BOAS NOTÍCIAS: CIENTISTA BRASILEIRO QUE SEQUENCIOU A VARIANTE ÔMICROM É ELEITO UM DOS 10 CIENTISTAS DO ANO

O cientista brasileiro Túlio de Oliveira que trabalha na África no Sul, identificou a ômicron e deu o alerta para o mundo, que foi eleito pela renomada revista Nature como uma das dez personalidades científicas do ano é o nosso destaque desta sexta-feira, aqui na coluna BOAS NOTÍCIAS. Leia o artigo completo a seguir e conheça o trabalho desse brilhante cientista brasileiro.

Brasileiro que identificou a ômicron é eleito um dos 10 cientistas do ano

Que orgulho para a nossa ciência! O cientista que identificou a ômicron e deu o alerta para o mundo é um brasileiro e ele foi eleito pela renomada revista Nature como uma das dez personalidades científicas do ano.

O nome dele é Túlio de Oliveira, justamente o pesquisador que avisou sobre a chegada da variante da Covid. Ele sequenciou a variante na África no Sul, onde trabalha com sua equipe.

Lá eles identificaram dezenas de mutações potencialmente preocupantes e deram o alerta para proteger vidas.

Responsável por outra variante

O texto da Natrure lembra que Túlio Oliveira é um rastreador de variantes e diz que o pesquisador brasileiro e sua equipe do Krisp (KwaZulu-Natal Research and Innovation Sequencing Platform), na Universidade de KwaZulu-Natal, na África do Sul, também foram os responsáveis por identificar e avisar sobre outra variante de preocupação: a beta.

Em outras palavras, das cinco variantes de preocupação apontadas pela OMS (Organização Mundial da Saúde), Túlio Oliveira teve participação no sequenciamento e descoberta de duas delas.

Outras doenças

A Nature elogia a plataforma Krisp, liderada pelo brasileiro.

Diz que os cientistas de lá tem rastreado agentes patogênicos relacionados à dengue, zika, Aids e tuberculose, mas que nunca “foram sequenciadas tantas amostras diferentes do mesmo vírus num período de tempo tão curto”.

E lembra que as descobertas dele não foram vistas com bons olhos logo que saíram:

“O papel de Oliveira em anunciar duas variantes de preocupação lhe deu a reputação de dar más notícias. Quando o anúncio da Omicron trouxe novas proibições de viagens, alguns sul-africanos, incluindo políticos, questionaram o direito de Oliveira de fazer tais declarações. Algumas pessoas até veem a comunidade de vigilância genômica como o inimigo. Mas, ele diz: “Não somos os inimigos, somos o oposto”, afirmou a Nature.

Parabéns

Dá um orgulho incrível ver um brasileiro no centro das atenções internacionai por ajudar o mundo nesse período tão difícil de pandemia.

E logo um cientista, área de extrema importância que recebe tão pouco apoio governamental.

Obrigado Túlio Oliveira, você é Só Notícia Boa!

Com informações da Nature

Deixe uma resposta