BOAS NOTÍCIAS: HOJE É DIA DAS TOP 10 DA SEMANA

Toda segunda-feira é dia das TOP 10 DA SEMANA aqui na coluna BOAS NOTÍCIAS. Nesta edição trazemos uma recapitulação do que aconteceu de melhor na semana que passou. Leia a reportagem completa a seguir e assista ao vídeo as dez melhores notícias. 

Jornal de notícia boa #2 no ar: Top 10 da semana

O segundo episódio do Jornal SóNotíciaBoa está no ar com o Top 10, as 10 melhores notícias boas da semana.

Entre elas estão o remédio liberado pelos Estados Unidos para tratar coronavírus e a quantidade de pessoas recuperadas da doença, que passou a marca de 1 milhão de pacientes no mundo.

Tem também o bebê de 6 meses que venceu a covid e emocionou médicos na Inglaterra, a Nova Zelândia que praticamente zerou os casos da doença no país e imagens lindas da natureza, que se revigora em tempos de isolamento social.

Assista, se inscreva no nosso canal no Youtube para receber os próximos e mande para os seus amigos, pra melhorar o dia deles também.

O Jornal SóNotíciaBoa é uma produção da equipe de jornalismo do portal SoNoticiaBoa.com.br:

Assista:

Por Andréa Fassina, da redação do SóNotíciaBoa

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: HOJE É DIA DAS TOP 10 DA SEMANA

VEJA UMA ATUALIZAÇÃO GERAL DOS NÚMEROS DO CORONAVÍRUS NO MUNDO

Últimas notícias sobre o coronavírus no Brasil e no mundo

Com 1.222 novos casos de coronavírus notificados nas últimas 24 horas, Brasil tem maior aumento desde o início da crise. EUA registram mais de 300.000 casos e 8.000 mortes

Mulher caminha com máscara no Recreio dos Bandeirantes, no Rio de Janeiro.Mulher caminha com máscara no Recreio dos Bandeirantes, no Rio de Janeiro.SERGIO MORAES / REUTERS

Com 1.222 novos casos de coronavírus notificados nas últimas 24 horas, Brasil tem 432 mortes pela Covid-19 e já soma 10.278 pessoas infectadas. Este é o maior aumento diário até agora, mas o país se mantém no aumento em torno de mil casos diários dos últimos cinco dias. A taxa de letalidade segue de 4,2%, segundo o Ministério da Saúde, que neste sábado divulgou um documento no qual expressa o “alto risco” do Brasil na crise do coronavírus. O vírus também continua ganhando força pelo mundo: nos EUA, 301.902 pessoas receberam diagnósticos de Covid-19, mas as autoridades de saúde acreditam que o número de infecções pode ser maior. Além disso, 8.175 pessoas morreram, incluindo 3.565 em Nova York, a área mais atingida pela pandemia no país. Enquanto isso, o número de mortes diárias arrefeceu nos epicentros europeus da doença neste sábado. A Itália registrou 681 mortos nas últimas 24 horas, o menor número em nove dias, e a Espanha computou 809 óbitos, menos do que na sexta (932). Apesar da tendência de desaceleração, o Governo espanhol decidiu ampliar em 15 dias o “estado de alarme”, que permite limitar temporariamente a circulação de pessoas.

Os destaques sobre a crise do coronavírus deste sábado:

  • Brasil tem 432 mortes em 10.278 casos confirmados de coronavírus.
  • Colômbia reforça bloqueio na fronteira com o Equador.
  • EUA registram mais de 300.000 casos e 8.000 mortes.
  • Peru aplica o plano econômico mais ambicioso da América Latina para enfrentar a pandemia.
  • Itália registra o menor número de mortes por coronavírus dos últimos nove dias.
  • Estado de Nova York registra um novo recorde no número de mortos em um dia.
  • Espanha amplia estado de alarme por mais 15 dias.
  • Com 809 novas mortes em 24 horas, número de óbitos diários por cai na Espanha.

As últimas notícias ao vivo sobre a pandemia do coronavírus:

Continuar lendo VEJA UMA ATUALIZAÇÃO GERAL DOS NÚMEROS DO CORONAVÍRUS NO MUNDO

ECONOMIA: O NÚMERO DE DESEMPREGADOS MA ALEMANHA PODE CHEGA A 3 MILHÕES SE CRISE FOR FORTE

 

Na Alemanha teme-se que o número de desempregado possa ultrapassar os 3 milhões caso essa pandemia demore mais do que o esperado!

Número de desempregados na Alemanha pode chegar a 3 milhões

Davy Albuquerque

Publicado em 

Número de desempregados na Alemanha pode chegar a 3 milhões 16

De acordo com a pesquisa, o instituto acredita que a produção econômica do país recue 2% em 2020 como resultado da pandemia. As previsões são baseadas no pressuposto de que partes da economia serão efetivamente fechadas por seis semanas e que o retorno ao normal levará o mesmo tempo.

Colunista político e editor-chefe do Conexão Política; Fundador do Movimento Brasil Conservador. Brasileiro com orgulho, cristão por convicção, política por vocação.

Com informações, Agência de notícias britânica.

Continuar lendo ECONOMIA: O NÚMERO DE DESEMPREGADOS MA ALEMANHA PODE CHEGA A 3 MILHÕES SE CRISE FOR FORTE

JUSTIÇA: MORO DÁ IMPORTANTES ESCLARECIMENTOS SOBRE INDULTO DE NATAL

JUSTIÇA: MORO DÁ IMPORTANTES ESCLARECIMENTOS SOBRE INDULTO DE NATAL
O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, participa do lançamento da publicação Peer Review Brasil 2019, do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Na coluna JUSTIÇA desta quarta-feira natalina o destaque é o comentário do ministro da justiça, Sergio Moro, sobre o indulto de Natal do presidente Bolsonaro que tem o foco em crimes relacionados a atividades policiais. Ele dá importantes esclarecimentos sobre o Decreto que você precisa saber para ter condições de fazer um juízo de valor sem distorções. Leia o artigo completo a seguir e tire suas conclusões!

Moro defende indulto de Bolsonaro para agentes da segurança pública

Redação

Publicado em 

Por

 

Moro defende indulto de Bolsonaro para agentes da segurança pública 18

Agência Brasil

Segundo o ministro, “há uma linha clara e cristalina entre o indulto ora concedido e os dos governos anteriores”.

Em mensagens publicadas no Twitter, Moro disse que o perdão da pena vale somente para crimes relacionados à atividade policial e não pode ser aplicado aos casos nos quais policiais e membros da Forças Armadas cometeram crimes dolosos (intencionais).

“Em substituição aos generosos indultos salva-ladrões ou salva-corruptos dos anos anteriores, o governo do PR Jair Bolsonaro concedeu indulto humanitário a presos com doenças terminais e indulto específico a policiais condenados por crimes não intencionais”, escreveu Moro.

O decreto concede indulto natalino para agentes públicos que compõem o sistema nacional de segurança pública. O perdão da pena é válido para crimes de excesso culposo (quando o agente vai além dos limites permitidos) e quando houver o cumprimento de um sexto da pena.

O perdão também vale para condenados comuns que tenham doença grave permanente que, simultaneamente, imponha severa limitação de atividade e exija cuidados contínuos que não possam ser prestados no estabelecimento penal.

O indulto natalino não abrange crimes hediondos, nem será dado a pessoas que tenham sofrido sanção, devido a infração disciplinar de natureza grave, nos 12 meses anteriores à data de publicação do decreto.

Continuar lendo JUSTIÇA: MORO DÁ IMPORTANTES ESCLARECIMENTOS SOBRE INDULTO DE NATAL

RESUMO DA SEMANA: CASO QUEIROZ, FUNDÃO ELEITORAL E TOFFOLI CRITICA A LAVA JATO

Hoje é domingo e domingo é dia de RESUMO DA SEMANA com Felipe Moura Brasil informando tudo que foi notícia na política ao longo desta semana e rolou nos programas Jornal da Manhã, Morning Show, Pânico, 3 em 1 e Os Pingos Nos Is. Se você não teve tempo de acompanhar a política nessa semana aproveite e veja agora!

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: CASO QUEIROZ, FUNDÃO ELEITORAL E TOFFOLI CRITICA A LAVA JATO

ANÁLISE POLÍTICA: PIB BRASIL VAI CRESCER DEZ VEZES MAIS QUE A AMÉRICA LATINA

Na coluna ANÁLISE POLÍTICA deste sábado temos o vídeo dessa sexta-feira com o comentário sempre preciso e competente do jornalista Alexandre Garcia que trata sobre as últimas pesquisas do Ibope e do Datafolha, sobre o desempenho da economia e da Lava Jato, com a opinião dos empresários e da população. Com muito entusiasmo pelas boas notícias que falei na coluna OPINIÃO. Assista ao vídeo e tire suas conclusões!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: PIB BRASIL VAI CRESCER DEZ VEZES MAIS QUE A AMÉRICA LATINA

GEOPOLÍTICA: EVA MORALES, FILHA DE EVO MORALES MANTÉM CONTA MILIONÁRIA NA FLÓRIDA

Na coluna GEOPOLÍTICA desta segunda-feira trago mais notícias vindas da Bolívia que revelam conta milionária em nome de Eva Morales, filha do ex-presidente boliviano Evo Morales, nos Estados Unidos. Leia a reportagem completa a seguir, inclusive a tradução logo abaixo, aprecie o extrato bancário fornecido por funcionário do banco emissor com o aval do Procurador Geral da Florida e tire suas conclusões!

Revelan cuenta millonaria de hija de Evo Morales en Estados Unidos

Asociación boliviana de inmigrantes Bolivianos en Estados Unidos consiguió estado de cuenta bancaria de quien sería la hija de Evo Morales. La principal activista de la asociación, E.R.B.H., indicó que fueron repetidas las veces que se vio a Eva Morales transitando las avenidas principales en ciudades de los Estados Unidos.

“Andaba siempre con bolsas de compra y sin descaro gastando el dinero de los Bolivianos”, indicó E.R.B.H., quien por seguridad prefiere no exponer su nombre.

La mencionada activista tiene contacto con empleado del banco emisor, quien es de nacionalidad Puerto Riqueña, persona que facilitó el documento, junto a otros más, previa aprobación del fiscal general del estado de la Florida WIFREDO A. FERRER. Dicho informe forma parte de un acumulado de documentos que serán enviados al ministerio de la Presidencia en Bolivia.

En exclusiva y gracias al apoyo de los Bolivianos en EEUU conseguimos una copia que demuestra la suma millonaria de Eva Morales en un banco “imperialista”. Las fuentes que nos proveyeron el documento también indican que existen centenas de cuentas de funcionarios afines al ex-presidente Morales, siendo la gran mayoría inscritas a nombre de terceras personas para evitar rastros e investigaciones.

A continuación, documento donde se revela la suma de más de 17 millones de dólares a nombre de Eva Morales, hija del ex-presidente Evo Morales:

“Tiene una cuenta millonaria a su propio nombre, imagínese cuánto dinero tendrá en otros bancos, a nombre de otras personas. Es dinero de tí y de mi, de todos, de todos los Bolivianos”, indicó E.R.B.H.

Caso similar sucedió con otros funcionarios del ex-gobierno Boliviano, donde se demostraron cuentas millonarias en el Vaticano, lugar considerado como paraíso fiscal off-shore.

Fiscal del estado de la Florida, WIFREDO A. FERRER, indica que es práctica común por parte de gobernantes corruptos y dictadores depositar fondos millonarios en cuentas en países extranjeros, así evaden y obstaculizan procedimientos legales.

“Roban en sus países. Extraen dinero que debiera ser destinado a la inversión pública, beneficiando a la totalidad de la población, sin embargo, despilfarran y hurtan fondos que no les pertenece. Acuden a paraísos fiscales para proteger sus fortunas”, indicó el fiscal en conferencia de prensa.

TRADUÇÃO PARA O PORTUGUÊS

A Associação Boliviana de Imigrantes Bolivianos nos Estados Unidos recebeu um extrato bancário de quem seria a filha de Evo Morales. A principal ativista da associação, E.R.B.H., disse que foram repetidas as vezes em que Eva Morales foi vista percorrendo as principais avenidas das cidades dos Estados Unidos. “Ele sempre andava com sacolas de compras e sem gastar descaradamente o dinheiro dos bolivianos”, disse E.R.B.H., que por segurança prefere não expor seu nome. O ativista acima mencionado tem contato com o funcionário do banco emissor, que é de nacionalidade Porto Riquenha, que forneceu o documento, juntamente com outros, com a aprovação do procurador-geral da Flórida, WIFREDO A. FERRER. Este relatório faz parte de um documento acumulado que será enviado ao Ministério da Presidência na Bolívia. Com exclusividade e graças ao apoio dos bolivianos nos EUA, obtivemos uma cópia que demonstra a quantia milionária de Eva Morales em um banco “imperialista”. As fontes que forneceram o documento também indicam que existem centenas de contas de funcionários relacionados ao ex-presidente Morales, sendo a grande maioria registrada em nome de terceiros para evitar vestígios e investigações.
Em seguida, um documento que revela a soma de mais de 17 milhões de dólares em nome de Eva Morales, filha do ex-presidente Evo Morales:


“Ele tem uma conta milionária em seu próprio nome, imagine quanto dinheiro ele terá em outros bancos, em nome de outras pessoas. É dinheiro de você e eu, de todos, de todos os bolivianos”, disse E.R.B.H. Um caso semelhante aconteceu com outras autoridades do antigo governo boliviano, onde foram demonstradas contas milionárias no Vaticano, um local considerado um paraíso fiscal offshore. O procurador do estado da Flórida, WIFREDO A. FERRER, indica que é prática comum que governantes e ditadores corruptos depositem fundos milionários em contas em países estrangeiros, evitando e impedindo procedimentos legais. “Eles roubam em seus países. Eles extraem dinheiro que deve ser alocado para investimento público, beneficiando toda a população; no entanto, desperdiçam e roubam fundos que não lhes pertencem. Eles vão a paraísos fiscais para proteger suas fortunas”, disse o promotor. em conferência de imprensa.

Fonte: Pique Notícias

Continuar lendo GEOPOLÍTICA: EVA MORALES, FILHA DE EVO MORALES MANTÉM CONTA MILIONÁRIA NA FLÓRIDA

PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTE DOMINGO

Por G1

10/11/2019 00h01  Atualizado há 7 horas


Candidatos do Enem 2019 aguardam em frente à universidade Mackenzie, um dos locais de prova em São Paulo, antes do primeiro dia do exame — Foto: Celso Tavares/G1Candidatos do Enem 2019 aguardam em frente à universidade Mackenzie, um dos locais de prova em São Paulo, antes do primeiro dia do exame — Foto: Celso Tavares/G1Candidatos do Enem 2019 aguardam em frente à universidade Mackenzie, um dos locais de prova em São Paulo, antes do primeiro dia do exame — Foto: Celso Tavares/G1

Após apresentarem a taxa de abstenção mais baixa da história, os estudantes inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019 voltam aos locais de prova para o segundo e último dia de provas neste domingo (10). Dessa vez, eles terão cinco horas para responder a 45 questões de matemática e 45 de ciências da natureza. Os portões dos locais de prova serão fechados às 13h de Brasília; a aplicação começa às 13h30 e termina às 18h30.

A partir das 18h, G1 terá um programa ao vivo com comentários dos professores do Sistema COC de Ensino, além do GABARITO EXTRAOFICIAL de todas as 90 questões objetivas.

Horários do Enem (hora de Brasília)

  • duração da prova: 5h
  • 12h: abertura dos portões
  • 13h: fechamento dos portões
  • 13h30: início das provas
  • 15h30: alunos podem sair do local de provas, sem o caderno de questões
  • 18h: alunos podem sair do local de provas, com o caderno de questões
  • 18h30: término das provas

Como o Enem será aplicado em quatro fusos horários diferentes, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) recomenda que os estudantes fiquem de olho nos horários locais de fechamento dos portões, caso não estejam no mesmo fuso de Brasília.

Horário local de fechamento dos portões para o Enem 2019 — Foto: Ana Carolina Moreno/G1Horário local de fechamento dos portões para o Enem 2019 — Foto: Ana Carolina Moreno/G1

1º dia teve problemas com horário de verão

O primeiro dia de provas, no domingo passado (3), coincidiu com a data em que entrou em vigor o horário de verão de 2018. A política, porém, foi revogada em abril pelo presidente Jair Bolsonaro. Mesmo assim, muitos relógios de dispositivos eletrônicos fizeram a mudança automaticamente, o que provocou confusão, horários adiantados nos relógios de rua de São Paulo e até um erro de publicação no perfil oficial do Ministério da Educação no Twitter.

Professores comentam o tema da redação do Enem 2019Professores comentam o tema da redação do Enem 2019

Tema da redação do Enem 2019

O tema da redação Enem 2019 foi “Democratização do acesso ao cinema no Brasil”. Segundo professores ouvidos pelo G1, o tema não estava entre as principais apostas.

cineastas brasileiros ouvidos pelo G1 disseram que faltam recursos e políticas públicas para enfrentar o problema citado pelos textos motivadores.

Proposta de redação da prova do Enem 2019 - CADERNO AMARELO — Foto: Reprodução InepProposta de redação da prova do Enem 2019 – CADERNO AMARELO — Foto: Reprodução Inep

Professores consideram questões de história mais fáceis

Professores de 12 cursinhos ouvidos pelo G1 afirmaram que primeiro dia do Enem teve textos mais longos em linguagens, e mais curtos em história e geografia, além de foco maior em atualidades, como literatura contemporânea e tecnologia.

As questões de história foram mais fáceis, mas isso pode fazer com que erros derrubem a nota dos candidatos, alertaram os professores.

Fonte: G1

Por Reuters

10/11/2019 06h00 Atualizado há uma hora


'League of legends' completa 10 anos — Foto: Reprodução/YouTube/League of legends‘League of legends’ completa 10 anos — Foto: Reprodução/YouTube/League of legends

O videogame foi desenvolvido 10 anos atrás pela norte-americana Riot Games e envolve um combate no qual o principal objetivo é destruir a base do time rival. A final será transmitida pelo serviço de streaming Twitch.

A Riot afirma que o campeonato do ano passado atraiu quase 100 milhões de espectadores, colocando o evento no mesmo patamar do Super Bowl, maior evento da televisão dos Estados Unidos.

Os patrocinadores do torneio incluem a marca de luxo Louis Vuitton, Mastercard e a companhia chinesa de produtos eletrônicos Oppo.

Troféu do campeonato "League of Legends" que vai ser disputado neste domingo (8), em Paris — Foto: Johanna Geron/ReutersTroféu do campeonato “League of Legends” que vai ser disputado neste domingo (8), em Paris — Foto: Johanna Geron/Reuters

As receitas globais com os chamados “e-sports” devem atingir US$ 1,1 bilhão neste ano, um crescimento de 27% sobre 2018, somando faturamento com venda de publicidade, patrocínios e direitos de mídia, segundo a companhia de análise de mercado Newzoo.

League of Legends, Dota 2, Fortnite e Counter-Strike: Global Offensive são os e-sports mais populares da atualidade.

O torneio LoL Worlds deste ano ofereceu uma premiação total de US$ 6,5 milhões, tornando a competição a terceira maior, atrás das disputas The International (de Dota 2) e Copa do Mundo de Fortnite.

A equipe vencedora do Lol Worlds vai levar pra casa quase US$ 835 mil e a segunda colocada ficará com US$ 300 mil.

O time europeu quer encerrar a supremacia asiática na disputa: A Coreia do Sul venceu cinco dos seis últimos campeonatos. A China venceu no ano passado.

Fonte: G1

Por Fernanda Rouvenat e Marcos Serra Lima, G1 Rio

09/11/2019 22h39 Atualizado há 5 horas


Sandy e Junior iniciaram último show da turnê com "Não dá pra não pensar", sucesso de 2001 — Foto: Marcos Serra Lima/G1Sandy e Junior iniciaram último show da turnê com “Não dá pra não pensar”, sucesso de 2001 — Foto: Marcos Serra Lima/G1

Lágrimas, sorrisos e um coro de 100 mil pessoas cantando os sucessos dos anos 1990 e 2000 da dupla Sandy e Junior tomaram conta do Parque Olímpico do Rio de Janeiro na noite deste sábado (9).

Era como se fosse um Rock in Rio só deles. Mas, na verdade, foi o show e a gravação do DVD para encerrar a turnê “Nossa História”, em comemoração aos 30 anos de carreira da dupla.

Em clima de despedida, Sandy e Junior encerram turnê com show para 100 mil pessoas no Rio — Foto: Marcos Serra Lima/G1 Em clima de despedida, Sandy e Junior encerram turnê com show para 100 mil pessoas no Rio — Foto: Marcos Serra Lima/G1

O clima de despedida para o último show não fez os fãs perderem a energia.

Assim como nos outros shows da turnê, ‪pouco depois das 21h30 – horário previsto para iniciar a apresentação -‬, começou a “contagem regressiva”. Vídeos da dupla cantando e dançando quando eram pequenos apareceram nos telões ao lado do palco.

Dupla lembrou show no Rock in Rio de 2001 e brincou: 'A gente está com um Rock in Rio nosso' — Foto: Marcos Serra Lima/G1Dupla lembrou show no Rock in Rio de 2001 e brincou: ‘A gente está com um Rock in Rio nosso’ — Foto: Marcos Serra Lima/G1

Com quase o mesmo setlist das outras apresentações da turnê, às 22h10 Sandy e Junior subiram ao palco cantando “Não dá pra não pensar”, sucesso de 2001.

Em seguida veio “Nada vai me sufocar”, de 2003. Ao fim da segunda música, eles interagiram com o público pela primeira vez.

“A gente cantou no Rock in Rio apenas 18 anos atrás”, disse Sandy. “E agora a gente está com um Rock in Rio nosso”, completou Junior.

Em clima de despedida, Sandy e Junior encerram turnê com show para 100 mil pessoas no Rio — Foto: Marcos Serra Lima/G1 Em clima de despedida, Sandy e Junior encerram turnê com show para 100 mil pessoas no Rio — Foto: Marcos Serra Lima/G1

A terceira música foi o hit de 1998 “No fundo do coração”. Depois, vieram “Estranho jeito de amar” (2006) e “Olha o que o amor me faz” (1999).

Sandy afirmou que a dupla está “encerrando um ciclo” e agradeceu aos fãs pelo carinho.

“Essa trajetória foi muito linda. Eu me orgulho demais do que a gente construiu junto. É triste falar, mas me sinto encerrando mais um ciclo aqui. Mas olha o lado bom: que sorte, que privilégio poder construir mais um capítulo dessa história. Acho que mais bonito que poder reviver esses momentos, relembrar e sentir de novo tudo isso, foi poder construir novas lembranças com vocês e sair daqui dizendo que a gente viveu tudo isso junto”, disse a cantora.

Durante o show, Sandy afirmou que a dupla está encerrando mais um ciclo — Foto: Marcos Serra Lima/G1Durante o show, Sandy afirmou que a dupla está encerrando mais um ciclo — Foto: Marcos Serra Lima/G1

Fãs de Sandy e Junior lotam o Parque Olímpico na noite deste sábado (10) — Foto: Marco Serra Lima/ G1 Fãs de Sandy e Junior lotam o Parque Olímpico na noite deste sábado (10) — Foto: Marco Serra Lima/ G1

Gravação de DVD da turnê "Nossa História", em comemoração aos 30 anos de carreira, reuniu multidão no Parque Olímpico — Foto: Marcos Serra Lima/G1 Gravação de DVD da turnê “Nossa História”, em comemoração aos 30 anos de carreira, reuniu multidão no Parque Olímpico — Foto: Marcos Serra Lima/G1

Com um “mini palco” montado mais para o meio do público, eles fizeram a parte acústica do show cantando “Você pra sempre” (Inveja) (2003) , “Ilusão” (1997), “Não ter” (Non c’e) (1996), “Era uma vez…” (1997) e, diferentemente das outras apresentações da turnê, eles incluíram “Encanto” (2003) e “O amor faz” (2001).

Admirado com um coro sem fim, Junior se emocionou ao olhar o tamanho da plateia: “Como vou dormir essa noite?”, brincou.

Também estiveram no setlist: “Nada é por acaso” (2001), “Love never fails” (2002), “As quatro estações” (1999), “Aprender a amar” (1999), “Imortal” (Immortality), (1999), “Libertar” (2003), “Eu acho que pirei” (1997), “Beijo é bom”(1997), “Etc… e tal” (1996), “Vai ter que rebolar” (1995), “Dig dig joy” (1996), “Eu quero mais” (1999), “Enrosca” (2000 – na voz de Junior), “A gente dá certo” (2001), “Inesquecível” (Incancellabile) (1998), “Super-herói” (Não é fácil) (2002), “A lenda” (2000) e “Cai a chuva” (2001).

No Bis, a dupla voltou para cantar “Quando você passa” (Turu turu) (2001), “Desperdiçou” (2003) e fecharam com “Vamo pulá!” (1999). Emocionado, eles se ajoelharam e se abraçaram antes de deixar o palco.

Em clima de despedida, Sandy e Junior encerram turnê com show para 100 mil pessoas no Rio — Foto: Marcos Serra Lima/G1 Em clima de despedida, Sandy e Junior encerram turnê com show para 100 mil pessoas no Rio — Foto: Marcos Serra Lima/G1

Junior em destaque

Como já tinha sido visto pelos fãs que foram aos outros shows pelo país, Junior teve mais destaque nas apresentações dessa turnê que nos outros anos de carreira da dupla. O músico protagonizou vários momentos da apresentação, cantando, dançando , tocando guitarra e bateria.

Ovacionado pelos fãs que lotaram o Parque Olímpico do Rio de Janeiro, Junior recebeu elogios e gritos de “lindo” ao longo das mais de duas horas de apresentação.

Uma multidão se emocionou neste sábado (9) com o último show da turnê 'Nossa história' — Foto: Marcos Serra Lima/G1Uma multidão se emocionou neste sábado (9) com o último show da turnê ‘Nossa história’ — Foto: Marcos Serra Lima/G1

Lágrimas, sorrisos e um coro de 100 mil vozes marcaram encerramento da turnê — Foto: Marcos Serra Lima/G1Lágrimas, sorrisos e um coro de 100 mil vozes marcaram encerramento da turnê — Foto: Marcos Serra Lima/G1

Famosos na plateia

Famosos e amigos de Sandy e Junior também marcaram presença no último show da dupla. Entre eles, Fernanda Paes Leme, Paulinho Vilhena, Fernanda Souza, Giovanna Lancellotti, Miguel Rômulo, Fernanda Rodrigues, Thaila Ayala e Zulu. Os pais da dupla e o marido de Sandy, Lucas Lima, também assistiram ao show na área reservada em frente ao palco.

Fernanda Paes Leme e Paulinho Vilhena foram prestigiar o show dos amigos no Parque Olímpico — Foto: Marcos Serra Lima/G1Fernanda Paes Leme e Paulinho Vilhena foram prestigiar o show dos amigos no Parque Olímpico — Foto: Marcos Serra Lima/G1

O show de abertura foi da banda Melim. Com meia hora de atraso e muitos fãs reclamando, o trio de irmãos de Niterói, na Região Metropolitana do Rio, acalmou e aqueceu o público.

Irmãos do Melim aqueceram o público que esperava por Sandy e Junior — Foto: Marcos Serra Lima/G1Irmãos do Melim aqueceram o público que esperava por Sandy e Junior — Foto: Marcos Serra Lima/G1

Melim iniciou apresentação por volta de 20h50, com atraso — Foto: Marcos Serra Lima/G1Melim iniciou apresentação por volta de 20h50, com atraso — Foto: Marcos Serra Lima/G1

Ingressos esgotados

Nem parece que Sandy e Junior tinham ficado 12 anos longe dos fãs. Os 100 mil ingressos oferecidos para o show deste sábado se esgotaram, segundo a organização do show.

Esse foi o segundo DVD da dupla gravado no Rio de Janeiro. O primeiro foi em 2002, no Maracanã.

Turnê Nossa História

A volta de Sandy e Junior para uma turnê foi anunciada no dia 13 de março durante uma coletiva de imprensa.

Dupla posou para fotos antes do show no Parque Olímpico — Foto: Marcos Serra Lima/ G1 Dupla posou para fotos antes do show no Parque Olímpico — Foto: Marcos Serra Lima/ G1

“Nossa História” estreou no dia 12 de julho e passou por 10 cidades brasileiras. A apresentação deste sábado no Parque Olímpico foi a terceira da dupla na capital carioca este ano. Em agosto, eles fizeram dois shows na Jeunesse Arena.

Durante a turnê, a dupla fez 18 apresentações em 13 cidades e três países – incluindo Estados Unidos e Portugal. Essa já é considerada, de acordo com a organização do evento, uma das turnês nacionais mais importantes de todos os tempos, com um público aproximado de 600 mil pessoas.

Da Califórnia para o Rio

O sonho de reviver a nostalgia de um show da dupla fez a estudante Juliana Wynterink, de 28 anos, sair de Santa Barbara, na Califórnia, para passar um fim de semana no Rio de Janeiro.

A viagem foi arquitetada de surpresa pelo namorado, Rodrigo Carraresi.

“Eu não vinha porque estou em aula, e não ia faltar só para passar um fim de semana aqui. Já tinha me conformado, mas ele comprou e fez essa surpresa”, conta Juliana.

Juliana e Rodrigo vieram da Califórnia para assistir ao show — Foto: Marcos Serra Lima/G1 Juliana e Rodrigo vieram da Califórnia para assistir ao show — Foto: Marcos Serra Lima/G1

O gerente de projeto já tinha visto a namorada sofrer por não ter conseguido ir ao show que a dupla fez em Nova York e decidiu acompanhá-la na aventura.

“Vi que tinha passagem por milha e comprei. Eu até ensaiei para esse show. Baixei a playlist para ‘estudar'”, afirma Rodrigo.

O casal saiu da Califórnia na quinta (7) e fez uma parada em São Paulo na sexta (8) para visitar a família. À noite, viajaram para o Rio.

O casal embarca de volta para os Estados Unidos neste domingo (10).

“Eu tive até pesadelo que perdia o horário do show. Fico arrepiada só de pensar. Vou lembrar desse momento para o resto da vida. Acho que nunca mais na história do Rock in Rio vai ter algum artista que vai trazer 100 mil pessoas. A história que eles fizeram, são fãs fiéis depois desse tempo todo”, diz Juliana.

Look personalizado

Fãs levam na cabeça, literalmente, trecho da música 'Quando você passa' — Foto: Marcos Serra Lima/G1Fãs levam na cabeça, literalmente, trecho da música ‘Quando você passa’ — Foto: Marcos Serra Lima/G1

Camisas, faixas e tudo o que tem direito. Esse foi o momento para o público deixar o “turu turu” influenciar na criatividade dos looks da noite.

As amigas Vanessa Vasconcelos, Eliane Francisco, Juliana de Oliveira e Adriana Mori, que viajaram de Curitiba ao Rio só para assistir ao show, combinaram de fazer camisa, boné e até uma tatuagem de adesivo personalizado.

“Esse é o primeiro show deles que eu vou. É muita emoção. Penso na minha infância, tudo o que fazia imitando a Sandy”, diz Vanessa.

Fãs da dupla investiram no visual com frases das músicas preferidas — Foto: Marcos Serra Lima/ G1 Fãs da dupla investiram no visual com frases das músicas preferidas — Foto: Marcos Serra Lima/ G1

Fonte: G1
Por Blog do BG

Enem 2019 aplica neste domingo as provas de matemática e ciências da natureza

Após apresentarem a taxa de abstenção mais baixa da história, os estudantes inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019 voltam aos locais de prova para o segundo e último dia de provas neste domingo (10). Dessa vez, eles terão cinco horas para responder a 45 questões de matemática e 45 de ciências da natureza. Os portões dos locais de prova serão fechados às 13h de Brasília; a aplicação começa às 13h30 e termina às 18h30.

Como o Enem será aplicado em quatro fusos horários diferentes, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) recomenda que os estudantes fiquem de olho nos horários locais de fechamento dos portões, caso não estejam no mesmo fuso de Brasília.

Horários do Enem (hora de Brasília)

12h: abertura dos portões
13h: fechamento dos portões
13h30: início das provas
15h30: alunos podem sair do local de provas, sem o caderno de questões
18h: alunos podem sair do local de provas, com o caderno de questões
18h30: término das provas

G1

Comments

Foco de Lula não é Bolsonaro, País, PT ou oposição, mas ele mesmo

O foco de Lula depois de solto é o mesmo que tem sido desde que ele comandou as greves de São Bernardo no fim da década de 1970, fundou o PT e iniciou sua escalada como maior líder da oposição: construir, consolidar, manter e, agora, reerguer a mitologia política em torno de si. O PT, a esquerda, a ideia de oposição a Jair Bolsonaro, os pobres e os incautos que ainda gritam “Lula Livre” são apenas os veículos e as escadas para ele limpar a própria barra –a esperança, agora, é que consiga zerar sua situação judicial e percorrer o Brasil numa candidatura antecipada para 2022.

O discurso do petista em São Bernardo, falando em amor enquanto cuspia ódio e a intenção inequívoca de tentar tocar fogo no País, foi mais uma das várias elegias a si mesmo que Lula tem feito ao longo da vida. Frases como a de que teriam de bater na cabeça da jararaca, de que ele não era uma pessoa, mas uma ideia, e de que não abriria mão da dignidade em nome da liberdade são sempre proferidas com esse sentido único.

Alguém pode achar que Lula está mesmo preocupado com a Educação, com a Previdência, com a supressão de direitos promovida por Bolsonaro ou com a pobreza? Isso tudo é só o pano de fundo do cerne do seu discurso em frente ao Sindicato dos Metalúrgicos do ABC: a ideia de que só ele é capaz de oferecer um contraponto a tudo isso e de que foi tirado de cena não porque comandou o maior esquema de corrupção desde a redemocratização do País, mas para impedi-lo de vencer a Presidência.

Resta saber qual o alcance que esta narrativa farsesca ainda tem. Setores significativos da esquerda estavam se descolando desse petismo renhido e passadista. Existe sempre o risco de que a polarização nos extremos funcione como um ímã e atraia de volta aqueles que vinham dizendo, de forma correta, que “o Lula está preso, babaca”. Agora, estando solto, embora não livre de condenações e outras denúncias, pode entoar seu canto de sereia e atrasar a necessária virada de página da esquerda rumo a algum discurso que abandone a defesa da roubalheira e proponha algo ao País.

Da mesma forma regressiva, a reaparição desse espantalho na cena política terá o efeito deletério de levar de volta ao colo do bolsonarismo uma parcela dos antipetistas que já demonstrava descontentamento com seu governo com laivos autoritários, caos político, crispação constante com tudo e todos, ideologização de direita reacionária vendida como conservadorismo e uma perigosa e até aqui incerta ligação com milícias e outras tranficâncias da pequena política. Já há aqueles que faziam críticas ao presidente e aos filhos que estão de novo acendendo velas em seu altar só porque viram a barba de Lula e se arrepiaram todos.

Em meio a essa cacofonia premeditada –e, no caso de Lula, friamente colocada em um discurso que parece empático e espontâneo, mas é só a expressão do cálculo de quem tem a agenda da própria salvação–, os moderados de centro parecem baratas tontas sem saber o que fazer e dizer para levar uma parcela significativa da população a entender que não precisa fazer essa escolha de Sofia entre duas opções radicais nem passar o dia nas redes sociais xingando o outro lado como se pensar fosse uma propriedade do fígado

BR18

Comments

Lula diz que Bolsonaro deve governar ‘para o povo, não para milicianos do Rio’

No segundo discurso desde que deixou a prisão, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou na tarde deste sábado, 9, que o presidente Jair Bolsonaro deve sua eleição ao ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, e a uma campanha de fake news promovida contra o candidato do PT, Fernando Haddad.

“Tem gente que fala em impeachment. Veja, o cara foi eleito democraticamente e nós aceitamos isso, mas ele (Bolsonaro) foi eleito para governar para o povo brasileiro, e não para os milicianos do Rio de Janeiro”, disse.

Lula diz que Bolsonaro deve governar ‘para o povo, não para milicianos do Rio’

Em 2º discurso desde que foi solto, em São Bernardo do Campo, petista ainda cobra investigação ‘séria’ sobre envolvimento de presidente na morte de ex-vereadora Marielle Franco

SÃO PAULO e BRASÍLIA – No segundo discurso desde que deixou a prisão, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou na tarde deste sábado, 9, que o presidente Jair Bolsonaro deve sua eleição ao ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, e a uma campanha de fake news promovida contra o candidato do PT, Fernando Haddad.

“Tem gente que fala em impeachment. Veja, o cara foi eleito democraticamente e nós aceitamos isso, mas ele (Bolsonaro) foi eleito para governar para o povo brasileiro, e não para os milicianos do Rio de Janeiro”, disse.

Lula
Lula discursa no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Berrnardo do Campo Foto: Werther Santana/Estadão
A militantes que o aguardavam desde o início da manhã em frente à sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, Lula também cobrou Bolsonaro sobre a morte da ex-vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) e sobre a investigação que envolve o ex-assessor parlamentar Fabrício Queiroz, que trabalhou para Flávio Bolsonaro na Assembleia carioca.

“Não é a gravação do filho dele que vale, uma perícia séria tem de ser feita, para que a gente saiba quem matou a nossa guerreira chamada Marielle.” Em seguida, disse que Bolsonaro precisa explicar “onde está o Queiroz” e como construiu um patrimônio de 17 casas.”

O petista voltou a afirmar que sua prisão ocorreu para que ele não participasse das eleições do ano passado. Chamou novamente Sérgio Moro de “mentiroso” e disse que o procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, “montou uma quadrilha para tomar dinheiro da Petrobras e das empreiteiras” investigadas. Segundo Lula, a expectativa agora é que o Supremo julgue Moro como parcial e anule os processos a que responde ainda na Justiça – são nove no total.

Assim como na sexta-feira, 8, na saída da cadeia, o ex-presidente afirmou que pretende rodar o País ao lado de Fernando Haddad, da presidente do PT, Gleise Hoffmann, e de “companheiros” de outros partidos, como PSOL e PCdoB. “Estou de bem com a vida e vou lutar por esse País.” E já falou em eleição: “Se nós trabalharmos direitinho, em 2022 a chamada esquerda que o Bolsonaro tanto tem medo vai derrotar a extrema direita que nós tanto queremos derrotar”.

No momento em que Lula discursava em São Bernardo do Campo, o presidente Jair Bolsonaro tomava sorvete na Praça dos Três Poderes, em Brasília. Ele usou a oportunidade para posar com apoiadores. Mais cedo, o presidente afirmou que “Lula está solto, mas continua com todos os crimes dele nas costas”.

Bolsonaro também chamou o petista, indiretamente, de canalha. “Não dê munição ao canalha, que momentaneamente está livre, mas carregado de culpa.”

Estadão Conteúdo

 

Toffoli abre brecha para que prisão em segunda instância volte a valer, diz Folha

Foto: Agência Brasil

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli , abriu precedente para que a prisão em segunda instância volte a valer em um período mais rápido do que por meio de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC). Logo após o fim do julgamento que determinou que réus podem ficar em liberdade até esgotadas todas as possibilidades de recursos, Toffoli falou com jornalistas e disse que pode alterar o Código do Processo Penal .

A alternativa mais célere seria a proposta de um novo projeto de lei, que necessita de menos votos para ser aprovado no Congresso . A sugestão, no entanto, não foi bem vista por deputados e senadores. Uma parte deles entendeu que o ministro jogou a responsabilidade da decisão de acabar com a prisão em segunda instância no colo do Congresso.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), chegou a dizer que o Legislativo não deve avançar com propostas que tratam do assunto, dando a entender que ele não poderia contrariar uma decisão do STF.

Para o presidente da Suprema Corte, no entanto, o assunto não é cláusula pétrea, o que, em tese, poderá provocar no futuro um novo debate e uma reviravolta no tribunal.

De acordo com reportagem da Folha de São Paulo , não há no Congresso nem no STF um consenso se seria suficiente a alteração no Código de Processo Penal, por meio de projeto de lei, ou se seria preciso mudar a Constituição via PEC.

Diante desse impasse, parlamentares estão dando sinais de que o caminho da PEC é o mais fácil porque é o tipo de proposição que está mais avançado tanto no Senado como na Câmara .

Folha de São Paulo

 

Depois de Bolsonaro, agora TV Globo divulga nota e repudia ataque de Lula

Foto: Ilustração

 

A Globo divulgou uma nota, na tarde deste sábado (9), repudiando as declarações do ex-presidente Lula (PT) em seu discurso no sindicato dos metalúrgicos, em São Bernardo do Campo, em São Paulo.

O Grupo Globo repudiou a postura do líder petista quando mencionou a emissora. Para a direção do canal, “o ex-presidente Lula usou palavras chulas” e soltou “inverdades sobre a TV Globo”.

No comunicado, a empresa da família Marinho disse que a prova da sua isenção jornalística está no discurso feito pelo político e exibido em sua programação ontem (8), após a sua saída da prisão, e hoje.

No texto, a Globo enfatizou que faz um “jornalismo sério” e que não vai se intimidar e “jamais perder a serenidade” em meio aos extremos que envolve atualmente a política brasileira.

Confira a nota na íntegra:

“A Globo repudia os ataques do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A prova de isenção da emissora é a transmissão do discurso que o ex-presidente fez ontem e hoje. Também é prova de sua isenção ser alvo de ataques dos extremos do espectro político hoje, tão radicalizado. A Globo faz jornalismo sério e continuará a fazer. Sem se intimidar e sem jamais perder a serenidade.”

RD1

Comments
Comments

LOCAIS

Comércio potiguar se prepara para a Black Friday

Uma das datas mais esperadas pelos consumidores – que anseiam pelos descontos que chegam a 70% – e também pelos empresários – que vislumbram elevação nas vendas – está chegando. A Black Friday 2019 deverá aumentar as vendas no comércio varejista em torno de 10%, ante mesmo período do ano passado, conforme dirigentes dos maiores shoppings de Natal questionados pela TRIBUNA DO NORTE. A Pesquisa “Intenções de Compras para a Black Friday 2019” formulada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Rio Grande do Norte (Fecomércio RN), obtida com exclusividade pela TN, aponta que 59,8% dos natalenses têm a intenção de aproveitar a data para adquirir bens e serviços. Outros 40,2% dos entrevistados não demonstraram interesse pela data, segundo o levantamento da Fecomércio/RN.

Conforme detalhado na pesquisa, que ouviu 650 pessoas em todas as regiões administrativas da cidade entre os dias 25 e 29 de outubro, “entre os que descartam participar da Black Friday, o que mais pesa é a falta de dinheiro, citada por 33,3%. Em seguida aparece aqueles que não gostam da data, relatado por 14,2% desses entrevistados, além dos que pretendem poupar (12,3%); estão desempregados (10,3%), não veem necessidade (8,4%); percepção de que os descontos não são reais (5,7%); e os que estão endividados (5,7%). Com as festas de fim de ano chegando, 52,7% das pessoas afirmaram que devem aproveitar as promoções da Black Friday para comprar os presentes de Natal”.

A pesquisa mostra que o leque de itens é variado, e leva bens de maior e menor valores. Entre aqueles que manifestam a intenção de comprar, os produtos mais mencionados são: eletrodomésticos, citados por 28%; eletrônicos (25,2%); roupas (18%); celulares/smartphones/tablet (16,7%); móveis e decoração (13,4%); calçados (10,3%); perfumes e cosméticos (4,1%); produtos de informática (2,3%); entre outros. A lista também inclui acessórios, artigos de casa, livros, alimentação, viagem, brinquedos e jogos. Além disso, 65,6% dos consumidores pretendem comprar até duas categorias de produtos, enquanto 30,8% pretendem comprar três ou mais produtos. A quantidade média de itens que cada um desses consumidores pretende comprar é de 2,2.

Tribuna do Norte

No RN, 4 a cada 10 professores não têm ensino superior

Duas décadas depois de estabelecida na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), a exigência de formação superior para professores não foi adotada totalmente nas escolas de ensino particular do Rio Grande do Norte. A cada 10 professores que atuam no ensino fundamental, quatro não têm formação superior, segundo as estatísticas do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), referentes ao Censo de Educação Básica de 2018. O percentual exato é de 40,9%.

A proporção melhora no ensino médio, apesar de ainda haver professores sem formação superior na etapa que representa um dos maiores desafios do ensino brasileiro hoje, segundo especialistas. Nas escolas de rede privada do Rio Grande do Norte, dois a cada 10 professores que atuam no ensino médio não contam com essa formação. Geralmente, no ensino médio, são O ainda em formação.

A exigência da LDB, em vigor desde 1997, é de formação superior em licenciatura ou pedagogia para atuar na educação infantil, fundamental e médio. Nos casos da educação infantil, também é permitido o magistério – que não é considerado nível superior. Para os anos finais do ensino fundamental e ensino médio, a exigência é que o professor atue na disciplina específica em que ele é formado.

Uma das causas desse cenário é a maior autonomia das escolas de rede privada e existência de escolas não-autorizadas pelo Conselho Estadual de Educação, avalia a professora Mônica Antunes, vice-presidente do Sindicato dos Professores da Rede Particular de Ensino no RN (Sinpro/RN). “A gente vê que em algumas escolas menores o professor chamado não tem a qualificação necessária e essa é uma escolha do dono da escola, que faz isso porque a mensalidade é barata e não tem como arcar com maior qualificação”, afirmou.

Tribuna do Norte

Comments

ABSURDO: Moradores usam cadeira para sinalizar bueiro aberto há dias em Neópolis

Fotos: Cedidas

Um bueiro aberto há dias na rua Alameda dos Bouganvilles, no bairro de Neópolis, na zona Sul de Natal, vem preocupando moradores e motoristas.

Para evitar pequenos acidentes ou até mesmo uma grave consequência, moradores colocaram uma cadeira por cima do buraco profundo.

O bueiro está localizado ao da praça, por onde idosos, crianças, adultos e adolescentes frequentam diariamente para fazer caminhadas e outras atividades esportivas.

Continuar lendo PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTE DOMINGO

OPINIÃO: CAIO COPPOLLA É GRANDE DEMAIS PARA CABER NO MORNING SHOW

Na coluna OPINIÃO desta segunda-feira temos a despedida de Caio Coppolla do programa Morning Show da Jovem Pan, que sinceramente acho que já vai tarde, no bom sentido, pois a grandiosidade deste jovem comentarista não cabia mais nesse programinha matinal. A inteligência, bagagem, preparo e competência deste jovem rapaz são demais em comparação com o restante da paupérrima bancada do programa. Sinceramente, o Caio levava a audiência desse programa nas costas. Não é a toa que ele virou garoto propaganda da Jovem Pan em tão pouco tempo. Para Caio o céu é o limite. Já para a bancada do Morning show, na minha visão está com os dias contados. Boa sorte Caio Coppolla! Saiba que onde você for eu irei!

A saída de Caio Coppolla da Jovem Pan

O anúncio do desligamento ocorreu na bancada do ‘Morning Show’.

Redação

Publicado em 

Por  

 

A saída de Caio Coppolla da Jovem Pan 21

Reprodução

O comentarista político, Caio Coppolla, anunciou, nesta última quinta-feira (31), a sua saída da rádio Jovem Pan.

Ao vivo, o pronunciamento gerou surpresa nos demais colegas da bancada.

Caio agradeceu o ciclo de um ano na emissora.

É um ciclo que se completa, um contrato que se encerra e a sensação é de absoluta gratidão. Gratidão a todos os meus colegas de bancada, a todo o time de comentaristas e à chefia dessa rádio que sempre me garantiu total liberdade de expressão. Para a audiência da Jovem Pan, sinceramente me faltam palavras de agradecimento. A sensação que eu tenho é que hoje eu não me pertenço mais e isso é uma honra. É uma honra dar voz à pessoa comum”.

Ao ser entrevistado pela jornalista Leda Nagle, dois dias antes do anúncio, Caio Coppolla disse que o nível de desgaste nos bastidores do programa era cada vez mais visível – chegando a dizer, inclusive, que nem sequer recebia um “bom dia de alguém lá dentro”.

Assista ao vídeo!

Continuar lendo OPINIÃO: CAIO COPPOLLA É GRANDE DEMAIS PARA CABER NO MORNING SHOW

DENÚNCIA: CARLOS BOLSONARO APRESENTA PROVAS DE QUE NÃO HOUVE LIGAÇÃO PARA A CASA DO PRESIDENTE

Na coluna DENÚNCIA desta quarta-feira o filho do presidente, Carlos Bolsonaro, mostra a prova cabal de que não houve ligação alguma para casa de Jair Bolsonaro. Assista ao vídeo que desmascara a armação para envolver o presidente com a morte de Marielle Franco. Existe um complô macabro da esquerda em toda a América Latina para entronizar novamente a esquerda. Vamos abrir do olho!

URGENTE: Carlos Bolsonaro prova que não houve ligação da portaria para a casa de Jair Bolsonaro (veja o vídeo)

Ele mostra que não houve nenhuma ligação da portaria para a casa de número 58, onde mora Jair Bolsonaro no dia da morte da ex-vereadora do Rio de Janeiro, Marielle Franco. Carlos desmonta assim a farsa noticiada pela Rede Globo, que sustentou que o porteiro teria confirmado que Bolsonaro teria permitido a entrada de Élcio Queiroz no condomínio no dia do crime.

Continuar lendo DENÚNCIA: CARLOS BOLSONARO APRESENTA PROVAS DE QUE NÃO HOUVE LIGAÇÃO PARA A CASA DO PRESIDENTE

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar