ANÁLISE POLÍTICA: BOLSONARO DIZ ASNEIRAS PARA ESCONDER FILHO, POR JOSÉ NÊUMANNE PINTO

O nosso José Nêumanne Pinto está mais afiado do que nunca no seu comentário desta quinta-feira, que publico aqui na coluna ANÁLISE POLÍTICA desta sexta-feira com a seguinte pauta: 1 – No dia em que a covid matou 1.840 brasileiros, recorde absoluto na pandemia, o presidente mandou as vítimas pararem de “frescura”, usando o estratagema de dizer barbaridades para desviar a atenção da compra de mansão de R$ 6 milhões por seu primogênito. 2 – Luciano Mattos, procurador-geral de Justiça do Rio, desmontou o Gaecco, que investigou o mesmo Flávio, 3 – O ex-presidente da França Sarkozy foi condenado e preso por haver tentado obter informações do juiz que o julgava em troca de uma promoção, bem diferente do que acontece aqui no Brasil. 4 – O MEC avisou em ofício que manifestações políticas nas universidades federais serão punidas, mordaça vil. Mais quente do que nunca, assista e fique bem informado(a)!

Fonte:

Deixe uma resposta