HOSPITAIS DA PREFEITURA JÁ RECUPERARAM MAIS DE 300 PACIENTES DA COVID-19

covid-19: mais de 300 pacientes já receberam alta nos hospitais da Prefeitura

Equipe do HMN, por exemplo, comemora a 100ª alta hospitalar da unidade com pacientes acometidos pelo coronavírus nesta terça-feira (30)

Por Redação – Publicado em 30/06/2020 às 18:29

Alta desta terça (30) contou com a presença do prefeito e do secretário de Saúde

Neste início de semana, a Prefeitura do Natal registra a alta de 300 pacientes, sendo 100 do Hospital Municipal de Natal (HMN) e 200 do Hospital de Campanha de Natal (HCN). Após 26 dias de internação, a aposentada Maria José Gomes, 74 anos, recebeu a 200ª alta hospitalar do HCN, na noite desta segunda-feira (29).Além do tradicional corredor de palmas, formado por profissionais de saúde, a despedida da paciente contou com a presença do prefeito Álvaro Dias e do secretário municipal de Saúde, George Antunes. “Maria José não precisou de UTI e, hoje, a devolvemos a seu cotidiano”, afirmou o prefeito, parabenizando dona Maria pela vitória contra a doença.

Já a equipe do HMN, comemora a 100ª alta hospitalar da unidade com pacientes acometidos pelo coronavírus nesta terça-feira (30). Rosineide Arruda Pessoa, 54 anos, residente na Praia do Meio, em Natal, hipertensa, testou positivo para Covid-19 no dia 18 de junho e venceu a doença.

A paciente não precisou de UTI e ficou internada durante 10 dias. “Em meio às lutas diárias que vivenciamos no enfrentamento desta doença nova, que tem mexido conosco de tantas formas, devolver os pacientes às suas famílias é uma alegria imensa. Uma felicidade que merece ser compartilhada”, comemora a médica infectologista do HMN, Sâmia de Azevedo, destacando que a volta para casa, de quem se internou, enche de entusiasmo todos os que estão na linha de frente para deter o coronavírus.

“Nós que trabalhamos na Secretaria Municipal de Saúde de Natal ficamos felizes em saber que Rosineide teve toda assistência necessária para sua recuperação. Primeiramente, ela foi atendida na UBS de Brasília Teimosa com suspeita de Chikungunya. Após dois dias, os sintomas não desapareceram. Então, ela procurou o Hospital dos Pescadores, onde testou positivo pro Covid-19, e foi transferida para o HMN, permanecendo internada por 10 dias. O que desejamos para Rosineide e sua família? Saúde”, festeja o secretário George Antunes.

O filho de Rosineide Arruda, o tatuador Romenis Júlio, 32 anos, relatou que sua mãe procurou o atendimento médico por estar sentindo febre, dor de cabeça e manchas vermelhas no corpo. “Rezamos muito, pedimos a Deus por sua recuperação, fizemos corrente de orações. A parte mais sofrida é o isolamento. Por ser uma doença contagiosa, não é permitido acompanhante. A gente fazia vídeo-chamada duas vezes por dia. Só assim conseguíamos levar ânimo para ela se alimentar e para nossa família. Não poder abraçar, dar um beijo, não ter o contato direto com minha mãe, foi difícil, ainda mais para mim que só tenho ela”, relatou.

Fonte: Agora RN

Continuar lendo HOSPITAIS DA PREFEITURA JÁ RECUPERARAM MAIS DE 300 PACIENTES DA COVID-19

LIVES: RILDO LIMA EM LIVE SOLIDÁRIA 2

No LIVES desta quarta-feira trago pra você uma live incrível que assisiti ontem e recomendo. O nosso conterrâneo e grande artista potiguar Rildo Lima com a sua Live Solidária 2 em prol da HATMO e dos músicos. Um repertório maravilhoso e especial. Então assista, curta, cante e dance com Rildo Lima!

Fonte:

Continuar lendo LIVES: RILDO LIMA EM LIVE SOLIDÁRIA 2

BOAS NOTÍCIAS: ARLINDO CRUZ VOLTA A FALAR E FILHO COMEMORA

texto

Arlindo Cruz volta a falar após 3 anos do AVC e filho comemora

Arlindo Cruz, que teve um Acidente Vascular Cerebral em 2017, teve mais um avanço incrível no tratamento.

Após mais de 3 anos do AVC, o sambista agora voltou a falar. A informação foi compartilhada pelo filho dele, o cantor Arlindinho, pelas redes sociais.

Arlindinho revelou que pai tem dito poucas palavras e frases curtas, mas deixou claro que isso representa um avanço no quadro de saúde do sambista, que tinha perdido totalmente a capacidade de falar.

“Ele falou. De 8 a 12 palavras, está começando a querer formar frases. Deve estar naquela cabeça ali já uns 30 sambas para sair. Assim que ele conseguir falar tudo, se Deus permitir, tenho certeza que vão [vir] mais uns sambas da melhor qualidade”, disse.

Arlindinho ainda afirmou que voltará a atualizar seu perfil com mais informações sobre o pai.

“Peço que a galera fique atenta, porque vamos postar coisas novas do meu pai, que todo mundo vai ficar feliz. Quem acompanha, quem torce, vai ficar muito feliz. Ele nunca esteve tão bem”, comemorou.

Em maio, o sambista já tinha apresentado uma grande melhora, quando retirou o aparelho de traqueostomia que usava para respirar e que foi doado pela família.

Arlindo Cruz também já se alimenta sem equipamentos.

Com informações do Metrópoles
Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: ARLINDO CRUZ VOLTA A FALAR E FILHO COMEMORA

DICA DE LIVRO: OS SEGREDOS DA LONGEVIDADE DE EDMOND SAAB JUNIOR

A nossa DICA DE LIVRO desta quarta-feira é um trabalho primoroso do Dr. Edmond Saab Junior, “Os Segredos da Longevidade”.A partir dos seus muitos anos de experiência como médico, o autor apresenta em seu livro, de maneira prática e supercompleta, um verdadeiro guia para equilibrar seu organismo e manter sua saúde em níveis elevados para que você alcance a longevidade com qualidade de vida. Além da prática clínica convencional, ele explica os benefícios de várias técnicas de medicina alternativa, como acupuntura, ozonioterapia, ayurveda e muitas outras, além de ensinar a como melhorar de forma natural, sem dependência dos remédios, os seus níveis hormonais, como elevar a vitamina D, as famosas dietas de jejum intermitente e desintoxicantes e ainda como abastecer seu corpo com elementos químicos cruciais como óxido nítrico, magnésio, ferro e muitos outros. Esse livro vai te libertar da dependência das drogas.
Aprenda, de uma vez por todas, a alcançar o equilíbrio do seu corpo de forma natural!

 

Os segredos da longevidade: Um verdadeiro manual para ser saudável e viver mais por meio da alimentação, da medicina preventiva e do equilíbrio do seu organismo por [Edmond Saab]

Foto: Amazon

Continuar lendo DICA DE LIVRO: OS SEGREDOS DA LONGEVIDADE DE EDMOND SAAB JUNIOR

PONTO DE VISTA: ABUSO DE AUTORIDADE DO STF RASGA A CONSTITUIÇÃO MAIS UMA VEZ

Caro(a) leitor(a),

Qualquer pessoa que tenha pelo menos dois neurônios na cabeça é capaz de perceber que esse inquérito dito do “Fim do Mundo” é algo inconstitucional e o que é pior ditatorial, pois ações como a implementada contra o jornalista Oswaldo Eustáquio é claramente tirânica e fascista, mas fascista na real etimologia da palavra e não da forma que muitos ai falam da boca pra fora sem saber o que está dizendo. Cinco dias depois da prisão do jornalista o seu advogado ainda não sabe nem de que ele é acusado. Não teve acesso ao processo e está como cego em tiroteio. Onde está o direito de ampla defesa e do contraditório? É algo muito semelhante aos filmes de gangster da década de 1940 que assistíamos no cinema. Alguém precisa dar um basta nisso. O STF não pode continuar agindo como o dono do mundo e depois vir falar em democracia. É muita cara de pau. Nós não temos mais Constituição, já que o primeiro a rasgá-la foi o seu próprio suposto guardião. Chega! Não dá mais para tolerar isso! O povo precisa fazer alguma coisa sob pena de se tornar refém de um STF DITATORIAL e FASCISTA!

Jornalista Oswaldo Eustáquio tem prisão temporária prorrogada e é transferido para Brasília

Oswaldo Eustáquio

O ministro Alexandre de Moraes determinou nesta terça-feira (30) a imediata transferência do jornalista Oswaldo Eustáquio, de Campo Grande (MS) para Brasília.

No mesmo despacho, o magistrado supremo prorrogou por mais 5 dias a prisão temporária do jornalista.

Segundo informações colhidas pelo Jornal da Cidade Online, o advogado de Eustáquio, Elias Mattar Assad, ainda não conseguiu ter acesso aos autos do inquérito.

Uma cópia lhe foi prometida para hoje.

Eustáquio permanece preso, teve a prisão prorrogada e o advogado ainda não conseguiu saber qual a acusação que pesa contra o seu cliente.

É efetivamente um ‘inquérito do fim do mundo’.

Mais um absurdo cometido pelo STF.

da Redação

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: ABUSO DE AUTORIDADE DO STF RASGA A CONSTITUIÇÃO MAIS UMA VEZ

REFLEXÃO: CONFIAR NAQUILO QUE VEMOS NÃO É CONFIAR

A nossa REFLEXÃO desta quarta-feira é sobre CONFIANÇA. Confiar é ser maior do que o medo e abrir o coração em meio às dores, às tormentas e ao caos amparado pela sabedoria de que tudo que não brilha nada mais é do que uma ilusão. Essa é apenas uma das muitas faces da CONFIANÇA. Leia o texto completo a seguir e conheça as demais!

Confiança

 em 

su21

Confiar naquilo que vemos não é confiar.

Confiar é passar anos caminhando por um deserto, em paz, com a absoluta certeza de que em algum lugar existe uma flor pronta a nos acolher no perfume de suas pétalas.

Confiar é olhar através das palavras de incompreensão de uma pessoa querida sem se abalar, sabendo que por trás de suas palavras ásperas, existe um espaço ainda inexplorado, um espaço de pleno amor.

Confiar é dar de si mesmo quando se nada tem, pois o coração sabe que o Universo é próspero e suas bênçãos se estenderão a nós no momento certo.

Confiar é ser maior do que o medo e abrir o coração em meio às dores, às tormentas e ao caos, amparado pela sabedoria de que tudo que não brilha nada mais é do que uma ilusão.

A confiança é, muitas vezes, um caminho aparentemente solitário.

Digo “aparentemente” porque, quando confiamos, nos integramos à fonte de tudo o que existe e nos percebemos acompanhados por toda a Vida que pulsa em todas as galáxias que já existiram ou venham a existir no Universo.

Não espere o mundo ao seu redor se aquietar para que você possa confiar.

Confie brandamente e, dessa maneira, torne-se um pacificador do mundo.

(texto de Patrícia Gebrim)

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: CONFIAR NAQUILO QUE VEMOS NÃO É CONFIAR

DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: CONCENTRAÇÃO, CONTEMPLAÇÃO E MEDITAÇÃO ENVOLVEM FOCO

O Cultivo da Concentração é o segredo para o sucesso em qualquer a tividade na vida. Foco, foco é tudo que você precisa para alcançar um objetivo, claro, sem descartar a disciplina e a determinação. No artigo a seguir você vai aprender, através das filosofias orientais como alcançar seus objetivos através da concentração, contemplação e meditação.

O CULTIVO DA CONCENTRAÇÃO

Concentração, contemplação e meditação envolvem foco e conhecimento, tanto do conhecido quanto do conhecedor. A concentração foca a direção dos pensamentos; a meditação foca a direção da vida. Segundo a Bhagavad-Gita, o conhecimento mais elevado é aquela “sabedoria que em toda a natureza percebe um princípio único, indivisível e incorruptível, não separado nos objetos vistos separadamente”.
Como explicou Krishna, “nessa senda há apenas um único objeto – de natureza firme, constante, mas amplamente ramificada –, que é a fé.
Na interpretação dos Yoga-Sutras de Patañjali, William Q. Judge define concentração como “o poder de aplicar a mente à consideração de uma única linha de pensamento, e à exclusão de tudo mais”. Patañjali diz que “no momento da concentração, a alma fica na condição de um espectador sem espetáculo”.
Ele afirma que “a parte prática da concentração tem por finalidade estabelecer a meditação e eliminar as aflições”. Essas aflições surgem dos sentidos e da turbulenta mente inferior, e impedem a tranquilidade necessária para focar o pensamento. Mesmo a memória pode ser um empecilho para a concentração, na medida em que não abre mão de uma linha de pensamento. Devemos primeiramente aprender a nos concentrar, ou pelo menos a contemplar. A contemplação pode abranger desde uma vaga preocupação com um problema até uma reflexão deliberada sobre ele. Diferente do devaneio, a contemplação permite filtrar linhas de pensamento e prestar a devida atenção a elas.
Isso se assemelha à meditação com ênfase numa “ideia semente”.

Em suas Meditações, Marco Aurélio aconselha ao leitor: “Adquiri o modo contemplativo de ver como todas as coisas transformam-se umas nas outras, e observai constantemente, e exercitai-vos. Nada é tão apropriado para produzir magnanimidade. Um ser assim se descartou do corpo, e à medida que vê que a cada momento pode afastar-se do convívio dos homens e deixar tudo aqui, ele se dedica totalmente a ações justas e submete-se à natureza universal.
Mas quanto ao que qualquer pessoa dirá, pensará ou fará contra ele, ele jamais pensa nisto, estando contente consigo mesmo (…). Ele põe de lado todas as buscas que o distraiam, e não deseja nada mais que seguir o reto caminho.”

Desenvolvimento mental

O reto caminho tem a ver com “a vida examinada” de que falam Pitágoras e Platão. Para segui-lo deve-se trazer os impetuosos cavalos dos sentidos sob controle. Mesmo Arjuna, um arqueiro preciso, fica perturbado pela inquietude da mente. Krishna reconhece ser difícil refreá-la, mas não impossível. Pelo controle do desejo no coração e na
alma, o homem alcança a perfeita devoção. Krishna descreve o devoto como “aquele que fecha todas as
portas dos sentidos, aprisiona sua mente em seu coração sem se deixar desviar por qualquer outro objeto”.
Isso exige desenvolvimento mental, começando com a concentração. Christmas Humphreys escreveu que o reto motivo para o desenvolvimento da mente é a iluminação de toda a vida. Nesse motivo está nossa proteção. Em Concentration and Meditation, ele diz que os passos podem ser acelerados pela compreensão do propósito da
evolução, do reto motivo e do uso da vontade. Judge comenta, no prefácio dos Yoga-Sutras, que “a vontade
é um poder espiritual presente em cada porção do universo”.
Blavatsky frequentemente repetia que por trás da vontade está o desejo. Como colocar o desejo a
serviço da vida? Quando livre do domínio da paixão, a vontade é capaz de subjugar a mente. A mente
focada recebe todos os desejos como o oceano recebe todas as correntes de água.
Além de desenvolver a força de vontade pelo redirecionamento do desejo, Blavatsky e Judge recomendavam o Raja Yoga. Os iogues buscam controlar a mente. Quando ela está tranquila, vontade e mente são apenas serviçais do eu verdadeiro.
A meta do Raja Yoga é a união com Ishvara, o espírito no homem, que gradualmente eleva o eu inferior aos planos superiores. Esse processo envolve meditação, que Blavatsky chamava de “oração silenciosa e não pronunciada”. Damodar K. Mavalankar concorda que a meditação “é o desejo do homem interno de dirigir-se ao infinito, o real significado de adoração”.
Nos Yoga Sutras, Patañjali apresenta três passos para a meditação:
1. A fixação da mente num lugar, objeto ou sujeito é atenção (dharana).
2. A continuação dessa atenção é contemplação (dhyana).
3. Essa contemplação torna-se meditação quando só o objeto de atenção existe e a mente perde a percepção de si mesma (samadhi).
Segundo Swami Krishnananda, “se dharana é a gota, dhyana é o rio”.
Quando o rio se une ao oceano, isso é chamado samadhi.
Na Gita, Krishna fala sobre a pureza de motivo – colocar a atenção no ato e não em uma recompensa resultante. Isso pode ser feito na vida diária sem posturas ou mantras. Ele instrui Arjuna a fixar a mente no verdadeiro eu: “Qualquer que seja o objeto para o qual a mente inconstante se lance, subjugue-a, traga-a de volta e a coloque sobre o Espírito.” A. P. Sinnett cita um Mahatma ao dizer que sentimentos e laços pessoais um dia “vão se fundir num
sentimento universal, o único verdadeiro e sagrado, o único altruísta e eterno – o amor, um imenso amor pela humanidade”. A concentração é muito mais que uma prática mental; requer disciplina e imparcialidade por toda a vida. Por isso os sábios se demoram ao atingir a calma, a caridade e o amor que expulsam todo medo. Por isso o Raja Yoga foca o altruísmo e não as posturas ou prescrições psíquicas. As virtudes pavimentam o caminho para a vida futura, quando a verdadeira prática da concentração pode começar.
Vários livros recentes, como Essential Spirituality, de Roger Walsh, trazem exercícios para o leigo. Entre “as sete práticas para despertar coração e mente” desse livro, a quarta – concentrar-se e acalmar a mente – dá várias ideias úteis. Walsh mostra que no século passado os psicólogos ocidentais não acreditavam que alguém pudesse controlar a mente; eles aceitavam a conclusão de que “a atenção não pode ser sustentada continuamente”. Isso veio na esteira da ideia freudiana de que somos vítimas de forças inconscientes dentro de nós. As antigas religiões, no entanto, embora reconheçam que “a mente irrequieta é tão difícil de controlar como o vento” (Gita), ensinam que ela pode e deve ser subjugada. Por isso Buda ensinou a atenção, e por isso o Dalai Lama afirma que o propósito da religião é treinar a mente. A verdadeira religião nos leva de volta à nossa fonte; ensina o desapego e a equanimidade que permite
escolhas às mentes equilibradas.
Podemos voltar nossa atenção ao que é justo e sábio. Walsh afirma que a “atenção insensata” deve ser evitada, já que nossa dieta mental afeta a nossa saúde mental; nós nos tornamos aquilo em que nos concentramos.
Os passos de Walsh para desenvolver uma mente pacífica começam com várias sugestões simples.
Uma delas é fazer apenas uma coisa de cada vez. Como na ideia zen de que “quando estou varrendo, estou
varrendo”, devemos dispensar plena atenção a cada tarefa: não falar ao celular enquanto cozinhamos ou dirigimos, nem ouvir rádio enquanto lemos jornal. Com o tempo, permitimos que cada tarefa se
torne um ritual sagrado. Mesmo o simples ato de abrir uma porta pode ser praticado com cuidado amoroso.
Walsh sugere também dar uma boa acolhida às interrupções, em vez de ficar irritado.
Contemplação e meditação são habilidades, assim como tocar um instrumento; requerem prática constante. Tranquilizar a mente é a disciplina espiritual da Gita. Walsh lembra que “à medida que amadurece a capacidade de concentração, a habilidade para dispensar cuidado e atenção a cada momento torna-se cada vez mais firme e contínua. A Gita descreve isso como “aquele poder de constância que mantém o homem firme, que pela devoção controla cada emoção da mente”. Isso transforma o viver num Yoga ininterrupto. Outros passos elaborados por Walsh: “Transforme o trabalho em serviço.” Quando abraçamos a generosidade e a alegria do serviço, ofertamos do eu não apenas objetos materiais. Madre Teresa de Calcutá resumiu isso: “Que ninguém jamais venha lhe visitar sem partir melhor e mais feliz.” Estas são as maiores alturas da generosidade. Podemos começar transformando nossos motivos e dedicando nossas atividades aos outros.
Também não devemos omitir a refinada prática do silêncio, estimulado por todas as escrituras. O ensinamento
Sufi e a Torá advertem:
“Aguentai, e sabei.” Essa habilidade, por meio da qual nos aliamos à Eternidade, os taoístas chamam de viver em paz com o Tao: “Na quietude [a mente] torna-se clara. Na claridade, torna-se brilhante – e esse brilho é a irradiação do Tao interior.”
Confúcio aplicava esse preceito para viver em paz com a natureza e a sociedade. Os sufis, quakers, índios norte-americanos e monges camaldoleses buscam todos aquela “pequenina e tranquila voz interior”. Pois, como perguntou Alce Negro, “não é o silêncio a voz do Grande Espírito?” Com o silêncio a mente se acalma.
O Mestre K.H. escreveu: “É sobre a serena e plácida superfície da mente tranquila que as visões recolhidas do invisível encontram representação no mundo visível. De outro modo você buscaria em vão essas visões, esses lampejos de luz súbita que já ajudaram a solucionar muitos problemas; somente eles podem trazer a verdade perante os olhos da alma. É com cuidadoso zelo que temos que guardar nosso plano mental de todas as influências adversas que surgem diariamente em nossa passagem através da vida na Terra.”

* Dara Eklund, escritora, palestrante, pianista,
pintora e poetisa, foi um ícone do movimento
teosófico nos EUA.

Fonte: 

REVISTA SOPHIA • MAR/ABR 2020 5

Continuar lendo DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL: CONCENTRAÇÃO, CONTEMPLAÇÃO E MEDITAÇÃO ENVOLVEM FOCO

SAÚDE: BRASILEIRA RECEBE VACINA EXPERIMENTAL DE OXFORD CONTRA COVID-19

‘Não tive medo’, diz primeira brasileira a receber vacina de Oxford contra coronavírus

Cirurgiã dentista do Hospital São Paulo, Denise Abranches é um dos 2 mil voluntários no estado a participar da fase de testes da vacina contra a Covid-19 no Brasil: ‘É um ato de amor se voluntariar’

Por O Globo – Publicado em 30/06/2020 às 10:29

Voluntária brasileira Denise Abranches

Vivendo o maior desafio de sua carreira em mais de 20 anos de trabalho como profissional da saúde, a coordenadora da Odontologia do Hospital São Paulo e a primeira voluntária brasileira a receber a vacina em teste contra o coronavírus, Denise Abranches, de 47 anos, diz que a necessidade em ajudar a ciência no combate à doença que já matou mais de 500 mil pessoas no mundo é a sua principal motivação para participar.Mesmo que a vacina ainda esteja na fase de testes, a cirurgiã dentista acredita que participar do projeto da Universidade de Oxford em parceria com a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) na busca por um imunizante contra a Covid-19 gera uma sensação de “dever cumprido”.

— Se eu tenho o perfil e estou exposta ao vírus diariamente no hospital, não poderia fazer diferente. Os números me assustam muito e eu não poderia ficar só sentada, lendo o que está acontecendo — afirma.

Denise faz parte do grupo de 2 mil voluntários em São Paulo e no Rio de Janeiro que estão recebendo doses do imunizante em teste. No estado, segundo a Unifesp, passam por testes profissionais da saúde e outros funcionários do Hospital São Paulo, que têm entre 18 e 55 anos, estão expostos ao vírus, mas não foram infectados.

O Brasil está dentro do plano mundial de desenvolvimento da vacina e é o primeiro país a realizar os testes de Oxford depois do Reino Unido. Os testes com brasileiros vão contribuir para o registro da vacina no Reino Unido, previsto para o final deste ano. O registro formal, entretanto, só deve ocorrer após o fim dos estudos em todos os países participantes.

O processo de Denise como voluntária começou em 20 de junho, dia em que participou da triagem com um médico para entender como seria o estudo. Também foram realizados exames de sorologia para comprovar que ela ainda não tinha desenvolvido anticorpos contra o coronavírus e, portanto, não tinha sido contaminada pela doença anteriormente.

— Só pude participar porque deu negativo e ainda não tenho as defesas necessárias — lembra.

Três dias depois, explicou a cirurgiã, foi aplicada a dose. Como o estudo é randomizado, parte do grupo recebeu a vacina em teste contra a Covid-19 e outra parte recebeu um imunizante contra meningite. A seleção aleatória é realizada para que se observe como será o a resposta imunológica dos voluntários testados de forma imparcial.

— Estou confiante de que eu tenha recebido a da Covid, mas nem os pesquisadores sabem dizer qual eu recebi. É confidencial. Isso será revelado lá na frente, para saber se eu fui imunizada, ou não — explica.

Agora, a voluntária precisa ir algumas vezes ao Crie (Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais) da Unifesp para verificar as respostas imunológicas. Além disso, tem preenchido uma espécie de “diário eletrônico”.

– Respondemos se estamos com alguma reação, ou desconforto. Eles chamam de eventos adversos. Mas não senti nada até então, nenhuma manifestação significativa.

Apesar de toda complexidade do vírus e da produção da vacina ainda estar em fase de testes, Denise descartou qualquer tipo de insegurança ao se tornar voluntária:

— Não me deu medo, porque já estou no meio do caos mesmo. Vivo diariamente no meio dos pacientes de alta complexidade, entubados na UTI. Eu já poderia ter sido contaminada em algum momento, mas não fui por causa da alta disciplina. Há um tempo, o medo da contaminação era imenso. É um protocolo Chernobyl, mas agora estou muito mais tranquila — revela.

Antes de ser aplicado em seres humanos, o patógeno foi alterado em laboratório e tornado incapaz de se reproduzir. Ele se transforma em uma vacina após ser inserido o fragmento de uma proteína do novo coronavírus. Ele, então, atua como antígeno e faz o sistema imune se preparar para a chegada do vírus verdadeiro.

Para a profissional, o dia a dia de contato com as vítimas da Covid-19 foi um forte impulso para que ela se tornasse voluntária na produção da vacina.

— É uma satisfação poder ajudar os pacientes que estão na minha cabeça quando vou embora do hospital. A gente não fica indiferente a eles. Mexe muito comigo o fato de um paciente não poder sequer ver e falar com a família. E se de repente você não tivesse mais contato com um familiar e nem do velório pudesse participar? É um ato de amor se voluntariar — diz a cirurgiã.

Continuar lendo SAÚDE: BRASILEIRA RECEBE VACINA EXPERIMENTAL DE OXFORD CONTRA COVID-19

POLICIAL: LAUDO DA PF DESMENTE ALEXANDRE DE MORAES NO INQUÉRITO DAS FAKE NEWS

Deu errado: Laudo da PF frustra Moraes

Alexandre de Moraes

Informação quentíssima do bem informado jornalista Cláudio Humberto, dá conta de que no ‘apenso 70’ do malfadado inquérito das Fake News, um laudo pericial emitido pelo Polícia Federal, frustrou o ministro Alexandre de Moraes.

O laudo atesta não ter sido possível identificar a existência da imaginada “rede de robôs” com mensagens financiadas nas redes sociais.

Sem a confirmação da tal “rede de robôs” parece que toda a narrativa em torno das investigações cai por terra.

O ministro descobriu que os xingamentos vêm de contas que, na verdade, têm donos de carne e osso. Nada de robôs.

Duro será justificar os inúmeros direitos violados.

Fonte:Jornal da Cidade Online

Continuar lendo POLICIAL: LAUDO DA PF DESMENTE ALEXANDRE DE MORAES NO INQUÉRITO DAS FAKE NEWS

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 30 DE JUNHO DE 2020 NO G1

Por G1

 

O que sabemos após seis meses do alerta inicial sobre o novo coronavírus? O Assunto nos mostra como os EUA encaram o recorde de casos de Covid-19 após a reabertura do país. No mesmo dia que termina o prazo para entregar a declaração do Imposto de Renda, a Receita paga R$ 5,7 bi em restituições, o maior lote de todos os tempos. Saem hoje Abono Salarial e um novo lote do Auxílio Emergencial: veja quem recebe. O IBGE divulga dados de maio sobre o desemprego. E entenda o passo a passo para votar nas novas datas do Enem, cuja enquete acaba nesta terça.

Pandemia

Higiene, distanciamento social e o uso de máscaras são as melhores formas de se prevenir contra o coronavírus — Foto: Wagner Magalhães / G1Higiene, distanciamento social e o uso de máscaras são as melhores formas de se prevenir contra o coronavírus 

Seis meses após o 1º alerta sobre o novo coronavírus, o que já sabemos e o que ainda é incerto? Com o primeiro registro no dia 31 de dezembro de 2019, cientistas de todo o mundo uniram esforços para entender a Covid-19. Veja o que mudou durante esse tempo.

Com mais 727 mortes por coronavírus em 24 horas, Brasil contabiliza 58.385 óbitos no total e 1.370.488 casos confirmados.

O Assunto

Califórnia, Texas e Flórida batem recorde no registro diário de Covid-19 e nos mostram como o surto se aproveita da reabertura nos EUA. Ouça o Assunto, com Renata Lo Prete, a correspondente Carolina Cimenti, e Marcia Castro, brasileira que chefia o Departamento de Saúde Global e População da Universidade de Harvard.

Concursos

A pandemia de Covid-19 alterou o cenário dos concursos públicos no país. Seleções que estavam em andamento ou com datas de prova agendadas tiveram os cronogramas adiados para o segundo semestre. Já os que estavam previstos não tiveram seus editais publicados. Uma coisa é certa: haverá mais concorrência no futuro.

Imposto de Renda 2020

 — Foto: Arte G1

Termina hoje, às 23h59, o prazo para entregar a declaração do Imposto de Renda, referente ao ano-base 2019. A Receita Federal espera o envio de 32 milhões de declarações. R$ 5,7 bi serão pagas nesta terça-feira em restituições, o maior lote de todos os tempos.

Abono salarial

PIS-Pasep sai para correntistas da Caixa e do Banco do Brasil. Pagamentos vão até o final do 1º semestre do ano que vem.

Auxílio Emergencial

A Caixa Econômica Federal (CEF) credita a ajuda do governo para mais 8,8 milhões de beneficiários, tanto do Bolsa Família quanto fora do programa. Veja quem recebe.

Economia

O IBGE divulga dados de maio sobre o desemprego. No trimestre encerrado em abril, a taxa de desemprego no Brasil subiu para 12,6%, atingindo 12,8 milhões de pessoas com um fechamento de quase 5 milhões de postos de trabalho.

Contas do setor público

Já o Banco Central divulga os resultados de maio das contas do setor público consolidado, que englobam o governo federal, estados, municípios e empresas estatais. Em abril, houve um déficit primário de R$ 94,303 bilhões.

Enem 2020

Enquete para escolher novas datas para as provas acaba nesta terça. Veja o passo a passo para votar A prova, que deveria acontecer em novembro, teve as datas suspensas. Opções prevêem aplicação em dezembro ou até em 2021.

Agora é assim?

A retomada da economia pós-pandemia do novo coronavírus tem relação direta com o apoio que será dado aos empreendedores, segundo especialistas que participaram da live “Agora é assim?”, do G1, na última sexta-feira. Assista aqui ao papo na íntegra.

Para ver em casa

Sandra de Sá, Teresa Cristina e Gabeu fazem lives nesta terça-feira. Veja a lista completa com horários das lives.

Fonte: G1
Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 30 DE JUNHO DE 2020 NO G1

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar