AUTOCONHECIMENTO: É ESSENCIAL QUE NOS MOVAMOS PARA O FLUXO DAS ENERGIAS EVOLUTIVAS

Neste sábado  a mensagem da NOSSA coluna AUTOCONHECIMENTO vem dos Trabalhadores da Luz. É curta, mas objetiva, proativa e essencial, pois mostra que a unidade e a conexão que você procura há tanto tempo estão ao seu alcance. Portanto leia o texto completo a seguir e expanda a sua consciência!

Tudo está sacudindo as consciências coletivas – Trabalhadores da Luz

Tudo está sacudindo as consciências coletivas

Mensagem de 19 de Maio de 2020

A energia que chega neste momento é persuasiva, pois agita as águas da consciência coletiva. Ela possui o poder de dissolver os padrões mais antigos e os bloqueios mais intensos. Atualmente, há uma liberação dos sentimentos coletivos do medo, revolta e ódio, que nos estimulam, tanto individual quanto coletivamente, a perdoar aqueles que nos magoaram, prejudicaram ou nos causaram sofrimento. Para lidar e gerenciar essas energias e os anseios do coletivo, é essencial que nos movamos para o fluxo das energias evolutivas. Ao nos conectarmos profundamente com a energia, permitimos a cura, o perdão, compaixão e a mudança.

Você está em um ponto de poder incrível, onde a unidade e a conexão que você procura há tanto tempo estão ao seu alcance. Mas primeiro você está sendo estimulado a fazer extensas mudanças dentro de si. Você está sendo solicitado a co-criar uma nova vida de equilíbrio, usando as virtudes da autodisciplina, humildade e serviço. A olhar para as estruturas da sua vida, seu senso de responsabilidade, sua falta de integridade e sua responsabilidade. O passado não existe mais. A velha história de sua vida não é mais relevante. Não permita que ela informe seu futuro. Confie na bondade do que ainda está para se manifestar em sua vida e responda ao que está ocorrendo a partir da sabedoria de sua alma.

Muito amor

Kate Spreckley
Fonte: https://www.spiritpathways.co.za/ — Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br: Tradução — Marco Iorio Júnior — Tradutor exclusivo do Trabalhadores da Luz

Fonte: Trabalhadores da Luz

Deixe uma resposta