ARTIGOS: MÉTODO DA AUTOCURA, 2º PILAR: EXERCÍCIOS FÍSICOS DIÁRIOS, POR WAGNER BRAGA

Tecnologias Inteligentes como motivação para seus exercícios físicos diários - OnMe

O 2º PILAR DO MÉTODO DA AUTOCURA – EXERCÍCIOS FÍSICOS TODOS OS DIAS

Na coluna ARTIGOS da semana passada falei sobre o 1º PILAR do Método da AUTOCURA, Alimentação Saudável, onde detalhei em que consiste essa alimentação saudável, lembrando que não se trata apenas de uma mudança de hábito alimentar, mas principalmente a eliminação de vícios  e de formas incorretas de comer.

O segundo pilar do Método da Autocura é a prática diária de exercícios físicos.

Quando falo na prática diária de exercícios físicos estou dizendo que Necessariamente todo ser humano deve fazer exercícios físicos todos os dias, de domingo a domingo. Você pode até achar exagero, não ter  nenhum dia de descanso, mas a verdade é que o nosso corpo foi feito para se exercitar todos os dias. Não precisa e não deve ser o mesmo tipo de exercício dia após dia. É importante que haja uma variação, para que o corpo não fique viciado em um único tipo de exercício físico.

Eu, por exemplo, intercalo entre corrida de rua, musculação e basket ball. Segundas, quartas e sextas-feiras eu corro pelo menos 6,0 km entre 36 e 38 minutos. As terças, quintas e sábados eu faço 1 hora e 15 minutos de musculação e aos domingos 1 hora e meia de basket ball. Desta forma consigo manter o meu corpo sempre saudável, disposto e flexível. Portanto, intercalo entre exercícios aeróbicos e anaeróbicos. Gosto sempre de praticar esses exercícios bem cedo, antes das 06:00 h, a exceção do basket que normalmente começa às 08:00 h.

É claro que cada pessoal tem o seu ritmo, a predileção em termos do tipo de atividade física. O horário, o tempo e a intensidade também variam de acordo com o biotipo, a capacidade motora e respiratória de cada um. A atividade da caminhada é importantíssima para qualquer um. O importante é que se faça exercícios físicos todos os dias. Por isso é de suma importância uma avaliação médica, o acompanhamento de um(a) personal trainning e se possível de um(a) nutricionista, principalmente se você está saindo do sedentarismo. E se esse for o caso pegue leve no começo para criar gosto pelos exercícios ao invés de abuso, como é o caso de tantas pessoas que começam e depois desiste.

 

 

Deixe uma resposta