BALEIA-JUBARTE É FLAGRADA EMBELEZANDO O LITORAL PAULISTA COM SEUS LINDOS SALTOS

Baleia-jubarte é vista saltando no Litoral Paulista

Animal de oito metros de comprimento foi visto no canal de São Sebastião e Ilhabela

Elisa Veeck

da CNN

em São Paulo

 

Esse bichão deslumbrante é uma baleia Jubarte com, aproximadamente, três ou quatro anos de vida e oito metros de cumprimento.

E eu digo “aproximadamente” porque os pesquisadores trabalham com hipóteses, já que tudo é observacional.

É possível ter informações mais assertivas quando os animais já têm algum registro, e, no caso das baleias, isso é feito pelo desenho da cauda. De acordo com a forma, com os detalhes, é criado uma espécie de “RG”.

A coloração da cauda é como uma impressão digital, única para cada baleia, e ajuda a acompanhar e contar a história de vida de cada baleia / Marcel Morais

O flagrante foi no estado de São Paulo, no dia 26 de maio, no canal entre as cidades de São Sebastião e Ilhabela.

É comum encontrar jubartes por ali, pois todos os anos elas saem das águas geladas da Antártica e sobem pelo litoral brasileiro. A viagem é à procura de águas quentinhas e de um, quem sabe, namoro.

“Os filhotes nascem com uma camada de gordura muito fina, e não aguentariam nascer com a água gelada da antártica. Costumam dar à luz aqui no Brasil, do sudeste para cima”, foi o que me contou o Marcel Morais, autor do vídeo, pesquisador voluntário do projeto Baleia À Vista, de Ilhabela.

“Eu estava pegando a balsa que faz a travessia até a ilha, umas 9h da manhã, e já me avisaram que tinha uma baleia no canal. Logo fomos para a água e ficamos observando. Ela saltou três vezes! É fantástico!”

Jubarte saltando no sul de Ilhabela na temporada de 2021 / Marcel Morais

Os navios do porto de São Sebastião são avisados da presença do animal para que as manobras sejam mais cuidadosas e não haja o risco de machucá-lo. “Já teve caso da baleia passar pertinho da balsa e o pessoal ficar olhando de perto.”

Mas por que as baleias ficam paradas ali?

“Ainda não sabemos o motivo, talvez à procura de alimento, por isso observamos muito para entender o comportamento delas”, explica Marcel.

Baleias adultas podem pesar entre 30 e 40 toneladas e costumam se alimentar de um animalzinho chamado Krill, parecido com um camarão. Precisam de toneladas para se sentirem satisfeitas – que não existem aqui no Brasil, mas na região antártica.

Baleia Jubarte saltando no México / Marcel Morais

“E os juvenis, acredita-se, como ainda não possuem uma condição corpórea adequada para suportarem meses sem se alimentar, eventualmente buscam alimentos nas regiões costeiras”, explicou Marcel.

Por que as baleias saltam?

“Elas fazem isso por prazer. Imaginamos que estão se divertindo. E esse movimento tem outras consequências. Eventualmente se limpar, se alongar. O salto faz um ruido enorme, e isso também pode ser uma comunicação entre as baleias. Quando uma salta, é comum ver outra saltando à distância”, explicou Julio Cardoso, coordenador do projeto Baleia à Vista.

Baleias também trocam a pele, e o salto pode ser uma espécie de ajudinha para que isso aconteça.

“Além de saltar elas também batem cauda, batem as nadadeiras, e o salto é o mais lindo de todos. É fantástico!”

Deixe uma resposta