BIDEN EM CONVERSA POR TELEFONE COM VOLODYMYR ZELENSKY SOBRE FORÇAS RUSSAS NA FRONTEIRA COM A UCRÂNIA CONCORDARAM EM INSISTIR NA DIPLOMACIA E A DISSUASÃO

Joe Biden e Volodymyr Zelensky decidem manter diplomacia como arma contra a Rússia

Presidentes conversaram por telefone neste domingo (13) sobre escalada de tensão no leste da Europa

Presidentes se encontram em setembro na Casa Branca

BRENDAN SMIALOWSKI/AFP – 1º.9.2021

O presidente americano, Joe Biden, conversou por telefone neste domingo (13) com o colega ucraniano, Volodimir Zelensky, sobre a concentração de forças russas na fronteira com a Ucrânia e concordaram em em insistir na “diplomacia e a dissuasão”.

“Os dois líderes coincidiram na importância de manter a diplomacia e a dissuasão em resposta à concentração de forças militares russas nas fronteiras com a Ucrânia”, segundo um comunicado da Casa Branca sobre o telefonema, que durou cerca de 50 minutos.

Com o temor crescente do Ocidente de uma iminente invasão russa da vizinha Ucrânia, a Casa Branca acrescentou que Biden “deixou claro que os Estados Unidos responderão rápida e decisivamente, juntamente com seus aliados e parceiros, a qualquer agressão da Rússia à Ucrânia”.

Washington e aliados alertaram que a Rússia concentrou mais de 100 mil tropas em na fronteira com a Ucrânia. Neste domingo, altos funcionários americanos traçaram um panorama sombrio.

O assessor de Segurança Nacional, Jake Sullivan, disse que a invasão russa da Ucrânia pode ocorrer “ainda esta semana” e provavelmente vai começar “com fortes ataques com mísseis e bombardeios”.

Fonte: R7

Deixe uma resposta