Blog do Saber, Cultura e Conhecimento!

AGENDA CULTURAL: CULTURA, LAZER, CIRCO, MUSICA, SHOWS, BALADAS E MUITO MAIS

Agenda Natal Logo

NA NOSSA AGENDA CULTURAL DESTA SEXTA-FEIRA TEMOS UMA VASTA PROGRAMAÇÃO PARA VOCÊ CURTIR, SE DIVERTIR E RELAXAR. VEJA AQUI AS PRINCIPAIS ATRAÇÕES OU CLIQUE NO ÍCONE E CONHEÇA TODA A PROGRAMAÇÃO.


CIRQUE AMAR

EVENTO

Capim Macio
Possui Estacionamento
A partir de R$ 20
16/08/2019 às 20:30

Após três anos, está de volta a Natal o Cirque Amar. Com nova estrutura e um novo espetáculo, o circo abre temporada na noite desta sexta-feira (5), às 20h30, no estacionamento do supermercado Hiper Bompreço, em Ponta Negra, na Zona Sul da cidade. A arquibancada tem capacidade para até 2.500 pessoas, e o show dura 2 horas.

PROGRAMAÇÃO

  • De terça a sexta-feira: 20h30;
  • Sábados e domingos: 16h, 18h e 20h30;
  • Bilheterias abrem de terça a domingo, das 10h às 22h.

Mais informações: clique aqui.


CAROL SANT’ANNA

EVENTO

Ponta Negra
Possui Música Ao Vivo
A partir de R$ 15
16/08/2019 às 21:30

CAROL SANT’ANNA natural de MG, carismática, com uma voz deliciosa e empolgante presença de palco, arrastou multidões pelos bares e grandes shows de Belo Horizonte – MG e no Carnaval de Natal em 2019, e ainda foi finalista do programa “Astros” do SBT, quando levantou a platéia em cada apresentação e extraiu elogios rasgados dos jurados!

Agora em Natal, e com uma super banda, faz sua temporada na Taverna Pub com um show muito especial para curtir e cantar junto, como também para dançar muito!

No repertório: Beyonce, Lady Gaga, Ana Carolina, Marisa Monte, Vanessa da Mata, Pitty, Cássia Eller, Alok, Lulu Santos, Maria Gadu, Elis Regina, Rita Lee, Paula Toller, Anitta, Ivete Sangalo, Claudia Leite, Gloria Gaynor, Justin Bieber, Bruno Mars, Tim Maia, Anitta, Iza, Ferrugem, e mais!

ENTRADA

  • Coloque seu nome na lista pelo aplicativo ou site até ás 21h e entre até 23h para pagar valor promocional de R$20
  • Meias entradas (R$15,00) devem ser reservadas nesta mesma lista. O benefício será concedido até o início do show, 23h.
  • Você pode inserir até quatro nomes na lista!

Mais informações: clique aqui.


ENCONTRO DE AUTOMÓVEIS CLASSICOS

EVENTO

Lagoa Nova
Possui Estacionamento
Gratuito
17/08/2019 às 09:00

Encontro de Automóveis Clássicos do RN, ocorre desde 2010 e está em sua 10 edição.

Mais informações: clique aqui.


FESTA ANOS 80

EVENTO

Candelária
Possui Música Ao Vivo
R$ 10
17/08/2019 às 21:00

Festa Anos 80 com DJ Ilton.

Mais uma vez o DJ Ilton volta ao Raimundo’s Pub para animar a noite de todos com seu setlist anos 80.

Muito David Bowie, The Cure, The Smiths, REM, Paralamas do Sucesso e todos aqueles hits que nos fazem sentir nos anos 80 mais uma vez!

Mais informações: clique aqui


Fonte: Agenda Natal


Continuar lendo AGENDA CULTURAL: CULTURA, LAZER, CIRCO, MUSICA, SHOWS, BALADAS E MUITO MAIS

AGENDA CULTURAL: SHOWS, BALADA, FEIRA DE ARTESANATO, CONGRESSO E MUTA DIVERSÃO

Agenda Natal Logo

NA AGENDA CULTURAL DESTA SEXTA-FEIRA A PROGRAMAÇÃO ESTÁ BOMBANDO COM MUITAS OPÇÕES DE DIVERSÃO E MUITAS ATRAÇÕES MUSICAIS E CULTURAIS. CONFIRA AQUI AS PRINCIPAIS ATRAÇÕES E SE QUISER VER TODA A PROGRAMAÇÃO CLIQUE NO ÍCONE.

NOITE DO SERTANEJO

EVENTO

Ponta Negra
Possui Música Ao Vivo
A consultar
09/08/2019 às 21:00

O xerife, juntamente com a Wanted Band anuncia a programação da semana e convidam todos os procurados para muita diversão em clima sertanejo e forró para o Aquecimento Bloco de Rua 2019, com Junior Bahya e Giannini Alencarnessa sexta feira.

ENTRADA:

  • Sob consulta via Instagram do local.

Mais informações: clique aqui.


BANDA ROTA 101

EVENTO

Ponta Negra
Possui Música Ao Vivo
A partir de R$ 20
09/08/2019 às 21:30

O mega vocalista JOÃOZINHO DANTAS, dono de uma voz magnífica (ex Grafith, Circuito Musical, Flor de Liz e Banda 7), pela primeira vez na Taverna Pub e acompanhado da famosa banda baile XEQMAT, faz um show de arrepiar! No repertório Europe, Scorpions, A-Ha, Oingo Boingo, Man at Work, Nirvana, Creedence e muito mais!

E na sequência a super banda ROTA 101 com seu repertório eclético e animado que abrange um montão de gêneros musicais, do rock nacional ao axé, do pop ao funk, do sertanejo ao forró… Vai ser uma festa!

ENTRADA

  • Coloque seu nome na lista pelo aplicativo ou site até ás 21h e entre até 23h para pagar valor promocional de R$20,00.

*Proibido para menores de 18 anos.

Mais informações: clique aqui.

Mais informações: clique aqui.


WORKSHOP AUTISMO

EVENTO

Lagoa Nova
A partir de R$ 55
10/08/2019 às 08:15

Veja a programação do evento e se programe para estar no dia 10 de agosto.

8h15 – 8h30: Credenciamento

8h30 – 11h00: Alterações nas funções psicológica superiores

11h00 – 12h00: O olhar do Pediatra na suspeita de TEA

12h00 – 14h00: Intervalo

14h00 – 16h00: Avaliação e estimulação neuropsicológica

O evento é destinado a psicólogos, acadêmicos de psicologia e áreas afins.

Mais informações: clique aqui.


ANIVERSÁRIO DO WESLEY’S BAR

EVENTO

Ponta Negra
Possui Música Ao Vivo
A partir de R$ 5
10/08/2019 às 15:00

SÁBADO 10 de agosto, o Wesley’s Bar comemora os 11 anos, das 15h as 5h.

Serão 5 shows:

André Rangel abre o palco tocando os melhores clássicos do Rock Nascional em versão acústica.

A segunda atração será Grazi e Banda tocando The Cranberries, Kings of leon, The animals, Imagine Dragons, Oasis, Keane, Lorde, Jessie J, Rihanna, Alanes Morissette, Billie Eilish, Coldplay, Lady Gaga, For non blondes, Blink 182

Banda Via Praça será a terceira a se apresentar com repertório de rock nacional e internacional variado calçado em bandas como U2, The Cure, Tears for fears, a-ha, Morrissey , Bill Withers, Titãs, engenheiros e muitas outras entre as décadas de 60 a 90. É pra agradar a gregos e troianos!

A quarta banda será a Swards, que fará um repertório com uma mescla de suas músicas autorais do EP A New Unknown, single Limbo e músicas inéditas além de uma extensa homenagem ao grande mestre André Matos, com clássicos do Angra, Shaman e Viper.

Fechando com chave de ouro a Banda Rota 101 tocando seu repertório de Pop-Rock Nacional e Internacional com muitos sucessos dos maiores ícones do gênero, sempre com a energia e a interação que só o show da Banda Rota 101 tem.

Na área do bar terá discotecagem rock das 19h às 22h com DJ Magão.

A entrada será 20,00.
Lista Amiga* 5,00 em espécie ou 10,00 nos cartões Visa ou Elo.
ATENÇÃO só aceitamos cartões Visa ou Elo.

Mais informações: clique aqui.


FEIRA GARAJAL

EVENTO

Tirol
Possui Estacionamento
Gratuito
10/08/2019 às 15:00

Feira Garajal possui arte, moda, gastronomia e muitos achados, estará de volta dia 10 de Agosto, na Ângelo Varela a partir das 15hs, com muitas e muitas novidades!

A feira nasceu da amizade de algumas pessoas que se reuniram numa venda de garagem na casa da jornalista Margot Ferreira, e passou a ganhar forma e hoje é administrada por Lourdinha Alencar, que é o coração e alma da Garajal!

Mais informações: clique aqui.


Fonte: Agenda Natal

Continuar lendo AGENDA CULTURAL: SHOWS, BALADA, FEIRA DE ARTESANATO, CONGRESSO E MUTA DIVERSÃO

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEXTA-FEIRA

Por G1

 

A Justiça decide manter hackers presos por tempo indeterminado. Depois de Fux, Moraes também pede cópia das mensagens roubadasde autoridades. Dívida de R$ 32 bilhões: 225 mil empregadores devem FGTS para mais de 8 milhões de trabalhadores. Corpo de cacique morto por suposta invasão de garimpeiros deve ser exumado no Amapá.

INTERNACIONAIS

Jogos Pan-Americanos

Pugilista Hebert Souza tem chance de medalha no Pan — Foto: Ivan Alvarado / ReutersPugilista Hebert Souza tem chance de medalha no Pan — Foto: Ivan Alvarado / Reuters

Brasil terá, nesta sexta-feira, mais oportunidades de encostar nos líderes do quadro de medalhas. O boxe brasileiro entra em mais duas disputas de medalha de ouro, com Hebert Souza, na categoria médio, e Beatriz Ferreira, na ligeiro. No badminton, Ygor Coelho tenta o inédito ouro no individual. Nos saltos ornamentais, as esperanças são Kawan Pereira e Luiz Felipe Moura.

O vôlei e o handebol ainda não valem medalhas, mas o Brasil tem partidas importantes na fase de grupos. No vôlei, a seleção brasileira enfrenta os Estados Unidos, às 22h30, com transmissão do SporTV 2, na última partida do Grupo B. Já no handebol, o Brasil encara Porto Rico, também às 22h30, com transmissão do SporTV 3.

Telescópio em vulcão?

A discussão sobre um vulcão adormecido no Havaí ressurgiu nos últimos dias, colocando manifestantes pela cultura e a história do Estado americano contra a ambição de muitos cientistas e políticos.

Planos para um novo e poderoso telescópio perto do cume do vulcão Mauna Kea prometem levar centenas de empregos e impulsionar a ciência e a economia. Mas alguns havaianos nativos insistem que o local é sagrado e que não se pode fazer obras ali.

 

NACIONAIS

Hackers presos

4 suspeitos de ataque hacker foram presos pela PF — Foto: Reprodução/TV Globo4 suspeitos de ataque hacker foram presos pela PF — Foto: Reprodução/TV Globo

O juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal de Brasília, decidiu manter presos por tempo indeterminado os quatro presos suspeitos de envolvimento na invasão de celulares de autoridades. As prisões temporárias foram convertidas em preventivas. Eles estão presos desde a semana passada, quando a Polícia Federal (PF) deflagrou a Operação Spoofing.

Permanecerão presos: Walter Delgatti Neto, Gustavo Henrique Elias Santos, Danilo Cristiano Marques e Suelen Priscilla de Oliveira.

Cópias de inquérito e mensagens

Ministros Alexandre de Moraes e Luiz Fux — Foto: Carlos Moura e Nelson Jr. / SCO / STFMinistros Alexandre de Moraes e Luiz Fux — Foto: Carlos Moura e Nelson Jr. / SCO / STF

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou ao juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal de Brasília, que entregue em 48 horas uma cópia do inquérito que apura a invasão de celulares de autoridades. Moraes também determinou o envio de cópia das mensagens.

A decisão de Moraes não retira o inquérito da primeira instância. Portanto, a investigação continua com o juiz Ricardo Leite e com atuação da Polícia Federal e Ministério Público Federal.

Antes, o ministro Luiz Fux também determinou o envio de uma cópia. Com isso, os dois ministros terão o conteúdo.

Dívida com FGTS

 — Foto: Marcos Santos / USP Imagens— Foto: Marcos Santos / USP Imagens

Números da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN) mostram que 225 mil empregadores devem ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) R$ 32 bilhões. A dívida atinge mais de 8 milhões de trabalhadores. Veja ranking dos 20 maiores devedores. E a falta de depósito do FGTS pela empresa impede saque; veja o que fazer.

Exumação de corpo de cacique

Exumação do corpo do líder Emyra Waiãpi é discutida em Macapá

Exumação do corpo do líder Emyra Waiãpi é discutida em Macapá

O corpo do cacique Emyra Waiãpi, de 62 anos, encontrado morto no dia 23 de julho, em aldeia indígena no Oeste do Amapá, deve ser exumado nesta sexta-feira. Um helicóptero do Grupo Tático Aéreo (GTA) será enviado para a aldeia, para fazer o deslocamento.

O povo Waiãpi afirma que a morte do líder Emyra aconteceu durante uma invasão de garimpeiros na região. Mas a PF diz que não há indícios do que foi denunciado pelos indígenas.

A bomba no Riocentro

Comissão da Verdade conclui que ataque no Riocentro tentou impedir o fim da ditadura

Comissão da Verdade conclui que ataque no Riocentro tentou impedir o fim da ditadura

O STJ julgará no próximo dia 28 se o atentado a bomba no Riocentro em 1981 caracterizou-se como crime contra a humanidade e, por esse motivo, é imprescritível. Ou seja, o Sumpremo decidirá se os acusados ainda podem ser julgados.

O episódio, no bairro de Jacarepaguá, foi uma tentativa fracassada de ataque a bomba durante um show comemorativo do Dia do Trabalhador, que reuniu mais de 20 mil pessoas no Centro de Convenções do Riocentro em 30 de abril de 1981.

Caso Marielle

Mônica Benício usa camisa com a inscrição "Eu estou com ela" — Foto: Marcos Serra Lima / G1Mônica Benício usa camisa com a inscrição “Eu estou com ela” — Foto: Marcos Serra Lima / G1

Menos de dois meses depois do início das audiências dos assassinatos de Marielle Franco e Anderson Gomes, o delegado da primeira fase do caso, Giniton Lages, e a viúva de Marielle, Mônica Benício, prestarão depoimento em outra audiência hoje.

O caso completou 500 dias no dia 27 de junho, no qual Marielle completaria 40 anos. A data foi marcada por homenagens, inclusive uma placa de rua com o nome da parlamentar em Lisboa e no Centro do Rio.

Cinema

Spin-off de

Spin-off de “Velozes e Furiosos” estreia nos cinemas

Um derivado de uma das principais franquias de ação da atualidade e dois filmes com divas dos cinemas americano e francês são os destaques entre os filmes que estreiam nos cinemas brasileiros nesta quinta-feira.

Fonte: G1

Por Blog do BG

PESQUISA: 32% aprovam o governo Bolsonaro e 34% desaprovam

Levantamento realizado pelo Congresso Data Room, ferramenta do instituto Ideia Big Data, mostra que 32% aprovam o presidente Jair Bolsonaro; 34% desaprovam e 34% “não aprovam, nem desaprovam”.

O Congresso Data Room entrevistou 1.512 brasileiros entre 1º e 5 de julho, via Painel Mobile, em todas as regiões. A margem de erro é 4%.

CLÁUDIO HUMBERTO

Comments

PESQUISA: Para 41%, o Brasil está indo na direção certa e para 36% na direção errada

Levantamento realizado pelo Congresso Data Room, ferramenta do instituto Ideia Big Data, mostra que a maioria dos brasileiros, 41% dos entrevistados, acredita que o País “está indo na direção certa”. Para 36% o país está “indo na direção errada” e outros 23% não souberam responder. Na avaliação do governo Bolsonaro, 13% acham ótimo, 23% bom, 33% regular, 16% ruim e 15% péssimo. Entre junho e julho a pesquisa aponta queda de 4 pontos percentuais na avaliação positiva.

O Congresso Data Room entrevistou 1.512 brasileiros entre 1º e 5 de julho, via Painel Mobile, em todas as regiões. A margem de erro é 4%.

CLÁUDIO HUMBERTO

Comments

Justiça Potiguar estreia bombando!!!

O Justiça Potiguar, o mais novo portal jurídico do Estado estreou com o pé direito.

No seu primeiro dia do ar foi acessado por 1894 pessoas.

Foram 2921 páginas visualizadas e 2.258 acessos.

No Instagram superamos 400 seguidores rapidamente.

Vem muita coisa boa por aí e principalmente muitas pautas e notícias exclusivas.

Não esqueça, aqui é o jurídico sem juridiquês.

Acesse o site jurídico do BG: www.justicapotiguar.com.br

Nos acompanhe nas redes sociais:
INSTAGRAM: @JUSTICAPOTIGUA / TWITTER: @JUSTICAPOTIGUA

Comments

Perícia da PF conclui que hackers atacaram 1.162 telefones

A perícia feita pela Polícia Federal nos aparelhos eletrônicos apreendidos com o hacker Walter Delgatti Neto, o “Vermelho”, detectou que o grupo criminoso fez ataques a 1.162 números telefônicos distintos, valor ainda maior do que o estimado inicialmente pela PF, que era de aproximadamente mil alvos.

As novas provas obtidas na investigação foram consideradas um indício de que Vermelho não agiu sozinho, como ele havia dito no depoimento. Segundo o laudo pericial, foram realizadas 5.812 ligações consideradas suspeitas, através do sistema BRVOZ, usado pelo grupo para simular ligações com mesma origem e destino e, dessa forma, invadir o Telegram das autoridades.

O próprio Delgatti havia confirmado em depoimento ter realizado as invasões ao Telegram do ministro da Justiça Sergio Moro e do procurador Deltan Dallagnol, mas os ataques eram muito mais extensos do que ele havia admitido, aponta a PF. Por isso, a PF considera que existem “incongruências” ainda pendentes de esclarecimento.

A perícia da PF também encontrou no computador de Delgatti diversos documentos indicativos da prática de fraudes bancárias, como informações de cartões de crédito de terceiros e extratos bancários.

Delgatti e os outros três investigados tiveram a prisão preventiva decretada nesta quinta-feira pelo juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal do Distrito Federal. Os outros são Danilo Marques e o casal Gustavo Henrique Elias Santos e Suelen Oliveira.

Sobre os demais presos, o juiz Ricardo Leite escreveu que a perícia da PF nos telefones celulares apontou indícios que Suelen “tinha conhecimento e auxiliava as fraudes bancárias praticadas pelo marido, em contradição ao que fora afirmado em seu interrogatório policial”.

Os investigadores também apontam que há elementos que indicam que tanto Gustavo como Danilo tinham conhecimento dos crimes de Walter e participação direta em fraudes bancárias e estelionato.

A defesa de Gustavo e Suelen afirmou que só irá comentar amanhã, após tomar conhecimento dos fatos. As defesas de Delgatti e de Danilo não foram localizadas.

O GLOBO

 

Associação comemora retomada de fornecimento de Órteses e Próteses pelo estado

O fornecimento de órteses e próteses estava simplesmente parado no Estado do Rio Grande do Norte, em que pese o número expressivo de deficientes físicos que aguardam o atendimento para que possam dar início a uma vida digna.

Na tentativa de modificar esse quadro dramático, a Sociedade Amigos do Deficiente Físico – SADEFRN tem exercido uma fiscalização permanente e feito reiterados pedidos para que o Governo do Estado trate a questão com mais humanidade e respeito.

O Governo do Estado, em entrevista concedida para se pronunciar sobre ordem judicial determinando a retomada do serviço, reconheceu a existência de, pelo menos, 1900 deficientes físicos na fila de espera.

São pessoas como Eder Jofre, que, desde julho de 2015, dirigiu à Secretaria Estadual de Saúde pedido de uma prótese para a perna esquerda, amputada depois de um acidente de trânsito. “Quem fez a solicitação até um mês antes de mim recebeu as próteses, mas logo depois, o fornecimento foi suspenso”, lamenta ele.

Vendo mais perto a possibilidade de conseguir uma nova prótese, Eder Jofre se anima: “A prótese facilita em tudo na minha vida. Sem ela, perco muita mobilidade e não tenho como fazer coisas comuns do dia a dia, como trabalhar e treinar, por exemplo”, diz o agente de endemias e praticante do Atletismo.

A SADEFRN atende cerca de 200 deficientes físicos e, embora seja principalmente por esses associados que Tercio Tinoco, presidente da associação, tem lutado incansavelmente, ele sabe que o serviço atinge um público muito maior e por isso continuará reivindicando que o Governo do Estado faça a sua parte e honre o compromisso de atendimento. “Eu considero a retomada do fornecimento uma vitória importante de todos os deficientes físicos do Rio Grande do Norte”, comemorou.

Para Tercio Tinoco, o próximo passo é seguir a meta de acabar com essa fila. “O Governo do Estado deixou muito clara, na entrevista que concedeu, a capacidade de atender a 2500 pessoas. Portanto, não há razão para que isso não ocorra, especialmente se considerado que os recursos necessários são federais e específicos para este fim, de modo que, por ser verba carimbada, não pode ter outra destinação”, explicou.

Órteses são dispositivos permanentes ou transitórios que auxiliam a função de um membro com algum tipo de deficiência. Como, por exemplo, bengalas, muletas, coletes cervicais, andadores, entre outros. Já as próteses substituem total ou parcialmente algum membro, de maneira permanente ou transitória.

“Os interessados devem urgentemente realizar o seu cadastro junto ao CRI para fazer a sua solicitação. Agora, é atender quem já aguarda e batalhar para que mais pessoas sejam atendidas”, finaliza o presidente da Sadef.

Comments

Veja quanto o trabalhador vai receber de grana extra do FGTS

Os trabalhadores com saldo positivo na conta do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) em 31 de dezembro do ano passado devem receber um rendimento de 6,18% sobre a grana.

O percentual corresponde ao rendimento anual do fundo mais o lucro de 2018, que será dividido integralmente com os trabalhadores que têm conta vinculada. O balanço, em análise pela Caixa, mostra que o lucro do ano passado foi de R$ 12,2 bilhões.

As contas do FGTS rendem 3% ao ano mais TR (Taxa Referencial), que segue zerada. Com a distribuição do lucro, segundo o Ministério da Economia, o rendimento do fundo em 2018 deve ser de 6,18%, superando a poupança, que rendeu em torno de 4,55%.

É a terceira vez que o lucro do fundo é distribuído entre os cotistas. A política de distribuição foi implantada no governo Temer, mas a divisão era de metade dos resultados. Agora, todo o valor será distribuído entre os trabalhadores. Em 2016, foram divididos R$ 7,2 bilhões e, em 2017, foram R$ 6,23 bilhões.

A Caixa tem até 31 de agosto para fazer o crédito nas contas do FGTS. A consulta aos valores parados no fundo pode ser feita pela internet ou por telefone. Veja mais abaixo como consultar.

A grana do fundo não pode ser sacada, a não ser nas situações previstas em lei, como para compra ou financiamento da casa própria, na demissão sem justa causa e em casos de doenças graves, como o câncer.

Saques

Medida provisória do governo Bolsonaro de 24 de julho autorizou o saque de até R$ 500 para todos os trabalhadores que têm contas vinculadas no FGTS, ativas e inativas. A grana será liberada entre setembro deste ano e março de 2020.

A MP também ampliou as opções de saque, permitindo que o trabalhador possa fazer retiradas anuais. A modalidade foi batizada de saque-aniversário e entra em vigor a partir de abril do ano que vem. Quem optar por este tipo de saque terá que abrir mão, por dois anos, de sacar todo o saldo do fundo em caso de demissão sem justa causa. Neste caso, o profissional continuará apenas com o direito de retirar a multa de 40% paga pela empresa sobre o saldo depositado na conta.

Aproveitar a oportunidade de sacar o dinheiro do fundo exige análise cuidadosa. É o que orientam especialistas em finanças. Criado em 1966, antes do seguro-desemprego, o FGTS é uma espécie de poupança do trabalhador, que serve de garantia no caso de demissão ou de uma doença grave.

“O ideal é que o dinheiro não seja utilizado para o consumo e que seja investido como uma reserva de emergência para eventualidades que evitem que a pessoa entre no cheque especial”, diz Alexandre Amorim, planejador financeiro e gestor de investimentos da Par Mais.

“A tendência de quem adotar o saque-aniversário será usar o dinheiro como um 14º salário, pagando as contas ou estimulando novos gastos que fogem do orçamento. Porém, essa não é a função do FGTS”, ressalta Amorim.

“Para as pessoas que estão em dúvida se compensa ou não sacar agora é válido pensar em qual será a destinação deste dinheiro que está guardado e caso este motivo não seja de necessidade imediata, retirar o valor integral daqui um tempo pode ser melhor do que retirar menos agora”, afirma  Karina Garbes, economista do app Renda Fixa.

FUNDO DE GARANTIA | RENDIMENTO DO TRABALHADOR

  • O FGTS registrou lucro líquido de R$ 12,2 bilhões em 2018, segundo balanço da Caixa
  • Essa grana deverá ser distribuída integralmente entre os trabalhadores que tinham saldo positivo no fundo em 31 de dezembro do ano passado
  • Com o lucro, o rendimento total do FGTS será de 6,18%

Crédito

A Caixa tem até o dia 31 de agosto deste ano para fazer o crédito dos valores nas contas vinculadas

OMO CONFERIR O SALDO

Pessoalmente nas agências da Caixa, com CPF e NIS/PIS

Pelo celular no Aplicativo FGTS

Na internet pelo site www.fgts.gov.br

Por carta cadastrando seu endereço completo no site do FGTS, em uma agência da Caixa ou por telefone

Por SMS ou email cadastrando o celular e o email na Caixa

Mais informações em 0800-7260207

Fontes: Caixa Econômica Federal, Ministério da Economia e advogado Luiz Felipe Pereira Veríssimo, do Ieprev (Instituto de Estudos Previdenciários.

AGORA SP

Após requisitar mensagens, STF articula afastamento de Deltan da Lava Jato

Depois de requisitar à Polícia Federal as mensagens hackeadasde autoridades, ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) articulam o afastamento do procurador da República Deltan Dallagnoldo comando da Lava Jato, em Curitiba.

Nos bastidores, eles buscam os caminhos para que isso ocorra. A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, tem sido pressionada a determinar essa medida a partir de Brasília. Nesta quinta-feira (1º), ela chamou uma reunião de emergência para discutir o assunto.

Pessoas próximas a ela dizem, porém, que Dogde não estaria disposta a se indispor com os colegas de Ministério Público Federal. Com isso, o destino de Deltan na Lava Jato teria de ser decidido pelo STF.

A decisão, segundo a articulação em curso no tribunal, pode caber a Alexandre de Moraes, no âmbito do inquérito das fake news, relatado por ele.

Na noite desta quinta, Moraes determinou que as mensagens apreendidas pela PF com os suspeitos de terem hackeado celulares de autoridades, como o ministro da Justiça, Sergio Moro, sejam encaminhadas ao Supremo no prazo de 48 horas.

Assim, o caso dos hackers também passa a estar sob a alçada do Supremo.

A reação do STF se deu no dia em que mensagens publicadas pelaFolha, em parceria com o site The Intercept Brasil, revelaram que, em 2016, Deltan incentivou colegas a investigar Dias Toffoli, hoje presidente do Supremo.

De acordo com relatos feitos à Folha, os ministros criticaram duramente a atuação de Deltan, que, na avaliação deles, passou a usar a operação de combate à corrupção como instrumento de intimidação.

Conforme as mensagens, Deltan buscou informações sobre as finanças pessoais de Toffoli e sua mulher, Roberta Rangel, e evidências que os ligassem a empreiteiras envolvidas com o esquema de corrupção na Petrobras.

A Constituição determina que ministros do STF não podem ser investigados por procuradores de primeira instância, como Deltan e colegas.

“Diante de notícias veiculadas apontando indícios de investigação ilícita contra ministros desta corte [STF], expeça-se ofício ao juízo da 10ª Vara Federal Criminal de Brasília solicitando cópia integral do inquérito e de todo o material apreendido” na operação, determinou Moraes no pedido à PF.

A Justiça Federal decretou nesta quinta a prisão preventiva, sem prazo para vencer, dos quatro suspeitos presos temporariamente desde a semana passada.

Conforme a Folha antecipou, Moro informou a autoridades alvos dos hackers que as mensagens, obtidas pelo grupo preso, seriam destruídas.

A comunicação provocou a reação de ministros do STF e de especialistas em direito, que afirmaram que a decisão de destruir ou não o material não cabe ao ministro da Justiça, mas ao Judiciário.

“Há fundado receio de que a dissipação de provas possa frustrar a efetividade da prestação jurisdicional, em contrariedade a preceitos fundamentais da Constituição, como o Estado de Direito e a segurança jurídica”, escreveu.

O ministro foi citado em uma das mensagens obtidas pelo site The Intercept Brasil, que as publica desde junho.

Conforme as mensagens, Deltan relatou a colegas uma conversa em que o ministro teria declarado que a força-tarefa poderia contar com ele “para o que precisar”.

Numa conversa com Deltan, o então juiz Moro escreveu: “In Fux we trust [em Fux nós confiamos]”.

FOLHAPRESS

Comments

Petrobrás tem lucro de R$ 18,8 bi no 2º tri, alta de 87% em relação a 2018

Com a venda da Transportadora Associada de Gás (TAG) , rede de gasodutos que interliga as Regiões Sudeste e Nordeste do País, a Petrobrás registrou lucro de R$ 18,9 bilhões no segundo trimestre, o maior da história da empresa para o período. O resultado foi marcado por fatores que podem não se repetir nos próximos meses, como a alta do petróleo e a taxa de câmbio favorável à empresa. No documento de divulgação do balanço, a petroleira anunciou também que poderá sair completamente da BR Distribuidora, com nova oferta de ações.

Se não fossem os ganhos que não devem acontecer de novo, o lucro teria sido de R$ 5,2 bilhões, abaixo da expectativa do mercado, que contava com um resultado positivo de R$ 7,7 bilhões, segundo projeções do Estadão/Broadcast levantadas com analistas de mercado. O desempenho da estatal sem esses eventos veio abaixo também do lucro registrado em igual período do ano passado, de R$ 10 bilhões. Ainda assim, a leitura de especialistas é que o resultado foi positivo.

“A empresa já começou o ano com lucro, o que é bom”, afirmou Helder Queiroz, ex-diretor da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e professor da UFRJ. “Falta muita coisa no processo de recuperação, mas a empresa já está numa trajetória de lucros líquidos contábeis, revertendo períodos de prejuízos trimestrais e anuais.”

Já Pedro Galdi, analista da Mirae Asset Wealth Management, disse que “o lucro ficou um pouco abaixo da nossa expectativa de R$ 20 bilhões para o trimestre, mas os investidores vão gostar dos números e deverão refletir positivamente sobre o preço da ação por essa informação”.

‘Bom desempenho financeiro’

Na carta de apresentação do balanço no segundo trimestre, a estatal classificou o resultado como “bom desempenho financeiro”. “Estamos muito confiantes de que a implementação criteriosa de nossa agenda possui capacidade para eliminar no futuro a diferença do desempenho que nos separa das melhores companhias globais de petróleo e criar substancial valor para nossos acionistas”, escreveu a companhia. O documento, pela primeira vez, trouxe uma fotografia do caixa e da operação no trimestre atrelado a metas para o futuro.

Por conta do alto endividamento, de US$ 83,7 bilhões, a empresa continuará vendendo ativos. A perspectiva é de redução da dívida no terceiro trimestre. A Petrobrás sinalizou também que vai investir menos. O orçamento de US$ 16 bilhões foi revisto para um intervalo de US$ 10 bilhões a US$ 11 bilhões. Esses valores, no entanto, não incluem os gastos que a petroleira deve ter com a compra de áreas nos leilões deste ano.

No trimestre, os investimentos somaram US$ 2,6 bilhões, queda de 17,6% na comparação com igual período do ano anterior. Segundo a empresa, os recursos foram concentrados sobretudo no desenvolvimento de novos campos de petróleo no polo pré-sal da Bacia de Santos e na manutenção da produção nos campos maduros. Na comparação anual, entretanto, os investimentos recuaram 21,6% no setor.

ESTADÃO CONTEÚDO

Comments

PRESOS SEM PRAZO: Justiça impõe preventiva a suspeitos de ataque hacker

A Justiça Federal do Distrito Federal (DF) decidiu que os suspeitos de hackear autoridades devem permanecer presos por tempo indefinido. A prisão preventiva foi determinada pelo juiz Ricardo Leite na noite desta quinta-feira, 1º, no limite do prazo para a prisão temporária. A decisão foi tomada a pedido da Polícia Federal. O Ministério Público Federal deu parecer favorável ao requerimento da PF.

O grupo formado por Walter Delgatti Neto, Gustavo Henrique Santos, Suelen Priscila Oliveira e Danilo Marques está preso desde o dia 23 de julho, sob suspeita de hacker os celulares do ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública), do procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa do Ministério Público Federal na Operação Lava Jato no Paraná, e de até mil autoridades dos três Poderes.

Ricardo Leite, responsável pela Operação Spoofing, voltou de férias nesta quinta, 1. As decisões até a véspera haviam sido tomadas pelo juiz Vallisney Oliveira, em substituição. Na sexta, 27, Vallisney havia prorrogado por mais cinco dias a temporária dos quatro investigados.

Na sequência da investigação, a PF busca identificar pagamentos ao grupo, supostamente liderado por ‘Vermelho’. Na residência do ‘DJ Guga’, os federais apreenderam R$ 99 mil em dinheiro vivo. Os federais rastreiam movimentações bancárias e em criptomoedas dos investigados.

‘Vermelho’ confessou à Polícia Federal que hackeou Moro e Deltan e centenas de procuradores, juízes e delegados federais, além de jornalistas. Ele acumula processos por estelionato, falsificação de documentos e furto. Apesar da confissão, o magistrado considerou que há ‘incongruências’ a serem esclarecidas.

O juiz anota a necessidade de apurar a ‘motivação de Walter Delgatti Neto ao repassar informações sigilosas ao sítio eletrônico Intercept, e se recebeu alguma quantia em pagamento’

“O investigado afirma ter agido sozinho e não ter recebido nenhuma vantagem em troca das mensagens capturadas das contas do Telegram de suas vítimas. Ocorre que, dos novos elementos probatórios trazidos pela autoridade policial, da análise dos computadores e discos rígidos arrecadados na residência de Walter Delgatti Neto, laudo pericial atestou a realização de de 5.812 ligações suspeitas no sistema da BRVOZ que tiveram como alvo 1162 números distintos, o que revela a possível atuação de outras pessoas juntamente com Walter”, afirma o juiz.

Para manter presos os demais nomes, além de ‘Vermelho’, o juiz fundamentou principalmente nas suspeitas de que cometeram crimes como fraudes bancárias. “Foram encontradas mensagens nos aparelhos celulares apreendidos na residência de Suelen Priscila de Oliveira e Gustavo Henrique Elias Santos, evidenciando que Suelen tinha conhecimento e praticava fraudes bancarias”.

O juiz Ricardo Leite frisou que não se comprovou a origem lícita da quantia de R$ 99 mil em espécie apreendida com o casal. “Há diversas lacunas que não foram esclarecidas com a origem do montante de R$ 99 mil encontrados na residência de Gustavo e de Suelen”.

O magistrado ainda quer saber  em ‘que constituiu a participação de Danilo já que surgiram fortes indícios de que tinha total conhecimento da prática delitiva, desconstituindo as suas declarações perante a polícia de que agiu em razão de amizade que tinha com Walter’. “Além disso, o próprio Walter Delgatti declarou sua habilidade em informática, sendo que solto poderá destruir provas”.

“Dessa forma, demonstrada a gravidade do delito e a periculosidade dos investigados que possivelmente formam uma organização criminosa para a prática de crimes, é indiscutível que a prisão preventiva deve ser decretada”, escreveu.

Desde junho, Moro é alvo de divulgação de diálogos a ele atribuídos com o procurador, pelo site The Intercept. O site afirmou que recebeu de fonte anônima o material, mas não revelou a origem.

A periculosidade evidenciada pelos custodiados na invasão de aparelhos de diversas autoridades públicas; a utilização de transações em bitcoins, conduta que dificulta o rastreamento de valores movimentados; a impossibilidade de monitoramento real das atividades dos investigados, se colocados em liberdade, além da falta de detalhamento da extensão desta possível organização criminosa, indicam o encarceramento como única forma de estancar qualquer continuidade delitiva ulterior dos investigados.

ESTADÃO CONTEÚDO

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEXTA-FEIRA

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEXTA-FEIRA

Por G1

 

PF diz que preservará mensagens encontradas na operação que prendeu grupo de hackers. Antes, o presidente do STJ tinha dito que foi avisado por Moro sobre destruição de dados. Quadrilha que roubou ouro no aeroporto de Guarulhos rendeu família de funcionário e usou ao menos cinco veículos na ação. Conta de luz: vem aí a bandeira tarifária de agosto. Cerimônia abre oficialmente o Pan de Lima, no Peru. E mais: um elefante em fúria e peixe-boi marinho quase extinto.

INTERNACIONAIS

Pan de Lima

 Velejadoras Martine Grael e Kahena Kunze — Foto: Wander Roberto / COBVelejadoras Martine Grael e Kahena Kunze — Foto: Wander Roberto / COB

Embora handebol e vôlei de praia já estejam em andamento, os Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, começam oficialmente hoje, com a cerimônia de abertura às 20 horas. As velejadoras Martine Grael e Kahena Kunze serão as porta-bandeiras da delegação brasileira.Campeãs olímpicas e mundiais na classe 49er FX, elas vão puxar a fila nacional no Estádio Nacional.

Partiu Lua!

Índia envia missão até a Lua nesta segunda-feira, 22 de julho — Foto: Indian Space Research Organisation / ReutersÍndia envia missão até a Lua nesta segunda-feira, 22 de julho — Foto: Indian Space Research Organisation / Reuters

NACIONAIS

Mensagens hackeadas

Presidente da República, o da Câmara e do Senado tiveram seus celulares invadidos

Presidente da República, o da Câmara e do Senado tiveram seus celulares invadidos

A Polícia Federal (PF) informou que preservará o conteúdo das mensagens que venham a ser localizadas no material apreendido na Operação Spoofing. Caberá à Justiça definir o destino do material.

Segundo a PF, foram invadidos celulares dos presidentes da Câmara, deputado Rodrigo Maia; do Senado, Davi Alcolumbre; do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha; e da procuradora-geral da República, Raquel Dodge.

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, foi comunicado pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro, que celulares de ministros da Corte também foram alvos de ataque.

O DJ Gustavo Henrique Elias Santos, um dos presos suspeitos dessas invasões a celulares, pode dar um novo depoimento à polícia hoje. Ele está preso na Superintendência da PF em Brasília com outras três pessoas.

Roubo milionário de ouro

Mais um veículo utilizado no assalto milionário no Aeroporto de Guarulhos é encontrado pela polícia — Foto: Reprodução / TV GloboMais um veículo utilizado no assalto milionário no Aeroporto de Guarulhos é encontrado pela polícia — Foto: Reprodução / TV Globo

A polícia encontrou mais três veículos usados no roubo milionário de ouro no terminal de cargas do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo: duas caminhonetes, uma branca e outra prata, e um caminhão-baú, foram localizadas na Zona Leste. A polícia ainda não explicou como esses veículos foram utilizados no crime.

A polícia também informou que os dois carros clonados como veículos da PF não são roubados, mas não informou sobre seus proprietários.

Conta de luz

Aneel divulga nesta sexta (26) a bandeira tarifária de agosto — Foto: Estúdio NSC Branded ContentAneel divulga nesta sexta (26) a bandeira tarifária de agosto — Foto: Estúdio NSC Branded Content

Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) divulga nesta sexta-feira a bandeira tarifária de agosto. Atualmente, a bandeira é amarela e há cobrança extra de R$ 1,50 a cada 100 kWh consumidos. Em junho, vigorou a bandeira verde. Nesta cor, não há cobrança extra nas contas de luz.

Paulo Carvalho

Paulo Carvalho — Foto: Reprodução / FacebookPaulo Carvalho — Foto: Reprodução / Facebook

jornalista Paulo Carvalho, de 47 anos, morreu ontem, no Rio de Janeiro, vítima de infarto. Ele estava com um dos filhos na Games XP 2019, no Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, quando passou mal por volta das 14h. O sepultamento será realizado hoje, no final da tarde.

Mulheres na matemática

Desigualdade de gênero entre cientistas de matemática é tema de encontro nacional neste fim de semana no Rio de Janeiro — Foto: DivulgaçãoDesigualdade de gênero entre cientistas de matemática é tema de encontro nacional neste fim de semana no Rio de Janeiro — Foto: Divulgação

Atualmente, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) tem 408 bolsas vigentes de produtividade em pesquisa (PQ), um tipo de financiamento destinado a cientistas que já têm mestrado, doutorado e uma sólida carreira de pesquisa. Mas as mulheres receberam apenas 11% das bolsas destinadas à pesquisa em matemática, probabilidade e estatística, segundo um levantamento feito pelo G1.

Viaduto Santa Ifigênia

Viaduto Santa Ifigênia, no Centro de São Paulo — Foto: TV Globo / ReproduçãoViaduto Santa Ifigênia, no Centro de São Paulo — Foto: TV Globo / Reprodução

O Viaduto Santa Ifigênia, que completa 106 anos hoje, sofre com problemas de zeladoria, em especial na conservação do piso e no nivelamento do solo. Em vários pontos de seus 225 metros de extensão é possível notar a ausência das pastilhas do piso, que foram acrescentadas no viaduto em 1975, expondo assim sua estrutura de cimento. Há também rachaduras. O G1 mostra.

Elefante em fúria

Um vídeo publicado nas redes sociais do Parque Nacional Kruger, na África do Sul, assustou internautas: o material registra o momento em que um elefante ataca um veículo cheio de turistas no meio de um safári.

Desafio Natureza

Poluição da água e degradação do habitat são ameaças de extinção ao peixe-boi

Poluição da água e degradação do habitat são ameaças de extinção ao peixe-boi

Poluição da água supera caça como principal ameaça à extinção do peixe-boi marinho, diz especialista. Contaminação da costa por lixo, esgoto não tratado e combustível de embarcações contribuíram para o que o animal fosse considerado extinto em três estados brasileiros.

Brumadinho

Brumadinho no rastro da lama — Foto: Editoria de Arte / G1Brumadinho no rastro da lama — Foto: Editoria de Arte / G1

Seis meses após tragédia, Vale é condenada pela Justiça de MG, mas inquérito segue sem conclusão. Treze pessoas da Vale e da Tüv Süd, que atestou a segurança da barragem que rompeu, são investigadas.

Game XP

Game XP começou nesta quinta (25), no Parque Olímpico, na Zona Oeste do Rio — Foto: Carlos Brito/ G1Game XP começou nesta quinta (25), no Parque Olímpico, na Zona Oeste do Rio — Foto: Carlos Brito/ G1

A Game XP 2019 chega a seu segundo dia nesta sexta-feira com competições de “League of Legends” e “Counter Strike: Global Offensive” e show da cantora Iza. O evento de jogos eletrônicos acontece no Parque Olímpico, do Rio de Janeiro, até domingo. Veja programação completa.

Mais games: ‘Wolfenstein: Youngblood’

Imagem de 'Wolfenstein: Youngblood' — Foto: DivulgaçãoImagem de ‘Wolfenstein: Youngblood’ — Foto: Divulgação

Matar nazistas pode ser uma herança de família. Pelo menos no universo de “Wolfenstein: Youngblood”, novo game derivado da série clássica de tiro em primeira pessoa que chega a PlayStation 4, Xbox One, computadores e Switch. Veja entrevista com o produtor executivo do game, novo capítulo de uma série clássica de tiros.

Cinema

Dentre as estreias no cinema, Anne Hathaway vive golpista em 'As Trapaceiras'

Dentre as estreias no cinema, Anne Hathaway vive golpista em ‘As Trapaceiras’

Uma comédia sobre duas golpistas, uma biografia sobre um infame serial killer e um mistério francês são os destaques das estreias que chegam aos cinemas brasileiros: “As trapaceiras”, “Ted Bundy: a irresistível face do mal” e “O professor substituto”.

Capa de revista

Georgia Furlan Traebert foi capa da edição de julho da australiana 'Katwalk Kids Fashion Magazine' — Foto: Katwalk Kids Fashion Magazine / ReproduçãoGeorgia Furlan Traebert foi capa da edição de julho da australiana ‘Katwalk Kids Fashion Magazine’ — Foto: Katwalk Kids Fashion Magazine / Reprodução

Modelo brasileira com síndrome de Down é capa de revista australiana. Georgia Furlan Traebert, de 15 anos, já foi finalista de concurso de influenciadores digitais no exterior. Catarinense que já fez teatro quer ser atriz e gravar uma novela.

Fonte: G1

Por Blog do BG

Moro é muito criticado por juízes e políticos pelo vazamento de nomes e situação do Ministro é muito delicada

Painel / FOLHA

Afasta de mim esse cale-se O vazamento de nomes que também teriam sido hackeados pelo grupo preso pela PF ampliou a desconfiança de políticos e ministros de cortes superiores sobre a atuação de Sergio Moro (Justiça). O ex-juiz é, a um só tempo, protagonista de rumorosa crise, vítima e chefe do órgão que faz a investigação. A maneira como a suposta invasão de outros celulares foi divulgada foi interpretada como tentativa de criar um cinturão de solidariedade a ele e à destruição de mensagens. Surtiu efeito contrário.

Veio a calhar Tão logo pipocaram, nesta quinta (25), dados de outras autoridades que teriam sido alvo de ataque, políticos especularam sobre 1) a conveniência de espraiar a crise, criando uma “cortina de fumaça” para o foco na Lava Jato, e 2) a hipótese de instrumentalização da PF.

Ninguém dorme Deputados chegaram a indagar quantos hackers foram pegos por clonar, por exemplo, telefones de ex-ministros de Temer –vários foram alvos de golpes– ou se, pelos embates entre Moro e o Congresso, não haveria possibilidade de subtração ou alteração de provas.

Elevador A OAB foi provocada a ingressar com uma reclamação no Supremo questionando o procedimento adotado até agora, já que o hackeamento teria atingido pessoas com prerrogativa de foro –e a Ordem estuda, de fato, ingressar com a medida.

Pare! A OAB deve ainda fazer petição ao juiz hoje responsável pelo caso, Vallisney de Souza, solicitando que não autorize a destruição de provas.

Indignação… Juiz federal do TRF-4, Jorge Antonio Maurique diz que, apesar de a PF indicar que as mensagens são fruto de invasões a celulares, “se verdadeiro, o conteúdo vazado (…) é muito ruim para os envolvidos”.

…seletiva “Impressiona que não haja indignação no mundo jurídico com o conteúdo, e sim com a forma. Veja que o conteúdo não foi contestado expressamente pelos envolvidos”, diz Maurique. “Por causa de mensagens vazadas a jornalistas, o governador de Porto Rico acaba de renunciar. Lá, só importou o conteúdo.”

Jabuticaba Já o governador Flávio Dino (PC do B-MA) diz que “parte diretamente interessada não deveria nem opinar sobre o assunto [destruição de provas]“. “Muito menos comunicar autoridades. Realmente o Direito no Brasil virou coisa bem esquisita.”

 

Mesmo após confissão, PF não vê caso encerrado e aguarda laudos sobre invasão de celulares

Apesar de o principal suspeito dos ataques hacker preso,Walter Delgatti Neto , tenha admitido em depoimento ser autor de invasões à contas de aplicativos de mensagens e telefones de autoridades, a Polícia Federal está longe de encerrar as investigações sobre o caso. A PF entende que ainda é necessário aguardar os laudos periciais e checar alguns dados para concluir a apuração.

A estimativa dos investigadores, após obter dados de sistemas de telefonia,  é que pelo menos mil pessoas foram alvos dos ataques hacker . Dois dias após a prisão dos suspeitos, a investigação apontou que a abrangência dos ataques cibernéticos chegou aos telefones do presidente Jair Bolsonaro, aos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) e do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Otávio Noronha, além da procuradora-geral da República, Raquel Dodge. Eles foram informados pelo ministro da Justiça, Sergio Moro, que estavam entre os alvos.

Além das perguntas  já respondidas pela Polícia Federal nos últimos três dias,  restam questões ainda não solucionadas que indicam o que ainda falta ser descoberto ou divulgado, uma vez que o procedimento corre sob sigilo estabelecido judicialmente.

A PF ainda não informou se há informações concretas sobre se houve mandantes das invasões. Além dos  R$ 100 mil apreendidos pela PF na Operação Spoofing,   o que se sabe sobre as finanças dos suspeitos, até agora,  é que Gustavo Henrique movimentou R$ 424 mil que que entre abril e junho do ano passado e Suelen, por sua vez, movimentou R$ 203 mil entre março e maio deste ano. Para os delegados da PF, há incompatibilidade entre a movimentação financeira e as rendas declaradas dos dois.

Na decisão do juiz Vallisney de Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, além de autorizar as prisões temporárias, o magistrado afirma que a incompatibilidade entre as movimentações financeiras e a renda mensal dos suspeitos torna necessário rastrear os recursos recebidos e movimentados por eles. Além dos sigilos bancários, o magistrado ainda determinou a quebra do sigilos telemático dos suspeitos.

Ainda não se sabe o que foi encontrado de indícios e provas nos e-mail e arquivos dos presos: Gustavo Henrique Elias Santos, Suelen Priscila de Oliveira, Danilo Cristiano Marques e Walter Delgatti Neto.

Além dos quatro suspeitos presos,  há outras seis pessoas possivelmente envolvidas no caso.  A PF apresentou ao juiz Vallisney de Oliveira um relatório de diligência no qual listou os e-mails destas seis pessoas, que estavam vinculados às contas dos usuários do sistema BRVOZ das quais partiram os ataques.

Com base nesse documento, a PF solicitou o afastamento do sigilo telemático desses e-mails, para acessar seu conteúdo e apurar se os outros alvos também estão envolvidos no caso. O magistrado autorizou a medida e determinou a quebra do sigilo telemático desses e-mails.

O GLOBO

CommentsComments

VAZA JATO: Não se destrói prova antes de perícia e de trânsito em julgado

A primeira coisa que a Polícia Federal deve verificar no material apreendido com os hackers é se ele é autêntico e se não tem inserções, o que pode provar ou não se os diálogos publicados entre o então juiz Sérgio Moro e o procurador da República Deltan Dallagnol são reais, se as mensagens são perfeitas. O que Moro e Dallagnol não reconheceram pode ser verificado, a partir de agora, por perícia.

Se o material é produto de crime, a Justiça terá de enfrentar a questão da prova ilícita. A primeira coisa a fazer é separar o crime decorrente da subtração das informações, com invasão de privacidade, da divulgação de mensagens do The Intercept, que tem a ver com as relações entre Moro e Dallagnol, para verificar a existência ou não de promiscuidade judiciária entre juiz e acusador. São coisas absolutamente diferentes. Não se pode olhar para só uma delas.

Terá de se decidir se a prova, ainda que ilícita, serve ou não para absolver. A orientação europeia é que o processo penal tem, por princípio, a busca da verdade real. Ele não se contenta com a verdade formal, tanto é que, na dúvida, absolve-se o réu porque ele é presumidamente inocente. Imaginemos a situação: uma interceptação telefônica ilegal flagra alguém no exterior. Verifica-se que essa pessoa está viva, mas ela aparece em processo condenatório como vítima de homicídio. Essa prova, embora ilícita, valeria ou não, sendo que há gente condenada em razão do crime? Há revisão criminal nesses casos. Estamos diante do conflito no processo penal entre a pretensão de punir do Estado e o direito subjetivo de liberdade.

Destruir as provas agora seria fraude. Não se destrói prova antes de perícia e de trânsito em julgado. É preciso fazer esse alerta. A regra é constitucional. Quem deve prevalecer no conflito entre o direito privado e o público? Evidentemente, é o público. Não é a intimidade de Moro, mas o interesse público, pois o processo penal tem por meta não deixar impunes os crimes e não punir os inocentes. Que Moro foi vítima em relação ao direito à privacidade é evidente, mas não é tudo. Deve assumir as consequências da conversas com procuradores. É preciso mostrar se o processo teve juiz imparcial e se o tratamento foi desigual para as partes. As apreensões podem levar à verdade sobre as mensagens, verificando se foram alteradas. E é preciso saber essa verdade.

Wálter Maierovitch – JURISTA E PROFESSOR DE DIREITO PENAL

ESTADÃO CONTEÚDO

Comments

E AGORA? Deltan Dallagnol recebeu R$ 33 mil por palestra em empresa citada na Lava Jato

Antes de você ler esse reportagem, qual seria o Procedimento do próprio MP em relação a qualquer cidadão comum ou até mesmo a um político, a alguém do judiciário ou a um pessoa envolvida na administração pública num caso como esse?

Segue a reportagem da FOLHAPRESS:

O procurador da República Deltan Dallagnol fez uma palestra remunerada no valor de R$ 33 mil para uma empresa que havia sido citada em um acordo de delação em caso de corrupção na própria força-tarefa da Lava Jato, mostram mensagens e documentos obtidos pelo The Intercept Brasil e analisados em conjunto com a Folha.

A firma do setor de tecnologia Neoway, que contratou Deltan, foi mencionada pela primeira vez em um documento de colaboração que foi incluído em um chat dos procuradores da operação em março de 2016, dois anos antes da palestra.

Além de participar do evento remunerado da companhia, em março de 2018, Deltan aproximou membros da Procuradoria e representantes da Neoway com o objetivo de viabilizar o uso de produtos dela em um trabalho da força-tarefa, da qual é coordenador em Curitiba.

O procurador também gravou um vídeo para a firma no qual enaltece a utilização de ferramentas tecnológicas em investigações, além de ter acionado um dos assessores do Ministério Público para avaliar seu desempenho na gravação.

Procurado, o Deltan disse à Folha que, antes de dar palestra remunerada para a empresa Neoway, não teve conhecimento de que a companhia já havia sido citada na Lava Jato. “Não reconheço a autenticidade e a integridade dessas mensagens, mas o que posso afirmar, e é fato, é que eu participava de centenas de grupos de mensagens, assim como estou incluído em mais de mil processos da Lava Jato. Esse fato não me faz conhecer o teor de cada um desses processos.”

Quatro meses após a palestra, em um chat, Deltan afirmou a outros procuradores que havia descoberto a citação à empresa na delação premiada do lobista do MDB Jorge Luz, que atuava em busca de vantagens em contratos da Petrobras e subsidiárias.

“Isso é um pepino pra mim. É uma brecha que pode ser usada para me atacar (e a LJ), porque dei palestra remunerada para a Neoway, que vende tecnologia para compliance e due diligence, jamais imaginando que poderia aparecer ou estaria em alguma delação sendo negociada”, afirmou o procurador na conversa.

As mensagens são reproduzidas tal qual aparecem nos arquivos obtidos pelo Intercept, mantendo eventuais erros de digitação e normas da língua portuguesa.

A situação levou Deltan e outros procuradores que haviam mantido contato com a Neoway a deixarem as investigações relativas a Jorge Luz.

Os diálogos examinados pela Folha e pelo Intercept também mostram outras ocasiões em que convites recebidos por Deltan levaram a discussões sobre potenciais conflitos de interesses.

O procurador chegou a perguntar aos colegas sobre eventual participação em um evento organizado pela Odebrecht Ambiental, empresa do grupo que fez a mais extensa delação da Lava Jato. Deltan foi advertido pelos procuradores e não aceitou o convite.

Em outra oportunidade, o procurador teve que cancelar a presença em um evento organizado pela empresa distribuidora de combustíveis Raízen, logo após ler a notícia de que a companhia havia sido alvo de uma operação da Polícia Civil do Paraná.

DELAÇÃO DE JORGE LUZ

Os procuradores da Lava Jato criaram um grupo no aplicativo Telegram em fevereiro de 2016 para tratar do acordo de delação premiada de Jorge Luz, inclusive com a participação de Deltan.

Em 22 de março daquele ano, circulou no chat um documento no qual o delator afirmou que atuou em favor da Neoway em um projeto de tecnologia da BR Distribuidora, subsidiária da Petrobras. Luz contou que recorreu ao então deputado federal Cândido Vaccarezza (PT-SP) e ao atual deputado federal Vander Loubet (PT-MS) para aproximar a Neoway da BR Distribuidora.

No dia 24 de abril de 2017, um outro documento da colaboração premiada foi enviado nesse diálogo com um relato mais categórico de Jorge Luz: “Paguei ao Vaccarezza para arrumar o negócio”.

O delator afirmou que, após uma reunião na BR Distribuidora para apresentação de sua ferramenta tecnológica, a Neoway foi contratada. Jorge Luz disse ainda que os contratos com a empresa foram executados por volta de 2011 ou 2012 e não houve pagamentos a funcionários da Petrobras, apenas repasses a Vaccarezza e Loubet.

O colaborador não indicou os valores dos contratos e dos pagamentos aos deputados nos documentos examinados pela Folha e pelo Intercept.

(mais…)

Comments

TERCEIRO DO BRASIL: Uma em cada cinco pessoas é obesa no RN

Por Tribuna do Norte

Uma em cada cinco pessoas é considerada obesa no Brasil, e o índice de potiguares com excesso de peso (21%) situa o Rio Grande do Norte na terceira posição entre os estados com maior percentual – mesma taxa apurada no Acre, Pará, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul, de acordo com estudo divulgado nessa quinta-feira (25) pelo Ministério da Saúde. No topo estão Amazonas e Mato Grosso com 23%, e na outra extremidade aparece o Maranhão com apenas 15,7% da população acima do peso considerado ideal. Pernambuco com 22%, primeiro lugar na região Nordeste, está na vice liderança nacional ao lado do Rio de Janeiro e de Rondônia.

Em 2018 mais da metade dos brasileiros (55,7%) estão acima do peso, sendo que a obesidade acomete 18,9% das pessoas.

A Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) comparou dados apurados entre 2006 e 2018, e a variação nesse período apresentou um salto de 11,8% para 18,9% – um crescimento de 67,8% nos últimos treze anos.

Para acessar a reportagem completa só clicar no link: http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/rn-esta-entre-estados-com-maior-naomero-de-obesos/455010

 

Pesquisa do Procon aponta redução de quase 5% no preço do combustível em Natal

O Instituto Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor de Natal (Procon/Natal) realizou, na última segunda-feira, 22, pesquisa nos postos de combustíveis e identificou redução no valor de todos os combustíveis pesquisados. O objetivo da pesquisa foi verificar se houve a redução de 2,14% no preço anunciada pela Agência Nacional de Petróleo, no dia 18 de julho.

O preço médio da gasolina nas bombas foi de R$ 4,359, contra R$ 4,561 da pesquisa anterior, realizada no dia 08 de julho. Isso representa uma variação negativa de 4,43%, ou seja, redução de R$ 0,202 centavos. Já em comparação com a pesquisa de junho, a redução foi de R$ -0,164 centavos, o que equivale a uma variação negativa de 3,63%.

O Núcleo de pesquisa do Procon/Natal acompanha mensalmente os preços dos combustíveis na cidade do Natal, devido a política de preço aplicada pela estatal brasileira Petrobras, que adotou reajustes com maior periodicidade, desde 3 de julho de 2017. Nas pesquisas recentes realizadas pelo Núcleo, os preços dos combustíveis estão em declínio.

AGORA RN

Femurn alerta para risco de atrasos de salários das Prefeituras no 2º semestre

A possibilidade de atrasos de pagamentos de salários dos servidores públicos municipais não está descartada no segundo semestre, admite o presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn), Leonardo Cassimiro de Araújo Júnior. “Atualmente há casos pontuais de atrasos, por causa de problemas mais profundos, como de previdências próprias que ficaram de gestões anteriores”, disse ele. Mas, a partir de agosto, a tendência é aumentar a quantidade de prefeituras que não terá recursos suficientes para cumprir em dia os compromissos com a folha de pessoal.

“Naldinho”, como é chamado o presidente da Femurn, disse ser essa uma preocupação, em virtude de que entre agosto e outubro,  historicamente, ocorre uma queda no valor dos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Neste  período, geralmente, há uma diminuição das receitas com Imposto de Renda, que ao  lado do IPI, forma o  bolo dos recursos do Fundo de Participação.

Ele disse que conversou, inclusive, a respeito disso com a governadora Fátima Bezerra (PT), porque o governo  tem três folhas em atraso referentes aos meses de novembro e dezembro e do 13º salário de 2018, e o Estado também deve enfrentar queda de receitas do Fundo de Participação.

A preocupação com a folha de pessoal é uma constante para os municípios. O Tribunal de Contas do Estado (TCE) já começou a emitir termos de alerta de responsabilidade fiscal para os 91 municípios (54,5%) dos 167 municípios do Rio Grande do Norte,  que no segundo bimestre do ano, ultrapassaram o limite de alerta com gasto de pessoal. O caso emblemático é o de Pureza, que comprometeu  92,4% de sua receita corrente líquida com o pagamento de salários.

Segundo “Naldinho”, pelo  menos em julho os municípios receberam 1% de recursos extras de FPM, e mesmo assim, 44 municípios tiveram saldo zero no repasse da primeira cota, dia 10, Lamentavelmente, diz ele, “é onde a corda quebra,, do lado mais fraco, principalmente dos municípios que sobrevivem exclusivamente do Fundo de Participação”.

O presidente da Femurn diz que os municípios só passam a contar com 1% de recursos extras em dezembro, justamente como ajuda para complementação da folha do 13º salário.

TRIBUNA DO NORTE

Para continuar lendo é só clicar no link: http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/femurn-alerta-para-risco-de-atrasos-no-2ao-semestre/455037

 

Comments

Natal é o 3º destino turístico mais procurado do Brasil nos 60 dias

Por Portal NO AR

Natal é o terceiro destino mais procurado por turistas brasileiros no período considerado como inverno no País. Os números fazem parte de uma pesquisa inédita realizada pelo Ministério do Turismo, que aponta os dez destinos mais buscados em viagens nacionais nos meses de junho e julho deste ano. A sondagem foi realizada com duas mil agências de viagens do país. Fortaleza (CE), Maceió (AL), Natal (RN), Gramado (RS), Rio de Janeiro (RJ), Porto Seguro (BA), Ipojuca (PE), São Paulo (SP), Salvador (BA) e Campos do Jordão (SP) estão nas dez primeiras posições, respectivamente.

“Esses números são muito importantes para a cidade e para o destino turístico. Isso prova que essas ações que estão sendo feitas em parceria com os empresários, no caso a ABIH – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis e com o Governo do Estado, esses “Gold Shows”, essas promoções específicas do destino, que querem comprar o Nordeste, que querem comprar Natal, especificamente interior de Minas, de São Paulo e Centro-Oeste estão dando resultado”, comentou o secretário de Turismo de Natal, Fernando Fernandes.

Um outro dado a ser festejado pela capital potiguar diz respeito ao perfil do turista que está buscando a cidade. De acordo com a pesquisa, na composição do público, os casais com filhos correspondem ao maior número (37%) dos viajantes que utilizam agências de viagens, seguidos dos casais, com 22%, e viagens em família, com 21%. Esse perfil de viajante, em destaque, costuma consumir mais que turistas que viajam sozinhos, dessa forma, o capital circula entre os fornecedores de serviços da cidade.

Os dados apontam para um interesse maior dos turistas na “dupla” sol e praia (49%), perfil que se encaixa bem na capital potiguar. Destinos culturais e com títulos de patrimônio histórico ficam com o segundo lugar (16%), enquanto viagens a trabalho (10%) e por ecoturismo (9%) ocupam a terceira e quarta posições.

MINAS GERAIS

Natal também aparece bem posicionada em outra pesquisa realizada recentemente pelo Ministério do Turismo. A capital do Rio Grande do Norte está entra as três mais buscadas pelos turistas mineiros para viagens nos meses de junho e julho. As cidades de Porto Seguro (BA), Maceió (AL) e Natal (RN) são os três destinos mais procurados.

A constatação é da Pesquisa de Sondagem Empresarial, realizada pelo Ministério do Turismo com 175 empresas de comércio de viagens do estado. O levantamento trouxe, ainda, que 6 em cada 10 mineiros procuram destinos onde possam aproveitar os momentos de lazer com sol e praia.

Assim como na pesquisa mais abrangente, citada anteriormente, o perfil do público mineiro, também aponta casais com filhos como o maior número (43,7%) dos viajantes que utilizam agências de viagens, seguidos dos casais sem crianças, com 25,8%, e viagens em família, com 21,1%.

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEXTA-FEIRA

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEGUNDA-FEIRA

Por G1

 

Reportagem do Fantástico mostrou que a extração ilegal de ouro movimenta R$ 3,3 bilhões em um ano no Brasil. Saem dados bimestral de receitas e despesas do governo, das três primeiras semanas do mês da balança comercial e as estimativas sobre PIB, inflação e juros. Segue chovendo em Pernambuco, onde 500 famílias deixaram suas casas. No Rio, o BRT começa a caçar caloteiros nas estações. Fique de olho: 170 concursos públicos estão com inscrições abertas para preencher mais de 14,5 mil vagas. E veja tudo o que rolou na Comic-Con deste ano.

INTERNACIONAIS

Comic-Con

Patrick Stewart, Angelina Jolie, Maisie Williams, Tom Cruise, Natalie Portman e Arnold Schwarzenegger participaram de painéis na Comic-Con San Diego — Foto: Chris Pizzello/APPatrick Stewart, Angelina Jolie, Maisie Williams, Tom Cruise, Natalie Portman e Arnold Schwarzenegger participaram de painéis na Comic-Con San Diego — Foto: Chris Pizzello/AP

A Comic-Con, em San Diego, foi dominada pela Marvel e pelos clássicos que ganharão continuações. O evento, que também teve lançamento de trailers, divulgação de novos filmes e entrevistas, terminou ontem. Veja tudo o que rolou nos Estados Unidos.

NACIONAIS

Extração ilegal Ouro

Esquema de fraudes movimenta 20 toneladas de ouro e R$ 3 bilhões ao ano

Esquema de fraudes movimenta 20 toneladas de ouro e R$ 3 bilhões ao ano

Reportagem do Fantástico mostrou que a extração ilegal de ouro movimenta R$ 3,3 bilhões em um ano no Brasil. Programa viajou até a Bacia do Rio Tapajós, no Pará, e mostrou operação clandestina de garimpeiros e empresas.

Os números da economia

O Ministério da Economia divulga relatório bimestral de receitas e despesas. Em maio, as contas do governo federal registraram déficit de R$ 11,024 bilhões, o que significa que as despesas superaram as receitas.

Saem também os dados das três primeiras semanas de julho da balança comercial. No primeiro semestre, houve superávit de US$ 27,13 bilhões, uma queda de 9,6% em relação ao mesmo período de 2018.

Já o Banco Central divulga as estimativas do mercado para Produto Interno Bruto (PIB), inflação, juros e câmbio, entre outros. No último realtório, analistas baixaram a previsão de alta do PIB deste ano de 1% para 0,93%, a 16ª queda consecutiva do indicador e, pela primeira vez neste ano, abaixo de 1%.

Chuva em Pernambuco

Chuva em Pernambuco deixa 500 famílias desabrigadas

Chuva em Pernambuco deixa 500 famílias desabrigadas

Segue chovendo em Pernambuco. A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu alerta de chuvas com intensidade de moderada a forte, para Zona da Mata, Grande Recife e Agreste do estado. Ontem, mais de 500 famílias do município de Barreiros, na Zona da Mata Sul, precisaram deixar as suas casas por conta de alagamentos. O nível dos rios Una e Carimã subiu, invadindo ruas e imóveis.

Médico preso no Ceará

Fantástico mostra novos relatos de vítimas do médico e prefeito preso por abusar de mulher

Fantástico mostra novos relatos de vítimas do médico e prefeito preso por abusar de mulher

O médico José Hilson de Paiva, prefeito afastado de Uruburetama, está preso há três dias acusado de abusar sexualmente de pacientes durante consultas ginecológicas no Ceará. No interrogatório, o médico confessou à polícia que fez as filmagens durante 30 anos.

Tribunal solta mulher de senador do AM

Nejmi Aziz é esposa de Omar Aziz, senador e ex-governador do AM — Foto: DivulgaçãoNejmi Aziz é esposa de Omar Aziz, senador e ex-governador do AM — Foto: Divulgação

A mulher do senador e ex-governador do Amazonas Omar Aziz, Nejmi Aziz, foi solta ontem. Ela teve liberdade cedida pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região. Nejmi foi presa na última sexta-feiracom três irmãos de Omar durante operação da Polícia Federal que investiga a prática de crimes de corrupção passiva, lavagem de capitais e organização criminosa.

BRT pode multar no Rio

Ação de fiscais em parceria com a Guarda Municipal tem como objetivo reduzir os calotes no BRT — Foto: Reprodução / TV GloboAção de fiscais em parceria com a Guarda Municipal tem como objetivo reduzir os calotes no BRT — Foto: Reprodução / TV Globo

BRT do Rio começa a caçar caloteiros e a multar usuários que tentam embarcar de graça. Os fiscais vão conferir o cartão do passageiro. A multa para quem deu o golpe é de R$ 170. Os últimos testes foram realizados na sexta-feira.

Jovens, trabalho e vida pessoal

Ganhar bem não é a principal prioridade dos jovens quando eles pensam sobre os desejos que têm sobre sua vida profissional. É o que mostra pesquisa sobre os planos dos que têm entre 18 e 24 anos. Para eles, importante é trabalhar com o que gosta e equilibrar esse trabalho com a vida pessoal. 801 jovens foram entrevistados entre fevereiro e março deste ano.

Concursos

170 concursos públicos estão com inscrições abertas para preencher mais de 14,5 mil vagas, com oportunidades para profissionais de todos os níveis de escolaridade e em diversos estados. Além das vagas abertas, há concursos para formação de cadastro de reserva – ou seja, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso.

Desafio Natureza

Veja imagens do Desafio Natureza no Pantanal

Veja imagens do Desafio Natureza no Pantanal

Veja onde e como fazer turismo de observação de onças no Pantanal. Nos últimos anos, várias localidades de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul têm desenvolvido o ecoturismo, que aumenta a renda dos moradores locais e ajuda na conservação das espécies.

Funk sem palavrões

Kondzilla é o apelido e o nome da empresa criada por Konrad Dantas, 30 anos — Foto: DivulgaçãoKondzilla é o apelido e o nome da empresa criada por Konrad Dantas, 30 anos — Foto: Divulgação

Kondzilla não está parado. Ao G1o empresário fala de seus movimentos: a expansão das atividades, além de clipes de funk, a queda das cifras no YouTube e o abraço na periferia em novos projetos. Ele defende “filtro de palavrão” no funk e diz que MCs “se deixaram seduzir” por duetos com sertanejos.

Fonte: G1

Por Blog do BG

Jabutis caem da reforma da Previdência de Bolsonaro e Guedes

A Câmara derrubou vários jabutis da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) da reforma da Previdência do presidente Jair Bolsonaro e do ministro da Economia, Paulo Guedes.

Jabutis são medidas colocadas em um projeto sem relação direta com o tema principal. O texto já foi aprovado em primeiro turno no plenário da casa, e o segundo turno está marcado para agosto.
Os deputados rejeitaram ao menos seis pontos. Barraram mudanças no FGTS (Fundo Garantia do Tempo de Serviço), no foro de ações no Distrito Federal contra a União e nos direitos políticos de policiais militares e bombeiros.

Foram excluídas alterações na idade de aposentadoria compulsória de servidores e na indicação de fonte de custeio em decisões judiciais, e derrubada a prerrogativa exclusiva do Executivo para reformar a Previdência.

Em entrevista à jornalista Mirian Leitão, na GloboNews, em 17 de abril, Guedes tratou da estratégia de usar os jabutis na PEC da Previdência. A ideia, disse, então, foi de Rogério Marinho, secretário de Previdência e Trabalho.

“E tem um [jabuti] particularmente que ele colocou que eu disse: ‘Como é que você bota um negócio desses?’ Ele disse: ‘Não, isso aqui é para realmente criar espaço de negociação’.”

Folhapress

Comments

MP investiga empresa acusada de enganar turistas em Ponta Negra

O Ministério Público abriu um inquérito para apurar as denúncias contra uma empresa do setor imobiliário suspeita de enganar turistas em Ponta Negra.

De acordo com o inquérito, aberto na 59ª Promotoria de Justiça, a empresa aborda os turistas prometendo brindes para que eles assistam uma apresentação de um empreendimento imobiliário. Só que além da apresentação demorar mais que o previsto, os turistas ainda sem os supostos brindes.

“De acordo com as reclamações ofertadas, trata-se de publicidade enganosa, levando o consumidor a erro quando a realidade do negócio apresentado e a publicidade oferta da quando da abordagem”, diz o inquérito.

Comments

Bolsonaro cogita mudar valor da multa do FGTS em demissão sem justa causa

O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste domingo, 21, que poderá rever no futuro o percentual da multa do FGTS paga ao empregado demitido sem justa causa. Atualmente, o trabalhador recebe 40% do fundo. Ele disse também que o anúncio da liberação das contas ativas e inativas do FGTS deverá acontecer na próxima quarta-feira, 24.

“O valor não está na Constituição, mas o FGTS está no artigo 7º, acho que o valor é uma lei, vamos pensar lá na frente. Mas antes disso a gente tem que ganhar a guerra da informação, eu não quero manchete amanhã dizendo ‘o presidente está estudando reduzir o valor da multa’. O que eu estou tentando levar para o trabalhador é o seguinte: menos direitos e emprego; todos os direitos e desemprego”, disse.

Para alterar o valor da multa, o presidente precisará encaminhar ao Congresso uma proposta de lei complementar para regulamentar o tema já que a multa é uma cláusula pétrea da Constituição.

Na sexta-feira, o presidente criticou a multa, mas no sábado ele afirmou que não pretende extingui-la. Ele repetiu a explicação de que sua fala se deu no contexto da criação da penalidade.

“Eu critiquei a multa, o presidente era o Fernando Henrique Cardoso, eles resolveram, para não aumentar o desemprego, aumentar o valor da multa. Então em um primeiro momento, você não manda ninguém embora, mas também não contrata”, disse.

Prevista na lei que instituiu o Fundo de Garantia, a multa equivalia a 10% sobre o saldo das contas vinculadas. Com a Constituição de 1988, o valor subiu para 40%. Em 2001, no governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, foi criada uma contribuição social de mais 10% para ajudar a cobrir o pagamento de expurgos inflacionários de planos econômicos.

A discussão sobre a multa se dá no momento em que o governo planeja anunciar a liberação de parcela de contas ativas e inativas do FGTS. O Estadão/Broadcast revelou que a ideia é que um porcentual – que varia entre 10% e 35% do saldo – seja liberado de acordo com o valor que cada trabalhador tem no fundo. Outra ideia é restringir o saque dos recursos nas demissões sem justa causa com a opção de retirar uma parte a cada ano no mês de aniversário.

A jornalistas, Bolsonaro ressaltou que as medidas econômicas de seu governo estão avançando e citou como exemplo a aprovação do primeiro turno da reforma da Previdência na Câmara. “Aprovação da reforma da Previdência fez a bolsa [de valores] se estabilizar acima dos 100 mil pontos”, disse.

Hoje pela manhã ele se reuniu, em momentos diferentes, com os ministros da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno, e da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos. Bolsonaro explicou apenas que tratou sobre questões segurança com Heleno e de articulação com o Congresso com Ramos. Sobre Onyx, ele brincou: “ele está quase dormindo comigo”, disse.

Bolsonaro também participou de um culto evangélico na igreja Sara Nossa Terra e depois foi almoçar em galeteria de Brasília.

Estadão Conteúdo

Comments

Presidentes das Assembleias Legislativas do NE repudiam declaração de Bolsonaro

O Colegiado de presidentes de Assembleias Legislativas dos Estados do Nordeste (ParlaNordeste) recebeu com “repulsa” e chamou de preconceituosas as declarações do presidente Jair Bolsonaro, que se referiu aos governadores da região com o termo “paraíbas”.

Na sexta-feira, 19, em conversa com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, sem saber que estava sendo gravado, Bolsonaro disse: “Daqueles governadores de Paraíba, o pior é o do Maranhão. Não tem que ter nada para esse cara”. A conversa ocorreu pouco antes de começar o café da manhã do presidente com correspondentes internacionais e o áudio foi captado pela TV Brasil, canal oficial do governo, que transmitiu o encontro na íntegra.

“O Colegiado de Presidentes de Assembleias Legislativas dos Estados do Nordeste (ParlaNordeste) recebeu, com repulsa, as declarações preconceituosas do presidente da República, Jair Bolsonaro”, disse o ParlaNordeste em nota.

Na nota, o colegiado destaca que a região é a terceira maior economia do País e que seus 53 milhões de habitantes têm orgulho de viver “não só na Paraíba, mas também, no Maranhão, em Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia, Rio Grande do Norte, Ceará e Piauí”. O ParlaNordeste ainda saúda o trabalho realizado pelos nove governadores da região e diz que vai lutar contra todo tipo de retaliação e função de diferenças políticas ou preconceito.

“Exigimos respeito e não abriremos mão do cumprimento dos deveres do Governo Federal para com a nossa região”, finaliza a nota.

Bolsonaro

Neste domingo, 21, em sua página oficial no Twitter, Bolsonaro voltou a dizer que não fez nenhuma crítica ao povo nordestino. “‘Daqueles GOVERNADORES… o pior é o do Maranhão’. Foi o que falei reservadamente para um ministro. NENHUMA crítica ao povo nordestino, meus irmãos.”

O presidente ainda ironizou o general da reserva Luiz Rocha Paiva, que chamou o comentário de Bolsonaro de “antipatriótico” e “incoerente”.

“Mas o melhor de tudo foi ver um único general, Luiz Rocha Paiva se aliar ao PCdoB de Flávio Dino, para me chamar de antipatriótico. Sem querer descobrimos um melancia, defensor da Guerrilha do Araguaia, em pleno século XXI”, completou Bolsonaro no Twitter.

Ainda no mesmo assunto, em outra publicação na rede social, o presidente mencionou que, em dois anos, o porto de Itaqui, no Maranhão, estará ligado, por ferrovia, ao porto de Santos, e aproveitou para dizer que fará muito pelo Nordeste em seu mandato “apesar da mídia e alguns governadores”.

Estadão Conteúdo

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEGUNDA-FEIRA

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTE DOMINGO

Por G1

 

Estrela de 'Os Eternos', Angelina Jolie compareceu ao painel da Marvel neste sábado (20), terceiro dia de Comic-Con San Diego — Foto: Chris Pizzello/AP

Estrela de ‘Os Eternos’, Angelina Jolie compareceu ao painel da Marvel neste sábado (20), terceiro dia de Comic-Con San Diego — Foto: Chris Pizzello/AP

A Marvel divulgou o elenco e a data de lançamento do filme “Os Eternos” neste sábado (20), durante o painel do estúdio na Comic-Con San Diego.

Angelina Jolie interpretará Thena, uma heroína conhecida pela força, velocidade e resistência. “Vou trabalhar dez vezes mais, porque penso no que significa fazer parte do Universo Cinematográfico Marvel, fazer parte desta família”, disse a atriz.

“Sabemos o que temos pela frente, o que todos vocês merecem e nós vamos trabalhar muito duro”, afirmou”, afirmou. A estreia do filme está prevista para 6 de novembro de 2020.

Marvel Studios

@MarvelStudios

Just announced in Hall H at , Marvel Studios’ THE ETERNALS with Angelina Jolie, Richard Madden, Kumail Nanjiani, Lauren Ridloff, Brian Tyree Henry, Salma Hayek, Lia McHugh and Don Lee. Directed by Chloé Zhao. In theaters November 6, 2020.

View image on Twitter

Os atores Richard Madden, Kumail Nanjiani, Lauren Ridloff, Brian Tyree Henry, Salma Hayek, Lia McHugh e Don Lee também foram anunciados no elenco e participaram do painel. O estúdio também confirmou que Chloé Zhao será a diretora.

“Os Eternos” traz a história de uma antiga raça de seres superpoderosos que ganharam poderes devido às experiências de um raça alienígena chamada Os Celestiais.

Lauren Ridloff e Brian Tyree Henry e Salma Hayek também foram anunciados no elenco de 'Os Eternos', durante painel da Marvel na Comic-Con San Diego — Foto: Chris Pizzello/APLauren Ridloff e Brian Tyree Henry e Salma Hayek também foram anunciados no elenco de ‘Os Eternos’, durante painel da Marvel na Comic-Con San Diego — Foto: Chris Pizzello/AP

Don Lee e Angelina Jolie falam durante painel da Marvel neste sábado (20), terceiro dia de Comic-Con San Diego — Foto: Chris Pizzello/APDon Lee e Angelina Jolie falam durante painel da Marvel neste sábado (20), terceiro dia de Comic-Con San Diego — Foto: Chris Pizzello/AP

Salma Hayek, Lia McHugh e Don Lee são confirmados no elenco de 'Os Eternos' na Comic-Con San Diego — Foto: Chris Pizzello/APSalma Hayek, Lia McHugh e Don Lee são confirmados no elenco de ‘Os Eternos’ na Comic-Con San Diego — Foto: Chris Pizzello/AP

Fonte: G1

 

NACIONAIS

Por Pedro Melo, TV Vanguarda

 

Diretor do Inpe rebate críticas de Bolsonaro

Diretor do Inpe rebate críticas de Bolsonaro

O diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Ricardo Magnus Osório Galvão, rebateu as críticas feitas pelo presidente Jair Bolsonaro, que acusou o órgão de pesquisa de mentir sobre dados de desmatamento e de estar “agindo a serviço de uma ONG”. Disse também que não deixará o cargo.

“Fazer uma acusação em público esperando que a pessoa se demita. Eu não vou me demitir”, afirmou Galvão.

As acusações de Bolsonaro foram feitas na sexta-feira (19), durante café da manhã com jornalistas estrangeiros. Neste sábado, Galvão se defendeu em entrevista ao site do jornal “O Estado de S.Paulo”. Procurado pela TV Vanguarda, afiliada da Globo, ele reafirmou as críticas. Veja a seguir um resumo do que disseram Bolsonaro, na sexta, e Galvão à TV Vanguarda, neste sábado.

Acusações de Bolsonaro

  • “A questão do Inpe, eu tenho a convicção que os dados são mentirosos, e nós vamos chamar aqui o presidente do Inpe para conversar sobre isso, e ponto final nessa questão.”
  • “Mandei ver quem está à frente do Inpe. Até parece que está a serviço de alguma ONG, o que é muito comum.”
  • “Se for somado o desmatamento que falam dos últimos 10 anos, a Amazônia já acabou. Eu entendo a necessidade de preservar, mas a psicose ambiental deixou de existir comigo.”

Bolsonaro fez referência a dados que o Inpe havia divulgado na quinta-feira (18), sobre o atual estado do desmatamento na Amazônia. Procurado pela TV Globo, o Palácio do Planalto disse que não vai se manifestar sobre o assunto.

Respostas de Galvão

  • “Esses dados sobre desmatamento da Amazônia, feitos pelo Inpe, começaram já em meados da década de 70 e a partir de 1988 nós temos a maior série histórica de dados de desmatamento de florestas tropicais respeitada mundialmente.”
  • “Tenho 71 anos, 48 anos de serviço público e ainda em ativa, não pedi minha aposentadoria. Nunca tive nenhum relacionamento com nenhuma ONG, nunca fui pago por fora, nunca recebi nada mais do que além do meu salário com o servidor público.”
  • “Ao fazer acusações sobre os dados do Inpe, na verdade ele faz em duas partes. Na primeira, ele me acusa de estar a serviço de uma ONG internacional. Ele já disse que os dados do INPE não estavam corretos segundo a avaliação dele, como se ele tivesse qualidade ou qualificação de fazer análise de dados.”

‘Piada de um garoto de 14 anos’

Galvão, disse ainda que respeita o presidente Bolsonaro como um representante eleito, mas criticou seu comportamento. “Sou republicano e [acredito] que ele tem várias propostas que vão em benefício do país, mas ele tem tido realmente comportamento que não respeitam a dignidade e liturgia da Presidência”.

“Principalmente quando ele tem essas entrevistas com a imprensa ou mesmo em outras manifestações, ele tem um comportamento como se estivesse em botequim. […] Ou seja, ele fez acusações indevidas a pessoas do mais alto nível da ciência brasileira, não estou dizendo só eu, mas muitas outras pessoa”, afirmou Galvão. “Isso é uma piada de um garoto de 14 anos que não cabe a um presidente da república fazer.”

O Inpe disse em nota que sua política de transparência permite o acesso completo aos dados e acrescentou que a metodologia do instituto é reconhecida internacionalmente. “O Inpe teve um papel fundamental na utilização de satélites para imagem de sensoriamento remoto. O Brasil foi o terceiro país no mundo a usar imagens do satélite landsat, método desenvolvido pelo Inpe. Todos os nossos métodos são desenvolvidos pelo Inpe”.

O pesquisador também defendeu seu histórico como cientista e as escolhas feitas pelo ministério de Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações para cargos de pesquisa, como o que ocupa na diretoria do Inpe. “O presidente Bolsonaro tem que que entender que eu sou um senhor de 71 anos, professor titular da Universidade de São Paulo, membro da Academia Brasileira de Ciências, fui presidente da Sociedade Brasileira de Física durante 3 anos, membro do Conselho Científico da Sociedade Europeia de Física durante 3 anos”.

“Todos os diretores dessas unidades de pesquisa não são escolhidos por indicação política ou por que o pai deles quis dar um filé mignon pra eles. Eles são escolhidos por uma comitê de busca nomeado pelo governo, por 5 especialistas de renome nacional, tanto na área científica quanto na área tecnológica”, reiterou.

Galvão também disse que é preciso defender quem “trabalha bem para o governo”, e citou o ministro de Ciências, Marcos Pontes. “Ele sempre manifestou que as questões do desmatamento e das mudanças climáticas são questões cientificas e não políticas. E têm que ser tratadas cientificamente, e ele sempre mostrou grande respeito pelo Inpe”, afirmou.

“No entanto, o ministro Ricardo Salles vem atacando, desde o começo do ano, os dados do Inpe. Realmente não sei com que intenções. Algumas pessoas dizem que ele tem intenção de transferir esse trabalho feito pelo Inpe para empresas privadas. Não sei se é verdade, porque ele aparentemente desmentiu.”

O diretor do Inpe afirmou que, antes da polêmica com o presidente, havia enviado um ofício ao ministro Pontes, propondo que fossem abertos canais de comunicação para esclarecer sobre esses dados e criar ferramentas para que o governo pudesse usar essas informações de forma mais clara e transparente.

Fonte: G1

 

Por Blog do BG

Presidente garante que não vai propor fim da multa de 40% do FGTS

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil 

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (20) que não vaipropor o fim da multa de 40% sobre o salto do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) de empregados demitidos sem justa causa. “Em nenhum momento vocês vão me ouvir falando de acabar com multa de 40% FGTS”, disse a jornalistas, em entrevista em frente ao Palácio do Alvorada.

Ele ponderou, no entanto, que a multa virou regra, uma vez que é difícil ocorrer, segundo ele, demissões por justa causa. “Dificilmente, você dá demissão por justa causa. Mesmo dando, o cara entra com ação contra você. Dificilmente se ganha ação nesse sentido. Os patrões pagam [a multa]”, disse.

“Assim como quem estava empregado ficou mais difícil ser demitido, quem empregava começou a não empregar mais pensando em possível demissão”, justificou. Apesar disso, afirmou: “Não vou propor [o fim dos] 40%”.

Ontem (19) à noite, a assessoria de imprensa do Palácio do Planalto divulgou nota à imprensa negando qualquer estudo sobre o fim do pagamento da multa.

Saque do FGTS

O presidente disse ainda que amanhã (21) fará uma reunião com ministros para tratar do saque do FGTS. “A palavra final eu vou ouvir essa semana da equipe econômica”, diz. O governo estuda liberar o saque de parte do saldo das contas ativas e inativas do FGTS. A medida injetaria recursos capazes de estimular a economia.

Segundo o presidente, “pequenos acertos” estão sendo feitos. “Não queremos desidratar a questão do Minha Casa, Minha Vida, que é importante para quem precisa de uma casa. Não queremos ser irresponsáveis”. O programa do governo federal, que oferece condições atrativas para o financiamento de moradias para famílias de baixa renda, usa recursos do fundo.

Agência Brasil

Comments

Bolsonaro nega ter falado ‘paraíba’ como crítica a nordestinos

Após fala polêmica sobre governadores do Nordeste, o presidente Jair Bolsonaro negou neste sábado (20) que tenha usado o termo “paraíba” para criticar nordestinos e disse que as críticas foram direcionadas a dois governadores: Flávio Dino (PC do B), do Maranhão, e João Azevedo (PSB), da Paraíba.

“Falaram agora que eu estou criticando o Nordeste, você viu? Dois governadores, o do Maranhão e da Paraíba que são intragáveis”, afirmou o presidente.

Nesta sexta (19), foi divulgado um vídeo em que Bolsonaro fala sobre “governadores de paraíba” e cita o governador do Maranhão. “Não tem que ter nada para esse cara [Dino]”.

Os governadores do Nordeste reagiram e cobraram explicações. À coluna Painel, Dino afirmou: “Só sei que sou o pior dos gestores na visão dele, o que para mim é uma honraria.”

Bolsonaro respondeu atacando Dino e Azevedo e partidos de oposição.

“Eles [gestores do Nordeste] são unidos. Eles têm uma ideologia. Perderam as eleições e tentam o tempo todo através das desinformações manipular eleitores nordestinos”, declarou, em provável referência ao apoio dos governadores nordestinos ao candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad.

Para tentar argumentar que a relação com o Nordeste é boa, Bolsonaro disse que sua esposa, Michelle Bolsonaro, é filha de cearense.

“A maldade está no coração de vocês. Eu tenho tanta crítica ao Nordeste que eu casei com uma filha de cearense”.

O presidente também criticou a imprensa e disse que havia exagero na repercussão que sua fala teve.

“Eu fiz uma crítica ao governador do Maranhão e da Paraíba. Vivem me esculhambando. Obras federais vão para lá. Dizem que é deles. Não são deles, é do povo. A crítica foi a esses dois governadores. Nada mais além disso. Uma crítica em três segundos. Em três segundo vocês da mídia fazem uma festa”.

Folhapress

Fonte: Blog do BG

 

LOCAIS

Detran reforça ações educativas de trânsito durante a Festa de Sant’Ana

Ações focam na máxima “Só Ando na Paz” desenvolvendo o tema “Não Deixe o Trânsito lhe Transformar”

Por Agora RN

Medida busca fomentar a conscientização e a responsabilidade do cidadão no trânsito. Foto: Assecom/Detran-RN.

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) está cumprindo uma agenda intensa de divulgação da nova campanha educativa do órgão durante as comemorações da Festa de Sant’Ana na cidade de Caicó, no Seridó Potiguar. As ações focam na máxima “Só Ando na Paz” desenvolvendo o tema “Não Deixe o Trânsito lhe Transformar”. A medida busca fomentar a conscientização e a responsabilidade do cidadão no trânsito para a construção de um espaço seguro para todos os envolvidos no tráfego.

As atividades realizadas pela Coordenadoria de Educação e Fiscalização de Trânsito do Detran compreendem ações de combate a mistura álcool e direção com a utilização do óculos simulador de embriaguez, que concede ao cidadão a sensação de guiar veículo sob efeito de bebida alcoólica ou outras substâncias entorpecentes. Os técnicos do Detran estão distribuindo adesivos com o tema “Só Ando na Paz”, panfletos informativos de segurança no trânsito, além de brindes como lixeirinhas veicular e aromatizante de automóveis, tudo com menções educativas relacionadas ao trânsito.

Os trabalhos educativos passaram com ações realizadas na Ilha de Sant’Ana, no Coreto Municipal, na principal praça pública do município e na Central do Cidadão onde ocorreu abordagens aos usuários e servidores. Já durante a noite as medidas educativas focaram a área onde acontece a Festa de Sant’Ana. Nesse caso, os técnicos do Detran conversaram com as pessoas nos bares, realizaram demonstrações do uso do etilômetro e reforçaram a mensagem de “se beber não dirija”.

Um ponto alto das medidas educativas do Detran foi a utilização do Teatro Três no Trânsito que ocupou o palco principal da área de organização da festa levando paródias de canções onde a temática abordava lições de segurança, respeito e responsabilidade no trânsito. Os artistas teatrais também acompanharam a equipe educativa de trânsito do Detran nas visitas aos bares levando animação e a mensagem de humanização do trânsito.

O diretor-geral do Detran, Octávio Santiago Filho, ressaltou a importância do trabalho educativo realizado pelo Órgão na Festa de Sant’Ana como uma missão de evitar acidentes e preservar vidas, já que a festividade reúne centenas de pessoas e muitas fazem uso de bebida alcoólica. “O Detran age para tornar o trânsito seguro e mais humano”, comentou.

As ações educativas de trânsito do Detran seguem durante o dia de hoje na feira de Caicó e na Feirinha de Sant’Ana realizada na cidade de Currais Novos.

Fonte: Agora RN

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTE DOMINGO

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESSA SEXTA-FEIRA

Por G1

 

Bolsonaro diz que a fome no Brasil é uma ‘grande mentira’, e depois volta atrás. Também disse que estuda o fim da multa de 40% no FGTS, mas em seguida diz desconhecer o tema. E cineastas reagem à intenção do presidente de colocar ‘filtro’ nos filmes brasileiros. No Ceará, é preso o prefeito médico suspeito de estuprar pacientes. O goleiro Bruno deixa a cadeia para cumprir semiaberto. A Justiça suspende a licitação do autódromo do Rio. Um brasileiro pega prisão perpétua na Inglaterra por matar a ex. O Irã retém dois navios e acirra a tensão no estreito de Ormuz.

INTERNACIONAIS

Prisão perpétua

Brasileiro é condenado à prisão perpétua por ter matado a ex-mulher, na Inglaterra

Brasileiro é condenado à prisão perpétua por ter matado a ex-mulher, na Inglaterra

O brasileiro Ricardo Godinho, de 41 anos, foi condenado à prisão perpétua no Reino Unido por ter matado a ex-companheira, Aliny Mendes, em fevereiro.

Segundo depoimentos feitos durante o julgamento, ele esfaqueou Aliny na frente da filha de 3 anos do casal. Eles tinham outros três filhos, todos menores de 12 anos, e estavam separados desde dezembro passado.

Tensão no estreito de Ormuz

O petroleiro Stena Impero, capturado pela Guarda Revolucionária do Irã, em foto não datada — Foto: Stena Bulk via APO petroleiro Stena Impero, capturado pela Guarda Revolucionária do Irã, em foto não datada — Foto: Stena Bulk via AP

Dois petroleiros ligados ao Reino Unido foram retidos pelo Irã no estreito de Ormuz. Um deles, porém, foi liberado após algumas horas. Segundo a Guarda Revolucionária do Irã, os navios violavam regras marítimas internacionais.

O governo britânico declarou que a situação é inaceitável, e que poderá haver consequências, ampliando a tensão no Golfo Pérsico.

Desde o início do mês, O Reino Unido mantém confiscado um petroleiro do Irã que passava pelo território britânico de Gibraltar, sob suspeita de que o navio violava sanções europeias. Desde então, o governo ameaçava revidar.

50 anos da Apollo 11

Presidente Trump cumprimenta Buzz Aldrin, um dos tripulantes da missão Apollo 11 — Foto: Leah Millis/ReutersPresidente Trump cumprimenta Buzz Aldrin, um dos tripulantes da missão Apollo 11 — Foto: Leah Millis/Reuters

Na véspera da celebração pelos 50 anos da chegada do homem à Lua, o presidente americano Donald Trump recebeu Michael Collins e Buzz Aldrin na Casa Branca. Os dois astronautas integraram a missão Apollo 11, comandada por Neil Armstrong. O primeiro homem a pisar na lua morreu em 2012.

Incansável!

Ana Marcela leva dois ouros e aumenta sua lista de recordes e conquistas — Foto: Satiro SodréAna Marcela leva dois ouros e aumenta sua lista de recordes e conquistas — Foto: Satiro Sodré

A nadadora brasileira ampliou hoje a lista de recordes no mundial de esportes aquáticos, na Coreia do Sul. Ela venceu as provas de 5 km e 25 km da maratona aquática, além do quinto lugar que lhe garantiu uma vaga olímpica em Tóquio 2020. Ela é a maior medalhista da história da competição.

NACIONAIS

Sem fome no Brasil?

Bolsonaro nega criação de novos impostos e diz: ‘CPMF de volta, não’

Bolsonaro nega criação de novos impostos e diz: ‘CPMF de volta, não’

Em encontro com jornalistas estrangeiros, o presidente Bolsonaro afirmou que ‘falar que se passa fome no Brasil é uma grande mentira’.

“Passa-se mal, não come bem. Aí eu concordo. Agora passar fome, não. Você não vê gente pobre pelas ruas com físico esquelético como a gente vê em alguns outros países por aí pelo mundo”, disse.

A declaração de Bolsonaro foi dada após ser questionado sobre o aumento da pobreza no país. Números da FAO apontam que mais de 5 milhões de brasileiros estavam em grave situação alimentar em 2017. Segundo o IBGE, 9 milhões de crianças vivem em situação de extrema pobreza no Brasil.

Depois, o presidente relativizou o assunto ao ser abordado novamente sobre o tema, e afirmou que o brasileiro “come mal” e que “alguns” passam fome.

Cinema com ‘filtro’

'Se não puder ter filtro, nós extinguiremos a Ancine', diz Bolsonaro — Foto: Fátima Meira/Futura Press/Estadão Conteúdo‘Se não puder ter filtro, nós extinguiremos a Ancine’, diz Bolsonaro — Foto: Fátima Meira/Futura Press/Estadão Conteúdo

Bolsonaro voltou a criticar a produção de filmes nacionais e disse que se e o governo não puder impor algum ‘filtro’, vai acabar com a Ancine, agência que regula e fiscaliza o mercado de cinema e audiovisual brasileiro.

Ele condenou o uso do dinheiro público para fazer, segundo ele, “filmes pornográficos” e defendeu que o cinema brasileiro passe a falar dos “heróis brasileiros”.

Ontem, ao transferir para a Casa Civil o conselho que cuida do cinema nacional, Bolsonaro criticou o que chamou de ativismo e disse que não pode admitir ‘filmes como da Bruna Surfistinha’.

Diretores brasileiros reagiram às declarações do presidente e afirmam temer censura na produção cinematográfica.

Bruno Barreto, cineasta, diretor de filmes como “O que é isso, companheiro?” e “Dona Flor e seus dois maridos”:

“No caso o que ele chama de filtro me parece censura, nem na época da ditadura militar isso ocorreu. Se acontecer de fato, eu sou contra, claro.”

Vicente Amorim, cineasta, diretor de filmes como “Irmã Dulce”, “Um homem bom” e “O caminho das nuvens”:

“As mudanças propostas são ilegais. Toda proposta é absurda: levar a Ancine para Brasília (caríssimo); extinguir a Ancine (ilegal); e filtrar conteúdo (censura)”.

Fundo de garantia

O governo deu garantias de que manterá a liberação dos saques nas contas do FGTS, mesmo com a preocupação de empresários da construção civil. Bolsonaro se reuniu com representantes do setor ontem.

“Está mantido o mesmo percentual. Os empresários tiveram lá fora com a equipe econômica, que eu convidei para vir ao palácio [do Planalto], e saíram satisfeitos. E vai ser mantido o programa do FGTS”, disse o presidente.

Mais cedo, o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse que a informação sobre a liberação de saques vazou antes de o governo concluir os estudos sobre o tema. Onyx garantiu, no entanto, que a medida provisória liberando os saques será assinada na próxima quarta-feira (24).

Demissão sem justa causa

Bolsonaro também criticou a multa de 40% do FGTS em casos de demissão sem justa causa, e disse que o governo estuda acabar com o pagamento. Mas logo em seguida afirmou desconhecer ‘qualquer trabalho nesse sentido’.

Licitação suspensa

Imagem do projeto do novo autódromo do Rio de Janeiro — Foto: DivulgaçãoImagem do projeto do novo autódromo do Rio de Janeiro — Foto: Divulgação

Justiça suspendeu contratação do consórcio que venceu a licitação para a construção do autódromo do Rio, por questões ambientais. Segundo o MPF, a obra não pode continuar enquanto não for concluído o estudo sobre o impacto para o meio ambiente.

No final de junho, o G1 mostrou que a empresa que fará o autódromo foi criada 11 dias antes do lançamento da licitação, com um capital de R$ 100 mil, o equivalente a 0,14% do necessário para a realização da obra.

Bruno deixa a cadeia

Goleiro Bruno Fernandes deixa o presídio de Varginha após receber benefício do semiaberto — Foto: Reprodução EPTVGoleiro Bruno Fernandes deixa o presídio de Varginha após receber benefício do semiaberto — Foto: Reprodução EPTV

O goleiro Bruno deixou o presídio de Varginha (MG) e vai poder dormir em casa após conseguir progressão da pena para o regime semiaberto. Ele foi condenado pelo homicídio triplamente qualificado de Eliza Samudio e pelo sequestro do filho Bruninho, em 2010, e estava preso desde 2017.

Prefeito médico preso

Médico e prefeito afastado de Uruburetama chega ao IML, em Fortaleza, na tarde desta sexta-feira (19), para exame de corpo de delito antes da prisão — Foto: Natinho Rodrigues/Sistema Verdes MaresMédico e prefeito afastado de Uruburetama chega ao IML, em Fortaleza, na tarde desta sexta-feira (19), para exame de corpo de delito antes da prisão — Foto: Natinho Rodrigues/Sistema Verdes Mares

O prefeito e médico de Uruburetama (CE), José Hilson, se entregou à polícia e foi preso, suspeito de estuprar pacientes. Ele filmava as vítimas nas consultas e o caso foi revelado pelo Fantástico. A prisão de Hilson foi determinada para preservar as provas e evitar influência do prefeito nas investigações.

Também teve isso…

 

Por Blog do BG

Governo federal amplia regras de ficha limpa para servidores

Servidores indicados para ocupar cargos comissionados ou funções de confiança na administração pública deverão ser ficha limpa e ter formação acadêmica compatível com o posto ao qual foram apontados, segundo decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) na quinta-feira (18).

O documento, entretanto, abre espaço para que o ministro da Casa Civil ou o presidente sejam responsáveis por observar que os nomes escolhidos cumpram os critérios definidos.

Segundo o decreto, órgãos e entidades da administração pública deverão ter reputação ilibada, idoneidade moral e perfil profissional ou formação acadêmica compatível com o posto ou função ao qual foram designados. Também precisam ser ficha limpa.

A medida estende a 76,1 mil servidores regras que, desde 20 de março, estavam vigorando para outros 24,3 mil ocupantes de cargos de direção e assessoramento e funções comissionadas do Executivo, que têm livre nomeação e exoneração.

Folhapress

Comments

Governo Bolsonaro só vai negociar taxa em Noronha dentro de 4 meses

O Ministério do Meio Ambiente só deve apresentar um posicionamento sobre a cobrança da taxa para visitação de praias do parque marinho de Fernando de Noronha em quatro meses. Até lá, pelo menos, os preços praticados pela empresa Econoronha seguem os mesmos.

Neste período, o governo vai analisar o contrato firmado com a concessionária e tentar negociar um acordo para garantir valores mais baixos e serviço de melhor qualidade para os visitantes.

Uma das ideias ventiladas nos bastidores é de que a empresa passe a cobrar apenas pelos dias em que o turista efetivamente estiver na ilha.

Hoje, o valor cobrado pelo ingresso vale por um pacote de dez dias. Quem passa apenas um dia, por exemplo, é obrigado a pagar exatamente a mesma quantia.

A polêmica em torno da cobrança da taxa teve início no sábado passado (13). Em vídeo publicado em redes sociais, o presidente citou o valor dos ingressos para turistas brasileiros (R$ 106) e estrangeiros (R$ 212) visitarem o parque —o bilhete vale por dez dias. “Isso explica porque quase inexiste turismo no Brasil”, disse.

A EcoNoronha é a empresa responsável pela administração do parque marinho desde 2012. Até agora, após vencer a licitação, foram investidos R$ 15 milhões no parque. Só no ano passado, a empresa arrecadou R$ 9,6 milhões. Neste ano, a Econoronha apresenta um faturamento de R$ 900 mil por mês.

Deste total, 14,7% fica com o ICMBio e 85,3% com a concessionária, que aplica o recurso em manutenção das praias e gestão.

Procurada pela Folha, a Econoronha não se posicionou.

Folhapress

Comments

Fala de Bolsonaro sobre governadores do Nordeste causa polêmica e gestores cobram explicação

Os governadores do Nordeste prepararam carta na qual cobram explicações da Presidência da República sobre o teor de um vídeo que registra fala polêmica de Jair Bolsonaro sobre os gestores da região.

O filme que provocou a reação dos governadores mostra a chegada do presidente a um café da manhã com jornalistas da imprensa estrangeira, nesta sexta (19). Segundos antes de o ato efetivamente começar, os microfones da mesa captam trechos de uma conversa entre Bolsonaro e o ministro Onyx Lorenzoni (Casa Civil).

Há ruídos no áudio, captado pela equipe da TV Brasil que filmava o encontro, mas é possível ouvir que Bolsonaro faz críticas a gestores da região e pede para restringir repasses a um dos representantes dos nordestinos.

É possível detectar que o presidente usa a expressão “governadores de Paraíba” e, em seguida, afirma que “o pior [inaudível] o do Maranhão”. Em seguida, de maneira clara, afirma: “Não tem que ter nada para esse cara”.

Painel/Folha de S.Paulo

Comments

Presidentes de TJs dão apoio à medida do STF sobre dados bancários e fiscais

Presidentes dos Tribunais de Justiça dos Estados assinaram nesta sexta-feira, 19, uma carta em que expressam apoio a decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) relativas à “intimidade e o sigilo de dados bancários, fiscais e telefônicos” nas investigações criminais.

O documento é resultado de um encontro ocorrido em Cuiabá (MT), que reuniu 21 representantes dos 27 tribunais de Justiça e o presidente da Suprema Corte, ministro Dias Toffoli.

No início da semana, Toffoli suspendeu processos em que houve compartilhamento de dados detalhados do contribuinte pelos órgãos de controle sem autorização judicial prévia.

Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, o ministro afirmou que estão sendo feitas “devassas” na vida das pessoas sem que haja supervisão do Judiciário. “Isso é um Estado fascista. Vira investigações de gaveta que ninguém sabe se existem ou não existem”, disse.

A carta, que reúne também outros assuntos, dispõe sobre o apoio às decisões do STF, “proferidas em processos de temas sensíveis e relevantes para o fortalecimento da democracia brasileira e com vistas ao respeito dos direitos fundamentais dos cidadãos, particularmente os relacionados com a intimidade e o sigilo de dados bancários, fiscais e telefônicos no âmbito das investigações criminais”.

Enquanto integrantes do Ministério Público reclamam que a suspensão dos processos compromete o andamento de investigações no Brasil, membros do Poder Judiciário entendem que o “escanteamento” de juízes em processos que envolvem dados fiscais e bancários do cidadão é um problema no sistema investigatório. O argumento é de que o compartilhamento de números detalhados invade a privacidade do contribuinte, e dessa forma, precisa passar pelo crivo do Judiciário.

Segundo apurou o Broadcast/Estado, durante o encontro nesta sexta, presidentes de tribunais falaram sobre a importância de a magistratura se unir no atual momento, e comentaram sofrer com ataques assim como a Suprema Corte. Em março, Toffoli abriu um inquérito para apurar notícias falsas, ameaças e ataques contra o STF.

A decisão, assim como a assinada nesta semana, foi alvo de críticas.

Estadão Conteúdo

Comments

LOCAIS

Governo implanta medidas para equilibrar contas da Ceasa-RN

Foto: Rayane Mainara 

O Governo do Estado iniciou o processo de reestruturação da Central de Abastecimento do Rio Grande do Norte S/A (Ceasa-RN). A partir dos gargalos encontrados na auditoria realizada pela Controladoria Geral do Estado (Control) no 1º semestre de 2019, o Governo vai promover uma adequação na cobrança do condomínio da estrutura localizada na Avenida Capitão-mor Gouveia, em Natal, além de melhorar o sistema de segurança e de limpeza do local. As medidas acertadas entre o Governo e os permissionários instalados na Ceasa-RN esta semana trarão uma economia de aproximadamente R$ 1 milhão por ano aos cofres estaduais.

Os reajustes visam reequilibrar as contas da Ceasa-RN a médio prazo, com medidas que atacam tanto problemas na arrecadação quanto as despesas. De acordo com a auditoria da Control, o Tesouro Estadual arca com cerca de R$ 7 milhões por ano para complementar a folha salarial da companhia e ainda paga metade da taxa de condomínio. Atualmente, a Ceasa-RN arrecada R$ 80 mil por mês e tem um custo mensal de manutenção de R$ 157 mil.

“O que propomos para a Ceasa é um modelo de administração eficiente, que permita que as despesas operacionais devam ser custeadas pelos permissionários. A empresa precisa ser autossuficiente financeiramente. Estamos apenas implantando o que foi acordado e alinhando a Ceasa aos modelos já em funcionamento em boa parte do Brasil”, ressaltou Guilherme Saldanha, secretário de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca e presidente do Conselho Administrativo que gere a central.

A proposta de reajuste é que a partir de agosto a taxa de condomínio passe de R$3,30 por m² (metro quadrado) para R$ 7,79 por m², retirando a complementação feita pelo Governo. A medida também se soma a um processo de cobrança dos devedores identificados pela auditoria Uma eventual mudança no valor da taxa de permissão remunerada de uso (TPRU), que se assemelha a um aluguel cobrado aos permissionários, não será feita por enquanto.

Para reforçar a segurança da Ceasa-RN e atender a um pleito antigo dos empresários, o Governo vai instalar 40 câmeras de monitoramento conectadas com o Centro Integrado de Operações da Segurança Pública (Ciosp), além de um controle restrito na entrada de caminhões e trabalhadores, implantando o uso de crachás e coletes de identificação.

A previsão é de que o processo de aquisição das câmeras seja iniciado em agosto. “O Governo firmou um compromisso com melhorias na segurança e também na limpeza, que já começamos a fazer. O objetivo é fazer uma Ceasa melhor para empresário e para a sociedade, que voltará a ter espaço de qualidade para suas compras”, ressaltou Pedro Lopes, controlador geral do Estado.

Comments

Presidente da Câmara de Parnamirim avalia período legislativo e anuncia ações para o segundo semestre

O presidente da Câmara Municipal de Parnamirim, vereador Irani Guedes, classificou como “produtivo” o primeiro período legislativo de 2019, encerrado na última quarta-feira, 17. Guedes aproveitou para anunciar ações que serão implementadas na casa legislativa após o recesso. As ações incluem a posse de servidores concursados, um novo portal na internet e a ampliação da estrutura da Câmara, incluindo o plenário.

Segundo o presidente, nesse período, os 18 vereadores da 15ª legislatura (2017-2020) realizaram 808 indicações de melhorias ao Poder Executivo, números que superam o primeiro semestre de 2018 quando foram feitas 703 indicações. “Isso demonstra que, além dos trabalhos intensos realizados em plenário, os parlamentares desta casa estão em sintonia com a comunidade, ouvindo os anseios e transformando-os em requerimentos de melhoria para a população”, disse o presidente da Câmara.

Além do número elevado de indicações, foram realizadas 73 sessões ordinárias, 19 sessões solenes e 18 audiências públicas com o objetivo de debater os mais diversos assuntos de interesse da população, reuniões, cursos e eventos externos, como os projetos ‘Câmara Cultural’ – em comemoração aos 30 anos do bairro Nova Parnamirim e o ‘Câmara na Rua’ em Bela Parnamirim.

Segundo semestre

Para o segundo semestre, o presidente Irani Guedes informou que a Câmara está se preparando para receber 45 novos servidores efetivos, que serão selecionados por meio de concurso público. “Deveremos empossar o pessoal assim que nos for entregue a lista de aprovados. Os novos servidores se juntarão aos demais e vão melhorar ainda mais os serviços e atendimentos prestados pela casa legislativa à população”, frisou.

Por fim, o chefe do Legislativo adiantou que a Câmara irá lançar um novo portal de notícias, e que a casa legislativa receberá uma reforma com ampliação de sua estrutura. “O cidadão e os servidores irão ganhar um novo portal mais acessível e prático, com foco na transparência da gestão. Além disso, a sede da Câmara receberá uma reforma com ampliação do plenário para oferecermos mais conforto à população”, concluiu Irani.

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESSA SEXTA-FEIRA

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA QUARTA-FEIRA

Por G1

 

Na Argentina, Bolsonaro participa da reunião de cúpula do Mercosul, e assume a presidência do bloco. Governo prevê injetar R$ 30 bilhões na economia com liberação do FGTS; anúncio deve sair nesta semana. MEC lança consulta pública sobre gestão de recursos das universidades‘Uber das motos’ gera polêmica em SP. Nos EUA, sai a sentença do traficante El Chapo, que pode pegar prisão perpétua.

INTERNACIONAIS

Mercosul

O presidente Jair Bolsonaro — Foto: Alan Santos / PRO presidente Jair Bolsonaro — Foto: Alan Santos / PR

O presidente Jair Bolsonaro participa hoje, em Santa Fé, na Argentina, da 54ª Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul. Será sua primeira participação. O Brasil assumirá o comando rotativo – serão seis meses – do bloco, formado por Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai.

A intenção do governo brasileiro é manter as prioridades estabelecidas na gestão argentina, como a abertura de mercados (com assinatura de acordos comerciais) e a revisão de tarifas externas comuns.

Isenção de ‘roaming’

A expectativa é que alguns anúncios sejam feitos durante a cúpula. É esperado, por exemplo, o acordo que prevê fim da cobrança de “roaming” internacional em serviços de telecomunicação entre os países do Mercosul.

El Chapo

 Joaquín 'El Chapo' Guzmán em foto de 19 de janeiro de 2017 — Foto: United States Drug Enforcement Administration / via AP PhotoJoaquín ‘El Chapo’ Guzmán em foto de 19 de janeiro de 2017 — Foto: United States Drug Enforcement Administration / via AP Photo

O julgamento do mexicano Joaquín “Chapo” Guzmán em Nova York foi um mergulho surrealista dentro de um dos maiores cartéis de drogas, uma janela aberta para a vida até então misteriosa do chefão mexicano, famoso pelos túneis construídos para traficar drogas para os Estados Unidos ou para escapar da prisão. Ele será sentenciado nesta quarta-feira e deverá ser condenado à prisão perpétua. Veja momentos marcantes do caso.

É prata!

Equipe brasileira conquista segundo lugar na maior competição de física, na Polônia

Equipe brasileira conquista segundo lugar na maior competição de física, na Polônia

Brasil ganha medalha de prata pelo 3º ano consecutivo em torneio mundial de jovens físicos. Evento aconteceu neste mês em Varsóvia, na Polônia e, nas últimas sete edições, equipes formadas por estudantes brasileiros já acumulam cinco pratas e um bronze.

Unidas pelo crânio; agora separadas

Irmãs siamesas Safa e Marwa Ullah — Foto: Great Ormon Street Hospital / DivulgaçãoIrmãs siamesas Safa e Marwa Ullah — Foto: Great Ormon Street Hospital / Divulgação

As irmãs paquistanesas Safa e Marwa Ullah nasceram unidas pelo crânio. Após quatro meses internadas e mais de 50 horas de cirurgia foram separadas com sucesso, anunciou ontem o hospital londrino responsável pela intervenção. As gêmeas receberam alta em 11 de fevereiro deste ano, mas só agora o hospital público Great Ormon Street divulgou as informações sobre o caso.

Cinebiografia de Elvis

Austin Butler, à direita, foi escalado para interpretar Elvis Presley no filme de Baz Luhrman — Foto: AP PhotoAustin Butler, à direita, foi escalado para interpretar Elvis Presley no filme de Baz Luhrman — Foto: AP Photo

O ator americano Austin Butler, de 27 anos, foi escalado para interpretar Elvis Presley na cinebiografia sobre o cantor dirigida por Baz Luhrman. O cineasta indicado ao Oscar por “Moulin Rouge: Amor em vermelho” (2001) também escreve o roteiro do filme, que ainda não tem título nem previsão de lançamento, mas conta ainda com Tom Hanks no elenco. Veja o perfil do ator escolhido para viver o rei do rock.

Anima Mundi

"Dimitri et la drôle de surprise" - animação francesa é uma das 400 que participarão do festival. — Foto: Divulgação“Dimitri et la drôle de surprise” – animação francesa é uma das 400 que participarão do festival. — Foto: Divulgação

Edição 2019 do Anima Mundi estreia nesta quarta-feira no Rio.Festival, que por muito pouco não foi realizado este ano, reúne mais de 300 filmes realizados em 40 países. Evento é um dos maiores do mundo na área de animação.

Andrea Camilleri

Escritor Andrea Camilleri no Vaticano, em imagem de arquivo de 21 de fevereiro de 2009 — Foto: Alessandra Tarantino / Arquivo / AP PhotoEscritor Andrea Camilleri no Vaticano, em imagem de arquivo de 21 de fevereiro de 2009 — Foto: Alessandra Tarantino / Arquivo / AP Photo

escritor italiano Andrea Camilleri, um dos maiores expoentes do romance policial no mundo, morreu nesta quarta-feira no hospital Spirito Santo, em Roma (Itália), aos 93 anos, após ser internado há um mês por conta de uma parada cardíaca.

NACIONAIS

Saques do FGTS

 — Foto: Marcos Santos / USP Imagens— Foto: Marcos Santos / USP Imagens

O governo deve anunciar nesta semana a liberação de saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O valor ainda não está fechado, mas a previsão da equipe econômica é que a medida resulte na injeção de R$ 30 bilhões na economia. A liberação valerá para os trabalhadores com contas ativas ou inativas.

Educação: ‘Future-se’

O Ministério da Educação lança oficialmente o programa Future-se, destinado a alterar a estrutura de financiamento e gestão das universidades e institutos federais. Ainda em fase preliminar, a proposta do governo federal será submetida a consulta pública a partir desta quarta e até 31 de julho.

PDT e os infiéis

O PDT faz reunião conjunta de Executiva Nacional, movimentos partidários e Comissão de Ética, para discutir o resultado da votação da Reforma da Previdência, conjuntura nacional e início de análise dos casos dos deputados que não seguiram a orientação partidária e votaram a favor da reforma. Decisão de março, do Diretório Nacional, havia fechado questão contra a reforma, por unanimidade.

Aplicativo Mototáxi

Foto de arquivo mostra mototáxi na cidade de São Paulo, em 2009, ano em que lei municipal proibiu o serviço — Foto: Nilton Fukuda / Arquivo / Agência EstadoFoto de arquivo mostra mototáxi na cidade de São Paulo, em 2009, ano em que lei municipal proibiu o serviço — Foto: Nilton Fukuda / Arquivo / Agência Estado

A Prefeitura de São Paulo classificou como “clandestina” a atuação do aplicativo colombiano de mototáxi, que chegou neste mês à capital paulista. A Secretaria de Mobilidade e Transportes informou que pode multar os pilotos que forem flagrados prestando o serviço.

O “Picap – motos particulares” nasceu na Colômbia em 2016 e ficou conhecido por lá como “o Uber das motocicletas”, já que oferece o serviço remunerado de carona na garupa de motos, com preços mais acessíveis do que os oferecidos pelos aplicativos de carros. Lá, também gerou polêmica.

Loteria

 Aposta única da Mega-Sena custa R$ 3,50 e apostas podem ser feitas até às 19h — Foto: Marcelo Brandt / G1Aposta única da Mega-Sena custa R$ 3,50 e apostas podem ser feitas até às 19h — Foto: Marcelo Brandt / G1

O concurso 2.170 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 16 milhões para quem acertar as seis dezenas. As apostas podem ser feitas até às 19 horas, na lotérica ou pela internet. O sorteio ocorre às 20h em São Paulo (SP).

Uruburetama

Conselho de Medicina do Ceará suspende registro de médico que abusava de pacientes

Conselho de Medicina do Ceará suspende registro de médico que abusava de pacientes

Grupos de defesa da mulher atenderão vítimas de abuso em Uruburetama, no Ceará, onde o médico e prefeito José Hilton Paiva é suspeito de filmar abuso de mulheres durante atendimento em consultório.

‘Señorita’

Shawn Mendes e Camila Cabello lançam 'Señorita' e formam casal em clipe — Foto: Reprodução / InstagramShawn Mendes e Camila Cabello lançam ‘Señorita’ e formam casal em clipe — Foto: Reprodução / Instagram

Como Shawn Mendes e Camila Cabello chegaram ao topo das paradas com beijinhos e latinidade enlatada. Clipe com cenas quentes e casal ‘Shawnmila’ são os maiores trunfos do hit. G1 explica como o novo casal do pop botou ‘Señorita’ na parte mais alta dos rankings de mais tocadas.

Pode acreditar

Homem carrega fogão em patinete elétrico em Copacabana, Zona Sul do Rio

Homem carrega fogão em patinete elétrico em Copacabana, Zona Sul do Rio

Homem é filmado transportando fogão em patinete elétrico em Copacabana, Zona Sul do Rio. O usuário pendurou o eletrodoméstico nos ombros na Avenida Atlântica, uma das mais movimentadas do bairro. A empresa responsável pelo patinete e a Guarda Municipal alertaram que o transporte é proibido.

Fonte: G1

Por Blog do BG

Nova CPMF não passa, diz presidente da comissão especial na Câmara

Presidente da comissão especial sobre reforma tributária na Câmara, o deputado Hildo Rocha (MDB-MA) diz que o novo imposto sobre pagamentos em estudo pelo Ministério da Economia e pelo Congresso não vai prosperar por enfrentar rejeição da população e dos parlamentares.

“A população não gosta muito desse tipo de tributo. Aumenta a carga tributária mesmo que tenha uma alíquota baixa. Não acredito que prospere em razão disso.”
Embora veja espaço para negociação sobre aquele que é um dos tripés da reforma do Executivo, Rocha defende que a discussão deve se voltar ao texto do deputado Baleia Rossi (MDB-SP).

​Graças à PEC (Proposta de Emenda à Constituição) de Rossi, a comissão especial sobre reforma tributária foi aberta na Câmara.

Segundo o presidente, as propostas que vierem depois serão apensadas para discussão na comissão, incluindo aquela sendo elaborada pelo Ministério da Economia.

Paralelamente, o Senado já discute uma segunda proposta. A PEC 110 é uma iniciativa de líderes partidários e tem como primeiro signatário o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Comments

Corregedor do MP vai analisar palestras de Dallagnol para decidir se abre processo

O corregedor nacional do Ministério Público, Orlando Rochadel Moreira, decidiu nesta terça-feira (16) fazer uma apuração preliminar para avaliar se os procuradores da Lava Jato Deltan Dallagnol e Roberson Pozzobon cometeram falta funcional ao, supostamente, se articularem para lucrar com a realização de palestras pagas.

Ao final da análise prévia, Rochadel Moreira vai decidir se abre processo disciplinar para investigar os dois procuradores ou arquiva o caso.

O despacho do corregedor do Conselho Nacional do Ministério Público atende a uma representação apresentada ao órgão pelo PT com base em reportagem publicada no último domingo (14) pelo jornal “Folha de S.Paulo” em parceria com o site The Intercept.

A publicação afirma, baseada em mensagens de celular atribuídas aos dois procuradores da República, que Dallagnol – coordenador da força-tarefa da Lava Jato no Paraná – teria planejado montar uma empresa de palestras com Pozzobon. As palestras teriam se dado em parceria com empresas privadas, com quem os integrantes da Lava Jato dividiriam os valores.

O corregedor afirmou no despacho que, se forem comprovados os fatos relatados pelo jornal e pelo site, a conduta dos dois procuradores da Lava Jato pode caracterizar, em tese, “falta funcional”.

“Sem adiantar qualquer juízo de mérito, observa-se que o contexto indicado assevera eventual desvio na conduta de Membros do Ministério Público Federal, o que, em tese, pode caracterizar falta funcional, notadamente violação aos deveres funcionais insculpidos no art. 236 da Lei Complementar nº 75/931”, escreveu o corregedor em trecho da decisão.

“Com efeito, neste momento inicial, é necessária análise preliminar do conteúdo veiculado pela imprensa, notadamente pelo volume de informações constantes dos veículos de comunicação”, complementou.

Deltan Dallagnol e Roberson Pozzobon terão dez dias para prestar esclarecimentos. Após receber a versão dos procuradores de Curitiba, o corregedor vai analisar se é o caso de arquivamento ou de abertura de processo disciplinar.

“Assim, presentes os requisitos de admissibilidade, é exigência do Regimento Interno do Conselho Nacional do Ministério Público a instauração de Reclamação Disciplinar, consoante o art. 74, caput, do Regimento Interno do CNMP2”, observou Orlando Rochadel Moreira no despacho.

O processo, se aberto, pode levar a punições como suspensão, censura, advertência, sendo a mais grave a aposentadoria compulsória (quando o integrante do Ministério Público perde o cargo, mas continua a receber salário).

G1

Comments

‘O PCC deve estar comemorando a decisão de Toffoli’, diz procurador

O procurador da República em Goiás Helio Telho afirmou, nesta terça-feira, 16, por meio do Twitter, que o ‘PCC deve estar comemorando a decisão de Toffoli’. Ele reage ao despacho do presidente do Supremo Tribunal Federal em que suspendeu todos os processos judiciais que tramitam no País onde houve compartilhamento de dados da Receita Federal, do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) e do Banco Central com o Ministério Público sem uma prévia autorização judicial, ou que foram instaurados sem a supervisão da Justiça.

“O COAF identificou movimentação de R$63 milhões, de novembro de 2005 a julho de 2007, 686 contas bancárias pertencentes a 748 pessoas e empresas ligadas ao PCC”, afirmou o procurador.

O procurador ressaltou que ‘as leis que autorizam o COAF a receber informações bancárias de operações suspeitas de lavagem de dinheiro e comunica-las às autoridades de investigação estão em vigor há aproximadamente 20 anos (!)’. “Mas só agora o ministro Toffoli viu motivos para suspender tudo liminarmente?”.

“A decisão de Toffoli põe em cheque a própria existência do COAF e a razão de ter sido criado, além de fragilizar a posição do Brasil no cenário internacional, inclusive perante a OCDE, pois transforma o país em em paraíso para o dinheiro sujo”, afirma.

“Essa decisão prejudica todas investigações existentes no país por lavagem de dinheiro que tenham se iniciado a partir de informações obtidas pelo COAF, não só decorrrentes de corrupção, mas de tráfico de drogas, contrabando de armas e atividades das facções criminosas e milícias”, diz.

Fausto Macedo/Estadão

Comments

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros, afirmou nesta terça-feira, 16, que o Itamaraty já tem a minuta do pedido de “agrément” para consultar os Estados Unidos sobre uma indicação do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para assumir a embaixada brasileira em Washington. Apesar de o presidente Jair Bolsonaro não ter indicado o nome do filho formalmente, o porta-voz disse que ele não considera outras opções para o cargo. Nesta terça, Bolsonaro afirmou que, da parte dele, “está definido” que Eduardo será indicado.Bolsonaro, no entanto, descumpriu a praxe diplomática internacional, que prevê o anúncio do nome indicado para ser embaixador apenas após o pedido de “agrément”. Esse pedido é uma consulta ao país sobre a indicação e, normalmente, é feito de maneira sigilosa para evitar constrangimento em caso de recusa do nome indicado.

“O Ministério das Relações Exteriores já possui uma minuta da solicitação do agrément para o deputado Eduardo Bolsonaro. E, a partir da confirmação, da firma deste agrément, outros aspectos, outras ações haverão de ser desenvolvidas para a ida do deputado Eduardo Bolsonaro aos Estados Unidos como nosso embaixador”, afirmou o porta-voz.

Sobre a análise da eventual indicação na Comissão de Relações Exteriores do Senado, Rêgo Barros disse que os senadores vão reconhecer a capacidade de Eduardo e avaliá-lo com “total abertura para aceitação do seu nome” para o posto.

O indicado precisa passar por sabatina na comissão, que decide, em votação secreta, se confirma ou rejeita o nome. Independentemente do resultado, a indicação vai ao plenário do Senado. Para ser aprovado, o candidato precisa do aval da maioria dos 81 senadores. Só após a aprovação pelo plenário da Casa é que o presidente da República pode nomear o novo embaixador.

Ainda nesta terça, mais cedo, Bolsonaro reafirmou a intenção de indicar o filho para a embaixada em Washington, mas destacou que ainda há um “caminho grande” a percorrer. “Da minha parte, está definido. Conversei com ele, há interesse. Não é nepotismo, tem súmula do Supremo (Tribunal Federal) nesse sentido”, disse o presidente após participar de reunião no Palácio da Alvorada. “Tem um caminho grande pela frente. Há um termo técnico com os Estados Unidos para ver se eles têm algo contra, tem que falar com o Parlamento”, afirmou.

No fim de semana, Eduardo se reuniu com o pai e o irmão, senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), no Alvorada. A possível indicação tem sido alvo de críticas, até de aliados do presidente, por causa da falta de experiência do deputado para assumir o posto, o mais importante da diplomacia brasileira.

‘Se Deus quiser’. Bolsonaro também falou sobre a indicação do filho durante a posse do presidente do BNDES, Gustavo Montezano. Segundo ele, “se Deus quiser”, Eduardo vai ser embaixador “na maior potência do mundo”. Bolsonaro citou os filhos ao comentar a relação de amizade que eles mantêm com Montezano desde a juventude, quando moraram no mesmo condomínio no Rio. O presidente disse todos “daquela garotada lutaram muito” e “muitos fritaram hambúrguer”.

“Vejo que, daquela garotada do condomínio, temos um presidente do BNDES. Temos um senador da República (Flávio Bolsonaro), que, por ser meu filho, tem seus problemas potencializados. E teremos, se Deus quiser, um embaixador na maior potência do mundo”, afirmou Bolsonaro. “Até porque um pai, mesmo sendo deputado na época, não tinha como bancar o aperfeiçoamento dele nos Estados Unidos e ele (Eduardo) tinha que trabalhar”, continuou o presidente.

Após a sinalização de que poderia virar embaixador, Eduardo afirmou que aceitaria a “missão”. Disse que, além de ser presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara, tem “vivência pelo mundo”. “Já fiz intercâmbio, já fritei hambúrguer lá nos Estados Unidos, no frio do Maine”, declarou.

Estadão Conteúdo

Comments

CASO COAF: ‘Decisão cumpre a lei’, diz advogado de Flávio Bolsonaro sobre suspensão de investigação

Advogado do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), o criminalista Frederick Wassef disse nesta terça, 16, ao Estado que houve uma “devassa ilegal” na vida do político, filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro. O defensor afirmou que a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, “cumpre a lei e faz justiça”, uma vez que, em sua visão, houve quebra ilegal do sigilo bancário e fiscal do senador.

“A autoridade do Poder Judiciário jamais teve ciência do que estava sendo feito com o Flávio, o que, no caso, foi uma devassa ilegal na sua vida”, disse. “Todo brasileiro tem seu direito sagrado, constitucional, ao sigilo bancário, fiscal, entre outros. Então, se qualquer pessoa quiser investigar qualquer brasileiro, inclusive o filho do presidente da República, é necessário cumprir a lei.”

No comando da defesa do senador desde junho, Wassef entende que o Ministério Público do Rio deve suspender automaticamente o procedimento que investiga Flávio. “Mas sempre existe a chance de alguém não ter esse entendimento pelo Rio e nós termos de peticionar (pedir a suspensão).” Para o advogado, o procedimento não tem “uma única prova” contra o senador. “Não existe sequer elementos para oferecer denúncia.”

Um relatório do Coaf identificou como “movimentação atípica” na conta de Flávio 48 depósitos de R$ 2 mil cada um, feitos entre junho e julho de 2017 em um caixa eletrônico dentro da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, onde Flávio exercia seu quarto mandato consecutivo como deputado estadual. Wassef negou qualquer irregularidade nas contas do senador.

A defesa de Fabrício Queiroz, representada pelo advogado Paulo Klein, afirmou ontem que vem “desde o início apontando uma série de irregularidades no curso da investigação”. “Esta decisão do Supremo só confirma os argumentos”, disse o advogado.

Estadão Conteúdo

Comments

LOCAIS

MEDICAMENTOS: Suspensão deve atingir cinco mil pessoas no RN

O Ministério da Saúde suspendeu, nas últimas três semanas, contratos firmados com laboratórios farmacêuticos para a produção de 19 medicamentos que eram distribuídos gratuitamente no país através do Sistema Único de Saúde (SUS). O Governo suspendeu os projetos de Parcerias para o Desenvolvimento Produtivo (PDPs) destinados à fabricação de medicamentos para pacientes transplantados e com doenças como câncer e diabetes, que são fornecidos com preços em média 30% menores do que os de mercado para compra.

No Rio Grande do Norte, de acordo com a Unidade Central de Agentes Terapêuticos (Unicat), responsável pela distribuição de medicamentos no Estado, todos os medicamentos da lista são fornecidos ao Estado pelo Ministério da Saúde, com exceção de um, a leuprorrelina, para a qual há alternativa disponível de compra. O diretor da Unicat, Ralfo Cavalcante de Medeiros, afirmou que ao menos 5 mil pessoas seriam afetadas caso ocorra a interrupção da distribuição. De acordo com estimativas, nacionalmente, a suspensão pode afetar até 30 milhões de pessoas que dependem dos remédios.
De acordo com o diretor da Unicat, a Unidade ainda não foi oficialmente notificada pelo Ministério da Saúde, e aguarda informações do Governo Federal para poder orientar as equipes sobre o uso e distribuição desses remédios. “Por enquanto não sabemos nada, não recebemos nenhum ofício do Ministério da Saúde”, afirma o diretor.

A distribuição do Ministério é feita trimestralmente à Unicat e, até o momento, não há falta de nenhum dos medicamentos listados, que ainda possuem estoques do último trimestre. “Acreditamos e esperamos que, até que eles disponibilizem novas formas de aquisição, a situação seja regularizada para que não falte para a população”, afirma Ralfo Cavalcante.

Tribuna do Norte

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA QUARTA-FEIRA

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEXTA-FEIRA

Por G1

 

Deputados não terminaram a votação das alterações no texto-base da reforma da Previdência. Nova sessão foi convocada para esta manhã para continuar a análise. Entre as mudanças aprovadas, estão a que reduz de 20 para 15 anos o tempo de contribuição para homens, a que favorece a aposentadoria de mulheres e pensão de viúvas e a que suaviza regras para policiais. Após a votação ser concluída, o texto voltará para a comissão especial da Câmara para ser liberado para entrar em votação em 2º turno no plenário. Saem hoje dados da produção industrial e serviços. E mais: a ação “camuflada” de milicianos na Muzema, os carros de 2019 e a programação da Flip até domingo.

INTERNACIONAIS

Carros em 2019

Carros esperados 2019 — Foto: G1 Carros esperados 2019 — Foto: G1

O segundo semestre do ano promete novidades importantes em todos os setores do mercado brasileiro. Carros mais vendidos do país, Chevrolet Onix, Prisma, Hyundai HB20 e Toyota Corolla chegam renovados. Ao menos 5 fabricantes prometem lançar modelos elétricos.

NACIONAIS

Mudanças na aposentadoria

Deputados avançaram na madrugada desta sexta (12) para concluir análise de destaques e emendas apresentadas ao texto-base da PEC da Previdência — Foto: Luis Macedo / Câmara dos DeputadosDeputados avançaram na madrugada desta sexta (12) para concluir análise de destaques e emendas apresentadas ao texto-base da PEC da Previdência — Foto: Luis Macedo / Câmara dos Deputados

Câmara abriu às 17h28 de ontem sessão no plenário para retomar a análise das propostas de mudanças (chamadas de destaques) no texto-base da reforma da Previdência, aprovado em 1º turno na quarta (10).Mas os debates e votações seguiram entraram pela madrugada e ainda não foram concluídos.

O presidente da Casa, Rodrigo Maia, encerrou a sessão pouco antes das 2h e convocou outra sessão para a manhã desta sexta, para tentar terminar a votação dos destaques.

Aprovado até agora

Durante votação dos destaques, o plenário aprovou a redução, de 20 para 15 anos, o tempo mínimo de contribuição exigido para homensdo regime geral (setor privado) poderem se aposentar, emenda que altera a regra para cálculo do valor da aposentadoria de mulheres e favorece viúvas que recebem pensões, e também uma mudança que suaviza regras de aposentadoria para policiais.

Após a votação ser concluída, o texto voltará para a comissão especial da Câmara para ser liberado para entrar em votação em 2º turno no plenário.

Economia

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga hoje dados de maio do setor de serviços. Em abril, o volume cresceu 0,3%, na comparação com o março. O instituto também mostrará o índice de maio da produção industrial. Em abril, a produção industrial brasileira registrou alta de 0,3%, na comparação com o mês de março.

PDV nos Correios

Carros que fazem entrega do Sedex dos Correios estacionadas no centro de distribuição, em Campinas — Foto: Reprodução / EPTVCarros que fazem entrega do Sedex dos Correios estacionadas no centro de distribuição, em Campinas — Foto: Reprodução / EPTV

O Plano de Desligamento Voluntário (PDV) aberto pelos Correios em maio deste ano teve a adesão de 4.881 empregados. A previsão da estatal era em torno de 7.300 funcionários. Os desligamentos priorizaram os funcionários com maior idade, maior tempo de serviço e maior tempo de aposentadoria.

Barragem na Bahia

Imagem aérea de Coronel João de Sá, cidade inundada por águas de barragem de Pedro Alexandre — Foto: Studio Júnior NascimentoImagem aérea de Coronel João de Sá, cidade inundada por águas de barragem de Pedro Alexandre — Foto: Studio Júnior Nascimento

Cerca de 100 famílias ribeirinhas da cidade de Coronel João Sá ficaram desalojadas depois que o município baiano foi invadido por águas de uma barragem que fica no distrito de Quati, na cidade de Pedro Alexandre. Hoje, o governador Rui Costa visita cidades afetadas.

Muzema

Prédios desabaram na Muzema em abril desse ano deixando 24 mortos. — Foto: Reprodução / TV GloboPrédios desabaram na Muzema em abril desse ano deixando 24 mortos. — Foto: Reprodução / TV Globo

Em entrevista exclusiva ao G1, o delegado Gabriel Ferrando, titular da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), disse que a atuação da milícia na região é feita de forma discreta após a tragédia e que eles estão até terceirizando atividades.

A tragédia do dia 12 de abril deixou 24 pessoas mortas, e a investigação apontou três suspeitos de serem responsáveis pela construção e venda dos imóveis. Dois foram presos e um segue foragido.

Tráfico no Rio

Policial examina tablete de maconha escondida em caminhão em Magé, região metropolitana do Rio — Foto: Divulgação / Polícia Rodoviário FederalPolicial examina tablete de maconha escondida em caminhão em Magé, região metropolitana do Rio — Foto: Divulgação / Polícia Rodoviário Federal

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu ontem um carregamento com quatro toneladas de maconha no Rio de Janeiro. A droga estava escondida sob a carga de um caminhão, interceptado na Rodovia Rio-Teresópolis (BR-116), em Magé, região metropolitana, e seria levado à Zona Norte da cidade.

Flip 2019

Zé Celso, Ayobami Adebayo, Ayelet Gundar e Karina Sainz Borgo são destaques de 3º dia da Flip — Foto: Flip / DivulgaçãoZé Celso, Ayobami Adebayo, Ayelet Gundar e Karina Sainz Borgo são destaques de 3º dia da Flip — Foto: Flip / Divulgação

O terceiro dia da 17ª Festa Literária Internacional de Paraty terá batalha de poesia, encontro de best-sellers e espetáculo com Zé Celso. Serão encontros de peso:

  • Premiadas: a israelense Ayelet Gundar-Goshen e a nigeriana Ayobami Adebayo, sobre definição de família e a posição da mulher nas sociedades tradicionais
  • Estreantes: a venezuelana Karina Sainz Borgo e o Miguel Del Castillo, sobre sobre realidades sociais em situações de conflito
  • Não autores: o diretor de teatro Zé Celso Martinez e o líder e pensador indígena Ailton Krenak, sobre violência contra indígenas

E mais: veja a programação da Fip neste final de semana:

Sábado, 13 de julho de 2019

  • 10h30: Mesa 14: Cansanção – Marilene Felinto
  • 12 horas: Mesa 15: Monte Santo – Ismail Xavier e Miguel Gomes
  • 15h30: Mesa 16: Poço de Cima – Grace Passô
  • 17 horas: Mesa 17: Vila Nova da Rainha – Carmen Maria Machado e Jarid Arraes
  • 19 hora: Mesa 18: Massacará – Sidarta Ribeiro
  • 20h30: Mesa 19: Cocorobó – Cristina Serra e David Wallace-Wells

Domingo, 14 de julho de 2019

  • 10h30: Mesa 20: Santo Antônio da Glória – Braulio Tavares e Mariana Enriquez
  • 12h30: Mesa 21: Livro de Cabeceira- Participação especial: Amyr Klink

Cinema

'Atentado ao Hotel Taj Mahal' é um dos destaques da semana no cinema

‘Atentado ao Hotel Taj Mahal’ é um dos destaques da semana no cinema

G1 comenta em vídeo: ‘Atentado ao Hotel Taj Mahal’ e ‘Inocência roubada’ estreiam no Brasil. Outro destaque é o documentário ‘Estou me guardando para quando o carnaval chegar’.

Anime Friends

Atrações do Anime Friends 2019 em São Paulo — Foto: DivulgaçãoAtrações do Anime Friends 2019 em São Paulo — Foto: Divulgação

A 17ª edição do festival Anime Friends vai levar cultura nerd ao Espaço Anhembi, em São Paulo, de hoje até o domingo. Os destaques da programação são:

  • Concursos e apresentações de cosplayers
  • Palestras de atores, dubladores e youtubers
  • Shows de artistas de K-pop, J-pop e trilhas de animes

Fonte: G1

 

Por Blog do BG

Toffoli impede União de bloquear R$ 41 milhões do Rio Grande do Norte

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, concedeu medida cautelar na Ação Cível Originária (ACO) 3280 para impedir que a União execute contragarantias em decorrência do não pagamento, pelo Rio Grande do Norte, de parcelas de contratos de financiamento firmados com instituições financeiras. O impedimento tem efeito até nova apreciação do caso, que deve ocorrer após o Estado prestar informações sobre considerações levantadas pela União. As informações estão no site do Supremo.

De acordo com a decisão, Rio Grande do Norte tem cinco dias para informar sobre seu comprometimento com o programa de ajuste de contas do regime de recuperação fiscal instituído pela Lei Complementar LC 159/2017 e para apontar se é viável a apresentação de proposta de quitação ou diminuição de seu débito até a definição legislativa do projeto de lei sobre o Plano de Promoção do Equilíbrio Fiscal dos Estados – PEF (Projeto de Lei Complementar 149/2019).

O caso

Na ação, o Estado do Rio Grande do Norte sustenta que a União está na iminência de bloquear o montante de R$ 41 milhões da parcela que tem para receber do Fundo de Participação dos Estados e das receitas próprias dos cofres estaduais.

O bloqueio seria a execução de contragarantias da União como avalista de cinco contratos de financiamento celebrados entre janeiro e outubro de 2013 com instituições financeiras, cujas parcelas estão em atraso por parte do governo estadual.

Rio Grande do Norte alega que “o bloqueio dos recursos apresenta um elevado risco às finanças e execução de políticas públicas e pede a concessão de medida liminar para que a União se abstenha de executar tais medidas de contragarantias”.

Ainda na ação, o governo potiguar afirma que o Estado está adotando “diversas medidas a fim de obter as imprescindíveis receitas extraordinárias para alimentar seu fluxo de caixa durante o período crítico da atual crise fiscal, até que as receitas ordinárias retornem seu curso normal de crescimento”.

Cita como a principal delas a adesão ao Plano de Promoção do Equilíbrio Fiscal dos Estados, que está em discussão no Congresso.

Alega que esse projeto impede a execução de contragarantias por parte da União e que a proposta só não foi aprovada por fatores atribuídos à própria União.

UOL

Comments

Partidos assediam dissidentes que votaram a favor da reforma

Foto: Andrea Marques/Câmara dos Deputados 

Partidos de centro passaram a cobiçar parlamentares de legendas da oposição ameaçados de expulsão por votar a favor da reforma da Previdência na Câmara. O PSD e o Cidadania, por exemplo, de olho na situação, já sinalizam nos bastidores que as portas estão abertas ao ingresso de novos deputados. Os alvos do assédio foram batizados pela base governista de “oposição ajuizada”.

Ao todo, 19 parlamentares da oposição votaram a favor da reforma – 11 do PSB e 8 do PDT. Uma das parlamentares que sofre pressão é a deputada Tabata Amaral (PDT-SP), tida como potencial candidata à Prefeitura de São Paulo em 2020. O ex-deputado e ex-ministro da Cultura Roberto Freire, presidente nacional do Cidadania, usou as redes sociais para divulgar um convite de ingresso a Tabata. “Se oportunidade houver, vamos lutar, pois a deputada Tabata Amaral é uma grata revelação política”, diz Freire.

O assédio ocorre porque, conforme jurisprudência no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o parlamentar eventualmente expulso não perde o seu mandato. Neste caso, o partido não poderia requerer a vaga alegando infidelidade partidária. A votação do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, por exemplo, levou à expulsão de deputados do PDT, mas o TSE entendeu que eles não perderiam o mandato, entre eles o deputado Giovani Cherini (RS), hoje no PL.

Na lista de dissidentes do PSB, o presidente da Comissão de Meio Ambiente na Câmara, Rodrigo Agostinho (SP), confirma o assédio, mas disse que prefere não revelar as legendas por ter esperança de se manter no atual partido. “Fui procurado por diversos partidos, mas não quero discutir isso ainda. Estou contente no PSB e tenho sido prestigiado”, disse Agostinho. “Meu voto é por convicção, mas estou consciente de que vai ter consequências.”

Estadão Conteúdo

Comments

Câmara aprova tempo de contribuição mínimo de 15 anos para homens

A Câmara decidiu, por 445 votos a 15, que homens, mesmo após a reforma da Previdência, podem se aposentar ao cumprir o tempo mínimo de contribuição de 15 anos.

A proposta original, enviada pelo presidente Jair Bolsonaro, previa 20 anos de tempo mínimo de contribuição para homens.

Mas, para destravar a análise da reforma na Câmara, o governo teve que ceder e participou de um acordo com partidos de centro e a oposição para alterar esse trecho do texto, reduzindo o período para 15 anos.

Esse é o mesmo critério usado atualmente na aposentadoria por idade para trabalhadores da iniciativa privada.

A mudança na proposta da reforma foi uma iniciativa do PSB e teve amplo apoio na Casa.

“Assim, podemos garantir que mais homens possam ter direito à aposentadoria”, disse o líder da oposição, Alessandro Molon (PSB- RJ).

O texto original da equipe econômica também elevava, de 15 anos para 20 anos, o tempo mínimo de contribuição para mulheres.

Essa alta foi derrubada já durante as negociações na comissão especial da reforma da Previdência.

Agora, quando a proposta chegou ao plenário da Câmara, deputados articularam essa regra mais vantajosa também para homens.

Ainda não há estimativa do efeito dessa concessão na economia com a reforma da Previdência.

O texto-base da reforma da Previdência foi aprovado na noite desta quarta (10) por 379 votos a 131.

Mas a Câmara ainda analisa destaques – instrumentos para que temas específicos sejam analisados separadamente.
Até 1h40 desta sexta-feira (12), sete destaques foram votados. Desse total, três foram aprovados.

Além de benefícios para homens do setor privado, a Câmara aprovou regras mais vantajosas para mulheres e para policiais federais, policiais rodoviários federais e outras categorias de segurança pública. Isso também foi acordado com o governo.

Ainda há outra alteração na proposta de reforma que deve ser aprovado: regras mais suaves para professores que estão na ativa.
Mas a tendência é que a sessão seja encerrada sem que a Câmara conclua o primeiro turno de votação da reforma da Previdência na madrugada desta sexta.

Folhapress

 

Caminhão adulterado é apreendido pela PRF duas vezes em menos de três meses em Mossoró

Esta semana, na BR 304, em Mossoró/RN, foi abordado um veículo de carga VM do tipo caminhão, cor branca, portando placas de identificação do Estado do Pará, conduzido por um paraense de 36 anos.

Durante a fiscalização, os policiais encontraram diversos sinais identificadores do veículo adulterados, sendo possível identificar o veículo original do Estado de Minas Gerais, com registro de roubo e furto no Rio de Janeiro em 06/10/2015.

Após realizar consultas nos sistemas informatizados, constatou-se que o condutor, em 14/04/2019, havia sido preso pela PRF conduzindo o mesmo veículo no Estado do Pará.

Em virtude da evidente constatação das irregularidades, o condutor e o veículo foram, pela segunda vez, encaminhados para a Polícia Civil de Mossoró/RN.

Comments

No RN, 113 municípios ainda dependem de carros-pipa para ter água

Após um ano de boas chuvas no semiárido, o Rio Grande do Norte ainda tem 113 municípios, com suas áreas rurais, dependentes do abastecimento de água com carros-pipa. O fornecimento é feito pelo Exército, com recursos do Ministério do Desenvolvimento Regional, enquanto que as áreas urbanas, que dependem deste serviço, são abastecidas pela Defesa Civil do Estado e estão apenas com dois municípios necessitando do programa.

A diferença entre essas duas áreas é que as cidades têm o abastecimento via Caern e, quando não há colapso, não há necessidade dos carros-pipa. Duas cidades em colapso de abastecimento, Paraná e São Miguel, atualmente, aguardam a aprovação de um novo plano enviado à Secretaria Nacional de Defesa Civil, que coordena a operação no País, para poder receber água deste programa. A Operação Carro-pipa garantiu o abastecimento às cidades nesta situação do Estado durante os últimos anos de seca.

As áreas rurais, mais castigadas no que se refere ao abastecimento humano, continuam sendo atendidas pelos carros -pipa do Exército. São 113 municípios localizados no Semiárido, e aproximadamente 182 mil pessoas em mais de 6.800 pontos de abastecimento. O Exército contrata 419 pipeiros para as atividades de transporte da água. Para a logística da distribuição da água são utilizadas quatro unidades militares, com acompanhamento dos militares no planejamento da distribuição, fiscalização da operação e contato com a Comissão Municipal de Defesa Civil para a definição dos beneficiários do programa e local de abastecimento.

Toda a Operação é regulada pela Portaria Interministerial no 1, de 25 de julho de 2012. Os custos desta operação das áreas rurais não foram repassados pelo Comando da 7ª Brigada de Infantaria Motorizada e até o fechamento desta edição não obtivemos respostas do Comando Militar do Nordeste, em Recife.

Números

113 municípios têm suas áreas rurais abastecidas pelo Exército

182 mil pessoas, aproximadamente, são atendidas nessas áreas

419 carros-pipa atendem às zonas rurais

22 caminhões-pipa serão utilizados nas áreas urbanas pela Defesa Civil para a operação nas áreas urbanas dos municípios

20 litros de água por pessoa é o que cada um deles deve garantir à população

R$ 1,9 milhão foi o valor aprovado pela Secretaria Nacional de Defesa Civil para a operação no RN

R$ 500 mil é o valor necessário para o monitoramento da Operação no Estado

2 é o número de municípios que serão atendidos: Paraná e São Miguel

Tribuna do Norte

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEXTA-FEIRA

BOAS NOTÍCIAS: ATENÇÃO DOADORES DE SANGUE! ESTÁ TRAMITANDO PROJETO DE LEI QUE CONCEDE MEIA ENTRADA PARA DOADORES DE SANGUE

Na coluna BOAS NOTÍCIAS desta sexta-feira temos uma notícia espetacular!

Estamos muito próximos da aprovação de um projeto de lei que concede meia entrada em eventos para doadores de sangue regulares. Veja a reportagem a seguir e saiba tudo sobre essa novidade!

Aprovada proposta de meia-entrada pra quem doa sangue

Foto: Pixabay

Foto: Pixabay

A Comissão de Assuntos Sociais do Senado aprovou projeto que concede meia-entrada em espetáculos artístico-culturais e esportivos para os doadores regulares de sangue.

O projeto de lei, PL 1.322/2019, do senador Fabiano Contarato (Rede-ES) recebeu voto favorável do relator, senador Romário (Podemos-RJ), nesta quarta, 10.

O texto agora segue para a Câmara dos Deputados, se não houver recurso para votação no Plenário do Senado.

Apesar de o Ministério da Saúde fazer campanhas anuais para incentivar a doação de sangue, um levantamento da pasta demonstrou, em 2016, que apenas 1,6% da população brasileira aderiu a essa prática.

Esse percentual está abaixo de parâmetro da Organização Mundial da Saúde (OMS), que é de engajamento de ao menos 4% da população de um país nesse tipo de doação

O senador Contarato chama a atenção para a necessidade de se criarem outros mecanismos para incentivar os brasileiros a tornarem-se doadores de sangue.

Segundo ele, os estados do Espírito Santo, Santa Catarina e Paraná já concedem o benefício proposto. Outros utilizam a doação regular como critério, por exemplo, para a isenção de taxa de inscrição em concursos públicos.

“Historicamente, o Estado não tem conseguido educar seus cidadãos com a cultura de doação de sangue. Assim, mostra-se necessário que o poder público tome medidas incentivadoras para o ato”, considera o senador.

Romário considera “imperioso” utilizar estratégias inovadoras para estimular as pessoas a se tornarem doadoras regulares.

“A nosso ver, o PL 1.322 é uma estratégia que merece receber atenção especial, pois seu público-alvo é bastante amplo — toda a população que não possui direito a meia-entrada — e utiliza mecanismo simples e direto para incentivar a doação periódica de sangue”, avalia o relator.

Com informações da InfoMoney

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: ATENÇÃO DOADORES DE SANGUE! ESTÁ TRAMITANDO PROJETO DE LEI QUE CONCEDE MEIA ENTRADA PARA DOADORES DE SANGUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESTA QUINTA-FEIRA

Por G1

 

Câmara se reúne para votar propostas que mudam o texto-base da reforma da Previdência. Alteração em regras nas aposentadorias de algumas categorias pode reduzir economia prevista pelo governo. Bolsonaro diz que cogita nomear o filho Eduardo embaixador nos EUA. O MEC anuncia plano para a educação, e promete criar 108 escolas militares em 4 anos. Brasil tira termo ‘gênero’ e prioriza famílias em candidatura na ONU e provoca críticas. Na Bahia, água de barragem invade cidades e deixa desalojados.

NACIONAIS

Mudanças nas mudanças

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), reabre a sessão do plenário da Casa para a votação dos destaques ao texto-base da reforma da Previdência, aprovado ontem, em Brasília, nesta quinta-feira (11). — Foto: GABRIELA BILÓ/ESTADÃO CONTEÚDOO presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), reabre a sessão do plenário da Casa para a votação dos destaques ao texto-base da reforma da Previdência, aprovado ontem, em Brasília, nesta quinta-feira (11). — Foto: GABRIELA BILÓ/ESTADÃO CONTEÚDO

Depois de aprovar o texto-base da reforma da Previdência ontem, os deputados se reúnem desde o fim da tarde para votar possíveis mudanças na proposta.

Ao longo do dia, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, se reuniu com líderes de partidos para tentar a retirada de alguns dos destaques e evitar a ‘desidratação’ da reforma.

Essas propostas, que mudam regras da nova aposentadoria para algumas categorias, podem desfigurar o texto-base e mexer com a previsão de economia feita pelo governo.

A Câmara só poderá votar a reforma em 2º turno depois de analisar os destaques, e a previsão ‘otimista’ de Maia é de concluir todo o processo até amanhã.

'Sou otimista. Vamos votar tudo esta semana', diz Rodrigo Maia sobre a Previdência

‘Sou otimista. Vamos votar tudo esta semana’, diz Rodrigo Maia sobre a Previdência

Bolsonaro embaixador

Jair Bolsonaro fala sobre a possibilidade de nomear filho Eduardo embaixador nos EUA

Jair Bolsonaro fala sobre a possibilidade de nomear filho Eduardo embaixador nos EUA

O presidente Bolsonaro disse que cogita indicar o filho Eduardo para ser embaixador do Brasil nos EUA. Ele disse que a nomeação do filho, que é deputado federal e presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara, só depende do próprio Eduardo. Em entrevista àGloboNews, o deputado afirmou que está disposto a renunciar para ser nomeado embaixador nos EUA.

Escolas militares

O Ministério da Educação anunciou as metas para a educação básica nos próximos 4 anos, e prometeu criar 108 escolas militares até 2023. O texto também inclui pontos como a construção de 4,9 mil creches, ampliação da carga horária de escolas públicas e acesso à internet em escolas rurais.

Brasil na ONU

O Ministério das Relações Exteriores apresentou o documento para a reeleição do Brasil no Conselho de Direitos Humanos da ONU e evitou o termo ‘gênero’ no texto de candidatura. Entre as prioridades apresentadas pelo governo está o “fortalecimento dos vínculos familiares”, que aparece 9 vezes no texto.

A postura provocou reações e integrantes do Conselho Nacional dos Direitos Humanos criticaram o texto. Para a procuradora federal Deborah Duprat, a candidatura com base nos termos listados é um “retrocesso”.

Chuva no Nordeste

Foto mostra como a cidade de Coronel João Sá, na Bahia, ficou após chuva forte e rompimento de barragem em cidade vizinha — Foto: Studio Júnior NascimentoFoto mostra como a cidade de Coronel João Sá, na Bahia, ficou após chuva forte e rompimento de barragem em cidade vizinha — Foto: Studio Júnior Nascimento

A água de uma barragem que fica no povoado de Quati, em Pedro Alexandre (BA), a 435 km de Salvador, invadiu a cidade vizinha de Coronel João Sá e deixou cerca de 300 pessoas desalojadas. A barragem pode ter rompido, mas o governo da Bahia confirma apenas que a água transbordou. Chove na região há pelo menos 5 dias.

G1 já viu

Simba ainda filhote em cena de 'O Rei Leão' — Foto: Divulgação

Simba ainda filhote em cena de ‘O Rei Leão’ — Foto: Divulgação

Há um novo “O Rei Leão” chegando. Ele é tão excelente quanto o original, um pouco mais bonito, um pouco menos emotivo, mas, com a exceção de alguma poucas diferenças, é quase idêntico ao de 1994. Com a estreia no próximo dia 18 nos cinemas brasileiros, vai ser fácil entender seu inevitável sucesso – o difícil será determinar se ele é mesmo necessário. Leia a crítica do G1 sobre o novo filme da Disney.

Também teve isso…

 

Por Blog do BG

Bolsonaro: ‘Se Deus quiser vamos entregar Brasil melhor em 2023 ou em 2027’

O presidente Jair Bolsonaro voltou a admitir a possibilidade de tentar a reeleição, mas ponderou que a decisão dependerá da reação da economia às medidas do seu governo. “Se Deus quiser, vamos entregar um Brasil melhor em 2023 ou em 2027”, disse Bolsonaro nesta quinta-feira, 11, a jornalistas. Ele falou com a imprensa após a posse do novo diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Alexandre Ramagem.

No último final de semana, Bolsonaro afirmou que entregará um país “muito melhor” para quem lhe suceder no comando do Palácio do Planalto em 2026. O mandato atual termina em 2022. “Pegamos um país quebrado moral, ética e economicamente. Mas, se Deus quiser, nós conseguiremos entregá-lo muito melhor para quem nos suceder em 2026”, disse na ocasião.

Hoje, ao ser questionado sobre o assunto, ele afirmou que “se o Brasil entrar nos trilhos, lá na frente a gente decide”. “Eu nunca trabalhei pensando em reeleição como parlamentar. Se pensar em reeleição, a gente diz sim pra todo mundo. Se o Brasil entrar nos trilhos, lá na frente a gente decide. Tenho apoio enorme de muitos setores da sociedade”, declarou.

Sobre críticas que fez contra a possibilidade reeleição no passado, Bolsonaro afirmou que “dizia na campanha que com uma boa reforma política colocaria na mesa a não-reeleição”, mas afirmou hoje que os governadores não aceitariam a iniciativa. “Os governadores aceitariam a não-reeleição? Você acha que aceitariam? Todo mundo tem que estar no mesmo barco.”

Estadão Conteúdo

Comments

FARSA DESCOBERTA: PT usa dinheiro público para bancar o Lula Livre e farra de passagens, hotéis e jantares para visitas ao ex-presidente

Crédito: Mauro Pimentel 

O PT sempre cantarolou que o movimento “Lula Livre” era uma iniciativa intrinsecamente popular — bancada pelo militante abnegado ou no máximo pelos cofres de sindicatos devotos ao petismo — visando pressionar o Poder Judiciário a libertar o ex-presidente Lula, que cumpre pena por corrupção desde abril do ano passado, na sede da Polícia Federal em Curitiba. Contudo, documentos obtidos por ISTOÉ mostram que o movimento dificilmente ficaria em pé e sua voz ecoaria Brasil afora se não houvesse farta utilização de recursos públicos.

Prestações de contas da Executiva Nacional petista ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre o montante destinado ao partido pelo Fundo Partidário comprovam que o PT usou dinheiro da União — ou seja, público — na compra de passagens aéreas, diárias de hotéis e alimentação para os petistas irem a Curitiba pedir a soltura do ex-presidente, no pagamento de locação de veículos, no aluguel de salas para reuniões e, até mesmo, no custeio do trabalho de seguranças privados em atos registrados em favor do “Lula Livre”. Em especial, no acampamento erguido próximo à sede da PF de Curitiba.

Do bolso do petista que ostentava estrelinha no peito e faixa rubra na cabeça saiu muito pouco ou quase nada. Já do Fundo Partidário (uma verba pública) foi utilizado em 2018 quase R$ 1 milhão. Independentemente do valor, o importante é que princípio da lei que rege a utilização do recurso público foi quebrado. Advogados eleitorais ouvidos por ISTOÉ afirmam que o partido contrariou frontalmente o que determina a Lei 9.096/95 (Lei dos Partidos Políticos), já que o Fundo Partidário destina-se a sustentar as atividades de organização meramente partidárias, não iniciativas de promoção pessoal de seus filiados, como se verifica clara, expressa e indiscutivelmente no movimento pela libertação do ex-presidente.

A farra das passagens

As planilhas às quais ISTOÉ teve acesso somam aproximadamente 10 mil páginas. Elas revelam que a legenda bancou com a verba despesas de boa parte de seus dirigentes para que eles estivessem presentes em São Bernardo do Campo durante o ato de resistência à prisão de Lula, na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, entre os dias 6 e 7 de abril de 2018, ou nos dias seguintes em Curitiba, para onde o petista foi levado preso. Os gastos se estenderam a eventos que pediam a libertação do petista nos meses de maio e começo de junho.

Muitas das viagens de parlamentares do PT a Curitiba para visitar Lula na cadeia, como as dos senadores Lindbergh Farias e Gleisi Hoffmann, também foram custeadas pela União. Do mesmo modo que as despesas com deslocamentos de Fernando Haddad, ex-prefeito de São Paulo, e da ex-presidente Dilma Rousseff, entraram na cota do dinheiro meu, seu e nosso. Um verdadeiro acinte, para dizer o mínimo.

Os maiores gastos, sem dúvida alguma, foram com passagens aéreas para esses militantes e dirigentes. No período de abril a junho, quando o movimento “Lula Livre” se intensificou e ganhou capilaridade , o partido torrou em torno de R$ 230 mil só com as viagens. Entre os beneficiados pelas passagens aéreas estavam, além da ex-presidente Dilma Rousseff, e do ex-prefeito e candidato a presidente derrotado Fernando Haddad, o ex-presidente da executiva estadual do PT em São Paulo, Emídio de Souza. O Fundo Partidário petista foi generoso ainda com integrantes de executivas estaduais, como da Bahia e Maranhão.

Não houve pudores no gasto com a verba do contribuinte. Por exemplo, para que ela pudesse acompanhar o ato de resistência à prisão de Lula nos dias 6 e 7 de abril, a presidente do partido, Gleisi Hoffmann, na época senadora, não coçou o bolso. Preferiu, claro, ter despesas pagas no Novotel Jaraguá em São Paulo com recursos extraídos pelo PT do fundo público. Na farra com dinheiro da União, outra figura carimbada do PT não poderia faltar: trata-se do sempre histriônico Lindbergh Faria. Para o hoje “Youtuber”, a hospedagem no Astron Saint Moritz, de São Bernardo do Campo, foi inteiramente quitada pelos cofres públicos. “A utilização de recursos do fundo partidário para a promoção pessoal de um de seus filiados, não se enquadra nas premissas legais estabelecidas no Artigo 44 da Lei dos Partidos Políticos. Assim, ao utilizar-se de recursos públicos, provenientes do fundo partidário, para a promoção de filiado, o partido pode ser obrigado a ressarcir a União”, afirma o advogado especialista em Direito Eleitoral, Francisco Emerenciano.

No caso específico de Dilma Rousseff, o PT pagou com recurso público suas passagens de Porto Alegre a São Paulo no dia 7 de abril para que ela pudesse acompanhar a resistência de Lula à prisão em São Bernardo do Campo. O custo foi de R$ 701. Depois, no dia 23 de abril, Dilma teve a passagem de Porto Alegre a Curitiba novamente custeada, no valor de R$ 2.294, para que ela fosse à PF visitar Lula e também participar do evento “Lula Livre” na porta da cadeia. Por ironia do destino, a tentativa de Dilma de ver seu mentor naufragou. A Polícia Federal não permitiu o ingresso da ex-presidente na cela do petista. Na época, a juíza Carolina Lebbos barrou 23 pedidos de visitas ao petista. Além de Dilma, na lista de pessoas que foram visitar Lula com passagens compradas com dinheiro público constavam o ex-prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho, o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamoto, o ex-secretário de movimentos sociais do PT, Renato Simões e Alberto Cantalice, ex-presidente do PT do Rio de Janeiro. Todos foram a Curitiba no dia 9 de abril.

Na prestação de contas da legenda entregue ao Tribunal Superior Eleitoral ainda são listados como gastos diretos do partido em prol dos eventos em favor de Lula R$ 11,9 mil em segurança privada e outros R$ 32,5 mil com a locação de veículos e vans para o deslocamento de militantes em Curitiba nos dias seguintes à prisão do ex-presidente. As despesas informadas ao TSE contabilizam ainda R$ 8,2 mil com o aluguel de uma sala no hotel Dan Inn Curitiba para a realização de reuniões dos petistas na capital paranaense. Foi incluído no montante gastos com água, café e pães de queijo disponíveis para os militantes. Pelo visto, não faltou comida (de graça). Gratuita para quem participou, claro, não para quem pagou — você, o leitor que arca regiamente com seu imposto. É que na lista de despesas com dinheiro público consta a locação de uma outra sala de encontros no hotel Petras Flat, no valor de R$ 3,5 mil, com a disponibilização de 16 cafés completos e 28 almoços, conforme notas fiscais obtidas por ISTOÉ.

Se houvesse conflito com militantes adversários, o PT estava preparado, segundo revelam as planilhas. Para escoltar os filiados, foram gastos cerca de R$ 11 mil com a contratação extra de 32 seguranças, em um total de 353 horas de trabalho entre os dias 4, 5, 6, 13 e 14 de abril do ano passado. Tudo com dinheiro do Fundo Partidário, cujo uso se mostra totalmente desvirtuado. Já em Curitiba, nos dias que seguiram à prisão de Lula, os mortadelas, como ficaram conhecidos os petistas habituês das manifestações, não tiveram problemas de locomoção. Uma verdadeira frota de veículos encontrava-se à inteira disposição dos filiados. Nas notas às quais ISTOÉ teve acesso, foram contabilizados sete veículos executivos (com motoristas inclusos) e nove vans locadas por meio da empresa One Eventos. Os automóveis não estavam a passeio: foram utilizados no deslocamento de dirigentes do PT em Curitiba.

Na festança com dinheiro público, há nas prestações de contas do PT ao TSE dois dados que chamam a atenção. Um deles refere-se à realização do Congresso da Juventude Petista, nos dias 6 e 7 de junho, em Curitiba, utilizado pelos jovens para promover o “Lula Livre”. Nos documentos apresentados, o PT relaciona as despesas de R$ 465,8 mil com o encontro para justificar pagamentos feitos com os recursos do Fundo Partidário. Só com as passagens aéreas para 100 militantes irem a Curitiba, o partido gastou R$ 202,6 mil. À infraestrutura do Congresso, o partido destinou R$ 117,8 mil. Para a edição de um mero informativo, foram gastos R$ 47,5 mil, além de outros R$ 25 mil consumidos na distribuição de camisetas vermelhas.

O outro dado que causa espécie – pela ousadia dos dirigentes petistas — é o pagamento de despesas com a defesa do ex-presidente Lula após a expedição do mandado de prisão. Com verba pública. De acordo com a papelada ao qual ISTOÉ teve acesso, o advogado de Lula Cristiano Zanin teve passagens aéreas custeadas pela Executiva Nacional do PT em pelo menos uma das idas a Curitiba para encontros com o cliente. No dia 14 de junho, Zanin foi a Curitiba às custas do recurso a que o PT recorre do Fundo Partidário. Quem também se valeu da verba foi o escritório Aragão e Ferraro Advogados, que atuou em Curitiba para defender a ocupação de um espaço público por militantes do “Lula Livre” durante uma ação de reintegração de posse impetrada pela Prefeitura de Curitiba. Os militantes ocupavam uma área perto da PF. Documentos relacionados ao escritório Aragão e Ferraro Advogados, que tem o ex-ministro da Justiça de Dilma, Eugênio Aragão, como um de seus sócios, mostram que foram gastos R$ 130 mil por mês na defesa das causas do PT. Assim como as mobilizações do “Lula Livre”, as despesas com os advogados podem caracterizar desvio de finalidade dos recursos do Fundo Partidário, com o partido sujeito à rejeição de contas.

Durante as manifestações por “Lula Livre” em Curitiba, militantes se deslocaram pela cidade a bordo de vans luxuosas pagas pela União

Está mais do que evidente, portanto, que o PT quer “Lula Livre”, mas sem nos livrar de arcar com a infraestrutura para a manutenção e sustentação dos atos em favor do ex-presidente considerado criminoso pela Justiça. Como sempre se desconfiou, mas o PT se esmerava em negar, nem uma tenda sequer foi erguida com vaquinhas dos filiados, mas sim com o dinheiro do contribuinte. Pelo visto, a confusão entre o público e o privado não só fora consagrada quando o partido desfrutava das delícias do poder. Permanece impregnada como um amálgama até hoje nas cinco pontas da estrela da sigla.

Abaixo alguns trechos de IstoÉ com os documentos


IstoÉ

Comments

Gilmar Mendes analisará investigação da PF sobre Glenn Greenwald

O ministro Gilmar Mendes, do STF, foi sorteado para analisar o pedido da Rede sobre investigações que estariam sendo feitas pela Polícia Federal e pelo Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) sobre o jornalista Glenn Greenwald.

O partido pede a imediata suspensão de qualquer procedimento contra Greenwald que tenha como justificativa a divulgação das mensagens trocadas entre o ministro da Justiça, Sergio Moro, com procuradores da Operação Lava Jato.

A fiscalização teria sido disparada depois da publicação das reportagens pelo site The Intercept Brasil, fundado pelo jornalista.

Para a Rede, a investigação configuraria, neste caso, clara retaliação e um ataque à liberdade de imprensa.

O governo tem sido dúbio em relação à existência do procedimento. Questionado numa audiência na Câmara, Moro não confirmou nem negou a existência dela.

O TCU também enviou requerimento para o Coaf e para o ministro da Economia, Paulo Guedes, a quem o órgão é subordinado. As respostas foram inconclusivas.

Mônica Bérgamo/Folha de S.Paulo

Comments

Ciro diz que Tabata deveria deixar PDT: ‘erro que não pode passar impune’

Candidato Ciro Gomes durante sabatina no Correio Braziliense. Brasilia 06-06-18. Foto: Sérgio Lima/Poder 360 

O ex-governador do Ceará Ciro Gomes (CE) afirmou na tarde de hoje em um evento realizado na Câmara de Vereadores de Porto Alegre que a deputada federal Tabata Amaral (SP) deveria deixar o PDT.

Candidato à Presidência da República no ano passado, ele se mostrou decepcionado com a correligionária, que ontem votou favoravelmente à aprovação do texto base da reforma da Previdência na Câmara.

“Para mim, neste momento, ainda estou com aquele sofrimento que no verso de Djavan fala em ‘desgosto de filha’ e esse sentimento não é bom conselheiro para providências que devemos tomar”, disse Ciro, que participou de diversos atos de campanha ao lado de Tabata durante a eleição do ano passado.

“É certo que, em minha opinião, ela cometeu um erro indesculpável, mas vale lembrar que a deputada tem 25 anos e ainda é uma idade em que as pessoas podem errar, embora no caso, um erro desse contra a melhor tradição do trabalhismo brasileiro e contra o povo mais pobre, é um erro que não pode passar impune”, afirmou o ex-governador.

“Não acho, francamente, que ela tenha mais lugar para ficar no PDT. Acho que ela deveria sair, assim como os outros deputados do partido que votaram a favor da reforma também”, afirmou.

De acordo com Ciro Gomes, “isso tudo será examinado nos devidos procedimentos que o PDT abrirá a partir da quarta-feira que vem”, referindo-se a um procedimento da comissão de ética do partido que será instaurado. Mas para ele, Tabata e os outros pedetistas que contrariaram a orientação do partido deveriam deixar a sigla.

Ontem, após a votação, a deputada disse que não vendeu seu voto e que o “sim” às mudanças nas regras de aposentadoria não significam um “sim” ao governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL), tampouco um “não” à orientação do partido.

Ciro Gomes participa hoje à tarde de evento como palestrante na Câmara de Vereadores de Porto Alegre, onde faz uma avaliação dos seis primeiros meses do governo Bolsonaro.

Folhapress

Comments

LOCAIS

Mutirão do Consumidor já realizou cerca de 600 atendimentos em dois dias

Em dois dias de ação na Câmara Municipal de Parnamirim, o Mutirão do Consumidor já atendeu cerca 600 pessoas. Na quarta-feira(10) – mais de 200 atendimentos foram realizados e só hoje(11) -, 380 consumidores foram atendidos. As negociações continuam até a sexta-feira (12), das 8h às 17, na sede da casa legislativa, no bairro Cohabinal.

A ação, que é uma iniciativa do Procon da Câmara de Parnamirim, em parceria com o Procon Estadual e demais órgãos, está possibilitando a população ter um canal direto de negociação com administradoras de cartões de créditos, operadoras de telefonia, TV por assinatura, bancos, além de CAERN, Cosern, IPVA(parcelamento de multas) e IPTU – que está oferecendo desconto de até 60% em juros e multas anteriores com parcelamento em até 60 vezes dependendo do valor.

Fábio Genuino Neto procurou o Mutirão para negociar uma dívida no valor de R$ 8 mil reais de cartão de crédito. Durante a negociação, ele obteve um acordo e conseguiu um desconto de 92% do valor total do débito. “Vim até o Mutirão pra resolver uma dívida de R$ de 8.000,00 e saí muito satisfeito, pois vou pagar apenas R$ 620,00. Estou muito feliz com este acordo. Parabéns a todos pela iniciativa”, celebrou o consumidor.

Consultas gratuitas ao SPC e Serasa

Durante o mutirão, o serviço de consulta ao SPC e Serasa está sendo ofertado gratuitamente. Josivan Macedo aproveitou para realizar a consulta. “Vim pra fazer a consulta ao SPC e Serasa pra saber se está tudo em dia. Também vou tentar renegociar um débito de operadora de telefonia. O mutirão está sendo muito importante”, disse.

Para o presidente da Câmara de Parnamirim, vereador Irani Guedes, a ação é importante para oportunizar a população à tentativa de renegociar o débito. “O mutirão é a chance que o consumidor tem de quitar aquela dívida indesejada. Além disso, dará mais celeridade a demanda de processos existentes no Procon Câmara”, frisou.

Para ser atendido no Mutirão, a população deve estar munida de documentação pessoal(RG e CPF).

Fonte: Blog do BG

 

Por G1 RN

 

Gasolina tem aumento na média — Foto: Reprodução/TV TEM

Gasolina tem aumento na média — Foto: Reprodução/TV TEM

O preço médio da gasolina aumentou nos meses de junho e início de julho, segundo pesquisa do Instituto Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor de Natal (Procon Natal) divulgada nesta quinta-feira (11). O preço da comum subiu 0,84% e da aditivada 0,53%. A exceção nos aumentos dos combustíveis foi do Etanol, que teve uma redução média de 1,26% em junho e 0,23% em julho nas bombas.

O diesel comum foi quem teve a maior variação positiva nos postos de combustíveis neste período, com 1%. O diesel S-10 teve aumento de 0,37% e o gás veicular ficou 0,13% mais caro.

Ao todo, 70 postos de combustíveis foram analisados neste período. Os números foram tabulados no dia 8 de julho para a divulgação da pesquisa.

Ao fim do primeiro semestre, os combustíveis aumentaram na cidade, segundo os números do Procon Natal. O etanol subiu 21,26%, seguido pelo diesel comum e o S-10 com 13,06% e 12,13%, respectivamente. O acumulado para gasolina comum foi de de 6,41% e para aditivada foi de 10,84%. O gás veicular teve seu acumulado encontrado pela pesquisa de 6,89%.

Média de preços

Entre os preços, a Zona Oeste é quem apresenta menor média para o etanol, diesel comum, diesel S-10 e o gás veicular com R$ 3,681; R$ 3,675; R$ 3,810 e 3,513. A gasolina comum apresenta números melhores para o consumidor na Zona Sul, com média de R$ 4,535. A Zona Norte tem a gasolina aditivada com melhor preço médio, custando R$ 4,627.

A Zona Leste é onde os combustíveis registraram a média mais alta: a aditivada custando R$ 4,627, o diesel comum R$ 3,675, o S-10 a R$ 3,810 e o gás veicular a R$ 3,513. Para a gasolina comum, a maior média está na na Zona Norte, custando R$ 4,589. Já a região com o maior preço médio do etanol foi a Sul com R$ 3,734.

Fonte: G1 RN

Continuar lendo ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESTA QUINTA-FEIRA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESTE SÁBADO

INTERNACIONAIS

Por G1

 

Príncipe Harry e a duquesa de Sussex, Meghan Markle, são fotografados com Archie, neste sábado (6), quando o primeiro filho do casal foi batizado — Foto: Chris Allerton /©️SussexRoyal

Príncipe Harry e a duquesa de Sussex, Meghan Markle, são fotografados com Archie, neste sábado (6), quando o primeiro filho do casal foi batizado — Foto: Chris Allerton /©️SussexRoyal

Archie Harrison Mountbatten-Windsor, filho do príncipe Harry com a atriz e duquesa de Sussex, Meghan Markle, foi batizado neste sábado (6), dia em que completa dois meses. A cerimônia privada aconteceu no Castelo de Windsor. O arcebispo de Canterbury, Justin Welby, presidiu a celebração no rito anglicano.

Archie, que é o sétimo na linha de sucessão à coroa britânica, usou a roupa utilizada pelas crianças da família real nos últimos 11 anos nas cerimônias de batismo. Trata-se de uma réplica de um vestido de rendas Honiton, forrado com cetim branco, que foi encomendado pela rainha Victoria em 1841. A primeira criança a usar o Royal Christening Robe, foi a sua filha mais velha.

Cerimônia privada

Os pais planejaram uma cerimônia sem a presença da mídia, pois estão determinados a manter seu filho como um “cidadão privado”, segundo a mídia local. O comportamento é diferente dos duques de Cambridge – William e Kate – fizeram com seus três filhos.

Meghan e Harry divulgam foto após batismo do filho, Archie — Foto: Chris Allerton ©️SussexRoyalMeghan e Harry divulgam foto após batismo do filho, Archie — Foto: Chris Allerton ©️SussexRoyal

Uma das imagens foi o retrato da família, incluindo o pai de Harry, príncipe Charles, e a mãe de Meghan, Doria Ragland, assim como o irmão mais velho de Harry, o príncipe William, e sua mulher, Kate.

As tias maternas de William e Harry, Sarah McCorquodale e Jane Fellowes, também posaram para a foto.

Bisavó de Archie, a rainha Elizabeth II não participou da cerimônia, alegando ter outros compromissos – no ano passado ela também não compareceu ao batismo de seu bisneto, o príncipe Louis.

Além dos familiares dos pais de Archie, participaram do batizado um pequeno grupo de amigos próximos aos duques de Sussex- um total de 25 pessoas, segundo a imprensa.

Nas últimas semanas, os Harry e Meghan foram criticados por manter a cerimônia longe da mídia depois que eles publicaram que gastaram 2,4 milhões de libras (cerca de 2,6 milhões de euros) de fundos públicos para restaurar a Frogmore Cottage, que a residência do casal em Windsor.

Fonte: G1

Por Pedro Alves, G1 PE

 

Produtora de Bacurau, Emilie Lesclaux, e o diretor Juliano Dornelles, recebem Prêmio de Melhor Filme no Festival de Munique, na Alemanha — Foto: Reprodução/Redes sociais

Produtora de Bacurau, Emilie Lesclaux, e o diretor Juliano Dornelles, recebem Prêmio de Melhor Filme no Festival de Munique, na Alemanha — Foto: Reprodução/Redes sociais

filme “Bacurau”, dirigido pelos pernambucanos Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, venceu o prêmio de Melhor Filme no Festival de Cinema de Munique. A premiação ocorreu neste sábado (6), na Alemanha. Em maio, o longa faturou o Prêmio do Júri no Festival de Cannes, na França.

A estreia de “Bacurau” nas salas de cinema do Brasil está prevista para 29 de agosto. No dia 16 do mesmo mês, o longa vai para o Festival de Gramado, no Rio Grande do Sul, abrindo a competição e sendo exibido também fora dela.

“Bacurau”, produção de pernambucanos, ganha prêmio em festival de cinema na Alemanha

No Festival de Munique, o prêmio concedido ao filme dos pernambucanos foi o da Competição Internacional Cinemasters. Juliano Dornelles, codiretor e corroteirista, e a produtora do longa, Emilie Lesclaux, foram à Alemanha receber o prêmio.

Com Sônia Braga no elenco, o filme retrata um pequeno povoado do Sertão nordestino, que sofre com a morte de Dona Carmelita, uma mulher muito querida, interpretada pela cirandeira Lia de Itamaracá. Dias depois, os moradores percebem que a comunidade não está mais nos mapas.

De acordo com a assessoria de “Bacurau”, o prêmio em Munique prevê 50 mil euros em equipamentos para o próximo filme dos realizadores. A obra está sendo exibida em um festival de língua portuguesa, em Vila do Conde, em Portugal.

“Bacurau” é um projeto que vem sendo desenvolvido desde 2009. Ao G1, Juliano Dornelles informou que o sentimento é de reconhecimento pela circulação do trabalho no mundo.

“É um trabalho muito duro sendo reconhecido em todos os lugares do mundo. Foi na França, na Austrália, na França de novo e agora, Alemanha. Tivemos mais de 90 convites para festivais internacionais e o filme está sendo vendido para muitos países. Isso é uma mensagem de que o cinema brasileiro faz bem para a cultura do país, que é uma indústria poderosíssima”, disse Juliano Dornelles.

Além de “Bacurau”, também participou do Festival de Munique o longa “A vida invisível de Eurídice Gusmão”, de Karim Aïnouz. Em Cannes, o longa do diretor cearense venceu a mostra Um Certo Olhar e, em Munique, ganhou o CineCoPro Award, voltado às melhores coproduções do cinema alemão com outros países.

“Mais uma vez, eu, Kleber e Karim estivemos presentes num grande festival europeu e estamos saindo daqui premiados. Eu acho que tudo isso só comprova que vale a pena manter e desenvolver a cultura do país”, afirma Juliano Dornelles.

Pela primeira vez, Juliano Dornelles divide com Kleber Mendonça Filho a autoria e direção do longa, uma coprodução Brasil-França gravada no Sertão do Seridó, divisa do Rio Grande do Norte com a Paraíba.

Perspectivas

Segundo Kleber Mendonça Filho, a próxima exibição de “Bacurau” ocorre no Festival Internacional de Cinema Fantástico de Neuchâtel, na Suíça. Ele lamentou que mais uma vitória do filme tenha ocorrido no dia da morte de João Gilberto, um dos nomes mais importantes da música brasileira.

“No dia em que perdemos João Gilberto, muitas coisas passam pela minha cabeça, mas estamos muito felizes com a trajetória do filme e por poder exibir ‘Bacurau’ da maneira que ele está sendo reconhecido. A cultura brasileira é muito forte. A próxima parada é a Suíça e estamos querendo muito que agosto chegue, para exibirmos ‘Bacurau’ no Recife, no Cinema São Luiz”, afirma.

Repercussão

Por meio de nota, o governador Paulo Câmara (PSB) parabenizou os cineastas pernambucanos pela conquista na Alemanha.

“Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles estão de parabéns pelo excelente trabalho, que vem sendo reconhecido pelo público e pela crítica especializada de diferentes países. Tenho certeza de que essas vitórias fortalecem ainda mais a nossa cultura e o cinema pernambucano”, afirmou.

Fonte: G1

NACIONAIS

Por G1

 

João Gilberto em show — Foto: Reprodução

João Gilberto em show — Foto: Reprodução

João Gilberto morreu neste sábado (6) aos 88 anos. O músico, um dos criadores da bossa nova, morreu em casa, no Rio de Janeiro. Ele enfrentava problemas de saúde há alguns anos. A informação foi confirmada ao G1 pelo seu filho, João Marcelo Gilberto, que mora nos Estados Unidos.

Além de Marcelo, ele deixa outros dois filhos, Bebel e Luisa.

Recluso, João foi interditado judicialmente pela filha, Bebel Gilberto, no fim de 2017. A interdição motivou uma disputa familiar entre Bebel e João Marcelo, que são meio-irmãos.

Em nota divulgada na época, a advogada de Bebel disse que a intervenção foi motivada por problemas de saúde e complicações financeiras do cantor.

Morre, aos 88 anos, no Rio, o cantor e compositor João Gilberto

Morre, aos 88 anos, no Rio, o cantor e compositor João Gilberto

Pai da bossa nova

João Gilberto Prado Pereira de Oliveira concluiu em 1961 a trilogia de álbuns fundamentais que apresentaram a bossa nova ao mundo: “Chega de saudade” (1959), “O amor, o sorriso e a flor” (1960) e “João Gilberto” de 1961.

O álbum que marcou o início do gênero em 1959, “Chega de saudade”, traz a música de mesmo nome composta por Tom Jobim (1927-1994) e Vinicius de Moraes (1913-1980).

A canção havia sido apresentada em um LP em abril de 1958 por Elizeth Cardoso (1920-1990), mas a versão mais conhecida, com a voz de João, foi lançada em agosto do mesmo ano.

Capa de edição estrangeira de disco de João Gilberto — Foto: Reprodução / InternetCapa de edição estrangeira de disco de João Gilberto — Foto: Reprodução / Internet

João Gilberto nasceu em Juazeiro, na Bahia, em 10 de junho de 1931. O governo do estado declarou três dias de luto pela morte.

Depois de alguns anos morando em Aracaju (SE), onde passou a tocar na banda escolar, voltou à sua cidade-natal e, aos 14 anos, ganhou o primeiro violão do pai.

Depois da consagração, lançou criações próprias e seguiu com shows e discos que se tornaram obras de arte, como é o caso de “Amoroso”, álbum gravado nos Estados Unidos entre 1976 e 1977 sob o selo Warner Music.

O álbum foi relançado no Brasil em formato longo durante os festejos dos 60 anos da Bossa Nova. O álbum celebra o encontro harmonioso do artista brasileiro com o maestro alemão Claus Ogerman (1930 – 2016).

A produção de João foi objeto de uma disputa judicial em 2018. A defesa do cantor pedia uma revisão no valor de uma indenização da gravadora EMI Records, hoje controlada pela Universal Music. Em 2015, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) proibiu a empresa de vender os discos do artista sem seu consentimento. A Universal não comenta o caso.

João Gilberto é clicado em post de Sofia Gilberto — Foto: ReproduçãoJoão Gilberto é clicado em post de Sofia Gilberto — Foto: Reprodução

Começo de carreira

Por volta dos 16 anos de idade, abandonou os estudos para se dedicar à música após se mudar para Salvador (BA). Anos depois vai para o Rio de Janeiro, ao ser convidado para fazer parte do grupo Garotos da Lua.

Ao deixar o grupo, chegou a gravar alguns singles, ainda antes de criar a batida característica da bossa nova, mas não conseguiu sucesso.

Depois de algum tempo dedicado ao estudo de harmonia na música, percebe que ao cantar mais baixo e manter a batida poderia adiantar ou atrasar o canto. Esse novo tempo criado foi o responsável por encantar o compositor Roberto Menescal, que o apresentou a pessoas como o produtor musical Ronaldo Bôscoli.

Tom Jobim viu neste novo estilo uma forma de modernizar o samba ao simplificar seu ritmo, e resolveu apresentar o João uma música que tinha escrito com Vinicius de Moraes mas que estava encostada, “Chega de Saudade”.

Fonte: G1

Por G1 Rio

 

Mobiliário do quiosque Azur foram parar no meio da Avenida Delfim Moreira — Foto: Steph Luyten/Arquivo pessoal

Mobiliário do quiosque Azur foram parar no meio da Avenida Delfim Moreira — Foto: Steph Luyten/Arquivo pessoal

A ressaca que atinge o Rio de Janeiro interditou parcialmente a avenida Delfim Moreira, na orla do Leblon, Zona Sul da cidade, na noite deste sábado (6).

Imagens feitas por volta de 20h mostram parte da pista tomada, com danos em um quiosque que fica no calçadão do bairro. O mobiliário acabou parando no meio da rua.

Momentos antes, em Copacabana, bairro vizinho, os ventos chegaram a quase 60km/h.

O Centro de Operações da Prefeitura informa que meia faixa da via foi ocupada por bolsão d’água. A Comlurb e a Guarda Municipal foram acionadas.

Susto no Leblon

A Marinha emitiu aviso de ressaca para todo o litoral do estado, com ondas de até 3 metros. A previsão era de que a ressaca durasse até 21h de sábado, mas o aviso foi adiado até 21h de domingo.

Pela manhã, rajadas de até 60 km/h derrubaram árvores e deram umsusto em um kitesurfista na Praia do Leblon.

A ventania fez adernar a prancha de um homem que surfava, e o helicóptero dos bombeiros fez o resgate pela manhã (veja no vídeo abaixo).

O homem, que não foi identificado, dispensou atendimento da ambulância.

A madrugada deste sábado igualou o recorde de frio do ano. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registrou, às 4h30, 14°C no Alto da Boa Vista.

A mesma mínima foi anotada no dia 7 de junho. A previsão é de que a madrugada de domingo bata o recorde, sendo a mais fria do ano.

Bombeiros resgatam kitesurfista no mar do Leblon com ajuda de helicóptero

Bombeiros resgatam kitesurfista no mar do Leblon com ajuda de helicóptero

Ressaca alagou a orla do Leblon — Foto: Steph Luyten/Arquivo pessoalRessaca alagou a orla do Leblon — Foto: Steph Luyten/Arquivo pessoal

Av. Delfim Moreira alagada e com mobiliário de quiosque no Leblon — Foto: Steph Luyten/Arquivo pessoalAv. Delfim Moreira alagada e com mobiliário de quiosque no Leblon — Foto: Steph Luyten/Arquivo pessoal

Fonte: G1

 

Por Emily Costa, G1 RR — Boa Vista

 

Pacotes da droga estavam escondidos dentro de monomotor interceptado pela FAB e apreendido pela PF — Foto: Divulgação/PF

Pacotes da droga estavam escondidos dentro de monomotor interceptado pela FAB e apreendido pela PF — Foto: Divulgação/PF

Uma ação conjunta da Polícia Federal e da Força Aérea Brasileira (FAB)fez uma apreensão recorde de 450 kg de cocaína em Roraima. A droga estava em um monomotor que foi interceptado e fez um pouso forçado na rodovia BR-174, em Iracema, no Sul do estado. O piloto e um ocupante foram presos.

A apreensão foi por volta das 9h20 (10h20h de Brasília). O piloto e o ocupante tentaram fugir em uma moto roubada, mas acabaram sendo pegos. O entorpecente estava distribuído em pacotes que ocupavam boa parte do interior da aeronave. O tráfego na rodovia chegou a ficar interrompido.

No Brasil, o valor estimado da carga de cocaína ultrapassa os R$ 9 milhões, mas ele pode ser ainda maior no exterior. Para comparação, os 39 kg da droga apreendidos com um militar da aeronáutica brasileira na Espanha no mês passado foram avaliados em R$ 5,8 milhões no país.

Avião é apreendido com drogas após pouso na BR-174, em RR, diz PF

Avião é apreendido com drogas após pouso na BR-174, em RR, diz PF

Em nota, a FAB informou que a aeronave civil de matrícula PT-JSN foi interceptada por dois caças e fez o pouso não autorizado na rodovia. (veja nota na íntegra ao fim da reportagem).

De acordo com a PF, a FAB determinou que os ocupantes se dirigissem até a capital Boa Vista para posterior aterrissagem, mas o piloto acabou fazendo o pouso forçado na BR-174, na zona rural do município de Iracema.

Após a aterrissagem, os dois roubaram uma moto e também tentaram fugir a pé pela mata, mas acabaram sendo presos.

“O piloto da aeronave acabou se entregando, enquanto o outro tripulante foi capturado momentos depois”, complementou a PF.

Quantidade de droga apreendida foi recorde no estado — Foto: Divulgação/Polícia FederalQuantidade de droga apreendida foi recorde no estado — Foto: Divulgação/Polícia Federal

Em depoimento, o piloto disse que a droga foi pega no lado brasileiro da fronteira do Brasil com a Venezuela, mas não quis informar o seu destino.

A droga, maior quantidade já apreendida pela PF no estado, passará por perícia. A informação preliminar é que a substância era “cloridrato de cocaína”, ou cocaína pura.

Os dois presos não tiveram as identidades divulgadas. Eles foram encaminhados à superintendência da PF em Boa Vista e devem seguir para a Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, também na capital. O monomotor foi apreendido.

Droga ocupava boa parte do interior da aeronave — Foto: Divulgação/PFDroga ocupava boa parte do interior da aeronave — Foto: Divulgação/PF

Nota da FAB

Aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) interceptaram, na manhã deste sábado (06/07), um avião, considerado suspeito, que transportava uma carga de aproximadamente 500 quilos de cocaína.

Após ser detectada por radares de defesa aérea da FAB, a aeronave civil, de matrícula PT-JSN, foi interceptada por dois caças A-29 Super Tucano e, não cumprindo as instruções para seguir para Boa Vista (RR), realizou um pouso não autorizado, na rodovia BR 174, próximo à cidade de Caracaraí (RR). Em seguida do pouso, o piloto abandonou a aeronave com toda a carga à bordo. Na sequência, a droga foi apreendida pela Polícia Federal.

Esta ação ocorrida hoje faz parte da Operação Ostium, que é realizada de forma permanente e inopinada pela Força Aérea Brasileira.

O objetivo dessa Operação, que ocorre de forma conjunta com outras agências (FAB e órgãos de Segurança Pública), é coibir voos irregulares nas regiões fronteiriças do Brasil.

Aeronave fez pouso forçado na BR-174, no Sul de Roraima — Foto: Divulgação/PFAeronave fez pouso forçado na BR-174, no Sul de Roraima — Foto: Divulgação/PF

Fonte: G1
Por Blog do BG

Maior investidor do país diz estar ‘moderadamente otimista’ com retomada econômica

Apesar da expectativa de aprovação da reforma da Previdência “de magnitude maior que o esperado” e de redução da taxa básica de juros, um dos maiores investidores do país, Luis Stuhlberger, diz estar “moderadamente otimista” com a retomada da economia brasileira.

O comandante da gestora Verde Asset Management, que descreve sua companhia como um cachorro vira-latas que ganhou pedigree devido aos bons resultados financeiros, diz ser necessário realizar outras reformas econômicas para que o PIB brasileiro possa engatar um ritmo contínuo de crescimento.

“O dinheiro vai voltar, mas não vai ser imediato, vai levar um tempo. Precisa de mais reformas econômicas. Ainda tem muita coisa para acontecer”, afirmou o gestor durante evento da XP Investimentos.

“A gente tem uma opinião diferente da média. Mesmo respeitando o consenso, achamos que, na questão do PIB, a gente pode sofrer uma não linearidade positiva.”

Stuhlberger afirma que os investimentos da gestora estão direcionados hoje, principalmente, para títulos públicos de longo prazo atrelados à inflação (NTN-Bs) e ações de empresas fora dos setores financeiro e de commodities com grande potencial de valorização, além de índices da Bolsa de Valores.

“Nesse grupo tem alguns [papéis] que não estão caríssimos. Não estão baratos, mas é onde as coisas vão acontecer”, afirma. “No curto prazo, parece haver espaço de upside [potencial de valorização] no índice pelo que ainda está para acontecer.”

Stuhlberger diz acreditar que a taxa básica deve cair dos atuais 6,5% ao ano para algo próximo de 5%, após a aprovação da Previdência, e permanecer nesse patamar por um bom tempo. Isso deve contribuir para o crescimento do mercado de capital, em um processo de substituição do BNDES como alavanca de financiamento ao investimento privado.

Isso ajudará, segundo ele, que o país cresça sem artifícios econômicos, como na época da Nova Matriz Econômica do primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff.

“O Brasil está crescendo pouco, mas o crescimento não é à base de esteroides. A gente vai crescer com as próprias forças. Não usando artifícios”, afirmou. “Se melhorar o humor e outras reformas acontecerem, haverá uma retomada. A gente é moderadamente otimista, não vê motivo para ser catastrófico.”

Antes de encerrar sua apresentação, Stuhlberger disse que não poderia deixar de fazer um alerta sobre o que considera o maior risco hoje, que é a deterioração na relação entre EUA e China. Por isso, afirma ter zerado posições em ativos externos. “Esse confronto pode ter alguma consequência no mercado.”

Folhapress

 

Maioria reprova conduta de Moro, mas vê como justa prisão de Lula, diz Datafolha

As conversas reveladas do então juiz Sergio Moro com procuradores da Lava Jato são inadequadas e, caso sejam comprovadas irregularidades, devem levar à revisão de sentenças na operação.

A mais rumorosa decisão tomada pelo hoje ministro da Justiça e Segurança Pública, a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à prisão, contudo, foi justa.

Esta é a opinião da maioria dos brasileiros, segundo pesquisa do Datafolha feita em 4 e 5 de julho com 2.086 entrevistados com mais de 16 anos, em 130 cidades. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou menos.

Os primeiros diálogos foram divulgados pelo site The Intercept Brasil em 9 de junho.

Nas conversas, que até agora não foram refutadas de forma categórica por Moro nem pelos procuradores, o então juiz símbolo da Lava Jato troca informações sobre procedimentos da operação e discute casos específicos, como o esquecimento de provas.

Entre os que ouviram falar do caso, 58% acham que a conduta de Moro foi inadequada, ante 31% que a aprova. Não sabem avaliar 11% dos ouvidos.

Também são 58% os que dizem acreditar que, se comprovadas irregularidades, eventuais decisões de Moro na Lava Jato devem ser revistas. Para 30%, o ganho no combate à corrupção compensa eventuais excessos cometidos.

A divulgação das mensagens gerou um terremoto político em torno de Moro, ministro de Jair Bolsonaro (PSL). Sua aprovação pessoal, segundo o Datafolha, caiu de 59% para 52% em relação à pesquisa mais recente, feita há três meses.

Ao mesmo tempo, a população considera que Moro deve permanecer na cadeira de ministro. Para 54%, não há motivo para sua saída, enquanto 38% acham que sim.

Moro sofreu questionamentos sobre eventual falta de imparcialidade. Diz que, caso sejam autênticas, as mensagens não representam nada fora do normal das cortes brasileiras.

Ele foi ao Congresso duas vezes se explicar, enfraquecendo sua posição no governo —num momento em que Bolsonaro já o via como potencial adversário na disputa presidencial de 2022. Nas duas últimas semanas, assumiu um tom mais contundente de defesa.

No domingo passado (30), manifestantes estimulados pelo governo Bolsonaro foram às ruas em pelo menos 70 cidades para dar apoio a Moro e à principal agenda do Planalto, a reforma da Previdência —cujo relatório foi aprovado na quinta-feira (4) em comissão especial na Câmara.

O Datafolha cruzou os dois temas em seu questionário, e os resultados mostram um casamento opinativo.

Entre os entrevistados que aprovam a reforma das aposentadorias, 72% defendem a permanência de Moro no ministério, 46% consideram suas ações adequadas e 45% acham que o combate à corrupção é mais importante do que eventuais irregularidades.

Dizem estar informados acerca do episódio das conversas relacionadas à Lava Jato 63% dos entrevistados —23% deles bem, 32% mais ou menos e 8%, mal.

A revelação das trocas de mensagens —pelo aplicativo Telegram— não mudou a convicção do brasileiro acerca da punição a Lula no caso do tríplex de Guarujá (SP).

A condenação dele por corrupção e lavagem de dinheiro, a mais vistosa politicamente sob responsabilidade de Moro e confirmada em duas instâncias superiores, é vista como justa por 54% —mesmo índice aferido em abril.

Aqueles que a acham injusta oscilaram na margem de erro, de 40% para 42%, retirando dois pontos percentuais do grupo que não tinha opinião —agora em 4%.

Essa condenação tem sido a pedra de toque entre os críticos de Moro, que querem a anulação da sentença alegando que as conversas indicam que o então juiz agiu em conluio com os procuradores da força-tarefa em Curitiba.

O petista foi condenado por Moro a 9 anos e 6 meses de prisão. O TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) aumentou a pena para 12 anos e 1 mês. O STJ (Superior Tribunal de Justiça), em abril deste ano, decidiu baixá-la para 8 anos, 10 meses e 20 dias.

As estratificações da pesquisa Datafolha tendem a reproduzir entre grupos diversos a polarização política do país cristalizada na campanha presidencial do ano passado.

Quando o tema é a prisão de Lula, por exemplo, os grupos que mais a julgam justa são os de escolaridade superior (62%) e quem ganha acima de 10 salários mínimos (67%).

Ato contínuo, mais pobres (51%) e menos escolarizados (49%) acham ela injusta.

Regionalmente, o corte fica ainda mais explícito em linha com a votação de Bolsonaro e do petista Fernando Haddad no segundo turno de 2018: 56% dos nordestinos condenam a prisão de Lula, enquanto 63% dos sulistas a aplaudem.

A toada segue na avaliação das ações de Moro. Entre aderentes do PSL de Bolsonaro, elas foram adequadas para 87%, enquanto 82% dos petistas acham o contrário.

A clivagem mostra uma curiosidade. No Centro-Oeste, que dividiu com o Sul o título de maior reduto de Bolsonaro, o índice de apoio à permanência de Moro no cargo só não é pior do que no Nordeste, fortaleza eleitoral do PT associada à figura de Lula.

Após a revelação do caso das conversas, Bolsonaro esperou para associar-se a uma defesa explícita de Moro, na expectativa sobre revelações que fossem consideradas mais graves politicamente.

Depois, usou seu método tradicional para prestigiar aliados em apuros: levou o ex-juiz para ver um jogo de futebol.

Dali em diante, acentuou seu apoio, culminando com a presença do ministro na manifestação do domingo e uma celebração dela por meio de postagem em rede social.

Uma leitura do levantamento do Datafolha mostra que isso está em linha com seu eleitorado. Segundo a pesquisa, entre aqueles que aprovam Bolsonaro, só 33% acham que eventuais irregularidades sejam graves e 81% consideram que Moro deve ficar no cargo.

O ministro sobreviveu sem grandes danos após suas duas passagens pelo Congresso nas últimas semanas. Apesar de ter enfraquecido, Moro ainda é capaz de emprestar prestígio a Bolsonaro, seu chefe e fiador, avaliam assessores.

Folhapress

Comments

Brasil é exemplo para o mundo na preservação ambiental, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro escreveu neste sábado, 6, em sua conta no Twitter, que o Brasil é exemplo para o mundo na preservação ambiental. E disse em seguida: “ONGs, artistas, ‘Raonis’ não mais influenciarão em nossa política externa”.

A publicação de Bolsonaro é acompanhada de um vídeo que mostra uma declaração feita há dois dias pelo próprio presidente, de que ele não reconhece o líder indígena brasileiro Raoni Metuktire como uma autoridade do País.

“O senhor (François) Macron (presidente da França) queria que eu, ele, ao lado do Raoni, viéssemos anunciar decisões para a nossa questão ambiental. Não. Não reconheço Raoni como autoridade aqui no Brasil. Ele é um cidadão, como outro qualquer, a quem devemos respeito e consideração, mas estar ao meu lado para tomar decisão pelo nosso Brasil, ele não é autoridade”, disse.

Trabalho infantil

Também neste sábado, após ter se envolvido em polêmica sobre trabalho infantil, o presidente compartilhou um vídeo de ontem no qual ele conta que começou a trabalhar ainda criança. “Um testemunho de quem trabalhou desde cedo transforma-se em escândalo para alguns”, ele escreveu, como legenda do vídeo.

Na gravação, o presidente diz: “trabalhei desde os oito anos de idade, quebrando milho, plantando milho com matraca, colhendo banana, caixa de banana nas costas com 10 anos de idade, e estudava, e hoje eu sou quem eu sou, não é demagogia, é a verdade”, disse.

Na quinta-feira, 4, em sua tradicional transmissão ao vivo no Facebook, ele disse que não foi “prejudicado em nada” por ter começado a trabalhar durante a infância. “Quando um moleque de nove, dez anos vai trabalhar em algum lugar tá cheio de gente aí ‘trabalho escravo, não sei o quê, trabalho infantil’. Agora quando tá fumando um paralelepípedo de crack, ninguém fala nada. Então trabalho não atrapalha a vida de ninguém”, afirmou.

Estadão Conteúdo

Comments

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) se reuniu na manhã de hoje (6) com líderes partidários e os articuladores do governo e disse estar confiante na aprovação da reforma da Previdência “com uma boa margem de votos”. Maia trabalha para que o quórum de deputados seja alto e, terminado o debate, seja possível entrar no processo de votação do texto entre terça-feira (9) e quarta-feira (10).

“O importante é ganhar. Vamos ganhar com uma boa margem para uma matéria que há um ano atrás era muito difícil chegar nesse momento com perspectiva de vitória”, disse ao deixar sua residência oficial, onde ocorreu a reunião. Para o deputado, há um ambiente favorável no parlamento para que se consiga votar a matéria antes do recesso parlamentar, que começa em 18 de julho.

Estiveram presentes no encontro os líderes do PP, Arthur Lira (AL), e do Democratas, Elmar Nascimento (BA). O ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, novo articulador político do Planalto, e o secretário Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, também compareceram à reunião.

O relatório do deputado Samuel Moreira (PSDB-RJ) foi aprovado na madrugada de ontem (5) na comissão especial destinada a apreciar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) encaminhada pelo governo. Maia marcou sessões no plenário a partir de segunda-feira (8) à tarde para garantir que a matéria comece a ser apreciada no dia seguinte, já que é preciso um interstício de duas sessões do plenário após a votação na comissão especial para que o texto entre em discussão no plenário.

Tramitação

Para acelerar o processo de tramitação da reforma, é possível que os deputados aprovem um requerimento para quebrar esse interstício. “Dependendo de quando começa o processo de discussão talvez não seja necessário [a quebra]. Se for necessário, os partidos da maioria e o partido do governo têm votos para quebrar [o interstício] e vamos trabalhar para ter votos para a aprovação da emenda”, disse.

Na última semana, o presidente da Câmara avaliou que já tem os votos necessários para aprovar o texto. A expectativa do parlamentar é de que a medida seja aprovada por pouco mais de 325 deputados. Uma PEC precisa de dois turnos de votação no plenário e, no mínimo, 308 votos em cada turno para ser aprovada.

Entre o primeiro e o segundo turno de votação também é necessário um interstício, de cinco sessões. Segundo Maia, caso haja uma “vitória contundente” no primeiro turno há “mais respaldo político para uma quebra [do insterstício] do primeiro para o segundo [turno]”.

Ele avalia, entretanto, que por ser uma “emenda constitucional polêmica”, talvez seja importante um tempo para a redação final após a primeira votação. “Precisamos ter todos esses cuidados para dar mais segurança jurídica para que essa matéria tramite respeitando as regas do jogo para que não tenha risco de ter matéria bloqueada pelo Supremo [Tribunal Federal]”, disse.

Se validado pelos deputados, o texto segue para análise do Senado, onde também deve ser apreciado em dois turnos e depende da aprovação de, pelo menos, 49 senadores.

Confiança no Congresso

Ao deixar a residência oficial da Câmara, o ministro Luiz Ramos falou rapidamente com a imprensa e disse que o governo está buscando construir soluções para a votação da nova Previdência junto ao presidente Rodrigo Maia e que confia no Congresso para que ela seja aprovada.

O senador Omar Aziz (PSD-AM) também esteve na residência oficial nesta manhã e, ao sair, disse que há um esforço para que o texto seja aprovado na Câmara antes do recesso. De acordo com o parlamentar, é importante haver a interlocução entre as duas casas para aprovação da nova Previdência, mas é preciso pensar em alternativas para alavancar a economia brasileira. “Só isso [reforma da Previdência] não vai resolver a questão do Brasil”, disse o senador. “É uma troca de informações e experiências pra que a gente possa fazer o Brasil voltar a crescer”.

Agência Brasil

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESTE SÁBADO

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA TERÇA-FEIRA

Por G1

 

O impasse sobre a inclusão de estados e municípios na reforma da Previdência continua. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, recebe hoje governadores para tentar um acordo. Nesta tarde, o relator da proposta deve apresentar seu voto com os ajustes negociados nas últimas semanas. O ministro da Justiça, Sérgio Moro, vai à Câmara para explicar as mensagens atribuídas a ele nos diálogos com procuradores da Lava Jato publicados por site. A seleção de Tite enfrenta a Argentina de Messi no Mineirão por uma vaga na final da Copa América. E um espetáculo no céu: chilenos e argentinos vão assistir a um eclipse solar total. No Brasil, veremos a versão parcial. O G1 acompanha o fenômeno em tempo real do Observatório La Silla, no deserto do Atacama.

INTERNACIONAIS

Eclipse solar total

Entenda como é um eclipse solar total

Entenda como é um eclipse solar total

Chile e a Argentina terão a oportunidade de assistir hoje a um eclipse solar total. No Brasil, teremos a mesma chance apenas em 2045. Desta vez, vamos poder ver a versão parcial do que acontecerá nos países vizinhos, quando apenas parte do Sol é “escondida” pela Lua. Ainda assim, nem todos os estados conseguirão assistir. Além disso, o tempo precisa colaborar, sem muitas nuvens. Veja as capitais e estados onde o fenômeno acontecerá na forma parcial e acompanhe em tempo real com fotos e transmissão da Nasa.

Copa América

Brasil x Argentina — Foto: InfoesporteBrasil x Argentina — Foto: Infoesporte

Uma das maiores rivalidade do mundo estará em campo esta noite. O mundo vai parar hoje para ver Brasil e Argentina, que irão se enfrentar no Mineirão, a partir das 21h30. O vencedor estará na final da Copa América. De um lado, Tite, Cebolinha, Firmino, Alisson, Coutinho, entre outros, contra Messi, Agüero, Lautaro Martínez e mais. Caso o clássico termine empatado no tempo regulamentar, haverá prorrogação; se continuar empatado, o vencedor será conhecido nos pênaltis.

Inglaterra e Estados Unidos decidem hoje um vaga na final da Copa do Mundo Feminina, a partir das 16 horas. Amanhã, Holanda e Suécia fazem a outra semifinal.

Por Blog do BG

Sede do Facebook na Califórnia é alvo de ataque com gás sarin

A sede do Facebook na Califórnia foi esvaziada nesta segunda-feira, 1, depois que equipes de segurança detectaram a presença de gás sarin em uma mochila que havia sido enviada ao local. Inicialmente, Jon Johnston, chefe do corpo de bombeiros de Menlo Park, onde fica localizada a empresa, afirmou que dois funcionários haviam sido expostos. Mais tarde, porém, o Facebook não confirmou a informação.

“O Facebook testa todos os pacotes que chegam. Um deles identificou a presença de sarin, o que desencadeou o protocolo padrão de segurança”, disse Johnston. Agentes do FBI foram imediatamente enviados ao local. O porta-voz da empresa, Anthony Harrison, afirmou que quatro prédios da sede em Menlo Park, no Vale do Silício, foram esvaziados.

Segundo funcionários do Facebook, o sarin foi detectado por volta das 11 horas no horário local (15 horas em Brasília), durante testes rotineiros na correspondência. A mochila na qual a substância estaria foi colocada em quarentena. O sarin teria sido detectado por máquinas de escaneamento.

O gás sarin é definido pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC, na sigla em inglês) como um agente nervoso. Ele é frequentemente usado como arma química conhecida pela letalidade, toxicidade e capacidade de ser rapidamente implantado.

O líquido incolor e inodoro que se evapora no ar e se espalha por qualquer ambiente em que seja colocado foi desenvolvido nos anos 30 pela Alemanha e foi usado em dois ataques terroristas nos anos 90 no Japão: em Matsumoto, em 1994, quando matou 8 pessoas, e no metrô de Tóquio, em 1995, quando deixou 12 mortos.

Em abril de 2017, um alto funcionário da Casa Branca confirmou que o regime de Bashar Assad, na Síria, usou gás sarin em um ataque químico contra seus próprios cidadãos. O governo sírio foi acusado de usar vários ataques com sarin durante a guerra civil, iniciada em 2011.

Pessoas com exposição “suave” geralmente se recuperam completamente, mas o CDC observa que as pessoas mais “severamente expostas” têm uma chance menor de sobrevivência. O agente nervoso bloqueia enzimas no sistema nervoso e leva à morte por alterar radicalmente o funcionamento do organismo, matando pela paralisia do sistema cardiorrespiratório.

Chefiado por Mark Zuckerberg, o Facebook vem colecionando escândalos nos últimos anos, a maioria ligados ao vazamento de informações de usuários e colaboração com programas de espionagem do governo americano. O primeiro grande escândalo é de 2013, quando Edward Snowden revelou a existência de programas de espionagem da Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSA), que teriam a colaboração do Facebook e de outras empresas americanas de tecnologia.

Em abril de 2018, a empresa foi criticada pelo uso não autorizado dos dados de aproximadamente 87 milhões de usuários pela Cambridge Analytica, consultoria de marketing político que prestou serviços para a campanha de Donald Trump. O Facebook teria enviado aos eleitores mensagens mais assertivas, de acordo com perfis sociais, econômicos, ideológicos e comportamentais dos americanos, para favorecer o republicano.

ESTADÃO CONTEÚDO

Fonte: Blog do BG

 

NACIONAIS

Reforma da Previdência

Reunião do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) com governadores — Foto: Divulgação / Presidência do SenadoReunião do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) com governadores — Foto: Divulgação / Presidência do Senado

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), reuniu-se na noite de ontem com cinco governadores para debater a reforma da Previdência e uma possível reinserção de estados e municípios na proposta que está em uma comissão da Câmara.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), também participou de parte do encontro com os governadores do Ceará, Camilo Santana (PT); Pará, Helder Barbalho (MDB); Piauí, Wellington Dias (PT); Paraíba, João Azevedo (PSB); e de Alagoas, Renan Filho (MDB).

Nesta terça, pela manhã, Maia vai receber mais governadores para debater o tema. Alcolumbre também participará do encontro. O presidente da Câmara quer fechar acordo antes da votação do parecer na comissão especial.

À tarde, o relator da reforma, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), deve apresentar uma complementação do relatório com ajustes.

Moro na Câmara

O ministro da Justiça, Sérgio Moro — Foto: Fátima Meira / Futura Press / Estadão ConteúdoO ministro da Justiça, Sérgio Moro — Foto: Fátima Meira / Futura Press / Estadão Conteúdo

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, deve participar de uma audiência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara para explicar as mensagens atribuídas a ele em conversas com procuradores da Operação Lava Jato e publicadas pelo site The Intercept Brasil.

O portal tem revelado o teor de mensagens e que Moro orientou a atuação de integrantes da força-tarefa da Lava Jato enquanto ele estava à frente dos processos em Curitiba.

Na série de reportagens, o site divulgou supostas conversas nas quais o ex-juiz cobrava de procuradores deflagração de novas fases da operação,classificava de “showzinho” manifestação da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e afirmava que o fato de o Ministério Público Federal investigar o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso “melindra alguém cujo apoio é importante”.

Produção industrial

Saem hoje dados de maio da produção industrial. Em abril, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) registrou alta de 0,3%, na comparação com o mês imediatamente anterior. Apesar do crescimento, o avanço foi insuficiente para recuperar a perda de 1,4% de março. Nos 4 primeiros meses de 2019, o setor industrial passou a acumular uma queda de 2,7% frente ao mesmo período de 2018. Na comparação com abril do ano passado, a produção da indústria caiu 3,9%, pior resultado para um mês de abril desde 2017.

Venda de veículos

A Fenabrave divulga hoje balanço semestral de vendas de veículos. Em maio, a comercialização de veículos novos subiu 21,6%. Foram emplacados 245.466 automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus no período, contra 201.864 unidades no mesmo mês de 2018. O desempenho mensal foi o melhor de 2019 até agora. No acumulado do ano, o setor tem 1.084.975 unidades vendidas, o que representa uma alta de 12,47%.

Bancos comunitários

Entrada do Banco Comunitário Padre Leo Commissari em São Bernardo do Campo — Foto: Deslange Paiva / G1 SPEntrada do Banco Comunitário Padre Leo Commissari em São Bernardo do Campo — Foto: Deslange Paiva / G1 SP

Bancos comunitários, instituições financeiras que estimulam geração de trabalho e renda em uma comunidade, com linhas de crédito a juros baixos, perdem apoio do governo federal e reduzem empréstimos. Esses bancos enfrentam dificuldades também devido ao aumento da inadimplência e do desemprego no 1º trimestre.

Série Mulheres na Liderança

Liana Pandin, do Ateliê das Calças: 'Hoje eu vejo a importância de minha primeira chefe ter sido uma mulher'. — Foto: DivulgaçãoLiana Pandin, do Ateliê das Calças: ‘Hoje eu vejo a importância de minha primeira chefe ter sido uma mulher’. — Foto: Divulgação

No Brasil, três em cada 10 pessoas dizem que sentiriam incômodo em serem chefiados por uma mulher, segundo pesquisa da Ipsos; questão é cultural, dizem especialistas. Conheça outras barreiras que ainda prejudicam a ascensão feminina no mercado de trabalho.

  • O preconceito está presente na carreira da mulher e precisamos falar sobre isso’, diz CEO da Paypal

Desafio Natureza

Quem viu a onça de perto: ‘causos’ e relatos de encontros com o maior felino do Brasil. Vídeo do G1 mostra animações de histórias reais de encontros de pessoas de todas as idades e profissões com o animal que ocupa o topo da cadeira alimentar no Pantanal. E mais: Turismo, tecnologia e ‘ciência cidadã’ já identificaram pelo menos 400 onças-pintadas no Pantanal.

Pesquisa brasileira para a ISS

Os estudantes brasileiros Laura D’Amaro, Guilherme Funck, Otto Gerbakka e Sofia Avila — Foto: Ligia Hougland/RFIOs estudantes brasileiros Laura D’Amaro, Guilherme Funck, Otto Gerbakka e Sofia Avila — Foto: Ligia Hougland/RFI

Pela primeira vez, uma pesquisa conduzida por estudantes brasileiros foi enviada à Estação Espacial Internacional (ISS). Os resultados foram apresentados ao público, em um evento realizado no Museu Aeroespacial do Smithsonian, também conhecido como Udvar-Hazy Center, localizado em Chantilly, no estado da Virginia, nos arredores de Washington.

O experimento, chamado de Cimento Espacial, foi realizado por adolescentes paulistas e teve como objetivo descobrir como o cimento reagiria no espaço e qual seria o efeito da radiação no material em um ambiente de microgravidade. Os autores do estudo são alunos do 9º ano do Colégio Dante Aligheri, em São Paulo: Laura D’Amaro, Otto Gerbakka, Guilherme Funck e Sofia Avila. O outro jovem cientista é Natan Cardoso, da primeira série do ensino fundamental da escola Anglo Morumbi.

Cinema

O herói enfrenta elementais em 'Homem-Aranha: Longe de casa' — Foto: DivulgaçãoO herói enfrenta elementais em ‘Homem-Aranha: Longe de casa’ — Foto: Divulgação

G1 já viu: ‘Homem-Aranha: Longe de casa’ brinca com truques e surpresa em road movie adolescente. E mais: Como ‘Toy Story 4’ resume ‘transformação’ na Pixar, que quer deixar ‘passado para trás’.

Fonte: G1

Por Blog do BG

Governo já admite que estados ficarão de fora da reforma da Previdência

O governo já admite que estados e municípios devem ficar de fora da reforma da Previdência . A avaliação é que os governadores que apoiam a ideia não têm força para conseguir votos que assegurem a aprovação do texto. Além disso, estados comandados por partidos da oposição, como Bahia , Pernambuco e Maranhão , não se comprometeram com a defesa das mudanças nas regras de aposentadoria.

A exclusão dos estados da proposta pode agravar ainda mais o quadro de crise fiscal dos governos regionais. O déficit dos regimes dos estados subiu de R$ 47,4 bilhões em 2014 para R$ 88,5 bilhões em 2018.

O imbróglio envolvendo os estados, combinado com pressões de partidos do centrão para incluir mudanças na reforma e com a demora do governo em liberar verbas prometidas em troca de apoio, pode atrasar ainda mais a leitura do voto final do relator da reforma, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), na Comissão Especial que analisa a proposta. A leitura, que estava originalmente marcada para a semana passada, foi transferida para hoje, mas ainda corre risco de novo atraso. Isso poderia jogar a votação no plenário da Câmara para depois do recesso parlamentar, marcado para começar em 18 de julho.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), passou o dia de ontem em reuniões com líderes, representantes do Ministério da Economia e com Moreira para negociar a situação dos governos regionais. As negociações continuaram na noite de ontem, e já está marcado para a manhã de hoje um encontro com governadores para voltar ao assunto. Os técnicos da área econômica estão preocupados com a demora, pois, quanto mais tempo a reforma demorar, pior ficará o humor do mercado financeiro. E isso atrasaria ainda mais a retomada da atividade econômica.

Também falta entendimento entre os líderes dos partidos sobre os procedimentos da votação na comissão. Para acelerar a tramitação, seria preciso retirar destaques ao texto que atrasam o andamento no colegiado. A ideia seria que os destaques fossem apresentados somente na votação da matéria no plenário, mas não há acordo. Diante desse cenário, ganha força um movimento de empurrar a votação da proposta no plenário para agosto.

O GLOBO

Comments

Previdência: Voto final do relator deve ser lido hoje. Veja o que pode mudar

A leitura do voto final do relator da reforma da Previdência , deputado Samuel Moreira (PSDB-SP) está marcada para hoje. Esta é uma etapa crucial para permitir que o texto da proposta seja votado em plenário antes do recesso parlamentar, que começa no dia 18 de julho.

Deputados do centrão , porém, pressionam para atrasar a leitura do voto, momento em que o relator ainda pode propor mudanças complementares. Entre as mudanças previstas, o relator vai propor regras mais brandas para a aposentadoria de professoras. Os parlamentares do centrão pressionam para fazer novas alterações na proposta e se queixam da demora do governo para liberar verbas prometidas em troca de apoio.

Veja os pontos em aberto na reforma:

Estados e municípios: Na primeira versão do relatório, esses entes ficaram de fora da reforma. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ainda tenta uma solução para incluir os governos regionais no texto. O próprio governo, porém, já admite que os estados podem ficar de fora, pois os governos locais comandados por partidos da oposição não se comprometeram com a defesa das mudanças nas regras de aposentadoria.

Policiais federais e rodoviários federais: O relatório fixa idade mínima de 55 anos, mas a bancada do PSL pressiona para derrubar essa exigência. O líder do governo na Câmara, deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), afirmou que, se houver desidratação, ela será pequena. Caso os pedidos das duas categorias fossem integralmente atendidos, o impacto seria de R$ 4 bilhões em dez anos.

Professoras: O relator da reforma vai propor que as professoras tenham direito a integralidade (último salário da carreira) e paridade (mesmo reajuste salarial dos ativos) aos 57 anos de idade. A primeira versão do relatório previa que as professoras só teriam essas vantagens aos 60 anos.

Políticos. O relatório eleva a idade mínima de aposentadoria dos políticos de 60 para 65 anos e impõe pedágio de 30% sobre o tempo que falta para aposentadoria, mas os parlamentares pressionam para flexibilizar a regra.

Regra de cálculo do valor do benefício. O parecer considera a média de todas as contribuições dos trabalhadores, mas há pressão para adotar uma fórmula mais vantajosa, com base na média das 80% maiores contribuições.

Pontos já definidos

Idade mínima de aposentadoria. De 65 anos (homem) e 62 anos (mulher) para trabalhadores do setor privado e servidores públicos da União.Regra de transição. Quem já está no mercado de trabalho terá de cumprir regras de transição para se aposentar.
Pensão. O valor cai para 60%, e sobe de acordo com o número de dependentes, no limite de 100%.

Acumulação de pensão e aposentadoria. O segurado poderá optar pelo mais vantajoso e uma parcela do benefício de menor valor.
Tempo mínimo de contribuição das mulheres na aposentadoria por idade. Foi mantido nos atuais 15 anos.

Alíquotas previdenciárias progressivas. No caso do INSS, a nova regra prevê alíquotas que variam de 7,5% a 14%, distribuídas em faixas salariais. Para o funcionalismo, a alíquota pode chegar a 22% nos salários mais altos.

O GLOBO

Comments

Direita racha, e uma ala fala em expurgo enquanto a outra teme escalada radical

Após o confronto entre militantes do MBL e do Direita SP, em ato na avenida Paulista, o caminhão do segundo grupo exibiu vídeo em que Olavo de Carvalho citou “traidores que começaram a negociar com a outra parte e intitular-se moderados” e disse que era preciso “quebrar as pernas desses vagabundos”.

A divisão tornou-se evidente. Os que pregam o expurgo do MBL falam em “depuração” da direita. Do outro lado há forte temor de que atos pró-Bolsonaro descambem para o radicalismo puro e simples, apoiado no discurso anti-instituições.

PAINEL / FOLHA SP

Comments

Senado autoriza aposentadoria de R$ 11,5 mil mensais a Senador do PT cassado em 2017

Delcídio, que era filiado ao PT e foi líder do governo no Senado na gestão de Dilma Rousseff, perdeu o mandato após acusações de que teria tentado obstruir as investigações da Operação Lava Jato. Ele negociou um acordo de delação em que acusou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de participar do esquema para comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobrás Nestor Cerveró. Tanto Delcídio quanto Lula foram absolvidos no caso.

Em 2017, o Ministério Público Federal pediu que o senador cassado perdesse os benefícios previstos na colaboração sob a justificativa de que ele teria mentido. O acordo, no entanto, continua vigente.

Conforme mostrou o Estado, o ex-petista é um dos 31 delatores “inadimplentes” com a Justiça, após não pagar parte da multa estipulada no acordo de colaboração premiada. Delcídio deve R$ 85 mil, referentes a uma parcela do total de R$ 1,5 milhão que acordou pagar.

O ex-parlamentar informou em maio que contava com a venda de imóveis para quitar a valor – vencido em setembro do ano passado –, mas que enfrentava “grandes dificuldades” no negócio em função de um arrolamento de bens, por causa da crise econômica e por ter seu nome associado à Lava Jato. Procurada, a defesa afirmou que Delcídio tem “sérios problemas financeiros nesse momento, mas está fazendo todos os esforços para pagar a multa”.

Atualmente, Delcídio mora em uma fazenda localizada em Corumbá, em Mato Grosso do Sul. O ex-parlamentar ainda tentou voltar à cena política no ano passado, mas teve a candidatura ao Senado barrada por estar inelegível até 2027.

ESTADÃO CONTEÚDO

Comments

Carlos Bolsonaro ataca General Heleno e abre nova crise com militares

O vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro (PSC), “filho 02” do presidente da República, usou suas redes sociais nesta segunda-feira, 1, para atacar mais um general do governo Jair Bolsonaro. Depois de Hamilton Mourão e Santos Cruz, o alvo da vez foi o ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República, general Augusto Heleno.

Sem citar o nome do ministro, Carlos levantou suspeitas sobre a conduta do GSI no episódio que levou à prisão o segundo-sargento da Aeronáutica Manoel Silva Rodrigues, flagrado na Espanha com 39 kg de cocaína em voo da Força Aérea Brasileira (FAB). O fato marca mais um capítulo dos ataques da ala ideológica contra a ala militar do governo.

O comentário de Carlos foi feito nas redes sociais do vereador. Em um vídeo publicado por uma página de apoio a Bolsonaro, a candidata derrotada a deputada federal pelo PSL no Ceará, Regina Villela, diz que o presidente está “cercado de agentes do Foro de São Paulo”. Nele, Regina afirma que integrantes do GSI estão envolvidos em um suposto complô contra o presidente. “Toda viagem internacional é precedida por outra, que leva os agentes da Abin para sondagem do terreno. Ou seja, tem gente da FAB, da Abin, do GSI, do Cerimonial. Todo mundo está envolvido nessa história”, diz a candidata derrotada no vídeo.

“Por que acha que não ando com seguranças? Principalmente aqueles oferecidos pelo GSI?”, respondeu o vereador Carlos Bolsonaro em um comentário. “Sua grande maioria podem (sic) ser até homens bem intencionados e acredito que sejam (sic), mas estão subordinados a algo que não acredito. Tenho gritado em vão há meses internamente e infelizmente sou ignorado. Estou sozinho nessa, podendo a partir de agora ser alvo mais fácil ainda tanto pelos de fora tanto por outros.”

Após o comentário do vereador ganhar repercussão nas redes – ele próprio o compartilhou no Twitter -, o porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros, afirmou a jornalistas em entrevista coletiva que o GSI possui qualificação “bastante extremada” e que seus recursos humanos “são preparados da melhor forma possível para promover segurança”.

O porta-voz informou aos jornalistas que não comentaria a publicação do filho do presidente. “Mas sabemos que é uma qualificação bastante extremada (a que o GSI possui), com profissionalismo, com treinamento nas mais diversas condições e já reconhecido, inclusive, por outros órgãos de segurança”. Procurado, o general Augusto Heleno não respondeu. Na semana passada, o Ministério da Defesa informou que o GSI não teve responsabilidade sobre o avião de apoio que o militar ocupava.

ESTADÃO CONTEÚDO

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA TERÇA-FEIRA

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA QUINTA-FEIRA

Por G1

 

A votação da reforma da Previdência na comissão especial da Câmara ficou para semana que vem. O trâmite está emperrado por causa da inclusão ou não dos estados e municípios. Veja como votou cada senador na aprovação do projeto que permite punir procurador e juizpor abuso de autoridade. Reportagem revela que candidatos do PSL usaram ‘laranjas’ para justificar doações em campanha. Encontro do G20 começa e deve ser marcado por discussões sobre guerra comercial. E o Brasil enfrenta o Paraguai nas quartas da Copa América.

INTERNACIONAIS

Eleições nos EUA

Os 20 pré-candidatos classificados para os debates e que irão concorrer à nomeação do Partido Democrata para as eleições presidenciais de 2020 nos Estados Unidos. — Foto: Montagem: G1 / Fotos: Reuters, AP, AFP e TwitterOs 20 pré-candidatos classificados para os debates e que irão concorrer à nomeação do Partido Democrata para as eleições presidenciais de 2020 nos Estados Unidos. — Foto: Montagem: G1 / Fotos: Reuters, AP, AFP e Twitter

A corrida presidencial do Partido Democrata segue hoje, com a realização do segundo debate com os pré-candidatos. O encontro é em Miami, na Flórida. São 20 pré-candidatos. A partir das discussões, eleitores democratas e o partido irão decidir quem os representará nas eleições presidenciais do ano que vem. Entre os pré-candidatos estão o ex-vice-presidente Joe Biden, que lidera as intenções de voto, o senador Bernie Sanders, e o prefeito de Nova York, Bill de Blasio.

Copa América

Allan será titular contra o Paraguai

Allan será titular contra o Paraguai

Brasil enfrenta esta noite, a partir das 21h30, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, o Paraguai, na abertura das quartas de final da Copa América. Quem vencer pegará quem passar pelo duelo entre Argentina e Venezuela, que jogam amanhã, no Maracanã. Nesta fase, não haverá prorrogação caso o jogo termine empatado: o classificado será conhecido nos pênaltis. Allan será o substituto de Casemiro, que está suspenso.

  • 16 horas: Noruega x Inglaterra

 

NACIONAIS

Reforma da Previdência

Comissão especial da reforma da Previdência encerra debates sobre relatório

Comissão especial da reforma da Previdência encerra debates sobre relatório

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou ontem que a comissão especial da Casa deve votar até o próximo dia 3 de julho o relatório sobre a reforma da Previdência.

debate sobre a reforma foi concluído ontem. Ao todo, foram destinadas quatro sessões à discussão. Segundo a secretaria da comissão, 127 deputados se pronunciaram sobre o tema.

Enviada pelo governo em fevereiro, a proposta foi modificada pelo relator, Samuel Moreira (PSDB-SP), e deveria ser lida hoje. No entanto, a sessão foi cancelada sem explicações. Maia está tentando negociar com líderes partidários a inclusão de estados e municípios na proposta de reforma da Previdência.

O texto a ser aprovado pela comissão especial será enviado ao plenário da Câmara e, por ser uma emenda à Constituição, a reforma da Previdência será aprovada se tiver os votos de pelo menos 308 dos 513 deputados, em dois turnos de votação.

Abuso de autoridade

Senado aprova projeto que facilita punição a juízes e procuradores

Senado aprova projeto que facilita punição a juízes e procuradores

O Senado aprovou o projeto que estabelece um pacote de medidas anticorrupção no qual foi incluída a punição para juízes e integrantes do Ministério Público que cometerem abuso de autoridade. O texto foi aprovado pela Câmara em 2016 e como sofreu alterações no Senado terá de ser reanalisado pelos deputados. Saiba como votou cada senador.

Ex-presidente preso

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em imagem de dezembro de 2017 — Foto: Hélvio Romero / Estadão ConteúdoO ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em imagem de dezembro de 2017 — Foto: Hélvio Romero / Estadão Conteúdo

O juiz da Operação Lava Jato, Luiz Antônio Bonat, determinou o sequestro e arresto de até R$ 77,9 milhões de Luiz Inácio Lula da Silva, que está preso. A decisão é do dia 18 de junho e foi tomada após pedido do Ministério Público Federal (MPF), em processo que envolve a compra de um terreno onde seria construída uma nova sede do Instituto Lula e um imóvel vizinho ao apartamento do ex-presidente, em São Bernardo do Campo. A defesa de Lula não se manifestou sobre a decisão.

PSL e os ‘laranjas’

JN: Prestação de contas de candidatos do PSL teve ação de laranjas

JN: Prestação de contas de candidatos do PSL teve ação de laranjas

Quatro candidatos do PSL que disputaram as eleições de 2018, no Rio de Janeiro e em Mato Grosso, utilizaram “laranjas” para simular doações de dinheiro e prestação de serviços para movimentar recursos de origem desconhecida em suas campanhas. O Jornal Nacional encontrou várias pessoas que afirmaram não ter realizado o que foi declarado à Justiça Eleitoral.

G20

O presidente Jair Bolsonaro desembarca no Japão — Foto: Reprodução / TV GloboO presidente Jair Bolsonaro desembarca no Japão — Foto: Reprodução / TV Globo

Começa hoje – manhã de sexta-feira (28) no horário local – o encontro do G20 em Osaka, no Japão. A cúpula vai reunir líderes das maiores economias do mundo, e deve ser marcada por discussões sobre conflitos comerciais globais, especialmente em meio às negociações entre China e Estados Unidos em torno da guerra comercial. O encontro, que vai até este sábado (29), deve ter ainda conversas sobre tensões entre EUA e Irã e o acordo entre Mercosul e UE.

Essa será a primeira participação de Jair Bolsonaro na cúpula do G20 como presidente do Brasil. Ele embarcou na noite de terça-feira (25) para Osaka, e a previsão é que chegue à cidade nesta quinta. Bolsonaro deve participar de encontros com os presidentes dos EUA, Donald Trump, da França, Emmanuel Macron, e da China, Xi Jinping.

O presidente também deve ter reuniões com o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi; com o príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman (apontado por relatório da ONU como responsável pela morte do jornalista Jamal Khashoggi); com o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe; e com primeiro-ministro de Singapura, Lee Hsien-Loong.

Emprego

A Secretaria de Previdência e Trabalho divulga hoje os resultados de maio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Em abril, a economia gerou 129.601 empregos com carteira assinada. O saldo é a diferença entre as contratações e a demissões. Em abril, o país registrou 1.374.628 contratações e 1.245.027 demissões, melhor resultado para meses de abril desde 2013. No mesmo período do ano passado, foram abertas 115.898 vagas com carteira assinada.

Economia

Saem hoje dados de junho sobre a inflação do aluguel. Em maio, o preço médio para novos contratos subiram acima da inflação. O valor médio teve alta real de 0,56%.

Já o Banco Central (BC) divulgará pela manhã o relatório trimestral de inflação. À atarde, o Conselho Monetário Nacional divulgará a meta de inflação para 2022.

Motoboys e aplicativos

Motociclistas protestam contra aplicativo de entrega de comida — Foto: Reprodução / TV GloboMotociclistas protestam contra aplicativo de entrega de comida — Foto: Reprodução / TV Globo

O Ministério Público do Trabalho em São Paulo (MPT-SP) ajuizou duas ações civis públicas contra empresas de aplicativo de entrega por entender que elas atuam na ilegalidade ao se omitir sobre o vínculo de trabalho com os motoboys. Os porta-vozes das plataformas argumentam que a proposta é justamente “reinventar a logística” e acabar com a burocracia, daí a falta de vínculo. Entenda o caso.

Julgamento antecipado

Marcas de tiros no carro onde estavam jovens de Costa Barros — Foto: Matheus Rodrigues / G1Marcas de tiros no carro onde estavam jovens de Costa Barros — Foto: Matheus Rodrigues / G1

Um dos quatro policiais militares envolvido no assassinato de cinco jovens em Costa Barros, Zona Norte do Rio, irá a júri popular no dia 3 de julho. Em novembro de 2015, o carro em que o grupo de amigos estava foi alvo de 111 disparos dos PMs, 80 deles de fuzil.

O julgamento do PM Fábio Pizza Oliveira da Silva foi antecipado de agosto para julho após “ajustes na agenda” do tribunal. Em março, a defesa do policial pediu à 8ª Câmara do Tribunal de Justiça que ele fosse solto, mas os desembargadores negaram pedido de habeas corpus.

Os outros policiais acusados pelo crime são: Thiago Resende Viana Barbosa, Marcio Darcy Alves dos Santos e Antonio Carlos Gonçalves Filho. Eles recorreram da decisão que os levaria a júri popular, mas o pedido já foi negado e, em tese, os policiais poderiam ser julgados junto com Pizza.

Desafio Natureza

O 'rei do rio': a partir de 2019, o abate do dourado está proibido nos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul — Foto: Edemir Rodrigues / Secom-MSO ‘rei do rio’: a partir de 2019, o abate do dourado está proibido nos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul — Foto: Edemir Rodrigues / Secom-MS

O Pantanal abriga pelo menos 300 espécies conhecidas de peixes em seu vasto Rio Paraguai e em centenas de quilômetros de afluentes, mas só uma carrega título de realeza: o dourado (Salminus brasiliensis). Conhecido como “rei do rio” por seu comportamento de predador, por seus saltos para fora d’água e por travar embates com a vara do pescador que podem durar horas, ele ganhou, neste ano, uma proteção diferenciada dos demais: seu abate está proibido em todo o território de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Jesus and Mary Chain

Os irmãos William e Jim Reid formam o The Jesus and Mary Chain — Foto: DivulgaçãoOs irmãos William e Jim Reid formam o The Jesus and Mary Chain — Foto: Divulgação

Jesus and Mary Chain, de volta ao Brasil, fala de timidez e alcoolismo e sobre ter ‘matado’ Kurt Cobain. Dupla escocesa realiza sua quarta passagem pelo país com show em São Paulo hoje. Veja a entrevista ao G1.

Cinema

Dira Paes e Julio Machado em 'Divino amor' — Foto: Divulgação / Victor JucaDira Paes e Julio Machado em ‘Divino amor’ — Foto: Divulgação / Victor Juca

G1 já viu: ‘Divino amor’ é ‘Black Mirror’ brasileiro com estado religioso e sexo grupal aprovado por igreja. Longa de Gabriel Mascaro apresenta Brasil de 2027 com raves evangélicas e parafernálias tecnológicas. Filme que ganhou elogios no Festival de Sundance estreia hoje.

Fonte: G1

Por Blog do BG

Endurecimento nas prisões fez reduzir o crime

Especialistas em segurança pública reconhecem que houve redução no número de mortes violentas em 2019. O especialista Aloisio Lira, um dos responsáveis pela ações que reduziram os homicídios no Ceará, concorda. Para ele, o endurecimento carcerário foi o maior responsável por essa redução. Mas pode também haver efeito “vacina” com a facilitação ao acesso a armas, mas ainda é cedo para avaliar isso.

“Houve redução, sim”, atesta outro especialista, o professor Antônio Flávio Testa sobre a violência e o número de mortes em 2019.

Testa também acha que investimentos nas polícias (R$1 bilhão a mais, em 2018) também ajudaram a derrubar a criminalidade.

Aloisio Lira acha que somente em dois ou três anos será possível avaliar os efeitos da facilitação da posse de armas de fogo.

CLÁUDIO HUMBERTO

Comments

Fora da reforma, 12 estados e DF perdem chance de cortar déficit em ao menos 50%

Um dos principais defensores de que a reforma da Previdência seja válida também para estados e municípios, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), saiu ontem de uma reunião com governadores do Nordestesem um acordo sobre a inclusão dos entes na proposta. Retirados do texto que tramita no Congresso, 12 estados e o Distrito Federal perderão a chance de cortar ao menos à metade o déficit previdenciário em uma década, mostram cálculos da Instituição Fiscal Independente (IFI), ligada ao Senado. Dois deles (MT e PA) e o DF seriam capazes, inclusive, de tornar superavitários seus regimes próprios caso os estados fossem incluídos na reforma da União.

Comments

BRONCA GRANDE: Caso de militar preso com cocaína tem várias versões e explicita falha de segurança

Avião da Força Aérea Brasileira

Na cúpula do governo Jair Bolsonaro, há poucas dúvidas de que a prisão de um taifeiro da Aeronáutica com 39 kg de cocaína na Espanha poderá revelar um esquema maior de tráfico de drogas.

Mesmo que seja um incidente isolado, na hipótese de o militar ter sido abordado por criminosos devido ao seu acesso a viagens com menor controle burocrático, a preocupação mais aguda é com a exposição das falhas de segurança da Presidência.

Ela foi agravada pela cacofonia de versões sobre o episódio ao longo desta quarta (26).

Folha ouviu cinco ex-integrantes de viagens internacionais de presidentes, que foram unânimes nessa crítica.

Tuíte presidencial aqui, fala do presidente interino ali, notas acolá. Nenhum relato exato sobre o que aconteceu em Sevilha está disponível.

O presidente interino, Hamilton Mourão, afirmou na manhã de quarta que o taifeiro Manoel Silva Rodrigues fazia parte de uma tripulação que ficaria na cidade espanhola para esperar Bolsonaro voltar do Japão.

Já a Aeronáutica disse à noite que eles não embarcariam no Airbus de Bolsonaro, que voltaria ao Brasil pelos EUA.

Mourão voltou atrás depois. Conforme a Folha ouviu do entorno de Bolsonaro, o presidente ficou agastado com a divulgação que seu vice fizera da versão de que o taifeiro iria embarcar no mesmo avião que ele em algum momento.

Segundo oficiais com conhecimento do voo, o Embraer-190 em que Rodrigues estava parou na Espanha para reabastecimento e levava o chamado Escav (Escalão Avançado), grupo que cuida de burocracias aeroportuárias e precede a chegada do presidente.

Também é incerto o que aconteceu em solo, desconsiderando aí as motivações da equipe que ficou em Sevilha.

A FAB não explica o que eles iriam fazer. Uma hipótese provável seria a de voar o próprio Embraer-190 na viagem de volta, para render a tripulação oriunda do Japão na travessia transatlântica.

Segundo reportagem do jornal Diário de Sevilha sobre o caso, Rodrigues foi preso ao tentar deixar o terminal com a bagagem suspeita.

Não fica claro se isso ocorreu durante inspeção alfandegária normal, o que seria normal, e se havia outras pessoas com ele na hora da ação.

Afinal, quantos dos 21 militares integrantes do voo de fato desceram da aeronave e por qual motivo?

Sobre a ação em si, não é o caso de descartar a possibilidade de ter havido uma dica dada à polícia local, dado que Sevilha é conhecido centro distribuidor de drogas da América do Sul na Europa.

Segundo um frequentador do avião presidencial oficial, o Airbus-319ACJ apelidado de Aerolula quando foi comprado pelo então mandatário petista em 2005, a revista é rígida para todas as bagagens.

Confirmam isso os ex-integrantes de comitivas. Que também contam que o controle é bem mais leniente em aviões de apoio. Ainda assim, todos os oficiais ouvidos se disseram surpresos com o caso.

As tripulações GTE (Grupo de Transporte Especial) são consideradas das mais qualificadas em toda a Força Aérea. São vagas disputadas, já que viagens ao exterior também garantem diárias em dólar.

São ao todo cerca de 120 militares, do taifeiro ao comandante, divididos em três esquadrões (o do presidente, outro do vice e ministros, e um terceiro de helicópteros).

Como Rodrigues voou 29 vezes pelo GTE, isso levanta questões óbvias sobre os controles internos de segurança de quem transporta a elite política do país, e a pressão deverá recair sobre o Gabinete de Segurança Institucional.

FOLHAPRESS

Comments

Juiz manda bloquear até R$ 78 milhões de Lula por causa de propinas

O juiz federal Luiz Antonio Bonat, atual responsável pela Operação Lava Jato, determinou o bloqueio de até R$ 78 milhões do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O valor é referente às supostas propinas da Odebrecht oriundas de contratos da Petrobrás que teriam abastecido o PT.

A medida cautelar se deu no âmbito de processo em que o petista é réu por vantagens indevidas de R$ 12,5 milhões da empreiteira. Os valores são referentes à aquisição de um terreno em São Paulo, onde supostamente seria sediado o Instituto Lula, e à compra do apartamento vizinho à residência de Lula em São Bernardo do Campo.

Nesta ação penal, Lula já entregou alegações finais, mas ainda não foi sentenciado. De acordo com o juiz, o bloqueio é decretado ‘para garantir a reparação dos danos decorrentes do crime’. “Tratando-se de arresto ou sequestro de bens substitutivos, não tem relevância se os bens foram ou não adquiridos com recursos lícitos”.

O valor dos imóveis, já sequestrados pela Justiça, poderá ser descontado do bloqueio.

ESTADÃO CONTEÚDO

Comments

Alexandre de Morais barra férias em resort no Caribe a senador condenado

O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes revogou a decisão da Justiça do Distrito Federal que concedia ao senador Acir Gurgacz (PDT-RO) – que cumpre pena de 4 anos e 6 meses em domiciliar – viagem de férias em um resort com cassino no Caribe. A decisão foi de ofício, apesar de a Procuradoria-Geral da República ter pedido a revogação da decisão que concedeu a viagem de Gurgacz. Alexandre de Moraes é relator da ação penal que levou à condenação de Gurgacz, no Supremo.

Por decisão do juiz de direito Fernando Luiz de Lacerda Messere, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios, Gurgacz estava autorizado a passar de 17 de julho a 3 de agosto em um hotel resort e cassino em Aruba, ilha que fica relativamente próxima à Venezuela. Segundo o juiz, o Ministério Público concordou com o pedido do condenado.

Em despacho, Alexandre determinou ‘REVOGAÇÃO DA DELEGAÇÃO concedida em 10/10/2018 àquele Juízo para o acompanhamento da execução penal do sentenciado’ e a ‘REVOGAÇÃO da indevida suspensão da execução do cumprimento da pena privativa de liberdade, bem como da autorização de viagem, que foram concedidas por aquele Juízo’.

“Deverá o sentenciado entregar o seu passaporte no prazo de 24 (vinte e quatro) horas”, escreveu o ministro, que ainda determinou que a PF seja notificada da decisão. Segundo Alexandre, a medida foi tomada levando em conta a ampla divulgação da notícia de que Gurgacz teria obtido a decisão junto à Justiça do DF.

Na tarde desta quarta, 26, a procuradora-geral, Raquel Dodge chegou a pedir ao ministro a revogação da decisão da JFDFT. Segundo a PGR, ‘o local de hospedagem – um resort com cassino – é de todo incompatível com as condições para o cumprimento do regime aberto em prisão domiciliar impostas pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal a todos os sentenciados’. “Entre elas, está “Não usar ou portar entorpecentes e bebidas alcoólicas. Não frequentar locais de prostituição, jogos, bares e similares”.

“Não há nenhuma justificativa fática ou legal para conceder-se ao sentenciado autorização dessa natureza, com prejuízo da regular execução da pena imposta, que deve ser cumprida com rigor, moralidade e efetividade”, sustenta.

ESTADÃO CONTEÚDO

 

LOCAIS

Gol anuncia 19 voos extras para Natal ao longo de julho

Entre os dias 7 e 28 de julho, a Gol Linhas Aéreas irá operacionalizar 19 voos extras ligando o Aeroporto Int. Gov. Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, aos Aeroportos de Congonhas e Guarulhos, em São Paulo. As operações adicionais contemplam o período de férias escolares e da alta temporada de inverno. A Latam Airlines Brasil anunciou ampliação de rotas para período similar com 646 decolagens adicionais, mas não incluiu o Rio Grande do Norte. A Azul Linhas Aéreas não divulgou dados sobre o incremento para as férias de julho até o momento.

“Nossa operação de alta temporada está focada principalmente nos destinos de lazer que registram aumento de demanda neste período. Realizamos diversas mudanças na nossa malha para proporcionar mais comodidade aos clientes que escolhem a Gol para viajar. Adicionamos voos diretos conectando diferentes cidades, reduzindo o tempo total de viagem e permitindo que o cliente voe sem a necessidade de fazer conexões ou escalas, proporcionando assim uma melhor experiência”, afirmou Rafael Araújo, diretor de planejamento de malha da Gol.

Em todo o Brasil, em decorrência da proximidade do período de férias escolares, a Gol anunciou mais de 2.320 voos extras, no período de julho a agosto, o equivalente a mais de 400 mil assentos adicionais.

TRIBUNA DO NORTE

Comments

Economia para o RN com a reforma da previdência seria acima de R$ 7,4 bilhões em 10 anos e redução no deficit seria de quase 46%

Segundo o estudo da Instituição Fiscal Independente (IFI), ligada ao Senado o ganho do Rio Grande do Norte com a aprovação da reforma da previdência com os estados incluídos seria de R$ 7,4 bilhões em 10 anos.

Responsável pelo estudo da IFI, o analista e consultor legislativo do Senado Josué Pellegrini considerou o impacto da reforma sobre o rombo previdenciário de cada estado registrado em 201, se atualizarmos esse dados para os dias atuais a situação seria ainda mais favorável para o estado.

Nesse mesmo estudo, o analista diz que com a aprovação da reforma da previdência ainda este ano, a redução do déficit previdenciário potiguar seria de 45,9%.

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA QUINTA-FEIRA

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA TERÇA-FEIRA

Por G1

 

Bolsonaro pretende ir pessoalmente à Câmara levar projeto que muda regras da CNH. Ontem, o Senado aprovou a MP do pente-fino no INSSpoucas horas antes do fim do prazo. Já a medida que criava novo marco regulatório para o saneamento caducou, e os senadores apresentaram novo projeto para ser votado com urgência.

Projeto sobre novas regras da CNH

 — Foto: Reprodução

— Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro avisou a alguns deputados a intenção de ir à Câmara dos Deputados nesta terça-feira para entregar o projeto de lei que altera regras relacionadas à Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

É possível que o projeto contenha a ampliação da validade da carteira e dobre o limite de pontos da CNH. Em fevereiro, Bolsonaro anunciou que pretende desburocratizar o processo.

Pente-fino no INSS

O Senado aprovou ontem, por 55 votos a 12, a medida provisória (MP) que cria dois programas de combate a fraudes na Previdência Social. De acordo com o governo, a MP tem potencial para gerar economia de cerca de R$ 10 bilhões por ano.

A medida foi editada por Bolsonaro em janeiro deste ano e aprovada na semana passada pela Câmara. Se não tivesse sido aprovada pelo Senado ontem, perderia a validade.

MP perde validade

A medida provisória (MP) que criava um novo marco regulatório do saneamento básico perdeu validade, e o Senado decidiu dar urgência a um projeto que trata do mesmo tema.

O projeto foi apresentado pelo senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) e, com a urgência aprovada pelo plenário, pode ser votado mais rapidamente pelos parlamentares.

A MP foi editada ainda no governo Michel Temer, e Jereissati foi o relator. Mas não houve acordo no Congresso para o texto ser aprovado.

Virada de mesa no carnaval do Rio

Comissão de frente da escola Imperatriz Leopoldinense durante o desfile deste ano — Foto: Alexandre Durão / G1

Comissão de frente da escola Imperatriz Leopoldinense durante o desfile deste ano — Foto: Alexandre Durão / G1

A Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) do Rio anunciou ontem que a Imperatriz Leopoldinense não será rebaixada, apesar de ter ficado na 13ª posição no carnaval de 2019. Decisão foi tomada em plenária por presidentes de agremiações do Grupo Especial. Após a decisão, o presidente da Liesa, Jorge Castanheira, pediu afastamento do cargo por não concordar com a medida.

Produção industrial

Saem hoje dados de abril sobre a produção industrial. Em março, houve queda de 1,3%, na comparação com fevereiro, eliminando o crescimento de 0,6% observado no mês anterior, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com mais esse resultado negativo, o setor passou a acumular queda de 2,2% no ano. Trata-se do pior resultado mensal desde setembro do ano passado, quando houve queda de 2,1% na produção do setor.

Fusão Renault / Fiat Chrysler

Fiat Chrysler apresenta proposta de fusão à Renault — Foto: Loic Venance / Marco Bertorello / AFP Photo

Fiat Chrysler apresenta proposta de fusão à Renault — Foto: Loic Venance / Marco Bertorello / AFP Photo

diretoria da Renault se reunirá hoje para discutir a oferta de fusão com a Fiat Chrysler (FCA), informou a montadora francesa. Os diretores decidirão se vão abrir conversas formais. A ítalo-americana FCA divulgou oferta para uma fusão de US$ 35 bilhões. Caso a fusão se concretize, o novo grupo seria a terceira maior fabricante do mundo.

Brasileiros mortos no Chile

Família morreu em apartamento em Santiago, no Chile — Foto: Noemi Fortunato Nascimento / Arquivo Pessoal

Família morreu em apartamento em Santiago, no Chile — Foto: Noemi Fortunato Nascimento / Arquivo Pessoal

velório e enterro dos brasileiros mortos no Chile em maio ocorre nesta terça em Biguaçu, na Grande Florianópolis. A prefeitura, que auxilia a família das vítimas na cerimônia, comunicou que os corpos serão velados no Ginásio de Esportes da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), no bairro Universitário das 8h30 às 15h30. O sepultamento deve ocorrer às 16h no Cemitério de São Miguel, na mesma cidade.

A família foi encontrada morta no dia 22 de maio num apartamento alugado em Santiago. Os seis tinham viajado ao Chile para comemorar o aniversário de uma das vítimas, uma adolescente de 15 anos. As vítimas morreram de intoxicação por monóxido de carbono, conforme laudo emitido por autoridades chilenas.

Massacre em presídio

Fantástico entra em presídio de Manaus onde massacre deixou 55 mortos

Fantástico entra em presídio de Manaus onde massacre deixou 55 mortos

Dos 55 mortos nos recentes massacres dentro de presídios de Manaus, 22 eram presos provisórios e ainda aguardavam julgamento, segundo a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap). Nesse grupo estavam detentos presos entre setembro de 2018 e 23 de maio – dias antes da primeira chacina. Defensoria Pública do Amazonas faz levantamento caso a caso. Entre os mortos havia um homem detido 4 dias antes.

Febre maculosa

Febre maculosa pode matar em até 60% dos casos

Febre maculosa pode matar em até 60% dos casos

Entenda o ciclo de transmissão e os sintomas da febre maculosa. Transmissão ocorre por meio da picada do carrapato infectado pela bactéria causadora da doença.

Jessica Chastain no novo X-Men

Jessica Chastain em 'X-Men: Fênix Negra' — Foto: Divulgação

Jessica Chastain em ‘X-Men: Fênix Negra’ — Foto: Divulgação

Jessica Chastain diz que só fez novo ‘X-Men’ por ter papel independente de homem. G1 entrevistou atrizes e diretor de ‘X-Men: Fênix Negra’. Jessica Chastain conta que já foi chamada para outros filmes de heróis de quadrinhos, mas só aceitou este por papel feminino forte.

Fonte: G1

Por Blog do BG

Plano de socorro a estados abre brecha para governadores enquadrarem Judiciário e Legislativo em corte de gastos

O “Plano Mansueto”, programa de socorro financeiro aos estados, aterrissou na Casa Civil. O texto da equipe econômica prevê que, para acessar financiamentos, os governadores escolham três medidas de ajuste fiscal de um cardápio com sete opções. Uma delas cria a figura da “unidade de tesouraria”, que centralizaria as contas de todos os Poderes, impondo restrições de gastos para além dos governos locais. A independência orçamentária tem preservado o Judiciário de cortes.

A proposta finalizada pelo time de Paulo Guedes foi remetida à Casa Civil para uma última análise antes da remessa ao Congresso. O “Plano Mansueto” vai tramitar como projeto de lei complementar.

A “unidade de tesouraria” é uma forma de incluir legislativos e judiciários locais no esforço de contenção de gastos num cenário que combina estados endividados e perdas na arrecadação.

PAINEL FOLHA

 

Ameaça de exclusão de estados da reforma amplia pressão sobre governadores do NE

O debate sobre a exclusão de estados e municípios da reforma da Previdência ampliou a pressão por um ato enfático de políticos do Nordeste a favor da proposta.

Há, porém, divergências entre expoentes da região. Enquanto governadores reivindicam a exclusão de alguns itens do projeto, ACM Neto, prefeito de Salvador e presidente do DEM, quer que o Congresso obrigue os que quiserem aderir ao novo regime a formalizar a decisão.

Neto avisou que vai trabalhar ativamente para convencer parlamentares a encamparem seu entendimento. A maioria do DEM já teria aderido à tese de que governadores e prefeitos devem, no mínimo, enviar projeto de lei às assembleias ou câmaras municipais explicitando a adesão às novas regras de aposentadoria.

O governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), diz que os colegas devem “colaborar com o esforço que o Congresso está fazendo” e se mobilizar não só para ampliar o apoio dentro de seus partidos à reforma como também o das bancadas regionais.

Helder e os outros dois governadores do MDB, o do DF e o de AL, desembarcam em Brasília nesta quarta (5) para conversar com o partido e com deputados de suas unidades federativas.

FOLHAPRESS – PAINEL

Agência do contrato de publicidade de R$ 50 milhões da FUNPEC pede acesso a inquérito sobre ‘Sífilis Não’

Por Tribuna Do Norte – Luiz Henrique Gomes

O Grupo Fields 360, único participante e vencedor da licitação para realizar a campanha publicitária “Sífilis Não” no valor de R$ 50 milhões, protocolou um pedido no Ministério Público Federal (MPF) para ter informações sobre o inquérito civil que investiga o contrato entre a empresa e a Fundação Norte-Rio-Grandense de Pesquisa (Funpec). O sistema do MPF registrou o pedido na última sexta-feira, 31, e juntou ao inquérito no mesmo dia. A investigação teve início do dia 20 de agosto do ano passado, 15 dias depois do registro do fim da licitação e antes da assinatura do contrato.

Apesar de tramitar na esfera civil, onde os processos não são sigilosos, o inquérito não está disponível para consulta porque o procurador da República Kleber Martins de Araújo pediu reservas. A reportagem solicitou acesso ao conteúdo do inquérito, mas não teve o pedido atendido até o fechamento desta matéria. De acordo com informação da assessoria de comunicação do MPF concedida na última sexta-feira, a maioria desses casos acontecem quando é necessário preservar dados pessoais.

A abertura da investigação começou a partir de uma denúncia anônima. As únicas movimentações processuais disponibilizados pelo MPF foram o recebimento da denúncia, às 16h12 do dia 20 de agosto, e a respectiva distribuição para o gabinete do procurador Kleber Martins de Araújo, às 18h26 do mesmo dia. Na consulta processual, consta que ele está no ‘Grupo Temático de Combate à Corrupção’, que investiga ‘crimes de responsabilidade e improbidade administrativa’. De acordo com os registros do MPF, esse é o único inquérito aberto relativo à Funpec.

O contrato entre a fundação e o Grupo Fields 360 aconteceu no dia 10 de setembro de 2018 para a realização da campanha “Sífilis Não”, que veiculou nacionalmente em jornais, revistas, redes sociais, canais de televisão e emissoras de rádio a partir de novembro. A campanha faz parte do “Projeto de Pesquisa Aplicada para Integração Inteligente Orientada ao Fortalecimento das Redes de Atenção para Resposta Rápida à Sífilis”, uma parceria entre o Ministério da Saúde e o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (Lais), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, para melhorar os indicadores da doença no Brasil nos próximos anos. O projeto se iniciou em dezembro de 2017 e vai até 2022.

De acordo com a Funpec, R$ 46,6 milhões já foram pagos ao Grupo Fields 360. Isso representa 92% dos R$ 50 milhões disponíveis para a campanha. O dinheiro é proveniente do Ministério da Saúde e foi transferido à Funpec no dia 2 de outubro do ano passado. Segundo  o empenho global da campanha, obtido com exclusividade pela TRIBUNA DO NORTE, esses pagamentos cobriram a produção das peças publicitárias, no valor de R$ 32,2 milhões, e a veiculação, de R$ 14,4 milhões.

Para acessar a reportagem completa click aqui: http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/empresa-quer-ter-acesso-a-inqua-rito/449991

Comments

Apple cria sistema próprio para iPad, lança novo Mac Pro e extingue Itunes

Na WWDC 2019, a Apple apresentou o novo Mac Pro

Nos últimos anos, um fantasma tem rondado a sede da Apple, em Cupertino: a dependência do iPhone, que responde por pelo menos 60% das receitas da empresa há muitos trimestres. E Tim Cook, atual presidente executivo da companhia, sabe disso: não à toa, a conferência de desenvolvedores da Apple, a WWDC, realizada nesta segunda-feira, 3, passou longe de focar no celular. Pelo contrário: no evento, o que se viu foi uma Apple buscando dar independência e novo fôlego a muitos de seus produtos – em especial, o iPad e a linha de computadores Mac, mas também para o Apple Watch e a Apple TV.

Lançada originalmente em 2010, a linha de tablets da Apple há anos estava estacionada em um lugar incômodo: era grande demais para ser casual como o iPhone, mas poderosa de menos para se tornar um substituto a notebooks. Além disso, ao usar no dispositivo o sistema operacional iOS – o mesmo do iPhone –, a Apple fazia com que desenvolvedores tivessem recursos limitados para criar aplicativos que poderiam turbinar o tablet. Não mais: agora, o iPad terá um sistema operacional próprio, o iPad OS. Sua primeira versão estará prevista para o fim do ano e será baseada, claro, no iOS (que também ganhou atualizações nesta WWDC, leia mais aqui). 

Entre outras novidades, os tablets ganharão mais versatilidade em sua tela – os usuários poderão, por exemplo, editar dois documentos ao mesmo tempo, até mesmo usando o mesmo aplicativo (como o Notas, por exemplo). O dispositivo também terá mais funcionalidades em sua tela inicial – além de ícones dos aplicativos, poderá ter notificações, relógio e temperatura.

Outra ferramenta interessante será a compatibilidade com cartões de memória SD, câmeras fotográficas e pen-drives; a Apple, porém, não deixou claro, quais serão as entradas necessárias para que os dispositivos se conversem.  “Agora acabou a desculpa de muita gente para não usar o iPad como um computador”, comentou em sua conta no Twitter Eduardo Pellanda, professor de Comunicação Digital da PUC-RS. Além disso, o iPad também ganhará mais fontes de texto e um novo kit de experiências com o Apple Pencil – a expectativa da Apple é que o sistema, assim, passe a ser usado por mais criadores de conteúdo de forma portátil.

Mac Pro: seis anos depois, mais potente

Outro ponto frágil da Apple nos últimos anos era sua linha de computadores Mac – apesar de oferecer diversas opções para perfis diferentes de usuário, algumas faixas de produtos há tempos não recebiam atualizações. É o caso do Mac Pro, cuja última iteração havia sido lançada apenas em 2013.

É um computador importante especialmente para o público-alvo da Apple, como produtores de conteúdo de vídeo, áudio e games – e que precisam de sistemas parrudos. Nesta segunda-feira, 3, depois de seis anos, a empresa mostrou um novo Mac Pro. Em vez do visual “cesto de lixo”, cilíndrico, agora o design se parece mais com uma sacola metálica de mercado, com duas alças para facilitar o transporte – quem quiser também pode adicionar rodinhas ao aparelho.

Por dentro, o novo Mac Pro é uma verdadeira besta: seu modelo mais simples traz processador Intel de 8 núcleos, 32 GB de memória RAM e 256 GB de armazenamento em disco sólido, custando a partir de US$ 6 mil – isso apenas para o computador. Já o modelo mais simples de seu monitor, chamado de XDR Pro Display, custará US$ 5 mil; o dispositivo tem tela antirreflexo de 32 polegadas e capacidade para executar alta luminosidade (1000 nits) por tempo indefinido. Além disso, o monitor também pode ser girado em 360 graus e flexionado, graças a um curioso sistema de equilíbrio criado pela fabricante de Cupertino.

A graça, porém, acontece quando o sistema recebe diferentes placas gráficas – em uma possibilidade com dois módulos que incluem duas placas Radeon Pro Vega II cada, o computador pode rodar em até 128 teraflops, cerca de treze vezes mais que o Xbox One X, mais potente videogame disponível no mercado, por exemplo. A Apple, porém, não divulgou o preço para essa configuração – é possível esperar que ela chegue aos seis dígitos, em reais.

Catalina é o nome do novo Mac OS

Junto com o novo Mac Pro, a Apple também anunciou uma nova versão do Mac OS, seu sistema operacional para computadores. Chamada de Mac OS Catalina, ela chegará ao mercado até o final do ano. Entre as novidades, ferramentas que permitem utilizar o iPad como segunda tela – útil para a produtividade corporativa – e de acessibilidade. A partir da nova versão, será possível usar o Mac e também o iPhone apenas com comandos de voz, em uma demonstração muito interessante da empresa.

Outra função pode ajudar na segurança: é o Find My Mac, versão para computadores do Find My iPhone, que auxilia usuários a encontrar seus dispositivos perdidos ou roubados. A funcionalidade poderá ser utilizada inclusive com o dispositivo não conectado à internet, uma vez que ele pode mandar um pequeno sinal Bluetooth para outros dispositivos da empresa, em uma rede criptografada.

Por fim, mas não menos importante, a Apple anunciou que vai unificar a estrutura de construção dos aplicativos de seus sistemas operacionais – agora, desenvolvedores poderão criar um aplicativo com a mesma base para iPhone, iPad ou Mac, e depois apenas fazer ligeiras diferenciações. Apesar de chamar a atenção para funcionalidades de cada dispositivo, a Apple quer fazer tudo rodar de forma integrada. Faz sentido.

LINK ESTADÃO

 

Ex-advogado de acusadora de Neymar diz que ela relatou agressão, não estupro; nova advogada rebate

O escritório de advocacia Fernandes e Abreu Advogados, contratado pela mulher que acusa o jogador Neymar de estupro, rescindiu o contrato com a cliente. A alegação é de que ela havia relatado agressão, sem mencionar estupro, no primeiro relato. O documento de rescisão foi divulgado na noite desta segunda-feira pelo Jornal Nacional.

O advogado José Edgar Bueno afirma que a suposta vítima não manteve a primeira versão, que falava em sexo consensual. Segundo o escritório, a mulher afirmou que “a relação mantida com Neymar Jr. foi consensual, mas que durante o ato ele havia se tornado uma pessoa violenta, agredindo-a, sendo esse o fato típico central (agressão) pelo qual ele deveria ser responsabilizado cível e criminalmente”.

O escritório afirma ainda que a “alteração na verdade dos fatos”, pode configurar denunciação caluniosa (crime tipificado no Código Penal) e “incompatível com os princípios norteadores da conduta dos membros do nosso escritório”. Eles afirmaram ainda que iriam disponibilizar para a mulher o laudo médico particular que atesta as agressões que ela teria sofrido de Neymar. Ainda segundo o escritório, a mulher contratou um novo advogado e registrou o boletim de ocorrência na sexta-feira, dia 31, e citou o fato em Paris como “estupro”.

A atual representante da suposta vítima, Yasmin Pastore Abdala, contradiz a versão dos advogados anteriores e afirma que sua cliente diz ao ex-advogado que o jogador “a espancou e estuprou”.

Reunião

O escritório afirma ter feito uma reunião com representantes de Neymar na última quarta-feira. “Feito o primeiro contato com os representantes do agressor, por intermédio de uma reunião realizada em 29/05/2019, foi rechaçada qualquer possibilidade de acordo extrajudicial na esfera cível por parte dos representantes de Neymar Júnior, que menosprezaram o ocorrido, lamentavelmente.”

O advogado Gustavo Xisto, que defende Neymar, confirma a reunião, mas revela a solicitação de uma compensação financeira por parte da minha vítima.

“Como já revelado pelo sr. Neymar mais cedo na imprensa, de fato foi realizada uma reunião no dia 29 passado, em sua residência na cidade de São Paulo, em que estiveram presentes dois dos seus advogados, uma outra testemunha e o advogado que representava os interesses da suposta vítima. Na oportunidade foi solicitada uma compensação financeira (“cala boca”) para que a suposta vítima não relatasse as alegadas agressões às Autoridades Policiais. Na oportunidade não foi apresentado nenhum laudo médico, tampouco vídeo, apenas fotografias”.

Neymar foi intimado a depor por causa da divulgação de conversas íntimas entre ele e uma mulher que acusa o jogador de estupro. A exposição desse tipo de material, sem o consentimento da vítima, é proibida.

ESTADÃO CONTEÚDO

 

Senado aprova MP que cria programas de combate a fraudes previdenciárias

O Senado aprovou nesta segunda-feira (3) por 55 votos a 12 a medida provisória (MP) que cria dois programas de combate a fraudes na Previdência Social.

De acordo com o governo, a MP tem potencial para gerar economia de cerca de R$ 10 bilhões por ano.

A medida foi editada pelo presidente Jair Bolsonaro em janeiro deste ano e aprovada na semana passada pela Câmara. Se não tivesse sido aprovada pelo Senado nesta segunda-feira, perderia a validade.

Tradicionalmente, o Senado não realiza sessões de votação às segundas-feiras. Por isso, no último fim de semana, os articuladores políticos do governo e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), mobilizaram parlamentares.

O objetivo da mobilização foi conseguir a presença de pelo menos 41 senadores na sessão desta segunda-feira, número necessário para iniciar o processo de votação. O quórum foi atingido por volta das 17h, e o resultado da votação foi proclamado às 21h.

A mobilização contou, por exemplo, com reuniões do secretário de Previdência, Rogério Marinho, e técnicos do Ministério da Economia com senadores. Os emissários do ministro Paulo Guedes acompanharam a votação no plenário e atuaram no convencimento dos parlamentares.

Além disso, o filho do presidente da República, senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), subiu à tribuna para defender a proposta.

De acordo com o porta-voz do governo, o presidente Bolsonaro avalia que a MP tem “extrema importância” para o que o governo chama de “nova Previdência” e por isso, no fim de semana, “estabeleceu contato” com senadores.

Mesmo com a MP em vigor desde janeiro, e até mesmo com a aprovação nesta segunda-feira, o governo ainda não pode iniciar o “pente-fino” nos benefícios. Isso porque a MP cria dois programas que preveem pagamento de bônus a peritos, e o Congresso ainda precisa aprovar um outro projeto para autorizar gastos extras para o governo.

G1

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA TERÇA-FEIRA

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA QUARTA-FEIRA

Por G1

 

O ministro Sérgio Moro sofre derrota no Congresso. Os parlamentares retiraram o Coaf da gestão do Ministério da Justiça e transferiram para o da Economia. O Amazonas recebe o primeiro grupo da força-tarefa de intervenção penitenciária, enviado pelo governo federal após o massacre de 55 presos em 48 horas. O Supremo julga se gestantes podem exercer atividades insalubres. E São Paulo começa multar empresas de patinetes elétricos que desrespeitarem as novas regras da prefeitura.

INTERNACIONAIS

Por Blog do BG

GUERRA CONTINUA: Centauro passa Magazine Luiza e eleva a US$ 109 milhões oferta pela Netshoes

Em uma escalada de ofertas pela compra da Netshoes, a Centauro enviou ao conselho da empresa de e-commerce, na noite desta terça-feira (28), uma nova proposta de US$ 3,50 por ação para adquirir a companhia, chegando a uma oferta total de US$ 109 milhões.

O valor oferecido agora pela Centauro é 75% superior à primeira proposta do Magazine Luiza, do fim de abril, de US$ 2 por ação (ou cerca de US$ 62 milhões).

No domingo (26), o Magazine elevara sua oferta para US$ 3 por ação, depois que a própria Centauro decidiu entrar na disputa pela Netshoes propondo US$ 2,80.

A carta desta terça, obtida pela Folha, é assinada pelo presidente da Centauro, Pedro Zemel. Nela, o executivo tenta afastar receios que acionistas do ecommerce possam ter a respeito da viabilidade do negócio.

Nos últimos dias, circulou no mercado uma carta enviada ao conselho da Netshoes pelo presidente do Magazine, Frederico Trajano, sinalizando que a primeira proposta da Centauro levaria mais tempo para passar pelo regulador, porque ela atua no mesmo segmento da Netshoes, o que sugere concentração.

Os acionistas da Netshoes se reúnem em assembleia nesta quinta-feira (30), em meio à recomendação do conselho de administração do ecommerce para que seja aprovada a última oferta do Magazine.

Mencionando especialistas, Zemel diz na carta que a ideia de que a combinação de Centauro e Netshoes representa risco para concorrência é um contrassenso à própria argumentação que o Magazine teria apresentado para as autoridades regulatórias na busca de aprovação de sua oferta. Na semana passada, o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) deu aval para a aquisição, conforme antecipou a coluna Painel S.A.

Zemel diz ainda que o Magazine Luiza já atua no setor da Netshoes. “Basta uma rápida pesquisa no website de nossa concorrente para identificar a disponibilidade de 99.618 skus [tipos de produtos] no segmento varejista ‘Esporte e Lazer’, representando mais skus do que temos em todo nosso website.”

A reação da Centauro é tratada internamente como uma estratégia de sobrevivência, na tentativa de evitar que o Magazine Luiza se transforme na Amazon brasileira e esmague o varejo especializado de itens esportivos, como fez a gigante americana com livros e brinquedos nos Estados Unidos.

Especialistas avaliam que, com sua base de clientes, a varejista de eletrônicos tem mais poder de dominar o mercado de roupas e artigos esportivos no futuro do que a própria Centauro, que já atua neste mercado.

Zemel afirma que a Centauro está confiante do mérito da transação e da agilidade de aprovação sumária (para casos mais simples) pelo Cade.

Caso seja necessário uma tramitação mais longa, reconhecendo a situação delicada da Netshoes, a Centauro se dispõe a dividir seu estoque com o ecommerce.

“Estimamos um valor superior a R$ 300 milhões de mercadoria que poderíamos disponibilizar para venda imediata que, na avaliação de nosso time de ecommerce, poderia ser implementado em menos de quatro semanas.”

A Netshoes abriu capital há dois anos, mas desde então vinha sendo penalizada por investidores por seu endividamento elevado e crescimento do prejuízo.

Desde que o Magazine Luiza fez a primeira proposta, as ações da Netshoes acumulam alta de 15% na Bolsa de Nova York. Fecharam nesta terça a US$ 3,05.

Além do Magazine, a B2W (que controla Submarino e Americanas.com) também já tentou comprar a varejista online.

A Netshoes foi fundada em 2000 como uma loja física de calçados em São Paulo, por Marcio Kumruian e Hagop Chabab. Com o fracasso nas vendas, o negócio migrou para a internet.

FOLHAPRESS

Fonte: Blog do BG

NACIONAIS

Moro perde o Coaf

Senadores reunidos no plenário nesta terça-feira (28) — Foto: Marcos Oliveira / Agência Senado

Senadores reunidos no plenário nesta terça-feira (28) — Foto: Marcos Oliveira / Agência Senado

Após quase quatro horas de discussões e discursos em plenário, o Senado aprovou ontem à noite a MP 870, com a qual o presidente Jair Bolsonaro reestruturou o governo e reduziu de 29 para 22 o número de ministérios (veja como votou cada senador). Foi mantido o texto aprovado na Câmara, que retirou o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) do Ministério da Justiça, chefiado por Sérgio Moro, e transferiu para o Ministério da Economia.

Após a derrota na Câmara, o governo decidiu ser pragmático. Originalmente, foi a MP de Bolsonaro que colocou o Coaf no Ministério da Justiça. Moro considera o órgão — que monitora transações financeiras suspeitas — um importante instrumento para combater a lavagem de dinheiro e o crime organizado. No entanto, para evitar que a MP perdesse a validade, o próprio Bolsonaro pediu ao Senado que mantivesse a versão aprovada na Câmara.

Se o Senado revertesse a decisão dos deputados e devolvesse o Coaf a Moro, uma nova votação seria necessária. Como a MP expirava na segunda-feira (3), o governo temia que não houvesse tempo de concluir o trâmite. Se a medida perdesse a validade, Bolsonaro teria que lidar com a estrutura de governo que existia antes de sua posse.

Massacre no Amazonas

Governo Federal vai mandar para o Amazonas força-tarefa de intervenção penitenciária

Governo Federal vai mandar para o Amazonas força-tarefa de intervenção penitenciária

O primeiro grupo da Força-tarefa de Intervenção Penitenciária (FTIP) que vai atuar nos presídios do Amazonas chegou ao estado na noite desta terça-feira (28). A confirmação é do secretário de Administração Penitenciária (Seap), coronel Marcos Vinicius Almeida. A equipe vai atuar no em presídios de Manaus, onde 55 presos morreram entre domingo (26) e segunda.

Mudanças no Censo 2020

Presidente do IBGE, Susana Guerra, e diretor de Pesquisas do IBGE, Eduardo Rios-Neto — Foto: Reprodução / TV Globo

Presidente do IBGE, Susana Guerra, e diretor de Pesquisas do IBGE, Eduardo Rios-Neto — Foto: Reprodução / TV Globo

A presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Susana Cordeiro Guerra, anunciou ontem que o questionário completo do Censo Demográfico 2020 terá um total de 76 perguntas. O número representa 32% menos questionamentos em relação ao formulário original, que teria 112 questões.

Guerra ainda confirmou que o orçamento para a realização da pesquisa do ano que vem deve ficar em torno de R$ 2,3 bilhões. O valor aponta uma queda de 25% no orçamento previsto, que inicialmente era de R$ 3,1 bilhões.

Cortes no Museu Nacional

Incêndio destruiu o Museu Nacional — Foto: GloboNews

Incêndio destruiu o Museu Nacional — Foto: GloboNews

contingenciamento orçamentário anunciado pelo governo para a Educação vai atingir verbas destinadas à reconstrução do Museu Nacional, destruído por um incêndio na noite de 2 de setembro do ano passado. É o que mostra um levantamento feito pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes).

Segundo os dados da associação, os R$ 55 milhões reservados ao trabalho de reforma do museu – garantidos por meio de uma emenda coletiva da bancada do Rio na Câmara Federal – terão um corte de 21,63%, o que representa uma redução de R$ 11,9 milhões. Com isso, o valor final fica em R$ 43,1 milhões.

Os R$ 55 milhões seriam usados na primeira fase de reconstrução do museu. A emenda apresentada pela bancada fluminense no Congresso foi uma sugestão do diretor do Museu Nacional, Alexander Kellner. A expectativa é que a primeira fase de reconstrução, que inclui a fachada, seja realizada até 2021.

De olho nos patinetes elétricos

A prefeitura da cidade de São Paulo regulamenta uso de patinetes elétricos na cidade — Foto: Aloisio Mauricio / Foto Arena / Estadão Conteúdo

A prefeitura da cidade de São Paulo regulamenta uso de patinetes elétricos na cidade — Foto: Aloisio Mauricio / Foto Arena / Estadão Conteúdo

A partir de hoje, as empresas de aluguel de patinetes elétricos estarão sujeiras a fiscalização e multas em caso de descumprimento das novas normas da Prefeitura de São Paulo divulgadas no último dia 13. Entre as normas estão a obrigatoriedade do uso de capacete e a proibição de circulação nas calçadas. As multas em caso de descumprimento podem variar de R$ 100 a R$ 20 mil.

Gestantes em atividades insalubres

Supremo Tribunal Federal (STF) decidirá nesta quarta-feira se gestantes e lactantes podem exercer atividades consideradas insalubres. A nova lei trabalhista, proposta pelo governo Michel Temer e aprovada pelo Congresso Nacional, condicionou a dispensa das trabalhadoras à apresentação de um atestado médico. Esse trecho da lei, porém, está suspenso por determinação do ministro Alexandre de Moraes, e agora o tema será analisado de maneira definitiva pelo Supremo.

Despacho de bagagem

Novas regras para bagagens em aeroportos — Foto: Reprodução / TV Globo

Novas regras para bagagens em aeroportos — Foto: Reprodução / TV Globo

O presidente do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), Alexandre Barreto de Souza, enviou um ofício ao subchefe de Assuntos Jurídicos da Casa Civil, Jorge Antonio de Oliveira Francisco, pedindo ao governo para vetar a decisão que proibiu a cobrança por despacho de bagagem. A proibição foi aprovada pelo Congresso Nacional e, para ter força de lei, precisa ser sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro.

Na semana passada, Bolsonaro disse em um café da manhã com jornalistas que “o coração manda” ele manter a decisão do Legislativo, ou seja, sancionar a proibição. Mas a decisão, acrescentou o presidente, só sairá “aos 48 do segundo tempo”.

Mega-Sena

 Aposta única da Mega-Sena custa R$ 3,50 e apostas podem ser feitas até às 19h — Foto: Marcelo Brandt/G1

Aposta única da Mega-Sena custa R$ 3,50 e apostas podem ser feitas até às 19h — Foto: Marcelo Brandt/G1

O concurso 2.155 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 48 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h (horário de Brasília) desta quarta (29) em São Paulo (SP).

Cinema

G1 já viu: ‘Rocketman’ resume melhor obra do que vida de Elton John com musical cheio de fantasia.

Caminhão de corrida

Caminhão da Copa Truck — Foto: Marcelo Brandt / G1

Caminhão da Copa Truck — Foto: Marcelo Brandt / G1

Veja como é dirigir um caminhão de corrida de 1.250 cv que chega a 240 km/h. G1 pilotou a máquina de 5 toneladas que tem a potência de 15 carros populares. Motor tem a mesma base dos caminhões que rodam pelas estradas do país.

Fonte: G1

Por Blog do BGComments

Flávio Bolsonaro tenta bloquear investigação na Justiça pela terceira vez

O senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) propôs a terceira medida judicial contra a investigação do Ministério Público do Rio de Janeiro sobre supostas práticas de crimes em seu gabinete na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

A defesa do filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL) apresentou na semana passada um pedido de habeas corpus ao Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro contra a decisão do juiz Flávio Itabaiana, da 27ª Vara Criminal, que determinou as quebras de seus sigilos bancário e fiscal.

A peça da defesa, mantida sob sigilo, têm argumentos semelhantes aos apresentados pela defesa de Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador e pivô da investigação, segundo a Folha apurou.

O senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) propôs a terceira medida judicial contra a investigação do Ministério Público do Rio de Janeiro sobre supostas práticas de crimes em seu gabinete na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

A defesa do filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL) apresentou na semana passada um pedido de habeas corpus ao Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro contra a decisão do juiz Flávio Itabaiana, da 27ª Vara Criminal, que determinou as quebras de seus sigilos bancário e fiscal.

A peça da defesa, mantida sob sigilo, têm argumentos semelhantes aos apresentados pela defesa de Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador e pivô da investigação, segundo a Folha apurou.

A defesa de Flávio aponta ilegalidades na decisão do magistrado de primeira instância, como falta de fundamentação. A justificativa do juiz para as quebras dos sigilos toma um parágrafo do documento, adotando as razões expostas pelo Ministério Público em 87 páginas.

​“O juízo decretou a quebra do sigilo bancário e fiscal de quase uma centena de pessoas por ser ‘importante para a instrução do procedimento investigatório criminal’, sem nada mais a dizer, sem avaliar se as pessoas alcançadas tinham ou têm qualquer mínima relação com a investigação, o que denota ser a decisão ora guerreada não só carente de fundamentação idônea, mas sim, ao revés, carente de qualquer embasamento legal”, diz o pedido do advogado Paulo Klein, que defende Queiroz.

Os pedidos habeas corpus de Flávio e Queiroz serão analisados pelo desembargador Antônio Amado. No mês passado, antes da decisão da quebra de sigilo, ele negou pedido de liminar do senador para interromper a investigação do Ministério Público. Esse caso ainda será analisado pela 3ª Câmara Criminal.

Flávio já havia tentado bloquear a apuração no STF (Supremo Tribunal Federal) com uma reclamação contra o Ministério Público, apontando quebra de sigilo bancário ilegal pela Promotoria. Uma liminar do ministro Luiz Fux interrompeu a apuração por 15 dias, mas o caso foi arquivado em seguida pelo ministro Marco Aurélio Mello.

A investigação do Ministério Público foi aberta após um relatório do governo federal ter apontado movimentação atípica de R$ 1,2 milhãona conta bancária de Queiroz, de janeiro de 2016 a janeiro de 2017.

Além do volume movimentado, chamou a atenção a forma com que as operações se davam: depósitos e saques em dinheiro vivo, em data próxima do pagamento de servidores da Assembleia.

Queiroz já admitiu que recebia parte dos valores dos salários dos colegas de gabinete. Ele diz que usava esse dinheiro para remunerar assessores informais de Flávio, sem o conhecimento do então deputado.

Além dos pedidos de habeas corpus de Flávio e Queiroz, o empresário Marcelo Cattaneo Adorno, um dos responsáveis pela MCA Participações, impetrou um mandado de segurança contra a decisão do juiz. A empresa foi um dos alvos de quebra de sigilo por ter comprado 12 salas do senador e gerado um lucro de R$ 300 mil num intervalo de 45 dias.

Como mostrou reportagem da Folha, a quebra autorizada pela Justiça na investigação do Ministério Público do Rio sobre Flávio atingiu pessoas que nem sequer foram nomeadas pelo senador e não tiveram nenhuma transação financeira com Fabrício Queiroz.

A peça do Ministério Público também atribui equivocadamente ao gabinete de Flávio uma servidora da Assembleia que acumulou outro emprego e apresenta falhas ao relatar suspeitas contra Queiroz.

FOLHAPRESS

Comments

Prefeito do RIO diz ‘Vou mudar o nome da ciclovia para Vasco, porque vive caindo’

Uma das obras problemáticas do Rio de Janeiro, a ciclovia Tim Maia já desabou quatro vezes, duas em 2019. Para o prefeito da cidade, Marcelo Crivella (PRB), dá para comparar a obra com uma dos principais times de futebol da cidade.

“Acho que vou mudar o nome da ciclovia para Vasco da Gama, porque aquilo lá vive caindo”, disse o alcaide carioca, que torce para o Botafogo, em um evento no Palácio da Cidade sobre o aplicativo ‘Rio Táxi’. O cruzmaltino repudiou e respondeu a declaração do prefeito em nota oficial – leia no final da matéria.

A ciclovia Tim Maia tem 9km de extensão e liga o Leblon à Barra da Tijuca. A primeira vez que a obra desabou foi em abril de 2016, pouco tempo após a inauguração, e duas pessoas morreram no acidente. Outras quedas ocorreram em fevereiro de 2018, fevereiro de 2019 e abril de 2019, sem vítimas.

O Vasco, por sua vez, foi rebaixado para a segunda divisão do Campeonato Brasileirotrês vezes, em 2008, 2013 e 2015. Em 2019, os temores da torcida de um quarto rebaixamento estão presentes devido ao mau começo da equipe nesta edição, com apenas três pontos em seis jogos no Brasileirão, onde ainda não venceu e é lanterna da competição.

Vale lembrar, no entanto, que o time de Crivella caiu apenas uma vez a menos que o Vasco. O Botafogo foi rebaixado para a segunda divisão em 2002 e 2014.

O Vasco respondeu em uma nota oficial postada em seu site. Confira aqui na íntegra:

O Club de Regatas Vasco da Gama repudia a descabida declaração do prefeito Marcelo Crivella e lamenta que o chefe do Poder Executivo Municipal, eleito para zelar pelo bem público e, sobretudo, pela vida dos cidadãos, tenha se referido de forma tão desrespeitosa a uma tragédia com perdas humanas. O Vasco da Gama se solidariza com os parentes e amigos das vítimas da queda da ciclovia Tim Maia.

#FERA

Comments

Julgamentos amanhã no STF podem afetar R$ 1 trilhão em privatizações do governo: entenda

O Supremo Tribunal Federal (STF) incluiu em sua pauta de julgamentos desta quinta-feira duas ações que definirão o andamento do programa de privatizações do governo Jair Bolsonaro e têm o potencial de travar vendas de US$ 32,3 bilhões em ativos da Petrobras.

No primeiro caso, o plenário decidirá se mantém liminar concedida pelo ministro Ricardo Lewandowski em junho do ano passado determinando que a privatização de estatais só seja feita com autorização do Congresso.No segundo, a Corte julgará liminar concedida na segunda-feira pelo ministro Edson Fachin suspendendo a venda de 90% das ações da Transportadora Associada de Gás (TAG), subsidiária da Petrobras.

O impacto potencial para a Petrobras considera o efeito sobre a venda do controle da TAG e de empresas como BR Distribuidora, Liquigas, Gaspetro e oito refinarias, com base nos valores de operações estimados no mercado.

Segundo a decisão de Lewandowski, para cada estatal, deve haver lei específica, aprovada pelo Legislativo, para vender mais de 50% das ações à iniciativa privada. Ele entendeu que alienações de bens públicos devem ser feitas mediante licitação que assegure igualdade de condições a todos os concorrentes.

O problema é que a Petrobras vende seus ativos por meio de processo competitivo, num modelo de venda debatido com o Tribunal de Contas da União (TCU). Se o entendimento de Lewandowski for mantido pelo plenário do STF, haverá atraso nas operações.

Interferência preocupa

Integrantes da equipe econômica admitem que a interferência do Supremo no processo de privatização de estatais pode atrapalhar os planos do governo de levantar R$ 1 trilhão com a venda de empresas e participações acionárias. Isso, no entanto, só será definido quando a Corte tiver um posicionamento sobre as liminares. Num primeiro momento, afirmam os técnicos, o impacto maior é sobre a estratégia de negócios da Petrobras.

Técnicos do governo aguardam a decisão que o plenário do STF vai tomar em relação às liminares de Fachin e Lewandowski para avaliar o impacto sobre o restante do plano de privatizações do governo como um todo.

– Há expectativa de que a decisão do STF gere um efeito para todas as estatais que pretendem vender subsidiárias – diz Mário Cabral, professor da Mackenzie e advogado do escritório José Del Chiaro.

Ainda não está claro esse efeito porque, segundo os técnicos, há operações que não são abrangidas pela decisão dos ministros. O governo quer, por exemplo, privatizar os Correios e a Casa da Moeda. O plano para essas duas companhias é incluí-las no Plano Nacional de Desestatização (PND), o que as deixaria fora do alcance do entendimento de Lewandowski. A inclusão de uma empresa no PND é por meio de decreto.

No caso da Caixa, por exemplo, que quer abrir o capital das empresas responsáveis por sua área de seguros e loterias, também não haveria impacto, pois a operação não implica em perda do controle acionário. Também ficariam fora do alcance da Corte empresas como Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) e Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre (Trensurb), uma vez que o plano do governo é fazer concessões.

O GLOBO

Comments

Bolsonaro a Maia: ‘Com a caneta eu tenho mais poder do que você’

presidente Jair Bolsonaro disse no final da noite desta terça-feira, 28, que tem a caneta mais poderosa do que a do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, com quem tomou café da manhã no mesmo dia no Palácio da Alvorada, ao lado do presidente do Senado, Davi Alcolumbre, e do presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli. O presidente comentou sobre a conversa reservada com os chefes dos três poderes e citou esforços do governo para desregulamentação, revogando normas que ele considera “descartáveis” e simplificando a legislação e o licenciamento.

“Eu disse ao Rodrigo Maia: com a caneta eu tenho muito mais poder do que você. Apesar de você, na verdade, fazer as leis, né? Eu tenho o poder de fazer decretos. Logicamente, decretos com fundamento”, relatou Bolsonaro, durante lançamento da Frente Parlamentar Mista da Marinha Mercante Brasileira, no Clube Naval.

Maia foi um dos primeiros da cúpula do Congresso Nacional a questionar a constitucionalidade do decreto presidencial que ampliou direito a posse, porte e alterou as regras de comercialização de armas de fogo. Depois das críticas, Bolsonaro modificou o texto para impedir a compra de fuzis, por exemplo. O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, foi convocado para dar explicações na Câmara.  

No entanto, a comparação o poder de sua caneta Bic com a de Maia foi usada por Bolsonaro para relatar que sugeriu ao deputado a revogação do decreto presidencial que criou a Estação Ecológica de Tamoios, na região de Angra dos Reis (RJ), em 1990. O presidente quer transformar a região preservada com o grau máximo de proteção em um balneário turístico hoteleiro como Cancún, no caribe mexicano. A Constituição, porém, rege que é necessária a aprovação de uma lei específica para alterar uma unidade de conservação.

“Falei para ele do caso da Baía de Angra. Nós podemos ser protagonistas e fazer com que a Baía de Angra seja uma nova Cancún. Do que nós dependemos para começar a tirar esse sonho do papel? De uma caneta Bic revogando o decreto que demarcou a Estação Ecológica de Tamoios, lá no governo Sarney.”

O presidente disse que o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, recomendou que ele “tomasse cuidado quando fala isso”, porque, considerando a legislação ambiental, e  “lenvando-se em conta o retrocesso, talvez fosse inconstitucional um decreto revogar outro decreto”. Em seguida, Bolsonaro citou que o presidente do Supremo, presente no Clube Naval, decidisse a questão. “Passamos para o prezado Dias Toffoli decidir essa questão. Se eu posso revogar uma lei, por que não posso regovar um decreto? A sorte está lançada. Baía de Angra, se Deus quiser alcançaremos esse objetivo.”

O presidente fez um discurso breve aos militares da Marinha e parlamentares, em que prometeu “desregulamentar muita coisa” no seu governo. Ele citou que a administração está cheia de decretos, instruções normativas e portarias que “alguns poucos usam em causa própria para atrapalhar quem quer produzir”. O presidente disse que parte dessas normas são “descartáveis”.

“Caneta Bic resolve esse problema”, disse Bolsonaro. “Não quero atrapalhar, muito ajuda no Brasil quem não atrapalha. O governo federal vai colaborar com os senhores na simplificação dessa legislação, que é um emaranhado que poucos entendem e que a muitos inibe de investir no País.”

Ao citar outro caso, Bolsonaro ainda criticou a atuação de fiscalização da Funai (Fundação Nacional do Índio). Ele relatou que, anos atrás, um empresário do Paraná o procurou “desesperado” para concluir a liberação de um terminal de contêineres e que faltava a Funai conceder a licença.

“Alguém da Funai tinha que ir lá com uma lupa em toda aquela área procurar se existia qualquer vestígio de índio ter passado por ali em tempos remotos. Se descobrisse isso, aquela área seria então destinada à demarcação de terra indígena. Não temos mais problemas no tocante a isso no Brasil. Estamos ultimando todas as medidas para que o trabalho de vocês não encontre pela frente um emaranhado de legislação.”

ESTADÃO CONTEÚDO

Comments

Senado aprova MP do governo que reduz número de ministérios; Moro perde Coaf

O governo conseguiu na noite desta terça-feira, 28, uma vitória no Senado e aprovou sem alterações a medida provisória que reduziu de 29 para 22 o número de ministérios. Senadores atenderam a um apelo do presidente Jair Bolsonaro para que mantivessem o texto da forma como foi aprovado na Câmara e deixassem o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) sob a alçada do Ministério da Economia. O texto agora vai a sanção presidencial.

Parlamentares da base aliada passaram boa parte da sessão justificando o voto que tirou o Coaf do ministro Sérgio Moro. A defesa de que o órgão ficasse no Ministério da Justiça foi uma das pautas levadas às ruas por manifestantes nos atos a favor do governo no domingo passado.

Parlamentares da base aliada passaram boa parte da sessão justificando o voto que tirou o Coaf do ministro Sérgio Moro. A defesa de que o órgão ficasse no Ministério da Justiça foi uma das pautas levadas às ruas por manifestantes nos atos a favor do governo no domingo passado.

Antes de colocar o texto em votação, Alcolumbre tentou um acordo com líderes de partidos. A reunião foi tensa e se arrastou por mais de duas horas. A portas fechadas, apelou aos colegas para que não houvesse pedidos para que a questão do Coaf fosse votada nominalmente. Encontrou resistências.

“Imagino as pessoas que foram às ruas indignadas com o acordo que o governo fez mesmo contra o interesse do ministro Sergio Moro”, afirmou Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

“É muito difícil o cidadão em casa entender que o governo dormiu domingo pensando uma coisa e acordou na segunda pensando outra. Mudar de ideia mediante convencimento é salutar. Mas mediante ameaça é covardia, fraqueza”, disse Alessandro Vieira (Cidadania-SE). 

O PT, que estava disposto a fazer oposição, não demonstrou empecilho para o governo na reunião. “Ver Bolsonaro, centrão e PT juntos não tem preço”, ironizou Randolfe.

Líder do PSD no Senado, Otto Alencar, também era um dos que demonstrava-se reticente em atender ao governo. Ele criticou Moro por ter assinado a carta contrariando o que o próprio ministro mesmo havia defendido. “Não quer perder o emprego e assina (a carta). Ninguém pode colocar interesses pessoais acima de história de vida”, disse o senador.

Líder do governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), decidiu ceder mais um pouco. Aceitou devolver a demarcação de terras indígenas ao Ministério da Justiça. A atribuição estava sob o comando do Ministério da Agricultura. Ruralistas não gostaram e cobraram Bezerra, que rebateu que o acordo já estava feito.

Recuo. Um dos principais defensores de devolver o Coaf ao ministro Sérgio Moro, o líder do PSL no Senado, Major Olimpio, recuou após o pedido do governo e passou a defender que os colegas atendessem a vontade de Bolsonaro. Pedia que valorizassem a carta assinada pelo presidente e pelos seus ministros e chegou a elogiar a oposição por votar com o governo.

“Hoje, eu tive verdadeiras aulas de cidadania plena na reunião de líderes, onde pude testemunhar o líder Humberto Costa, do PT, na grandeza de dizer pelo País que ‘se nós quisermos, nós colocamos um kit obstrução e nós travamos o que pudermos, mas nós não estamos torcendo pelo quanto pior, melhor; nós estamos torcendo para que tenha um encaminhamento que possa ser melhor para o povo brasileiro’”, disse Olimpio.

Day after. A preocupação dos senadores ontem era, após fazer um gesto em favor do governo, qual será  o  próximo passo de Bolsonaro. “É preciso entender se o presidente vai realmente descer do palanque. Ele não precisa nesse momento de votos, mas de apoio político e saber dialogar com as pessoas certas”, disse Simone Tebet (MDB-MS).

“Ele tem de somar uma base no Senado e na Câmara e essa base não precisa vir de Centrão, nem de toma lá, da cá”, afirmou.

ESTADÃO CONTEÚDO

LOCAIS

Evento de arquitetura reúne experiências de estados do Nordeste


Os Conselhos de Arquitetura e Urbanismo do RN, PB e PE realizarão   no próximo ‪6 de junho‬, a partir das ‪18h30‬, no CTGÁS, o evento “Observatório”. O  projeto tem como finalidade promover uma troca de experiências entre os Conselhos com palestras sobre “Ética”, “Direito Autoral” e “As cidades e o Urbanismo Tático”.

Na tarde que antecede o evento, será realizada uma “Oficina sobre Tabela de Honorários”, ministrada pelo arquiteto e urbanista Odilio Almeida. Para participar dos eventos, basta clicar nos links abaixo. A inscrição é gratuita.

Observatório
urele.com/inscricao_observatorio

Oficina Tabela de Honorários
bit.ly/inscricaoCA

Fonte: Blog do BG
Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA QUARTA-FEIRA

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA TERÇA-FEIRA

Por G1

 

O governo federal envia força-tarefa de intervenção aos presídios de Manaus após o massacre que deixou mais de 50 presos mortos. O Brasil se despede do cantor Gabriel Diniz, do hit ‘Jenifer’. O corpo do artista foi levado ao ginásio de esportes de João Pessoa, cidade onde morava. Em Brasília, Bolsonaro recebe os presidentes dos demais poderes para firmar um pacto pela reforma da Previdência. E o Senado vota hoje se mantém o Coaf sob a alçada de Sérgio Moro no Ministério da Justiça ou se devolve o órgão para a Economia.

NACIONAIS

Intervenção em presídios

Justiça intervém em penitenciária de Manaus onde mais de 50 presos morreram

Justiça intervém em penitenciária de Manaus onde mais de 50 presos morreram

O Ministério da Justiça informou ontem que enviará ao Amazonas integrantes da Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária e transferirá para presídios federais alguns dos presos no estado. De acordo com o ministério, a força-tarefa atuará no Complexo Anísio Jobim (Compaj), onde mais de 50 detentos foram mortos entre domingo e segunda-feira.

Familiares de presos aguardam notícias do lado de fora após massacre em presídio de Manaus, no Amazonas — Foto: Bruno Kelly / Reuters

Familiares de presos aguardam notícias do lado de fora após massacre em presídio de Manaus, no Amazonas — Foto: Bruno Kelly / Reuters

Adeus a Gabriel Diniz

Cantor Gabriel Diniz morre em acidente aéreo em Sergipe

Cantor Gabriel Diniz morre em acidente aéreo em Sergipe

corpo do cantor Gabriel Diniz foi liberado ontem à noite do Instituto Médico de Sergipe de Sergipe (IML), em Aracaju, e chegou a João Pessoa, na Paraíba, por volta de 5h desta terça, quando começou o velório para familiares e amigos. O corpo será sepultado hoje. Ele e os outros dois ocupantes morreram na queda de um avião de pequeno porte no povoado Porto do Mato, em Estância, na região sul do estado.

Chefes dos poderes

O presidente Jair Bolsonaro receberá para um café da manhã os presidentes de todos os poderes no Palácio da Alvorada: o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli; o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia; e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre.

O objetivo do encontro é mostrar harmonia entre os poderes depois das últimas manifestações e estabelecer uma espécie de pacto em defesa a pautas como a reforma da Previdência.

Destino do Coaf

Agenda de votação do Congresso tem assuntos importantes para o governo

Agenda de votação do Congresso tem assuntos importantes para o governo

Senado analisará hoje a medida provisória (MP) editada pelo presidente Jair Bolsonaro que reestruturou o governo federal. A MP está em vigor desde 1º de janeiro e precisa ser aprovada pelo Congresso e sancionada por Bolsonaro até o próximo dia 3 de junho, quando perde a validade.

Se os senadores mantiverem o texto da Câmara, a medida provisória seguirá para sanção de Bolsonaro. Se houver mudanças, os deputados terão de analisar o texto novamente.

Não há, contudo, consenso entre os parlamentares sobre o texto a ser aprovado. Com isso, deverá ser decidido no voto, por exemplo, o destino do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

Av. Niemeyer interditada

Deslizamento de terra na Avenida Niemeyer na manhã do último dia 16 — Foto: Reprodução / TV Globo

Deslizamento de terra na Avenida Niemeyer na manhã do último dia 16 — Foto: Reprodução / TV Globo

A Justiça do Rio mandou interditar a Avenida Niemeyer devido ao risco de novos deslizamentos de terra. A decisão atende a pedido do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) e deve ser cumprida imediatamente. Às 21h30, a prefeitura informou que ainda não havia sido notificada.

A medida será adotada até que um laudo pericial conclusivo, elaborado por perito de confiança do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ), conclua pela segurança na circulação pela Niemeyer.

Dívida pública

O Tesouro Nacional divulga hoje o relatório de abril da dívida pública. Em março, a dívida pública federal em títulos, que inclui os débitos do governo dentro do Brasil e no exterior, registrou aumento de 1,15% em março, para R$ 3,917 trilhões. Em fevereiro, a dívida somava R$ 3,873 trilhões.

Cinema: Simonal

A cinebiografia “Simonal” lançou seu primeiro trailer. O filme, que coloca Fabrício Boliveira (“Segundo sol”) no papel do cantor Wilson Simonal, estreia no Brasil no dia 8 de agosto.

A biografia explora o sucesso meteórico do cantor com público e crítica nos anos 1960 e 1970, até sua queda, após ser considerado como um informante do Dops durante a ditadura militar.

A atriz Ísis Valverde interpreta a mulher do cantor, Teresa. O elenco ainda conta com Leandro Hassum, Mariana Lima e Caco Ciocler. A trilha do filme fica por conta dos filhos do cantor, Simoninha e Max de Castro.

Fabrício Boliveira e Ísis Valverde em cena de 'Simonal' — Foto: Divulgação

Fabrício Boliveira e Ísis Valverde em cena de ‘Simonal’ — Foto: Divulgação

Fonte: G1

 

Por Blog do BG

Câmara quer acelerar projetos que preveem até demissão de servidores para cumprir regra fiscal

A Câmara dos Deputados quer acelerar o andamento de propostas que resolvam, de forma definitiva, um desequilíbrio nas contas públicas que pode deixar trabalhadores sem receber aposentadorias e benefícios assistenciais. As soluções são variadas e passam até mesmo pela demissão de servidores públicos. Tudo para permitir que a União volte a se enquadrar na chamada regra de ouro – norma pela qual o governo é proibido de se endividar para pagar despesas correntes, como folha de salários. Ele só pode emitir dívida se o dinheiro for destinado a investimentos. Hoje, no entanto, há um desenquadramento que chega a quase R$ 250 bilhões. A articulação para tratar do tema envolve a equipe econômica e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Duas propostas de emenda à Constituição (PEC) para solucionar a regra de ouro de forma estrutural estão paradas desde o ano passado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), e o presidente do colegiado, Felipe Francischini (PSL-PR), está convocando líderes para discutir Na quarta-feira um calendário de tramitação. A mudança, porém, não resolve o problema deste ano.

Por isso, o governo também precisa aprovar no Congresso um crédito de R$ 248,9 bilhões para garantir o pagamento de aposentadorias e outros benefícios, como Bolsa Família, a partir do segundo semestre. Sem a autorização para bancar esses gastos com empréstimos obtidos por meio da emissão de títulos da dívida, os beneficiários ficarão sem o dinheiro.

O líder do partido do presidente Jair Bolsonaro na Câmara, Delegado Waldir (PSL-GO), quer acelerar a tramitação das emendas que estão na CCJ para que, além do atual governo, os próximos tenham mais mecanismos para resolver problemas fiscais como os que o país enfrenta:

Guia da Previdência:   Clique aqui  para entender todas as mudanças propostas na reforma do governo Bolsonaro.

– A PEC permite que, quando o governo chega na situação fiscal em que está, ele possa reduzir jornada de trabalho, demitir. Então, essa PEC é extremamente importante não só para o nosso governo, mas para outros que estiverem em situação semelhante, que possam demitir, reduzir jornada, fazer uma redução mais drástica de gastos.

O GLOBO

Comments

POLÊMICA: TST barra redução de hora de almoço em acordo pré-reforma

TST (Tribunal Superior do Trabalho) condenou a montadora Mercedes-Benz a pagar o valor total do intervalo intrajornada —equivalente a uma hora de almoço— a um trabalhador de São Bernardo do Campo que não usufruiu do período completo de pausa por causa de redução prevista em acordo coletivo.

Na decisão unânime, o relator do recurso, ministro Alexandre Agra Belmonte, argumenta que a jurisprudência do tribunal não reconhece normas coletivas que reduzam o intervalo intrajornada em contratos de trabalho vigentes anteriormente à lei 13.467/2017 —a reforma trabalhista de Michel Temer (MDB).

A mudança na CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), que passou a vigorar em novembro de 2017, permitiu que o negociado com sindicatos prevalecesse sobre o determinado na lei em algumas situações, entre elas a redução da hora do almoço.

Segundo Belmonte, no entanto, o recurso diz respeito a questão anterior à reforma e, “com base na lei no tempo, foi usada a jurisprudência interpretativa da norma trabalhista vigente antes da reforma”.

empregado, que prestou serviços para a Mercedes durante 25 anos e foi demitido em 2014, afirmou que nunca havia tido intervalo intrajornada de uma hora, como determina o artigo 71 da CLT.

Em sua defesa, a montadora sustentou que o intervalo havia sido reduzido para 45 minutos por meio do acordo coletivo firmado desde 1996 com o sindicato da categoria.

Antes da reforma trabalhista, porém, além do acordo coletivo para redução da jornada, era necessária uma autorização do Ministério do Trabalho, explica Rodrigo Takano, sócio de trabalhista do Machado Meyer.

“O que o tribunal está dizendo é que para situações que ocorreram anteriormente à reforma, o entendimento é este: não basta o acordo coletivo para redução de jornada”, diz.

O ex-funcionário solicitou o pagamento da hora cheia —60 minutos com caráter de hora extra, isto é, 50% sobre o valor da hora normal e com reflexos para cálculo de 13º salários e férias, por exemplo—, mas foi derrotado na primeira e na segunda instâncias.

(mais…)

Comments

Lula começa a articular alianças de olho nas eleições de 2020

Em reunião com dirigentes do PDT e do PSB na semana passada, o ex-presidente Lula falou sobre a construção de uma rede de esquerda de oposição a Bolsonaro, mas também iniciou conversas sobre alianças com o PT nas capitais, já de olho nas eleições de 2020.

PT deve apresentar um pacote de projetos para combater o desemprego, alavancar o consumo e ampliar a arrecadação. Algumas das propostas já foram protocoladas no Congresso por deputados e senadores do partido e serão apenas reempacotadas.

A iniciativa está dentro da nova diretriz da legenda de formular propostas para se contrapor às políticas de Bolsonaro.

PAINEL / FOLHA

 

Inquéritos sobre Aécio Neves ficam sem conclusão, e defesa tenta encerrar investigações

A maior parte dos inquéritos instaurados em 2016 e 2017 pelo Supremo Tribunal Federal sobre o deputado Aécio Neves (PSDB-MG)seguem inconclusos, o que abriu espaço para a defesa argumentar que os procedimentos têm que ser arquivados ou enviados à Justiça Eleitoral.

Menos preparada para lidar com casos complexos, a Justiça Eleitoral é cobiçada por advogados por deixar em segundo plano análises de casos relacionados a crimes comuns, como corrupção, e é vista como mais branda nas punições.

Aécio, ex-senador e ex-governador de Minas Gerais, foi alvo de ao menos nove investigações oriundas das delações da Odebrecht, da JBS e do ex-senador Delcidio do Amaral (ex-PT).

A maior parte dos inquéritos instaurados em 2016 e 2017 pelo Supremo Tribunal Federal sobre o deputado Aécio Neves (PSDB-MG)seguem inconclusos, o que abriu espaço para a defesa argumentar que os procedimentos têm que ser arquivados ou enviados à Justiça Eleitoral.

Menos preparada para lidar com casos complexos, a Justiça Eleitoral é cobiçada por advogados por deixar em segundo plano análises de casos relacionados a crimes comuns, como corrupção, e é vista como mais branda nas punições.

Aécio, ex-senador e ex-governador de Minas Gerais, foi alvo de ao menos nove investigações oriundas das delações da Odebrecht, da JBS e do ex-senador Delcidio do Amaral (ex-PT).

Aécio tem se mantido discreto. As gravações feitas na delação da JBS e a prisão preventiva de Andrea Neves, irmã de Aécio, inibiram as aparições públicas do ex-senador, que havia ganhado notoriedade por ficar em segundo lugar na disputa à Presidência da República em 2014 com um discurso anticorrupção.

No entanto, com os entraves nos inquéritos e o avanço nas discussões do grupo do governador João Doria (PSDB-SP) a respeito de sua expulsão do PSDB, o mineiro resolveu reaparecer em evento do partido, voltar a opinar sobre política nacional e dobrar a aposta em sua permanência na legenda.

O retorno também acontece poucos meses após o STF decidir que crimes como corrupção e lavagem de dinheiro têm que ser processados na Justiça Eleitoral quando investigados junto com caixa dois.

Desde o ano passado, essa tem sido a tentativa da defesa de Aécio.

O argumento da defesa do tucano, comandada pelo criminalista Alberto Toron, é que as investigações são relacionadas a fatos eleitorais e que não há provas de que Aécio cometeu irregularidades. Um dos casos já foi enviado para o juízo eleitoral de Minas Gerais, ano passado, e apura suspeita de caixa dois em 2010.

Algumas apurações relacionadas a Aécio foram encaminhadas para a primeira instância após a restrição do foro privilegiado (só vale para supostos crimes cometidos no mandato), mas ainda estão inconclusas.

A ação em que o tucano é réu foi uma delas. Chegou à Justiça Federal de São Paulo em abril deste ano, um ano depois de o STF acolher a denúncia da Procuradoria-Geral da República. Recursos da defesa adiaram a remessa: os advogados entraram duas vezes com embargos de declaração, que têm o objetivo de questionar eventuais obscuridades ou omissões em decisões judiciais.

Em São Paulo, o Ministério Público Federal também virou responsável por apurar outros eventuais crimes apontados na delação de Joesley e Ricardo Saud.

Os empresários afirmam ter repassado ao menos R$ 60 milhões ao parlamentar, por meio de notas fiscais frias, e a partidos políticos que se coligaram com o PSDB em 2014, entre outras acusações. Em troca, ele se comprometeria a beneficiar o frigorífico no Legislativo.

Na Justiça Estadual em Minas Gerais corre um caso que diz respeito à suspeita de Aécio ter organizado fraudes a licitações em troca de repasses de propina nas obras da Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, quando era governador.

A investigação chegou à primeira instância no meio do ano passado e está sob sigilo desde então. Em fevereiro, os autos voltaram à Polícia Federal para novas diligências. A promotora responsável pelo caso é Patricia Medina Varotto de Almeida.

(mais…)

Comments

Ministra do STM aponta ‘visível manipulação de provas’ no caso dos 80 tiros que mataram o músico no RJ

Única a votar para manter presos os noves militares envolvidos na morte do músico Evaldo dos Santos Rosa, que estava em um carro alvo de 80 tiros – 63 acertaram – e do catador de recicláveis Luciano Macedo, no Rio, a ministra Maria Elizabeth Guimarães Teixeira Rocha, do Superior Tribunal Militar (STM), apontou ‘uma tentativa visível de manipulação de provas’.

No julgamento, realizado na sessão de quinta-feira, 23, a ministra afirmou que no auto de prisão em flagrante os militares apresentaram fotos de veículos alvejados como se fossem os blindados que eles ocupavam no momento da morte do músico.

A defesa dos militares nega enfaticamente e afirma que jamais houve manipulação. O advogado Paulo Henrique Pinto de Mello declarou ao Estadão que as fotos já estavam no Auto de Prisão em Flagrante, ‘provavelmente, inseridas pelo delegado da Polícia Judiciária Militar que é o condutor do procedimento’.

Na sessão de quinta, por maioria de votos, o STM decidiu libertar nove dos 12 militares que participaram da ação em 7 de abril, em Guadalupe, na zona norte do Rio. Todos foram soltos nesta sexta, 24.

Os outros três militares do pelotão envolvido na fuzilaria – foram 257 tiros ao todo – já haviam sido libertados e respondem ao processo em liberdade.

Do total, 11 ministros votaram pela soltura dos militares. Maria Elizabeth votou pela manutenção da prisão e indicou a suposta manipulação de provas como ‘mais um motivo hábil a indicar que a soltura dos pacientes possa perturbar e impedir a produção correta de provas’.

“Durante o auto de prisão em flagrante, ao utilizarem-se da mentira, que inclusive comprometeu o Comando Militar do Leste, comprometeu a própria credibilidade do Exército, eles influíram para que viessem aos autos três fotos de viaturas atingidas”, afirmou a ministra.

“Tais viaturas de fato possuem marca de tiro, no entanto, tais fotografias que são parte de veículos, se percebe nitidamente que se tratam de automóveis completamente diferentes daquele que estava sendo utilizado na ação. Os militares que engendraram esse esquema ardiloso para enganar o Comando do Leste apresentaram na APF fotos de blindados que foram de fato alvejados por tiros.”

A ministra prosseguiu. “Só que os militares não trafegavam nesses blindados. Eles trafegavam numa viatura em que não se constatou tiro algum. Os militares forjaram em três fotografias inidôneas que haviam sido alvejados durante a ação quando, na verdade, o veículo que dirigiam era outro e que a perícia não constatou nenhum disparo ou nenhum tiro.”

Maria Elizabeth insistiu que ‘o réu não pode prejudicar a instrução processual’. A ministra mostrou fotos dos veículos aos outros ministros.

“Neste caso, em concerto múltiplo, os réus apresentaram 3 fotografias de veículos blindados alvejados por alguma razão como se fossem os veículos que eles estavam dirigindo no momento. Sendo que o veículo que eles dirigiam no momento da ação não foi atingido por disparo algum”, apontou.

A ministra havia votado na sessão de 8 de maio. O julgamento, no entanto, foi interrompido por um pedido de vista e retomado na quinta.

ESTADÃO CONTEÚDO

 

LOCAIS

ABC faz, em 2019, seu segundo pior início de Série C na história

A campanha ruim que o ABC está realizando nos cinco primeiros jogos da Série C do Campeonato Brasileiro de 2019 é a segunda pior da história do clube na terceira divisão do país. De acordo com números do pesquisador Marcos Trindade, o aproveitamento atual, de 26,7%, só supera o início de 1987, quando a equipe teve modestos 13,3%.

Neste ano, o ABC faz sua 12ª participação na Terceirona. Até agora, em cinco jogos, o clube conquistou 4 pontos, frutos de 1 vitória (Náutico-PE), 1 empate (Treze-PB) e 3 derrotas (Confiança-SE, Botafogo-PB e Santa Cruz-PE), sendo os revezes de forma consecutiva. Em 1987, foram 2 pontos ganhos, com 2 empates e 3 derrotas.

Nas temporadas em que conquistou o acesso, o Alvinegro teve aproveitamento bem melhor. Em 2007, foram 10 pontos ganhos com 3 vitórias, 1 empate e 1 derrota, mesmo desempenho de 2010. Já em 2016, último grande ano do time na Série C, foram 7 pontos conquistados, com 2 vitórias, 1 empate e 2 derrotas.

AGORA RN

 

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA TERÇA-FEIRA

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEXTA-FEIRA

Por G1

 

Termina o prazo para o ex-ministro petista José Dirceu se entregar à polícia. Bolsonaro volta ao Brasil. Em resposta ao Planalto, deputados cogitam apresentar texto alternativo da reforma da Previdência. RJ tem em média 10 menores vítimas de estupro por dia. Eleições na Austrália: saiba o que está em jogo no país que a há 30 anos mantém o PIB em alta. As inscrições para o Enem 2019 serão encerradas nesta sexta-feira.

INTERNACIONAIS

Eleições na Austrália

Campanha eleitoral na Austrália — Foto: William West / AFP Photo

Campanha eleitoral na Austrália. Foto: William West / AFP Photo

Mais de 16 milhões de eleitores vão às urnas amanhã nas eleições gerais na Austrália. Em um país conhecido pela alternância de poder, a oposição liderada pelo Partido Trabalhista tem chances de derrotar o atual governo, formado por uma coalizão liberal-conservadora.

Resgate dramático

Um menino hondurenho de 7 anos foi resgatado no dia 10 de maio por agentes americanos de fronteira no Rio Grande, que separa EUA e México. — Foto: Bob Own / The San Antonio Express-News / via AP Photo

Um menino hondurenho de 7 anos foi resgatado no dia 10 de maio por agentes americanos de fronteira no Rio Grande, que separa EUA e México. — Foto: Bob Own / The San Antonio Express-News / via AP Photo

Fotos mostram resgate dramático de menino de 7 anos no Rio Grande, na fronteira entre EUA e México. Guardas normalmente não intervêm para resgatar imigrantes, salvo em caso de perigo, mas situações como essa vêm se tornando mais comuns. Nos últimos sete meses, foram realizados 370 resgates, a maioria deles no rio.

‘Big Bang Theory’ e ‘Game of Thrones’

'The Big Bang Theory' e 'Game Of Thrones' terminam na mesma semana e deixam fãs 'órfãos' — Foto: Divulgação

‘The Big Bang Theory’ e ‘Game Of Thrones’ terminam na mesma semana e deixam fãs ‘órfãos’ — Foto: Divulgação

Órfãos de ‘Big Bang Theory’ e ‘Game of Thrones’ comentam final das séries na mesma semana. Despedida da sitcom aconteceu na quinta (16) nos Estados Unidos, mas a de GoT é só no domingo (19). G1 ouve fãs das duas séries e também diz o que elas têm em comum.

E mais:

“The Big Bang Theory”, a série de comédia gravada com múltiplas câmeras que ficou mais tempo no ar na televisão americana, finalmente terminou ontem. Teve novidades e revelações. Saiba como foram os últimos episódios.

NACIONAIS

De volta à prisão

Justiça manda prender Dirceu novamente

Justiça manda prender Dirceu novamente

ex-ministro José Dirceu tem até as 17h para se entregar à PF, em Curitiba, para cumprir pena na Lava Jato. A determinação do juiz Luiz Antonio Bonat saiu poucas horas após após o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) negar um recurso dos advogados do ex-ministro, que pedia prescrição da pena de 8 anos e 10 meses.

De volta ao Brasil

Bolsonaro é homenageado pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos

Bolsonaro é homenageado pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos

Bolsonaro desembarca nesta manhã, em Brasília, após viagem aos Estados Unidos. Ontem, ele foi homenageado em Dallas e afirmou que ‘o Brasil de hoje é amigo dos EUA’. Lá ele também criticou as investigações sobre o filho dele, o senador Flávio Bolsonaro. Disse que o objetivo da quebra do sigilo bancário do filho é atingi-lo.

“Querem me atingir? Venham para cima de mim! Querem quebrar meu sigilo, eu sei que tem que ter um fato, mas eu abro o meu sigilo. Não vão me pegar”, disse o presidente.

O MP do Rio aponta indícios de que Flávio comprou e vendeu imóveis para lavar dinheiro, e diz que houve um esquema criminoso organizado no gabinete dele, quando era deputado estadual. Flávio nega as acusações.

Reforma da Previdência

Descontentes com a articulação política do Palácio do Planalto, deputados cogitam apresentar à comissão especial que analisa a reforma da Previdência um texto alternativo ao enviado pelo governo, informa o blog do Camarotti. Segundo alguns deputados, o objetivo é deixar claro que o texto foi elaborado pelo Congresso.

Baixa na Educação

O presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Elmer Coelho Vicenzi durante entrevista coletiva sobre o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), no Ministério da Educação, em Brasília (DF). — Foto: Fátima Meira / Estadão Conteúdo

O presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Elmer Coelho Vicenzi durante entrevista coletiva sobre o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), no Ministério da Educação, em Brasília (DF). — Foto: Fátima Meira / Estadão Conteúdo

O atual presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Elmer Coelho Vicenzi, pediu demissão ontem, informou o Ministério da Educação (MEC). Delegado da Polícia Federal, Vicenzi é a primeira baixa na gestão do ministro Abraham Weintraub. Ele foi o terceiro a ocupar o cargo desde o começo do ano. Vicenzi ficou 24 dias na presidência do Inep.

Enem 2019

 — Foto: Arte/G1

Foto: Arte/G1

Neste ano, a taxa de inscrição custa R$ 85 e tem de ser paga entre os dias 6 e 23 de maio, em agências bancárias, casas lotéricas e correios. Atenção: mesmo aqueles estudantes que obtiveram a isenção da taxa devem se inscrever no Enem.

Violência no RJ

Amanhã, Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração de Crianças e Adolescentes, o Rio de Janeiro não tem bons resultados para comemorar. Um levantamento do Instituto de Segurança Pública (ISP) ao qual o G1 teve acesso mostra que, em média, dez menores foram vítimas de estupro por dia no estado em 2018. Foram 3.765 casos registrados no ano passado, maior índice nos últimos 5 anos.

Salário de prefeitos

O prefeito de BH, Alexandre Kalil (PHS) — Foto: Raquel Freitas / G1

O prefeito de BH, Alexandre Kalil (PHS) — Foto: Raquel Freitas / G1

Um levantamento feito pelo G1 em portais da transparência de todas as capitais brasileiras constatou que o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), é o que recebe o maior subsídio no cargo. O valor atual é de R$31.061,47. Atrás do chefe do executivo de Belo Horizonte, estão Gean Loureiro (MDB), de Florianópolis, que ganha R$26.385, e Íris Rezende (MDB), de Goiânia, que recebe R$25.865 mensais. Leia mais aqui.

Virada Cultural

Anitta, Pabllo Vittar e Caetano Veloso são atrações confirmadas na Virada Cultural 2019, em São Paulo — Foto: Marcos Serra Lima/G1; Fábio Tito/G1; Flavio Moraes/G1

Anitta, Pabllo Vittar e Caetano Veloso são atrações confirmadas na Virada Cultural 2019, em São Paulo — Foto: Marcos Serra Lima/G1; Fábio Tito/G1; Flavio Moraes/G1

Virada Cultural 2019 aumentou em 157% o número de pontos de atividades em comparação à edição do ano passado: foi de 97 para 250. Todas as 32 subprefeituras da cidade terão programação, contra 12 no ano passado. O número de atrações também aumentou: de 900, em 2018, para 1.200, neste ano.

A Virada acontece neste sábado (18) e domingo (19), e tem atrações gratuitas como shows de Anitta, Pabllo Vittar e de Caetano Veloso e seus filhos.

53 anos de carreira

Dupla Liu e Léu — Foto: Reprodução / Facebook

Dupla Liu e Léu — Foto: Reprodução / Facebook

cantor Léu, da dupla com Liu, morreu ontem em São Paulo. Ele tinha completado 82 anos no último 4 de abril. O corpo será cremado no cemitério da Vila Alpina, Zona Leste de São Paulo, nesta sexta-feira. A dupla de sertanejo raiz Liu & Léu ganhou fama nos anos 1970 com sucessos como “O Ipê e o Prisioneiro (Ipê Florido)” e “Dona Saudade”. A dupla interrompeu a carreira de 53 anos em 2012, com a morte de Liu. Léu seguiu fazendo shows com o irmão Lourenço.

Superfaturamento

O governo de São Paulo rescindiu contratos de prestação de serviço de qualificação profissional e de intermediação de mão-de-obra da extinta Secretaria de Estado do Emprego e Relações de Trabalho após a Procuradoria Geral do Estado apontar que as empresas superfaturavam os pagamentos que somam mais de R$ 20 milhões.

Profissionais qualificados: pesquisa

Pesquisa que aborda as perspectivas de contratação mostra que encontrar profissionais qualificados hoje é mais desafiador do que há cinco anos, segundo a opinião de 88% dos executivos entrevistados no Brasil. O número é maior em comparação com a média global, que é de 72%. O levantamento abrange 13 países, incluindo o Brasil. Veja e entenda os dados.

Parque na Mooca

Terreno na Mooca é visto pelos moradores como uma única possível para implantação de parque em meio à proliferação de edifícios na Zona Leste de São Paulo — Foto: Marcelo Brandt / G1

Terreno na Mooca é visto pelos moradores como uma única possível para implantação de parque em meio à proliferação de edifícios na Zona Leste de São Paulo — Foto: Marcelo Brandt / G1

A Prefeitura de São Paulo negocia a criação do primeiro parque público da Mooca, um dos distritos mais áridos da cidade. O proprietário da área, que já pertenceu à empresa multinacional de petróleo e gás Esso, está disposto a ceder metade dela. Moradores reivindicam o terreno inteiro para o parque.

Cinema

Cena de 'Kardec' — Foto: Reprodução

Cena de ‘Kardec’. Foto: Reprodução

‘Kardec’, ‘Ugglydolls’ e ‘John Wick 3’ entram em cartaz nos cinemas; veja comentários em VÍDEO.

Seleção Brasileira

Tite, técnico da Seleção Brasileira — Foto: Reprodução / SporTV

Tite, técnico da Seleção Brasileira — Foto: Reprodução / SporTV

O técnico Tite convoca hoje 23 jogadores para Copa América, que será disputada no Brasil, entre 14 de junho e 7 de julho. A seleção brasileira está no Grupo A, com Bolívia, Venezuela e Peru. A equipe disputará dois amistosos nos dias 5 e 9, diante de Catar e Honduras, respectivamente. Veja a tabela.

Fonte: G1

Por Blog do BG

Caetano Veloso é chamado de “canalha” e “delinquente travestido de colunista” em queixa-crime de Olavo de Carvalho

escritor Olavo de Carvalho decidiu registrar uma queixa-crime contra o cantor Caetano Veloso após um artigo publicado pelo artista no jornal ‘Folha de S.Paulo’.

No artigo em questão, Caetano criticou uma postagem de Olavo, considerado guru de Bolsonaro, feita nas redes sociais pouco antes do segundo turno das eleições. “Olavo de Carvalho sugere em texto que, caso Bolsonaro se eleja, imediatamente à sua posse seus opositores sejam não apenas derrotados mas totalmente destruídos enquanto grupos, organizações e até indivíduos”, escreveu o músico na ocasião.

Caetano afirmou, na ocasião, que a postagem do escritor se tratava de um “autoritarismo matador”. “Considero o texto de Olavo incitação à violência. Vamos fingir que o candidato dele já venceu a eleição e, por isso, pode mandar matar quem não votou nele?”, perguntava no texto.

Agora, segundo a publicação, a queixa-crime pede que Caetano responda pelos crimes de calúnia, difamação e injúria. Olavo de Carvalho alega que o artista teria ofendido sua honra ao publicar o artigo.

O advogado de Olavo, Francisco Carlos Cabrera, que assina a petição, refere-se ao músico como “canalha”, “delinquente travestido de colunista”. “Caetano é um delinquente e terá que provar suas acusações, ou o zeloso poder Judiciário estará sendo raso com quem lhe ataca”, disse o representante.

Entre as testemunhas sugeridas pela defesa de Olavo estão o chanceler Ernesto Araújo, o ex-ministro da Educação Ricardo Vélez Rodriguez e o jurista Ives Gandra Martins.

Na semana passada, o Ministério Público de São Paulo, por meio do promotor de justiça criminal Cassio Roberto Conserino, entendeu que a queixa-crime deve seguir tramitando e que os supostos crimes não prescreveram, mas pediu “reparos” à ação inicial registrada pelo advogado de Olavo de Carvalho.

Agora, um juiz vai avaliar as alegações para prosseguir com o caso.

NOTÍCIAS AO MINUTO

Comments

Após citar ‘compromisso’, Bolsonaro diz que ‘não teve nenhum acordo’ para indicar Moro ao STF

Quatro dias depois dedizer que vai indicar o ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro, para a primeira vaga no Supremo Tribunal Federal (STF ), porque firmou “um compromisso” com ele, o presidente Jair Bolsonarodeclarou nesta quinta-feira que não houve “nenhum acordo” com o ex-juiz federal. A declaração ocorreu em transmissão pelo Facebook, diretamente de Dallas, nos Estados Unidos, de onde o presidente decola ainda nesta noite rumo ao Brasil.

— Eu quero deixar bem claro. Quem me acompanhou ao longo de quatro anos pelo Brasil, eu sempre falava que precisamos de alguém no Supremo com o perfil do Sergio Moro. Isso que foi falado. E agora, por exemplo, perguntaram pra mim se tivesse que indicar alguém hoje pro Supremo, eu indicaria o Moro. Não teve nenhum acordo, nada, nunca ninguém me viu com o Moro — afirmou Bolsonaro, referindo-se ao período pré-eleitoral.

No domingo, em entrevista a Milton Neves na rádio Bandeirantes, a versão apresentada pelo presidente foi diferente.

— Fiz um compromisso com ele (Moro), porque ele abriu mão de 22 anos de magistratura. Eu falei: a primeira vaga que tiver lá está à sua disposição. Obviamente, ele teria de passar por uma sabatina no Senado. Eu sei que não lhe falta competência para ser aprovado lá. Mas uma sabatina técnico-política. Eu vou honrar esse compromisso com ele – disse Bolsonaro. — Caso ele queira ir para lá, será um grande aliado, não do governo, mas dos interesses do nosso Brasil dentro do Supremo. A primeira vaga que tiver, eu tenho esse compromisso com Moro, e, se Deus quiser, cumpriremos esse compromisso. Acho que a nação toda do Brasil vai aplaudir um homem desse perfil no Supremo — complementou.

O GLOBO

Comments

Coaf aponta operações bancárias suspeitas de ministro do Turismo

Relatório do Coaf aponta operações atípicas em contas bancárias de Marcelo Álvaro Antônio (PSL), ministro do Turismo de Jair Bolsonaro. Segundo o órgão do Ministério da Justiça, o pivô das investigações sobre candidaturas de laranjas do PSL movimentou R$ 1,96 milhão de fevereiro de 2018 a janeiro de 2019.

Folha teve acesso ao documento, que relata “operação suspeita” e afirma ter havido depósitos e saques em dinheiro vivo que apresentaram “atipicidade em relação à atividade econômica do cliente ou incompatibilidade com a sua capacidade econômica-financeira”, além de movimentação de recursos “incompatível com o patrimônio, a atividade econômica, ou a ocupação profissional e a capacidade financeira do cliente”.

O valor de R$ 1,96 milhão, movimentado em duas contas do Banco do Brasil, considera créditos e débitos, como saques, depósitos, transferências, cheques e pagamentos de boletos, entre outros. As operações em dinheiro vivo informadas pelo BB foram de valores acima de R$ 50 mil.

O relatório diz que, no período analisado, Álvaro Antônio tinha como rendimento registrado apenas o seu salário líquido como deputado federal, de R$ 22,1 mil. E que a única empresa cadastrada em seu nome estava inapta na Receita Federal, pelo motivo de omissão de declarações.

Em agosto de 2018, em sua declaração de bens entregue à Justiça eleitoral, Álvaro Antônio declarou patrimônio de R$ 773 mil. À época das últimas eleições, ele era presidente em Minas do PSL, mesmo partido de Bolsonaro, e foi reeleito para o cargo de deputado federal, tendo sido o mais votado no estado.

O documento do Coaf com as movimentações suspeitas do ministro foi enviado no mês passado para a PGR (Procuradoria-Geral da República) e, agora, deve ir para Minas Gerais, onde há apurações sobre esquema de candidaturas de laranjas do PSL.

O Coaf é o responsável no governo federal pela produção de inteligência financeira, em auxílio ao combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo. O órgão “recebe, examina e identifica ocorrências suspeitas de atividade ilícita e comunica às autoridades competentes para instauração de procedimentos”.

O órgão atualmente está vinculado ao Ministério da Justiça de Sergio Moro, mas há movimentação no Congresso para devolvê-lo ao Ministério da Economia.

Em fevereiro, em relação ao escândalo dos laranjas, o ministro Luiz Fux, do STF (Supremo Tribunal Federal), negou foro privilegiado para o ministro do Turismo e decidiu que a competência de investigação do caso é da primeira instância, por serem fatos que ocorreram durante a campanha, inexistindo vínculo com o mandato de deputado federal na Câmara.

caso das laranjas foi revelado pela Folha em fevereiro. Dias depois, o Ministério Público e a Polícia Federal abriram investigação, ainda em andamento. Bolsonaro tem dito que aguarda a conclusão das investigações sobre o ministro do Turismo para decidir o que fará nesse caso.

Em reportagem do dia 4 de fevereiro, o jornal mostrou que o ministro do Turismo patrocinou um esquema de candidaturas de fachada que desviou dinheiro público do PSL para empresas ligadas ao seu gabinete e a seus assessores.

Quatro candidatas, escolhidas pelo político, receberam R$ 279 mil, ficando entre as 20 que mais receberam dinheiro do partido no país inteiro, mas não tiveram sinal de que tenham feito campanha efetiva. A mais bem sucedida delas não chegou a ter nem 1.000 votos.
(mais…)

Comments

Bolsonaro diz que preço da gasolina ‘vai cair’, mas sem prejuízo para a Petrobras

Em transmissão ao vivo por uma rede social na noite desta quinta-feira, o presidente Jair Bolsonaro declarou que o preço da gasolina vai cair e comentou que a política de preços de combustíveis da Petrobras “pode ter algum equívoco”. Ele também disse considerar a possibilidade de fazer mudanças no cálculo do preço do combustível, desde que não haja prejuízo para a estatal.

– O pessoal reclama do preço da gasolina, R$ 5. E me culpam, atiram para cima de mim o tempo todo. Olha, o preço do combustível é feito lá pela Petrobras, que tem a sua política de preços. Leva-se em conta o preço do barril de petróleo lá fora, bem como a variação do dólar – disse Bolsonaro, que fez a transmissão a partir de Dallas, nos Estados Unidos, onde recebeu uma homenagem. – É lógico que se a gente puder rever isso aí sem prejuízo para a empresa, sem problema nenhum. Às vezes a política pode ter algum equivoco, mas  o preço vai cair, sim , quando…

Sem terminar a frase, Bolsonaro passou a palavra para o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, que estava sentado ao seu lado e completou:

– Quando nós tivermos maior produção, quando não formos dependentes do petróleo, que nós hoje em dia ainda continuamos exportando e importando uma grande quantidade de diesel, gasolina e até etanol – completou Albuquerque.

No mês passado, Bolsonaro provocou forte queda das ações da Petrobras ao telefonar para o presidente da estatal, Roberto Castelo Branco, para pedir explicações sobre os motivos de um reajuste no preço do diesel nas refinarias, preocupado com a possibilidade de greve dos caminhoneiros. A interferência levou a estatal a cancelar o aumento previsto, de 5,7%. Dias depois, a companhia, anunciou reajuste de R$ 0,10 no valor do diesel (4,84%).

Na mesma transmissão, Bento Albuquerque falou sobre o início de um período de testes do Cartão Caminhoneiro, a partir da próxima segunda-feira, dia 20, nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná. No resto do país, a medida vai entrar em vigor no dia 25 de junho.

Segundo o ministro, a iniciativa dá “mais segurança, facilidade e flexibilidade” para garantir o preço do combustível na forma de um cartão pré-pago por até 30 dias.

– Se o preço subir, o caminhoneiro vai ter a garantia do preço do diesel, e se o preço cair, ele pode pegar o cartão pré-pago, pegar o dinheiro dele e comprar mais combustível – explicou.

O GLOBO