CASA BRANCA DEFINIU COMO “HORRÍVEL” O APARENTE USO DE CHICOTE USADO PELAS FORÇAS DE SEGURANÇA CONTRA HAITIANOS

EUA lamentam possível uso de chicotes contra haitianos

Casa Branca classificou episódio na fronteira como “horrível”, mas destacou que norte-americanos não aceitarão refugiados

INTERNACIONAL

 por Agência EFE

Milhares de haitianos tentaram atravessar a fronteira entre o México e os EUA nos últimos diasMilhares de haitianos tentaram atravessar a fronteira entre o México e os EUA nos últimos dias
PAUL RATJE/AFP – 20.9.2021

A Casa Branca definiu como “horrível” o aparente uso de chicotes por agentes de forças de segurança contra alguns dos haitianos que cruzaram irregularmente a fronteira entre os Estados Unidos e o México nos últimos dias.

“Não creio que alguém que tenha visto essas imagens ache isso aceitável ou apropriado”, declarou a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, em conversa diária com a imprensa. A porta-voz respondia a uma pergunta sobre uma fotografia tirada domingo perto da cidade de Del Rio, no Texas, onde mais de 13 mil migrantes, a maioria haitianos, chegaram recentemente e que o governo dos EUA já começou a deportar para o Haiti.

Na foto, um agente da Patrulha de Fronteira a cavalo agarra um migrante pela camisa enquanto aparentemente o espanca com o que parece ser um chicote no lado americano do Rio Bravo, que separa o território americano do mexicano.

O fotojornalista Paul Ratje, que capturou a imagem, descreveu o que o agente trazia como um chicote, embora alguns jornalistas e observadores tenham especulado que poderia ter sido as rédeas do cavalo.

Psaki admitiu ter sido “horrível” ver a imagem e disse que não tinha informações suficientes sobre seu contexto. Ao mesmo tempo, porém, a porta-voz insistiu que esta não é a hora de os haitianos indocumentados tentarem entrar nos EUA.

Ela lembrou que ainda há reformas a serem feitas no sistema de asilo e que os Estados Unidos continuam deportando imediatamente a maioria daqueles que cruzam a fronteira durante a pandemia e sem permitir que eles solicitem refúgio.

A mesma mensagem foi repetida nesta segunda-feira (20) em uma entrevista coletiva em Del Rio pelo Secretário de Segurança Nacional dos EUA, Alejandro Mayorkas. “Este governo está empenhado em desenvolver caminhos de migração seguros, ordenados e humanos, mas esta não é a maneira de fazê-lo”, declarou Mayorkas sobre a travessia em massa de migrantes.

Deixe uma resposta