CASOS DE GRIPE E COVID-19 EM SERVIDORES FAZ MINISTÉRIO PÚBLICO DO RN SUSPENDER ATIVIDADES PRESENCIAIS

Por g1 RN

 

Ministério Público do Rio Grande do Norte (Arquivo) — Foto: Igor Jácome/G1Ministério Público do Rio Grande do Norte (Arquivo) — Foto: Igor Jácome/G1

O Ministério Público do Rio Grande do Norte anunciou que voltou a suspender atendimentos presenciais e eventos realizados pela instituição por causa do aumento de casos de Covid-19 e gripe entre membros e servidores. A medida vale a partir desta segunda-feira (10).

Em comunicado, o órgão também informou que suspendeu o plano de retomada integral do trabalho presencial e os servidores deverão atuar em escala de rodízio com até 50% do total da equipe em atividades presenciais.

De acordo com o MP, o atendimento presencial só poderá ocorrer em “situações comprovadamente excepcionais”.

“Para tomar essa decisão, o MPRN levou em consideração a crescente confirmação de casos de Covid-19 de integrantes da instituição e a necessidade de evitar a transmissão da doença, resguardando a saúde dos integrantes e demais colaboradores do MPRN, bem como da população”, afirmou o órgão, em nota. Veja a resolução aqui.

Segundo o comunicado, o horário de funcionamento do MPRN será, de forma presencial e remota, de segunda a quinta-feira, das 8h às 15h, e sexta-feira, das 8h às 14h. E apenas remota de segunda a quinta-feira, das 15h às 17h.

O atendimento remoto ocorre pelo portal do MPRN, além de e-mail e telefone funcional. “Além dessas formas de atendimento, estão disponíveis o WhatsApp do Gaeco (98863-4585) e da Ouvidoria do MPRN (99994-6057), e, fora do horário de expediente, o telefone de Atendimento ao Cidadão (99972-5298)”, informou o MP.

Deixe uma resposta