AUTOCONHECIMENTO: O JULGAR É INTRÍNSECO DO SER HUMANO. POR ISSO DEVEMOS NOS POLICIAR

O julgar! É intrínseco do ser humano julgar as pessoas, julgar o outro e as coisas, pois é o princípio da cognição e do livre arbítrio. A partir do momento que temos condições de, ao ver um objeto qualquer ou alguém que não conhecemos, é natural, nos questionarmos sobre, com perguntas como: essa pessoa é homem ou mulher? Se for homem tem trejeito de mulher! Se for mulher é muito feia! E por ai vai. Esses questionamentos são o start para você formar uma opinião ou um conceito daquela pessoa e isso se chama julgamento. Por isso precisamos ter muito cuidado para não fazermos juízo de valor das pessoas sem antes conhece-la. É sobre isso que trata o texto a seguir, que eu te convido a ler e se aprofundar nesse assunto!

Atenção ao que diz, ao que julga

Boca de uma mulher aberta e dela estão saindo várias letrinhas.

lassedesignen / 123RF

Muitas pessoas não conseguem compreender porque outras pessoas caminham muito bem, obtendo sucesso nos relacionamentos, na família e na atividade profissional e, por não entenderem, sempre querem o ouro do outro, em vez de fabricarem o seu próprio. Querem, entretanto se esquecem de que existe a Lei Divina e o equilíbrio Universal e que, acima do Absoluto, não há nada.

Quando você vive na sua verdade e no seu caminho, ninguém e nada se colocará à sua frente. Em determinados momentos, podem perturbar, podem “mostrar os dentes”, podem mexer em algo, porém jamais tocarão em você, jamais!

Por isso nunca saia da sua verdade, nunca deixe um só dia de fazer uma oração, de meditar ou de realizar qualquer outro movimento do campo espiritual.

Quanto mais você se concentrar nisso, mais de forma natural você fará, isto é, no seu diário viver, porque sua espiritualidade é demonstrada todos os dias e a todos os instantes de sua vida. Uma das primeiras atitudes para se fazer isso é não julgando, não colocando culpa nos outros, simplesmente olhando para frente; sem olhar para trás, sem se lembrar de passado, sem olhar à direita ou à esquerda. Olhando sempre em frente você conseguirá transformar qualquer coisa.

A natureza humana julga e comenta. Então, quando você se “pegar” fazendo isso, simplesmente fale para você mesmo que não fará mais isso. Ao agir assim, você vai tocando, mudando essa energia e, automaticamente, um dia ela não habitará mais em você e, por conseguinte, você passará a viver numa dimensão superior. Tenha consciência de que o humano já é evoluído, entretanto acessa as dimensões superiores somente quando tiver ações, comportamentos e atitudes superiores, o que só conseguirá ter total compreensão ao buscar autoconhecimento.Homem meditando com um japamala.

THÁI NHÀN / Pexels

Nunca permita que passe pelos seus pensamentos cuidar da vida alheia, jamais se preocupe com o outro e se for fazer algum movimento, que seja para favorecer; fora isso, nenhuma outra intenção!

Mudando seus hábitos, suas ações e seus comportamentos, tudo acontece. Não julgue pessoas, coisas ou situações, ou seja, não faça nenhum tipo de julgamento. O “julgar” faz com que você retroceda, ande para trás e, quando você decide não mais julgar, você principia o seu caminhar, o seu andar natural rumo às realizações e à prosperidade.

Se você quiser favorecer alguém, tenha sempre muita atenção e só vá até onde tiver que ir; favoreça com a vara e o anzol, nunca com o peixe! Ou seja, nem sempre as pessoas querem ser favorecidas ou é justo a elas terem algum tipo de favorecimento. Por isso mostre o caminho, mas não queira fazer pela pessoa o que só ela deve fazer.

PUBLICIDADE

Permitindo que o outro viva o carma dele, que ele viva a experiência dele, você pode favorecê-lo mais do que se ajudasse. Você até pode amenizar uma situação, mas nunca se envolvendo, nunca penetrando na situação e nunca carregando fardos que não pertencem a você. Lembre-se do que sempre falo: largue as pedras.

É muito importante que você viva o seu caminho, não se permitindo sair uma vírgula, um ponto do que julga, dentro de você, como verdade para você mesmo.

O caminho da ALQUIMIA é um caminho intransponível, por isso creia em si próprio e jamais qualquer coisa contrária o tocará.

*Alcides Melhado Filho, alquimista, consultor, referência mundial em Ho’oponopono, gerador de conhecimento e escritor dos livros “Arte do Equilíbrio”, “O Ho’oponopono”, “A Chama Verde Limão”, “7 Lições para Mudar sua Vida” e “A Alquimia dos Relacionamentos”. Ministra cursos de Alquimia, Numerologia Pitagórica e Tarô Alquímico, workshops e palestras. Vídeos do Alquimista disponíveis no YouTube e Vimeo. Seu objetivo é promover equilíbrio emocional, físico, mental e espiritual. https://www.instagram.com/alcides_alquimista_/

Escrito por Arte do Equilíbrio

Deixe uma resposta