CASA BRANCA ANUNCIA SANÇÕES CONTRA FILHAS DE PUTIN E A INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DA RÚSSIA POR ACHAR QUE FAMILIARES ESCONDEM RIQUEZAS DO PRESIDENTE RUSSO

EUA anunciam sanções contra filhas de Putin e principais instituições financeiras da Rússia

Governo americano acusa familiares do presidente russo de esconderem sua riqueza e proibiu novos investimentos no país

O presidente russo, Vladimir Putin, durante reunião na região de Moscou

REUTERS – 05.04.2022

A Casa Branca anunciou sanções, nesta quarta-feira (6), contra as duas filhas adultas de Vladimir Putin, Maria Vorontsova, de 36 anos, e Katerina Tikhonova, de 34 anos, pela invasão russa da Ucrânia, porque afirma que os familiares escondem a riqueza do presidente russo.

O governo americano também declarou sanções de “bloqueio total” às principais instituições financeiras públicas e privadas da Rússia, Sberbank e Alfa Bank, e informou que todos os novos investimentos americanos na Rússia estão proibidos.

A guerra e as sanções ocidentais aplicadas como reação à ofensiva russa estão afetando a economia do país, que pode se contrair em até 15%, segundo especialistas.

Na última terça-feira (5), o presidente ucraniano Volodmir Zelenski voltou a pedir mais restrições ao governo russo em seu pronunciamento ao Conselho de Segurança da ONU. O líder ucraniano denunciou o que chamou de “massacre do povo ucraniano” e falou em detalhes sobre os ataques em Bucha, onde dezenas de cadáveres de civis foram encontrados.

Além das sanções, a pedido de países ocidentais, a Assembleia-Geral da ONU fará na próxima quinta-feira (7), uma votação sobre a suspensão da Rússia do Conselho de Direitos Humanos da organização.

Deixe uma resposta