corte.

“Não pode um presidente do Supremo contrariar o regimento e decidir monocraticamente uma questão constitucional”, afirma o jurista Walter Maierovitch, desembargador aposentado do TJ (Tribunal de Justiça) de São Paulo. “O STF é um órgão colegiado. Todos os ministros deveriam apreciar se há suspeição de seus pares.”

Ex-ministro do STJ (Superior Tribunal de Justiça), Gilson Dipp já esperava por isso. “É uma coisa velha no Supremo. Já foram engavetados inúmeros pedidos de suspeição, muitos com fundamentos, outros sem”, diz.

Para ele, o “espírito corporativista do Supremo sempre impediu e sempre vai impedir” que prospere alguma contestação a seus membros. “Da mesma forma que um pedido de impeachment no Senado [contra um ministro do STF] jamais vai prosperar, salvo se acontecer algo extraordinário.”

Ainda ontem, revelações do sites The Intercept Brasil e BuzzFeed News indicaram que o ministro Moro (Justiça e Segurança Pública) orientou, quando juiz federal, os procuradores da Operação Lava Jato a não recolherem os celulares de Eduardo Cunha na véspera da prisão do ex-presidente da Câmara dos Deputados.

“Ainda é prematuro tirar conclusão sobre isso porque as provas até o momento são inválidas”, diz o advogado constitucionalista Marcellus Ferreira Pinto. “Mas, se comprovado interesse ideológico, isso pode comprometer o processo e a estabilidade da operação Lava Jato.”

Para Dipp, o conteúdo dos vazamentos “não foi desmentido até agora” pelos interlocutores, o que indica sua autenticidade. “Ele só mostra o modo como se conduziu o processo: com parcialidade e interesse político”, afirma.

Para Ferreira Pinto, é “lamentável” que o Brasil debata “com recorrência” até que ponto essas ações e inquéritos são de natureza política. Mas o “corporativismo”, diz, “é um problema das regras do jogo, do sistema”.

Ele explica, por exemplo, que é competência do presidente da República indicar o procurador-geral da República, que, por sua vez, é a pessoa responsável por processar o chefe do Executivo.

A Folha também revelou hoje que Dodge segurou por mais de 120 dias investigações sobre Bolsonaro ao mesmo tempo em que articulava a recondução ao cargo de chefe do Ministério Público Federal por mais dois anos.

“É demais exigir que o presidente indique um procurador refratário às ideias políticas dele. Quando presidente, Michel Temer indicou a Raquel e logo depois ela moveu uma ação penal contra ele”, diz Ferreira Pinto.

Dipp também atribui culpa “ao sistema vigente no Brasil”. “É um constrangimento ter uma procuradora em campanha”, afirma. “A Raquel é uma pessoa em campanha, e quem está em campanha fica sensível sobre qualquer contrariedade que atinja o responsável por lhe indicar um cargo. Enquanto a escolha for assim, os candidatos sempre ficarão bajulando o presidente”, disse Gilson Dipp, jurista e ex-ministro do STJ.

Dois Brasis

Para Ferreira Pinto, é natural que uma decisão judicial sobre a administração pública irradie suas consequências para a política. “Isso acontece ao mandar um ex-presidente para a cadeia, especialmente em período eleitoral. O problema é quando decisões judiciais são orquestradas com o fito não de resolver o processo, mas de interferir no jogo político.”

Para Maierovitch, o Brasil vive uma fase em que a Justiça não apenas garante os privilégios para alguns, mas prejudica a vida de todos os outros. “É um momento grave porque você cria duas categorias de pessoas ao acabar com a igualdade de todos perante a lei.”

Outra consequência, afirma Dipp, é a queda na popularidade do judiciário. “Se fosse um time de futebol, o STF, com 11 ministros, seria um clube com raríssimos simpatizantes.”

Outro lado

Sobre o vazamento que indica orientação de Moro para não utilizar os celulares de Cunha, Moro afirma que “não reconhece a autenticidade das mensagens obtidas por meio criminoso, nem sequer vislumbrou seu nome como interlocutor”.

“Em relação aos aparelhos celulares do ex-deputado Eduardo Cunha, como foi amplamente divulgado pela imprensa, eles foram apreendidos por ordem do STF na Ação cautelar 4044, antes da prisão preventiva”, diz o ministro.

Procurada, a procuradoria-geral da República negou que sua presidente tenha segurado as denúncias contra o presidente por questões pessoais. Ela informa que o material foi enviado na terça-feira (6) de volta para a primeira instância e que, “seguindo o rito normal de funcionamento do setor, os procedimentos foram inicialmente classificados considerando o grau de urgência e prioridade e após entraram na ordem de análise, considerando a existência de outros casos que já aguardavam análise”.

UOL

Comments

Senado deve concluir votação da reforma da Previdência em 2 de outubro

Foto: Pedro França/Agência Senado

Os líderes de partidos do Senado definiram nesta terça-feira (13) o calendário da tramitação da proposta de reforma da Previdência. A agenda divulgada prevê que a Proposta de Emenda à Constituição seja votada no plenário em primeiro turno em 18 de setembro e, em segundo turno, no dia 2 de outubro.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) descartou que o prazo de 60 dias previsto para tramitação da PEC seja “atropelado” como tem criticado parlamentares contrários à medida. Segundo o parlamentar, a comissão especial do Senado criada para acompanhar a proposta durante a tramitação na Câmara, já atua a cerca de cinco meses na Casa.

“Eu respeito a posição de todos os senadores, acho legítimo, e eles estão cumprindo o seu papel para que possam se manifestar. Mas, o Senado Federal criou uma comissão especial que já tem mais de 150 dias de constituída com senadores de todos os partidos políticos, que teve à frente desta comissão especial com intuito de acompanhar o andamento da reforma na Câmara dos Deputados”, disse.

“Um calendário de 60 dias é muito razoável dentro do que o Brasil aguarda do Senado Federal e dentro do que, tendo em vista do que nós fizemos com a comissão especial, é sem dúvida a possibilidade dentro do Senado Federal de continuarmos debatendo essa matéria”, completou Alcolumbre.

Agência Brasil

Comments

Abdelmassih volta para prisão após justiça cancelar prisão domiciliar

Foto: Sérgio Castro

A Justiça de São Paulo suspendeu ontem (12) a prisão domiciliar de Roger Abdelmassih devido à suspeita de fraude nas declarações das condições de sua saúde que embasaram o pedido para que ele cumprisse a pena em casa. Policiais civis da Divisão de Captura prenderam o acusado às 16h de hoje (13), na região do Jardins, na capital paulista, em cumprimento do mandado de prisão expedido pela Justiça.

Segundo decisão da juíza Andréa Brandão, denúncias apontaram indícios de que “o sentenciado fez uso de seus conhecimentos médicos para ingerir medicações que levara, a complicações e descompensações intencionais a fim de alterar a conclusão da perícia judicial”.

Diante disso, a juíza decidiu que o ex-médico “permaneça em ambiente controlado, recebendo seu arsenal terapêutico de forma regular e sob supervisão médica, até a realização da nova perícia judicial”.

Pelo mandado de prisão, ele deverá ficar pelo menos 30 dias preso no Centro Hospitalar do Sistema Penitenciário paulista até a realização da perícia judicial. Abdelmassih cumpria prisão domiciliar desde 2017.

Agência Brasil

Comments

Em carta, Lula agradece a Rodrigo Maia por atuação contra transferência para SP

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva enviou uma carta ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), nesta terça-feira (13), para agradecer a atuação do deputado na semana passada.

Maia e parlamentares de partidos de centro e centro-direita atuaram para que o STF (Supremo Tribunal Federal) derrubasse a decisão da juíza federal Carolina Lebbos que autorizou a transferência do petista de Curitiba para uma unidade prisional em São Paulo.

Por 10 votos a 1, o plenário do STF vetou a ida do petista para o seu estado de origem.

“Manifesto que assisti a uma oportuna e inequívoca demonstração de defesa das garantias individuais e do Estado democrático de Direito”, escreveu Lula. A mensagem foi entregue a Maia pela bancada do PT na Câmara.

Citando nominalmente os líderes partidários que estiveram no Supremo na semana passada, Lula agradeceu o que chamou de “gesto de solidariedade” e disse que, “com fé no Brasil”, tem “a certeza de que ainda vamos reencontrar a Justiça, a prosperidade e a paz”.

Na última quarta (7), logo após a decisão de Lebbos, uma comitiva de deputados saiu a pé do Congresso e atravessou a Esplanada em direção ao Supremo para uma audiência com o presidente da corte, ministro Dias Toffoli.

Além de parlamentares de partidos da oposição, como PT, PSOL, PDT, PC do B e PSB, também estavam presentes deputados influentes de partidos do chamado centrão, como Arthur Lira (PP-AL), Wellington Roberto (PR-PB), Paulinho da Força (SD-SP) e Marcelo Ramos (PL-AM), este último ex-presidente da comissão especial da Previdência.

Advogado, o vice-presidente da Câmara, Marcos Pereira (PRB-SP), foi ao Supremo representando a Casa, a pedido de Maia.

A transferência de Lula foi um pedido do superintendente da Polícia Federal em Curitiba, Luciano Flores, que argumentou que a prisão do petista altera a rotina do prédio da PF.

No plenário, Maia, parlamentares de partidos de centro e até do PSDB criticaram a decisão de Lebbos.

O deputado Joaquim Passarinho (PSD-PA) afirmou estranhar a decisão da juíza. “Apesar de nunca ter votado nele, acho que [Lula] é um ex-chefe de Estado e merecia um outro tratamento”, disse. Para ele, tocar no assunto mais de um ano depois parece “perseguição à toa.”

Maia respondeu, concordando. “Tem toda razão, deputado”, afirmou. O presidente da Câmara se colocou à disposição “para que o direito do ex-presidente seja garantido.”

Depois, a jornalistas, Maia disse que é preciso “tomar cuidado”.

“Eu acho que já estava lá [Lula] há bastante tempo para fazer uma mudança sem estar organizado. Se fosse mudar para São Paulo se organizasse um lugar em São Paulo que pudesse dar as mesmas garantias, condições.”

Folhapress

Comments

Justiça derruba sigilo sobre bens de controladores da Odebrecht

O Tribunal de Justiça derrubou liminarmente o sigilo judicial sobre os bens particulares dos sócios controladores e dos administradores do grupo Odebrecht.

O segredo havia sido determinado nos autos do processo de recuperação judicial que envolve 21 empresas da organização, iniciada em 1944, e que hoje tem dívidas que totalizam R$ 98,5 bilhões.

Com a recuperação judicial, foram suspensas as execuções e a Odebrecht ganhou um fôlego para tentar se reestruturar e evitar a falência. O grupo terá de apresentar uma proposta de pagamento das dívidas, a ser aprovada pelos credores em assembleia.

Ao derrubar o sigilo judicial, o desembargador Alexandre Lazzarini afirmou não ser plausível que os credores, que deverão votar na assembleia, não tenham acesso a todos os documentos do processo.

Até então, as informações sobre os bens particulares estavam disponíveis apenas para o próprio juiz, para o Ministério Público e para a administradora judicial.

Com a decisão, que atendeu a solicitação feita pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), o acesso foi estendido aos credores. O sigilo foi mantido para terceiros estranhos ao processo.

O banco alegou em sua petição que o sigilo criava “um cenário de sombras, contrário à lisura necessária para um negociação coletiva.” De acordo com o banco, o segredo cria o risco de tomada de decisões baseadas em premissas falsas.

A quebra do sigilo já havia sido solicitada também pelo engenheiro José Carlos Grubisich Filho, executivo que integrou a cúpula da Odebrecht por mais de uma década e que cobra uma dívida de R$ 28 milhões.

O advogado Walfrido Jorge Warde Jr, que o representa, afirmou em sua petição que os credores podem ter maior ou menor flexibilidade de negociar os termos de um plano de recuperação a depender do patrimônio do sócio controlador e dos administradores.

“Se constatarem que o controlador tem patrimônio relevante, serão menos inclinados a aceitar um plano escorchante”, escreveu o advogado.

Nessa hipótese, afirma, durante a negociação dos termos do plano, os credores podem exigir, por exemplo, que os controladores façam um aporte de recursos na empresa ou que afiancem as dívidas.

“Os credores têm de ser amplamente informados para saber se irão aceitar a repactuação de seus créditos ou se irão preferir a quebra, com a tentativa de extensão da responsabilidade do controlador.”

Advogados consultados pela Folha afirmam que outro argumento contra o sigilo dos bens é que a transparência facilita a apuração de eventuais fraudes, bem como permite que se tente cobrar as dívidas diretamente dos gestores.

Na defesa do sigilo, a Odebrechet alegou que o artigo 5º da Constituição garante a inviolabilidade de dados patrimoniais e bancários.

“As informações digitais serão espalhadas em questão de segundos, em total desrespeito à intimidade de cada um dos indivíduos afetados.”

Além disso, o grupo argumentou que o patrimônio de administradores e sócios não estão à disposição dos credores, uma vez que suas responsabilidades se limitam ao capital social subscrito.

Considerou ainda que a manutenção dos sigilos não traz quaisquer prejuízos aos credores, “ante a inequívoca fiscalização empreendida pela administradora judicial.”

A administradora Alvares & Marsal também se posicionou contra a quebra do sigilo “dada a sensibilidade das informações, principalmente pelo fato de se tratar de sociedades anônimas”. O mérito ainda vai ser julgado.

Folhapress

Comments

Líder defende que governo não envie texto próprio de reforma tributária

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Joice Hasselmann defendeu que o Palácio do Planalto não encaminhe à Câmara um texto próprio de reforma tributária, informa O Globo.

A ideia da líder do governo no Congresso é aproveitar a proposta que já tramita na Câmara, apresentada pelo emedebista Baleia Rossi, com base no trabalho do economista Bernard Appy.

Marcos Cintra, o secretário da Receita, disse que o texto do governo seria encaminhado nesta semana. O de Baleia Rossi, porém –com o apoio de Rodrigo Maia–, já passou pela CCJ, primeiro estágio da tramitação.

“O que importa é a reforma sair. O texto do Baleia Rossi já passou pela CCJ. É mais fácil, é mais rápido, a gente pode propor emendas a ele. Se a equipe econômica aceitar, seria um bom caminho”, afirmou Joice.

O Antagonista

Comments

Governo desiste de reduzir tributos sobre o cigarro para combater o contrabando

O governo desistiu de reduzir a tributação sobre o cigarro como forma de se combater o contrabando no País . Depois de quatro reuniões e da resistência do Ministério da Saúde e da Receita Federal, o grupo de trabalho criado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública para avaliar a possibilidade de mudança nas taxações, concluiu não haver “neste momento” elementos suficientes que indicassem a eficácia da estratégia.

Também foi descartada a sugestão de criar cigarros “populares”, com preços mais baixos, também para tentar reduzir o contrabando.

No relatório de 12 páginas, assinado pelo Secretário Nacional do Consumidor, Luciano Timm, outras medidas, consideradas mais eficazes, foram propostas. Entre elas, o aumento da vigilância, esforços para dar impulso aos entendimentos bilaterais com o Paraguai para evitar o contrabando e a recriação do Comitê para Implementação do Protocolo da Convenção Quadro para Eliminar o Comércio Ilícito de Produtos do Tabaco. O grupo também defendeu sugerir alterações na legislação, tornando mais dura penas aplicáveis ao contrabando de cigarros.

No relatório final, no entanto, há brechas para que o assunto seja retomado. “É importante não haver preconceitos a estudos e análises sobre o tema, sob qualquer prisma”, diz o texto. “Novos estudos e discussões devem ser promovidos. Principalmente, mas não exclusivamente, deve-se prosseguir com a pesquisa sobre os estudos analisando as boas práticas para a eliminação do comércio ilícito de cigarros”.

Segundo a Receita Federal, a estimativa é de que R$ 279,9 milhões de cigarros tenham sido apreendidos até março de 2019. No ano passado, a estimativa é de que tenha sido confiscado o equivalente a R$ 1,355 bi em produtos. “Não há dúvida sobre a grande movimentação econômica que o comércio ilícito de cigarros gera, sua capacidade de financiamento de outros crimes e enriquecimento”, informou a Receita.

O órgão, porém, observou que, mesmo com uma eventual redução de preços dos cigarros, contrabandistas teriam ainda uma ampla margem para reduzir ainda mais seus preços.

O Ministério da Saúde mostrou que uma eventual redução dos preços poderia aumentar o risco do consumo de cigarros no País, além de reduzir a arrecadação. Por sua vez, não havia nenhum dado que assegurasse que uma eventual redução da carga tributária ou da criação de cigarros populares reduziriam o contrabando.

A diretora executiva da Aliança de Controle do Tabagismo, Monica Andreis, comemorou o relatório final. Ela destacou a discussão de medidas para aumentar a inteligência na fiscalização e controle do contrabando ou mudanças na legislação.

Criado em março, a formação inicial do grupo de trabalho não incluía o Ministério da Saúde e a Receita Federal. Diante da repercussão negativa, eles foram inseridos na discussão. Para Monica, a mudança foi essencial. Entre outros aspectos, o grupo argumentou que a medida de redução de impostos já havia sido adotada no Brasil sem que isso trouxesse uma redução do contrabando. Monica avalia que a criação do grupo foi precipitada e, deslocada de todo o histórico já vivido no País.

“Receita e Ministério da Saúde trouxeram à tona elementos que antes não estavam sendo levados em conta. Sobretudo a experiência nacional e internacional sobre o impacto do preço dos cigarros sobre o tabagismo e sobre o contrabando.”

A política de aumento progressivo de impostos sobre cigarros foi adotada entre 2011 e 2016. A medida foi apontada por especialistas como um dos fatores que levaram à redução de fumantes. Entre 2011 e 2017, a taxa de fumantes brasileiros passou de 14,8% para 10,1%.

Estadão Conteúdo

Comments

PRIVACIDADE ZERO: Facebook pagou por transcrição de arquivos de áudio de usuários

O Facebook pagou centenas de terceirizados para transcrever arquivos de áudio dos seus usuários, segundo reportagem publicada pela agência de notícias Bloomberg nesta terça-feira (13).

De acordo com o texto, que cita como fonte pessoas familiarizadas com o assunto, os terceirizados não foram informados sobre onde os áudios foram gravados e como foram obtidos, apenas receberam a tarefa de transcrever as mensagens.

Os trabalhadores estariam ouvindo conversas de usuários, algumas com “conteúdo vulgar”, sem saber por que o Facebook queria a transcrição, afirma a reportagem.

Ainda de acordo com a Bloomberg, o Facebook confirmou que tem feito a transcrição de áudios de usuários e disse que não vai manter a prática. “Nós paramos a revisão humana dos áudios há mais de uma semana”, afirmou à Bloomberg.

O Facebook disse que usuários afetados teriam escolhido, no aplicativo de mensagens, a opção de ter seus áudios transcritos.

Os terceirizados estariam checando se a inteligência artificial do Facebook interpretou corretamente as mensagens, mas sem saber a identidade do autor do conteúdo.

Grandes empresas como Amazon e Apple também foram criticadas recentemente por coletar áudios e submeter o conteúdo a revisão humana, o que coloca em discussão o respeito à privacidade dos usuários.

Em abril, a Bloomberg fez uma reportagem dizendo que a Amazon tinha uma equipe com milhares de trabalhadores espalhados pelo mundo ouvindo os pedidos feitos por usuários ao sistema de assistência digital Alexa.

A reportagem afirmava que a prática era usada também pelo sistema Siri, da Apple, e pelo Assistant, do Google.

Segundo a Bloomberg, ao menos uma empresa que faz essa revisão das conversas é a TaskUs Inc., baseada na Califórnia e com representações em vários países.

Folhapress

 

Lava Jato pede para manter ação contra Temer, filha e Coronel Lima por lavagem de R$ 1,6 milhões

A força-tarefa da Operação Lava Jato apresentou recurso contra decisão do juiz da 6ª Vara Criminal Federal de São Paulo, João Batista Gonçalves, que remeteu a Brasília a ação penal em que o ex-presidente Michel Temer (MDB), sua filha Maristela, seu amigo João Baptista Lima Filho, o coronel Lima, e a esposa dele, Maria Rita Fratezi, por suposta lavagem de R$ 1,6 milhão. A acusação dá conta de que o montante, de origem supostamente ilícita, teria sido gasto em reformas na casa da filha do emedebista.

Em decisão, a Justiça Federal em São Paulo alega conexão entre a ação que tramita em São Paulo e a do ‘quadrilhão do MDB’, na qual Temer é réu por organização criminosa. Neste caso, o ex-presidente e outros emedebistas são acusados de uma ‘miríade de delitos’ que resultaram em supostas propinas de até R$ 587 milhões.

O magistrado aponta que a suposta lavagem teria sido fruto de crimes relacionados ao ‘Quadrilhão’, e, por isso, o processo deve ser enviado a Brasília. A decisão acolhe pedido da defesa do ex-presidente.

Os procuradores da Lava Jato afirmam que ‘as condutas de lavagem de dinheiro imputadas aos denunciados nem se confundem e nem se conectam estritamente com os diversos crimes apontados como antecedentes, praticados em mais de um Estado da federação, particularmente em Brasília e no Rio de Janeiro, e não devem, portanto, ser processados conjuntamente com qualquer um deles’.

“É sabido que a política criminal de combate à lavagem de dinheiro visa a evitar que o distanciamento do produto de crimes diversos, em relação a seus agentes, torne impossível a sua persecução e a recuperação de ativos ilícitos. Esta tutela penal, em outras palavras, é construída para garantir os instrumentos necessários à apuração e ao julgamento de crimes com proveito econômico, bem como à sua recuperação”, sustentam.

De acordo com a Lava Jato, ‘não há como se imaginar que a instrução voltada a esclarecer o funcionamento de uma complexa organização criminosa, composta por Michel Temer, Eduardo Cunha, Henrique Alves, Geddel Vieira Lima, Rodrigo Rocha Loures, Eliseu Padilha, Moreira Franco, Joesley Batista e Ricardo Saud, ao longo de mais de 10 anos, e com reflexos em todo o território nacional, possa, concretamente, ajudar a esclarecer condutas específicas – e temporalmente delimitadas entre 2013 e 2014 – de reciclagem de ativos, praticadas em São Paulo, notadamente relacionadas à reforma de um imóvel de uma das filhas de um dos muitos réus que respondem naquele feito em trâmite no Distrito Federal’.

“Pelo contrário, há de se reconhecer que as provas pertinentes à apuração de materialidade e de autoria da lavagem de dinheiro em questão, por intermédio de reforma de imóvel em São Paulo, da filha de um dos réus que respondem pelos apontados crimes antecedentes, são específicas, não vinculadas diretamente às provas que tenderão a ser produzidas nos autos que apuram a citada pertinência à organização criminosa (ou mesmo nos autos que apuram peculato e corrupção (no Rio de Janeiro)”, diz a Lava Jato.

A denúncia

Segundo a Procuradoria da República, a reforma custou R$ 1,6 milhão. A Lava Jato afirma que as obras ocorreram entre 2013 e 2014 e foram bancadas com dinheiro de corrupção e desvios que teriam ocorrido entre 2012 e 2016.

A denúncia aponta que o ‘Quadrilhão do MDB’ – alvo de denúncia da Procuradoria-Geral da República e depois do Ministério Público Federal de Brasília – arrecadou propina da Engevix para que a empreiteira assumisse as obras de engenharia de usina nuclear de Angra 3 por meio da AF Consult Brasil, empresa criada com consultoria do coronel Lima.

A Procuradoria em São Paulo aponta que a empresa teria desviado quase R$ 11 milhões em recursos públicos destinados às obras da usina – R$ 10 milhões da Argeplan e R$ 1,1 milhão da PDA (outra empresa do coronel) – e mais R$ 1 milhão pagos pela J&F em espécie.

Estadão Conteúdo

Comments

Mário Bonsaglia, primeiro da lista tríplice para PGR, é recebido por Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) se encontrou nesta terça-feira, pela primeira vez, com subprocurador da República Mário Bonsaglia, nome mais votado na lista tríplice da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) para a vaga de Procurador-Geral da República (PGR).

Segundo Bonsaglia, o presidente colocou na reunião “preocupações dele com relação à área jurídica”. Sem citar detalhes, o candidato à PGR disse que entraram em pauta assuntos como preservação da Amazônia e direitos de minorias.

“Basicamente (o presidente falou sobre) a importância de compatibilizar preservação da Amazônia com desenvolvimento sustentável. Essa é minha posição também. (Ainda tratou da) factibilidade de proteger, respeitar direitos indígenas e, ao mesmo tempo, promover desenvolvimento sustentável”, disse Bonsaglia sobre a reunião.

O presidente Bolsonaro tem recebido nomes cotados à PGR que estão fora da lista tríplice. Entre os cotados estão Augusto Aras, Paulo Gonet e Lauro Cardoso. A reportagem apurou que Bonsaglia é o único dos nomes da lista que tem chances de ser nomeado à PGR, de acordo com interlocutores do presidente.

O Dia

Comments

Ministério da Justiça aponta redução do número de homicídios

Nos primeiros quatro meses de 2019, o Brasil registrou 3.528 homicídios dolosos a menos que no mesmo período do ano passado. Segundo o Ministério da Justiça e Segurança Pública, nos primeiros quatro meses deste ano, 13.142 pessoas foram mortas por alguém que agiu intencionalmente ou assumiu o risco consciente de matar. É um resultado 21,2% inferior aos 16.670 casos registrados entre janeiro e abril do ano passado.

A melhora também foi constatada em indicadores de outros nove tipos de crimes acompanhados pelo Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisionais, de Rastreabilidade de Armas e Munições, de Material Genético, de Digitais e de Drogas (Sinesp) – plataforma de informações integradas criada em 2012 e que está a cargo da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). A base de dados é alimentada pelos estados e pelo Distrito Federal, responsáveis por lançar os boletins de ocorrência.

Segundo o balanço parcial que o Ministério da Justiça e Segurança Pública divulgou hoje (13), a maior variação percentual (-38,5%) foi observada na redução do número de roubos a instituições financeiras, que caiu de 325 para 200 ocorrências na comparação entre o primeiro quadrimestre de 2018 e o de 2019.

Agência Brasil

 

LOCAIS

Governadora solicita liberação de recursos federais para infraestrutura hídrica e urbana

Foto: Derick Nunes

A governadora Fátima Bezerra se reuniu nesta terça-feira (13), em Brasília, com o ministro de Desenvolvimento Regional Gustavo Canuto para tratar de importantes obras de infraestrutura hídrica e urbana do Estado. Ela solicitou a liberação de R$ 55 milhões para a conclusão das obras do Pró-Transporte que beneficiará principalmente a população da zona norte de Natal. Além disso, a governadora agradeceu a destinação de verbas do ministério para as áreas de mobilidade urbana e recursos hídricos do RN.

“A audiência foi muito positiva e, mais uma vez, o Ministério do Desenvolvimento acatou nossas reivindicações, que são de fundamental interesse para o povo do RN. E, claro, agradeci ao apoio que o ministério vem dando ao nosso Estado, como por exemplo, a liberação de R$ 2,8 milhões para a proteção da Ponte Newton Navarro; a liberação de R$ 72 milhões para a reestruturação da Avenida Engenheiro Roberto Freire, e R$ 58 milhões para a construção da Barragem de Oiticica. Pedi agilidade para liberação dos R$ 55 milhões do Pró-Transporte”, destacou Fátima, ao fazer um balanço da reunião, que contou com a presença da deputada federal Natália Bonavides e dos secretários João Maria Cavalcanti (Meio Ambiente e Recursos Hídricos) e Gustavo Coelho (Infraestrutura).

O secretário João Maria disse que as obras de Oiticica estão 75% prontas. “Quando concluída, Oiticica vai ser um dos braços de captação do projeto Seridó, cujo estudo está em fase de conclusão. Dentro de alguns dias, inclusive, iremos apresentar à governadora alguns projetos desenvolvidos pela secretaria e pela Caern para captação de água do projeto Seridó”, explicou.

“Nós voltamos ao Ministério para assegurar a continuação das obras do Pró-transporte, agora com orçamentos mais avançados, praticamente concluídos. A governadora reiterou o pleito, feito em maio deste ano, sobre a continuidade dessas obras. Contamos com a sensibilidade do ministro para que possamos dar prosseguimento a esta importante obra de mobilidade urbana da zona norte de Natal”, acrescentou Gustavo Coelho. Além disso, o titular da pasta afirmou que o projeto para revisão das proteções laterais da ponte Newton Navarro está quase finalizado e que em breve será apresentado ao Ministério de Desenvolvimento Regional.

As obras do Pró-Transporte estão 45% concluídas. Dividido em três eixos, sendo que apenas o 1º eixo foi concluído, o planejamento inclui duplicação de vias, construção de viadutos, passarelas e ciclofaixas. Criado há 14 anos para melhorar a mobilidade da Zona Norte de Natal, o Pró-Transporte responsabilidade de execução do projeto passou da Prefeitura do Natal para o Governo do Estado. As reestruturações passam pelas avenidas Moema Tinoco, Tocantínea, Itapetinga, Rio Doce e Fronteiras, sendo o trecho mais complexo o da Avenida das Fronteiras que necessita de desapropriações e duplicações.

 

Ministério da Saúde reduz distribuição de vacina antirrábica e Sesap alerta para casos de raiva em animais; veja registros no RN

Foto: Prefeitura de Piracicaba

O Ministério da Saúde comunicou à Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte que o número de doses da vacina antirrábica (VARC), solicitadas pelo Programa Estadual de Controle da Raiva da Sesap, foi reduzido de 800 mil para 500 mil. Este ano, o número de estados que receberão a vacina será reduzido para nove e a campanha será realizada no período de 19 de agosto a 18 de outubro, sendo o Dia “D” fixado em 28 de setembro.

Diante da diminuição das doses, a Sesap alerta a população sobre a necessidade de atentar para os sinais clínicos da doença nos animais domésticos e para o risco de contato desses com os animais silvestres, especialmente morcegos.

De acordo com a Nota Informativa Nº 51/2019 do Ministério da Saúde, os principais laboratórios produtores de imunobiológicos no Brasil estão com capacidade produtiva reduzida para atender as demandas dos Estados brasileiros. Foi afetada a produção de soro antirrábico (SAR) e dos soros antivenenos, bem como a produção de Vacina Antirrábica Canina (VARC).

As doses enviadas ao RN atenderão apenas municípios prioritários selecionados pela Sesap a partir de critérios orientados pela Coordenação Nacional do Programa de Controle da Raiva do MS, ou seja, municípios com registro de raiva animal nos últimos três anos em ao menos um dos seguintes animais: cão, raposa ou morcego. Outro critério são municípios com percentual de cobertura vacinal canina e/ou felina menor ou igual a 65% na última campanha.

Desde janeiro até o presente momento, são 61 animais positivos para raiva, sendo 55 morcegos, 4 raposas, 1 boi e 1 cão, em 19 municípios do RN.

Municípios selecionados para campanha de vacinação antirrábica no RN em 2019, segundo critério de positividade para raiva (Cão, raposa e morcego) e/ou de baixa cobertura vacinal em cão e/ou em gato.

1. Ceará-Mirim

2. Extremoz

3. Macaíba

4. Natal

5. Parnamirim

6. São Gonçalo do Amarante

7. Baía Formosa

8. Canguaretama

9. Nova Cruz

10. Nísia Floresta

11. Santo Antônio

12. Vera Cruz

13. Assu

14. Mossoró

15. Afonso Bezerra

16. Bento Fernandes

17. Guamaré

18. Jardim de Angicos

19. Jandaíra

20. João Câmara

21. Macau

22. Riachuelo

23. Pedro Avelino

24. Pureza

25. Taipu

26. Caicó

27. Jaçanã

28. Santa Cruz

29. São Paulo do Potengi

30. São Tomé

31. Serra Caiada

32. São Bento do Trairi

33. Almino Afonso

34. Venha Ver

35. Lagoa de Pedras

36. Senador Georgino Avelino

37. Fernando Pedroza

38. Governador Dix-sept Rosado

39. Janduís

40. Ipanguaçu

41. Triunfo Potiguar

42. Rio do Fogo

43. São Miguel do Gostoso

44. Currais Novos

45. Parelhas

46. Campo Redondo

47. Boa Saúde

48. São Pedro

49. Cel. João Pessoa

50. Major Sales

51. Rodolfo Fernandes

52. São Francisco do Oeste

53. Serrinha dos Pintos

54. Severiano Melo

55. Riacho de Santana

56. Taboleiro Grande

Acesso ao aeroporto: potiguares e turistas buscam “carona sob escolta” para embarque ou desembarque com segurança ao seu destino

Foto: Ilustrativa

O acesso ao Aeroporto Internacional  – Governador Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, seja da capital, ou por municípios da Grande Natal,  tem virado um cenário de sucessivas ações criminosas durante o período noturno, madrugadas e início de manhãs. Além dos registros policiais normalmente noticiados pela imprensa, outros tantos relatos de pessoas que por pouco não foram vítimas dos bandidos também são recorrentes.

Pelas estradas ou rodovias estaduais e federais, os relatos não cessam. No meio desse olho do furacão, potiguares e turistas, alvos no caminho do aeroporto, ou vítimas em potencial na chegada em solo potiguar, agora buscam alternativas, até mesmo apelativas, diante da falha na segurança nos diversos trechos: motoristas de aplicativos de carona habilitados ao porte de arma, normalmente, policiais ou militares. Isso mesmo. A informação foi confirmada ao Blog por dois motoristas, das horas vagas, de identidades preservadas.

O natalense e morador da região metropolitana, em especial, tem usado para esses períodos de riscos o serviço de “carona sob escolta” para seu embarque ou desembarque com segurança ao seu destino, através de trabalhadores que buscam um extra, e tentam amenizar a angústia do seu passageiro, com a sua estratégia ou, até mesmo, traçando sua rota em um “sistema de comboio” com algum colega.

Fonte: Blog do BG

 

Por G1 RN

 


NATAL, 15h23: Manifestantes fecham avenida Salgado Filho, no bairro Tirol, em Natal — Foto: Rafael Barbosa/G1

NATAL, 15h23: Manifestantes fecham avenida Salgado Filho, no bairro Tirol, em Natal — Foto: Rafael Barbosa/G1

Professores, estudantes, centrais sindicais e sociedade civil organizada fizeram uma manifestação na tarde desta terça-feira (13) em Natal contra bloqueios de recursos da educação e contra a reforma da Previdência. A manifestação faz parte de um ato nacional. O protesto terminou por volta das 18h30.

A concentração começou por volta das 14h, em frente ao shopping Midway Mall, na esquina das avenidas Salgado Filho e Bernardo Vieira, após convocação de grupos como Central Única dos Trabalhadores (CUT) e a União Nacional dos Estudantes (UNE). Os manifestantes portavam cartazes e faixas com palavras de ordem.

Por volta das 15h, os manifestantes fecharam o tráfego da avenida Salgado Filho no sentido Centro – Zona Sul da capital. Fiscais de trânsito e policiais militares acompanham a manifestação que saiu em caminhada às 16h. O protesto terminou às 18h30 na Praça da Árvore, em Mirassol.

Além dos bloqueios orçamentários da educação e da reforma da Previdência, estudantes universitários também protestaram contra o projeto Future-se, apresentado pelo Ministério da Educação.

“Na realidade ele traz um projeto que desvincula a responsabilidade do Estado com o orçamento público das universidades e põe as instituições para se virarem para conseguir manter as portas abertas. Não basta ter cortado 30% do orçamento no primeiro semestre, agora apresenta um projeto para as universidades se virarem para manter as portas abertas para os estudantes. E a UFRN segue com uma onda de demissão de terceirizados e não tem certeza se acaba o ano letivo com as portas abertas”, afirmou a coordenadora do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

NATAL, 4h09: manifestantes começam caminhada no sentido à Zona Sul de Natal. — Foto: Heloísa Guimarães/Inter TV Cabugi

NATAL, 4h09: manifestantes começam caminhada no sentido à Zona Sul de Natal. — Foto: Heloísa Guimarães/Inter TV Cabugi

Mossoró

Pela manhã, um grupo de manifestantes também realizou um ato em Mossoró, na região Oeste potiguar. Eles começaram a concentrar em frente à sede da Universidade Federal do Semiárido (Ufersa) por volta das 8h e além, da pauta nacional, também cobraram investimentos na Universidade Estadual do Rio Grande do Norte. O ato foi convocado pela Frente Brasil Popular Mossoró.

MOSSORÓ, 9h58: Manifestantes usam faixas e bandeiras durante protesto em frente à Ufersa. — Foto: Isaiana Santos

MOSSORÓ, 9h58: Manifestantes usam faixas e bandeiras durante protesto em frente à Ufersa. — Foto: Isaiana Santos

MOSSORÓ, 9h53: protesto se concentra em frente à sede da Ufersa. — Foto: Isaiana Santos

MOSSORÓ, 9h53: protesto se concentra em frente à sede da Ufersa. — Foto: Isaiana Santos

Por G1 RN


Carga de tênis, a maioria falsificados, foi apreendida na noite de segunda-feira (12) na BR-101. — Foto: PRF/Divulgação

Carga de tênis, a maioria falsificados, foi apreendida na noite de segunda-feira (12) na BR-101. — Foto: PRF/Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 5.400 pares de tênis de diversas marcas que estavam sendo transportados em uma Carreta Scania no km 119 da BR 101, em São José de Mipibu, na região metropolitana de Natal. O caso aconteceu por volta das 22h desta segunda-feira (12), mas só foi divulgado nesta terça-feira (13).

De acordo com a PRF, a carga apresentava nota fiscal irregular, além da suspeita de falsificação dos produtos. Foi acionada uma equipe da Secretaria Estadual de Tributação para averiguar as irregularidades. Após a constatação das ilegalidades, o condutor, a mercadoria e o veículo foram encaminhados à central de flagrantes para os procedimentos legais.

A carreta foi lacrada pela equipe da Secretaria de Tributação e encaminhada ao depósito onde foi feita a contagem dos produtos e a auditoria. Além do crime de sonegação fiscal, foi constatado ainda que cerca de 80% dos tênis são falsificados, o que caracteriza crime contra registro de marca, previsto na lei 9.279/96, que regula direitos e obrigações relativos à propriedade industrial.

Oriunda da cidade de Nova Serrana, em Minas Gerais, a mercadoria estava sendo distribuída em várias cidades do Nordeste, conforme a corporação. Parte dela já havia sido entregue em Maceió, Recife e João Pessoa, e a outra parte seria destinada a Natal, Mossoró e Fortaleza.

“É importante destacar que esta foi a quarta vez que caminhões da mesma transportadora, são flagrados pela PRF em parceria com o Fisco Estadual, com irregularidades na documentação fiscal.Tais irregularidades apuradas nas outras apreensões, resultou em autuações feitas pelo Fisco, no valor de mais de R$ 200.000,00. Para a mercadoria falsificada será declarado perdimento”, informou a PRF.

Fonte: G1RN

Por G1 RN

 


Avenida do Contorno, na Cidade Alta, Zona Leste de Natal, com acúmulo de lixo — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Avenida do Contorno, na Cidade Alta, Zona Leste de Natal, com acúmulo de lixo — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Com coleta suspensa por cinco dias, várias ruas das zonas Leste e Sul de Natal ficaram tomadas de lixo entre a última sexta-feira (9) e esta terça-feira (13). O motivo da paralisação foi a falta de pagamento, segundo a empresa responsável pelo serviço. De acordo com a Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana), duas mil toneladas de lixo ficaram acumuladas nas vias.

A empresa reclama de atrasos de pagamentos de três meses, porém a Urbana nega e afirma que existe previsão legal de 90 dias de demora no prazo de pagamento. Os garis terceirizados paralisaram porque não receberam o último salário. Os valores não foram divulgados.

Ainda assim, a Urbana informou que depositou o pagamento de junho nesta terça-feira (13) e, após isso, houve acordo para o retorno da coleta, ainda na tarde. Apesar disso, o serviço só deve ser normalizado na próxima sexta-feira (16), por causa do acúmulo. Segundo o diretor de Planejamento e Gestão da Urbana, Glauber Nóbrega, a empresa se comprometeu a aumentar o efetivo em 40% para atender à demanda.

A empresa Vital é responsável pela coleta de lixo nas zonas Leste e Sul da capital potiguar. Na Zona Norte, o serviço é realizado pela própria Urbana e, na Zona Oeste, por outra empresa, a Marquise.

De acordo com a Urbana o mês de julho não está em atraso, porque, antes de receber o pagamento, a empresa precisa enviar comprovação dos serviços prestados.

Fonte: G1RN

Continuar lendo ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESTA QUARTA-FEIRA

POESIA: VOZ AO VERBO 118 – MUDANÇA, POR ALLAN DIAS CASTRO

Na nossa coluna POESIA desta terça-feira você vai assistir a mais uma bela declamação do poeta Allan Dias Castro, com Voz ao Verbo 118 – Mudança. Não deixe de ver ou vai se arrepender!

Fonte: 

Publicado em 3 de ago de 2019

 

Continuar lendo POESIA: VOZ AO VERBO 118 – MUDANÇA, POR ALLAN DIAS CASTRO

HISTÓRIA & POLÍTICA: JILENE AUGUSTO E O LEGADO DE MARTINHO LUTERO PARA A HUMANIDADE

Na coluna HISTÓRIA & POLÍTICA desta segunda-feira temos mais uma mini-palestra do sábio Jilene Augusto, sobre Martinho Lutero e sua contribuição para a humanidade. Os detalhes da cisão do catolicismo e do protestantismo que você não aprendeu na escola. Uma aula imperdível que você não pode perder!

Fonte

Publicado em 12 de ago de 2019

Continuar lendo HISTÓRIA & POLÍTICA: JILENE AUGUSTO E O LEGADO DE MARTINHO LUTERO PARA A HUMANIDADE

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEGUNDA-FEIRA

Por G1

 

A semana começa com a surpresa da derrota de Mauricio Macri nas prévias presidenciais na Argentina. O candidato opositor, escolhido por Cristina Kirchner, teve 15 pontos de vantagem sobre o atual presidente, o que pode indicar uma vitória em 1º turno nas eleições de outubro. No Brasil, Bolsonaro comentou a suspensão de verba da Alemanha para proteção da Amazônia em meio ao aumento do desmatamento. A Fuvest, vestibular mais concorrido do país, abre inscrições para a seleção de 2020. E você vai saber ainda o que está fazendo os museus do Brasil alcançarem recordes de visitantes em 2019.

INTERNACIONAIS

Eleições na Argentina

Alberto Fernández discursa a apoiadores na sede da campanha 'Frente para Todos' neste domingo (11) — Foto: Agustin Marcarian/Reuters

Alberto Fernández discursa a apoiadores na sede da campanha ‘Frente para Todos’ neste domingo (11) — Foto: Agustin Marcarian/Reuters

As eleições prévias simultâneas e obrigatórias da corrida presidencial na Argentina representaram uma derrota para o atual presidente, Mauricio Macri. Em busca da reeleição, ele foi derrotado pelo opositor Alberto Fernández, candidato escolhido por Cristina Kirchner, que é vice na chapa, por uma margem de 15 pontos. O peronista obteve mais de 47% dos votos contra 32% de Macri.

Macri reconheceu que o desempenho foi abaixo do esperado e Fernández falou em construir uma ‘nova Argentina’ ao discursar para apoiadores.

O processo de prévias serve como uma pesquisa eleitoral do primeiro turno no país, marcado para o dia 27 de outubro. Pelas normas da eleição argentina, há chance de o pleito ser definido já no primeiro turno. Se a chapa mais votada tiver 40% dos votos úteis e 10 pontos percentuais a mais que a segunda colocada, estará eleita. Ou, então, se obtiver simplesmente 45% mais um voto.

Recorde no Pan

Atletas do Brasil no Pan de Lima — Foto: Jonne Roriz/COB

Atletas do Brasil no Pan de Lima — Foto: Jonne Roriz/COB

Barba, cabelo e bigode. A delegação brasileira conquistou, nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, encerrados neste domingo, os três maiores objetivos que poderiam ser atingidos: quebrou o recorde de medalhas de ouro, levando 55, foi ao pódio como jamais havia feito, 171, e encerrou o evento em segundo no quadro geral, atrás apenas dos Estados Unidos, repetindo o ocorrido em 1963, no Pan de São Paulo. Portanto, o Brasil fechou com 55 ouros, 45 pratas e 71 bronzes.

Por Blog do BG

Em estreia do PSG, torcida xinga Neymar de FDP e leva faixa: ‘Cai fora’

Um cartaz simplório erguido pela torcida do Paris Saint-Germain neste domingo (11), na estreia do time no Campeonato Francês 2019-2020, resume o status da relação do clube com sua estrela: “Neymar, cai fora! (casse-toi)”.

O atacante brasileiro não pisou no gramado do Parc des Princes —na véspera, o novo diretor esportivo do PSG, Leonardo, tinha dito que o jogador só voltaria a defender a equipe quando se definisse se ele fica em Paris ou vai embora (o mais provável).

A ausência do brasileiro em campo foi compensada por lembranças insistentes (e hostis) em cantos e faixas de torcedores. Logo no começo da partida contra o Nîmes, uma ala do público puxou um “Neymar, filho da puta!” em espanhol.

acontece só em uma ‘remontada’. Você se lembra?”.

“Remontada” (recuperação ou superação, em espanhol) é como ficou conhecido o jogo de março de 2017 em que o PSG foi estraçalhado pelo Barcelona de Messi, Neymar e cia., perdendo por 6 a 1. O brasileiro fez então dois gols. Há pouco, referiu-se ao confronto como um dos mais marcantes de sua carreira, enfurecendo seu clube atual.

Com o resultado, os franceses foram eliminados da Liga dos Campeões, depois de terem ganhado a partida de ida por 4 a 0.

A segunda parte da alfinetada da torcida faz referência ao episódio em que o atacante foi acusado pela modelo Najila Trindade de tê-la agredido e estuprado em um hotel parisiense, em maio passado.

A acusadora mostrou à polícia um vídeo, gravado no dia seguinte ao da suposta agressão, no qual batia no atleta —em pretensa reação ao que ocorrera na véspera. Na semana passada, a Justiça arquivou o inquérito relativo ao caso.

O técnico da equipe francesa, Thomas Tuchel, saiu em defesa do jogador na entrevista coleta após a partida.

“Entendo e não entendo [a reação da torcida]. Hoje em dia, as emoções são assim, à flor da pele. Mas ele ainda é meu jogador. Sendo assim, vou sempre protegê-lo. Posso compreender que não gostem do que diz ou faz, mas é preciso encontrar outro nível para se expressar”, afirmou o alemão.

Antes do jogo de domingo, no entorno do estádio, os torcedores do PSG se mostravam favoráveis ao “divórcio” entre a direção e o brasileiro.

“Espero que ele vá embora, e por um preço justo, próximo daquele que pagamos por ele [222 milhões de euros, em 2017]”, dizia Alexis Canestaier, 26, que trabalha em uma start-up. “A gota d’água para mim foi ele falar bem da ‘remontada’.”

O amigo dele, Thomas Lhumeau, 29, fez o seguinte balanço do biênio de Neymar na França. “Em termos esportivos, foi nulo. Valeu pela visibilidade que ele trouxe à equipe, pelos patrocínios, tudo o que é comercial.”

A avaliação do funcionário público Julien Pouget, 38, segue linha parecida.

“Gosto do jogador, não da pessoa Neymar. Ele não aprecia a equipe, não tem amor à camisa e não estava em campo quando mais precisamos dele [nas eliminações da Liga dos Campeões em 2018 e 2019]. Preferia alguém pior, porém mais presente.”

Para a bancária Karine Petitcolas, 48, é como se ele tivesse jogado apenas o primeiro tempo nas últimas duas temporadas. “Ele foi bem acolhido, mas acho que o mimaram demais. É uma pena que Leonardo [que chegou com a missão de botar ordem na casa] não tenha chegado antes.”

Segundo ela, “para ganhar o Campeonato Francês, não precisamos de Neymar; ele veio para nos dar a Liga dos Campeões”.

Petitcolas acha que o brasileiro é “feito para a Espanha, onde o jogo é mais tático do que físico”. “Espero que ele vá para o Real Madri, só para irritar o Barcelona. Mas lá, com Zidane [técnico], aposto que vai ficar com a boca fechada.”

Vários jornais europeus informaram no domingo que as negociações para transferência de Neymar estariam mais avançadas com o Real do que com os catalães.

Em Paris, os donos da casa não tiveram dificuldade em derrotar o fraco Nîmes por 3 a 0, com gols de Cavani (pênalti), Mbappé e Di Maria.

FOLHAPRESS

 

Oposição surpreende e vence primária contra Macri na Argentina com ampla diferença

A chapa de oposição liderada por Alberto Fernández, que tem a ex-mandatária Cristina Kirchner como vice, venceu com larga vantagem as primárias presidenciais argentinas realizadas neste domingo (11), apontam os resultados preliminares.

Com 58% das urnas apuradas, a dupla tinha 47% dos votos contra 32,6% da chapa do atual presidente, Mauricio Macri. A tendência, segundo o órgão eleitoral, é que a diferença continue assim até o final da apuração.

Caso os números se repitam na eleição de fato, no fim de outubro, Fernández seria eleito em primeiro turno —para isso, ele precisa ter mais de 45% dos votos ou mais de 40% e no mínimo 10 pontos percentuais de vantagem para o segundo colocado.

De acordo com os dados oficiais, o comparecimento foi alto, com a participação de 75% dos eleitores —o voto é obrigatório no país.

As chamadas “paso” (primárias abertas, simultâneas e obrigatórias) foram criadas em 2009, com a intenção de diminuir o número de candidaturas que concorriam na eleição.

As chapas que obtêm menos de 1,5% dos votos nessa etapa não podem concorrer no primeiro turno, marcado para 27 de outubro. Já o segundo turno, se necessário, será em 24 de novembro.

As primárias funcionam, assim, como uma prévia, mostrando quanto de apoio cada candidato tem. Além da disputa presidencial, as primárias incluem ainda votos para o Legislativo e para os governos locais.

O resultado oficial, que saiu com mais de uma hora de atraso, surpreendeu porque as pesquisas internas, divulgadas neste sábado (10), mostravam uma disputa mais apertada, com Fernández liderando com uma vantagem de 2 a 4 pontos percentuais sobre Macri, uma diferença dentro da margem de erro.

O resultado também é, de maneira indireta, uma derrota para o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, que declarou apoio a Macri e fez críticas a Cristina Kirchner

Com a vitória, os oposicionistas foram até o comitê kirchnerista em Buenos Aires comemorar o resultado. O grupo entoou a marcha peronista e dançou cúmbia, apesar do frio de 10 ºC.

Já do lado governista, um otimismo contido do início da noite foi aos poucos dando espaço para a tristeza conforme foi ficando claro que a derrota seria maior do que o esperado.

Às 22h15 (mesmo horário de Brasília), o próprio Macri subiu ao palco de seu comitê, também na capital, para reconhecer a derrota. “Fizemos uma má eleição”, disse ele abraçando seus correligionários. “Ainda há tempo para trabalhar até o primeiro turno”, completou.

A declaração de Macri pôs fim a apreensão dos dois lados gerada pela demora na divulgação dos resultados.

Primeiro, a juíza federal Maria Servini de Cúbria, em uma tentativa de impedir as confusões registradas em anos anteriores durante a contagem nos votos, proibiu a divulgação da boca de urna e estabeleceu que os resultados oficiais só poderiam ser divulgados depois que 10% já tivesse sido apurado, o que estava previsto para às 21h.

Dado o horário, porém, nada de números. O governo disse que um problema no sistema de contagem atrasou a apuração, enquanto os kirchneristas acusavam a gestão Macri de esconder o resultado para ocultar a derrota.

Só por volta das 22h30 os números enfim começaram a sair, já mostrando a larga vantagem opositora —que também ficou na liderança na  primária para o governo da província de Buenos Aires (que não inclui a capital, mas onde mora 38% da população).

Maior vencedor do dia, Fernández começou o domingo saindo para passear com seu cachorro Dylan antes de seguir para votar na capital.

Já Macri, como sempre, foi votar um pouco mais tarde, por volta do meio-dia e foi recebido por um pequeno grupo de opositores, que gritava: “Pode recolher suas coisas que você já vai embora”. O mandatário só sorriu e não respondeu à provocação.

FOLHAPRESS

 

 NACIONAIS

Amazônia

Bolsonaro diz que Brasil não precisa de dinheiro da Alemanha

Bolsonaro diz que Brasil não precisa de dinheiro da Alemanha

O presidente Jair Bolsonaro disse ontem que o Brasil não precisa do dinheiro da Alemanha para preservar a Amazônia. No sábado, a ministra do Meio Ambiente da Alemanha, Svenja Schulze, anunciou em entrevista ao jornal “Tagesspiegel” a suspensão do financiamento de projetos para a proteção da floresta e da biodiversidade na Amazônia devido ao aumento do desmatamento na região.

Questionado sobre o corte do investimento alemão, Bolsonaro afirmou que a Alemanha estava tentando “comprar” a Amazônia. “Investir? Ela não vai comprar a Amazônia. Vai deixar de comprar a prestação a Amazônia. Pode fazer bom uso dessa grana. O Brasil não precisa disso”, declarou.

‘Prévia do PIB’

O Banco Central divulga hoje o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) de junho e do segundo trimestre de 2019. O indicador é considerado uma ‘prévia do PIB’. Se o resultado vier negativo, indica o início de uma recessão técnica (dois trimestres seguidos de contração do nível de atividade). Em maio, o IBC-Br registrou leve alta após 4 meses em queda.

Vestibular 2020

Candidatos fazem prova da segunda fase da Fuvest 2019 neste domingo (6) — Foto: Celso Tavares/G1

Candidatos fazem prova da segunda fase da Fuvest 2019 neste domingo (6) — Foto: Celso Tavares/G1

A Fuvest abre hoje as inscrições para o vestibular 2020 que vai selecionar os candidatos para os cursos de graduação da Universidade de São Paulo (USP). As inscrições, que serão abertas a partir das 12h, deverão ser feitas no site da Fuvest até 20 de setembro. A taxa de inscrição custará R$ 182. Ao todo serão disponibilizadas 8.317 vagas. A primeira fase do vestibular ocorrerá no dia 24 de novembro e a segunda fase será nos dias 5 e 6 de janeiro de 2020.

Concursos

Pelo menos 200 órgãos estão com inscrições abertas para quase 23,5 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Hoje, 15 deles começaram a receber inscrições para quase 900 vagas em cargos. Os salários chegam a R$ 17.577,93 na Prefeitura de Jauru, Mato Grosso.

Jogador assassinado

Douglas Nunas jogava futsal pelo Corinthians — Foto: Ricardo Artifon/CBFS

Douglas Nunes jogava futsal pelo Corinthians — Foto: Ricardo Artifon/CBFS

Deve ser velado hoje em São Paulo o corpo de Douglas Nunes, de 27 anos, jogador de futsal do Corinthians que foi morto a tiros na saída de uma boate em Erechim (RS) na madrugada de ontem. O crime aconteceu horas depois de o atleta jogar a semifinal da Taça Brasil contra o Atlético na cidade gaúcha. O suspeito, de 25 anos, foi preso ontem.

Vila dos Atletas

Ilha Pura foi construída para Olimpíada Rio 2016 — Foto: Gustavo Wanderley/G1

Ilha Pura foi construída para Olimpíada Rio 2016 — Foto: Gustavo Wanderley/G1

Três anos após a realização da Rio 2016, o empreendimento imobiliário onde funcionou a Vila dos Atletas ainda não conseguiu vender nem 15% dos imóveis construídos para o evento. Das mais de 3,6 mil unidades preparadas para a Olimpíada, apenas 512 foram comercializadas.

Apesar do baixo índice de ocupação, representantes da construtora responsável pela obra, a Carvalho Hosken, estão otimistas com a “nova fase” do mercado. O diretor de marketing da empreiteira, Ricardo Correia, disse em entrevista ao G1 que está animado com o “novo momento”.

Museus em alta

Público aguarda na fila para prestigiar exposição de Tarsila do Amaral no Masp — Foto: Bárbara Muniz Vieira/G1

Público aguarda na fila para prestigiar exposição de Tarsila do Amaral no Masp — Foto: Bárbara Muniz Vieira/G1

No primeiro semestre de 2019, museus de arte e história no Brasil tiveram um forte aumento de público em relação ao mesmo período de anos anteriores. O crescimento tem surpreendido os diretores e equipes destas instituições, que tentam entender o fenômeno.

Os recordes não são só em exposições individuais, mas da frequência em geral. Em levantamento do G1 com 40 grandes museus em todas as regiões do Brasil, 37 cresceram. E três bateram recordes.

Na soma destes museus, o 1º semestre de 2019 registrou aumentos de 50% sobre a média do mesmo período nos últimos quatro anos e de 61% em relação a 2018.

Música

'Malokera': MC Lan é a cara de música com Skrillex, mas quem brilha é Ludmilla no rap

‘Malokera’: MC Lan é a cara de música com Skrillex, mas quem brilha é Ludmilla no rap

Cinco artistas assinam a parceria “Malokera”: MC Lan, Ludmilla, os americanos Skrillex e Ty Dolla Sign e o produtor britânico TroyBoi. A música é um funk com som mais pesado, com trechos de rap dos artistas internacionais e também de Ludmilla e, por fim, viradas de música eletrônica. A cara da música é do MC Lan, que faz um funk mais “maloqueiro”, mais brincalhão, o que fica comprovado ao colocar uma adoleta no fim da faixa. Mas o grande momento é o da Ludmilla fazendo rap.

Futebol

O Santos manteve certa folga na liderança do Brasileirão mesmo com a derrota para o São Paulo no sábado. Ontem, o Palmeiras ficou no empate com o Bahia e perdeu a chance de encostar no líder. Os destaques da rodada foram ainda as vitórias de Flamengo, Botafogo, Vasco, além do fim dos jejuns do atacante Ricardo Oliveira, do Atlético-MG, e também do Cruzeiro, que voltou a marcar após 893 minutos. CSA e Fortaleza encerram a 14ª rodada, às 20h. Veja a classificação e os gols do Fantástico:

Gols do Fantástico: Palmeiras e Bahia empatam e Verdão fica a 3 pontos do Santos

Gols do Fantástico: Palmeiras e Bahia empatam e Verdão fica a 3 pontos do Santos

Hoje é dia de…

  • Dia Nacional da Juventude
  • Dia Nacional dos Direitos Humanos
Fonte: G1
Por Blog do BG

ASSIM É BOM DEMAIS: Supremo arquiva todos os pedidos de suspeição de ministros e viola regimento

STF (Supremo Tribunal Federal) arquivou todos os pedidos de impedimento ou suspeição feitos e já analisados contra seus ministros em mais de três décadas, além de ter violado seu regimento em ações sobre imparcialidade, segundo pesquisa da FGV Direito SP.

Pesquisadores do Supremo em Pauta, projeto da Fundação Getulio Vargas, analisaram durante dois anos as chamadas arguições de impedimento ou suspeição —processos que levantam dúvidas sobre a isenção de um magistrado.

O artigo “Fora dos Holofotes: estudo empírico sobre o controle da imparcialidade dos ministros do STF” tratou de 111 ações até outubro de 2018 —o julgamento de apenas uma delas ainda não foi finalizado.

O estudo foi feito com base em processos apresentados desde 1988, ano de promulgação da Constituição. Procurado, o Supremo não respondeu sobre as conclusões.

O STF terá de se posicionar nos próximos meses sobre um pedido de suspeição feito pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), preso em Curitiba. O caso, porém, não tem relação com um integrante da corte. A ação questiona a conduta do então juiz da Lava Jato Sergio Moro, hoje ministro da Justiça do governo Jair Bolsonaro.

Os autores do levantamento da FGV são Rubens Glezer, Lívia Guimarães, Luíza Ferraro e Ana Laura Barbosa.

Os pedidos de suspeição de integrantes do STF podem ser feitos por alguma das partes envolvidas nos processos.

Há situações em que o ministro se declara impedido antes do questionamento das partes. A pesquisa só tratou dos casos em que pedidos foram feitos em arguições.

Em 14 desses casos, os ministros se declararam impedidos por conta própria, levando ao arquivamento. Nos demais, além da rejeição generalizada dos questionamentos, os pesquisadores apontam que, em 20, houve descumprimento de regras do tribunal pelo ministro presidente ao tomar a decisão.

Esses processos foram lançados ao arquivo por decisão monocrática (individual), usando uma etapa processual não prevista no regimento interno do tribunal. O estudo aponta que, pelas regras, eles deveriam ter sido levados à análise do plenário da corte.

O rito pelo regimento é formado por três fases. Na primeira, o presidente analisa se a ação deve seguir ou não, podendo arquivá-la. Na segunda, pede esclarecimentos ao ministro. Na terceira, o caso deveria ir para o plenário.

De acordo com os pesquisadores da FGV, nos 20 casos em que houve desobediência ao regimento, eles foram enviados ao arquivo logo depois da manifestação do ministro alvo, sem passar pelo plenário.

Para continuar lendo é só clicar aqui: https://www1.folha.uol.com.br/poder/2019/08/supremo-arquiva-todos-os-pedidos-de-suspeicao-de-ministros-e-viola-regimento.shtml

FOLHAPRESS

Comments

DEMOROU: Bolsonaro deve escancarar ‘caixa-preta’ do Ecad

Determinado a acabar com “cartórios” que privilegiam interesses particulares, o governo Bolsonaro deve abrir também a “caixa preta” do Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad). Apesar da pose de agência reguladora, o Ecad é privado e em 2018 faturou mais de R$100 milhões a título de comissão de 10% sobre R$1,1 bilhão arrecadados. O Ecad informou que os quase R$100 milhões faturados em 2018 são gastos em “despesas operacionais e administrativas”.

O Ecad diz distribuir 85% da arrecadação (R$971 milhões em 2018) por “direitos autorais”. Do total, 5% são das “associações”.

Quem quer que ouça música em alto volume fica sujeito às altas taxas de “direitos autorais” cobradas pelo Ecad sem direito a contestações.

O que é pago por restaurantes, bares e etc. seria destinado a músicos “e demais artistas” filiados às associações que administram o Ecad.

Emissoras de rádio e TV são obrigadas a pagar 2,5 % do próprio faturamento bruto mensal ao Ecad, usina de fazer dinheiro.

CLAUDIO HUMBERTO

Comments

Cúpula do PSL dizem que sigla, de fato, considera expulsar Alexandre Frota

Integrantes da cúpula do PSL dizem que há, sim, chances de o partido expulsar Alexandre Frota (PSL-SP) na terça. O deputado passou a fazer críticas ao presidente Jair Bolsonaro, ao filho dele, Eduardo Bolsonaro, e à mecânica da sigla em SP.

Pessoas próximas ao presidente indicam que ele lavou as mãos neste caso. Dizem que as críticas fizeram de Frota um fator de instabilidade e tornaram o ambiente insustentável no PSL.

Há quem discorde. O líder do partido na Câmara, Delegado Waldir (PSL-GO), diz que Frota já foi punido ao ser retirado de postos na liderança da legenda e em comissões importantes. “Mais do que isso, acho, seria um excesso”. Ele, porém, não integra a executiva nacional, que vai deliberar sobre o caso.

PAINEL FOLHA

Comments

Quanto mais calado Bolsonaro ficar, melhor para Previdência, diz Tasso Jereissati

Com a reforma da Previdência sob responsabilidade do Senado, o relator da proposta na Casa, Tasso Jereissati (PSDB-CE), diz que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) deve ficar quieto para não atrapalhar a tramitação e evitar atritos.

Em entrevista à Folha, o senador defende que o governo adie medidas polêmicas até a aprovação da reforma, inclusive a indicação do filho do presidente —o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP)— para a embaixada em Washington.

Segundo o senador, a relação do governo com o Congresso é “horrorosa”.

Mudanças à proposta de reestruturação das regras de aposentadoria já chancelada pelos deputados devem ser feitas pelos senadores em uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) paralela, a ser preparada por Jereissati.

Líderes do Senado se articulam para que a reforma da Previdênciatenha efeito para estados e municípios.
Além disso, o relator considera retomar o debate sobre a criação de um novo sistema de aposentadorias, a capitalização, no qual cada trabalhador faz a própria poupança.

Para ler a entrevista completa só clicar aqui: https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2019/08/quanto-mais-calado-bolsonaro-ficar-mais-facil-se-aprova-a-previdencia-diz-tasso-jereissati.shtml

Comments

Página de Bolsonaro compartilha post chamando Dallagnol de ‘esquerdista estilo PSOL’

O perfil oficial de Jair Bolsonaro no Facebook compartilhou um post chamando o procurador Deltan Dallagnol, chefe da força-tarefa da Lava Jato, de “esquerdista estilo PSOL”. A resposta foi a comentários feitos na página de Bolsonaro solicitando a indicação de Dallagnol ao cargo de procurador-geral da República.

O link compartilhado pelo perfil do presidente redireciona para post da página “Bolsonaro Opressor 2.0”. A mensagem é voltada “pra quem pede o Deltan Dallagnol na PGR”. “O cara é esquerdista estilo PSOL”, afirma a publicação.

O post é acompanhado de declarações do procurador contra a ditadura militar, críticas ao decreto do Planalto que ampliava sigilo de dados e atos do governoe elogios a reportagens sobre as investigações contra o ministro Marcelo Álvaro Antônio (Turismo) e de Fabrício Queiroz, ex-assessor do hoje senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) na Assembleia Legislativa do Rio.

A página de Bolsonaro também compartilhou uma lista de temas que seriam discutidos com o indicado ao cargo de Procurador-Geral da República. A lista inclui desarmamento, ideologia de gênero, direitos humanos, Amazônia, excludente de ilicitude, Comissão da Verdade, reserva indígena, ONGs, Meio Ambiente e Forças Armadas.

A reportagem entrou em contato com o Palácio do Planalto e aguarda resposta.

No sábado, 10, Bolsonaro declarou que o futuro chefe do Ministério Público “não será alinhado com o governo”. Ele pretende indicar o próximo titular da PGR na próxima semana. Em reportagem especial, ‘Estado’ mostra quais são os desafios que o escolhido enfrentará no governo e os seis principais candidatos ao cargo.

ESTADÃO CONTEÚDO

Comments

Serasa vai oferecer serviço para negociar dívidas natalenses nesta semana

O Serasa Consumidor, startup e braço da Serasa Experian, adaptou um caminhão com 11 metros de comprimento por 5 de largura, para possibilitar o acesso a serviços de forma gratuita para a população, além de disseminar educação financeira em 40 cidades do Brasil durante o período de um ano. O projeto, que teve início em São Paulo, fica em Natal entre os dias 13 a 17 de agosto na Praça Pedro Velho, em Petrópolis.

Em seu primeiro ano, o caminhão possibilitou o atendimento de 100 mil pessoas que puderam consultar seu CPF; conhecer e entender sua pontuação de crédito com o Serasa Score, além de simular e/ou contratar empréstimos no comparador de crédito online Serasa eCred. Este ano, além de todos esses serviços, a expectativa é maior, pois os consumidores que visitarem o caminhão terão acesso a renegociações de dívidas atrasadas e/ou negativadas com empresas parceiras do Serasa Limpa Nome Online e poderão sair de lá com o boleto de pagamento em mãos.

Atualmente, o site conta com 15 empresas entre bancos, cartões de crédito, operadores de telefone e TV por assinatura. É possível negociar com empresas como Anhanguera, Unime, Unopar, Unic, Fama, Pitágoras, Uniderp, Ipanema, Tribanco, Porto Seguro, Itaú, Claro e NET.

“O objetivo desse projeto é possibilitar o acesso à informação e aos serviços gratuitos que a Serasa oferta, principalmente para pessoas que não possuem fácil acesso à internet. No primeiro ano, mostramos que a negociação da dívida é o primeiro passo para a melhoria da saúde financeira. Desta forma, aproveitamos e relançamento do Serasa Limpa Nome e levamos essa nova experiência de negociação e descontos para dentro do Serasa Itinerante”, afirma Giresse Contini, gerente do Serasa Consumidor.

Hoje, todos esses serviços também estão disponíveis gratuitamente no site www.serasaconsumidor.com.br, no entanto, de acordo com a Teleco, aproximadamente 55,6% dos brasileiros não têm acesso qualificado à internet e cerca de 63 milhões de pessoas estão inadimplentes no país, o Serasa Itinerante rodará o país mais uma vez com o propósito de chegar até essas pessoas.

“Com a iniciativa, o Serasa Consumidor aumenta sua aproximação com a população brasileira, atendendo presencialmente e sem custos e levar informação, que é o primeiro e mais importante passo para o início de uma vida financeira saudável. Além disso, temos ciência que empoderar pessoas a terem o domínio e conhecimento de seu histórico financeiro, é o caminho para um futuro mais confortável economicamente. A falta de tempo ou acesso à internet não podem se tornar empecilhos para que o cidadão tenha acesso à informação de qualidade”, diz o gerente do Serasa Consumidor, Daniel Ebbesen.

Serviço

Serasa Itinerante – Natal
Data: De 13 a 17 de agosto
Horário: 8h às 18h
Local: Praça Pedro Velho – Petrópolis

TRIBUNA DO NORTE

Comments

Após 2 dias em maca de hospital, avó de Michelle Bolsonaro passa por cirurgia de urgência

Após mais de dois dias aguardando atendimento deitada em uma maca no corredor de um hospital na periferia do Distrito Federal, a avó materna da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, foi transferida e submetida a uma cirurgia de urgência neste domingo (11).

A Folha encontrou Maria Aparecida Firmo Ferreira, 78, na tarde de sábado (10) em uma maca, com outros pacientes, no corredor do Hospital Regional de Ceilândia, a 37 km do Palácio da Alvorada, onde Michele vive com o presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Logo após o jornal procurar a assessoria do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), Maria Aparecida foi transferida para o Hospital de Base, unidade com mais estrutura.

Em nota na manhã deste domingo (11), o Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal informou que a idosa tinha uma fratura na bacia, e não no fêmur, como ela dizia acreditar ter desde quinta-feira (8), quando deu entrada no primeiro hospital.

“Com quadro de fratura na bacia, foi internada na enfermaria ortopédica para avaliação e exames que constataram a necessidade de cirurgia de urgência, que começou por volta das 12h30 de hoje [domingo]”, informou a nota.

Maria Aparecida disse à Folha, no sábado, que deu entrada no Hospital Regional de Ceilândia na quinta-feira passada.

A avó da primeira-dama afirmou que se acidentou na manhã do mesmo dia que ingressou no hospital, na casa em que mora na favela Sol Nascente, também na periferia de Brasília. Uma de suas galinhas teria passado para a casa do lote ao lado.

“Fui pedir à mulher para pegar a galinha. O pitbull avançou no portão. Se ele pega meu rosto, tinha acabado comigo. Aí, naquele susto, caí de costas. Caí, quebrei meu fêmur e estou no corredor de espera. Tem gente aqui que tem mais de 20 dias, 30 dias e não chama [para cirurgia]. Quanto mais eu, que estou com três dias, né?”, disse no sábado, quando conversou com a reportagem, na maca do hospital de Ceilândia.

Ela afirmou que foi socorrida por dois rapazes que passaram pelo local e que foi ao hospital em uma ambulância do Samu acompanhada de Maria das Graças, mãe de Michelle, neta com quem disse não falar há cinco anos.

A Folha procurou na noite de sábado a assessoria de comunicação do Palácio do Planalto, mas não houve uma resposta até o início da tarde de domingo.

Pela manhã, o presidente Jair Bolsonaro chamou de “mané” um repórter do jornal que o questionou neste domingo sobre a situação da avó materna da primeira-dama. Ele afirmou também que a Folha tenta estragar o Dia dos Pais.

Maria Aparecida havia dito que havia pacientes no hospital de Ceilândia com “mais de 20 dias, 30 dias” de internação e que não eram chamados para cirurgia.

A assessoria do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal disse que Maria Aparecida não passou na frente de outros pacientes, mas que foi submetida a exames que indicaram a cirurgia de urgência.

Ainda de acordo com o instituto, o Hospital de Base é referência em ortopedia e recebe pacientes de outros hospitais do DF, do entorno e de outros estados diariamente “e sempre atende todos dentro dos critérios médicos”.

No sábado, a assessoria do governador informou que, sobre o Hospital Regional de Ceilândia, onde há outros pacientes em macas nos corredores, a unidade é um dos equipamentos que está sofrendo reformas, a primeira em 40 anos, e tem deficiências, além de ser insuficiente para cuidar da população da maior cidade do DF. De acordo com o GDF, o hospital tem 317 leitos e 31 ortopedistas.

De acordo com a assessoria, o governador Ibaneis Rocha anunciou nesta sexta-feira (9) a construção de um novo hospital para a cidade, com 380 leitos, além de um materno-infantil, com 180 leitos.

O GDF informou não ter recebido qualquer aviso sobre eventual visita do presidente ou da primeira-dama ao hospital onde está internada Maria Aparecida.

Folhapress

 

LOCAIS

Por Igor Jácome, G1 RN

 

Parque Tecnológico Metrópole Digital compreende trechos de cinco bairros ao redor do Instituto Metrópole Digital - prédio vermelho ao centro. — Foto: Arthur Varela

Parque Tecnológico Metrópole Digital compreende trechos de cinco bairros ao redor do Instituto Metrópole Digital – prédio vermelho ao centro. — Foto: Arthur Varela

Conhecida como noiva do sol e vocacionada para o Turismo, Natal quer se tornar polo de outro mercado: o da Tecnologia da Informação (TI). Os primeiros passos foram dados há dois anos, com a criação do Parque Tecnológico Metrópole Digital, em agosto de 2017. Desde então, a iniciativa atraiu 46 empresas da área, que englobam aproximadamente 740 empregos. Para os vários envolvidos, os resultados ainda são pequenos, porém chegaram muito antes do previsto.

“A gente fez um estudo que evidenciou que os parques que têm na faixa de 30 a 60 empresas são parques com pelo menos seis anos de maturidade. É um número espetacular. Mesmo alguns que hoje são conhecidos mundialmente no segundo ano estavam tateando com cinco ou seis empresas”, comemora o professor Anderson Cruz, diretor do Parque Metrópole Digital.

A iniciativa foi da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), através do Instituto Metrópole Digital (IMD), junto com a prefeitura da capital potiguar, além do próprio setor privado. Ela compreende uma área geográfica com raio de dois quilômetros ao redor do campus e abrange partes de cinco bairros da cidade, onde as empresas que queiram participar devem estar instaladas.

Mapa do Parque Tecnológico Metrópole Digital — Foto: IMD/UFRN

Mapa do Parque Tecnológico Metrópole Digital — Foto: IMD/UFRN

As empresas sediadas nessa região e credenciadas ao parque podem ter acesso a benefícios fiscais, com redução de até 75% no IPTU, de 30% no ITIV, 60% no ICMS, isenção da taxa de licença de localização e redução para 2% no ISS. Os incentivos são previstos em lei municipal aprovada em julho de 2017, sancionada após um trabalho do IMD junto com o Executivo e a Câmara de Vereadores da capital potiguar.

Além disso, as organizações podem usufruir de serviços de capacitação e de infraestrutura, inclusive com acesso às estruturas físicas e tecnológicas do Metrópole Digital, como o centro de processamento de dados (datacenter). O instituto também colabora com a formação de pessoas para trabalhar no setor. São cursos que vão do nível técnico, passando pela graduação e especializações, até o doutorado. Toda a estrutura abriga 3.500 estudantes. Vantagem também para eles, que têm maiores oportunidades.

Entre as empresas ligadas ao projeto, existem aquelas que foram incubadas no próprio Metrópole Digital, as que já passaram pelo processo de incubação e foram “graduadas”, bem como outras novas, que abriram após a iniciativa e decidiram se instalar dentro da área. Também há empresas mais antigas, que já estavam dentro da área geográfica ou mudaram-se após a abertura do parque. Agora o parque também busca atrair investidores de fora do estado.

Segundo o diretor, o objetivo é criar um polo de TI em Natal, que gere “simbiose” entre os setores público, acadêmico e privado. Além de incentivar o setor tecnológico, ele defende que o impacto recai sobre a economia de modo geral, já que as soluções criadas na área costumam ser incorporadas tanto na indústria como no comércio. Outra vantagem é a manutenção dos talentos formados pela UFRN no estado, bem como a importação de outros.

“Acaba que as empresas lucram mais, geram mais renda, mais impostos para o setor público e empregos qualificados. A universidade ganha com novas fontes de recursos, com projetos, e a formação continuada dos seus talentos, já diminui a exportação que havia. Eles continuam aqui. Do total de empregos, 60% exigem pelo menos ensino técnico. É um jogo de ganha-ganha”, defende o diretor do instituto. Somente no ano passado, o parque atraiu investimentos de R$ 3 milhões em editais.

Empresas do Parque Tecnológico Metrópole Digital empregam mais de 700 pessoas. Somente a Esig (foto) tem cerca de 150 colaboradores. — Foto: Felipe Araújo

Empresas do Parque Tecnológico Metrópole Digital empregam mais de 700 pessoas. Somente a Esig (foto) tem cerca de 150 colaboradores. — Foto: Felipe Araújo

O foco é nas empresas de desenvolvimento de softwares, hardwares e capacitação de alta complexidade. Embora pareça um nicho limitado, os produtos desenvolvidos ao longo de dois anos, são os mais variados, segundo Anderson Cruz.

Há empresas que geram soluções de TI para gestão da educação pública e hospitais, outras de comunicação em fibra ótica, que criam infraestrutura e infovias para o desenvolvimento da cidade; educação em robótica; coleira para cachorros cegos; empresas que ajudam empresários a acharem seus clientes e outras que auxiliam o paciente na marcação de médico de forma online, sem fila. Enfim, uma variedade de soluções que não se limitam ao mercado local, mas já alcançam outros estados e até outros países.

Questionado se o objetivo seria criar um Vale do Silício brasileiro – em referência à região da Califórnia, nos Estados Unidos, onde estão reunidas algumas das principais empresas de tecnologia do mundo – o professor diz que sim, ressalvando as proporções.

“O Vale do Silício é o parque tecnológico urbano mais emblemático do mundo, a menina dos olhos de qualquer polo tecnológico. Em outras palavras é isso. Queremos ser um vale do silício potiguar, ou papa-jerimum”, diz.

Anderson Cruz, diretor do Parque Tecnológico Metrópole Digital, em Natal. — Foto: Thércio Leite

Anderson Cruz, diretor do Parque Tecnológico Metrópole Digital, em Natal. — Foto: Thércio Leite

Mão de obra qualificada em casa

Uma cidade que ofereça boas oportunidades de trabalho, boa moradia e oportunidades de lazer é a ideal para manter e atrair talentos na área de tecnologia, na concepção do diretor do parque tecnológico, Anderson Cruz.

Essa também é a ideia do empresário potiguar Gleydson Lima, diretor da empresa Esig Software e Consultoria, que se considera um “bairrista”. A empresa foi a primeira graduada da incubadora da universidade e hoje emprega quase 150 pessoas, em um prédio bem próximo ao IMD. Os cerca de 80 clientes, principalmente universidades, institutos públicos e secretarias de educação, estão espalhados em 22 estados brasileiros.

“Eu sou natalense e quero desenvolver aqui. Se qualquer cidadão tiver condição de ter um emprego qualificado igual ao de fora, prefere ficar aqui ou sair? A grande maioria prefere ficar junto da família, da sua história. O problema é esse termo: emprego qualificado. Como o mercado de tecnologia permite que você fique em um local e venda para fora, preste serviços remotos, é mais fácil criar empregos qualificados. Agora há alta demanda por mão de obra qualificada. Tem que ter um conhecimento razoável”, reforça, lembrando a importância da universidade nesse processo.

Gleydson Lima, diretor da Esig Software e Consultoria — Foto: Felipe Araújo

Gleydson Lima, diretor da Esig Software e Consultoria — Foto: Felipe Araújo

Ele também defende outros parques tecnológicos que já existem no país contam com os mesmos incentivos fiscais, portanto, a iniciativa dá, pelo menos, a condição de igualdade de competição. Porém, ressalta, que muito mais que um benefício para o setor, um parque tecnológico pode trazer incentivos para a cidade como um todo.

“Você tem casos interessantes como Florianópolis, que vivenciou durante 20 anos uma transformação econômica. Ela vivia do turismo e hoje em dia o PIB de tecnologia é quase o dobro do de turismo. Eles conseguiram dar a virada. O turismo é importante, mas não é uma indústria de valor agregado. Você depende do visitante, não exporta. Florianópolis mudou isso. Isso pode ser um caminho para o Rio Grande do Norte. Iniciativas têm surgido. Essa é a ideia do Metrópole Digital, mas é preciso ter o pé no chão”, pondera.

Empreendedores e empreendimentos variados

Embora a tecnologia seja muito associada aos novos empreendedores e as startups, até mesmo empresários mais experientes estão de olho no futuro que se abre. Entre os sócios da Inovanet, uma empresa que trabalha com linhas de fibra ópticas e é responsável pela construção e manutenção da infovia potiguar, que vai ligar Natal a João Câmara, há empreendedor com mais de 70 anos. A empresa é outra que se credenciou ao parque, se instalando no bairro de Capim Macio.

“Não existe idade quado você é uma pessoa que pensa fora da caixa, está antenado, buscando desenvolvimento”, afirma o diretor executivo da empresa, James Dhean Lima, de 44 anos, que ressalta a relação com a universidade na busca pela inovação. “Hoje ninguém faz nada sozinho. Por isso a gente precisa estar sempre em contato”, reforça.

“A gente chega a um momento que vê que as soluções que nós temos hoje não têm mais como se expandir. A experiência que você tem gera uma insatisfação, em busca de algo que seja disruptivo”, comenta outro sócio dele, o diretor de planejamento da empresa, Carlos Alexandre. Segundo ele, que trabalhou por mais de 25 anos no setor público, a empresa também quer desenvolver soluções para o poder público, que ele acredita ser o mais atrasado, quando o assunto é implementação de tecnologia no atendimento à população.

Só depois de morar 15 anos na França, Andressa Matias também resolveu desenvolver sua própria startup, que está em fase final de incubação na Inova Metrópole – a incubadora do instituto – já credenciada no parque. A equipe do Instituto Gepetta, que desenvolve vídeos animados para empresas principalmente da área de TI, é composta por 15 pessoas. 70% dos clientes são internacionais e em 4 anos, mais de 300 vídeos, cujos médios variam entre R$ 8 mil e R$ 9 mil, já foram produzidos.

Studio Gepetta, empresa incubada no Metrópole Digital da UFRN, faz parte do parque tecnológico de Natal — Foto: Thércio Leite

Studio Gepetta, empresa incubada no Metrópole Digital da UFRN, faz parte do parque tecnológico de Natal — Foto: Thércio Leite

Soluções criativas não faltam. Quem pensaria em criar uma plataforma que reuniria apenas fotografias de surfe para serem colocadas à venda? Victor Hugo Fernandes, ceo da Surfmapper, não apenas pensou como colocou a ideia em prática. A empresa é outra que já está no parque tecnológico, mesmo ainda estando incubada.

A plataforma reúne 5 milhões de fotos em 25 países, interligando 2,5 mil fotógrafos a 80 mil surfistas. Nos últimos três anos, foram vendidas mais de 60 mil fotos – uma movimentação de mais R$ 1 milhão. A equipe é formada por profissionais locais, além de outros que trabalham remotamente, até do Caribe. A empresa está em fase de captação de investimentos.

Fonte: G1RN

Rio Grande do Norte é o pior lugar para ser jovem no Brasil

O Estado é o mais violento do país; é onde os assassinatos mais cresceram desde 2006; e também onde mais se mata jovens entre 15 e 29 anos

Getty Images / BBC News Brasil

Só em 2017, foram 62,8 mortes a cada 100 mil habitantes
De acordo com dados publicados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e pelo Atlas da Violência, o Rio Grande do Norte é o estado mais violento do país. Só em 2017, foram 62,8 mortes a cada 100 mil habitantes, o maior índice entre todos os estados do Brasil.

Nos anos de 2006 a 2017 essa taxa cresceu 320%. Entre os jovens de 15 a 29 anos, os potiguares são os que mais morrem em crimes violentos, cerca de 152 a cada 100 mil habitantes, um crescimento de 482% desde o ano de 2006. Em São Paulo, o maior estado do país, o mesmo índice é de 18 mortes a cada 100 mil habitantes.

No entanto, entre os meses de janeiro e julho de 2019, houve uma queda no número de homicídios, 31%, em comparação com o mesmo período do ano passado.

A Polícia Civil, responsável por investigar esses crimes, trabalha com o efetivo abaixo do considerado ideal. O governo afirma que fará novas contratações.

Fonte: Agora RN

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEGUNDA-FEIRA

MÚSICA DE QUALIDADE: ZÉ RAMALHO EM SHOW ACÚSTICO AO VIVO INTERPRETA “SINÔNIMOS”

Na coluna MUSICAL desta segunda-feira você vai ter o grande prazer de ouvir MÚSICA DE QUALIDADE com o incomparável Zé Ramalho ao vivo, interpretando um dos seus maiores sucessos “Sinônimos”. Assista ao vídeo e comece o dia bem!

Fonte:

Publicado em 13 de fev de 2015

Continuar lendo MÚSICA DE QUALIDADE: ZÉ RAMALHO EM SHOW ACÚSTICO AO VIVO INTERPRETA “SINÔNIMOS”

DUETOS FANTÁSTICOS: ERASMO CARLOS & MARISA MONTE INTERPRETANDO “MAIS UM NA MULTIDÃO”

Na sessão MUSICAL deste domingo você vai ter o prazer de apreciar mais um DUETO FANTÁSTICO nas vozes de Erasmo Carlos & Marisa Monte cantando “Mais Um Na Multidão”. Trecho do DVD 50 anos de estrada – ao vivo no Theatro Municipal/RJ.

Fonte: 

Publicado em 13 de jul de 2012

Continuar lendo DUETOS FANTÁSTICOS: ERASMO CARLOS & MARISA MONTE INTERPRETANDO “MAIS UM NA MULTIDÃO”

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTE SÁBADO

INTERNACIONAIS

Brasil conquista ouro na vela, no judô, hipismo e atletismo no Pan

Atletismo do Brasil também foi medalha de ouro no Pan de Lima, no Peru

Foto: Alexandre Loureiro/COB/Divulgação

O Brasil conquistou medalhas de ouro na vela, no judô, no hipismo e no atletismo nesta sexta-feira (9) nos Jogos Pan-Americanos de Lima. A delegação brasileira ainda pode garantir mais vitórias, pois disputará todas as finais da natação.

Medalhas na vela

Nesta sexta, os atletas de vela do Brasil conquistaram várias medalhas. As principais vieram com Patrícia Freitas, na categoria RSX, e com Marco Grael e Gabriel Borges, na 49er.

Na RSX, Patrícia Freitas garantiu a conquista do ouro mesmo ficando na segunda posição na regata de hoje. Com a soma dos resultados ela acabou o evento na liderança da classificação geral e garantiu o tricampeonato.

Na 49er, Marco Grael e Gabriel Borges venceram a medal race e confirmaram o ouro na prova. Eles tinham vencido 6 das 12 regatas disputadas até então neste Pan.

Outra conquista brasileira na vela foi a prata na Laser Standard. Bruno Fontes terminou a medal race em terceiro e garantiu a segunda posição na classificação geral.

A última medalha do dia na vela veio com Samuel Albrecht e Gabriela Nicolina, que conquistaram o bronze na Nacra 17.

Como algumas provas não puderam ser completadas por razões climáticas, o Brasil deve conquistar mais medalhas na vela neste s[abado, 10.

Agência Brasil

Fonte: Blog do BG

 

NACIONAIS

Por G1 SP

 


Obra da Linha 6-Laranja do Metrô de São Paulo — Foto: TV Globo/Reprodução

Obra da Linha 6-Laranja do Metrô de São Paulo — Foto: TV Globo/Reprodução

A Justiça Federal instaurou, nesta sexta-feira (9), uma ação penal contra o ex-diretor de contratos do Metrô de São Paulo, Sérgio Correa Brasil, e 13 executivos de construtoras por supostos crimes de corrupção que teriam sido cometidos entre 2004 e 2014.

A força-tarefa da Lava Jato no Ministério Público Federal em São Paulo afirma que houve irregularidades nas licitações para ampliação das linhas 2-Verde e 5-Lilás e também na parceria público privada para a construção da Linha 6-Laranja.

O processo se baseou na delação premiada de Sérgio Brasil, que além de diretor do Metrô foi chefe de parcerias público privadas no governo do estado de São Paulo.

Brasil admitiu ter recebido pagamentos de construtoras para favorecê-las em concorrências do Metrô enquanto ocupou cargos na companhia e na secretaria. Segundo o delator, foram beneficiadas as construtoras OdebrechtAndrade GutierrezQueiroz Galvão e OAS, cujos executivos viraram réus nesta sexta, e também a Camargo Corrêa, que é investigada em inquérito separado.

Procurado, o Metrô disse que “a empresa é a maior interessada na apuração dos fatos e está à disposição das autoridades para colaborar com as investigações” e ressaltou que Sérgio Brasil Correa não é mais funcionário da empresa. A Queiroz Galvão disse que não vai comentar o caso. A a Andrade Gutierrez disse, em nota, que “apoia toda iniciativa de combate à corrupção” e que “se coloca à disposição das autoridades competentes para uma colaboração ampla e irrestrita”. A OAS informou que “vem prestando esclarecimentos e que o objetivo da empresa é concluir os acordos de leniência e seguir os negócios de forma ética”. (Veja as notas completas abaixo).

Sérgio Correia Brasil foi procurados, mas ainda não respondeu.

A acusação do Ministério Público Federal (MPF) indica que Brasil participou de 23 episódios de corrupção passiva enquanto exerceu as funções de diretor do Metrô e coordenador de PPPs em SP.

Além da colaboração do executivo, os fatos são corroborados pelas delações da Odebrecht e de outras construtoras e também por dados oficiais repassados pela companhia, segundo a denúncia.

Sérgio Corrêa Brasil, ex-diretor do Metrô de São Paulo, é um dos 14 réus em ação por corrupção no Metrô — Foto: Reprodução/TV Globo

Sérgio Corrêa Brasil, ex-diretor do Metrô de São Paulo, é um dos 14 réus em ação por corrupção no Metrô — Foto: Reprodução/TV Globo

Corrupção no Metrô

No caso da Linha 2-Verde, Brasil teria trabalhado para garantir que as mesmas construtoras vencedoras dos contratos em 1990 permanecessem responsáveis pelas obras. Isso teria ocorrido por meio de 29 aditivos contratuais celebrados ao longo dos anos seguintes, enquanto o correto seria fazer novas licitações para selecionar as empresas.

As partir de 2004, quando as obras de ampliação tiveram início, Brasil teria recebido R$ 2 milhões em propina das construtoras por mantê-las durante 14 anos na disputa pelas obras da Linha 2-Verde.

No caso da linha 5-Lilás, Brasil teria direcionado a licitação de ampliação do trecho entre as estações Largo 13 e Chácara Klabin para favorecer as “cinco grandes” construtoras (Odebrecht, Andrade Gutierrez, Queiroz Galvão, OAS e Camargo Corrêa).

Segundo o MPF, o executivo trabalhou para que elas ficassem com o trecho mais vantajoso da obra, que exigia o uso do chamado “tatuzão”. Para isso, ele teria recebido R$ 966 mil de propina.

Parceria público privada

O terceiro episódio de corrupção envolvendo Brasil teria ocorrido quando ele ocupava o cargo de assessor de parcerias público-privadas na Secretaria de Planejamento do Estado de São Paulo.

De acordo com a equipe de procuradores, Brasil teria recebido R$ 700 mil para garantir favorecimentos e fazer manipulações em editais para que a Odebrecht Transports ganhasse uma licitação e iniciasse, em 2014, uma obra em parceria com a construtora Queiroz Galvão.

Executivos denunciados

Após o recebimento da denúncia feita pelo MPF, tornaram-se réus o ex-diretor do Metrô, Sérgio Corrêa Brasil, e os executivos:

  • Fabio Andreani Gandolfo, da Odebrecht
  • Benedicto da Silva Júnior, da Odebrecht
  • Celso da Fonseca Rodrigues, da Odebrecht
  • Luiz Antonio Bueno Júnior, da Odebrecht
  • Arnaldo Cumplido de Souza, da Odebrecht
  • Carlos Armando Guedes Paschoal, da Odebrecht
  • Flávio David Barra, da Andrade Gutierrez
  • Dario Rodrigues Leite Neto, da Andrade Gutierrez
  • Anuar Benedito Caram, da Andrade Gutierrez
  • Mário Bianchini Júnior, da Queiroz Galvão
  • Carlos Alberto Mendes dos Santos, da Queiroz Galvão
  • José Alexis Beghini Carvalho, da OAS
  • Carlos Henrique Barbosa Lemos, da OAS

Os pagamentos feitos pela Camargo Corrêa teriam ocorrido por intermédio de doleiros e, por isso, os executivos desta construtora são investigados em inquérito separado, de competência de vara especializada em lavagem de dinheiro e crimes financeiros.

Veja a nota completa da Andrade Gutierrez:

A Andrade Gutierrez informa que apoia toda iniciativa de combate à corrupção, e que visa a esclarecer fatos ocorridos no passado. A companhia assumiu esse compromisso público em um manifesto veiculado nos principais jornais do país e segue colaborando com as investigações em curso dentro dos acordos de leniência firmados com o Ministério Público Federal (MPF), com a Controladoria Geral da União (CGU), com a Advocacia Geral da União (AGU) e com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

Cabe ressaltar que a empresa tem total interesse em esclarecer os fatos que abrangem os processos abertos agora pelo Ministério Público Federal de São Paulo em relação às obras do metrô e já se coloca à disposição das autoridades competentes para uma colaboração ampla e irrestrita das informações de que tem conhecimento.

A Andrade Gutierrez reforça anda que incorporou diferentes iniciativas nas suas operações para garantir a lisura e a transparência de suas relações comerciais, seja com clientes ou fornecedores, e afirma que tudo aquilo que não seguir rígidos padrões éticos será imediatamente rechaçado pela companhia.

Veja a nota completa da Odebrecht:

“ Odebrecht tem colaborado de forma permanente e eficaz com as autoridades, em busca do pleno esclarecimento de fatos narrados por ex-executivos da empresa. São fatos do passado. Hoje, a Odebrecht usa as mais recomendadas normas de conformidade em seus processos internos e segue comprometida com uma atuação ética, íntegra e transparente.

Veja a nota completa do Metrô:

A empresa é a maior interessada na apuração dos fatos e está à disposição das autoridades para colaborar com as investigações. O Metrô ressalta que Sérgio Brasil Correa não é mais funcionário da empresa.

Veja nota completa da OAS

A OAS conta com uma nova gestão e esclarece que tem contribuído com as autoridades competentes e com a Justiça, prestando todos os esclarecimentos que se façam necessários. O objetivo da empresa é concluir os acordos de leniência e seguir com os negócios de forma ética, transparente e íntegra.

Fonte: G1

Por Fabio Manzano, G1

 


Intercambistas brasileiros veem na Tasmânia porta de entrada para imigração na Austrália — Foto: Divulgação/Turismo Austrália

Intercambistas brasileiros veem na Tasmânia porta de entrada para imigração na Austrália — Foto: Divulgação/Turismo Austrália

O número de estudantes brasileiros que escolhem a Tasmânia como destino de intercâmbio na Austráliaquintuplicou em quatro anos, de acordo com dados divulgados pelo governo australiano. Especialistas e estudantes ouvidos pelo G1 explicam que a região remota ajuda na concessão de vistos temporários de estudo e trabalho, que depois contam para um futuro pedido de residência fixa.

Em 2016, eram apenas 33 brasileiros estudando nesta região. Neste ano, já são 171 matriculados. E o número parece aumentar após a criação do Acordo de Migração para Áreas Designadas (DAMA, na sigla em inglês), com o qual o país abre suas portas a trabalhadores estrangeiros qualificados.

Estudantes brasileiros na Tasmânia

2016201720182019
Ensino superior69714
Escolas técnicas382476
Ensino básico e médio2104275
Escola de idiomas3856
Total332578171

O destino é um dos poucos países de língua inglesa que permite conciliar os estudos com o trabalho e as cidades mais concorridas são as costeiras Sydney e Melbourne; mas Hobart, a capital do estado da Tasmânia, é uma opção para quem busca a residência na “Austrália regional”.

A especialista em direito de imigração Ana Otto explicou ao G1 que a Tasmânia é um destino “mais fácil” para quem quer permanecer na Austrália de uma forma legal. Ela comenta que o perfil do estudante que vai à Tasmânia é sempre o mesmo: conhecem o país a partir dos grandes centros, onde fazem um curso de idiomas e, depois desta primeira ambientação, quem deseja continuar no país busca pelas regiões menos movimentadas.

O processo de imigração para a Austrália é constituído a partir de uma pontuação dada a cada pessoa. O nível de escolaridade, o tipo de profissão e a experiência e a região em que se vive contam pontos a mais para o pedido e pode ser definitivo para a concessão deste tipo de permissão.

“Morar na ‘Austrália Regional’ aumenta as chances de se conseguir um visto permanente. Ainda que do Brasil se possa entrar com o pedido, há uma pontuação maior para quem está aqui”, explicou a especialista Ana Otto.

Visto temporário de estudante na Tasmânia ajuda a chance de brasileiros conseguirem residência na Austrália — Foto: Guilherme Luiz Pinheiro/G1Visto temporário de estudante na Tasmânia ajuda a chance de brasileiros conseguirem residência na Austrália — Foto: Guilherme Luiz Pinheiro/G1

Visto temporário de estudante na Tasmânia ajuda a chance de brasileiros conseguirem residência na Austrália — Foto: Guilherme Luiz Pinheiro/G1

Brasil no top 5

O Brasil é o quarto país que mais manda estudantes para a Austrália. Neste ano, já são 27.077 matriculados em instituições de ensino do país. Entre 2016 e 2018, foram mais de 65 mil intercâmbios.

Das cinco primeiras nacionalidades que mais enviaram estudantes para o país austral, responsável por 59% do total de intercambistas, o Brasil é o único não asiático.

Top 5 de intercambistas na Austrália
59% dos estudantes internacionais são destas nacionalidades

China: 29 %Índia: 15 %Nepal: 7 %Brasil: 4 %Vietnã: 4 %Outros países: 41 %

Vietnã
4 %
Fonte: Departamento de Educação do Governo da Austrália

Austrália regional

Ana Otto explica que, apesar de não chamar a atenção dos estudantes a princípio, é uma excelente opção para quem busca se fixar para quem passou por uma primeira experiência nos destinos mais concorridos.

“A Tasmânia, apesar de não ser o destino inicial, é um estado muito bonito. É tudo organizado. Hobart é uma cidade grande e não é no meio do deserto como o Território Norte, que também é regional e tem este acordo da DAMA”, disse.

O estudante brasileiro Ícaro Pronsate foi para a Austrália estudar inglês, mas se apaixonou pelo país e resolveu seguir com um curso técnico em gastronomia para estender seu período por lá. Se mudou para a Tasmânia com sua esposa para cursar ensino superior em hotelaria.

 Ícaro Pronsate foi para a Austrália como estudante de línguas — Foto: Arquivo Pessoal/Ícaro Pronsate

Ícaro Pronsate foi para a Austrália como estudante de línguas — Foto: Arquivo Pessoal/Ícaro Pronsate

“A nossa intenção é buscar a residência. Entre todas as regionais, a Tasmânia se destacou para nós por conta de oportunidade de emprego, e por ter uma natureza e um life style completamente diferente do que a gente já tinha vivido.”

Pronsate disse acreditar que Sydney, Melbourne e Brisbane deixaram de ser cidades interessantes para quem tem um plano migratório. Ele aposta em outras opções “fora do eixo”, assim como a Tasmânia, para ter um aumento na procura, como Adelaide e Darwin.

Estudar na Austrália

Os brasileiros que escolhem a Austrália como destino para seus estudos procuram, em sua maioria, a profissionalização. Apenas neste ano, 63% dos intercambistas de instituições australianas se matricularam em cursos técnicos e no ensino superior.

Roseli Menezes vive hoje em Hobart, mas sua primeira experiência com o país austral foi em 2015 quando entrou na faculdade em Sydney. Ela contou que decidiu se mudar para o estado insular após a sua graduação para “ter uma experiência regional”.

“Me mudei para entender mais a cultura Australiana, pois Sydney acolhe pessoas do mundo inteiro e pelo fato de ser multicultural, se perde um pouco a referência”, disse.

Estes são os cursos oferecidos pela Austrália:

  • Higher Education, graduação e pós
  • VET, escola técnica
  • Schools, ensino fundamental e médio
  • ELICOS, cursos de idiomas
  • Non award, cursos livres

Ir para ficar

Gustavo Kautzmann é chefe de cozinha e conseguiu o visto permanente, com validade de dois anos. Seu primeiro contato com o país da Oceania também foi com um curso de idiomas, mas na Tasmânia, onde vive com sua esposa, que é professora de educação infantil, garantiu a documentação que lhe garante a estabilidade e o direito de requerer a nacionalidade australiana.

Gustavo posa com sua esposa, Carolina Barbieri, no Freycinet National Park, destino turístico da Tasmânia — Foto: Arquivo Pessoal/Gustavo Kautzmann

Gustavo posa com sua esposa, Carolina Barbieri, no Freycinet National Park, destino turístico da Tasmânia — Foto: Arquivo Pessoal/Gustavo Kautzmann

“Eu escuto relatos de australianos da Tasmânia, que o estado está cada vez mais popular como destino para intercâmbio, principalmente àqueles que desejam morar aqui em definitivo”, disse Gustavo.

Uma das mais recentes moradoras da ilha, a brasileira Jenny Pompe chegou a Hobart em 4 de agosto. Antes, a estudante de magistério passou por uma temporada em Sydney, onde aprendeu inglês. Seus planos, assim como os de outros brasileiros, é conseguir na Tasmânia o visto regional.

“Vim para cá especificamente para tentar o visto após me formar”, disse.

De acordo com o último censo australiano, em 2016 a Austrália tinha mais de 60 mil moradores de origem brasileira, número que pode aumentar por conta do DAMA.

Fonte: G1

 


Coaf integrará unidade de inteligência financeira se for transferido para o Banco Central

Coaf integrará unidade de inteligência financeira se for transferido para o Banco Central

A eventual transferência do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) do Ministério da Economia para o Banco Central representará mais que uma mudança de endereço: o Coaf passará a integrar uma unidade de inteligência financeira do BC.

Mais cedo, nesta sexta-feira (9), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que a eventual transferência visa livrar o órgão do “jogo político”.

Quando assumiu o governo, Bolsonaro transferiu o Coaf do extinto Ministério da Fazenda para o Ministério da Justiça, por meio de uma medida provisória que reestruturou o governo.

Governo prepara reforma tributária e planeja transferir o Coaf para o Banco Central

Governo prepara reforma tributária e planeja transferir o Coaf para o Banco Central

A ideia de transferir o órgão para o Banco Central surgiu justamente no Ministério da Economia e conta com a simpatia do presidente do BC, Roberto Campos Neto.

O objetivo de integrantes do governo é incluir a mudança no projeto que trata da autonomia do Banco Central. A proposta prevê, por exemplo, mandato de quatro anos para o presidente da instituição, não coincidente com o do presidente da República.

O que representa a mudança

Ao absorver o Coaf, o Banco Central sairá fortalecido institucionalmente, de acordo com a visão do Ministério da Economia.

O Coaf ganhou notoriedade a partir da Operação Lava Jato porque os relatórios e base de dados sobre movimentações financeiras do órgão foram determinantes para a apuração de esquemas de corrupção, como o da Petrobras.

Mas o Coaf tem um papel muito mais amplo. Está inserido na estrutura internacional de combate ao terrorismo, lavagem de dinheiro e corrupção.

O Brasil faz parte do Gafi, Grupo de Ação Financeira contra a Lavagem de Dinheiro e o Financiamento ao Terrorismo.

Trata-se de um órgão internacional intergovernamental que faz recomendações aos governos e periodicamente elabora relatórios sobre cada país para avaliar em que medida estão cumprindo as recomendações.

Caso não cumpra as recomendações, o país pode ser excluído do Gafi, com sério dano da imagem.

Terrorismo, corrupção e lavagem de dinheiro são crimes geralmente transnacionais. O combate a esses crimes, portanto, depende de cooperação entre países, com harmonização de regras para o seu enfrentamento

A pretensão do Brasil de ser aceito pelo OCDE, a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico, poderia ficar comprometida, caso o Brasil não seja efetivo no comprimento das recomendações do Gafi.

No entendimento de fonte que está trabalhando na proposta de mudança, a transferência para o Banco Central retira o Coafi das disputas políticas, sem perder eficácia no cumprimento de sua função de combater a lavagem de dinheiro.

Fonte: G1

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTE SÁBADO

DUETOS FANTÁSTICOS: ANA CAROLINA & SEU JORGE AO VIVO EM “É ISSO AÍ”

Na coluna MUSICAL deste sábado vamos assistir a mais um DUETO FANTÁSTICO com Ana Carolina & Seu Jorge, ao vivo,  interprentando “É isso aí”, tradução de “The Blower’s Daughter”. Você não pode perder. É Show!

Fonte: 

Publicado em 16 de jan de 2014

Continuar lendo DUETOS FANTÁSTICOS: ANA CAROLINA & SEU JORGE AO VIVO EM “É ISSO AÍ”

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEXTA-FEIRA

Por G1

 

Relator da Previdência diz que entregará parecer à CCJ do Senado em 3 semanas. Guedes diz que tem ‘objetivos maiores’ com relação à capitalização. Governadores se mobilizam por PEC paralela que inclua estados e municípios. Pesquisa mostra que perda de renda com a crise castiga mais analfabetos, jovens e negros. Entenda como funcionava o esquema que levou Eike de volta para a cadeia. E tire dúvidas sobre os saques do FGTS.

INTERNACIONAIS

Sondas espaciais racionam energia

Modelo de engenharia da Voyager 1 em exposição — Foto: JPL-NASA

Modelo de engenharia da Voyager 1 em exposição — Foto: JPL-NASA

Há quase 45 anos em operação e campeãs de resistência e quilometragem, as sondas Voyager 1 e 2 entraram em sistema de racionamento de energia para continuarem em ação no espaço. Elas foram lançadas em 1977 pela Nasa, a agência especial americana, em direção ao Sistema Solar exterior para estudarem os planetas gigantes. Veja no Blog do Cássio Barbosa.

Ostra gigante

Ostra gigante de 25 centímetros e 1,4 kg foi encontrada na França neste mês — Foto: Handout/Viviers de la Guittière / AFP Photo

Ostra gigante de 25 centímetros e 1,4 kg foi encontrada na França neste mês — Foto: Handout/Viviers de la Guittière / AFP Photo

Ostra gigante de 1,4 kg foi encontrada na costa atlântica da França. Um funcionário da fazenda de ostras de Talmont-Saint-Hilaire, na costa atlântica da França, encontrou um gigantesco exemplar de 25 cm de comprimento, que batizou de “Georgette”, em homenagem a outra trabalhadora do local.

Jogos Pan-Americanos

A sexta-feira tem tudo para ser histórica para o Brasil nos Jogos Pan-Americanos. Em um dia com diversas disputas de medalha nas mais variadas modalidades, a expectativa é de nove ouros entre atletismo, natação, caratê, judô, ciclismo e hipismo. Há ainda possibilidades na esgrima e remo. Destaque também para a semifinal do basquete e momento decisivo no vôlei, ambos no feminino.

Fonte: G1

NACIONAIS

Reforma da Previdência

Senador Tasso Jereissti (PSDB-CE), relator da reforma da Previdência — Foto: Gustavo Garcia / G1

Senador Tasso Jereissti (PSDB-CE), relator da reforma da Previdência — Foto: Gustavo Garcia / G1

Aprovada pelos deputados em segundo turno na quarta-feira, a proposta da reforma da Previdência já foi entregue pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). Agora, caberá a Tasso Jereissati (PSDB-CE) apresentar um parecer à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) sobre a reforma. Ele pretende dar o parecer em três semanas.

Jereissati elogiou o texto aprovado pela Câmara e afirmou que eventuais mudanças devem ser feitas por uma proposta de emenda à Constituição (PEC) paralela.

“O ponto que eu considero, e que há um consenso praticamente sobre isso aqui no Senado, é a inclusão de estados e municípios em uma PEC paralela. Porque o nosso compromisso com o país e com o Senado é de que o coração da reforma não volte para a Câmara, para lá na Câmara começar todo o processo novamente. O país não suporta isso”, acrescentou.

Capitalização

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que ainda tem “objetivos maiores” em relação ao projeto de capitalização para a Previdência. O texto apresentado originalmente pelo governo continha a proposta, mas ela foi derrubada pelos parlamentares durante a tramitação na Câmara dos Deputados.

“Ainda tenho objetivos maiores em relação a esse tópico”, afirmou Guedes. “A capitalização pode ser um novo mercado de poupança (para o país). Ela é extraordinária para o país, pode libertar gerações futuras”, disse o ministro.

Perda de renda

Renda estaciona e só deve voltar ao nível pré-crise em 2026, diz estudo

Renda estaciona e só deve voltar ao nível pré-crise em 2026, diz estudo

A recessão atingiu em cheio o bolso dos brasileiros. Como mostrou reportagem da GloboNews e do G1, a renda per capita do país deve ficar estagnada este ano. E mais: só deve voltar ao patamar pré-crise em 2026. A queda de renda, porém, não foi homogênea. A perda de renda com a crise castiga mais os analfabetos, jovens e negros, mostra pesquisa. Levantamento da FGV Social aponta que, enquanto a renda média recuou 2,4% de 2014 a 2018, brasileiros sem instrução tiveram perda de 23,2%. Veja no Blog do João Borges.

Economia

Saem dados de junho sobre os serviços. Em maio, o volume do setor ficou estável, na comparação com o mês anterior, segundo divulgou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Eike é preso outra vez

Eike Batista usou contas fantasmas para lavar dinheiro — Foto: Editoria de Arte / G1

Eike Batista usou contas fantasmas para lavar dinheiro — Foto: Editoria de Arte / G1

Preso novamente na Operação Segredo de Midas, o empresário Eike Batista usava um esquema de contas fantasmas para ocultar investimentos que não seriam permitidos pelas regras do sistema financeiro. Parte desses ganhos ilegais foram revertidos em propina para o então governador do Rio Sérgio Cabral (MDB). Entenda como funcionava o esquema.

Saques do FGTS

Saques do FGTS — Foto: Editoria de Arte / G1

Saques do FGTS — Foto: Editoria de Arte / G1

A liberação do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) começa em setembro para saques com limite de até R$ 500. Essa liberação abrange contas que ainda estão recebendo depósito do empregador atual e também de empregos anteriores, as chamadas contas inativas. Essa liberação tem previsão de beneficiar 96 milhões de trabalhadoresVeja tira-dúvidas.

Rio de Janeiro

Polícia Civil cria manual para uso de helicóptero — Foto: Divulgação

Polícia Civil cria manual para uso de helicóptero — Foto: Divulgação

A Polícia Civil do RJ criou um manual para uso de helicópteros, mas impôs sigilo de 15 anos sobre o documento. Entenda.

Sobreviveu ao Holocausto

Saul faz sua primeira apresentação em São Paulo na terça (13). — Foto: Facebook Saul Dreier /Reprodução

Saul faz sua primeira apresentação em São Paulo na terça (13). — Foto: Facebook Saul Dreier /Reprodução

Saul Dreier, um “jovem” de 94 anos – como ele mesmo se chama – é um polonês sobrevivente do Holocausto que, há cinco anos, fundou a ‘Holocaust Survivor Band’. Na próxima terça (13), às 20h, no auditório do Anhembi, em São Paulo, o baterista vai se apresentar pela primeira vez no Brasil.

Cinema

Veja as estreias no cinema desta semana

Veja as estreias no cinema desta semana

Vídeo: ‘Histórias assustadoras para contar no escuro’ e ‘Rainhas do crime’ são as estreias. Além filmes de terror e de máfia americanos, ‘Simonal’ chegou aos cinemas brasileiros.

Paolla Oliveira

Paolla Oliveira é Vivi Guedes em "A Dona do Pedaço": as duas estão nas redes sociais — Foto: Globo/Raquel Cunha

Paolla Oliveira é Vivi Guedes em “A Dona do Pedaço”: as duas estão nas redes sociais — Foto: Globo/Raquel Cunha

Perfil da ‘influencer’ Vivi Guedes une ficção e realidade e ruma ao 1º milhão. Com mais de 820 mil seguidores, perfil no Instagram de personagem de Paolla Oliveira tem inspirações como Coco Rocha, Rihanna e Miley Cyrus . Conheça bastidores do perfil e opiniões de ‘Vivis da vida real’.

Curtas e Rápidas:

 

Por Blog do BG

‘O PT tinha diálogo com nóis cabuloso’, diz líder do PCC grampeado, ao atacar Moro

Uma liderança do PCC interceptada pela Polícia Federal afirmou que a facção tinha um ‘diálogo cabuloso’ com o PT e criticou o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. Os telefonemas, de abril deste ano, obtidos pelo Estado foram captados pela Operação Cravada, que mira o núcleo financeiro da organização.

Nesta quarta-feira, a Polícia Federal foi às ruas em 7 estados com um efetivo de 180 agentes, para cumprir 30 mandados de prisão. Segundo o último balanço, além de 28 presos, a ação terminou com o bloqueio de 400 ligadas ao Primeiro Comando da Capital.

De acordo com as investigações, o núcleo financeiro da facção é responsável por recolher e gerenciar as contribuições para a organização em âmbito nacional.

No relatório de interceptações telefônicas, a PF diz: “Também foram encontrados indicativos de vínculos da ORCRIM PCC com partidos políticos, o que nesse momento não está dentro dos objetivos da investigação e, semelhante a questão de corrupção de agentes públicos, temos a necessidade de encerrar a chamada fase sigilosa da investigação”

Para dificultar o rastreamento do dinheiro, os pagamentos, chamados de ‘rifas’, eram repassados à organização por meio de diversas contas bancárias e de maneira intercalada, apontou a Polícia Federal.

Um dos alvos é Alexsandro Roberto Pereira, conhecido como ‘Elias’ ou ‘Veio’. De acordo com as investigações, ele atua como ‘Resumo da Rifa’, e é responsável por ‘posição na hierarquia da organização criminosa e também possui poder de decisão e mando sobre os demais integrantes’. “Das investigações foi possível desvelar que o noticiado possui a função de controlar as contas bancárias, utilizadas pela organização para movimentar dinheiro de suas atividades ilícitas, principalmente, o tráfico de drogas”. Ele é um dos homens de ‘relevante função, bem como poder e comando’ do PCC, que foram transferidos para presídios federais.

Em um dos diálogos, no dia 22 de abril, ele conversa com Willians Marcondes Ferraz, o ‘Rolex’, que também atua na mesma posição no organograma da organização. Outro interceptado é André Luiz de Oliveira, o ‘Salim’.

Em uma das conversas, Elias diz a Salim: “A gente sabe que esse governo que veio irmão, esse governo aí ô, os cara começou o mandato agora, irmão, agora que eles começaram o mandato, os caras têm quatro ano aí pela frente, irmão”.

“Os caras tão no começo do mandato dos cara, você acha que os cara já começou o mandato mexendo com nois irmão. Já mexendo diretamente com a cúpula, irmão. O… o… quem tá na linha de frente. Então, se os cara começou mexendo
com quem estava na linha de frente, os caras já entrou falando o quê?”, afirmam.

O traficante passa então a criticar o ministro Sérgio Moro. “Com nois já não tem diálogo, não, mano. Se vocês estava tendo diálogo com outros, que tava na frente, com nois já não vai ter diálogo, não. Esse MORO aí, esse cara é um filha da puta, mano. Esse cara aí é um filha da puta mesmo, mano. Ele veio pra atrasar”.

“Ele começou a atrasar quando foi pra cima do PT. Pra você ver, o PT com nois tinha diálogo. O PT tinha diálogo com nois cabuloso, mano, porque… situação que nem dá pra nois ficar conversado a caminhada aqui pelo telefone, mano. Mas o PT, ele tinha uma linha de diálogo com nois cabulosa, mano….”, diz Elias.

O líder do PCC também comenta sobre movimentações financeiras. Afirma a Salim que está na hora de ‘trocar todas as 10 contas do comando, pois estão batendo 4 meses de uso; que o MS e MG a movimentação é alta mesmo…’.

Salim, então, afirma que encontrou uma reportagem do Estado em que mostra o isolamento de 134 presos em São Paulo, antes de o mesmo ser feito com o líder marco William Herbas Camacho, o ‘Marcola’.

Após a conversa com Salim, Elias liga então para Rolex, e volta a falar sobre o fato de ter visto matéria sobre o tema na Voz do Brasil.

Ele faz ameaças:

“ESSE VERME AI QUE ENTROU AI”, mano, ele veio para querer mostrar serviço, mano, pra querer falar que “COM ELE É DESSA FORMA”, e que “NAS OUTRA ADMINISTRAÇÃO TAVA TUDO ERRADO”. Então, eles tão vindo nesse caminho, de querer mostrar que tudo que os outros estavam fazendo tava errado. Então, pode ter certeza, meu amigo, esse “VERME” aí ele vai ô…primeiramente irmão: “MEXEU, NÃO TEVE UMA RESPOSTA, ATÉ AGORA NÃO TEVE UMA RESPOSTA AINDA!”. Os cara falou o quê? Falou: “oh mano, os cara não quer, não quer guerra”. Mas só que o… “A GENTE TEM QUE DESESTRUTURAR AS PEÇA CHAVE”. As peça chave que ele sabe que eles tem o tabuleiro quem é.

‘O estado de São Paulo tem o tabuleiro’

Segundo ele, os esquemas estão centralizados em São Paulo. “Os cara sabe os tabuleiro que é de dentro de São Paulo, do Progresso. Os Estado têm o tabuleiro que anda, mano. E essa operação, pode ter certeza meu amigo, que ela não vai ser só pra dentro do sistema não, hein. A operação do mesmo jeito que os cara fizeram (ininteligível), que os caras fizer isso no sistema, os caras estão fazendo na rua ou vão fazer na rua também!”

“Cê tá ligado, eles pegava os irmão que tava fechando no Resumo, estava fechando no Resumo do Progresso, as pessoa que ele sabia que tava ali na liderança ali na frente e mandava lá pra aquela quebrada. Pra você ver que um monte de irmão que tá naquela quebrada ali, ele tava fechando no Resumo, no Progresso, no Resumo de São Paulo. Então, vários irmãos que tão ali, era os irmão que tava na frente do sistema”, diz.

O traficante volta, então, a falar em suposto alinhamento com o PT, em termos idênticos ao da conversa anterior, segundo o relatório de grampos da PF.

“E que esse “MORO” aí mano, “ESSE CARA AI É UMA FILHA DA PUTA”, mano. Esse cara aí é um filha da puta mesmo, mano. Ele veio pra atrasar. “ELE JÁ COMEÇOU A ATRASAR O …QUANDO FOI PRA CIMA DO PT”. Pra você ver, o “PT COM NOIS TINHA DIÁLOGO! O PT TINHA UM DIÁLOGO COM NOIS CABULOSO”, mano, é porque é situações que não dá nem pra gente ficar conversando essas caminhada pelo telefone, mano. Mas o PT, ele TINHA UMA LINHA DE DIÁLOGO COM NOIS CABULOSA, mano”, afirma.

COM A PALAVRA, O PT

RESPOSTA DA ASSESSORIA DE IMPRENSA DO PT

Esta é mais uma armação como tantas outras forjadas contra o PT, e vem no momento em que a Polícia Federal está subordinada a um ministro acuado pela revelação de suas condutas criminosas. Quem dialogou e fez transações milionárias com criminosos confessos não foi o PT, foi o ex-juiz Sergio Moro, para montar uma farsa judicial contra o ex-presidente Lula com delações mentirosas e sem provas. É Moro que deve se explicar à Justiça e ao país pelas graves acusações que pesam contra ele.

ESTADÃO CONTEÚDO

Comments

Renan Calheiros tenta afastar Deltan Dallagnol da Lava Jato

Na esteira do desgaste provocado pelo episódio dos hackers e dos ataques à Lava Jato, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) acrescentou mais um pedido ao processo que move contra Deltan Dallagnol: o de afastamento do procurador do MPF. Em março, Renan protocolou a reclamação disciplinar alegando que o coordenador da Lava Jato, após ter tentado intervir na sua reeleição, influenciou na disputa pela presidência do Senado. Segundo ele, Dallagnol fez comentários em redes sociais que o prejudicaram e deixaram um claro viés eleitoral.

Contra… Renan recorreu ao Conselho Nacional do Ministério Público, que analisará o pedido na terça-feira. Para o senador, Dallagnol funciona como “ativista do cotidiano político”. A assessoria da Lava Jato não quis se manifestar.

…ataque. Renan é investigado no inquérito-mãe da Lava Jato, que apura a formação de uma quadrilha para fraudar a Petrobrás. Ele também é alvo de outras investigações no Supremo Tribunal Federal.

COLUNA DO ESTADÃO

Comments

Procuradoria revela que Eike manipulou mercado em mais de 300 operações e movimentou R$ 800 milhões

Ministério Público Federal informou que o empresário Eike Batistapreso na manhã desta quinta, 8, no âmbito da Operação Segredo de Midas, desdobramento da Lava Jato, e o responsável financeiro pelo grupo EBX Luiz Arthur Andrade Corrêa, o ‘Zartha’, que também é alvo da operação, manipularam o mercado de capitais por meio do uso de informações privilegiadas ‘interferindo na precificação dos ativos financeiros’. Ao todo, a dupla teria realizado mais de 300 operações, movimentando R$ 800 milhões. A força-tarefa vai solicitar cooperação aos Estados Unidos que localize e prenda Arthur, ainda não localizado.

Segundo o Ministério Público Federal, entre 2010 e 2013, foram manipulados os mercados de ações e bonds de diversas empresas: Ventana Gold Corp, utilizada como falso pretexto para encobrir o repasse ilícito de recursos ao ex-governador Sérgio Cabral, Galway Resources Ltd, MMX, MPX e OGX. Em outros casos, foram usadas informações privilegiadas, assinala a investigação.

“No total, foram movimentados mais de R$ 800 milhões”, indica a Procuradoria

As cinco situações, descritas pela Procuradoria, em que Eike e ‘Zartha’ teriam agido estão relacionadas a diferentes ativos – da Ventana Gold Corp (VEN), da Galway (GWY), da MMX (MMXM11), da MPX (MPXE3) e de bonds da OGX.

A investigação levou em consideração os depoimentos em delação premiada do banqueiro Eduardo Plass e de outras cinco pessoas.

Plass foi alvo da operação ‘Hashtag’ em agosto de 2018 e estaria ligado a esquema de corrupção envolvendo o ex-governador do Rio Sérgio Cabral e Eike, segundo a investigação.

Segundo o Ministério Público Federal, Eike e ‘Zartha’ negociavam ativos financeiros (ações e bonds) ‘por meio de contas fantasmas no banco paralelo The Adviser Investments, que aparecia nas bolsas como titular das operações, sendo, contudo, apenas uma interposta pessoa jurídica por meio da qual estavam operando’.

Em seu depoimento, Plass indicou que a dupla mantinha três contas fantasmas, denominadas Gerencial, no The Adviser Investments.

O delator apontou que a ‘Gerencial 62’ e a ‘Gerencial 64’ pertenciam ao empresário e eram operadas por Luiz Arthur. Já a ‘Gerencial 68’ era vinculada ao responsável financeiro do grupo EBX.

129 operações de ativos VEN, movimentando US$ 68,3 milhões

A decisão do juiz Marcelo Bretas, da 7.ª Vara Criminal Federal do Rio, indica que a primeira transação de ativos com suposta manipulação de mercado foram as ações da empresa Ventana Gold Corp (VEN). A operação teria sido feita, segundo o MPF, com o objetivo de elevar lucro da companhia no momento de sua aquisição pela empresa AUX Canada.

Segundo os colaboradores, entre fevereiro de 2010 e janeiro de 2011, com recursos da ‘Gerencial 62’, conta de Eike, foram realizadas 129 operações de compra e venda de ativos VEN, na bolsa de valores canadense, movimentando US$ 68.380.713,80 – o equivalente a pouco mais de R$ 268,7 milhões hoje.

O magistrado ressaltou que Eike estaria negociando a aquisição do controle acionário da Ventana Gold Corp, por meio da pessoa jurídica AUX Canada, ao mesmo tempo em que transacionava os ativos, ‘o que configura verdadeira manipulação de mercado financeiro’.

“Em tese, Eike elevou o valor das ações da Ventana para acumular maior lucro no momento em que a pessoa jurídica, também comandada por ele, adquirisse a primeira”, destacou.

104 operações de ativos GWY, totalizando US$ 17,2 milhões

O segundo caso abordado no documento, apontado pelos colaboradores, é o de que Eike e Luiz Arthur teriam manipulado as ações da empresa Galway, também operadas na bolsa canadense.

A negociação teria utilizado recursos da ‘Gerencial 62’ para realizar 104 operações de compra de de ativos GWY, totalizando US$ 17.246.527,43, entre agosto de 2011 e fevereiro de 2012 – o equivalente a pouco mais de R$ 67,7 milhões hoje.

Segundo o MPF, a Galway tinha baixa liquidez, à época, e a aquisição do grande volume de ações em curto período alterou o preço dos seus ativos. O órgão indicou que o objetivo era, novamente, elevar o custo das ações e posteriormente faturar mais com a compra da pessoa jurídica.

O documento registra que em dezembro de 2012, ‘após reunião de acionistas e credores da Galway Resources LTD, aí incluído a posição acionária de Eike, por meio da The Adviser Investments, se decidiu positivamente sobre a proposta de aquisição da AUX Canadá, cujo controlador também era Eike, para a compra do controle acionário da primeira empresa’.

10 operações de compras do ativo MMXM11, totalizando R$ 24,4 milhões

Segundo o MPF, Eike teria realizado 10 operações de compras do ativo MMXM11, entre março e junho de 2013, e por meio das “gerenciais 62, 64, 68”, totalizando o valor de R$ 24.406.670,00. A decisão ressalta que Eike era sócio controlador da MMX, responsável pelo ativo.

A Procuradoria apresentou documentos que apontam negociação realizada pelo empresário, na mesma época da compra dos citados ativos, para a venda de seu controle acionário, sem notificação do mercado e dos demais acionistas. Bretas aponta que a negociação motivou inclusive um processo administrativo da CVM.

“Ou seja, enquanto Eike Batista, como controlador da MMX, arquitetava a possível venda de seu controle acionário, sem ciência dos demais acionistas, também operava, em tese, por meio de banco paralelo (Gerenciais 64 e 68), a compra de ações MMXM11, vinculadas a dívida da empresa”, anota o juiz.

O magistrado apontou ainda que a possível manipulação dos papéis MMXM11 ‘elevou o valor da negociação do Porto Sudeste (65% de Eike), resultando numa venda de quase R$ 3 bilhões em outubro de 2013’.

24 operações com o MPXE3, movimentando R$ 85,2 milhões

O quarto caso mencionado na decisão de Bretas envolve 24 operações de compra e venda do ativo MPXE3, realizadas pela ‘Gerencial 62’, movimentando o valor de R$ 85.241.877,46, na bolsa brasileira. O ativo é regular da empresa MPX.

O texto indica que Eike estava ‘em fase de negociação velada’ para a venda de sua parte acionária da MPX (24,5%). Segundo processo administrativo da CVM, as negociações de venda com a empresa alemã E.ON tiveram início em dezembro de 2012 e foram finalizadas em 27 de março de 2013.

“Coincidentemente, a empresa TAI (em tese, contas de Eike e Luiz Arthur) vendeu todas suas ações MPXE3 em 10 de abril de 2013, poucos dias após a venda da participação da MPX.”, aponta Bretas.

Segundo o documento, no momento da transação com empresa alemã as ações da MPX valorizaram, influenciando a negociação. O resultado foi participação acionária de Eike foi vendida por R$ 1,4 bilhões, diz o texto.

37 operações de bonds da OGX, movimentando US$ 38,7 milhões

Bretas assinala que a quinta situação de manipulação de mercado relatada pela Procuradoria trata de transações financeiras de bonds da OGX. Segundo Plass, Eike, com auxílio de Luiz Arthur , realizou 37 operações de compra e venda do ativo, entre novembro de 2012 e abril de 2013 movimentando US$ 38.718.565,02 – o equivalente a pouco mais de R$ 152,1 milhões hoje.

O texto indica que, de acordo com processo do CVM, as compras coincidiram com momentos de crise na empresa OGX, que teriam sido ‘escamoteados pelo investigado’. Segundo a Procuradoria, a operação revelaria uma tentativa de manter os ativos em alta na bolsa, ‘mesmo com problemas administrativos na pessoa jurídica’.

Para o Ministério Público Federal, Eike criou um ‘falso ambiente de confiança dos investidores e mascarou o risco de inadimplemento’.

Uso indevido de informação privilegiada

O Ministério Público Federal assinalou ainda que Eike e Luiz teriam operações que tiveram como objeto ações de uma rede de fast food, então negociadas na Bolsa de Valores de Nova Iorque.

Segundo a Procuradoria, foram realizadas operações de compra em maio de 2010, no total de 205.000 ações da rede, no valor total de US$ 4.088.659,96. Depois, em setembro, foram vendidas as 205.000 ações, no valor total de US$ 4.791.320,50. A operação gerou um lucro de US$ 702.660,54.

O MPF investiga a possível ocorrência do crime de uso de informação privilegiada, ‘já que, no mesmo dia em que foram realizadas as operações de venda, foi anunciada a compra da empresa’.

A Procuradoria indica que no momento da compra das ações, o empresário, possivelmente, já detinha a informação privilegiada de que da empresa seria comprada por fundo brasileiro do qual tornou-se parceiro.

“Desta forma, sustenta o MPF que Eike possuía informação relevante, ainda não divulgada, sigilosa e com potencial para gerar vantagem indevida, o que enquadraria a sua atuação no crime de uso de informação privilegiada”, indicou.

ESTADÃO CONTEÚDO

Comments

Salário mínimo pode ir a R$ 1.040 em 2020

A Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional aprovou nesta quinta-feira, 8, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2020. O texto segue agora para o plenário do Congresso, onde deverá ser votado em sessão conjunta por deputados e senadores.

Entre os principais pontos do texto está o aumento do salário mínimo dos atuais R$ 998 para R$ 1.040 em 2020, com a correção do valor apenas pela inflação, ou seja, sem aumento real.

O porcentual de 4,2% de reajuste do mínimo corresponde à previsão de inflação para este ano do INPC. Por se tratar de estimativa, é possível que ocorra, até o fim do ano, alguma variação no valor de R$ 1.040.

O valor do salário mínimo impacta os gastos públicos. Segundo cálculos do governo, o aumento de R$ 1 para o salário mínimo implica despesa extra de R$ 302,8 milhões aos cofres públicos. Dois terços dos benefícios previdenciários são corrigidos pelo mínimo, assim como o Benefício de Prestação Continuada (BPC), pago a pessoas com deficiência e idosos com mais de 65 anos que comprovem renda familiar abaixo de um quarto do mínimo por pessoa.

Entre 2011 e 2019 vigorou proposta adotada pela então presidente Dilma Rousseff – aprovada pelo Congresso – de política de reajustes pela inflação do ano anterior e variação do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes. Como o PIB foi negativo em 2015 e 2016, nem sempre o mínimo subiu acima da inflação nos últimos anos.

O secretário do Tesouro, Mansueto Almeida, disse que ainda não foi fechada a política de reajuste do mínimo para os próximos anos. “A discussão será feita no final do ano. Mesmo que o governo venha enviar na proposta de Orçamento reajuste real zero do salário mínimo, se vai ter aumento real ou não é algo que será debatido no Congresso até o final do ano”, disse. “O que é importante na discussão é que cada despesa adicional tem de definir a fonte de recursos”, completou.

A LDO estabelece metas e prioridades para o exercício financeiro do ano seguinte, além de orientar a elaboração do Orçamento da União. Também define a meta fiscal, que será de déficit de até R$ 124,1 bilhões.

Pela Constituição, o governo é obrigado a encaminhar ao Congresso, até 31 de agosto de cada ano, o projeto de lei do Orçamento da União. A LDO de 2020 deveria ter sido aprovada antes do recesso de julho, mas deputados e senadores saíram de “recesso branco”, o período de férias informais, e só voltaram ao trabalho na última terça-feira.

O relator da LDO, deputado Cacá Leão (PP-BA), fez alterações no projeto enviado pela área econômica em relação ao fundo eleitoral.

Ele mais que dobrou a previsão de recursos aos partidos no ano que vem para as eleições municipais. Em comparação com as eleições de 2018, a LDO de 2020 prevê repasse de R$ 2 bilhões a mais ao fundo eleitoral. No ano passado, 35 partidos receberam R$ 1,7 bilhão para bancar campanhas eleitorais.

O projeto aprovado na comissão também libera a realização de concursos públicos em 2020 e veta o bloqueio do orçamento da Educação pelo governo.

ESTADÃO CONTEÚDO

Comments

Bolsonaro vê Moro sem a ‘caneta’ de juiz e poder

O presidente Jair Bolsonaro defendeu nesta quinta-feira, 8, que o governo não dê prioridade à principal proposta do ministro da Justiça, Sérgio Moro, o pacote anticrime, para não atrapalhar medidas econômicas em discussão no Congresso. Em um recado ao auxiliar, que já foi tratado como “superministro”, o presidente afirmou que Moro precisa ter “paciência”, pois não tem mais a “caneta na mão” como na época em que era magistrado. A declaração surpreendeu até mesmo aliados e acentuou o desgaste do ex-juiz da Lava Jato, que tem sofrido derrotas sucessivas na Câmara.

“O Moro está vindo de um meio onde ele decidia com uma caneta na mão. Agora, não temos como decidir de forma unilateral e temos que governar o Brasil”, disse Bolsonaro pela manhã ao deixar o Palácio da Alvorada. “O ministro Moro vem da Justiça, mas não tem poder, não julga mais ninguém. Entendo a angústia dele, de querer que o projeto vá para frente, mas nós temos que combater aí, diminuir o desemprego, fazer o Brasil andar.”

A declaração ocorre num momento de fragilidade do ministro, que teve supostas mensagens trocadas com integrantes da Lava Jato divulgadas pelo site The Intercept Brasil. Segundo a publicação, as conversas sugerem conluio do então juiz do caso com procuradores. Moro nega irregularidades e tem afirmado não ser possível atestar a autenticidade do que foi divulgado.

Bolsonaro já havia indicado descontentamento com o auxiliar em outros episódios. No mês passado, o presidente advertiu publicamente Moro ao afirmar que o ministro não poderia destruir provas da Operação Spoofing, que investiga a invasão de aparelhos de autoridades dos três Poderes.

O presidente também não garantiu a permanência de Roberto Leonel no comando do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). Leonel foi coordenador da Receita Federal na Lava Jato e assumiu o cargo a pedido de Moro.

Em entrevista ao Estado, Leonel criticou a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, que atendeu a um pedido do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente, e suspendeu investigações no País.

A própria transferência do órgão para o Ministério da Economia, com aval do Palácio do Planalto, já havia sido considerada um desprestígio a Moro. Agora, a ideia no governo é vincular o Coaf ao Banco Central.

‘Patrimônio’. De acordo com auxiliares de Bolsonaro, mesmo que movimentações recentes de Moro tenham desagradado ao palácio, o presidente sabe o peso político e o apoio popular que o ex-juiz tem. Moro é considerado um “patrimônio” no combate à corrupção e peça fundamental no governo. Por isso, assessores afirmam não haver qualquer intenção de fritá-lo.

Numa tentativa de contornar o mal-estar causado pelas declarações da manhã, à noite Bolsonaro levou Moro para a sua “live” semanal e pediu que o ministro explicasse o seu pacote anticrime. O presidente afirmou que iria procurar parlamentares para que analisem a proposta, mas evitou dizer que daria prioridade em relação às propostas econômicas. “Vamos tratar desse assunto com a velocidade e responsabilidade que nós todos poderemos ter”, disse Bolsonaro.

Pacote. Ao aceitar ser ministro, Moro abandonou 22 anos de carreira na magistratura pela possibilidade de, segundo ele, aperfeiçoar a legislação de combate à corrupção no País. Seu pacote anticrime, apresentado ao Congresso em fevereiro, reúne algumas das bandeiras da Lava Jato, como a prisão após condenação em segunda instância.

Para o relator do pacote anticrime na Câmara e líder da bancada da bala, deputado Capitão Augusto (PL-SP), a falta de prioridade às propostas de Moro causa estranheza. “Fiquei surpreso, não estava esperando isso. Estamos aguardando o ano todo a nossa vez, e estávamos achando que seria agora. Passando a reforma da Previdência, entraria o nosso pacote e depois a reforma tributária”, afirmou o parlamentar.

O recado de Bolsonaro acontece menos de uma semana após Moro ter pedido ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), em café da manhã, a aceleração do pacote anticrime. Em fevereiro, quando o ministro apresentou suas medidas, o presidente da Câmara decidiu criar um grupo de trabalho para analisar previamente a junção das propostas a outros projetos que já tramitavam na Casa. A iniciativa irritou Moro, que chegou a trocar farpas publicamente com Maia.

Desde então, o pacote anticrime foi desidratado no colegiado. Pontos cruciais da proposta, como a prisão após condenação em 2.ª instância e o chamado “plea bargain”, foram rejeitados.

ESTADÃO CONTEÚDO

Comments

‘Bolsonaro é o que temos até 2022’, afirma Rodrigo Maia

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta quinta-feira, 8, que, “mesmo com discurso autoritário”, o presidente Jair Bolsonaro foi eleito de forma democrática e “é o que temos até 2022”.

“Como defendemos a democracia, Bolsonaro é o que temos até 2022. Mesmo com discurso autoritário, ele sempre foi eleito pelas urnas, desde os tempos de parlamentar até a presidente”, disse Maia, em debate promovido em São Paulo pela Fundação Lemann, financiada pela família do empresário Jorge Paulo Lemann. Segundo o presidente da Câmara, “cabe ao Legislativo e ao Judiciário, naquilo que entender que ele passou do limite, gerar o limite”.

Maia – que tem feito críticas recorrentes ao projeto político defendido por Bolsonaro – acrescentou que, na agenda de costumes, não há, por parte do Parlamento, o apoio que o presidente tem na agenda econômica. “Nosso papel é construir o caminho do fortalecimento, de reafirmação da democracia. Do meu ponto de vista, muitas coisas que ele fala no seu discurso, eu discordo, mas não falo porque pessoalmente para mim é muito forte, como a questão do Felipe Santa Cruz”, disse ele, em referência ao presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)Felipe Santa Cruz.

Em entrevista, Bolsonaro contrariou dados oficiais e colocou em dúvida a versão para o morte do pai de Felipe, o militante de esquerda Fernando Santa Cruz. Para o presidente, ele teria sido assassinado por integrantes do próprio grupo político que integrava. Relatório da Comissão Especial sobre Mortos e Desaparecidos Políticos, porém, atesta que Fernando foi morto por militares durante o regime militar.

‘Erros’. Durante o debate, o presidente da Câmara afirmou que a eleição de Bolsonaro foi “um produto dos erros” da classe política nos últimos 30 anos, ao tratar sobre como um deputado federal do chamado baixo clero da Casa venceu uma eleição presidencial.

Maia fez essa afirmação após o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), que também participou do debate, ter feito críticas à postura de Bolsonaro como presidente. “Bolsonaro é produto dos nossos erros. Um deputado que estava sem partido, escanteado até pelas elites militares, vai e pega um movimento de rua, pega questões de valores, muito conservadores, e se elege”, disse. “Se ele chegou aonde chegou, a culpa é nossa”, acrescentou.

Para Maia, o ex-juiz Sérgio Moro, escolhido por Bolsonaro para a Justiça, não apoiou o então candidato do PSL no primeiro turno das eleições. Ele disse que a Lava Jato foi decisiva para a vitória de Bolsonaro, “mas o nome da Lava Jato não era Bolsonaro”. “Não deu tempo para que o candidato deles criasse condições para disputar a eleição. Como a Lava Jato não teve candidato, Bolsonaro foi beneficiado por esse movimento.”

ESTADÃO CONTEÚDO

Fonte: Blog do BG

 

LOCAIS

Operação resulta na apreensão de R$ 670 mil em espécie no Seridó

A operação foi deflagrada nesta quinta-feira, 08, em Carnaúba dos Dantas. Ação combate agiotagem e lavagem de dinheiro

MPRN / PC

Dois homens foram presos e duas armas de fogo foram apreendidas

A operação Crime e Castigo, deflagrada nesta quinta-feira, 08, pela Polícia Civil, com o apoio do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e da Polícia Militar, resultou na apreensão de R$ 676.944,00 em espécie. A ação tem por objetivo combater um esquema de agiotagem e lavagem de dinheiro na cidade de Carnaúba dos Dantas, na região do Seridó potiguar. Além do dinheiro encontrado na casa de um suspeito, dois homens foram presos e duas armas de fogo foram apreendidas na operação.

A investigação foi iniciada pela Delegacia Municipal de Acari após o recebimento de diversos relatórios, registrando movimentações suspeitas de aproximadamente R$ 35 milhões entre os anos de 2014 e 2018, referentes à troca de cheques e empréstimos de dinheiro para comerciantes e moradores da região. Segundo as investigações, o suspeito usava a esposa e parentes próximos, por meio de uma empresa, para movimentar os valores.

A empresa está em nome da mulher e o casal possuía procurações para movimentar as contas bancárias dos parentes e depositavam com frequência muitos cheques, tanto de pessoas jurídicas como físicas, de valores variados nestas contas. Durante as buscas na casa do casal, foram apreendidos uma arma de fogo, muitos cheques de terceiros e diversos documentos. Além disso, no local, foi apreendido o montante em espécie, que foi levado para uma agência bancária de Caicó para poder ser contabilizado. No cumprimento dos mandados de busca e apreensão realizados nas casas dos parentes, foram encontramos também cheques e outros documentos.

Uma segunda arma de fogo foi encontrada na casa de um comerciante que recebia dinheiro do agiota. Este tinha um “pag fácil”, que recebia dinheiro do agiota para ajudar a girar o comércio e, supostamente, lavar o dinheiro do suspeito.

Foram cumpridos 10 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça de Acari contra dois suspeitos de comandarem o esquema criminoso e outras sete pessoas, além de uma empresa, que estariam atuando como laranjas para lavagem do dinheiro. Durante as diligências, José Erivânio Dantas e Robson Dantas de Medeiros foram autuados em flagrante pelo crime de posse irregular de arma de fogo, sendo liberados após o pagamento da fiança arbitrada na delegacia.

Além das buscas, a Justiça determinou o sequestro dos bens dos suspeitos, com o bloqueio de todas as suas contas bancárias do casal. Participaram da operação cinco delegados, 15 agentes, 20 policiais militares, três promotores de justiça e três servidores do MPRN.

As investigações terão continuidade na Delegacia de Polícia Civil de Acari, encarregada do caso. A agiotagem (empréstimo de dinheiro a juros) é crime, com pena de até 2 anos de prisão. Já a lavagem de dinheiro pode resultar em até 10 anos de reclusão aos envolvidos.

Fonte: Agora RN

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEXTA-FEIRA

INSTRUMENTAL CLASSE A: DUDU MAIA E REGIONAL AO VIVO NO CLUBE DO CHORO DE BRASILIA

Na coluna MUSICAL desta sexta-feira temos Dudu Maia e Regional no INSTRUMENTAL CLASSE A interpretando “Noites Cariocas” de Jacob do Bandolim, no Clube do Choro. Vale a pena conferir!

Fonte: 

Publicado em 16 de ago de 2012

Continuar lendo INSTRUMENTAL CLASSE A: DUDU MAIA E REGIONAL AO VIVO NO CLUBE DO CHORO DE BRASILIA

AGENDA CULTURAL: SHOWS, BALADA, FEIRA DE ARTESANATO, CONGRESSO E MUTA DIVERSÃO

Agenda Natal Logo

NA AGENDA CULTURAL DESTA SEXTA-FEIRA A PROGRAMAÇÃO ESTÁ BOMBANDO COM MUITAS OPÇÕES DE DIVERSÃO E MUITAS ATRAÇÕES MUSICAIS E CULTURAIS. CONFIRA AQUI AS PRINCIPAIS ATRAÇÕES E SE QUISER VER TODA A PROGRAMAÇÃO CLIQUE NO ÍCONE.

NOITE DO SERTANEJO

EVENTO

Ponta Negra
Possui Música Ao Vivo
A consultar
09/08/2019 às 21:00

O xerife, juntamente com a Wanted Band anuncia a programação da semana e convidam todos os procurados para muita diversão em clima sertanejo e forró para o Aquecimento Bloco de Rua 2019, com Junior Bahya e Giannini Alencarnessa sexta feira.

ENTRADA:

  • Sob consulta via Instagram do local.

Mais informações: clique aqui.


BANDA ROTA 101

EVENTO

Ponta Negra
Possui Música Ao Vivo
A partir de R$ 20
09/08/2019 às 21:30

O mega vocalista JOÃOZINHO DANTAS, dono de uma voz magnífica (ex Grafith, Circuito Musical, Flor de Liz e Banda 7), pela primeira vez na Taverna Pub e acompanhado da famosa banda baile XEQMAT, faz um show de arrepiar! No repertório Europe, Scorpions, A-Ha, Oingo Boingo, Man at Work, Nirvana, Creedence e muito mais!

E na sequência a super banda ROTA 101 com seu repertório eclético e animado que abrange um montão de gêneros musicais, do rock nacional ao axé, do pop ao funk, do sertanejo ao forró… Vai ser uma festa!

ENTRADA

  • Coloque seu nome na lista pelo aplicativo ou site até ás 21h e entre até 23h para pagar valor promocional de R$20,00.

*Proibido para menores de 18 anos.

Mais informações: clique aqui.

Mais informações: clique aqui.


WORKSHOP AUTISMO

EVENTO

Lagoa Nova
A partir de R$ 55
10/08/2019 às 08:15

Veja a programação do evento e se programe para estar no dia 10 de agosto.

8h15 – 8h30: Credenciamento

8h30 – 11h00: Alterações nas funções psicológica superiores

11h00 – 12h00: O olhar do Pediatra na suspeita de TEA

12h00 – 14h00: Intervalo

14h00 – 16h00: Avaliação e estimulação neuropsicológica

O evento é destinado a psicólogos, acadêmicos de psicologia e áreas afins.

Mais informações: clique aqui.


ANIVERSÁRIO DO WESLEY’S BAR

EVENTO

Ponta Negra
Possui Música Ao Vivo
A partir de R$ 5
10/08/2019 às 15:00

SÁBADO 10 de agosto, o Wesley’s Bar comemora os 11 anos, das 15h as 5h.

Serão 5 shows:

André Rangel abre o palco tocando os melhores clássicos do Rock Nascional em versão acústica.

A segunda atração será Grazi e Banda tocando The Cranberries, Kings of leon, The animals, Imagine Dragons, Oasis, Keane, Lorde, Jessie J, Rihanna, Alanes Morissette, Billie Eilish, Coldplay, Lady Gaga, For non blondes, Blink 182

Banda Via Praça será a terceira a se apresentar com repertório de rock nacional e internacional variado calçado em bandas como U2, The Cure, Tears for fears, a-ha, Morrissey , Bill Withers, Titãs, engenheiros e muitas outras entre as décadas de 60 a 90. É pra agradar a gregos e troianos!

A quarta banda será a Swards, que fará um repertório com uma mescla de suas músicas autorais do EP A New Unknown, single Limbo e músicas inéditas além de uma extensa homenagem ao grande mestre André Matos, com clássicos do Angra, Shaman e Viper.

Fechando com chave de ouro a Banda Rota 101 tocando seu repertório de Pop-Rock Nacional e Internacional com muitos sucessos dos maiores ícones do gênero, sempre com a energia e a interação que só o show da Banda Rota 101 tem.

Na área do bar terá discotecagem rock das 19h às 22h com DJ Magão.

A entrada será 20,00.
Lista Amiga* 5,00 em espécie ou 10,00 nos cartões Visa ou Elo.
ATENÇÃO só aceitamos cartões Visa ou Elo.

Mais informações: clique aqui.


FEIRA GARAJAL

EVENTO

Tirol
Possui Estacionamento
Gratuito
10/08/2019 às 15:00

Feira Garajal possui arte, moda, gastronomia e muitos achados, estará de volta dia 10 de Agosto, na Ângelo Varela a partir das 15hs, com muitas e muitas novidades!

A feira nasceu da amizade de algumas pessoas que se reuniram numa venda de garagem na casa da jornalista Margot Ferreira, e passou a ganhar forma e hoje é administrada por Lourdinha Alencar, que é o coração e alma da Garajal!

Mais informações: clique aqui.


Fonte: Agenda Natal

Continuar lendo AGENDA CULTURAL: SHOWS, BALADA, FEIRA DE ARTESANATO, CONGRESSO E MUTA DIVERSÃO

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESSA QUARTA-FEIRA E PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA QUINTA-FEIRA

Por G1

 

O Supremo mantém Lula preso em Curitiba, horas depois da Justiça federal determinar a transferência do ex-presidente para Tremembé. Deputados concluem votação em 2º turno da reforma da Previdência e texto segue para o Senado. Inpe diz que o desmatamento na Amazônia cresceu 4 vezes em julho, e o ministro do Meio Ambiente fala em sensacionalismoMEC bloqueia R$ 348 milhões para livros didáticos. Nos EUA, Trump é recebido com protestos em Dayton após atirador matar 9. O Brasil atropela Porto Rico na estreia do vôlei feminino no Pan.

INTERNACIONAIS

Violência nos EUA

Manifestantes protestam contra a visita de Trump a Dayton, Ohio, após massacre na cidade. Ao fundo, o inflável 'baby Trump', presente em diversas manifestações contra o mandatário americano — Foto: Reuters/Bryan Woolston

Manifestantes protestam contra a visita de Trump a Dayton, Ohio, após massacre na cidade. Ao fundo, o inflável ‘baby Trump’, presente em diversas manifestações contra o mandatário americano — Foto: Reuters/Bryan Woolston

O presidente dos EUA, Donald Trump, foi recebido com protestos em Dayton, cidade do Ohio palco de um massacre que deixou 9 mortos no final de semana. Trump visitou o hospital onde sobreviventes do ataque a tiros estão internados.

Manifestantes se reuniram do lado de fora do centro médico com cartazes e entoando frases como “Chega de ódio”. O inflável ‘Baby Trump’ também foi levado para um dos atos. Trump também visitará El Paso, onde outro ataque deixou mais de 20 mortos e dezenas de feridos.

Após os ataques, o presidente americano disse que seu governo já havia feito muito para impedir ataques como os dois recentes, mas que “talvez mais tenha que ser feito”. Ele pediu que parlamentares aprovem leis que exijam uma checagem de antecedentes para a compra de armas.

Brasil no Pan

Seleção comemora ponto contra Porto Rico — Foto: Reuters

Seleção comemora ponto contra Porto Rico — Foto: Reuters

A seleção feminina de vôlei estreou no Pan-Americano contra Porto Rico. Mesmo sofrendo com entrosamento, o Brasil ganhou por 3 a 0 primeiro jogo do torneio, na busca pelo 5º ouro.

Após ataques, Estados Unidos mergulham em ansiedade e alarmes falsos

Tiros disparados no Walmart. Consumidores aterrorizados correndo para se esconder. Ligações frenéticas chegam ao 911.

A loja de Baton Rouge, na Louisiana, fica a quase 1.600 quilômetros a leste do Walmart de El Paso, no Texas, onde apenas 72 horas antes relatos iniciais deram lugar a cenas de caos e violência em massa: 22 mortos e um número muito maior de feridos.

Na capital da Louisiana, o treinamento predominou. Os órgãos policiais responderam em massa.

Oficiais da delegacia de East Baton Rouge chegaram ao local do crime em quatro minutos, depois vieram os policiais da cidade e do Estado, agentes do FBI e do Departamento de Álcool, Tabaco, Armas de Fogo e Explosivos. Eles inundaram o Walmart.

Logo depois de entrar na confusão, porém, as autoridades descobriram que não havia um atirador.

Nenhum agressor percorria os corredores da loja disparando como o atirador de El Paso. Em vez disso, os policiais aliviados encontraram um desafio totalmente diferente: o policiamento nos dias seguintes aos tiroteios em Gilroy (Califórnia), El Paso e Dayton (Ohio) deixou as pessoas profundamente ansiosas.

“Graças a Deus nós não precisamos de todos esses indivíduos, mas estou feliz que eles responderam”, disse o delegado de East Baton Rouge, Sid Gautreaux, em entrevista coletiva na terça-feira (6).

“Porque, como todos sabem, algo tão trágico quanto o que aconteceu em Dayton ou El Paso pode acontecer em qualquer lugar, a qualquer hora.”

A reação urgente foi motivada por dois homens lutando, um dos quais ameaçava o outro com uma tesoura, disse a polícia à imprensa local. O segundo homem sacou a arma e apontou para o da tesoura, no que segundo a polícia foi um ato de legítima defesa.

A visão de uma arma deixou as pessoas ao redor em pânico, com razão, e testemunhas mais tarde relataram ter ouvido “estalidos”.

Mas na terça-feira à noite a investigação ainda não tinha encontrado evidências de que um tiroteio realmente tivesse ocorrido.

“O clima nacional em relação a esses incidentes deixou o país muito nervoso, e os níveis de ansiedade dos cidadãos estão muito acima do normal”, acrescentou o Departamento de Polícia em um comunicado.

O nervosismo depois dos tiroteios pode alimentar relatos chocantes —mas não verificados— nas redes sociais, criando um ambiente frenético de informações que pode ser uma ameaça à segurança pública, dizem especialistas. Nesta semana, esse ambiente está pujante.

O rescaldo de um ataque é um momento especialmente intenso para os socorristas, disse Frank Straub, diretor do Centro de Estudos de Reação à Violência em Massa da Fundação Polícia, entidade sem fins lucrativos.

“Todo mundo está nervoso”, disse Straub ao Washington. “Essas ligações chegam, e os policiais vão. Eles têm que responder —você tem que levar todas as ameaças a sério—, então isso se torna um dreno para os recursos policiais e (…) para os próprios policiais.”

Ligações falsas ou por engano ao número 911 são frequentemente bem-intencionadas, disse ele, mas podem ser baseadas em fluxos de rumores sem consistência.

Isso pode começar com um fragmento de informação, algo que é apenas parcialmente verdadeiro, que é compartilhado várias vezes na internet.

Se receber atenção suficiente, disse Straub, uma organização de notícias ansiosa para ser a primeira a contar a história vai relatá-la, dando-lhe um verniz de credibilidade. A partir daí, a narrativa é reforçada.

“Você vê alguns desses posts na rede social ganharem vida própria, eles se tornam realidade”, disse Straub. “Então essa má informação entra nos despachos da polícia e é reforçada nos noticiários, e é um problema a mais tentar descobrir o que é fato e o que é ficção.”

Em Cambridge (Massachusetts), na terça-feira, a busca por um suspeito de homicídio transcorreu de maneira semelhante.

A polícia da Universidade Harvard alertou os estudantes de que um homem procurado por um assassinato na Filadélfia poderia estar se escondendo em Harvard Square.

Eles disseram que o homem podia estar armado. Depois que a polícia de Cambridge revistou a praça, brotaram na rede social rumores de um atirador “em ação”, que as autoridades acreditam ter sido motivados em parte por pessoas sem conexão com a área de Cambridge.

“Você tem pessoas que não são desta comunidade enviando informações erradas e criando uma histeria potencial sem nem conhecer nossa comunidade”, disse Jeremy Warnick, porta-voz da polícia de Cambridge.

Os policiais de Cambridge prenderam o suspeito da Filadélfia naquele dia e forneceram atualizações frequentes nas redes sociais para combater a desinformação –tática que o departamento aperfeiçoou depois do atentado na Maratona de Boston em 2013.

Em um incidente separado em Nova York, multidões na Times Square correram assustadas quando motocicletas soltaram estouros pelo escapamento, um som urbano cotidiano.

“Não há #ActiveShooter na #TimesSquare”, escreveu a polícia de Nova York no Twitter depois de relatos de uma “multidão em disparada” no local turístico lotado. “Motocicletas espocando ao passar pareciam tiros. Estamos recebendo várias chamadas no 911. Por favor, não entrem em pânico. A área da Times Square é muito segura!”

Em Long Beach (Califórnia), na segunda-feira (5), porém, reportagens online realmente levaram à captura de um homem que estava supostamente fazendo ameaças violentas em um comício do senador democrata Bernie Sanders, de Vermont, que discursou lá na terça-feira.

Em uma declaração anunciando a prisão do homem, a polícia de Long Beach prometeu patrulhas extras e uma presença maior em eventos e locais públicos de grande movimento após as ameaças e os tiroteios em El Paso e Dayton.

Uma dedicação maior ao policiamento comunitário, especialmente após eventos nacionais traumáticos, disse Straub, pode ajudar a prevenir futuros ataques.

Se houver um tiroteio em uma escola ou uma igreja em algum lugar do país, departamentos de polícia de outros lugares podem aumentar a visibilidade em suas instituições locais.

Isso serve a um duplo propósito, segundo ele: gerar confiança e coletar informações. E, apesar de esses falsos alarmes serem estressantes, disse Straub, as autoridades preferem saber de algo e investigar a só ficar sabendo depois.

The Washington Post

 

Real Madrid oferece Modric e R$ 536 milhões para contratar Neymar, diz jornal

Foto: Reuters

Depois de ser especulado no Barcelona durante toda a janela de transferências, Neymar pode acabar indo para o Rival. Segundo o jornal “Sport”, da Catalunha, o Real Madrid ofereceu € 120 milhões e mais o meia Modric, atual melhor jogador do mundo, para contar com o brasileiro.

Ainda na procura de um grande jogador nesta janela de transferências, o Real Madrid pretende oferecer o mesmo salário que Neymar recebe em Paris, a duração do acordo seria de cinco temporadas. O Barcelona já sabe da movimentação do rival, mas espera que o jogador se mantenha firme na decisão de retornar à Catalunha.

Para ter a chance de retornar ao Barcelona, Neymar teve que atender a uma série de exigências do clube e, além de retirar o processo que move contra a equipe, o craque brasileiro teria que aceitar abaixar a pedida e receber os mesmos valores de sua primeira passagem pelo futebol espanhol. Acertando com o Real Madrid, o jogador receberia mais do que no Barcelona.

Ainda segundo o “Sport”, Florentino Perez, diretor do Real Madrid, estaria confiante no acerto com o brasileiro e só estaria esperando o OK do jogador para prosseguir nas tratativas com o Paris Saint-Germain. Os Merengues ainda sonham com a contratação de Pogba, um dos principais pedidos de Zidane para a próxima temporada, mas os altos valores e a concorrência da Juventus tornam o negócio difícil.

Em briga com o Barcelona, o PSG teria oferecido o brasileiro para outros clubes, na tentativa de barrar o retorno de Neymar à equipe da Catalunha. Além do Real Madrid, Juventus e Manchester United foram procurados, mas não se interessaram no negócio.

A pré-temporada bem abaixo das expectativas ligou um sinal de alerta em Madri e fez o gigante espanhol voltar ao mercado atrás de mais um grande nome. Até aqui, o Real já investiu cerca de € 303 milhões, os principais reforços são: Mendy, Militão, Rodrygo, Hazard e Jovic.

Globo Esporte

 

NACIONAIS

Lula preso em Curitiba

STF decide manter Lula preso até concluir julgamento sobre conduta de Moro — Foto: Gabriela Biló/Estadão Conteúdo

STF decide manter Lula preso até concluir julgamento sobre conduta de Moro — Foto: Gabriela Biló/Estadão Conteúdo

Por 10 votos a 0, o STF barrou a transferência de Lula para o presídio de Tremembé (SP) e manteve o ex-presidente preso em Curitiba. Pelo menos até o Supremo julgar a ação que questiona a atuação de Moro no caso do triplex. O julgamento está parado desde junho, depois que Gilmar Mendes pediu mais tempo para analisar o pedido de suspeição do ex-juiz da Lava Jato.

A ida de Lula para a penitenciária onde estão presos por crimes de grande repercussão foi determinada após a juíza federal Carolina Lebbos atender a pedido de transferência da PF, que alegou dificuldades para manter o ex-presidente na sede da superintendência em Curitiba.

Para evitar a transferência do petista para um presídio comum, a defesa de Lula recorreu ao Supremo pedindo que ele fosse libertado ou mantido em uma cela especial.

Relator da Lava Jato, o ministro Fachin rejeitou o pedido de liberdade, mas decidiu suspender a transferência. O voto foi seguido por outros 9 magistrados. Apenas o ministro Marco Aurélio Mello foi contra.

Últimos ajustes

Deputados reunidos no plenário da Câmara durante a discussão, em segundo turno, da reforma da Previdência — Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Deputados reunidos no plenário da Câmara durante a discussão, em segundo turno, da reforma da Previdência — Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Após aprovar o texto-base da reforma da Previdência em 2º turno, os deputados analisaram 8 destaques, e rejeitaram nesta noite todas as possíveis alterações no projeto. Com isso, o projeto que segue para o Senado é o mesmo aprovado em 1º turno.

O texto principal da PEC foi aprovado no início da madrugada, por 370 votos a 124. A votação teve mais deputados ‘infiéis’ do que no 1º turno. Foram 36 parlamentares que contrariaram a orientação dos partidos, três a mais que na primeira votação.

4x mais desmatamento

Desmatamento na Amazônia cresce quase 4 vezes em julho, na comparação com 2018

Desmatamento na Amazônia cresce quase 4 vezes em julho, na comparação com 2018

As áreas com alerta de desmatamento na Amazônia tiveram um aumento de 278% em julho, segundo o Inpe. O número é quatro vezes maior que os dados registrados no mesmo mês de 2018.

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, participou de audiência pública na Câmara dos Deputados — Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, participou de audiência pública na Câmara dos Deputados — Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Ao participar de audiência na Câmara, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, falou em ‘sensacionalismo’ ao comentar os números mais recentes da devastação na Amazônia.

“Não foi o órgão permanente, o Inpe, enquanto instituição, que é respeitada e deve ser respeitada, que fez essas interpretações sensacionalistas e midiáticas. Foram aqueles que manipulam para criar factoides, para criar impacto na imprensa e, quem sabe, conseguir mais doações das ONGs estrangeiras para os seus projetos pessoais”, declarou Salles.

A divulgação desses dados é alvo de críticas do governo Bolsonaro desde o mês passado, e a discordância sobre os números levou à demissão do diretor do Inpe, Ricardo Galvão. Nesta manhã, Bolsonaro disse que receberá dados “alarmantes” antes da divulgação.

Bloqueio no MEC

O Ministério da Educação bloqueou R$ 348,4 milhões que seriam revertidos para livros e materiais didáticos e pedagógicos. A suspensão da verba ocorre após o governo anunciar contingenciamento de R$ 1,44 bilhão dentro do MEC.

Também teve isso…

Fonte: G1
Por Blog do BG

Deputados mantêm aposentadoria especial para professores

Por 394 votos a 9, o Plenário da Câmara dos Deputados rejeitou destaque do Partido Novo e manteve as idades especiais de aposentadoria para professores aprovada na reforma da Previdência. Os trabalhadores da categoria se aposentarão aos 60 anos (homens) e 57 anos (mulheres), desde que cumpram o pedágio especial de 100% do tempo que falta para a aposentadoria pelas regras atuais.

O Novo queria retirar esse ponto do texto aprovado ontem (6) em segundo turno, assim como toda a regra de transição que instituiu o pedágio de 100%. Caso o destaque fosse aprovado, os professores se aposentariam aos 65 anos (homens) e 62 anos (mulheres). Além de suprimir a regra que menciona uma redução da idade de aposentadoria para os professores, o destaque retiraria a garantia de que os benefícios previdenciários seriam reajustados pela inflação para garantir seu valor real.

No momento, a Câmara analisa destaque parecido do PDT. Diferentemente do Novo, que pretendia cortar da reforma toda a regra de transição incluída pela comissão especial, o PDT quer suavizar a regra. O partido quer suprimir apenas o trecho que menciona o pedágio de 100%, instituindo um pedágio de 50% por meio de uma proposta de emenda à Constituição (PEC) paralela.

O texto aprovado em segundo turno estabelece que trabalhadores da iniciativa pública e privada podem aposentar-se a partir dos 57 (mulheres) e dos 60 anos (homens), com pelo menos 30 anos de contribuição (mulheres) e 35 anos (homens), desde que trabalhem o dobro do tempo que falta para a aposentadoria pelas regras atuais.

Agência Brasil

Comments

Moro manda PF abrir inquérito por ameaça a Bolsonaro

O Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, mandou a Polícia Federal investigar ameaças ao presidente Jair Bolsonaro (PSL), que teriam sido feitas por um youtuber.

“Não tem mais condição de aceitar um b… como Bolsonaro no poder. Ele tem que ser assassinado, ele e a família”, afirmou, em vídeo, o jornalista Vina Guerreiro.

Em ofício ao diretor-geral da Polícia Federal Maurício Valeixo, o ministro afirma que, ‘diante da gravidade dos fatos narrados’, requisita à PF a abertura de inquérito ‘e adoção de providências imediatas com vistas à apuração do caso’.

Para o crime contra a honra, a requisição se faz com base no art. 145, parágrafo único, do CP, para o crime de incitação, a ação penal é pública incondicionada”, anota Moro.

“Sugere-se ainda ao Senhor Presidente que encaminhe ao subscritor representação para o crime de ameaça do art. 147 do CP, já que a lei estabelece esta condição de procedibilidade, sendo que então providenciaremos o encaminhamento dela à Polícia Federal”, diz o ministro.

Moro ainda pede que seja avaliado ‘se as condutas não se enquadram em crimes mais graves, como nos previstos na Lei nº 7.170/1983’ – Lei de Segurança Nacional.

Estadão Conteúdo

Comments

Procuradoria quer saber por que Bolsonaro trocou maioria da Comissão de Mortos

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

As Procuradorias Regionais dos Direitos do Cidadão no Rio Grande do Sul e do Rio de Janeiro pediram ao governo federal esclarecimentos sobre a substituição de quatro dos sete integrantes da Comissão Especial sobre Mortos e Desaparecidos Políticos (CEMDP).

“Embora a legislação disponha que os membros da CEMDP são de livre escolha e designação pelo presidente da República, o ato deve guardar adequação com os propósitos e finalidades estabelecidas na própria lei que criou a comissão”, afirmam os procuradores regionais dos Direitos do Cidadão Enrico Rodrigues de Freitas e Sergio Suiama.

A Comissão, criada 1995, tem a competência de reconhecer e localizar os corpos de desaparecidos políticos entre 1961 a 1988, no período que compreende anos que antecederam a Ditadura Militar (1965-1985) e a aprovação da Constituição.

No pedido de informações encaminhado nessa terça-feira (6) à ministra Damares Alves, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos – ao qual está vinculada a CEMDP –, o Ministério Público Federal solicita cópia integral de procedimento administrativo em que tenha sido apreciada e motivada a substituição dos membros da Comissão Especial sobre Mortos e Desaparecidos Políticos, conforme o decreto de 31 de julho de 2019.

O MPF também pede à pasta que indique as razões e a motivação que determinaram a substituição/ exoneração dos membros da CEMDP, além da apresentação dos currículos e informações que determinaram a nova designação, especialmente no que se refere à adequação dessas indicações às finalidades legais da Comissão.

Estadão Conteúdo

Comments

STJ põe no banco dos réus desembargadora que acusou Marielle de ligação com bandidos

A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) recebeu a queixa-crime apresentada pela família da vereadora Marielle Franco, assassinada em março de 2018, contra a desembargadora Marília de Castro Neves Vieira, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. A queixa-crime é a peça inicial da ação penal privada, movida por iniciativa da própria vítima (ou por familiares, em caso de morte), e não do Ministério Público.

As informações foram divulgadas pelo Superior Tribunal de Justiça.

A desembargadora escreveu que “a questão é que a tal Marielle não era apenas uma ‘lutadora’, ela estava engajada com bandidos! Foi eleita pelo Comando Vermelho (facção criminosa carioca) e descumpriu ‘compromissos’ assumidos com seus apoiadores. Ela, mais do que qualquer outra pessoa ‘longe da favela’ sabe como são cobradas as dívidas pelos grupos entre os quais ela transacionava. Até nós sabemos disso”.

O texto continua: “A verdade é que jamais saberemos ao certo o que determinou a morte da vereadora, mas temos certeza de que seu comportamento, ditado por seu engajamento político, foi determinante para seu trágico fim. Qualquer outra coisa diversa é mimimi da esquerda tentando agregar valor a um cadáver tão comum quanto qualquer outro”.

Os pais, a irmã e a companheira de Marielle apresentaram a queixa-crime após uma postagem da desembargadora em rede social.

A defesa da magistrada alegou, entre outros pontos, que os fatos trazidos na queixa-crime não se enquadram no delito de calúnia, mas no de difamação, na medida em que não se imputou à vítima qualquer fato determinado capaz de ser caracterizado como delito. Ressaltou que não existe na legislação penal o crime de difamação contra os mortos, de modo que a conduta seria atípica.

Estadão Conteúdo

 

Câmara mantém fixação de critérios para pagamento do BPC

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Por 346 votos a 146, o Plenário da Câmara dos Deputados manteve na reforma da Previdência uma medida antifraude na concessão do Benefício de Prestação Continuada (BPC). Os deputados mantiveram a exigência, na Constituição, de que o benefício para idosos de baixa renda seja pago apenas a famílias com renda per capita de um quarto do salário mínimo.

Esse ponto havia sido incluído pela comissão especial depois de negociação com o Ministério da Economia. A medida deve proporcionar economia de R$ 23,4 bilhões em dez anos com a redução de fraudes e o fim de questionamentos judiciais.

Agora, o Plenário discute um destaque do PSOL para reverter as restrições ao abono salarial. O partido quer derrubar a regra que limitou o pagamento do benefício trabalhista a quem ganha até R$ 1.364,43 por mês. Até agora, o abono é pago a trabalhadores de carteira assinada que recebem dois salários mínimos.

Segundo o governo, a restrição permite concentrar o pagamento do abono para quem tem mais necessidade. A equipe econômica prevê que a mudança gere economia de R$ 76,4 bilhões nos próximos dez anos. Além desse, existem quatro destaques supressivos (que retiram pontos do texto) a serem votados.

Agência Brasil

 

Maioria do STF mantém Lula preso em Curitiba

A maioria dos ministros do Supremo acompanhou Edson Fachin para suspender a transferência de Lula para o presídio de Tremembé e mantê-lo preso na Polícia Federal em Curitiba.

O Antagonista

 

LOCAIS

MPF quer anular decreto que permite funcionamento de salinas em áreas de preservação no RN

Salineiras em APP. Foto: F. Souto.

portal Justiça Potiguar destaca. O Ministério Público Federal (MPF) ingressou com uma ação civil pública (ACP) buscando a anulação do Decreto 9.824/19, do Governo Federal, que autoriza o funcionamento de salinas em áreas de preservação permanente (APPs), no Rio Grande do Norte. A medida, aponta o MPF, se baseou em motivo falso e desrespeita leis ambientais. A ACP inclui um pedido liminar para suspender o decreto e destaca os riscos para o ecossistema, caso a nova regra seja mantida em vigor. Veja aqui matéria completa.

 

Por G1

reforma da Previdência segue para o Senado. Os deputados concluíram à noite a votação em 2º turno e rejeitaram todas as mudanças no texto-base. Senadores aprovam apreensão de armas de agressores de mulheres para evitar feminicídios. Paulo Guedes diz que é possível ‘uma cabeça rolar’ no Coaf. Sai a inflação do mês de julho. Relatório diz que aquecimento global pode reduzir safras e alerta para conservação de florestas tropicais. E o novo golpe no Facebook e no Instagram com posts patrocinados.

INTERNACIONAIS

Jogos Pan-Americanos

Os Jogos Pan-Americanos estão na reta final. Faltando quatro dias para o fim, a quinta-feira está recheada de competições, com o Brasil na disputa de medalha em seis modalidades diferentes, com destaque para natação, com os 100m livre, e atletismo, com os 400m com barreiras, com chances reais de vitória para Alisson dos Santos.

No primeiro dia do judô, Larissa é favorita ao ouro na categoria até 52kg. Ainda devem vir duas outras medalhas, mas que dificilmente serão douradas: Larissa Farias, que estreia contra a campeã olímpica, e Renan Torres.

 Fernando Scheffer comemora título nos 200m livre — Foto: Sergio Moraes / Reuters

Fernando Scheffer comemora título nos 200m livre — Foto: Sergio Moraes / Reuters

Ontem

Depois de levar seis medalhas no primeiro dia de finais, a natação brasileira voltou a ter conquistas na piscina do novíssimo centro aquático da capital peruana. E, de quebra, deu ao país a centésima medalha no megaevento continental.

Ao todo, foram mais seis medalhas ontem, das quais uma de ouro, duas de prata e três de bronze. A natação nacional soma 12 pódios em dois dias e caminha com força para bater o recorde particular de 26 nas edições do Rio 2007 e Toronto 2015. As provas na piscina vão até sábado.

Hugo Calderano na final individual do Pan — Foto: Abelardo Mendes Jr/ rededoesporte.gov.br

Hugo Calderano na final individual do Pan — Foto: Abelardo Mendes Jr/ rededoesporte.gov.br

Depois de levar a medalha de ouro ao lado de Gustavo Tsuboi nas duplas, o mesatenista Hugo Calderano se tornou bicampeão pan-americano e garantiu classificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio. No arremesso de peso, Darlan Romani levou o ouro e quebrou o recorde do evento. No hipismo, a equipe do Brasil ficou com a medalha de ouro na prova de saltos e também garantiu vaga olímpica em 2020.

 Darlan Romani quebrou o recorde dos Jogos Pan-Americanos em Lima — Foto: Wagner Carmo / Panamerica Press / CBAt

Darlan Romani quebrou o recorde dos Jogos Pan-Americanos em Lima — Foto: Wagner Carmo / Panamerica Press / CBAt

NACIONAIS

Próximos passos

Deputados reunidos no plenário da Câmara durante a votação da reforma da Previdência em segundo turno — Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Deputados reunidos no plenário da Câmara durante a votação da reforma da Previdência em segundo turno — Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Após a conclusão da votação em 2º turno pela Câmara ontem à noite, a reforma da Previdência será encaminhada para o Senado. Os deputados rejeitaram todos as propostas de mudança no texto-basee o projeto que será analisado pelos senadores é o mesmo aprovado no 1º turno.

No Senado, a proposta vai ter que passar pela CCJ e, no plenário, dependerá dos votos de ao menos 49 dos 81 senadores em dois turnos. Parlamentares pró-reforma esperam concluir a análise em setembro. O primeiro passo é a leitura de um resumo do texto em plenário, o que deve acontecer nesta quinta-feira.

Feminícidio

No dia em que a Lei Maria da Penha completou 13 anos, o Senado aprovou um projeto que determina a apreensão imediata de armas de fogo de acusados de agressão contra mulheres. A medida pretende evitar homicídios de vítimas de violência doméstica.

Crise no Coaf

Paulo Guedes admite que pode trocar comando do Coaf

Paulo Guedes admite que pode trocar comando do Coaf

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse ontem que ainda não decidiu se o presidente do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), Roberto Leonel, permanecerá na chefia do órgão. Segundo Guedes, é possível “uma cabeça rolar” no conselho.

Leonel foi indicado para o comando do Coaf – órgão-chave no controle da lavagem de dinheiro – por Sergio Moro quando o conselho ainda era vinculado ao Ministério da Justiça. Por decisão do Congresso Nacional, o Coaf retornou em maio à estrutura do Ministério da Economia.

Inflação em julho

O IBGE divulga o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerado a inflação oficial do país, no mês passado. Em junho, o índice ficou em 0,01%, a menor taxa do ano.

Aquecimento global

Imagem de área afetada pelo desmatamento na Amazônia — Foto: Raphael Alves / AFP / Arquivo

Imagem de área afetada pelo desmatamento na Amazônia — Foto: Raphael Alves / AFP / Arquivo

O Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) divulgou um novo relatório que analisa e compila as descobertas científicas mais recentes sobre o aquecimento global. O documento afirma que o aquecimento global pode reduzir safras e alerta para conservação de florestas tropicais.

Golpes no Facebook e Instagram